Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Agosto/2021


Recommended Posts

20 horas atrás, Darley disse:

Manaus vai terminar o mês de agosto com chuva bastante acima da média (quase o triplo do normal, e provavelmente com um dos maiores desvios positivos das capitais que terminarão o mês com chuva acima do normal). Pelo que estou vendo, Manaus deve ser a capital mais chuvosa no fechamento de amanhã. 

 

Sobre Boa Vista, já choveu quase 2000mm neste ano (a média é de 1711mm), mas a marca de 2000mm deve ser superada ainda em setembro. 

 

Em Belém a chuva mais do que dobrou a média do mês.

E foi mais além: Manaus teve a maior chuva em 24h no Brasil inteiro neste último dia de agosto (53,3mm na convencional). 

 

A chuva em Manaus em agosto estourou literalmente a boca do pluviômetro. 

 

Capitais com a maior chuva em 24h no último dia de cada mês em 2021(incluindo estações secundárias considerando apenas dentro do município ou no DF):

 

31/01: Aracaju (automática)

28/02: Brasília (Brazlândia automática)

31/03: Manaus(convencional)

30/04: Boa Vista(convencional)

31/05: Recife (automática)

30/06: Manaus(convencional)

31/07: Salvador(convencional)

31/08: Manaus(convencional)

 

Manaus aparece TRÊS vezes nessa lista. E em todas elas foi a cidade mais chuvosa do Brasil inteiro nesses dias. 

Edited by Darley
  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

O tempo fechou e está chovendo e frio no meio da tarde: 13,9˚C (16h10min)

 

Agosto vai terminando bem por aqui: Média mensal de 16,9˚C até agora, um pouquinho abaixo da média esperada. É o terceiro agosto consecutivo com temperaturas abaixo da média por aqui.

 

Extremos: 7,8˚C e 27,7˚C

Médias das mínimas e das máximas: 13.2˚C/ 22,8˚C

 

A chuva é que está acima da média. Até agora o mês acumula excelentes 62 mm. Muito acima da média esperada. Desde o final de abril não há tanta chuva acumulada em 30 dias... Foram 9 dias com alguma precipitação. Quem diria, em pleno agosto? Ninguém previu isso.

 

Ou seja, para nós aqui em Juiz de Fora foi um bom agosto quanto a chuva e frio! Fechando bem nosso inverno climático.

 

Vejamos como será setembro. Será um mês ameno, com temperaturas próximas ou abaixo da média esperada? Vamos ver...

 

 

 

796045339_CapturadeTela2021-08-31as16_08_03.png.1236cbce62f57ba178241d6b3176a90f.png

 

Edited by sjmolive
  • Like 14
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

1 minuto atrás, stankevecz1 disse:

Fechamento de algumas estações de Curitiba e Região. Na falta do INMET, usei o Simepar que fica no mesmo local. Desvio nas mínimas de +1,8ºC. Desvio nas máximas de +0,3ºC. Desvio na média do mês de aproximadamente +1,2ºC.

 

image.thumb.png.034850e05138824a37345da1ca91d757.png

 

O que mais me chamou a atenção não foi a anomalia positiva de temperatura média, que foi bastante normal de acontecer em Agosto. Mas, sim, a mínima absoluta. Foi bem ruinzinha.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

16 minutos atrás, sjmolive disse:

O tempo fechou e está chovendo e frio no meio da tarde: 13,9˚C (16h10min)

 

Agosto vai terminando bem por aqui: Média mensal de 16,9˚C até agora, um pouquinho abaixo da média esperada. É o terceiro agosto consecutivo com temperaturas abaixo da média por aqui.

 

Extremos: 7,8˚C e 27,7˚C

Médias das mínimas e das máximas: 13.2˚C/ 22,8˚C

 

A chuva é que está acima da média. Até agora o mês acumula excelentes 62 mm. Muito acima da média esperada. Desde o final de abril não há tanta chuva acumulada em 30 dias... Foram 9 dias com alguma precipitação. Quem diria, em pleno agosto? Ninguém previu isso.

