Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Agosto/2021


Recommended Posts

Aqui a máxima beirou os 35 graus ontem chegando a 34.7°C com céu esfumaçado, a mínima ficou em 18.8°C, agora faz 22.9°C , temperatura digna de verão pra esse horário por aqui, com muita sorte baixo de 20 até o amanhecer, a tarde espero passar dos 35 graus, ou até dos 36. 

 

É agora que o filho chora na cama quente e a mãe não vê 🤡🤡🤡😭

Edited by Luke
  • Like 10
  • Haha 6
Link to comment
Share on other sites

7 horas atrás, Luke disse:

Aqui a máxima beirou os 35 graus ontem chegando a 34.7°C com céu esfumaçado, a mínima ficou em 18.8°C, agora faz 22.9°C , temperatura digna de verão pra esse horário por aqui, com muita sorte baixo de 20 até o amanhecer, a tarde espero passar dos 35 graus, ou até dos 36. 

 

É agora que o filho chora na cama quente e a mãe não vê 🤡🤡🤡😭

 

Cidade quente, heim. 😂

 

E já posso te adiantar que não haverá compensação. Pelo menos não em Agosto, hehehe.

 

Mas Setembro tem grandes chances de ser muito menos ruim do que foi o de 2020 -até porque isso não é nada difícil-. Acredito até mesmo em algum frio importante ainda nesse último mês de inverno astronômico. A rodada EPS do Europeu de longo prazo mostra sucessivas invasões de ar frio em Setembro, além de chuvas bem acima da média em muitas áreas do Sudeste até o final do inverno.

 

Para exemplificar, essas são as chuvas até 22 de Setembro:

 

291855458_WhatsAppImage2021-08-23at19_35_32.thumb.jpeg.7130a9e5f8857aa15300a0563528b185.jpeg

 

E aqui as invasões de ar frio:

 

  • Like 7
  • Thanks 15
Link to comment
Share on other sites

De longe o dia mais Chernobyl da atmosfera nesse ano:

image.thumb.png.e7e3bee66e5f60110b0f7b465ff26f4b.png

 

Agora mudando de assunto... vejo ultimamente que o fórum ficou muito otimista várias vezes, com previsões de chuvas e frio severo, e nenhuma foi concretizada. Nesse momento que entra a importância de profissionais de meteorologia (que sabem o que estão fazendo). Tinham vários fatores que indicavam que eram previsões totalmente sem pé nem cabeça e ilógicas.

E sobre setembro, não sejam otimistas, o esperado e lógico é que simplesmente o padrão de calor e secura adentre o mês, o EPS está totalmente fora da casinha. A única noticia boa para o euro, é que o ensemble dessa manhã veio sem nenhum período frio na grade de 15 dias, talvez nas próximas rodadas o EPS venha com alguma coerência.

  • Like 22
  • Thanks 3
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

Todas as estações do ano tem aspectos que eu aprecio, na primavera gosto da duração do dia e da intensidade da luz além da dinâmica elevada. Por outro lado Setembro e Outubro são os meses com menos insolação (lembrando que insolação e intensidade de radiação são coisas diferentes).

 

E claramente semana passada tivemos o início da primavera climática em SC, a não ser que setembro resolva se redimir dos últimos fiascos e traga temperaturas abaixo da média, que não ocorrem desde 2011!!

 

Ontem o dia inteiro foi de vento leste, a mais forte lestada da temporada até o momento. O tempo ficou ensolarado e a temperatura ficou entre 14,3ºC e 27,9ºC em Blumenau

 image.thumb.png.f8d0b7d907a7b66e81b97fdb4844be50.png

 

Hoje o dia começou encoberto em Blumenau, 19,6ºC 83% às 9:20. Quantidade absurda de fumaça pela imagem de satélite.

  • Like 18
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

6 minutos atrás, Augusto Göelzer disse:

De longe o dia mais Chernobyl da atmosfera nesse ano:

image.thumb.png.e7e3bee66e5f60110b0f7b465ff26f4b.png

 

Agora mudando de assunto... vejo ultimamente que o fórum ficou muito otimista várias vezes, com previsões de chuvas e frio severo, e nenhuma foi concretizada. Nesse momento que entra a importância de profissionais de meteorologia (que sabem o que estão fazendo). Tinham vários fatores que indicavam que eram previsões totalmente sem pé nem cabeça e ilógicas.

