Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Setembro/2021


Recommended Posts

7 hours ago, LucasFSopranos said:

Mais imagens da chuva de sábado aqui:

 

 

 

 

 

 

E_HU11KWEAIfLUS.thumb.jpg.695a68ba6aaac9f6a8c1c2fa3c600242.jpg

 

Certamente choveu entre 50mm e 100mm aqui na quinta-feira e no sábado. Em dois dias de chuva choveu mais que o previsto para todo o mês de setembro. A previsão errou feio ao colocar nada de chuva na quinta-feira e uma chuva irrisória no sábado.

 

Olhando a previsão para os próximos dias todos modelos potencializaram o calor previsto para essa semana e a próxima. Veremos se essa previsão se concretiza.

Boa noite, Lucas.
 

Estava acompanhando essas células e foi realmente algo impressionante. Tanto o que ocorreu na quinta como no sábado. Primeiro porque a previsão de chuva entre quinta e sábado era pífia, quase nula, principalmente no nordeste de SP. No entanto, as Cbs que se formaram aí na região de São Sebastião do Paraíso e Franca foram extremas, com elevados volumes de chuva e granizo. Fico imaginando a quantidade de raios que caiu por aí.

 

Imagino que a explicação para essas super Cbs ("chuva negra") da última quinta consista na zona limítrofe ou de transição entre o ar mais frio e úmido da FF e a massa extremamente quente e seca predominante no interior do país, zona essa em que o nordeste de SP na divisa com MG estava inseria.

 

Junto à isso ainda teve aqueles incêndios gigantescos na região de Batatais e Ribeirão Preto que acabou levando absurda quantidade de fumaça aí na sua região, por ação de ventos da pré-frontal. Acredito que isso possa ter catapultado mais ainda essas Cbs com a fuligem (aerossóis), aumentando a quantidade de núcleos higroscópicos. Choveu cinzas e o dia virou noite aí (surreal as imagens), o que acabou matando cerca de 1,5 tonelada de peixes (90% da vida aquática) por diminuir o oxigênio dissolvido numa lagoa aí da cidade (fotos abaixo).

 

São Sebastião do Paraíso por volta de 14:40 ((imagens da Globo SPTV)

465065462_ScreenShot2021-09-13at20_09_40.png.6aa76945e801334b721359fc20a9fc9d.png

1008761782_ScreenShot2021-09-13at20_09_47.png.d6a7c4dd97837d7bf4bb6f1a8c40451e.png

https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2021/09/09/queimadas-causam-chuva-preta-em-sao-sebastiao-do-paraiso-especialista-explica.ghtml

 

Chuva preta mata 1,5 toneladas de peixe na Lagoinha em São Sebastião do Paraíso.

781101353_ScreenShot2021-09-13at20_11_14.png.84f3e6f968bbd70b7eadb716322390e7.png

https://www.otempo.com.br/cidades/chuva-com-fuligem-causa-morte-de-1-5t-de-peixes-em-sao-sebastiao-do-paraiso-1.2541085

 

Além disso, também tem um coeficiente de altitude em função do relevo mais acidentado a medida em que se afasta de SP e chega em MG, o que permite uma maior ação de ventos quentes ascendentes, elevando o poder convectivo. 

 

O curioso disso tudo é que enquanto aí na sua cidade o mundo acabava em água e escuridão com essas Cbs estacionárias (em que formavam-se uma atrás da outra durante horas no mesmo local), poucos quilômetros a oeste na cidade de Altinópolis e Batatais praticamente nem choveu. Um contraste enorme em meio a esse tempo super seco. Coisas da primavera. 

 

E como se não bastasse mais episódios convectivos ocorreram de forma severa no sábado. Acredito que os volumes possam ter se aproximado dos 3 dígitos (100mm) mesmo por aí, pelo radar era possível ver a força dessas pancadas torrenciais e o forte potencial de granizo (que acabou de confirmando).

 

Vale lembrar que por aí climatologicamente é mais seco durante o outono/inverno comparado à minha cidade, e acumulados que chegam a quase 100mm oriundos de sistemas convectivos em plena estiagem de setembro, quando a previsão não indicava nada, é de se impressionar e guardar nos registros. Aqui mesmo não chegamos nem a 1mm kkkkk, Cafelândia teve um pouco mais de sorte e acumulou 10,6mm.

