Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Eduardo KNeto

Members
  • Posts

    269
  • Joined

  • Last visited

About Eduardo KNeto

  • Birthday 06/14/1993

Location

  • Location
    Poços de Caldas-MG/Botelhos-MG

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

Eduardo KNeto's Achievements

Enthusiast

Enthusiast (6/14)

  • Dedicated Rare
  • Reacting Well Rare
  • Very Popular Rare
  • First Post Rare
  • Collaborator Rare

Recent Badges

511

Reputation

  1. Realmente está bem complicada a situação, estou perto de Poços de Caldas e o que se vê é a vegetação extremamente seca, sem chuva significativa desde 16/05, se somado os acumulados de 17/05 até hoje mal passa de 10mm, dizem que la nina traz seca para região sul, mas parece que traz para o sul/sudoeste de MG, três anos iguais, com ausência quase completa de chuva relevante do outono até o início da primavera, sendo o pior em 2020 que só foi encerrar a estiagem pra valer em novembro, tenho um pé de café na horta e começou a florada a poucas semanas, depois daquelas chuvas fracas no começo de Agosto, perdeu tudo, as flores secaram rapidamente. E as previsões estão horríveis, a chuva prevista para esse setembro sumiu do mapa, eu estava empolgado em acompanhar os modelos e ver as tendências de chuvas boas, primeiro no 07/09, depois seria em 12/09, agora sumiu de vez, região nordeste de SP ainda se safou, teve bons acumulados nos últimos dias, aqui, poucos Km/s a leste passamos zerados literalmente, o calor e as queimadas vão ser destaque de agora em diante.
  2. Aqui é o oposto, dias e mais dias com máximas em torno dos 26°C como foi hoje, modelos estavam prevendo boas chuvas pra cá, agora nas últimas rodadas foi pro ralo, ficou tudo para a região a Sul, eu só queria uns 20mm em um dia pra molhar a terra, tenho uma hortinha que está precisando muito, a mexerica começou a florada mas não está se desenvolvendo e as pitangueiras ficaram só nos galhos, já vamos pra 4 meses sem uma chuva boa, aqui virou parte do Brasil do central agora, exceto pelo calor, em termos de chuva está tão ruim quanto em regiões de GO e DF.
  3. Por aqui ficamos no quase, a MP da semana passada foi e será muito superior que esta na região sudoeste de MG, pena não ter se formado um ciclone para impulsionar o frio até aqui, até agora pouco estava nublado, o sol saiu e a temperatura subiu, no momento 21°C e subindo. Ontem registrei a maior máxima em meses 27.8°C, nessa MP atual provavelmente não teremos 1mm sequer, nenhuma máxima sub-20 e nenhuma mínima sub-10, muitas diferenças entre oeste e leste, a longitude tem feito mais diferença que a latitude, enquanto o MS e oeste de SP está com excelentes acumulados com uma boa trégua na seca, aqui a leste segue tudo seco e propício a queimadas, última chuva boa mesmo com bons acumulados foi em 16/05, espero que setembro seja diferente, já está na hora desse mês não ser tórrido.
  4. Triste ver que essa MP vai ser fraca na região nordeste de SP e sudoeste de MG, por aqui ao lado de Poços talvez nem máxima sub-20 eu registre, sendo que até uns 5 dias atrás chegou a projetar máxima de 13°C, chuva só nos sonhos, fecharei o mês com 8mm e seguiremos na estiagem, nenhuma chuva forte consegue chegar nesses lados de MG, bem diferente do centro-oeste paulista e MS, que já estão com acumulados excelentes, último agosto com chuva acima de 10mm em pelo menos 1 dia foi em 2019. Agora 25°C com sol.
