Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Carlos Campos

Members
  • Posts

    12445
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    446

Carlos Campos last won the day on January 2

Carlos Campos had the most liked content!

About Carlos Campos

  • Birthday 06/11/1970

Location

  • Location
    Piraquara/Paraná

Recent Profile Visitors

7982 profile views

Carlos Campos's Achievements

Grand Master

Grand Master (14/14)

  • Well Followed Rare
  • Conversation Starter Rare
  • Dedicated Rare
  • Very Popular Rare
  • Reacting Well Rare

Recent Badges

73.1k

Reputation

  1. Bom dia Infelizmente nós não nos acostumamos com madrugadas assim, mesmo passando a vida inteira por situações repetitivas. Até meados de Março vou ver muitas reclamações aqui kkk Somente à partir de Abril q a situação deve melhorar e então sim, será um grande alívio para todos. Em Abril as madrugadas com temperaturas na faixa dos 20°C só acontecem em casos de pré-frontal ou sob influência de áreas de instabilidade tropicais q estacionam no Rio Grande do Sul por poucos dias. O calor nojento, grudento será bem raro, como vc sabe. Faltam só uns 60 dias ⏳kk PS: E vamos de Pink Floyd pra relaxar 🌌 "How can you have any pudding if you don't eat yer meat?"
  2. Sim, cansa bastante. Mas eu vejo um quadro razoavelmente melhor do que o de Janeiro (não sei exatamente como, mas vejo). A minha revolta foi mesmo devido à diversos fatores q se juntaram e se manifestaram todos de 1 única vez, como uma espécie de "complô". Primeiramente a monotonia do clima frio e a ausência de convectvidade, depois o calor e a ausência das tempestades de verão e também devo incluir os dias longos, intermináveis vendo praticamente nenhuma situação interessante. Esse quadro continua.. a chuva tem sido tão escassa q tem sido necessário molhar o jardim pelo menos 3 vezes por semana. Mas enfim, a vida continua. Hoje amanheceu chovendo fraco e o céu esteve encoberto parte do período. Houve formação de Cbs isoladas à tarde e chuvas isoladas em alguns setores. À variação térmica na minha estação ficou em 18,7°C e 27,4°C No sensor exposto (fora da estação) a variação foi 18,5°C e 32,1°C Visual há pouco na vila: Dá pra perceber q as chuvas são bem isoladas e tem sido assim desde meados de Janeiro. Houve apenas 1 grande episódio de chuva generalizada no mês passado, com acumulado de 60 mm em 24h. Abraço
  3. Bom dia Renan Sim, vc está correto... eu me cansei da dinâmica climática de Piraquara e como vc disse também, o verão é meio chato principalmente se é afetado por fenômenos de grande escala q contribuem para diminuição das precipitações. É o caso deste verão, que está bem seco por aqui (até houveram grandes volumes pluviométricos em algumas áreas da Grande Curitiba, mas foram formações isoladas e a maioria nem chegou em Piraquara). Agora nestes últimos dias estamos sob efeito do ar seco e não tem formado nuvens, então temos temperaturas na faixa do 13/15°C pela manhã e 29/31°C na parte da tarde. O Sol está fortíssimo e a umidade cai bastante (esse quadro deve desaparecer ainda na tarde de hoje e vem chuva, então as temperaturas máximas devem cair bastante). Eu gostaria muito de poder me mudar para outro local, bem distante daqui, pra poder enfim experimentar uma condição geral diferente, mas infelizmente por questão unicamente financeira, não vou realizar esse feito. Eu me recordo de uma ocasião, quando tinha meus 18 anos e viajei para Xanxerê com o único objetivo de conhecer a cidade q já havia registrado -11°C (na época eu ainda tinha os registros mensais do município, mas não entendia ainda q esse -11°C era de um local de baixada e q na cidade propriamente dita mal havia chegado à -6°C). Então eu desci na rodoviária e fiquei zanzando pelas ruas de Xanxerê, muitas delas com aquela coloração "bordô", quase uma terra vermelha, porém mais escura. Tudo era diferente daqui: o ar, a céu com nuvens médias vindo do Paraguai e anunciando chuva, sendo q poucas horas antes o céu em Piraquara estava repleto de nuvens baixas vindas do mar. As construções também eram muito diferentes e as araucárias mais nanicas, porém parrudas. A dinâmica por lá é muito boa, sabe... praticamente todas as perturbações atmosféricas q cruzam o centro-norte da Argentina chegam até Xanxerê. Uma outra coisa que me incomoda bastante aqui é a falta de interesse das pessoas em relação à natureza. Ninguém está nem aí e digo com relação ao clima e também ao meio natural. Existem tanto em Piraquara quanto em Pinhais áreas enormes que foram ocupadas e se transformaram em vilas e destruíram toda a vegetação nativa que havia nesses locais. Aqui onde eu moro há centenas de grandes araucárias e no município devem haver centenas de milhares, porém a grande maioria das pessoas odeia essa espécie de pinheiro, porquê o consideram um "problema", então vão cortando seus galhos até q reste apenas 1 palito com uma copa ridícula (q eu costumo chamar de "limpador de chaminé). Acredito q minha principal chateação é o fato de eu estar morando num lugar com pessoas horrorosas. Um dia eu saio dessa............. Quanto ao clima, ontem registrei a máxima mensal, com 31,8°C na minha estação (mínima ontem 14,7°C). Na sexta-feira houve aquele fenômeno chamado "poeira do diabo" em Curitiba. Só não ligue para o áudio kkkkk (parece minha sobrinha tagarelando) 👇 dust-devil.mp4 https://www.bandab.com.br/regiao-metropolitana-de-curitiba/dust-devil-assusta-moradores-em-campo-largo/amp/ Abraço