 

Deixo um GIF do radar IPMet de quinta, dia 09, entre 12:07 e 22:07. Veja que as Cbs vão se formando sem parar aí em São Sebastião do Paraíso, Mococa e Rifaina. Literalmente um núcleo atrás do outro, Aqueles ECOS na região de Ribeirão Preto e Barretos são os incêndios que causaram a chuva negra, e as Cbs estão logo a leste na divida SP-MG.

09SET21SP.gif.c4f460adc287139d21f321fdb39c239a.gif

 

 

 

  • Like 7
  • Thanks 7
  • Sad 5
Link to comment
Share on other sites

14 minutes ago, Eclipse said:

máxima de 23 no começo da madruga, dia todo entre 16/18 graus em POA, um montão de chuva, e agora um monte de raio, mas raios dos bons

 

image.png.ff95fb2ab57b90e66eb91cd0585a8d66.png

 

Em Lajeado começou uma nova pancada bem forte agorinha também, com muitos raios e ventania

  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Mais um dia encoberto com poucas aberturas de sol em Blumenau por causa da influência da inversão térmica marítima. A temperatura ficou entre 19,1ºC e 25,3ºC.

image.thumb.png.5cf4edcb3aac447f7525267006600c78.png

Amanhã o abafamento aumenta mas deve chover. Olhando a previsão do euro, já mostrada pelo @Moretão, dá vontade de desaparecer  pelos próximos dias, sol nunca mais...

 

21,3ºC 89% e céu encoberto em Blumenau às 22h.

  • Like 14
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

Devido a ausência da entrada dos ventos marítimos à partir do final da tarde, São Paulo está tendo uma noite abafada (em locais bastante urbanizados).

As temperaturas nas estações do CGE variam entre 17/18 graus no extremo sul com umidade em 100% e 26/27 graus em áreas próximas do centro com umidade que chega a ficar abaixo dos 50%.

FW4XcRD.png

 

 

Imagem do satélite das 21:40 mostra a presença de nuvens altas em grande parte do estado.

VLayyOy.jpg

  • Like 14
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

12 minutos atrás, sjmolive disse:

Boa noite a todos.

 

Hoje, finalmente, superamos os 30 graus.

 

Extremos do dia: 17,5˚C/ 30,1˚C - maior máxima desde o final de março.

 

No momento está bem quente para os nossos padrões, 22,9˚C (23h25min).

sjmolive,

Viçosa, registrou hoje, 33,1ºC a máxima do ano e só perde para o dia 17 de novembro de 2020.

 

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

Faz 31°C na estação convencional do Inmet ao lado do aeroporto de Londrina, junto ao sítio aeroportuário. É super urbano, topo e na frente da avenida. Retrata bem a ilha de calor.

 

De qualquer forma, as encostas mais elevadas e os topos estão tendo um final de noite absurdamente quente.

 

O IAPAR tinha 30,9°C às 23:00! Nas baixadas está + suportável ou fresco.

20210913_234624.jpg

  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

A sorte que não está abafado. 30°C com a UR em 30% como agora, deve ser mais suportável que 25/26°C com UR no teto. Confesso que não me lembrava da sensação de 30°C este horário com umidade bem baixa. 

 

De qualquer forma, a máxima prevista amanhã não deverá superar os 35°C pelo que as previsões estão apontando.

  • Like 14
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

> Máxima36,68°C em Caibi/Foz do Chapecó;

> Mínima: 10,5°C em Fraiburgo/Liberata/Keiser e Painel/Lava Tudo;

> Menor Máxima: 18,7°C no Morro da Igreja;

> Máximas entre 23°C e 27°C no baixo Vale do Itajaí;

> Rajada máxima: 104,76 km/h no Morro da Igreja;

> Precipitação: 33,2 mm em Timbé do Sul/Centro.

 

> Bastante calor e primeira sob-10 em considerável tempo. Típico de primavera.

  • Like 13
Link to comment
Share on other sites

11 horas atrás, Davi Silva disse:
14/09/2021 - 00:00 UTC
 
27,5°C | 73,0% - São Cristóvão/Rio
26,0°C | 83,0% - Aero Santos Dumont/Rio
26,0°C | 83,0% - Aero Galeão/Rio
23,2°C | 00,0% - Xerém/Caxias
22,5°C | 88,0% - Forte de Copacabana/Rio
22,5°C | 99,4% - Alto da Boa Vista/Rio

Calor e umidade. E as chuvas ?