 

Ou seja, para nós aqui em Juiz de Fora foi um bom agosto quanto a chuva e frio! Fechando bem nosso inverno climático.

 

Vejamos como será setembro. Será um mês ameno, com temperaturas próximas ou abaixo da média esperada? Vamos ver...

 

 

 

796045339_CapturadeTela2021-08-31as16_08_03.png.1236cbce62f57ba178241d6b3176a90f.png

 

 

Esse súbito resfriamento aí no topo deve ter a ver com alguma advecção fria em níveis mais altos, parcelas mais frias da atmosfera em algum nível. Não deve ser exclusivamente por causa da chuva. A diferença é muito grande neste momento entre topo (14,6C) e baixada (20,1C). Está sendo um dia bastante interessante, com muita dinâmica. Variações constantes no tempo e temperatura, várias pancadas de chuva e até trovoadas já foram registradas.

 

Depois trago algumas fotos que os seguidores da minha página enviaram. 

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, Renan disse:


Calma…essa época é sempre de muitas incertezas nos modelos, ainda mais a longo prazo. Eu não cravaria como algo certo disso acontecer, só deixando claro que não sou negacionista do clima. Mas só acho bastante IMPROVÁVEL que ocorram dois Setembros seguidos com ondas de calor históricas, mesmo no combalido clima do oeste paulista.

Não quero te decepcionar mas é o oposto... é altamente provável num cenário de mudança climática que Setembro simplesmente copie o ano passado. Só estou aguardando entrar o tópico de setembro pra dar o meu parecer sobre o mês, que será fogo puro.

  • Like 6
  • Confused 1
  • Sad 9
Link to comment
Share on other sites

21 minutos atrás, stankevecz1 disse:

Fechamento de algumas estações de Curitiba e Região. Na falta do INMET, usei o Simepar que fica no mesmo local. Desvio nas mínimas de +1,8ºC. Desvio nas máximas de +0,3ºC. Desvio na média do mês de aproximadamente +1,2ºC.

 

image.thumb.png.034850e05138824a37345da1ca91d757.png

Como eu já dizia no começo da onda de calor, fechou basicamente tudo acima da média, só a média máxima que ficou comportada, basicamente devido ao frio intenso daquela MP do dia 11, fora isso foi uma grande decepção no que vinha sendo até então um ano quase inesperado com vários meses seguidos abaixo da média. Mais um dos inúmeros Agostos totalmente descaracterizados por aqui.

  • Like 8
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

Aqueceu mais que os ~27 previstos para hoje (pelo weather.com) em POA.  Já atingimos 29 graus entre 15 e 16h (INMET).

Mas o que mais surpreendeu foi a mínima: 16,8 graus pelo INMET.

A umidade caiu a 35 % no meio da tarde. Sensação agradável, porém o inverno já era por aqui. Acredito que tenha terminado com o fim daquela MP da segunda semana de agosto.  Entramos num padrão que, quando vem chuva, e com temporais, e o aquecimento é muito rápido.

Não vou reclamar. Se começarmos a ter finalmente um regime de chuvas decente, vou estar bem feliz!

Se vier só calor seco, aí fica difícil.

 

 

 

Edited by Eclipse
  • Like 13
Link to comment
Share on other sites

17 minutos atrás, Augusto Göelzer disse:

Não quero te decepcionar mas é o oposto... é altamente provável num cenário de mudança climática que Setembro simplesmente copie o ano passado. Só estou aguardando entrar o tópico de setembro pra dar o meu parecer sobre o mês, que será fogo puro.

 

Mas gente, só se as mudanças estiverem acontecendo em velocidade absurdamente alta então. Porque é verdade que Setembro tem sido um dos meses mais castigados do pós-2000 e eu não mais o considero como parte do inverno (o inverno climático atualmente acaba em Agosto em boa parte do centro-sul), mas no ano passado estamos falando de uma verdadeira anomalia positiva lendária de fucking +03,0°C na normal 91-2020 ! Se acontecer outra anomalia dessas em Setembro, e ainda por cima na sequência, eu deixarei de ser um mero crente do AG, como também me tornarei um arauto do catastrofismo climático padrão IPCC. Veremos o que nos aguarda.

