Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Daniel85

Advisors
  • Posts

    8228
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    20

Everything posted by Daniel85

  1. Tarde se encerrando com um pouco de nuvens de nuvens altas no céu (assim como tem sido grande parte desta segunda feira), além de alguma nebulosidade média em São Paulo. As temperaturas nas estações do CGE em locais bastante urbanizados ainda estão "altas", entre 20 e 22 graus. Já em áreas com pouca urbanização, em 16/17 graus. Imagem do satélite das 16 horas mostra nebulosidade em alguns locais de SP. A maior concentração dela ocorre no oeste do estado.
  2. Noite com céu limpo e temperaturas variando entre um local e outro em São Paulo. Enquanto no extremo sul faz 9-12 graus, em áreas mais ao norte da cidade faz 15/16 graus (valores mais altos do que nos dias anteriores). Imagem da câmera do aeroporto de Congonhas.
  3. Imagens das câmera nesse momento em alguns locais da Grande SP. Névoa na capital paulista. Névoa mais intensa em Jandira. Lua em meio às nuvens altas e a névoa mais intensa em Suzano. Curioso que a lua já está em sua fase minguante, porém na câmera ela parece estar completamente cheia.
  4. Imagem do satélite das 23:50 de sábado mostra que os cirrus continuam sobre o estado de SP. Temos praticamente nenhuma presença de nuvens baixas. Já na capital paulista, madrugada começa com névoa úmida e céu com nuvens altas (igual na tarde de sábado). Nas estações do CGE, as temperaturas estão variando pouco. De 10 graus no extremo sul a 13 graus em áreas próximas do centro. Essa menor diferença, muito provavelmente, se deve a possível presença de nevoeiro no extremo sul.
  5. Noite começando com predomínio de nuvens altas e temperaturas em queda. Nas estações do CGE, temos entre apenas 12/13 em áreas pouco urbanizadas (extremo sul e Santana do Parnaíba) e 16/17 graus em locais bastante urbanizados. Imagem do satélite das 16 horas mostra as nuvens altas sobre o estado de SP.
  6. Nuvens bem baixas estão sobre áreas da Grande SP desde o final da noite desta sexta feira. Parece que haverá formação de nevoeiro. Imagem da câmera Imagem do satélite das 00:10 Nas estações do CGE, as temperaturas variam. De apenas 7 graus em Santana do Parnaíba a 13 graus na Mooca. No extremo sul, 10 graus. Santana do Parnaíba está com essa temperatura, muito provavelmente pelo céu estar limpo por lá. Já o valor não tão baixo do extremo sul se deve a nebulosidade presente naquele local.
  7. Incrível! Linha de chuvas da frente fria no norte do NE e extremo norte do Brasil. O sistema frontal já se encontrando com a ZCIT. Já o "big frio" aos poucos está perdendo força. Quarta a tarde Antes de ontem a tarde Sexta a tarde Previsão para a tarde deste sábado
  8. Noite começando com temperaturas em queda em São Paulo. Sem aquela ventarola toda, com sol e temperaturas mais altas, a sensação na rua foi bastante agradável (usando apenas uma blusa). Ontem mesmo, apesar do tempo encoberto, o desconforto já foi menor do que na quarta feira (já que os ventos da baixa já estavam mais fracos). Quarta-feira, a sensação era mesmo de você estar em alguma cidade europeia. Nas estações do CGE neste momento, temos entre 11 graus no extremo sul e 15/16 graus em áreas mais ao norte da cidade. Imagem da câmera da Avenida Paulista mostra algumas nuvens sobre a cidade (assim como foi a tarde), porém não temos mais aquele céu cristalino igual a quarta-feira, já que não há mais aquela ventania para dissipar tudo.
  9. Imagem do satélite das 23:50 mostra nuvens baixas bem isoladas no estado. Durante à tarde, essa nebulosidade (que deixou a tarde nublada na capital paulista) encobria o leste paulista e extremo sul de MG.
