Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Alexandre M

Members
  • Posts

    293
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Alexandre M

  1. Dia de muito vento em Natal, com rajadas passando dos 60 km/h. Os dois últimos dias foram de chuva e o mês já tem 17 mm, o que é 80% da pífia média pluviométrica de outubro.
  2. Aqui a coisa até melhorou. 2022 iniciou com todas as estações automáticas do RN com problemas e agora 5 das 8 estão em pleno funcionamento. Veremos se isso se manterá. Por outro lado, desde o ano passado Recife está com ambas estações (automática e convencional) inoperantes.
  3. Navegando pelos registros do INMET, achei esse acumulado horário de 138,2 mm no município de Cabaceiras-PB. Cabaceiras fica num dos locais mais secos do Brasil, com média pluviométrica anual na casa dos 300 mm. Basicamente choveu em 1 hora mais de 1/3 do valor esperado para o ano na localidade. Além disso, fiquei curioso se existe algum registro horário de chuva no país superior a este. Acredito que este valor tenha sido o maior que eu já vi.
  4. O Wallace Rezende sumiu. Ele costumava trazer muitas informações sobre essas ondas de calor.
  5. Alguns acumulados nas estações da Emparn das 7h de ontem às 7h de hoje. Região Leste: Região Agreste:
  6. Deve ser porque o vídeo tem pouca informação, pouco detalhe, daí ele tem menos bytes por segundo de gravação. A estação de Ponta Negra acumulou 60 mm em apenas 1 hora na chuva de ontem.
  7. O mês mais chuvoso do ano tem sido assim nos últimos dias: Quase uma semana sem chuva.
  8. A convencional (que fica em outra parte da cidade) acumulou 663 mm. Dos dados que eu tenho (a partir de 1991) foi o mês de maio mais chuvoso.
  9. Caiu cerca de 100 mm em apenas 2 horas em Mossoró. Videos que recebi por Whatsapp: VID-20220524-WA0061.mp4 VID-20220524-WA0046.mp4
  10. Lembro que uma noite, em março de 2020, caiu uma chuva com trovões muito fortes como eu não via a muito tempo em Natal, mas realmente uma chuva dessas é incomum por aqui. Já no interior a incidência de raios é bem maior, inclusive com queda de granizo.
  11. Acumulados em Fortaleza em 2022: JAN - 308 mm FEV - 159,9 mm MAR - 618,3 mm ABR - 501 mm Total de 1587,2 mm de janeiro a abril, já bem perto da média anual que é de 1600 mm.
  12. Pelo tamanho das instabilidades achei que choveria mais em Natal, mas "só" choveu cerca de 30 mm ontem. Como se vê pelas imagens do radar, choveu mais no litoral nordeste.
  13. O tempo esteve muito abafado nesses últimos dias, mas hoje tá excepcional. Caiu uma chuva forte às 5h e agora tá uma verdadeira sauna.
  14. Março de 2022 foi o mês mais chuvoso em Natal desde maio de 2020. A seguir os acumulados nas estações que funcionaram sem falhas durante todo o mês: 420,7 mm - Guarapés II (Cemaden) 406,3 mm - Neópolis (Cemaden) 394,1 mm - UFRN (INMET) 371,2 mm - Ponta Negra (Cemaden) Destaque para o dia 6, que teve acumulados superiores a 100 mm em vários pluviômetros: 256,8 mm - Cidade Alta (Cemaden) 190,6 mm - N.S. da Apresentação (Cemaden) 174,7 mm - Pajuçara (Cemaden) 160,9 mm - N.S. de Nazaré (Cemaden) 135,8 mm - Neópolis (Cemaden) 134,2 mm - Guarapés II (Cemaden) 119,1 mm - UFRN (INMET) 109,3 mm - Ponta Negra (Cemaden) 104,9 mm - Guarapés I (Cemaden) Se esse volume na Cidade Alta tivesse caído na estação do INMET, teria sido seu maior volume diário, superando os 253,2 mm do dia 30/07/1998.
  15. Natal já tem 247 mm neste mês, ultrapassando com folga a média, que é de 208 mm. Já há pluviômetro do CEMADEN acima dos 300 mm. Porém, apesar do mês chuvoso, as chuvas têm se concentrado no período da noite/madrugada e a maior parte dos dias tem sido de sol. Sinto falta dos dias chuvosos nos quais não se vê o sol e a máxima não passa dos 25/26ºC.
  16. Madrugada extremamente chuvosa aqui em Natal. Aqui em casa não alaga, mas em outros locais a situação deve estar complicada. E o INMET só tinha emitido uma alerta amarelo de chuva.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.