  • Like 10
  • Haha 3
  • Sad 4
Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Otavio Cyrino disse:

Será que isso está certo mesmo? Para Eldorado, está esquisito, parece ser mais um surto do modelo. Olha só, um 36°C "perdido" na sexta-feira do dia 10, com previsão de chuva, logo após dias sub-25, sendo que nos dias posteriores a esse 36°C, voltaria a ficar abaixo dos 25°C:

image.png.88bb497a0975c55f58eab8aa3a205a6c.png

 

===========================================================================================================

 

Ontem, a chuva foi até maior do que o previsto, eu achava que depois dos 4 mm não iria ter mais nada de chuva, pois tinha algumas aberturas no céu, mas acabou ocorrendo mais pancadas, por conta da infiltração marítima, e o acumulado final do dia foi de 7.4 mm. Os extremos foram de 15,7°C / 24,1°C.

 

Como ontem, hoje está tendo pancadas ocasionais devido a infiltração marítima, mas diferentemente de ontem, o acumulado é insignificante, apenas 0.2 mm.

 

A mínima foi de 16,0°C e às 13h faz 24,1°C | 80,9%.

ec34576e-5230-4e3f-ac60-58d8112ab9d4.thumb.jpg.825fe0c05a71b14afe3d018b5f8236fd.jpg

 

 

Otávio, não está diferente daki esse clima influenciado pelos ventos úmidos e frios do leste.

Ontem e hoje tivemos, e ainda temos pancadas fortes de garoa e chuviscos.

Pra ter uma idéia, ao entardecer de ontem e também durante a noite, parecia uma verdadeira "lestada", com muito vento e precipitação caindo quase na horizontal.

Mas os acumulados são bem pekenos, na faixa de 2/3 mm. Hoje em torno de 1,5/2 mm.

Estou ansioso pelo retorno do calor e mudança no padrão dos ventos, pq já saturei dessa umidade fria.

Fds eu sofri bastante lá na serra catarinense, com 2 dias sob máximas de 9/10°C e muito nevoeiro misturado à chuviscos e ventania.

Mesmo utilizando luvas, os dedos gelavam e ardiam bastante. 

Kero calor🌞

  • Like 12
Link to comment
Share on other sites

44 minutos atrás, Augusto Göelzer disse:

Não quero te decepcionar mas é o oposto... é altamente provável num cenário de mudança climática que Setembro simplesmente copie o ano passado. Só estou aguardando entrar o tópico de setembro pra dar o meu parecer sobre o mês, que será fogo puro.

 

 

Tenho até medo dos possíveis picos nas máximas. Lembro que 2013, que teve um inverno bem mais frio que esse em Julho e Agosto por aqui, teve também uma onda de calor digna de Jan/Fev na primeira quinzena (apesar da segunda quinzena ter sido gelada).

Se a massa de ar quente do brasil central começar a engolir o RS também, com mais frequência e mais força, tenho até apreensão sobre como esse mês poderá se deteriorar a médio prazo.

Claro, posso tá exagerando, mas setembro de 2017 e outubro de 2019 no centro-norte do RS deram sinais bem desagradáveis de algo nessas linhas.

  • Like 13
  • Sad 3
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde, Agosto fechou bem acima da média por aqui, a onda de calor massacrou as médias, acabou que maio ficou bem mais frio que agosto. A sensação de inverno de fato ficou entre início de maio até início de agosto. Segue as tabelas dos três meses de inverno em Vacaria nas estações da Basf e Inmet.

 

 

 

vaca1234.PNG

vaca 123.PNG

  • Like 10
  • Thanks 3
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

6 minutos atrás, Gustavo Pinheiro disse:

Boa tarde, Agosto fechou bem acima da média por aqui, a onda de calor massacrou as médias, acabou que maio ficou bem mais frio que agosto. A sensação de inverno de fato ficou entre início de maio até início de agosto. Segue as tabelas dos três meses de inverno em Vacaria nas estações da Basf e Inmet.

