Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

RafaelBHZ

Members
  • Posts

    1597
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    4

Everything posted by RafaelBHZ

  1. Praticamente nao parou de chover o dia todo, aí para minha surpresa, fui ver os acumulados e foram muito baixos, menos de 20 mm em praticamente toda a região. Essas chuvas fracas e constantes bugam um pouco a nossa percepção sobre o volume de chuva, mas são as melhores para o dia a dia e acredito eu que para a vegetação também.
  2. Chuva extremamente forte aqui na região metropolitana de BH, atingindo principalmente Betim, Contagem e algumas regiões de BH. O mais impressionante é que já são 40 minutos de forte intensidade, sem aliviar nenhum instante, e já há ocorrência de alagamentos. 20221126_172840.mp4 Ontem a noite também choveu forte em algumas regiões, com bons acumulados principalmente na Serra do Rola Moça, com 34 mm. Vamos aguardar, mas possivelmente só as chuvas de ontem e hoje já farão muitos locais de BH e região atingirem a média.
  3. Esse cavado deixou a atmosfera doida e botou as previsões dos institutos na roda. Primeiro a expectativa para BH era de muita chuva, inclusive frequente, o que não aconteceu. Depois o tempo abriu e, pasmem, temos temperaturas baixas para a época sem qualquer previsão indicar isso. No momento, 16°C na Pampulha e Cercadinho caminhando para sub 15°C, com céu absolutamente limpo.
  4. Dando um olé nas previsões que indicavam chuva para o momento do jogo do Brasil, o tempo ABRIU aqui na RMBH e seguimos sem acumulados expressivos para a época nesta quinta-feira e o radar segue limpo. Vamos aguardar o restante do dia, mas eu concordo com o que o @LeoP falou recentemente, que a impressão é de que o padrão do verão climático ainda não chegou por aqui. Dá para perceber pelo grande espaçamento das chuvas, pela dificuldade de chover de forma generalizada e também pelas temperaturas que ainda conseguem cair bastante com o tempo nublado e/ou chuvoso. Certamente a MP do início do mês teve uma grande influência neste cenário. Se não chover bastante nos próximos dias, vai ter muito local com chuvas abaixo da média neste mês, inclusive nossos reservatórios. Felizmente isso não é um problema até então.
  5. Ontem as chuvas foram mais isoladas na RMBH, aqui em casa por exemplo praticamente nem choveu. Mas hoje o tempo virou pra valer e estamos com pancadas de chuva alternadas, chove, para, chove mais um pouco e assim suscetivamente. Por enquanto, sem grandes acumulados, mas as próximas horas prometem chuvas um pouco mais fortes. Abaixo, fotos do momento, com uma nova pancada se aproximando daqui:
  6. Show de bola, adoro essas informações que vocês postam de Curitiba e região, pois é um local que cogito morar, nem que seja por um breve período. Inclusive devo passar uma semana conhecendo a cidade na segunda quinzena de junho do ano que vem. A pandemia adiou meus planos, mas agora vai, a passagem já esta comprada! Pelas minhas projeções, devo me mudar de onde estou em definitivo dentro de uns 4 ou 5 anos no máximo, então tenho até lá para explorar todas as possibilidades deste Brasil e fazer a minha escolha, embora não tenho nada contra a minha querida BH. Só penso que minha vida é curta demais para ser vivida somente aqui.
  7. As ultimas semanas foram bem complicadas pra mim por questões pessoais e então acabei chutando o balde e passando o final de semana em Cabo Frio e Arraial do Cabo para me desligar um pouco. Por lá, tivemos tempo firme tanto sábado quanto no domingo, o que contribuiu para dois ótimos dias de praia nestas duas cidades. Além do tempo firme, praticamente não estava ventando, o que até estranhei ja que é uma região onde venta bastante. Não consegui dados oficiais de Cabo Frio, mas segundo os institutos, peguei uma variação de 22°C/25°C no sábado por lá. Já em Arraial do Cabo, variação de 21°C/27°C no domingo pela estação do Inmet, com um visual maravilhoso. Combinação perfeita para aproveitar a praia! Um detalhe que chama a atenção é que no trecho BH - RJ a vegetação é a mesma, com predomínio de mata atlântica e poucas alterações. Já entre o Rio de Janeiro e Cabo Frio, há uma mudança muito significativa por conta da Caatinga Fluminense, com predomínio de diversas espécies de cactus, como esta Palma da imagem abaixo (me corrijam se a espécie estiver tecnicamente errada): É interessante pensar que ao mesmo tempo em que temos essa previsão de dilúvios no ES, nós também temos um clima quase semiárido em pleno litoral na região sudeste.