  5. Pelos lados de Poços de Caldas a chuva começou no fim da noite de ontem e cessou no fim da manhã, foi apenas chuva fraca mas contínua, deve ter acumulado uns 5mm, por volta do meio dia a temperatura estava em 12.5°C, durante a tarde o sol abriu com muito vento e registrei a máxima de 15.7°C, agora faz 12.8°C com céu limpo e rajadas de vento, lembra aquela MP de Maio. Como eu estava com saudades de uma mudança no tempo assim, depois de junho e julho sem graça, isso aumenta cada vez mais o meu ódio desses bloqueios, a região sul tem sorte de não ser tão afetada, Curitiba por exemplo, apenas 4 graus a mais de latitude que aqui e já tem uma dinâmica muito boa, enquanto aqui já é mais parecido com o Brasil central, salvo um ou outro mês bom como foi julho de 2021. Esperamos quase 3 meses para ter um frio decente e alguma chuva com acumulação, mal vejo a hora do la nina acabar, parece que com ele MG fica com clima mais parado, sem dinamismo, com quase ausência de chuva do fim do outono ao início da primavera e poucas FF conseguindo chegar ao estado.
  6. Pra cá (sudoeste de MG) a previsão está muito boa, gfs 00z com frio e chuva e euro 00z só bastante frio. Depois de tanto marasmo, tomara que essa previsão se concretize, estaria no limite pra fechar 90 dias sem chuva, e pra fechar o inverno com só 1 MP relevante.
  7. Aqui também, primeira mudança em pouco mais de 1 mês, muito vento, depois passou uma banda de nuvens que até estavam um pouco escuras, caiu um pingo aqui e outro ali sem acumulação, passou rápido e o sol já abriu depois, agora está cheirando queimado com temperatura em torno de 17°C, um dos dias mais poluídos do ano até agora, essa ventania levantou muita poeira. Semana que vem promete ser bem quente, pode chegar aos 32°C pelo gfs. Estou com medo dessa bolha de ar quente do Brasil central, em Agosto já está forte assim com Setembro e Outubro chegando, já fico bem apreensivo.
  8. Aqui no oeste do sul de MG, divisa com SP, diria que fica num meio termo, as FF continentais por vezes não conseguem avançar com força pelo paredão de serras a oeste, exemplo de julho 2013, não foi forte aqui, tanto que mal lembro das temperaturas que fizeram e não registrei nada, interior de SP se dá muito bem, as vezes o limite do bloqueio fica bem aqui, outro exemplo foram as chuvas de junho passado que não conseguiram atingir a região. Já as FF marítima pegam mais forte o leste da região. Por aqui nos últimos dias as temperaturas caíram, voltou aquele padrão de mínimas na casa dos 10°C e máximas de 24°C, sigo sem passar dos 26°C desde meados de Maio. Finalmente as previsões começaram a mudar, torcer pra essas projeções dos modelos pro começo de Agosto se confirmar.
  9. Boa parte da área urbana de Poços é de baixada e semi-baixada em torno dos 1250m, o centro fica em uma delas, mas tem bastante edificações, quando vou lá percebo que é um pouco mais quente que áreas mais afastadas, também tem muita poluição e circulação de veículos. A serra do selado ocupa toda face norte da cidade, e parte das faces noroeste e nordeste, com topos de até 1600m, nesta onda de frio de Agosto 2011 eu estava lá a noite, e passei muito frio, lembro muito bem de sair da minha cidade por volta de 8 da noite com o termômetro já marcando em torno de 6°C. O aeroporto de lá fica em área de baixada mesmo, é uma área aberta, ali despenca a temperatura, o mesmo vale para o parque municipal e a entrada da cidade vindo de leste, no posto da PRF, tem um gramado grande em frente com um heliporto, ali já vi geada várias vezes.
  10. Quase 30°C e quase 25°C em 850hpa no dia 29 próximo a Poços de Caldas. Geada só nos sonhos ou saindo do "semi árido" sudoeste mineiro, que pode chegar aos 90 dias sem chuva maior que 1mm/dia no meio de Agosto. Um dos invernos mais pífios dos últimos anos para MG, e o terceiro seguido com ausência quase completa de chuva.
  11. Seria mesmo, e não só a mais forte do ano como a única MP relevante no sudeste em 2022, depois dela tivemos apenas uma fraca nos dias 13 e 14/06 que registrou 6°C nesses dois dias, e essa marítima por último que foi boa pra região de JF e normal aqui na região de Poços, nem baixou de 8°C no meu termômetro, e não tivemos máximas sub-20. Por enquanto não dá pra reclamar nem elogiar esse julho por aqui, as máximas tem ficado abaixo dos 24°C, na maioria dos dias entre 21°C e 22°C e as mínimas entre 9°C e 11°C, o que mantém a sensação de frio, dentro de casa ainda não tive sob-20 nesse mês. Estou