 

 

 

vaca1234.PNG

vaca 123.PNG

Julho, no local da Basf foi congelante e os dados da tabela estão sensacionais. São 14 dias com mínima negativa, ou metade do mês, praticamente.

Pra ver q Vacaria tem potencial excelente, dependendo do local.

Lembro q a mínima absoluta na antiga estação era -8,5°C (décadas anteriores à 1990). Se fosse num local igual à esse da Basf, teria baixado à -10°C ou kem sabe, menos ainda.

Já, Agosto, nem parece q se trata do mesmo inverno. A média min saltou de 1,2°C (Jul) para 8,0°C (Ago)... Tristeza...

  • Like 9
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

42 minutos atrás, Renan disse:

 

Mas gente, só se as mudanças estiverem acontecendo em velocidade absurdamente alta então. Porque é verdade que Setembro tem sido um dos meses mais castigados do pós-2000 e eu não mais o considero como parte do inverno (o inverno climático atualmente acaba em Agosto em boa parte do centro-sul), mas no ano passado estamos falando de uma verdadeira anomalia positiva lendária de fucking +03,0°C na normal 91-2020 ! Se acontecer outra anomalia dessas em Setembro, e ainda por cima na sequência, eu deixarei de ser um mero crente do AG, como também me tornarei um arauto do catastrofismo climático padrão IPCC. Veremos o que nos aguarda.

Sim, a velocidade das mudanças são bem altas mesmo. Uma singela mudança de alguns décimos é suficiente para criar esses "hotspots" em certos locais do mundo em certas épocas do ano. E no caso do Brasil, além da alteração climática pelo GW, temos a mudança por causa de ação direta do ser humano, que trocou gigantescas áreas da Amazônia por pasto. O que vemos é simplesmente a conta sendo paga.

Ainda podemos acrescentar na discussão a La Niña que atrasa a volta das chuvas, além da oscilação Madden-Julian em fase positiva, inibindo ainda mais a convecção nesse setembro. Nesse caso o caminho fica totalmente aberto para todo esse calor formar bloqueios no Brasil Central, dando um efeito cascata bizarro na atmosfera até a chuva voltar em algum momento da primavera.

  • Like 8
  • Thanks 4
  • Sad 5
Link to comment
Share on other sites

Resumo do mês de agosto em estações selecionadas pelo Rio Grande do Sul.

Dá pra perceber o caos atmosférico na metade norte do RS a partir do dia 17, enquanto que na metade sul até que foi mais homogêneo, com duas MPs (mesmo que brandas) atingindo a região. 

Podia ser melhor? Podia, mas eu até que não reclamo. Com excessão de Santa Rosa, no noroeste do estado, que fechou o mês com amplitude térmica altíssima.

Considero que todas as estações (que representam as regiões do estado) tiveram mínimas descentes e média aceitáveis.

 

Teutônia (52m)       Santa Rosa (225m)     Ausentes (1.175m)      Canela (695m)      P. Machado (285m)    Soledade (645m)

1780526793_ScreenShot2021-08-31at18_21_24.png.f8fd765bb32e71d7103dfe939499bb17.png        355749807_ScreenShot2021-08-31at18_21_35.png.72df6dc081823716905b0aa0cc0f193a.png        2003647249_ScreenShot2021-08-31at18_21_48.png.0c483d0cfe1fb41d4f5ed80ecd7db767.png        1117339374_ScreenShot2021-08-31at18_22_01.png.3552499601de96c1b0e63b00cfc9801f.png        1535612811_ScreenShot2021-08-31at18_22_12.png.2d7c982d6264994e484511a0805a755d.png        1073414062_ScreenShot2021-08-31at18_25_58.png.9a6c0ce16ee9c62f037d3eab53adb6e9.png

 

Edited by Nestor Antonio Bresolin Junior
  • Like 17
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

31 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Julho, no local da Basf foi congelante e os dados da tabela estão sensacionais. São 14 dias com mínima negativa, ou metade do mês, praticamente.

