Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Julho/2021


Recommended Posts

5 minutos atrás, atiliogobbo disse:

Afinal, as últimas atualizações intensificaram ou enfraqueceram o próximo evento de frio?

Para cá os modelos reduziram bastante a um evento comum. Mas ainda temos alguns dias pela frente e percebi que colocaram valores bem acima do que foram registrados nas estações que foram muito abaixo do esperado. Vou bater o martelo amanhã

  • Like 8
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

Bom dia!

Registrei 9.4ºC às 07:45 pela Simepar. 

Se amanhã tivermos outra mínima sub-10 (acho difícil), fecharemos o mês com 26 mínimas sub-10. Mas mesmo q seja 25, é um indicador q julho foi mais frio que o habitual aqui na região. Tivemos também, até agora, apenas 5 dias com temperatura acima de 25ºC.

Para essa próxima MP, o Simepar por enquanto deixou de indicar frio incomum nas mínimas. Mas oq me chama atenção é a prevalência de dias com tardes frias/frescas.

 

IBmLBvO.png

  • Like 14
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

A Metsul fez uma ótima matéria ontem sobre a intensidade do frio.

https://metsul.com/como-a-nova-onda-de-frio-se-compara-as-piores-da-historia-recente/

 

E também fez este bom vídeo tentando explicar a previsão em 850 hpa, que fez o Gustavo Victorino achar que seria temperatura em superfície e explica que o frio ficará mais bloqueado ao sul do país e não avançará tanto ao Sudeste.

 

 

  • Like 14
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, ricardosilva disse:

 

Para contrabalancear esse otimismo lhe trago um pouco de realidade vindo do CPTEC/INPE:

 

image.png.7c0c15aea0a81ba313c447e2e855a3e3.png

 

Particularmente, se tivermos isso já me dou por muito satisfeito, na última mP fiquei empolgado com previsões sub-5º que apareciam para o Mirante e a realidade foi outra. Mas se parar para pensar de forma mais ampla, estamos falando de 3 incursões polares na sequência que provocaram frio forte na capital (capaz de fazer o Mirante descer a 6º) e forte geada pelo interior, é algo que talvez desde 2000 não ocorra.

 

Ricardo Silva,

na terça no início da tarde, veja novamente a previsão do CPTEC/INPE., para ver se mantém essas min e max.

  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

53 minutos atrás, atiliogobbo disse:

Afinal, as últimas atualizações intensificaram ou enfraqueceram o próximo evento de frio?

Na região Sul onda de frio tem suporte semelhante JUL2000. Em 850/700/500hPa alcançando ~ -9C/-13C/-28C.

Possíveis recordes de mínimas absolutas  e baixas máximas destes últimos 20 anos. Sensação térmica em alguns momento chegando a -15C no planalto Sul SC. Também conforme circulação amazônica em níveis 800hPa e frontal com gradiente de pressão e temperatura, no meu análise poderemos ter precipitação expressiva de neve no planalto RS-SC. 

Edited by moises Alexandre1515095460
  • Like 10
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

47 minutos atrás, ricardosilva disse:

 

Para contrabalancear esse otimismo lhe trago um pouco de realidade vindo do CPTEC/INPE:

 

image.png.7c0c15aea0a81ba313c447e2e855a3e3.png

 

Particularmente, se tivermos isso já me dou por muito satisfeito, na última mP fiquei empolgado com previsões sub-5º que apareciam para o Mirante e a realidade foi outra. Mas se parar para pensar de forma mais ampla, estamos falando de 3 incursões polares na sequência que provocaram frio forte na capital (capaz de fazer o Mirante descer a 6º) e forte geada pelo interior, é algo que talvez desde 2000 não ocorra.

 

 

Certeza (quase absoluta), que pelo menos as Máximas vão ser bem menores que as apontadas por essa previsão da CPTEC.