E sobre setembro, não sejam otimistas, o esperado e lógico é que simplesmente o padrão de calor e secura adentre o mês, o EPS está totalmente fora da casinha. A única noticia boa para o euro, é que o ensemble dessa manhã veio sem nenhum período frio na grade de 15 dias, talvez nas próximas rodadas o EPS venha com alguma coerência.

 

Fico imaginando o quanto é difícil prever algo nesta época. Ontem ainda olhava o WRF, que é um dos modelos mais precisos. Ele só indicava PANCADAS de chuva no oeste paranaense lá pra quinta a tarde. Olhando o simepar agora, vejo chuvas isoladas e trovoadas...kkk

Bem difícil prever algo nesta época pela análise só de modelos numéricos.

  • Like 9
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

11 horas atrás, Luide Luckmann disse:

O maior incêndio da história do Paraná detalhado no livro: 1963 - Paraná em chamas | COORDENADORIA ESTADUAL DA DEFESA CIVIL

Em agosto de 1963 Canoinhas, no planalto norte de SC registrou -12°C . Aqui em Urussanga bateu -3°C. Acho que em julho do mesmo ano pode ter tido uma geada forte também, tudo isso aliado a secura causou enormes incêndios, semelhantes a este ano.

Exatamente, geadas severas, q varreram o Sul entre os dias 5 e 8/Agosto de 1963 foram responsáveis pelos incêndios devastadores.

No Paraná foram registradas mínimas extremamente baixas, inclusive na costa oeste, sendo q Guaíra teve a sua mínima absoluta (talvez nem superada na onda de frio de 1975, quando fez -5°C).

Destaques no estado na onda polar (curta) de Agosto/1963:

AirBrush_20210824092335.jpg.8cef1f2f53c0ebd8fa5cafa2d66e8912.jpg

  • Like 10
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

ENTRAMOS NO PERÍODO CRÍTICO EM ADAMANTINA/SP

 

Às 10h e 20min já está 31,1ºC no CIIAGRO, mínima de 20,7ºC e máxima ontem de 36ºC como hoje vai ser sob-36 e amanhã sob-36 igualaremos o recorde de 2006 com maior sequência de sob-36 seguidas, que eram 3 (2006).

 

Bom quanto a chuva, deve chover no fim de semana, ainda muito incerto quanto aos acumulados, mas qualquer chuva será bem vinda pelo menos para apagar a poeira. A situação é muito crítica. 

 

E como o @Augusto Göelzer disse não adianta cair na ilusão dos modelos, o europeu está extremamente instável no último mês. A tendência seguida pelos meteorologistas é que a seca continue. Aliás já tem sido anunciado volumes beirando 100mm nas rádios locais, (ISSO QUE DÁ FAZER ANÁLISE DE MODELO SEM METEOROLOGISTA POR PERTO).

 

O que indica essa passagem de umidade na última semana do mês é ligado diretamente com a Oscilação de Madden-Julian, que estará em sua fase negativa sobre o Centro-Norte neste fim de agosto e começo de setembro, depois o que ela mostra? Período seco estendido para setembro também.

 

cfs.gif.d8e0524ed1f6d5f59bf0f8bc392708ab.gif

 

O YR indica isso para cá, ontem indicava + de 50mm

 

image.png.44246c72adf91fedfdbfe85094b8d8e7.png

 

E se pegarmos o tempo.com que usa o Euro controle:

 

image.png.9f840ad67fad53e2f3314ba02988f323.png

 

A tendência é que depois dessa passagem de umidade por aqui volte a secar e as temperaturas a subir, a chuva será bem vinda, mas nem de longe resolverá o problema que a América do Sul está passando no geral. Gostaria muito de ser otimista, mas infelizmente não dá.

  • Like 9
  • Thanks 1
  • Sad 11
Link to comment
Share on other sites

12 minutos atrás, Matheus b Santos disse:

ENTRAMOS NO PERÍODO CRÍTICO EM ADAMANTINA/SP

 

Às 10h e 20min já está 31,1ºC no CIIAGRO, mínima de 20,7ºC e máxima ontem de 36ºC como hoje vai ser sob-36 e amanhã sob-36 igualaremos o recorde de 2006 com maior sequência de sob-36 seguidas, que eram 3 (2006).

 

Bom quanto a chuva, deve chover no fim de semana, ainda muito incerto quanto aos acumulados, mas qualquer chuva será bem vinda pelo menos para apagar a poeira. A situação é muito crítica. 