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Hoje está promissor. Após a mínima alta de 17,0°C , já temos 27,5°C na minha estação. Finalmente chegaremos ou passaremos dos 33,9°C de Fevereiro ? Mais tarde trago o resultado.

 

Destaco também as mínimas muito elevadas (tropicais) nos topos da cidade hoje: Com 20°C no Alphaville e 21°C no INMET. 

 

O ar está extremamente quente em altura sobre nossa região. Conforme demonstrado pelo mapa de anomalias em 850hpa, na casa dos 10 graus de anomalia positiva:

 

image.png.b105186c08eb0a4f3df80cced5b700b9.png

 

Contemplem, portanto, um dos piores Setembros da história climática, vindo na sequência de 2020. Coincidência ??? Não.

  • Like 13
  • Sad 10
Link to comment
Share on other sites

Temperaturas extremas durante el dia de ayer en Montevideo (Melilla):

 

MÁXIMAS Y MÍNIMAS AYER
TEMP MÁXIMA
16.56 a las 00:00:00
TEMP MÍNIMA
12.44 a las 23:55:00

 

Maxima registrada a la medianoche previa, durante la jornada no se superaron los 15°C.

La ciudad estuvo cubierta todo el dia por una espesa niebla que por momentos llego a transformarse en una garua muy finita del tipo "aerosol".

O sea que volvimos al padron de dias humedos, grises y de baja amplitud termica con el que se viene presentando septiembre.

Edited by Pablo MQL
  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

Hoy durante la madrugada aumentaron los vientos y se ve que llovio bastante (estaba durmiendo , pero me di cuenta por los charcos de agua que tengo frente a mi casa).

La minima fue de un poco mas de 11°C;

 

1174666088_Sanstitre.png.fc60b60501386b5f312a61f1389f9dc7.png

 

Actualmente a las 10hrs tenemos una mañana fria, cubierta,  gris y ventosa, invernal, con baja sensacion termica, pero no llueve,  12,5°C en la estacion Prado, la maxima pronosticada es de solo 14°C:

 

 

1977100338_Sanstitre.png.350e23702071d5f64653e79ba890a833.png

 

562606791_Sanstitre.png.d38d21cbb02314c8a777508ffb7130b4.png

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 17
Link to comment
Share on other sites

Por aqui, considerando os dados da estação de Bento Gonçalves, Setembro está bem acima da média no início do mês.

 

Claro que comparando com o inferno que assola a maior parte do Brasil, até fica parecendo bem agradável.

 

A média máxima está em 21,8⁰C anomalia de +1,5. Média mínima em 13,0⁰C, anomalia de +2,5. Média compensada 16,6⁰C, anomalia de +1,8.

 

A previsão para os próximos dias está legal, se ficar desta forma imagino que vai reduzir as anomalias deste mês para algo mais próximo da média.

 

20210914_101824.thumb.jpg.cf4e0ccd5d23711962579801296d1e5d.jpg

  • Like 16
Link to comment
Share on other sites

Calorão na Baixada Santista, 10:30 e já tem estação beirando os 37°C:

image.thumb.png.e495ccbfd0876548053e69f5ffe08bc6.png

 

Aqui no Vale do Ribeira está mais "agradável" por conta da nebulosidade. Está bastante abafado e amanhã deve chover um pouco, infelizmente foi tirado muito da chuva na região.

 

Euro dando 35°C para hoje, vamos ver se chegará a tudo isso mesmo com a presença da nebulosidade. Às 10:40 faz 26,8°C | 84,3% aqui em Eldorado.

image.png.80d2c82ba097854a493f7692dede04d4.png

  • Like 19
Link to comment
Share on other sites

Setembro até aqui na estação convencional de Santo Agostinho, área central de BH (melhor para comparação histórica) - normal 81-10:

 

Máximas: 31,0C (+3,6)

Mínimas:  19,2C (+2,1)

 

Extremos: 15,1 (dia 01) e 34,7 (dia 10).

 

Essa anomalia tende a aumentar nos próximos dias, embora possa diminuir mais pro final do mês (tem um refresco previsto pra depois do dia 22, ainda a conferir).

Edited by LeoP
  • Like 17
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

Madrugada muito calourosa em Londrina com mínimas entre 18,6°C no distrito de Lerrovile (700-750m) e 23/24°C nos topos da área urbana. Agora o céu segue parcialmente nublado e faz entre 29 e 32°C com algum vento consistente. Não acredito que chegaremos aos 35°C igual ontem.