 

Talvez não tão baixas como minha projeção sonhadora de ontem, mas certamente muito mais baixas do que os 17°C propostos por essa 😛

 

No último evento, o auge do frio se deu por advecção absurdamente seca, mas não tão fria quanto se estipula para essa próxima MP. As mínimas extremas se deram e se dariam muito pelo resfriamento radiativo durante as noites, diante do tempo estável e árido.

 

Nessas situações o Europeu costuma exagerar nas mínimas para São Paulo, muito pela razão, de praticamente não considerar o efeito mitigador da ilha de calor, em relação a esse tipo de resfriamento. Eu já imaginava que o Mirante não chegaria a 3-4°C, mas tbm não ficaria nos elevados 8-9°C propostos pelo GFS (que exagera na consideração do efeito da ilha de calor), nessas situações o ideal é pegar uma média entre a solução dos dois modelos. E com dias de antecedência, eu já falava que muito possivelmente a mínima no Mirante ficaria em 6,x°C.  

 

No entanto, a próxima MP terá uma dinâmica diferente, pelos dados de hj, mesmo com a redução da força, ainda é uma advecção absurda, e com poucos precedentes na história dos registros para o Leste de São Paulo (Mais de 2 dias com temp. 850°hpa abaixo de 5-4°C, com possíveis picos no negativo!). Apenas esse dado mostra que o frio desta MP será muito mais robusto, em quase todos os sentidos, mas essencialmente em termos de advecção e sensação térmica (A previsão ainda apontam ventos fortes e constantes, que neste cenário sem dúvida serão gelados e congelantes na percepção de muitas pessoas)

 

Nestas situação com advecção fria muito pesada, é comum os modelos subjulgar a força do frio diurno (ou de Máximas)... Pelos dados de hj, não descartaria uma máxima de 10,x°C ou mesmo sub 10°C no Mirante entre Quinta e Sábado (possivelmente a tarde de quarta já vai ser bem gelada, mas a máxima registrada às 00UTC pode ser alta: “Sob 15°C"... Com base nisso, essa previsão de Máximas do CPTEC não são condizentes, nem mesmo com as soluções mais fracas e limitadas que surgiram ontem e hj, principalmente se os dias entre quinta e sábado tiverem alguma nebulosidade mais significativa. 

 

Em relação as mínimas, vou começar a cravar melhor amanhã, as projeções ainda estão instáveis quanto a presença ou não de nebulosidade durante a madrugada de Sexta, o nível de frio em 850°hpa tbm está variando, pq algumas soluções estão antecipando o pico da advecção. Mas pelo geral das projeções, muito possivelmente o Mirante irá a sub 6°C (Desta vez não vai ser apenas ar seco, vai ser um ar frio descomunal, um dos mais fortes deste século) 

 

  • Like 13
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

4 minutos atrás, moises Alexandre1515095460 disse:

Na região Sul onda de frio tem suporte semelhante JUL2000. Em 850/700/500hPa alcançando ~ -9C/-13C/-28C.

Possíveis recordes de mínimas e máximas destes últimos 20 anos. Também conforme circulação amazônica em níveis 800hPa e frontal com gradiente de pressão e temperatura, no meu análise poderemos ter precipitação expressiva de neve no planalto RS-SC. 

De modo geral houve um leve aumento na intensidade e abrangência do frio, em alguns lugares reduziu a força e outros aumentou e entrou na área de influência da massa polar. Há chances do frio ser aumentado nas próximas rodadas, principalmente no Sudeste.

