Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Carlos Campos

Members
  • Posts

    13927
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    579

Everything posted by Carlos Campos

  1. Boa noite Hoje novamente tivemos no Estado um dia de tempo instável com pequenos núcleos de chuva espalhados pelas diversas regiões. Apesar do clima instável, pouco choveu e os acumulados foram pequenos. Quanto às temperaturas, de um modo geral houve um leve declínio nas máximas, principalmente no interior, onde houve uma diminuição na faixa de -2,5°C nos maiores registros, ficando a máxima estadual em 31,3°C na cidade de Cerro Azul, aqui no leste. Essa diminuição nas máximas permitiu que poucas estações tanto do norte quanto do oeste superassem a marca dos 30°C. As menores máximas novamente, e nenhuma surpresa aqui, foram registradas nos planaltos sul e leste, com o menor registro em Palmas/Horizonte (18,3°C). Curitiba teve 24,0°C (média máxima horária/SIMEPAR). Londrina registrou 29,2°C e Foz do Iguaçu 27,1°C. A tabela apresenta os registros médios horários nas estações do SIMEPAR/IDR no dia de hoje e os registros extremos absolutos de ontem. Os mapas com imagens de radar mostram as áreas com chuva durante a tarde e agora no começo da noite: São precipitações no geral fracas e moderadas sem a presença de descargas elétricas apreciáveis. As grandes áreas com chuva e até temporais estão localizadas bem mais ao sul do Estado, principalmente no Rio Grande do Sul. Aqui em Piraquara eu registrei hoje 17,9°C e 23,8°C com tempo bastante nublado em vários momentos e parcialmente nublado em outros. Os ventos sopraram do leste, moderados e não houve nenhum tipo de precipitação. Apesar do clima "chato", é um quadro que não atrapalha a vida de ninguém, mas também não anima e não é muito convidativo para passeios, na minha opinião.
  2. Verão que teve apenas 1 mês realmente quente para os padrões do sul gaúcho @Felipe Backendorf Janeiro não teve temperaturas muito altas e Março, absolutamente normal, assim como Abril (máximas compensando as mínimas). Clima tipicamente 🇺🇾
  3. Um detalhe que passou batido no teu comentário, Otávio é que nós aqui no leste estamos constantemente sob influência do Atlântico, algo que não ocorre no oeste. Nuvens baixas/vento do oceano e garoa vinda diretamente do mar dão um refresco no calor quando parece que tudo vai pegar fogo. Geralmente as frentes frias fraquinhas que avançam em alto-mar conseguem nos atingir de alguma forma. Dessa maneira, o ciclo do calor é quebrado até que a situação se "normalize". Tabelei Morretes, no litoral aqui do Paraná e da pra ver nitidamente a quebra do padrão "calor intenso" em muitos momentos desse verão interminável. Só as maiores máximas ficaram em branco pois não consegui mudar a fórmula lá no Excel. Na verdade eu nem lembrava como fazia essas tabelas kkk estou enferrujando kkk
  4. Caramba, Mariscal está parecida com Bagdá, ao menos na temperatura. Se o verão fosse tão seco quanto na capital do Iraque onde não chove, iria fácil até os 46/47°C. Mas sobre o assunto geral que é o calor constante no interior do Brasil, é surreal. Verão pleno em meados do mês de Abril.
  5. Umuarama ficou na segunda posição no ranking das maiores máximas, no caso só consigo as maiores médias horárias no dia vigente. Amanhã, teremos as absolutas, mas diferem pouca coisa. A qualidade está ruim, pois a tabela ficou enorme e precisei diminuir bastante o tamanho depois de pronta. Consultar estação por estação pode parecer "um saco" pra quem não é muito ligado na coisa. Mas eu adoro isso. Durante esta quinta-feira o clima esteve bastante variável no Paraná, com alguns núcleos de instabilidade mais ao sul e sudoeste que produziram chuvas isoladas. Muitas localidades dentro da região instável não tiveram precipitações. Aqui no leste, o quadro geral foi de nuvens e sol durante a manhã e muitas nuvens e pouco sol durante a tarde. Com isso, registrei em casa uma máxima de apenas 24,8°C. Apesar do tempo bastante sem graça, apreciei o clima pois não esteve quente e nem frio. Além disso as nuvens altas provenientes do noroeste (um ramo seco da instabilidade que atuava no interior) me pareceram bonitas, deixando em alguns momentos o Sol visível. Eu gosto bastante de um céu forrado com Ac, e tivemos isso por alguns momentos. Então pra resumir a situação das temperaturas no Paraná, a estação de Horizonte em Palmas/sul do Estado registrou a menor média máxima horária, com apenas 19,9°C e Loanda no noroeste teve 33,5°C. Quanto às mínimas, registrei 15,5°C e outras estações da área metropolitana tiveram registros parecidos. O leste teve os menores registros mínimos em virtude da quase ausência de nebulosidade noturna, algo que não foi observado nas cidades geralmente mais frias do sul paranaense, pois lá chovia pela manhã ou se não, o céu esteve encoberto.