 

E como o @Augusto Göelzer disse não adianta cair na ilusão dos modelos, o europeu está extremamente instável no último mês. A tendência seguida pelos meteorologistas é que a seca continue. Aliás já tem sido anunciado volumes beirando 100mm nas rádios locais, (ISSO QUE DÁ FAZER ANÁLISE DE MODELO SEM METEOROLOGISTA POR PERTO).

 

O que indica essa passagem de umidade na última semana do mês é ligado diretamente com a Oscilação de Madden-Julian, que estará em sua fase negativa sobre o Centro-Norte neste fim de agosto e começo de setembro, depois o que ela mostra? Período seco estendido para setembro também.

 

cfs.gif.d8e0524ed1f6d5f59bf0f8bc392708ab.gif

 

O YR indica isso para cá, ontem indicava + de 50mm

 

image.png.44246c72adf91fedfdbfe85094b8d8e7.png

 

E se pegarmos o tempo.com que usa o Euro controle:

 

image.png.9f840ad67fad53e2f3314ba02988f323.png

 

A tendência é que depois dessa passagem de umidade por aqui volte a secar e as temperaturas a subir, a chuva será bem vinda, mas nem de longe resolverá o problema que a América do Sul está passando no geral. Gostaria muito de ser otimista, mas infelizmente não dá.

 

Chuva consistente no interior paulista só a partir de Outubro... não se iluda. O mais provável é que qualquer frente fria que passe por nossas bandas só vá fazer algum efeito no litoral e região leste do estado.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

São Paulo está com o céu ainda mais esfumaçada. Ao contrário dos dias anteriores, hoje temos também fumaça "importada" do centro Norte do Brasil e de países como Bolívia e Paraguai.

 

As temperaturas na maioria das estações do CGE estão em 28/29 graus com unidade na casa dos 40%.

 

 

Imagem da câmera da avenida Paulista mostra o céu com aquele tom acinzentado devido a essa bruma.

Screenshot_20210824-111143.thumb.png.1da5ac25efd0626a5919a276725e7484.png

 

 

Agora, olhem a grande diferença em relação ao azul cristalino lá na cidade de Abaiara, no interior do Ceará.

Screenshot_20210824-111016.thumb.png.f1468e8f669d967090ca1f6eb8d027b0.png

  • Like 16
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

5 horas atrás, ricardosilva disse:

 

Chuva consistente no interior paulista só a partir de Outubro... não se iluda. O mais provável é que qualquer frente fria que passe por nossas bandas só vá fazer algum efeito no litoral e região leste do estado.

KKK, se vir em outubro. Ultimamente não é de duvidar.

 

Quanto a esse ditado popular "chuva somente em outubro" não concordo, aliás discordo e muito. Setembro é mês do retorno da chuva já para parte do CO e SE, exceto para áreas mais a norte onde ela se espalha em outubro, as chuvas não são restritas somente ao litoral e região leste.

 

Observe os valores médios de agosto:

 

era5_media_brasil_agosto.thumb.png.e66d6f3b7f71abd6ac3dc60e049b6442.png

 

Agora a climatologia de setembro:

 

era5_media_brasil_setembro.thumb.png.ee9e2241d0edfd894a007abbc5eca067.png

 

Muda e não é pouco! Setembro para mim já costuma ser o mês de retorno do período chuvoso, ainda que definitivamente outubro já faça parte do período chuvoso (Out/Abr), ou como alguns dizem período "pré-monção", aliás chove mais em setembro do que em abril aqui.

 

Os acumulados de chuva no Ciiagro daqui demonstram isso: 

 

image.png.f2e74985dec50afbabad249391e6eb3f.png

 

A chuva dobra em comparação com agosto. 

 

O normal mesmo é já chover em setembro, principalmente na segunda quinzena. 

 

Outubro sim, ela se espalha para áreas mais a norte, então essa fala é mais para quem mora no Centro-Norte. 

era5_media_brasil_outubro.png

Edited by Matheus b Santos
  • Like 17
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

33 minutos atrás, Matheus b Santos disse:

ENTRAMOS NO PERÍODO CRÍTICO EM ADAMANTINA/SP

 

Às 10h e 20min já está 31,1ºC no CIIAGRO, mínima de 20,7ºC e máxima ontem de 36ºC como hoje vai ser sob-36 e amanhã sob-36 igualaremos o recorde de 2006 com maior sequência de sob-36 seguidas, que eram 3 (2006).

