Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Matheus b Santos

Members
  • Posts

    988
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    3

Matheus b Santos last won the day on October 21 2023

Matheus b Santos had the most liked content!

About Matheus b Santos

  • Birthday 04/27/1997

Location

  • Location
    Adamantina-SP

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

Matheus b Santos's Achievements

Grand Master

Grand Master (14/14)

  • Conversation Starter Rare
  • Dedicated Rare
  • Very Popular Rare
  • First Post Rare
  • Collaborator Rare

Recent Badges

12.6k

Reputation

  1. Presidente Prudente nesse junho, absurdo o que está ocorrendo na minha região +3,8ºC na média simples no momento (91/20). Hoje Presidente Prudente registrou a segunda maior temperatura da história para junho na estação, há chance de quebrar o recorde, o problema desse mês é a ausência total de qualquer dinâmica da atmosfera. Bom, esse mês fechará com uma boa margem de junho mais quente da história, e um fato muito marcante a média máxima nunca tinha passado de 29,0ºC em um mês de junho aqui e agora simplesmente pode chegar a 31ºC. A única dúvida que ainda tenho é se esse mês vai fechar com a maior anomalia de calor da história, até então pertencente a 2020. É isso, nem comentários. Agora minha curiosidade é com quanto de anomalia positiva julho vai fechar já que a tendência dos primeiros 10 dias é drástica.
  2. A gente que tem uma memória curta mesmo, 2000 nem de longe foi tão bom, o ótimo foi julho, de resto, para a época foi quente, assim como olhamos hoje 2023/2024 e dizemos nossa, está quente, mas na realidade esses anos daqui 20/30 anos serão considerados até bons. Olhe por exemplo, 1985 e 1994 tiveram grandes Mps até fortes, mas no contexto geral foram anos quentes para época, hoje talvez serão considerados frios por conta do “novo normal”.
  3. Tenho um amigo que é padeiro mas entende bem de meteorologia, disse que a tendência é de um inverno curto e grosso e deve ir embora mais tarde, atenção para fruticultura.
  4. Situação preocupante no oeste paulista, hoje a principal estação da região Presidente Prudente bateu 32,1ºC de máxima (19utc), pode parecer um valor comum aqui para meados de junho por ser um local quente mas não é! Até 2018 o recorde junho era de exatos 32,0ºC (01/06/1975), a temperatura voltou a alcançar 32,0ºC em 2018 justamente com o recorde de calor (33,2ºC - 10/06/2018), depois a temperatura voltou a passar de 32 em 2021 por duas vezes. O ano até agora é drástico aqui, as anomalias ao invés de baixarem estão subindo... Junho está mais quente que maio algo completamente bizarro. Hoje tivemos provavelmente o dia mais seco do ano, impressionante a secura do ar nessa tarde, os INMET's da região registraram os seguintes níveis de umidade nos momentos mais secos do dia: Região oeste: Valparaíso: 16% Tupã: 17% Presidente Prudente: 19% Rancharia: 20% A massa seca está justamente posicionada no sudeste, o que contribui com o novo episódio de chuva no sul. Com isso (temperaturas altas + secura) já tenho observado focos de queimadas entre Pantanal/Chaco e Centro do país, inclusive de forma bem antecipada, quero nem imaginar setembro com essa tendência de tempo seco.
  5. Ensemble últimos 10 dias junho: A situação é trágica, nem nos piores sonhos eu imaginava que 2024 seria tão ruim assim (como sabem desde o início do ano eu já alertava que seria ruim) porém não tão ruim. A última rodada do EPS (hoje) indica um julho muito ruim assim como foi junho. Adamantina próximos dias, com o avanço de um peido polar no sul o que sobra pra mim é eterna pré-frontal: Agora sim abriu janela de vários e vários recordes, 35°C seria recorde absoluto pra junho (33,2°C/2018), 22°C de mínima é recorde também. Bom nada a comentar, tem hora que dá vontade de largar de mão e nem abrir mais modelagem.