  6. Vc tira prints a cada 1 minuto e depois com esses + de 700 prints vc edita 1 por 1 pra não perder muito a qualidade e faz 1 vídeo com duração aproximada de 12 horas se for somente o período, digamos, diurno. Daí acelera esse vídeo umas mil vezes e joga pra edição final. Depois vai no app GIF e tá feitinho. BRINKS, como diria o @Eclipse POA....... ...é só gravar a tela e enquanto grava, arrastar o dedo sobre o gráfico. Depois edita, corta o q não tem utilidade e salva. Daí joga no app GIF e aí está kkkk 🫠
  7. kkkkk Apesar do texto horroroso, estou contente por você estar contente. Acompanhei daqui, minuto à minuto kk sqn.
  8. Outra Alta que deverá cruzar a Argentina e se maritimizar na altura do sul gaúcho. Deverá trazer um leve refresco ao leste. Mas nada muito expressivo, creio eu.
  9. Um resumo dos últimos 3 dias aqui no leste do Paraná, período em que estivemos sob influência inicialmente dos ventos frios soprados da costa (reflexo da frente marítima) e posteriormente da perturbação chuvosa vinda do interior. Nesses 3 dias (07 -09 de Abril) as temperaturas se mantiveram amenas em virtude da circulação marítima que trouxe muita umidade e nebulosidade oceânica, principalmente na costa e região do planalto que abrange os municípios de Curitiba, mas também em boas áreas do planalto de Ponta Grossa (ainda fazendo parte do Leste Paranaense). Dia cinzento e úmido em Guaratuba: O dia seguinte, 08/Abril também apresentou temperaturas amenas e até um pouco baixas no período da tarde em decorrência da chuva abrangente e persistente. Nesse dia, os acumulados foram uniformes em todo o leste, superando 30 mm na costa e atingindo 29 mm em Ponta Grossa. Aqui na região da capital choveu em média 20 mm. Desses 3 dias, foi o que apresentou as menores temperaturas máximas, que embora os registros não tenham se diferenciado muito do dia anterior, já não sofreram influência do ar frio marítimo e sim do quadro chuvoso e cinzento. Na tabela abaixo, as alturas pluviométricas aparecem nas caixas com a cor cinza. Não fiz um apanhado de todas as estações pois não havia necessidade, já que são registros de certa forma bastante parecidos, tanto no leste da capital (Fazenda Canguiri/Quatro Barras) quanto no oeste (Parque Barigui/Curitiba). Olhei algumas estações particulares mais à oeste e também nessas, temperatura e precipitação foram quase que idênticas às registradas na área central de Curitiba. Novamente utilizarei Guaratuba como exemplo de como foi o clima nesse dia 08: O dia 09/Abril - ontem, trouxe um quadro estável ao leste do Paraná devido ao afastamento da grande instabilidade para a região oceânica, começando então o dia com nevoeiro denso em muitas áreas, até mesmo em parte do litoral e terminando com céu praticamente limpo na maior parte do planalto que teve nebulosidade total e parcial durante a manhã. Me surpreendeu o quadro de estabilidade ensolarada na costa, e aqui vai Guaratuba novamente para exemplificar o que estou dizendo: Inicialmente nevoeiro e posteriormente céu de brigadeiro na cidade, elevando a temperatura até os 28,3°C, ou praticamente +4°C em relação ao dia chuvoso anterior. *queria ter estado por lá, ontem (e hoje também, pois está igual 🫠). Então aqui foi a minha contribuição mais detalhada no monitoramento, hoje. Gosto bastante de detalhes mas me falta tempo e ânimo, muitas vezes.
  10. Com premium vc terá acesso às previsões plutonianas até Setembro/2030 ou até a implantação da nova agenda global, segundo dizem...
  11. Pra quem não é premium Pros premium é oferecido até os décimos de °C para Julho e com bônus "verão 2025". Tô vendo aqui que vc não é premium. Pros premium tem pacotes à partir de 1 milhão de euros e vc terá acesso à meia-noites com 22,6°C ao invés desses terríveis 23°C. Tão simples,der.
  12. Bom dia Aqui na mesma vibe, com forte nevoeiro ao amanhecer e 17°C. Ontem foi também um dia chuvoso e de certa forma meio frio. Nada de sol e uma chuva constante, algumas vzs forte mas no geral fraca e moderada, com acumulado em casa de 17 mm. A temperatura, justamente devido ao tempo fechado variou pouco, ficando entre 17,2°C e 20,4°C.