  • Like 11
  • Thanks 6
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde! Resumo dos últimos dias em Buenos Aires:

  • Terca: depois de uma segunda com 1,9°C/14,4°C, na terca-feira a temperatura já subiu bem, com mínima de 5,1°C e máxima de 18,3°C. O dia foi ensolarado.
  • Quarta: também ensolarado, com variacao entre 7,6°C e 18,3°C.
  • Quinta: céu parcialmente nublado e temperatura entre 10 e 18,5°C.
  • Sexta: sol, poucas nuvens e calor. Parecia outubro! Mínima de 12,1°C e máxima de 24,5°C, quase dez graus acima da média. Foi a maior máxima desde 2 de maio.
  • Ontem: dia bastante nublado, com um pouco de garoa em alguns momentos à tarde. À noite, pancadas moderadas, com raios e trovoes. Mínima de 12,7°C e máxima de 18,3°C.
  • Like 19
Link to comment
Share on other sites

8 minutos atrás, moises Alexandre1515095460 disse:

Na região Sul onda de frio tem suporte semelhante JUL2000. Em 850/700/500hPa alcançando ~ -9C/-13C/-28C.

Possíveis recordes de mínimas absolutas  e baixas máximas destes últimos 20 anos. Sensação térmica em alguns momento chegando a -15C no planalto Sul SC. Também conforme circulação amazônica em níveis 800hPa e frontal com gradiente de pressão e temperatura, no meu análise poderemos ter precipitação expressiva de neve no planalto RS-SC. 


Será que temos chance de ter alguma mínima entre -12/-14?

  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

As chuvas continuaram durante a madrugada e comeco da manha deste domingo, acumulando ao todo 32 mm. Com isso, julho chega a 60,1 mm, contra uma média de 74,9 mm. Agora nublado, 16,7%, URA de 87% e vento sudoeste a 13 km/h. A mínima, pelo menos até agora, foi de 14,6°C e a máxima prevista é de 18°C. O sol nasceu às 7h52 e vai até 18h08.

 

Como nao estao previstas novas precipitacoes para o que resta de julho, será outro mes de chuva abaixo do normal. Em relacao às temperaturas, estamos com desvios positivos:
 

Média das mínimas: 8°C (+ 0,5°C)
Média das máximas: 17,5°C (+ 2°C)
Média simples: 12,7°C (+ 1,2°C)

  • Like 21
Link to comment
Share on other sites

E sobre a nova massa de ar polar, alguns dias atrás o europeu estava mais otimista para Buenos Aires, indicando 3 mínimas seguidas de 0-2°C, máximas de 8-9°C e um frio prolongado. Agora moderou a intensidade. Continuaria frio por vários dias, mas os menores valores seriam de 1°C/10°C. Serviria apenas para talvez renovar a mínima do ano, que anda em pobres 1,6°C:

image.png.28c5e06590398600c43db8c27d216171.png

 

O SMN, como costuma ser, está mais pesismista e ve apenas um 3°C/12°C no dia mais frio, mas também coloca vários dias de máximas baixas:
image.png.be58722b58e8f647ed5ae7d22357c3af.png

  • Like 19
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

15 minutos atrás, Marcos disse:

A noite de ontem em POA parecia do mês de outubro, no miolo da primavera. Eram 20 h e estava com 20,9°!! Tive variação de 11,6° a 27,3° no sábado.

 

Vídeo desse horário. Muito agradável!

 

 

 

 

 

 

e hoje estamos com aquelas tardes típicas de entrada de vento N/NO, estilo secador de cabelo gigante hehehe

  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

17 horas atrás, Eduardo KNeto disse:

Foreca pra minha cidade, se isso se concretizar o prejuízo vai ser grande, o café vai sofrer muito, na última terça já foi atingido, eu perdi alguns galhos de chuchu e pouco a frente de onde estou vários mamoeiros e abacateiro com folhas murchas e secas de geada. A vegetação está surrada, cor marrom claro, em setembro e outubro vai bombar de queimadas.

Screenshot_20210724-184629_Chrome.jpg

Como ficaram as lavouras de café por aí? Sei que a maioria está acima dos 950 metros e, principalmente, 1000 mt. Não devem ter sido tão atingidas como em regiões mais baixas, penso eu.