  6. 2024 em casa (Vila Jamil de Lima): Nesse mês o efeito relevo faz até uma diferença nas mínimas, então estações que ficam em baixadas estão conseguindo ter mínimas, porém ainda acima da média, aqui em Adamantina não é diferente. Observem no campo de anomalia de água precipitável que boa parte do Brasil se encontra sob o domínio de uma massa seca proporcionada pelo bloqueio, e os lestes estão se dando bem, nessa configuração quem sofre é o oeste da América do Sul, além do próprio sul do Brasil, já que o padrão de escoamento em baixos níveis voltará a atuar sobre o RS, aliás com condição de alerta. Pela 0z do euro o RS (parte norte) voltaria ter problemas com a chuvarada. Essa condição do euro é acompanhada do ensemble: Se olharmos o padrão de maio está se repetindo, o aquecimento do oceano na parte central/norte do Atlântico transporta muita umidade para Amazônia, esbarra nos andes e desce pelo JBN para a região sul do Brasil, essa condição é praticamente idêntica ao que ocorreu em maio. Quanto a Adamantina as notícias não são agradáveis. As temperaturas devem permanecer como estão, altas para junho (esse junho deve terminar como o mais quente por uma boa margem (assim como maio), até agora em Presidente Prudente a anomalia é de 3,4ºC acima do normal para a média da 91/20. Por enquanto ainda não temos uma janela concreta para recordes de mínimas e máximas que ficam na casa dos 33/34 máximas e 20/21 nas mínimas, aquele 34 é de pré-frontal, então ainda é incerto. Quanto a essa MP do controle que para cá não é nada de mais, vira e mexe aparece algo tanto nos modelos operacionais quanto no ensemble. Porém, o consenso ainda dos membros é de que somente o sul (talvez) teria uma MP mais forte, o que também não reverteria o péssimo mês que estão tendo. Alcance máximo da MP pelo ensemble:
  7. Disse tudo 👏🏻👏🏻 Enquanto dermos espaço nesse fórum para negacionistas de plantão alimentaremos ainda mais uma falsa negativa que já encontra-se ultrapassada. Inclusive, acho que as regras do fórum devem ser revistas com urgência. Chega ser patético em pleno 2024 não se poder fazer uma crítica a empresa de meteorologia em uma espaço onde o que se discute é a meteorologia, outro dia um amigo nosso teve seus posts excluídos por simplesmente criticar a Metsul, isso é patético, ora, não vamos mais poder criticar erros grotescos de previsões lançadas por essas empresas? A única coisa que deve prevalecer é que não haja fake News e que tais críticas sejam para discernir ódio (xingamentos) o que não deve ser tolerado no espaço. Críticas a meu ver servem para a própria empresa aprimorar suas previsões e ao mesmo tempo evitar comentários negativos nas redes. Principalmente empresas que continuam alimentando diariamente fake News climáticas na falsa esperança de um “resfriamento global”. Agora fica minha dúvida, até quando será admitido nesse espaço sem nenhuma fundamentação científica o negacionismo climático?
  8. E advinha quem sempre participa do calor do Sul, do calor no sudeste, calor do centro-oeste, calor do norte… EU. Já estou com +3,4°C de anomalia (91/20) e a tendência é de piorar ainda mais. Hoje mais um dia absolutamente igual aos últimos 13. 16,9°/30,4°C em casa. Junho já está com anomalia maior que maio, e média simples também. Não sei nem o que comentar, absolutamente insano.
  9. Essa é a anomalia às 18UTC dessa sexta-feira: Se preparem para a próxima madrugada, as condições serão de recordes de mínimas em vários locais. Quanto aos próximos 10 dias a situação é drástica, SP vai ter uma grave piora nos próximos dias, e vai abrir janela de recordes para cá. E o inverno chega mais cedo.
  10. MINIMA EM BUENOS AIRES: 20,5ºC. CONFIRMADO RECORDE HISTÓRICO. Argentina que experimentou um maio gelo, finalmente descobrindo que está em 2024, recordes foram generalizados por lá, maioria de mínimas. OCBA (maiores mínimas) recorde anterior era de 1951.
  11. Isso aí, aliás o GFS vem insistindo em uma MP nessa data aí mesmo, então tem total chance de acontecer mesmo. Olha na terra do Rodrigo de Goiânia:
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.