 

Bom quanto a chuva, deve chover no fim de semana, ainda muito incerto quanto aos acumulados, mas qualquer chuva será bem vinda pelo menos para apagar a poeira. A situação é muito crítica. 

 

E como o @Augusto Göelzer disse não adianta cair na ilusão dos modelos, o europeu está extremamente instável no último mês. A tendência seguida pelos meteorologistas é que a seca continue. Aliás já tem sido anunciado volumes beirando 100mm nas rádios locais, (ISSO QUE DÁ FAZER ANÁLISE DE MODELO SEM METEOROLOGISTA POR PERTO).

 

O que indica essa passagem de umidade na última semana do mês é ligado diretamente com a Oscilação de Madden-Julian, que estará em sua fase negativa sobre o Centro-Norte neste fim de agosto e começo de setembro, depois o que ela mostra? Período seco estendido para setembro também.

 

cfs.gif.d8e0524ed1f6d5f59bf0f8bc392708ab.gif

 

O YR indica isso para cá, ontem indicava + de 50mm

 

image.png.44246c72adf91fedfdbfe85094b8d8e7.png

 

E se pegarmos o tempo.com que usa o Euro controle:

 

image.png.9f840ad67fad53e2f3314ba02988f323.png

 

A tendência é que depois dessa passagem de umidade por aqui volte a secar e as temperaturas a subir, a chuva será bem vinda, mas nem de longe resolverá o problema que a América do Sul está passando no geral. Gostaria muito de ser otimista, mas infelizmente não dá.

Eu sempre acreditei que essa umidade toda que teremos para o final de semana não de trata do período úmido já iniciando de maneira precoce, mas sim de uma pausa causada por outras variáveis como a OMJ (que você comentou).

Lembre que no ano passado houve aquela quebra de padrão seco lá para o dia 18 de setembro, porém retomando mais para o final do mês (trazendo aquela onda de calor horrível) e ficando assim por mais duas semanas.

  • Like 13
Link to comment
Share on other sites

Hoje completo uma semana (à exceção de sábado) de muito sol, manhãs quentes, com mínimas entre 13ºC e 16ºC e máximas entre 29ºC e 31ºC, e queda brusca de temperatura depois de 16h30.

 

Extremos de ontem: 16,7ºC / 31,3ºC

 

Não vejo a hora do tempo virar e a chuva chegar.

 

Faz 26,8ºC às 11h23. 

 

Screenshot_20210824-111613.thumb.png.0613232ea634da75ae589143e529d553.png

Edited by ducz
  • Like 15
Link to comment
Share on other sites

Em BH, a primavera traz um súbito aumento de temperatura, que vem se acentuando nos últimos anos e trazendo picos de temperatura maiores. Como o tempo é, inicialmente, seco, temos por característica um período de algumas semanas marcada pelo predomínio de calor, ar seco e fumaça constantes, interrompido por eventuais invasões de ar mais fresco. De vez em quando, pode até fazer frio - o que não tem ocorrido nos últimos anos. 

 

Como dito pelo Renan, há um grande incremento de dinâmica, especialmente no tempo, com o avanço de sistemas chuvosos a partir da segunda quinzena de setembro, principalmente mais pro final mesmo. É nesse período que temos maior possibilidade de frio úmido, que não chega a ser raro. A estação também tem potencial de flutuações intensas de temperatura. Já aconteceu, inclusive, de BH registrar a menor e maior temperaturas do ano (9/33°C) na mesma semana de um setembro recente.

 

Particularmente, gosto mais quando as chuvas se estabelecem de vez, na segunda quinzena de outubro, e temos os primeiros corredores de umidade e atuação da termodinâmica. Raios e trovões passam a ser frequentes. No verão climático, qualquer frente fria medíocre no mar consegue fechar completamente o tempo aqui, pois canaliza a umidade que sobra no norte. Aí vem as ZCAS e tempestades de verão, que têm atuado de forma muito intensa na RMBH nos últimos 2 anos.

 

A média do verão (DJF) é de 900mm em BH. No verão 2019/2020, choveu cerca de 1500mm na área central da capital.

 

O dia começou com 15,8C e já faz 28,3C ao meio dia. Pouca fumaça ainda, céu relativamente azul.