 

Para se ter uma ideia, 30% das plantações de café do sul de Minas foram atingidas de alguma forma. Aqui em Varginha abaixo de 900 mt o estrago foi grande no geral. 

 

-1°C pelo Foreca para aí é significativo. Baixadas iriam a -3/-4°C. Complicado.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

NOVIDADES NA PLATAFORMA DA SIGMA 🎉 | Lançamos um Algoritmo que estima o potencial de tempo severo a partir do modelo regional WRF 5 km, totalmente inédito no Brasil. Além disso, a variável de rajada de vento em superfície do mesmo modelo foi atualizada e agora representa com mais exatidão, a realidade.

 

▶️ Acesse agora mesmo tudo isso e muitas outras ferramentas em: https://sigmameteorologia.com/sigmaweb

 

1095307839_SIGMAWEBSITE(1).thumb.png.13b50359ebcdae4088427cee5155a175.png

  • Like 18
  • Thanks 11
Link to comment
Share on other sites

12 horas atrás, Samihr Hermes disse:

 

Tá "serto" 😅

"Sertamente " o amigo Samihr está preparando um bom artigo científico para contestar a análise do desconhecido meteorologista (o cara não tem artigo publicado na Nature) do link que compartilhei. Enquanto ele não vem, chama a atenção que a análise é feita em 27 de julho de 2016. Houveram ondas de frio em parte do Brasil a partir de 27 de julho de 2016 ?

  • Like 3
  • Confused 4
Link to comment
Share on other sites

16 minutos atrás, Fernando Keiser disse:


Será que temos chance de ter alguma mínima entre -12/-14?

Vamos saber pela quarta das condições do tempo quanto a UR e temperatura de suporte e superfície. Pelos modelos teremos precipitação de inverno entre terça e quinta-feira, sensação térmica no topo da serra entre -15C / -20 C, porém poderemos ter no topo morros 1750-1824m sensação podendo superará -25C.
O sistema começa a ficar seco pelas projeções na tarde-noite de quinta-feira com centro de alta 1031/1033, sobre SC.  E durante madrugada de sexta poderemos ter algo entre -10C/-12C na região SJoaquim-Bom Jardim. Podendo surpreender nas mínimas entre a região Meio oeste entre Caçador-Vargem Bonita. Além da região entre Painel-Urupema. Tendência de UR 40% para meio oeste Caçador e 50% para o planalto Sul. Circulação Atmosférica calma nas camadas 920-800 hPa será um bom sinal !!

Mas são projeções.

O certo até aqui é que teremos frio intenso pela ação da massa MP entre -6C/-8C, trazendo mínimas expressivas em estações Topos ( a maioria das oficiais por aqui). E conforme as condições atmosféricas na acomodação de frio de relevo, na sequência da estabilidade do sistema, poderemos ter algum recorde de mínima entre as várias estações em baixadas da região sul.  Final de semana já teremos infiltração oceânica na região (lestadas)..

Avante outra onda de frio se pronuncia entre 5-9 AGO

  • Like 8
  • Thanks 9
Link to comment
Share on other sites

10 minutos atrás, Samihr Hermes disse:

 

Tô não

 

 

 

Samihr: Uma dúvida sobre Natal. Eu lembro que alguns colegas do Nordeste comentaram que há uma diferença no inverno e no verão principalmente com relação aos ventos marítimos, ainda que não hajam grandes variações de temperatura. Mas que parecia existir um certo frescor em Julho e Agosto, por exemplo, e um certo abafamento em Jan e Fev.

Você percebeu essa diferença? Pergunto porque Natal seria a capital mais ao Norte do país, e fiquei curioso em qual o grau de influência das águas do Atlântico até Natal, entre esses diferentes períodos (ou se por Natal já não se sente mais tanto).

 

E imagino o forno que deva estar nos EUA agora...