  8. Chuva acumulada em 16 dias nos pluviômetros da defesa civil de BH. A média oficial é 236 mm.
  9. Pelos pluviômetros do Cemaden, a chuva se concentrou a sul e oeste da RMBH hoje. Betim já acumula mais de 60 mm, Contagem e a região centro-sul de BH estão entre 30 e 40 mm e na Pampulha me surpreendeu apenas 12 mm acumulados até aqui. Neste fim de ano, estava chovendo mais pra lá do que pra cá, mas hoje inverteu. Se novembro mantiver este mesmo ritmo da primeira quinzena até o final, vamos ficar com chuvas próximas à média, com variações para mais ou para menos na RMBH. Caso não haja nenhuma onda de calor, será um bom mês de uma forma geral.
  10. Tarde trevosa e com bastante chuva na RMBH. Aqui em casa já estamos indo para a terceira pancada de chuva com forte intensidade nesta tarde, ao contrário dos dias anteriores onde a previsão flopou.
  11. Primeiro round ja começou em BH por hoje e os bairros próximos à serra do curral são os mais atingidos. Detalhe que a chuva se formou bem em cima da capital e muito rapidamente. De fato ja é verão aqui em Minas Gerais. 20221109_143102.mp4
  12. Agora que tenho bons termômetros, consegui comprovar na prática a sensação que eu sempre tive, de que o frio em dias chuvosos ou nublados tinha maior qualidade que o frio de dias ensolarados e secos, mas não tem nada a ver com variáveis meteorologicas e sim com a alvenaria mesmo. Esses dias sem o sol batendo na parede e no telhado para transferir calor para a casa, fez com que as temperaturas aqui dentro fossem mais próximas aos valores que estavam lá fora. Por exemplo: Para a temperatura interna chegar a 17°C, normalmente lá fora deveria estar em torno de 11°C ou 12°C pelo que observei no inverno. Mas no auge desta MP, com 15°C lá fora estavam os mesmos 17°C aqui dentro, justamente porque não houve essa transferência de calor do sol para a casa ao longo do dia, além das paredes úmidas. Acho que esse é o ponto determinante para o frio de BH não ser tão complicado de encarar como o frio do sul do país, porque nossas máximas tipicamente acima dos 20°C e com sol, fazem com que o frio não seja tão perceptível de forma intensa dentro de casa, mesmo que a mínima seja muito baixa. Já em dias frios e chuvosos, que são bem escassos em Belo Horizonte, por mais que a mínima não seja tão baixa, a sensação de frio aparente para a população de BH é muito maior justamente porque as casas não conseguem reter o calor e esfriam proporcionalmente mais do que no frio ensolarado do inverno. Enfim, sei que muitos de vocês já devem ter feito esse experimento, mas pessoalmente é bastante satisfatório ter a comprovação deste diagnóstico aqui onde eu sempre vivi e é uma das razões pela qual o choque do @danilo brumana com o clima de Chapecó foi tão grande.
  13. Aqui na região de BH, de momento, acho que a Pampulha talvez chegue até a 20°C ou algo próximo disso, embora as regiões mais altas tendem a seguir a previsão e não passar de 15°C/16°C. Assim como em Juiz de fora, a anomalia negativa deve se manter ao longo dos próximos dias. A minha preocupação era essa MP secar a atmosfera mas na verdade o efeito vai ser contrário, as previsões indicam a chuva retornando com maiores volumes e maior frequência a partir de segunda-feira, segurando a temperatura. Sem querer já respondi a dúvida do @Carlos Campos. La Niña seja louvado, vou sentir muita falta dele quando essa boa fase que já dura 3 anos acabar.