  4. Sandro, eu tenho estado bastante ocupado monitorando o tempo, mas fora do país... claro q não estou fora (bem q gostaria), mas hoje é possível fazer um monitoramento em tempo real em qualquer lugar do planeta, como todos sabem. O meu descontentamento com o clima na nossa região teve início já no comecinho do mês, quando vivenciamos o marasmo das baixas temperaturas para a época e a total ausência de qualquer tipo de atividade convectiva, que é o q me cativa nos meses de verão. Foram longos e intermináveis dias de garoa e máximas na faixa dos 20°C ou até inferiores. Eu não aguentei... quase entrei numa espécie de "depressão" e então resolvi sair da "bolha" e me aventurar pelo (inicialmente) continente norte americano. E foi um remédio e tanto! Depois, procurei outros lugares e por fim me instalei em 3 cidades bastante distantes uma das outras. Agora eu acompanho, como se estivesse olhando da minha janela o dia a dia no céu de 3 pontos específicos: Idaho, Escócia e a Ilha do Norte na Nova Zelândia. Então eu tenho bastante trabalho 👨‍💻 Não estou de forma alguma desprezando nosso lugar... bem, talvez ignorando um pouco, mas fique claro q é por puro merecimento. Obviamente alguns colegas podem pensar q não há nenhum sentido apenas "observar" e não "vivenciar", mas não fazemos justamente isso a vida toda, "observando sem vivenciar" o dia a dia por exemplo na Serra Catarinense ou o alto da Mantiqueira (e nem mesmo podemos ter plena certeza de q a estação não está tombada no chão tsc)? O fato é q encontrei uma saída pra minha tristeza, pq eu estava mal. Bem, a "convectvidade" surgiu há alguns dias por aqui, mas não choveu em Piraquara nem metade do q choveu em Curitiba (realmente o clima me odeia). Li q vc comentou sobre a máxima não ter atingido os 30°C aí em São Bento... aqui hoje pela primeira vez registrei um trinta graus: 30,5°C na minha estação. Houveram alguns 28°C e 29°C (e também 18°C e 19°C de máximas no início do mês). Está muito diferente dos verões tradicionais. Sempre tem vários dias com 30°C ou mais, no entanto não atualmente. Eu espero q as coisas mudem.. quero voltar a sentir ânimo de participar aqui. É bacana, quando o tempo é bacana. Abraço Abraço também ao @Renan e à todos..
  5. Aglomerado de Cbs ao norte por volta do poente. Relampejava bastante e foi um dos poucos momentos q "se salvaram" do dia meteorológico.
  6. Boa noite à todos... Posso definir o dia de hoje com uma simples palavra: desagradável! A expectativa de boa chuva com trovoadas ficou apenas na promessa e apesar da grande quantidade de nuvens altas, médias e baixas e da forte instabilidade, houve apenas chuva leve aqui na Vila, mal acumulando menos de 1 mm. No período da tarde o céu ficou bastante escuro e trovejou no lado sul e também no leste, porém a chuva não avançou até aqui. Vista do norte entre 17h e 19h. A variação térmica na minha estação ficou em 16,9/29,5°C
  7. O temporal vindo do norte às 17h (enquanto os topos das Cbs se deslocavam para nordeste, bem curioso).
  8. Tão logo cheguei em Piraquara, pude observar melhor as grandes Cumulonimbus q se formavam ao norte e noroeste. Posteriormente uma tempestade ampla se formou à partir daí e avançou para leste e também para sul. Interessante q os topos cirrosos vinham do Sudoeste, provavelmente em decorrência da circulação em altos níveis q provinha do extremo sul (Rio Grande do Sul).
  9. Ao longo da tarde a combinação do forte calor e da umidade formou muitos aglomerados de nuvens grandes, q posteriormente produziram temporais isolados. Passando por Curitiba às 15h registrei esse bloco em desenvolvimento ao norte.
  10. Hoje sim, um dia típico de verão, com um cenário q eu gosto de observar, principalmente na parte da tarde: Cumulonimbus bem desenvolvidos, raios e trovoadas, seguidos de uma queda suave de temperatura e céu limpo ao anoitecer. A primeira leva de chuva aconteceu por volta das 12h30. Variação hoje em casa 17,1/29,5°C
  11. Variação hoje ( em casa 14,1/25,6°C mesmo com céu praticamente limpo o dia todo, o q mostra q a intensidade do ar "frio" q chegou na tarde de quinta-feira não é das mais fracas. Céu bonito mas desanimador. O vento soprou moderado do leste, com algumas rajadas frescas persistentes. A radiação solar foi intensa e agora neste comecinho de madrugada o céu ainda está limpo e faz um pouco de frio (16°C).
  12. Boa noite... Dezembro já se encerrando e deixando a sensação de q fomos enganados: definitivamente o quadro geral foi atípico, tanto nas variações de temperatura quanto na qualidade e na quantidade pluviométrica distribuída irregularmente e totalmente aleatoriamente nestes últimos 30 dias. Eu me sinto decepcionado. Pra piorar a situação, ontem a chegada de ar mais frio e seco acabou expulsando os resquícios de instabilidade para norte, como já era o esperado. Uma das poucas formações q surgiram no lado norte e produziu chuvas e temporais na divisa com São Paulo ao entardecer (de ontem).
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.