Pra ver q Vacaria tem potencial excelente, dependendo do local.

Lembro q a mínima absoluta na antiga estação era -8,5°C (décadas anteriores à 1990). Se fosse num local igual à esse da Basf, teria baixado à -10°C ou kem sabe, menos ainda.

Já, Agosto, nem parece q se trata do mesmo inverno. A média min saltou de 1,2°C (Jul) para 8,0°C (Ago)... Tristeza...

Concordo com tudo que você disse Carlos! Pra se ter uma ideia a estação da Basf já registrou -8,9 em 2016, quebrando o recorde de -8,5 que se eu não me engano foi medido pelo instituto Coussiart Araújo na onda de frio de 1918, quando deu -4 na capital. Quanto a agosto foi uma tristeza mesmo, junho foi o mês das máximas, julho das mínimas e agosto da decepção! 

Abraço.

  • Like 7
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

11 minutes ago, Gustavo Pinheiro said:

Concordo com tudo que você disse Carlos! Pra se ter uma ideia a estação da Basf já registrou -8,9 em 2016, quebrando o recorde de -8,5 que se eu não me engano foi medido pelo instituto Coussiart Araújo na onda de frio de 1918, quando deu -4 na capital. Quanto a agosto foi uma tristeza mesmo, junho foi o mês das máximas, julho das mínimas e agosto da decepção! 

Abraço.

 

Tens razão. Acho que todas as localidades abaixo dos 30 graus de latitude tiveram um mês decepcionante. A excessão mesmo ficou no extremo sul e serras de sudeste, onde, mesmo não sendo o ideal, ainda não ficou tão ruim como o restante do estado.

Edited by Nestor Antonio Bresolin Junior
  • Like 6
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

10 minutos atrás, Nestor Antonio Bresolin Junior disse:

 

Tens razão. Acho que todas as localidades acima dos 30 graus de latitude tiveram um mês decepcionante. A excessão mesmo ficou no extremo sul e serras de sudeste, onde, mesmo não sendo o ideal, ainda não ficou tão ruim como o restante do estado.

Exatamente, eu colocaria além do sul os municípios do extremo leste do Estado também, que se saíram melhor graças ao oceano frio.

  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Just now, Gustavo Pinheiro said:

Exatamente, eu colocaria além do sul os municípios do extremo leste do Estado também, que se saíram melhor graças ao oceano frio.

 

Exato. O litoral e costa doce se saíram bem, enquanto que o extremo norte e noroeste tiveram as médias destroçadas.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, Renan disse:


Mas só acho bastante IMPROVÁVEL que ocorram dois Setembros seguidos com ondas de calor históricas, mesmo no combalido clima do oeste paulista.

Não sei se vc está lembrado, mas setembro de 2019 tbm teve ondas de calor históricas.

Antes do site do Iapar esconder as normais climatológicas, eu consegui salvar alguns dados, e neles constam que em 4 das 5 estações que estavam com a normal atualizada até 2019 tiveram o record de setembro batido em 2019. Foi batido em Umuarama, Paranavaí, Fernandes Pinheiro e Francisco Beltrão, só Londrina tinha se salvado.

  • Like 9
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, Otavio Cyrino disse:

Será que isso está certo mesmo? Para Eldorado, está esquisito, parece ser mais um surto do modelo. Olha só, um 36°C "perdido" na sexta-feira do dia 10, com previsão de chuva, logo após dias sub-25, sendo que nos dias posteriores a esse 36°C, voltaria a ficar abaixo dos 25°C:

image.png.88bb497a0975c55f58eab8aa3a205a6c.png

 

===========================================================================================================

 

Ontem, a chuva foi até maior do que o previsto, eu achava que depois dos 4 mm não iria ter mais nada de chuva, pois tinha algumas aberturas no céu, mas acabou ocorrendo mais pancadas, por conta da infiltração marítima, e o acumulado final do dia foi de 7.4 mm. Os extremos foram de 15,7°C / 24,1°C.