Edited by LeoP
  • Like 18
Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Renan disse:

 

Cidade quente, heim. 😂

 

E já posso te adiantar que não haverá compensação. Pelo menos não em Agosto, hehehe.

 

Mas Setembro tem grandes chances de ser muito menos ruim do que foi o de 2020 -até porque isso não é nada difícil-. Acredito até mesmo em algum frio importante ainda nesse último mês de inverno astronômico. A rodada EPS do Europeu de longo prazo mostra sucessivas invasões de ar frio em Setembro, além de chuvas bem acima da média em muitas áreas do Sudeste até o final do inverno.

 

Para exemplificar, essas são as chuvas até 22 de Setembro:

 

291855458_WhatsAppImage2021-08-23at19_35_32.thumb.jpeg.7130a9e5f8857aa15300a0563528b185.jpeg

 

E aqui as invasões de ar frio:

 

 

Aqui no centro oeste paulista quando resolve esquentar sempre passa dos 35, ainda mais nesses anos agora que o calor vem sem qualquer limite hahaha, ano passado tive vários dias acima dos 40 com um pico de 42.8°C (quando o inmet/ciiagro de várias cidades registrou 42/43 na região em outubro naquela onda de calor), é um horror mesmo. 

 

Sobre setembro e ondas de frio, já vi sub 5 aqui em setembro, em 2012 pelo que me lembro.

 

Enfim que venha mesmo esses refrescos, pq agosto já esfarelou total e só resta reclamar mesmo kkkkk 🤡

Edited by Luke
  • Like 8
  • Haha 3
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

Faixa meio-leste do RS com bastante chuva, em alguns pontos de forte intensidade, com raios e muito vento.

Dia hoje muito escuro, inclusive com iluminação publica acesa. Configuração essa que deve continuar, assim como a precipitação.

A tarde começa fresca, e as máximas vão ser baixas, especialmente nas serras de sudeste, onde em algumas localidades não passa muito dos 10 graus.

 

Alguns acumulados até às 12h:

Bagé: 21,3 mm

Pelotas: 32,8 mm

São Martinho da Serra: 27,2 mm

Restinga Seca: 23,9 mm

Santa Maria: 20,8 mm

 

1892216583_ScreenShot2021-08-24at12_27_51.thumb.png.464b7ed34e5b93c1f6f1ae30d9478193.png

 

812411841_ScreenShot2021-08-24at12_37_20.thumb.png.da4d6163be01da37d3a0f4bd2e8750cb.png

  • Like 15
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, Augusto Göelzer disse:

De longe o dia mais Chernobyl da atmosfera nesse ano:

image.thumb.png.e7e3bee66e5f60110b0f7b465ff26f4b.png

 

Agora mudando de assunto... vejo ultimamente que o fórum ficou muito otimista várias vezes, com previsões de chuvas e frio severo, e nenhuma foi concretizada. Nesse momento que entra a importância de profissionais de meteorologia (que sabem o que estão fazendo). Tinham vários fatores que indicavam que eram previsões totalmente sem pé nem cabeça e ilógicas.

E sobre setembro, não sejam otimistas, o esperado e lógico é que simplesmente o padrão de calor e secura adentre o mês, o EPS está totalmente fora da casinha. A única noticia boa para o euro, é que o ensemble dessa manhã veio sem nenhum período frio na grade de 15 dias, talvez nas próximas rodadas o EPS venha com alguma coerência.

 

Concordo, mas eu devo admitir que hoje em dia é impossível eu ficar otimista com o mês de Setembro. Se eu acredito nessa projeção do EPS ? Com certeza não, mas pelo menos demonstra que tem chances de ser um Setembro um pouco mais dentro da casinha. 

 

Será que teremos mais um Setembro bizarro igual o de 2020 ? Apesar deu não duvidar, acho muito improvável. Se ocorresse algo como Setembro de 2011, já seria um verdadeiro milagre para os padrões atuais.

  • Like 8
  • Thanks 4
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Matheus b Santos disse:

KKK, se vir em outubro. Ultimamente não é de duvidar.

 

Quanto a esse ditado popular "chuva somente em outubro" não concordo, aliás discordo e muito. Setembro é mês do retorno da chuva já para parte do CO e SE, exceto para áreas mais a norte onde ela se espalha em outubro, as chuvas não são restritas somente ao litoral e região leste.