 

Em Varginha ontem o dia foi muito quente, mínima típica de verão como o Renan citou na sua Juiz de Fora. No Inmet Vga variação entre 18,1/33,1°C. Hoje o amanhecer foi fresco com 16,2°C e 12/13°C nas baixadas. Agora faz 30°C por lá. Expectativa de 33°C de máxima.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

30 minutos atrás, LeoP disse:

Setembro até aqui na estação convencional de Santo Agostinho, área central de BH (melhor para comparação histórica) - normal 81-10:

 

Máximas: 31,0C (+3,6)

Mínimas:  19,2C (+2,1)

 

Extremos: 15,1 (dia 01) e 34,7 (dia 10).

 

Essa anomalia tende a aumentar nos próximos dias, embora possa diminuir mais pro final do mês (tem um refresco previsto pra depois do dia 22, ainda a conferir).

 

Olha, confesso que está me gerando angústia profunda esse mês. Esse verão fora de época que se tornou Setembro me gera uma sensação desagradável por causa da mudança abrupta entre Agosto e Setembro. Na torcida para que os dias passem rápido e Outubro comece logo.

  • Like 5
  • Sad 6
Link to comment
Share on other sites

Rio de Janeiro pegando fogo, ainda bem e por um período curto o vento quadrante norte sopra forte trazendo o calor abrasador do centro oeste, nesse momento temos 39 graus aqui no bairro de Inhaúma. Amanhã já começa com queda de temperatura e vamos para o mês que mais temos extremos  no Rio de Janeiro.

20210914_124452.jpg

  • Like 11
  • Thanks 1
  • Sad 3
Link to comment
Share on other sites

16 horas atrás, Lucas Centurion disse:

Boa noite, Lucas.
 

Estava acompanhando essas células e foi realmente algo impressionante. Tanto o que ocorreu na quinta como no sábado. Primeiro porque a previsão de chuva entre quinta e sábado era pífia, quase nula, principalmente no nordeste de SP. No entanto, as Cbs que se formaram aí na região de São Sebastião do Paraíso e Franca foram extremas, com elevados volumes de chuva e granizo. Fico imaginando a quantidade de raios que caiu por aí.

 

Imagino que a explicação para essas super Cbs ("chuva negra") da última quinta consista na zona limítrofe ou de transição entre o ar mais frio e úmido da FF e a massa extremamente quente e seca predominante no interior do país, zona essa em que o nordeste de SP na divisa com MG estava inseria.

 

Junto à isso ainda teve aqueles incêndios gigantescos na região de Batatais e Ribeirão Preto que acabou levando absurda quantidade de fumaça aí na sua região, por ação de ventos da pré-frontal. Acredito que isso possa ter catapultado mais ainda essas Cbs com a fuligem (aerossóis), aumentando a quantidade de núcleos higroscópicos. Choveu cinzas e o dia virou noite aí (surreal as imagens), o que acabou matando cerca de 1,5 tonelada de peixes (90% da vida aquática) por diminuir o oxigênio dissolvido numa lagoa aí da cidade (fotos abaixo).

 

São Sebastião do Paraíso por volta de 14:40 ((imagens da Globo SPTV)

465065462_ScreenShot2021-09-13at20_09_40.png.6aa76945e801334b721359fc20a9fc9d.png

1008761782_ScreenShot2021-09-13at20_09_47.png.d6a7c4dd97837d7bf4bb6f1a8c40451e.png

https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2021/09/09/queimadas-causam-chuva-preta-em-sao-sebastiao-do-paraiso-especialista-explica.ghtml

 

Chuva preta mata 1,5 toneladas de peixe na Lagoinha em São Sebastião do Paraíso.

781101353_ScreenShot2021-09-13at20_11_14.png.84f3e6f968bbd70b7eadb716322390e7.png

https://www.otempo.com.br/cidades/chuva-com-fuligem-causa-morte-de-1-5t-de-peixes-em-sao-sebastiao-do-paraiso-1.2541085

 

Além disso, também tem um coeficiente de altitude em função do relevo mais acidentado a medida em que se afasta de SP e chega em MG, o que permite uma maior ação de ventos quentes ascendentes, elevando o poder convectivo. 

 

O curioso disso tudo é que enquanto aí na sua cidade o mundo acabava em água e escuridão com essas Cbs estacionárias (em que formavam-se uma atrás da outra durante horas no mesmo local), poucos quilômetros a oeste na cidade de Altinópolis e Batatais praticamente nem choveu. Um contraste enorme em meio a esse tempo super seco. Coisas da primavera. 

