Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

RamirezFZ

Members
  • Posts

    176
  • Joined

  • Last visited

About RamirezFZ

  • Birthday 11/25/1989

Location

  • Location
    Curitiba

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

RamirezFZ's Achievements

Collaborator

Collaborator (7/14)

  • Very Popular Rare
  • First Post Rare
  • Collaborator Rare
  • Dedicated Rare
  • Reacting Well Rare

Recent Badges

2k

Reputation

  1. A chuva voltou a castigar o leste do Paraná, as operações de resgate na BR 376 estão quase impossíveis... Se a 116 (Régis) sofrer algum tipo de bloqueio total, com certeza muitas encomendas e mercadorias entre Sul e Sudeste, vão dobrar o prazo de entrega.. Nesse momento chove em quase toda a extensão da Rodovia.
  2. Uma pequena onda de calor deve ocorrer nas latitudes entre 20°S e 40°S, leste do Sul se salvando pela altitude como sempre hahahah Abaixo uma prévia do Euro para oque aparenta ser o pico geral do evento (não necessariamente para o Brasil) No Brasil, em especial região Oeste dos estados do Sul e Sudoeste do MS, como de praxe, devem ferver, não me surpreendo se aparecer algum lugar bater 40°C. Parece que a "chavinha" está virando de primavera para verão pleno, e na verdade, já é hora, Dezembro está aí já, o que me deixa triste é que iremos pagar a conta por Agosto e Novembro sendo que Julho foi aquela decepção assombrosa. Pico do evento para o Brasil, pelo ICON: ------- Em Curitiba temos temperaturas variando entre 27° e 30°C com uma sensação de abafamento considerável, UR em 62% no Centro.
  3. Fora os 525mm de São José dos Pinhais, tem um 730 e outro 760 que me repassaram ter atingido em alguma das estações abaixo: (ainda não consta no sistema SEMA_AguasParana, então não faço ideia de onde foi, me "telegramizaram" a informação, se me entende, só vamos saber quando entrar no sistema, pq infelizmente é assim que funciona com essas estações "privadas") Os acumulados nas estações do IAT na bacia Litorânea são as seguintes, detalhe que estas não necessariamente "pegam" a chuva de encostas: PS: Não são medições de estações meteorológicas, mas sim hidrometeorológica, na prática os instrumentos são os mesmos!
  4. A Sanepar/Copel ainda têm eu creio 8 pluviômetros (no total) em funcionamento na serra porém é extremamente difícil obter dados de todos eles, costumo ver alguns deles somente nos reports anuais de estatísticas de hidrologia da Sanepar (por vezes da Copel, normalmente quando as coisas não estão indo bem rs), são usados para monitoramento de chuva em afluentes e áreas de captação/abastecimento de represas, em especial a Parigot de Souza que é BEM desconhecida e leva água do planalto para o litoral para geração de energia ao longo de 15km de tuneis. A Copel disponibiliza alguns compilados aqui: https://www.copel.com/site/copel-geracao/monitoramento-hidrologico/ Mas nem sempre são atualizados, algumas estações pararam de reportar. (Procure por Postos Hidrométricos) --------- Imagem curiosa no radar nesta noite, chove ao redor da capital Paranaense quase que perfeitamente kkk
  5. Os valores de pluviosidade no Paraná (em especial na Serra do Mar) foram astronomicamente maiores (estamos falando de 600~800mm e eu não duvido NADA que em algum local deve ter chegado aos 1000mm), a diferença é que aqui no PR, no leste, em especial as áreas próximas ás montanhas da Serra do Mar são pouco ou totalmente desabitadas, as tragédias que ocorreram foram justamente nas rodovias que cortam as serras como a 376, 277 e a Estrada da Graciosa, com exceção da 277 que está com bloqueio parcial, as outras duas estão com bloqueio total. Em Santa Catarina as chuvas intensas que caem na Serra e na Escarpa afetam diretamente quem mora ao leste da serra em vales e planícies pois a água escorre diretamente para estes mesmos vales, que por via de regra, no Leste de SC, são densamente povoados. Creio que o único caso comparável no PR com o que se vê em SC seria Morretes, a cidade ficou alagada por 2 dias (29, 30/11) ---- Aqui em Curitiba o tempo segue quente e instável, 27°C Hoje a chuva está se apresentado mais em núcleos pequenos espalhados pelo interior com alguma coisa mais organizada ali em SC mas nada comparável com o que aconteceu no leste nos últimos 4 dias:
  6. Se não me engano, na terra longínqua do tio Sam e seu chapéu ainda mais frio, vulgo United States e Canada, chamam isso de ice pellets, grãos de gelo no nosso idioma, essa ocorrência é extremamente bizarra, pois indica que em alguma camada da atmosfera, houve condição propicia para a neve, eu não me assustaria com as temperaturas no solo pois não é muiiito raro de lá acontecer de começar a nevar com 6°~8°C, as vezes até 9°~12°C conforme o ar frio avança em camadas mais altas mas se atrasa na média-baixa atmosfera por motivos de bloqueio ou geografia... Fato é que, por definição, isso não pode ser granizo, além de tamanho, há a característica do cristal de gelo apresentado no vídeo evidenciar que se trata de um mecanismo diferente qual resultou na sua formação, do que os comumente vistos durante granizo, enfim, com toda certeza é um caso para se deixar anotado.
  7. Que baita invest pra adentrar 650km do continente e causar estragos com incríveis ventos de ~25km/h! /s
  8. É necessário considerar o vento em alto mar também, pois a umidade começa realmente a subir a serra quando forma aquela "esteira" de vento que traz a umidade deeesde alto mar até a serra, no que vejo nas simulações, isso só vai começar a acontecer no final da madrugada de sábado, até as 5h de sábado o tempo pode permanecer limpo no planalto, na serra do mar já pode ter alguma concentração de nuvens ao por do sol de sexta, isso digo com base na minha experiência do que observo nas interações das montanhas da serra do mar com as massas de ar. Basicamente, a situação abaixo ainda é boa: A situação abaixo é péssima: Note a diferença dos ventos em alto mar mas a igualdade dos mesmos em continente.
  9. Não confie muito em previsão numérica bruta do modelo para a região de Curitiba, nenhum deles pega bem o relevo da região por falta de resolução, nem o Icon, é nessas horas que o dedo do meteorologista conta mais, estou confiante que a marca tem chance até para ser menor que isso.
  10. Pelas projeções de hoje, levando em conta a temp em 850-800hpa e a precipitação prevista, está MUITO difícil de descartar algo invernal nos picos ao leste de Curitiba na serra do mar, lembrando que não é só o Pico Paraná que chega na cota dos 1800, temos também o Caratuva e Itapiroca, os 3 acima dos 1800m, ainda na faixa dos 1500-1750 temos o Marumbi, Araçatuba, Capivari Grande, Tucum e Ferraria. Para o Araçatuba, Marumbi e Caratuva, a chance é altíssima. Pico Paraná deve registrar sincelo forte devido aos ventos.
  11. Curitiba acaba de ser teletransportada para a Sibéria, chupa!! Falando sério, a estação aparenta estar com sérios problemas, uma pena pois sempre foi uma boa pra se acompanhar!
  12. É o satélite pegando a maior emissão de infravermelho devido ao ar frio, literalmente a temperatura do solo neste caso, é por isso que infravermelho é incapaz de distinguir solo de nuvem nos polos, está tudo frio pra dedéu.
  13. Impressão minha ou as últimas sondagens evidenciam uma atmosfera muito mais gelada que os modelos previam? Totalmente fora da curva da modelagem a chuva congelada de hoje em SJ.... Teoricamente ainda nem sequer teria janela de precipitação invernal 🤣
  14. Aqui para o Leste do PR essa MP tem algum teor histórico em alguns pontos mas no quesito temperaturas, está bem padrãozona de miolo de inverno, talvez um pouco incomum pra Maio (se n me engano o Centro de CTBA tem -2 na histórica pra maio, não? Sei que na RMC afundou muiiito mais que isso em Maio, o colega @Carlos Campostalvez possa trazer valores mais expressivos) mas tanto as mínimas como máximas previstas, não estão lá muito chamativos para o leste do PR não viu, estavam nas rodadas anteriores mas pra cá o frio tem diminuído bastante, efeito colateral dos ventos e nebulosidade que tem aumentado muito rodada após rodada, os modelos tem colocado o ciclone cada vez mais perto de nós e vamos acabar sofrendo o mesmo mal que o leste do RS... Enfim o que vai me interessar nesse evento por aqui será o vento q deverá ser intenso. Por hora, Curitiba vai tendo um Maio agradabilíssimo, abaixo da média e extremamente comportado termicamente, no entanto normalmente o que vem depois de uma MP enorme dessas, usualmente é tempo mais aquecido, lá por volta dos 23~25°C. O jeito é aguardar pra ver como será pq atualmente está muito incerto kkk Histórico creio que será pro pessoal do Sudeste que a anos, como me lembro, não tem uma MP dessas em Maio, a última foi o que, em 2017 @Renan?
  15. Bizarra essa 18Z do GFS, Curitiba e o leste do Paraná, do Sul inteiro na verdade teriam recordes históricos absolutamente destruídos pra maio e em vários, inúmeros locais se teria registro de menores máximas ABSOLUTAS. Helena é você?
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.