 

Como ontem, hoje está tendo pancadas ocasionais devido a infiltração marítima, mas diferentemente de ontem, o acumulado é insignificante, apenas 0.2 mm.

 

A mínima foi de 16,0°C e às 13h faz 24,1°C | 80,9%.

ec34576e-5230-4e3f-ac60-58d8112ab9d4.thumb.jpg.825fe0c05a71b14afe3d018b5f8236fd.jpg

 

 

Para sua região parece bug do tempo.com, para cá está 100% certo, tanto é que manteve na 12z.

 

6 horas atrás, Renan disse:


Calma…essa época é sempre de muitas incertezas nos modelos, ainda mais a longo prazo. Eu não cravaria como algo certo disso acontecer, só deixando claro que não sou negacionista do clima. Mas só acho bastante IMPROVÁVEL que ocorram dois Setembros seguidos com ondas de calor históricas, mesmo no combalido clima do oeste paulista.

 

Renan infelizmente por mais que as épocas de transição sejam os períodos mais instáveis dos modelos no caso dessa projeção é certeira, tanto é que em julho já alertava sobre novas ondas de calor que poderiam estourar entre agosto/setembro/outubro. A torcida é para uma segunda quinzena melhor, o que dificilmente acontece já que o período mais frio de setembro é os primeiros 15 dias, a chance de uma MP forte após o meio do mês é muito pequena.

 

Essa tese de que um ano foi ruim o outro será bom já caiu por terra no caso do GW, só de exemplo pegando os dados de anomalia de média simples do Ciiagro daqui no pós-2013;

 

2014: +0,9

2015: +1,3

2016: sem dados

2017: +2,3

2018: 0,0

2019: +1,2

2020 (infelizmente estação fora) O mais quente de todos, pego Presidente Prudente como exemplo (91/20) +3,6

 

Ou seja, dos últimos 7 anos pelos menos 5 terminaram bem acima da média em setembro. É espantoso o que está acontecendo com esse mês e a tendência é termos mais um mês absurdamente acima da média, principalmente se não tivermos chuva a partir do dia 15.

 

  • Like 7
  • Sad 9
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Nestor Antonio Bresolin Junior disse:

Resumo do mês de agosto em estações selecionadas pelo Rio Grande do Sul.

Dá pra perceber o caos atmosférico na metade norte do RS a partir do dia 17, enquanto que na metade sul até que foi mais homogêneo, com duas MPs (mesmo que brandas) atingindo a região. 

Podia ser melhor? Podia, mas eu até que não reclamo. Com excessão de Santa Rosa, no noroeste do estado, que fechou o mês com amplitude térmica altíssima.

Considero que todas as estações (que representam as regiões do estado) tiveram mínimas descentes e média aceitáveis.

 

Teutônia (52m)       Santa Rosa (225m)     Ausentes (1.175m)      Canela (695m)      P. Machado (285m)    Soledade (700m)

1780526793_ScreenShot2021-08-31at18_21_24.png.f8fd765bb32e71d7103dfe939499bb17.png        355749807_ScreenShot2021-08-31at18_21_35.png.72df6dc081823716905b0aa0cc0f193a.png        2003647249_ScreenShot2021-08-31at18_21_48.png.0c483d0cfe1fb41d4f5ed80ecd7db767.png        1117339374_ScreenShot2021-08-31at18_22_01.png.3552499601de96c1b0e63b00cfc9801f.png        1535612811_ScreenShot2021-08-31at18_22_12.png.2d7c982d6264994e484511a0805a755d.png        1073414062_ScreenShot2021-08-31at18_25_58.png.9a6c0ce16ee9c62f037d3eab53adb6e9.png

 

 

A média de Santa Rosa foi um vexame. Lamentável !