  14. Sabem o que é absurdo, bizarro e impressionante? A previsão para amanhã em Montes Claros, norte de Minas. Expectativa de temperatura máxima de incríveis 19°C em pleno mês de novembro e com chuva. Pode ser que seja recorde histórico para um mês de novembro por lá, a conferir. E pensar que em 2015 fui lá no final de julho e encarei uma sequência de vários dias com 33°C e muito sol.
  15. A zika reversa sempre funciona, ontem falei que duvidava e ta aí, baita mudança do tempo em BH. Às 10:00 a Pampulha tinha 18°C e a Cercadinho, que representa os bairros altos, 14°C, com chuvas fracas. Continua a tendência de queda de temperatura, que deve se intensificar mais até amanhã. Bem que podiamos ter esses dias Curitibanos mais vezes no ano.
  16. Chove muito forte na região da Pampulha em BH, mas aqui em casa e na maior parte da cidade, não temos chuvas expressivas e segue muito calor. Meu termômetro marca 26°C e os modelos insistem em máxima de 18°C com chuva amanhã. Sinceramente? EU DUVIDO!
  17. Aqui em BH e região, nenhum sinal da MP ainda, inclusive hoje estamos com menos nuvens do que o previsto e um calor acima de qualquer previsão, com 30°C e umidade muito elevada, provocando uma sensação de abafamento. A previsão é de máxima de 18°C amanhã, mas diante deste céu, deste calor e da dificuldade em formar nuvens carregadas, é bem difícil acreditar que isso vai acontecer. Vamos precisar de uma reviravolta nas próximas horas.
  18. Neste cenário, a água da chuva chega ao solo em estado líquido e congela, ou ela já cai congelada?
  19. Outubro vai terminar com chuvas acima da média na região metropolitana de Belo Horizonte. Esta foi a situação dos reservatórios, todos acima da média: A média para outubro na capital é de 110 mm, e todas as estações próximas atingiram ou superaram esta marca até hoje, com exceção de Florestal: 91 mm Florestal/Automática 110 mm Pampulha/Automática 138 mm Serra do Rola Moça/Automática 175 mm Cercadinho/Automática 184 mm Santo Agostinho/Automática Hoje, começamos o dia com chuva fraca, que ainda ocorre em pontos isolados em alguns momentos, o que segura bastante as temperaturas, que estão entre 22°C e 25°C pela cidade, ao contrario do calor de 30°C com alta umidade de ontem. Aparentemente, há uma Li em formação no centro-oeste do estado nesta tarde, e a chuva deve se intensificar ao longo das horas. Está mantida a tendência de máxima de 15°C para quinta-feira com chuva, uma situação deveras excepcional, embora máximas baixas (sub 20°C) são comuns em nossa primavera umida.
  20. Uma pergunta aos especialistas: Caso haja precipitação no parque nacional do Itatiaia e no pico da bandeira com 0°C ou menos, o que faltaria para nevar ou pelo menos ter chuva congelada?
  21. A minha preocupação é justamente essa: A MP secar tudo e depois a chuva demorar a retornar à regularidade na maior parte do país, ficando aquele bloqueio de ar quente por dias ou semanas, até alguma outra frente fria conseguir romper. Mas vamos torcer para que isso não aconteça! Por aqui, ta chovendo bem na RMBH neste mês, não tanto como em anos anteriores, mas dentro do que se espera. Aqui em casa que infelizmente estou com azar, as chuvas não têm atingido em cheio meu bairro igual outras regiões. Em todos os reservatórios, as chuvas já superaram a média. Notem como o ano passado foi totalmente fora da curva:
  22. Uma forte chuva típica de verão atinge BH e cidades vizinhas nesta tarde de sábado, com direito até a momentos de chuva com sol e formação de arco íris:
  23. Rapaz, olha o que se aproxima de BH e cidades vizinhas neste fim de tarde. Promessa de temporais.
  24. Por aí o desvio parece estar maior do que na região de BH, porém é absolutamente normal isso acontecer em outubro. O que não era normal é um mês de outubro acumular mais de 200 mm, até por conta disso que estamos tomando um choque de realidade. Acostumamos mal.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.