muito decepcionado com as chuvas, nem as médias irrisórias da época vamos atingir, se junho fechou com 2mm, julho fechará zerado, chegando a 60 dias sem chuva maior que 1mm/dia em 17/07. Torço por agosto, faz tempo que esse mês não tem um frio realmente intenso em MG, me recordo de 04/08/2011 que fez muito frio, eu estava na PUC em Poços na noite desse dia a 1300m de altitude, havia fina camada de geada nos carros pouco antes da meia noite, também me lembro de uma forte no dia 28/08/2013, nessa eu também estava lá, e fez bastante frio, desde então nos Agostos dos anos seguintes não me recordo de frio intenso no mês, abaixo uma imagem do antigo modo clima do Google maps do dia 28/08/13 as 5hrs da manhã. Agora lembrei daquela "super MP" de agosto de 2020, ela foi fraca pra cá, não baixou dos 9.9°C e a menor máxima foi de 17°C, nem chuva boa ela trouxe, só chuviscos.
  12. Por esses mapas esse frio fica só pra região sul, nós do sudeste e centro-oeste vamos ficar só na vontade, e da pra incluir até o norte do PR nessa lista. Por aqui está agradável, muito graças a altitude e tempo seco, ontem e hoje amanheceu na faixa dos 9C°, as tardes tem ficado entre 22C° e 23C°. A seca também esta muito presente, os carros passam nas estradas rurais e levantam uma nuvem de poeira, vegetação só esperando uma faísca pra começar os incêndios, já os níveis das represas estão bons, dia 17 completamos 60 dias sem chuva significativa na região de Poços de Caldas.
  13. É como o Coutinho disse, uma hora pisa na brasa e outra no gelo, só que no sudeste passa bem mais tempo pisando na brasa e o sul mais tempo no gelo, aqui nessa situação de bloqueio só se salva regiões com altitude, a nordeste de Poços de Caldas estou a 970m de altitude, se tiraresse uns 300m poderia chegar a 30°C nos próximos dias, sorte que ainda tenho isso. A previsão é semelhante a de JF, muito constante, dias iguais, 23/24 nas máximas e 10/11 nas mínimas, já Mococa que está a 645m e 65km a oeste daqui tem previsão de vários dias com 28 de máxima e de 13 até 15 de mínimas. O lado "bom" é como foi comentado aqui, "ainda bem" que é julho, pq se fosse em janeiro ou fevereiro, Deus nos livre, só lembrar de 2014 e 2015 me dá arrepios.
  14. Correto, aqui na região de Poços de Caldas estamos na mesma, apesar de ter tido um pouco mais de chuva que aí em fevereiro e março, ontem estive pela zona rural e realmente está tudo bem seco, bastaria uma pituca de cigarro para iniciar incêndios na vegetação, a última chuva boa foi em 16/05, com 15mm, grande parte do estado do SP deu sorte e teve boas chuvas nesse mês, junho passou praticamente zerado aqui, só com míseros chuviscos. Acho que esse ano boa parte de MG ficará como o Brasil central em termos de chuva, sempre me lembro de ver no jornal "Brasília está a mais de 100 dias sem chuva", parece que esse ano isso podo ocorrer no nosso estado, pelo menos o estouro que foram as chuvas em outubro, dezembro e janeiro deixaram a represa cheia, ontem passei por ela e o nível ainda está bom, mas já dá pra ver as margens aumentando. Sobre o frio, depois de um julho 2021 dos sonhos, esse parece que vai ser dos pesadelos, será que estamos entrando no que será lembrado como o "pífio julho de 2022"?
  15. Cenário clássico de Asas e MP marítima na região de Poços de Caldas nós próximos dias, não é o melhor dos mundos mas se ficar assim também não tem do que reclamar. Junho vai terminando aqui com míseros 2mm, bem diferente do interior de SP e até mesmo de algumas áreas do sul de GO e MT que tiveram bons volumes para a época. Aqui a vegetação já está bem amarelada e seca, última chuva significativa ocorreu em 16/05 e a próxima só Deus sabe. Na região de Poços estamos no meio termo da zona de transição para chuvas no outono/inverno, salvo raras exceções, como junho 2012, final de maio e início de junho 2016. Mínima do mês ficou em 6.5°C no dia 14 da semana passada.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.