  10. Dados dos dois aeroportos da Grande SP mostram os ventos perdendo força no decorrer desta noite de quinta feira aqui na região devido ao afastamento do ciclone. Hoje, eles durante o dia já sopraram com menor intensidade em relação a ontem. Na rua, a sensação de desconforto era menor (mesmo com a ausência do sol).
  11. ISSO É INCRÍVEL !!!! JAMAIS IMAGINARIA VIVER ISSO! O EUROPEU ACERTOU BEM (JÁ QUE VINHA PREVENDO DESDE A SEMANA PASSADA)! ACHEI QUE O MODELO IRIA REDUZIR A ABRANGÊNCIA E INTENSIDADE. ------------------------------------------- Gráficos abaixo mostram a trajetória das temperaturas em algumas estações do CGE. Há alguns local que reverteram a tendência de queda e passaram a ter uma subida, outros registrando uma queda mais lenta. Nota-se que pela manhã, elas chegaram a subir bastante. Porém, à partir do meio dia, se estabilizaram já que o o tempo passou a ficar completamente nublada (pela manhã tivemos sol entre nuvens).
  12. Concordo. À partir do terceiro dia já fica ruim. Aqui mesmo dentro de casa já deu uma esfriada. O termômetro que fica aqui no quarto hoje está registrando temperatura na casa dos 18 graus (semana passada até o início da tarde de ontem estava na casa dos 22 graus). Apesar desses 4 graus parecerem pouca coisa, ao menos o meu termômetro de pele já sente muita diferença. Até segunda feira, era possível ficar sem blusa de frio dentro de casa e usar chinelo sem meia. Nessa quarta, mesmo usando uma blusa de frio com capuz, ainda sinto frio. O legal seria ondas de frio intercaladas com períodos de aquecimento (5-7 dias "quentes" seguidos de 2-3 de frio intenso e assim por diante) sendo que houvessem sistemas frontais organizados que trouxessem chuva. O problema aqui na Grande SP no ano passado foi que, tanto na onda de frio do dia 29 de junho quanto na do dia 28 de julho, tivemos aqueles 2-3 dias de frio intenso seguidos por uns 4/5 dias de frio mais fraco. Logo após a baleia polar vinha uma outra MP mais fraca trazendo ventos úmidos e frios para sobretudo o sul e leste paulista. Em junho mesmo, tivemos mais de duas semanas de máximas mais baixas (entre os dias 07 e 23) sem ter uma pausa. Resultado: interior da casa frio por dias seguidos. ---------------------------- Imagem da câmera da Avenida Paulista mostra o céu tomado por nuvens baixas. Há algumas aberturas no céu. Imagem do satélite das 23:40
  13. Mais mapas mostrando o "estrago" provocado por essa fortíssima MP associada ao ciclone. Hoje à tarde Superfície 850 hpa Amanha à tarde Superfície 850 hpa
  14. Imagem do satélite das 19:20 mostra núcleos desenvolvidos na região da baixa (que agora está se deslocando para leste). Imagem do satélite (visível) do meio da tarde mostrando esses núcleos.
  15. Tarde finalizando com poucas nuvens e baixas temperaturas em São Paulo. Em relação ao meio da tarde (onde o máxima do dia foi atingida), ainda não há uma queda tão significativa nas temperaturas em grande parte das estações do CGE. No momento, temos entre 10 e 12 graus nas estações do CGE. Não há uma variação tão grande de um local para o outro. Os ventos de O-NO continuam a soprar com bastante força, trazendo uma sensação de gelo ao andar nas rua. Imagem do satélite das 16 horas mostra um situação inusitada no estado de SP, ou seja, grande parte do interior coberto por nuvens baixas e áreas próximas do litoral com um céu mais limpo (o contrário do que costuma ocorrer). Porém, hoje não temos aquele cenários dos ventos soprando do mar.