Abraços

 

 

 

Edited by Eclipse
  • Like 5
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Victor Naia disse:

Como ficaram as lavouras de café por aí? Sei que a maioria está acima dos 950 metros e, principalmente, 1000 mt. Não devem ter sido tão atingidas como em regiões mais baixas, penso eu.

 

Para se ter uma ideia, 30% das plantações de café do sul de Minas foram atingidas de alguma forma. Aqui em Varginha abaixo de 900 mt o estrago foi grande no geral. 

 

-1°C pelo Foreca para aí é significativo. Baixadas iriam a -3/-4°C. Complicado.

As lavouras em baixadas foram mais atingidas, na mata em frente onde estou vários sinais da geada. Primeira foto olhando para sul, e a segunda para oeste, nesta é possível ver a vegetação que sofreu com o frio. A cidade não é plana, o centro está no topo e dele desce para leste, oeste e norte onde tem 3 baixadas grandes, na época das chuvas da pra ver muitos cbs do interior de SP, na região de mococa e em Poços, grande parte deles não consegue subir de caconde e chegar aqui, mas o clima é bem agradável, pelo relevo não temos problemas de enchentes, verão é sem extremos, exceto em 2014 e 2015, em 21/06/2009 teve uma granizada que destruiu cafés, arrancou árvores, telhado da prefeitura, do poliesportivo e furou várias telhas, lembro que no dia seguinte nao fez frio. Hoje amanheceu com 9,3C e agora faz 22C.

20210725_133317.jpg

20210725_133414.jpg

  • Like 14
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

15 horas atrás, Vitor Hugo disse:

Boa noite.

A máxima hoje não superou a de ontem, nem chegou a passar dos 27ºC. Mas mesmo assim uma tarde quente e agradável.

Muitas pessoas aproveitando o tempo para fazer atividades ao ar livre, praças e lagos lotados mais q o usual. Provavelmente impulsionados sobre essas notícias alarmistas da mídia sobre os próximos dias.

Foto às 16h, Simepar marcava 26.2ºC

 

TAO0SI1.jpg

 

Em relação às fake news, fiquei impressionado com a proporção q isso tem tomado. Meu pai hj estava assustado com um vídeo q viu no face, onde um "especialista" era entrevistado e alertava a população sobre temperaturas de -15ºC no sul do Brasil, inclusive q os governos americano e canadense recomendaram q o país tomasse medidas para proteger a população nos próximos dias, citou até sobre o "frostbite". Eu achei tamanho absurdo q reportei o vídeo. E o triste é q o ambiente passa muita credibilidade, é uma emissora de TV, tem profissionalismo.

Enfim, acho sim q em eventos de frio os alertas são necessários o quanto antes, mas pra mim passou muito do limite e só serviu para alarmar a população.

Alguém mais viu esse vídeo?

XdZXBG2.jpg

whats inteiro compartilhando esse vídeo ai. Tudo que é grupo. ATé pessoas céticas e não alarmistas compartilhando. Larguei mão, população geral, fora nós aqui do BAZ e outras poucas pessoas, não tem o conhecimento/discernimento para clima que nós. 

  • Like 9
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

GFS 12z, saiu com a Isoterma de -4°C em 850°Hpa entrando no Estado de São Paulo, e a de -1°C na RMSP, no mesmo tempo que parte significativas do Estado do PR poderá ter algo no entorno de -4/-5°C em 850°HPA, com possíveis picos de -6°C.

 

Essa MP, apenas com esse dado, pode ser tudo, menos uma MP forte comum de inverno, igual muitos disseram aqui de ontem para hj... Ela é totalmente forte e potencialmente histórica. E ainda existem margem, em essencial até amanhã a tarde, de o frio ser devolvido a algo próximo as projeções mais extremas que o Europeu apontou dias atrás.