  • Like 4
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

Amigos, eu tento ser pelo menos um pouco otimista com o que vem por aí em Setembro, mas de qualquer forma eu agradeço pelo "banho de realidade" dado em mim (sou pisciano, os nativos do signo Peixes costumam viver mais as fantasias do que a realidade). OK, será mais um Setembro acima da média, eu me rendo!

 

Agosto vai terminando e em JF foi assim: Curiosamente, ao contrário de boa parte do país, um mês um pouco abaixo da média normal na temperatura, inclusive com a menor mínima absoluta mensal desde 2013... porém o destaque vai para as chuvas, conforme já mencionado pelo @sjmolive. Na minha estação vai fechando com 60mm após as pancadas de hoje, que acumularam 13mm. Isso fez com que Agosto-21 fechasse com a segunda maior pluviosidade na Davis desde 2013, atrás apenas de 2018. No INMET, também fechou com chuvas bem acima da média. 

 

A íntegra será postada no tópico adequado. Vamos fechando a última noite do mês com agradáveis 16,3°C e um vento fraco. A chuva já parou.

 

  • Like 13
Link to comment
Share on other sites

1 minuto atrás, Renan disse:

 

Nossa pequena Índia está crescendo. Que bonitinha, daqui a uns 30 anos vai estar igual à mamãe.

Até lá poderia ser feito campanhas de reflorestamento no centro do país. Ou mesmo a semeadura de chuvas, que foi feita por exemplo na região de Curitiba

  • Like 3
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Previsões são previsões, não é meu povo?

E tem errado muito ultimamente, reconheçamos. Então estes fins de grade...

 

Aqui houve previsão de máxima até 32 graus e fechamos o mês abaixo dos 28 C por aqui. 

Vamos ver o que vem em setembro.

Não me surpreenderá normalidade ou anomalia negativa de temperatura. Que tem sido a regra aqui nos últimos meses.

 

Vamos ver...

 

No momento, céu nublado e sem chuva, 14,8˚C, vento SE a 9 km/h  (20h25min).

  • Like 8
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

Agosto até começou com baixas temperaturas, mas o forte calor na segunda quinzena trouxe a média para cima, foi o agosto mais quente desde 2015 em média, com média mínima em 10.0°C e máxima em 27.6°C, com média de 18.8°C.

Em relação as chuvas, soma-se mais um mês catastrófico em chuvas, foram 25 mm, lembrando que julho tivemos também baixo volume com 41 mm.

Setembro da indícios que deve continuar com o tempo mais firme e seco, pelo menos neste início.

  • Like 10
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

9 horas atrás, LeoP disse:

Pelas previsões, existe a possibilidade de o recorde de calor do ano (31/32C), registrado em janeiro, não ser quebrado nessa 1ª quinzena de setembro. Vamos acompanhando.

 

Dados de hoje indicam que vai ser quebrado logo nos primeiros 7 dias de Setembro.

Dia 6 poderia chegar em 32/33ºC.

 

7 horas atrás, Renan disse:


Calma…essa época é sempre de muitas incertezas nos modelos, ainda mais a longo prazo. Eu não cravaria como algo certo disso acontecer, só deixando claro que não sou negacionista do clima. Mas só acho bastante IMPROVÁVEL que ocorram dois Setembros seguidos com ondas de calor históricas, mesmo no combalido clima do oeste paulista.

 

Parece que não aprendeu com 2012, 2014, 2015, 2016, 2019, 2020...

  • Like 4
  • Haha 2
  • Sad 4
Link to comment
Share on other sites

1 hour ago, Renan said:

 

A média de Santa Rosa foi um vexame. Lamentável !

 

Realmente deprimente, principalmente se comparar com as máximas de junho e mínimas de julho. Amplitude térmica altíssima.

E o show de horrores foi por todo o noroeste do RS.

Não é à toa que o eixo Uruguaiana-São Borja-Santa Rosa, de acordo com a literatura, é a região com maior amplitude térmica do pais.