 

Observe os valores médios de agosto:

 

era5_media_brasil_agosto.thumb.png.e66d6f3b7f71abd6ac3dc60e049b6442.png

 

Agora a climatologia de setembro:

 

era5_media_brasil_setembro.thumb.png.ee9e2241d0edfd894a007abbc5eca067.png

 

Muda e não é pouco! Setembro para mim já costuma ser o mês de retorno do período chuvoso, ainda que definitivamente outubro já faça parte do período chuvoso (Out/Abr), ou como alguns dizem período "pré-monção", aliás chove mais em setembro do que em abril aqui.

 

Os acumulados de chuva no Ciiagro daqui demonstram isso: 

 

image.png.f2e74985dec50afbabad249391e6eb3f.png

 

A chuva dobra em comparação com agosto. 

 

O normal mesmo é já chover em setembro, principalmente na segunda quinzena. 

 

Outubro sim, ela se espalha para áreas mais a norte, então essa fala é mais para quem mora mais a norte. 

era5_media_brasil_outubro.png

O retorno das chuvas em Setembro é mais perceptível no estado de São Paulo, Mato Grosso do Sul, oeste do Mato Grosso, sul de Minas, Triângulo Mineiro e no Rio de Janeiro, áreas que ocasionalmente recebem as células de tempestade que se formam no Sul do Brasil, Paraguai, Uruguai e Norte da Argentina. Mais ao norte, as chuvas nesse mês são muito irregulares, chove 30-50 mm ou mais em alguns dias e no restante predomina o tempo seco e quente. As maiores temperaturas anuais em grande parte do Mato Grosso, Tocantins, Goiás, Distrito Federal, oeste da Bahia, sul do Maranhão, do Piauí, centro-norte de Minas Gerais e Espírito Santo ocorrem em setembro.

A partir de Outubro, nas áreas ao norte do paralelo 22S, as chuvas de tornam quase que diárias, a média pluviométrica sobre pra 100-150 mm em várias áreas, no Sul ocorre o pico das CCMs, somente o sertão nordestino e o litoral entre o Maranhão e a Bahia ficam na estiagem. As máximas no Brasil Central saem dos 40-42 graus para 28-29, com a frequente nebulosidade.

Isso em condições normais, porque desde 2019 e nos anos de La nina há um atraso no calendário, e setembro se tornou mais seco até do que agosto, infelizmente a mesma coisa se desenha para este ano, chuvas abundantes, exceto no sul, talvez lá pra novembro.

  • Like 18
Link to comment
Share on other sites

17 horas atrás, Renan disse:

A primavera é minha época favorita. O período que mais me alegra é o do retorno das chuvas , associado com alguns dias frios ainda. A primavera mineira tem alguns dias frios e chuvosos, são inclusive mais comuns do que no inverno. A época com mais dinâmica de tempo e temperatura, por aqui, fica entre o início de Setembro até meados de Novembro. Eu realmente gosto muito dessa época e ela está chegando 🙏🙏

Renan,

eu queria que as chuvas viessem já no mês de setembro, parecido com alguns anos da década de 90 e 1ª década do século XXI. E que não tivesse veranicos prolongados por outubro, a chuva mais distribuída, pode ter onda de calor, mas que chovesse acima da média. Quanto ao mês de novembro, dificilmente decepciona para nossa região(não quero novembros como 1993, 1994, 2009 e 2015 de chuvas abaixo de 90mm)

  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

5 horas atrás, Carlos Campos disse:

Exatamente, geadas severas, q varreram o Sul entre os dias 5 e 8/Agosto de 1963 foram responsáveis pelos incêndios devastadores.

No Paraná foram registradas mínimas extremamente baixas, inclusive na costa oeste, sendo q Guaíra teve a sua mínima absoluta (talvez nem superada na onda de frio de 1975, quando fez -5°C).

Destaques no estado na onda polar (curta) de Agosto/1963:

AirBrush_20210824092335.jpg.8cef1f2f53c0ebd8fa5cafa2d66e8912.jpg

Carlos Campos,

tem grandes chances da mínima de -8,9ºC no dia 06/08/1963 em Palmas, ter sido a mínima absoluta para agosto, com os dados, acho que começaram na década de 20 do séc. XX, outras mínimas na faixa de -8,0  em agosto na estação de Palmas, foram essas:

-8,7ºC dia 21/8/1965

-8,3ºC dia 20/8/1965

  • Like 8
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, jean10lj disse:

Temporal há pouco aqui. Iporã do Oeste/SC. Rajada de 90km/h na estação do topo.