 

O GFS que não vem sugerindo uma advecção tão forte, quanto o europeu para o leste de São Paulo, ainda assim indica na sua última projeção, que durante todo o dia 29, a temperatura ficará permanentemente entre 3 e -1°C em 850°HPA na região da Capital Paulista, esse dado só pertence às MPs mais avassaladoras e históricas dentro dos registros. Como falei ontem, talvez o forte desta onda de frio, não seja recordes cartesianos de frio (Aqueles pontualmente registrado nos termômetros, como no último evento), mas sem dúvida a segunda metade da semana, será um dos períodos mais frios da história recente. Sem dúvida uma das 5 maiores MPs nos últimos 20-30 anos. 

Screenshot_20210725-140238~2.png

Screenshot_20210725-140425~2.png

  • Like 17
  • Thanks 7
Link to comment
Share on other sites

GFS 12z veio bem forte pra cá. Creio que a diferença pra última MP é que essa tem bem mais frio em altitude e não é tão seca como foi a ultima. Estações que ficaram com a URA bem baixa de madrugada na última, provavelmente não terão esse problema nessa.  Fora que a tarde do dia 29 será bem mais fria que a última MP.

 

Tarde do dia 29:

 

image.png.0ff0e3a60c1a43f77fdc3ac5a9e7d0a4.png

 

Ponto de orvalho a tarde no dia 29:

 

image.png.a906aa58d3a0158590f02524d23347c2.png

  • Like 16
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

5 minutos atrás, Victor Naia disse:

Em Coqueiral, cuja PWS local marcou -4.4 graus na última terça, cerca de metade dos cafezais foram afetados pela geada.

 Este colega aqui de Varginha perdeu 1 milhão de mudas de café. Muitos viveiros foram atingidos. A tendência é de falta de mudas para os próximos 2/3 anos. 

  • Like 7
  • Sad 6
Link to comment
Share on other sites

10 minutos atrás, Rafael Rezende de loyola disse:

whats inteiro compartilhando esse vídeo ai. Tudo que é grupo. ATé pessoas céticas e não alarmistas compartilhando. Larguei mão, população geral, fora nós aqui do BAZ e outras poucas pessoas, não tem o conhecimento/discernimento para clima que nós. 

Oque falar disto ? Kkk

Screenshot_2021-07-25-14-26-51-532_com.facebook.katana.jpg

  • Like 1
  • Haha 15
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde!

Apesar das noites ainda frias, especialmente nas baixadas, as tardes tem sido quentes e plenamente ensolaradas. Agora faz 29,2°C em casa. Promissão com 29,7°C e Borborema com 30°C (leitura das 14:00).

Depois do frio extremo generalizado pelo interior do estado, a vegetação adquiriu um aspecto super seco, da qual confesso não me recordar ter visto antes (pelo menos desde quando passei a observar esse tipo de coisa). Deixo abaixo algumas fotos que fiz entre ontem e hoje no percurso Cafelândia --> Lins.

 

Trecho da vicinal Humpei Hirano, a baixada em questão é onde corre o rio Dourado, afluente do Tietê. Trata-se de uma baixada drástica, reparem que até as árvores das várzeas ficaram com aspecto enegrecido (queimado). Vejam também o canavial às margens da pista e no horizonte, queimadas de cima embaixo. Confesso nunca ter visto isso antes num canavial, tal gravidade e distribuição ampla em uma cultura super resistente ao frio. 
883884752_WhatsAppImage2021-07-25at10_41.05(1).thumb.jpeg.34170a1dfaedc290526fd75a4e246189.jpeg

 

Ainda na vicinal, essa gleba de cana em específico virou "palha". Vejam a severidade desse evento, arrisco dizer que algumas baixadas beliscou os -3°C (e não me refiro a T°C de relva).

1435352755_WhatsAppImage2021-07-25at10_41_07.thumb.jpeg.eb429b23330d57e606c53310e7e64e55.jpeg

 

Essa aqui é interessante! Às margens da Marechal Rondon, sentido Lins, observem a cana queimada na baixada e a medida em que se eleva o terreno a vegetação ainda verde, menos atingida pela geada. Mostra o forte gradiente de temperatura entre as baixadas e topos.

