Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

All Activity

This stream auto-updates

  1. Past hour
  2. O projeto de reanálise HURDAT foi concluído para as temporadas de furacões no Atlântico de 1966-1970. Algumas mudanças importantes: - Faith (1966) passou por uma transição extratropical muito mais cedo do que se pensava originalmente - Inez (1966) foi reavaliado como um furacão de categoria 5 e atingiu a terra nessa intensidade em Hispaniola - Gladys (1968) foi reavaliado como um furacão de categoria 2 - Celia (1970) foi reavaliado como um furacão de categoria 4 e atingiu a terra nessa intensidade no Texas - Um MDR TD de longa duração da temporada de 1970 foi reavaliado como um furacão de categoria 1 perto dos Açores Modificações adicionais em certas estações/tempestades também foram feitas (como um TS adicional em 1966), mas você pode folhear o resto do relatório para encontrá-las se tiver algum tempo livre em suas mãos. Link: https://www.aoml.noaa.gov/hrd/hurdat/metadata-1966-1970.pdf
  3. Today
  4. matéria especial da MetSul sobre eventos extremos de tempo severo, como o de ontem em Guaíba:
  5. decepcionante máxima de 26,9 graus em POA, quebrando a onda de calor histórica. se tivesse chegado a pelo menos uns 31, teríamos uma bela sequência infernal a ficar nos registros, já que amanhã recomeça o calorão que seguirá até a próxima semana. se for sofrer, que seja sem piedade, sem refresquinho
  6. Lembrando que no verão do ano passado, no Canadá, ocorreu aquela onda de calor sem precedentes, porém não durou muitos dias. O grande problema não são os extremos de calor aumentarem, mas sim a duração desses eventos. É realmente insuportável.
  7. Mais um dia típico de verão carioca, sol e muito calor no momento temos 36 graus aqui no bairro de inhauma zona norte do Rio de Janeiro, pelo que tô vendo o verão de Porto Alegre tá idêntico ao do carioca.
  8. Em breve este "problema" deverá acabar. Com esta facilidade de ter anomalias positivas e dificuldade de ter anomalias negativas, consequentemente PoA não vai mais ter média maxima de 30,5 em Janeiro 🤭
  9. Dia de breve alívio hoje. Ainda abafado, acima da média, mas perto dos últimos, até um dia assim já está servindo. Esta onda de calor vai entrar para a história como uma das piores, ou a pior da história dos registros climáticos no RS. Depois de tudo o que já passamos até agora, vejam a previsão para os próximos dias (lembrando que aqui é uma cidade serrana): É desesperador. Não tem como dizer que é normal. Quem apenas acha que "é verão, normal fazer calor" certamente não tem qualquer familiaridade com as estatísticas do clima. Só mesmo quem acha que 32, 35 ou 38⁰C é tudo a mesma coisa, tudo calor igual. Nesta onda de calor, não apenas os números absolutos chamam atenção, mas sim a frequência com que estão sendo atingidos. É uma onda de calor que além de muito forte, também é de extensa duração. Temperaturas que normalmente não ocorreriam mais do que uma ou duas vezes por ano, ou mesmo apenas uma vez a cada três ou cinco anos, agora estão ocorrendo praticamente todos os dias como se fosse algo totalmente típico do clima daqui. 35, 36⁰C sem esforço nenhum, quase todos os dias. Nem parece que isso é perto do recorde absoluto histórico.
  10. Renan, acredito que teremos o Janeiro mais quente dos registros por aqui (e possivelmente em muitas outras cidades do RS). 2019 foi "contemplado" com o Janeiro mais quente em POA até então, e sequer tivemos tantas máximas absurdamente altas como nesse ano. Mas as mínimas daquele Janeiro foram muito altas. Em 2022, estamos tendo uma sequência interminável tanto de mínimas como de máximas MUITO altas. Tempos preocupantes. Abraço Agora temos chuva fraca em POA. De repente escapamos de trintar hoje.
  11. matéria da MetSul sobre o terrível temporal de ontem em Guaíba. A Defesa Civil ainda está avaliando se foi downburst ou tornado.
  12. Acumulados INMET POA: Domingo: 19.2 mm Segunda-feira: 28 mm (forte chuva no começo da noite, depois mais chuva perto da virada do dia) Ontem, segunda, tivemos variação 21,3 / 36,4 graus. (INMET). A mínima foi logo após a chuvarada forte do começo da noite. Hoje estamos tendo um certo alívio se compararmos aos dias anteriores e aos próximos. Final de semana promete calor MUITO forte de novo por aqui. Mas amanhã já aquece bastante.
  13. Vídeo da segunda enxurrada de ontem, às 21 h. E foi a terceira chuvarada em 25 h!! A mínima hoje ficou em 21,8°. Agora nublado com 26,0° (alívio) e 84%.
  14. A MÉDIA das máximas em Janeiro é 30,5C , certo ? Então estamos falando de um desvio gigante que já dura vários dias e assim continuará. Só não entendo por que nunca vi POA tendo uma sequência de 10 dias com máximas de 22 graus em Janeirão, sempre vai na direção das anomalias positivas em Janeiro !! Até mesmo aqui, que começou tão bem, a anomalia negativa de temperatura média já está se desfazendo. Um ponto que me chama a atenção é a ausência total de noites amenas nesse mês por aqui: por enquanto a mínima absoluta está em elevadíssimos 18,8C na minha estação, sendo que a média das mínimas é menor que isso 😢🥲. O destaque vinha sendo as máximas, mas agora isso já está sendo destruído.
  15. Sim e falta pouco para 80% no geral e o fim do rodízio no abastecimento. ________________________ Imagem de webcam de Porto Alegre mostrando parte de Guaíba no momento da chegada da tempestade severa ontem 👇
  16. E por aqui tivemos ontem um dia ensolarado, razoavelmente quente e com aumento de nuvens durante a tarde, porém não chegou a chover. Inclusive o céu começou a limpar no finalzinho de tarde, permitindo que o sol brilhasse até quase 7 horas da noite, o que é raro por aqui... Todos sabem que Janeiro não costuma ser um mês dos mais ensolarados por essas bandas... Em Mauá mínima foi de 18,2°C e máxima de 28,3°C. Hoje a madrugada foi de céu limpo e o dia segue no mesmo embalo, com algumas cirrus no céu. Mais tarde há previsão de pancadas de chuva isoladas. Ótima terça a todos!
  17. Eu acho que prefiro o calor árido de 42°C que tá fazendo no Paraguai do que esse calor úmido nojento que tem feito em POA, deve ser sufocante demais bicho! Se bem que tem lugar no Paraguai e Argentina com mínimas beirando os 30 aí deve ser dose também... Se fosse uma mínima de 20 aí dava pra passar bem até
  18. Parece q foi bem assustador esse temporal, mas com tanta energia se acumulando na atmosfera nem poderia ser muito diferente. Também na região norte da grande Porto Alegre @PabloMartins foi intensa a chuva, com registros de >80 mm em alguns pontos.
  1. Load more activity
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.