 

E como se não bastasse mais episódios convectivos ocorreram de forma severa no sábado. Acredito que os volumes possam ter se aproximado dos 3 dígitos (100mm) mesmo por aí, pelo radar era possível ver a força dessas pancadas torrenciais e o forte potencial de granizo (que acabou de confirmando).

 

Vale lembrar que por aí climatologicamente é mais seco durante o outono/inverno comparado à minha cidade, e acumulados que chegam a quase 100mm oriundos de sistemas convectivos em plena estiagem de setembro, quando a previsão não indicava nada, é de se impressionar e guardar nos registros. Aqui mesmo não chegamos nem a 1mm kkkkk, Cafelândia teve um pouco mais de sorte e acumulou 10,6mm.

 

Deixo um GIF do radar IPMet de quinta, dia 09, entre 12:07 e 22:07. Veja que as Cbs vão se formando sem parar aí em São Sebastião do Paraíso, Mococa e Rifaina. Literalmente um núcleo atrás do outro, Aqueles ECOS na região de Ribeirão Preto e Barretos são os incêndios que causaram a chuva negra, e as Cbs estão logo a leste na divida SP-MG.

09SET21SP.gif.c4f460adc287139d21f321fdb39c239a.gif

 

 

 

Maravilhosa explanação, Lucas 🦉

  • Like 3
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, LeoP disse:

Setembro até aqui na estação convencional de Santo Agostinho, área central de BH (melhor para comparação histórica) - normal 81-10:

 

Máximas: 31,0C (+3,6)

Mínimas:  19,2C (+2,1)

 

Extremos: 15,1 (dia 01) e 34,7 (dia 10).

 

Essa anomalia tende a aumentar nos próximos dias, embora possa diminuir mais pro final do mês (tem um refresco previsto pra depois do dia 22, ainda a conferir).

 

Lado bom: Por não terem extremos como em 2020, é um calor extremamente chato e desagradável mas que ainda é relativamente tolerável perto dos 36°C, 37°C que já vivenciamos em anos anteriores. 

 

Lado ruim: Todos os outros. Não tem chuva, tem abafamento, horrível pra dormir, fumaça, queimadas, anomalias muito positivas, falta de perspectivas de melhoras  entre outros. 

 

Por enquanto, to comemorando a ausência dos extremos, mas é lamentável chegar ao ponto dessa ser a única razão para comemorar alguma coisa. 

  • Like 6
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

17 horas atrás, Lucas Centurion disse:

Boa noite, Lucas.
 

Estava acompanhando essas células e foi realmente algo impressionante. Tanto o que ocorreu na quinta como no sábado. Primeiro porque a previsão de chuva entre quinta e sábado era pífia, quase nula, principalmente no nordeste de SP. No entanto, as Cbs que se formaram aí na região de São Sebastião do Paraíso e Franca foram extremas, com elevados volumes de chuva e granizo. Fico imaginando a quantidade de raios que caiu por aí.

 

Imagino que a explicação para essas super Cbs ("chuva negra") da última quinta consista na zona limítrofe ou de transição entre o ar mais frio e úmido da FF e a massa extremamente quente e seca predominante no interior do país, zona essa em que o nordeste de SP na divisa com MG estava inseria.

 

Junto à isso ainda teve aqueles incêndios gigantescos na região de Batatais e Ribeirão Preto que acabou levando absurda quantidade de fumaça aí na sua região, por ação de ventos da pré-frontal. Acredito que isso possa ter catapultado mais ainda essas Cbs com a fuligem (aerossóis), aumentando a quantidade de núcleos higroscópicos. Choveu cinzas e o dia virou noite aí (surreal as imagens), o que acabou matando cerca de 1,5 tonelada de peixes (90% da vida aquática) por diminuir o oxigênio dissolvido numa lagoa aí da cidade (fotos abaixo).

 

São Sebastião do Paraíso por volta de 14:40 ((imagens da Globo SPTV)

465065462_ScreenShot2021-09-13at20_09_40.png.6aa76945e801334b721359fc20a9fc9d.png

1008761782_ScreenShot2021-09-13at20_09_47.png.d6a7c4dd97837d7bf4bb6f1a8c40451e.png

https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2021/09/09/queimadas-causam-chuva-preta-em-sao-sebastiao-do-paraiso-especialista-explica.ghtml

 

Chuva preta mata 1,5 toneladas de peixe na Lagoinha em São Sebastião do Paraíso.