1422912521_WhatsAppImage2021-07-25at10_40_57.thumb.jpeg.5f64cb0c24b347e62b1492dd71b967a8.jpeg

 

E por último, as fotos seguintes foram feitas hoje, e mostra a situação que ficou as pastagens que já seguiam bem secas. Esse local fica próximo da Usina Lins, às margens do rio Dourado. Veja que essa pequena várzea foi totalmente torrada pelo frio extremo.
555258933_WhatsAppImage2021-07-25at12_14_57.thumb.jpeg.813fd38f9254647faf71ee93532961c6.jpeg

859762517_WhatsAppImage2021-07-25at12_15_00.thumb.jpeg.97d73e317f3226a34e9789ddd9d82102.jpeg
 

Esse plantio de Pepino e Pimentão, do meu padrasto, destoa do resto da vegetação. Por incrível que pareça, mesmo sob temperaturas entre -2 e -1°C eles conseguiram salvar a roça utilizando a técnica e esfumaçamento e aplicação de um produto chamado Mantus da empresa Fertglobal. Ao fundo o rio Dourado.
317296151_WhatsAppImage2021-07-25at11_57_15.thumb.jpeg.4e7091aaf35e9fd66dd5f93ac04dbbf8.jpeg


Bom, esse é o nosso cenário a moda "Mad Max", tudo queimado e muita poeira! Precisamos de chuva!
 

Edited by Lucas Centurion
  • Like 20
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

50 minutes ago, Eclipse said:

Samihr: Uma dúvida sobre Natal. Eu lembro que alguns colegas do Nordeste comentaram que há uma diferença no inverno e no verão principalmente com relação aos ventos marítimos, ainda que não hajam grandes variações de temperatura. Mas que parecia existir um certo frescor em Julho e Agosto, por exemplo, e um certo abafamento em Jan e Fev.

Você percebeu essa diferença? Pergunto porque Natal seria a capital mais ao Norte do país, e fiquei curioso em qual o grau de influência das águas do Atlântico até Natal, entre esses diferentes períodos (ou se por Natal já não se sente mais tanto).

 

E imagino o forno que deva estar nos EUA agora...

Abraços

 

Vou te dar uma opinião subjetiva mas que caminha junto do que os colegas falaram.

 

O três meses de inverno em Natal oscilam entre agradável e morno. Mas Junho e Julho, em geral, chovem bastante e que combinado com o vento, dá uma sensação leve de frio.

 

Natal é a cidade que mais venta que já morei. Eu concordo com o que os colegas falaram, nessa época do ano o clima da cidade é bem agradável. Aliás,  a sensação que tenho é que o verão de Natal é mais tranquilo do que os de outros lugares que já vivi, tipo Niterói e Canoas (como eu disse, é uma opinião subjetiva então não acredite 100% em mim). Pra quem gosta de um lugar quente, mas que em geral não é extremamente quente, Natal é ótima. Além de outras comodidades que compõe qualidade de vida que não tem a ver com o clima. Por exemplo, em Natal eu comecei a reclamar de 30 minutos de engarrafamento. 😂 😂 😂 (estresse pós traumático pegar a freeway em dia de grenal)

 

Duas anedotas:

 

Quando eu estudava na UFRN e passava o dia no ar condicionado, a suave queda na temperatura externa e a menor insolação tornavam o AC muito mais eficaz e eu precisava usar moletom.