  13. Hoje foi bem parecido com ontem, aqui no leste, com céu muito nublado e baixas temperaturas, ao passo que no interior a mudança foi muito grande, com temporais e chuvas volumosas no sudoeste e sul do Estado, algo não observado ontem, após a passagem da FF. Fiz uma tabela comparativa entre as condições no dia 5/4 (chegada da instabilidade frontal) e no dia 6/4 (pós frontal). Os registros das estações mostram claramente que o refresco pós frontal ocorreu basicamente no Leste/Campos Gerais/Centro-Sul paranaenses. No extremo oeste, tomando Palotina e Umuarama como exemplos, não houve refresco algum, ficando as máximas nas estações locais quase que exatamente nos mesmos patamares do dia anterior (pré frontal). Em diversas estações, principalmente no meio-oeste e norte do Estado, a diminuição das máximas foi pequena, na faixa de 2°C ou 3°C. Utilizei a cor verde para destacar os registros mais expressivos correspondendo às maiores quedas das máximas. Quanto às precipitações pós frontal, somente a região litorânea teve acumulados apreciáveis, mostrando o rápido afastamento do sistema frontal instável. Satélite agora a noite mostra grandes áreas com tempestade e chuva forte/trovões no PY e principalmente no MS.
  14. Mudança de padrão aqui no leste do Paraná, de um calor intenso para Abril, à um dia ameno e até meio frio em poucas horas. Vista de casa focando o lado NE. 05/Abril/24 19,9°C/30,2°C 06/Abril/24 15,5°C/19,9°C
  15. Se pode faltar o frio que vc gostaria que viesse, não dá pra dizer o mesmo quanto à chuva. Tanto GFS quanto Europeu apontam mais de 140 mm nos próximos 10 dias aí. Euro inclusive está hoje apontando algo em torno de 220 mm/10 dias. Para uma média mensal pouco superior aos 110 mm, me parece bastante um volume acima dos 140/10dias. Talvez a anomalia negativa prevista venha desse quadro chuvoso.
  16. Também odeio esse prédio desgraçado. Há muitos e muitos anos numa linda tarde de primavera eu era jovem e sobrevoava faminto a região do Iguatemi 🦅 .....inesperadamente avistei uma saudável e perfeita 🕊️ que por sinal também me olhava fixamente. Q felicidade! Fui com tudo, em direção a ela antes que meu concorrente, mais à frente (eu) fizesse o mesmo. Atualmente sou um velho que sobrevive e se arrasta pelas tubulações dos esgotos locais. Sem bico, faltando um dos olhos e arrastando eternamente uma das minhas asas, planejei e estou colocando em prática uma vingança. Pra não fugir do monitoramento: soube que ontem fazia 27°C às 16h em frente do Iguatemi e 32°C próximo ao prédio espelhado.......... que em breve não passará de uma montanha de concreto e lantejoulas ................
  17. Linda instabilidade durante a noite de ontem em Bogotá, Colômbia - setor oeste da cidade. De um modo geral, o dia todo teve um céu bem interessante, com nebulosidade vindo do noroeste, pelas minhas observações, não muito comum, pelo menos nos últimos meses, desde que venho acompanhando.
  18. Boa noite Hoje numa situação pós frontal tivemos um dia frio e bastante nublado com períodos de chuviscos. Variação em casa 15,5°C e 19,9°C A Passagem da frente fria de trajetória marítima trouxe bastante instabilidade aqui para o leste, no entanto a chuva veio meio que de forma isolada. Durante a tarde de ontem, nuvens bem desenvolvidas surgiram pelo oeste e pancadas fortes de chuva e trovões proporcionaram um belo visual, algo que eu não via já há algum tempo. Aqui, uma vista do NE durante a tarde (ontem): No período da tarde houve uma pancada muito forte aqui na vila, gerando 13 mm. Ao anoitecer novas instabilidades surgiram no SW e trouxeram novas chuvas com trovões. No total, a passagem da instabilidade frontal gerou 19 mm na minha estação. Infelizmente, outra vez as chuvas não atingiram inúmeras áreas do Estado, que já está sob estiagem desde Fevereiro, com acumulados inferiores a 40 mm/30 dias em muitas localidades, principalmente no norte/oeste. Fiz um apanhado geral da situação ontem (chegada/passagem da instabilidade frontal) em várias estações do SIMEPAR aqui no Paraná. Destaque para as altas mínimas em diversas cidades, incluindo Curitiba. Também destaque para os registros pluviométricos nulos na maioria das cidades.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.