781101353_ScreenShot2021-09-13at20_11_14.png.84f3e6f968bbd70b7eadb716322390e7.png

https://www.otempo.com.br/cidades/chuva-com-fuligem-causa-morte-de-1-5t-de-peixes-em-sao-sebastiao-do-paraiso-1.2541085

 

Além disso, também tem um coeficiente de altitude em função do relevo mais acidentado a medida em que se afasta de SP e chega em MG, o que permite uma maior ação de ventos quentes ascendentes, elevando o poder convectivo. 

 

O curioso disso tudo é que enquanto aí na sua cidade o mundo acabava em água e escuridão com essas Cbs estacionárias (em que formavam-se uma atrás da outra durante horas no mesmo local), poucos quilômetros a oeste na cidade de Altinópolis e Batatais praticamente nem choveu. Um contraste enorme em meio a esse tempo super seco. Coisas da primavera. 

 

E como se não bastasse mais episódios convectivos ocorreram de forma severa no sábado. Acredito que os volumes possam ter se aproximado dos 3 dígitos (100mm) mesmo por aí, pelo radar era possível ver a força dessas pancadas torrenciais e o forte potencial de granizo (que acabou de confirmando).

 

Vale lembrar que por aí climatologicamente é mais seco durante o outono/inverno comparado à minha cidade, e acumulados que chegam a quase 100mm oriundos de sistemas convectivos em plena estiagem de setembro, quando a previsão não indicava nada, é de se impressionar e guardar nos registros. Aqui mesmo não chegamos nem a 1mm kkkkk, Cafelândia teve um pouco mais de sorte e acumulou 10,6mm.

 

Deixo um GIF do radar IPMet de quinta, dia 09, entre 12:07 e 22:07. Veja que as Cbs vão se formando sem parar aí em São Sebastião do Paraíso, Mococa e Rifaina. Literalmente um núcleo atrás do outro, Aqueles ECOS na região de Ribeirão Preto e Barretos são os incêndios que causaram a chuva negra, e as Cbs estão logo a leste na divida SP-MG.

09SET21SP.gif.c4f460adc287139d21f321fdb39c239a.gif

 

 

 

 

Muita interessante sua análise!

  • Like 4
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde.

Muito calor no Rio de Janeiro.

Centro da cidade com 35º no Aeroporto Santos Dumont mas com sensação de muito mais. Há tempos não sentia isso. Extremamente desconfortável ficar fora do ar condicionado. O período frio parece que foi em tão tão distante mas fazem só dois meses. Voltamos a nossa programação normal.

  • Like 9
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, Tavares disse:

O Google me enviou um alerta de baixa umidade. O céu tá forrado de nuvem. Pode isso?

 

Pelo menos aqui na cidade de São Paulo são nuvens altas (Cirrus e cirrostratus), que interferem muito pouco ou quase nada no aquecimento (E no resfriamento).

E os ventos são continentais.

O Mirante está tendo rajadas que já chegaram a 48 km/h de NO a N.

Em Interlagos, as rajadas já chegaram a 46 km/h.

 

Aliás, o aquecimento adiabático desses ventos descendo a serra do Mar provocaram o bizarro calor de logo cedo em parte do litoral paulista, como comentado no post acima pelo Felipe Backendorf.

 

Na automática de Bertioga (Que só está disponibilizando dados algumas horas no dia), vizinha a Santos, o vento já mudou de direção.

Depois de chegar a 37,5°C, a temperatura caiu com a virada dos ventos para SSO/Sul, e era de 29,1°C às 14 h.

 

A Base Aérea de Santos (Que fica no Guarujá) teve leitura horária de 37°C às 11h da manhã, com rajadas de até 53 km/h de NO a N.

Com a mudança dos ventos, registrava 26°C às 14 h.

 

-----------------------------

 

Sampa teve noite/madrugada muito quentes, principalmente nas áreas mais urbanizadas.

 

Mínimas de hoje,

Mirante (Aut): 22,1°C

Mirante (Conv): 21,9°C

Interlagos: 21,0°C

 

E faz muito calor, muito sol, ventos continentais e nuvens altas.

 

Às 14 h, o Mirante já bateu nos 32,5°C.

E Interlagos nos 33,2°C.