 

Lembro que eu jogava videogame no meu laptop e usava o ventilador pra ajudar a resfriar ele, mas quando chegava o inverno eu precisava usar um moletom pq o vento constante no laptop batia em mim e fazia eu ficar com frio. (outras pessoas no fórum já devem ter tido experiências semelhantes kkkk)

 

Quanto ao forno... eu aproveitei que estou ensinando remotamente pra fugir pras serras de CT durante o verão. Verão passado aqui foi bem quente, mas esse ano está sendo bem agradável. Mas semana que vem estou de volta em Tallahassee, já que o próximo semestre já vai ser presencial. O que me espera:  😈🔥💦 🌪️😈🔥💦🌪️ 😈🔥💦🌪️ 😈🔥💦🌪️ 

 

 

Edited by Samihr Hermes
  • Like 14
  • Thanks 2
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

4 minutos atrás, Alberto Hanauer disse:

Oque falar disto ? Kkk

Screenshot_2021-07-25-14-26-51-532_com.facebook.katana.jpg

 

 

 

kkkkk são muito engraçadas essas chamadas/reportagens e tb as de zapzap

 

nessas horas seria bom um bloqueio aparecer na última hora, sumir com a MP megazord, pra ver se calava os dedos desse pessoal que espalha e interpreta besteira no mundo digital

 

Pensando bem, melhor não. O efeito dunning-kruger e a ignorância falariam mais alto, e essa gente não aprenderia nada.

E nós perderíamos o evento.

  • Like 13
  • Thanks 1
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

https://metsul.com/aviso-especial-de-frio-muito-intenso-neve-geada-e-congelamento/

Achei interessante a observação sobre a precipitação invernal, informando da possibilidade de ocorrência no Uruguai, Centro do RS, Campanha e Serra do Sudeste. Além disso o alerta para políticas publicas em relação aos desabrigados, é inadmissível em pleno século 21 pessoas morrerem de frio. 

https://g1.globo.com/google/amp/sp/sao-paulo/noticia/2021/07/20/ministerio-publica-investiga-se-prefeitura-de-sp-se-omite-sobre-mortes-de-moradores-de-rua-em-noites-frias.ghtml

 

Agora, tenho um dilema: será que aguardo em casa pra registrar precipitação invernal ou pego o carro pra caçar na região? Kkkkk

Edited by Rafael Körbes Zonin
Acrescentar matéria
  • Like 14
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde...

Hoje eu troquei a baixada piraquarense pelo topo da Região Sul do Brasil.

Caminhada de quase 5 horas durante a madrugada até o alto do Pico Taipa (1.734 m), montanha da Serra do Ibitiraquire q faz parte do Complexo Paraná.

A paisagem é simplesmente deslumbrante e como é comum, os ventos estavam muito fortes, com rajadas de >70 km/h às 9h da manhã no lado noroeste.

Fazia um pouco de calor e às 6h da manhã com céu limpo e 15°C enquanto na baixada em Piraquara fazia 3,0°C por volta das 7h na Borda da Mata e na minha estação no mato 1,4°C (mínimas) com geada fraca/moderada.

Pico Caratuva às 5h da manhã, o segundo mais elevado do Sul, com 1.860 m 👇

AirBrush_20210725154737.thumb.jpg.ce314a689d73f15b0894d8c62f1e0cec.jpg

A vista do Pico Paraná (1.877 m) é incrível e é um convite para retorno em breve.

Fikei à apenas 3 km do ponto mais elevado de todo o Sul e tenho plano de subir em breve a montanha, mas preciso planejar bem, pois são em média 8 horas só de subida.AirBrush_20210725161546.jpg.fc664528d146fcc51c7335accc61c7ea.jpg

Pico Paraná, às 8h30 com mar de nuvens baixas cobrindo o litoral paranaense ao fundo 👇AirBrush_20210725162121.thumb.jpg.c3f98f67b448d6b98724e0aea28b57a4.jpg

AirBrush_20210725155404.thumb.jpg.66f18a9ee270ad1a87be97cca8b3c8e3.jpg

Picos Caratuva e Paraná ☝️ visto do alto do Taipabuçu nesta manhã. Inesquecível...

  • Like 22
  • Thanks 14
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.