 

1132311066_ScreenShot2021-08-31at20_52_16.png.c2178376e35da02194ea42f557260c2e.png

  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

6 minutos atrás, Felipe F disse:

Fechamento de Agosto de 2021:

 

Agosto.thumb.PNG.73180bca93769de4f4b7743e80bb6d6e.PNG

Escolheram o pior lugar pra colocar essa estação do INMET em São José, consegue ser mais quente que São Paulo nas mínimas, quando a realidade da região é totalmente diferente. E acho incrível como Brasília consegue ter um clima sempre equilibrado e sem extremos, obviamente pela altitude

Edited by Luide Luckmann
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Em 30/08/2021 em 18:28, Enio Rezende disse:

Aos amantes das araucárias:

IMG_20210830_112138966.thumb.jpg.bc06147f752f667930b0c403b99b2405.jpg

IMG_20210830_111351645.thumb.jpg.3f065ed764317c95aa42026edfe0f4fc.jpg

E aí está a estação do INMET de Monte Verde. Estação de topo. Talvez por isso ontem à noite o termômetro turístico da avenida principal marcava 9 graus enquanto o INMET não caiu de 11° pois a avenida fica no fundo do vale.

Hoje depois de amanhecer nublado e chuviscando, o sol saiu de tarde, tempo agradável e máxima de 18 graus

Agora assim que anoiteceu já começou a esfriar bem e faz 12 graus

IMG_20210830_112835299.jpg

Enio Rezende,

a automática em Monte Verde, fica mesmo, bem perto do campo de pouso.

Quando o Renan, teve em Monte Verde,  ele mediu no amanhecer  do dia 24, temperatura de -2,1ºC e na relva temperatura de -4,5ºC,num termômetro digital desabrigado no final da avenida Monte Verde, que fica numa baixada ao lado de um haras com ´poucas casas perto.

Na  automática marcava 5,5º ás 6 h e no horário de 7 h marcava 5,9ºC, pesquisei ás rajadas nesses horários, era de 14 km/h. A mínima foi de 2,7 ás 2 h da madrugada.

No dia anterior, quando a automática mediu -2,4 ás 7 h, a rajada foi de 6,8 km/h.

Edited by marinhonani
  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, Augusto Göelzer disse:

Sim, a velocidade das mudanças são bem altas mesmo. Uma singela mudança de alguns décimos é suficiente para criar esses "hotspots" em certos locais do mundo em certas épocas do ano. E no caso do Brasil, além da alteração climática pelo GW, temos a mudança por causa de ação direta do ser humano, que trocou gigantescas áreas da Amazônia por pasto. O que vemos é simplesmente a conta sendo paga.

Ainda podemos acrescentar na discussão a La Niña que atrasa a volta das chuvas, além da oscilação Madden-Julian em fase positiva, inibindo ainda mais a convecção nesse setembro. Nesse caso o caminho fica totalmente aberto para todo esse calor formar bloqueios no Brasil Central, dando um efeito cascata bizarro na atmosfera até a chuva voltar em algum momento da primavera.

 

Apesar de acreditar num setembro quente, acredito que o ano passado dificilmente será batido. Pelo contexto como um todo.

Foi um Bloqueio que durou meses e meses a fio, sem quebra do padrão calor e tempo seco.

Este ano ainda tivemos muito frio em junho e julho. Neste mês mesmo tivemos temperaturas amenas, como nos últimos 3 dias, e chuvas ocasionais.

Isto de uma certa forma ajuda...

Ano passado Rio Tietê chegou a ficou todo verde, porque a temperatura da água passou de 30°C. Este final de semana fui na zona rural aqui, em um rancho às beiras do Rio, e a temperatura era de uns 16°C da água. Bem diferente do último ano...

 

Mas, a seca segue forte. Aguardamos ansiosamente pelas chuvas!

 

*Só acrescentando...

Eu não lembro do frio de 2000 aqui. Pessoal fala que foram vários epsódios de geadas fortes e amplas. Mas lembro da seca depois. Inclusive, senão engano, tivemos apagão logo depois no país. Está bem semelhante a 2000 por aqui.

Edited by Maicon
  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.