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 14
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

@RafaelBHZ depende da perspectiva:

 

Teoricamente, temos ido 1 a 2 extremos por semana (para a época, qualquer coisa acima de 34ºC é extremo). Porém, como existe a possibilidade de estarmos bem no meio de uma mudança climática, não há normal climatológica que dê conta de trazer um referencial plausível e, neste caso, vc pode ter razão - já registramos temperatura maior que as desse ano na 1ª quinzena de setembro recentemente, embora ache que esse anoo maçarico esteja mais constante que nos outros.

 

Agora, vale lembrar que essas temperaturas que citou, ano passado, ocorreram no final de setembro e começo de outubro, período de insolação um pouquinho maior que a atual. Se manter esse padrão nas próximas 2 ou 3 semanas, sim, você terá razão, mas tem chão até lá.

 

@Renan o interessante é o que vc tem pontuado: o aumento abrupto da temperatura de agosto pra setembro. Parece que, ao chegar a 2ª semana de setembro, entramos num "gap" climático, em que se ignora a normal climatológica por umas 3 ou 4 semanas. Em seguida, tudo volta ao normal como se nada estivesse acontecendo. Todos os meses do ano preservam suas características, exceto setembro (e parte de outubro), o que não deixa de ser uma boa notícia. Inclusive, temos tido anomalias negativas consecutivas de temperatura recentemente, em todos os meses, exceto setembro e outubro. 

 

Ano passado, foi um bom exemplo. Depois da abrupta mudança de padrão, não voltamos a experimentar nenhuma anomalia bizonha até... setembro de 2021:

 

 384002731_Semttulo.thumb.png.b9e88e357b1ddb9bd46d4e7b4e26a604.png

 

 

1 hora atrás, Carlos Dias disse:

HOJE TEM LIVE PORTAL DO TEMPO FRIO

 

PAUTA - SET QUENTE

METEOROLOGISTAS CONVIDADOS

 

- Marcelo Schneider (Disme SP)
- Marcelo Martins (Epagri Ciram)
- Marco Jusevicius (Simepar)
- Cátia Braga (Braga's Inteligência,  Comunicação e Negócios)
- Paula Paes (INPE)

 

HOJE - 21 horas

 

Oi, Carlos, ótima live, como sempre. Seria excelente se algum deles trouxessem uma perspectiva científica sobre o mês de setembro no Brasil. Os meteorologistas daqui, via imprensa, ignoram completamente o caos climático (desse período) dos últimos anos e noticiam suas previsões na maior naturalidade do mundo. Lançam previsões (corretas) de 34ºC a cada 3 ou 4 dias, sem nenhum comentário sobre o absurdo que é a frequência dessas temperaturas nesta época, ignorando os 4ºC de anomalia positiva que o mês apresenta até aqui nas tardes. 

 

.

.

.

 

Tarde de calor intenso em BH, pra variar. Pampulha bateu 33,9ºC, com muita fumaça e céu parcialmente nublado - o que impediu maior aquecimento. Em alguns momentos, o sol ficou ausente. Realmente, a única coisa a se "comemorar" é que não estamos atingindo valores excepcionais (que fase). Fora isso, joga no lixo e que venham as chuvas da primavera (estão perto)!

  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde a todos.

 

Ontem foi um dia tórrido na borda da serra. Sem refresco.

 

13/09: 15,0ºC / 33,0ºC (recorde de máxima da estação)

 

Hoje a sensação de calor foi até pior que ontem, mas com máxima um pouco menor: "Apenas" 32,6ºC. A madrugada foi absurdamente quente, entre 21ºC e 24ºC.

 

O vento passou a soprar do mar às 14h em ponto, fazendo com que a temperatura despencasse. A neblina chegou logo depois.

 

No momento faz 18,7ºC.

 

Screenshot_20210914-153757.thumb.png.40a7dd9e7fa7452ebbce5c35cb35f718.png

 

20210914_155645.gif.9389a1bf1050fe84c801c6254db75f09.gif

 

  • Like 18
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Umidade relativa disparou em questões de minuto aqui em Casa na Zona Sul de São Paulo (M'Boi Mirim), da casa dos 29% para 50% de U.R, torcendo que todo esse mormaço faça as instabilidades chegarem atuantes até a RMSP.... Só não sei se o Timing da entrada da brisa marítima lá no Extremo Sul da região vai ajudar... 

Screenshot_20210914-160528~2.png

  • Like 13
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.