  16. Imagem do satélite das 22:20 mostra algumas nuvens baixas surgindo na Grande SP e vizinhança. Provavelmente isso seja a causa de as temperaturas estarem se estabilizando (ou até mesmo subindo, como em Marsilac) em algumas estações do CGE. Imagem da câmera da Avenida Paulista mostra essa nebulosidade.
  17. Temperaturas nas últimas horas em algumas estações do CGE Queda contínua Estabilização (após a queda) Tendência de alta (após a queda)
  18. Noite começando com céu limpo, grande diferença nas temperaturas entre um local e outro e umidade ainda bem baixa em grande parte de São Paulo. Nas estações do CGE, temos entre apenas 9 graus no extremo sul (Marsilac) e ainda 15/16 graus em áreas próximas do centro. A umidade está na casa dos 30/40% na maior parte da cidade. Imagem do satélite das 15:50 mostra um pouquíssimas nuvens em todo o estado de SP.
  19. Noite começando com queda nas temperaturas em São Paulo e céu com muitas nuvens. Nas estações do CGE, temos temperaturas entre 14 graus no extremo sul e 17/18 graus em áreas mais ao norte da cidade. Imagem do satélite das 18:10 mostra poucas nuvens no estado de SP. Elas se concentram mais no litoral, devido aos ventos que estão em uma direção diferente (inclusive a direção deles estão mudando aqui na capital também).
  20. Imagens das câmeras nesse início de madrugada em algumas cidades de SP Chuva em Olímpia no norte paulista (influência daquelas instabilidades comentadas mais cedo). Nuvens médias em Cesário Lange. Capital Paulista com nuvens baixas, mas dessa vez ela não vem de ventos marítimos (até porque eles sopram de O-NO).
  21. Final de noite com algumas nuvens variação de temperaturas entre um local e outro. Os ventos sopram com um pouco de força do continente. Enquanto no extremo sul faz apenas 13/14 graus, em áreas mais ao norte da cidade faz 18/19 graus. Enquanto isso, chove em alguns locais do norte paulista. Há núcleos com chuvas de até forte intensidade.
  22. Imagem do satélite das 22:30 mostra um aglomerado de nuvens bem desenvolvidas entre o sudeste de GO, oeste de MG e norte de SP. Radares da aeronáutica indicando chuvas provocadas por esses núcleos. Apesar dessa chuva, ainda pode-se dizer que ela não seja tão fora de época, visto que o mês de maio ainda tem um pouco de umidade no Brasil central. O tempo, nessas áreas, seca para valer à partir de junho quando começa a se formar aquela bolha seca e quente que só vai aumentando até setembro/outubro.
  23. São Paulo vem tendo um início de noite com temperaturas agradáveis, devido aos ventos que sopram do mar. Nas estações do CGE, temos entre 16/17 graus no extremo sul e 18/19 graus em áreas mais ao norte da cidade. Imagem do satélite das 19 horas mostra instabilidades atuando no oeste de SP. Já nas áreas litorâneas, nuvens baixas devido a infiltração marítima. Imagem dos radares da UNESP das 19:30 mostra que essas instabilidades trazendo chuvas bem generalizadas em uma grande área.
  24. São Paulo vem tendo uma noite nublada e com temperaturas agradáveis. Os ventos passaram a soprar do mar à partir do meio da tarde, trazendo nebulosidade baixa e fechando o céu mais tarde. No momento, temos nas estações do CGE entre 15/16 graus no extremo sul e 17/18 graus em áreas mais ao norte da cidade. Imagem do satélite das 21:50 mostra nuvens baixas encobrindo áreas próximas ao litoral. A concentração delas é maior na Grande SP.
  25. Ainda sobre a questão da situação da imagem do satélite comentada no post anterior (cúmulos em áreas mais ao interior x estratos em áreas próximas do litoral), às 17:50 algo semelhante ainda se observava. Nuvens mais altas em São José dos Campos (cerca de 1200 m do solo, conforme METAR das 17 horas). A cidade fica mais distante do litoral. Nevoeiro no sul de Suzano. O local fica a menos de 30 km do mar.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.