 

jjjjjggffd.thumb.png.0d7647b347582054ce8a7b96bbe7b7dc.png

HHHHFDD.png.71e2ace449b8f084169e71bf4e647f80.png

hhhhhhhjf.thumb.png.a144c04b36818d75b7ed2b417963404b.png

jjjjkgg.thumb.png.bd3bad556dafcd19f04d552db01e53c6.png

 

Aqui quando muda a direção do vento a gente já sabe que a trovoada se intensifica e a chance de cair granizo(pedra) é muito alta.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

35 minutos atrás, marinhonani disse:

Renan,

eu queria que as chuvas viessem já no mês de setembro, parecido com alguns anos da década de 90 e 1ª década do século XXI. E que não tivesse veranicos prolongados por outubro, a chuva mais distribuída, pode ter onda de calor, mas que chovesse acima da média. Quanto ao mês de novembro, dificilmente decepciona para nossa região(não quero novembros como 1993, 1994, 2009 e 2015 de chuvas abaixo de 90mm)

 

No caso de Juiz de Fora, Nani, o mês de Novembro nunca fechou abaixo de 100mm, todos eles tiveram mais de 100mm desde a inauguração da estação no local atual em 1973. Acredito que antes disso , na estação antiga, pode ter havido um Novembro seco. Mas veja por este caso, como que Novembro é realmente muito regular nas chuvas. Eu gosto muito desse mês, me sinto muito bem em Novembro.

 

- Hoje fracassamos novamente em atingir os 30 graus. A máxima ficou em 29,4C.

Isso é bem decepcionante, mas ainda tem de amanhã até Sexta para esse valor ser alcançado.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

16 minutos atrás, marinhonani disse:

Carlos Campos,

tem grandes chances da mínima de -8,9ºC no dia 06/08/1963 em Palmas, ter sido a mínima absoluta para agosto, com os dados, acho que começaram na década de 20 do séc. XX, outras mínimas na faixa de -8,0  em agosto na estação de Palmas, foram essas:

-8,7ºC dia 21/8/1965

-8,3ºC dia 20/8/1965

Grandes chances de ser pois na 31/60 tem também -8,5°C para Agosto:

image.thumb.png.316b58eeb2ad0b266bf3bcfd58dbf487.png

----

A chance de igualar ou quebrar a máxima absoluta mensal em Curitiba continua de pé, pelo multimodel do Wunderground poderemos chegar aos 31°C, Meteoblue aposta em 30°C, o alemão ICON chega a ultrapassar o recorde apostando em 32°C, todos os valores são altos para a capital mesmo em Janeiro, os 33°C pelo GFS beiram absurdo pra Agosto. Amanhã as estações do INMET e SIMEPAR merecem monitoramento.

Edited by RamirezFZ
  • Like 12
Link to comment
Share on other sites

3 minutos atrás, RamirezFZ disse:

Grandes chances de ser pois na 31/60 tem também -8,5°C para Agosto:

image.thumb.png.316b58eeb2ad0b266bf3bcfd58dbf487.png

RamirezFZ,

os dados da normais de 1912 a 1948, do Instituto Coussirat de Araújo, mostra  mínimas bem baixas em agosto de 1948 no RS.

 

Essa tabela com as normais de 1931 a 1960, você copiou do site do INMET!

 

 

  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

23 minutos atrás, marinhonani disse:

RamirezFZ,

os dados da normais de 1912 a 1948, do Instituto Coussirat de Araújo, mostra  mínimas bem baixas em agosto de 1948 no RS.

 

Essa tabela com as normais de 1931 a 1960, você copiou do site do INMET!

 

 

Estava falando de Palmas-PR, não de nenhum local do RS, estou confuso por sua afirmação, o RS nem aparece na seção da normal postada, que NÃO É do site do INMET mas sim a segunda edição com erratas corrigidas do caderno OFICIAL das Normais INMET sob responsabilidade do SADMET/RJ, as planilhas que você vê no site INMET saíram DESTE caderno.

Edit-

Do INMET, neste caderno há isso aqui do RS de Mínimas, os extremos são só durante a normal, se ocorreu algo mais intenso anteriormente, talvez se perdeu no abismo sem fim de dados que é os cadernos oficiais do SADMET ou não havia estação mesmo, do INMET no caso.

image.png.c3d634eba8c8d4edb7a8937efeeb4d1f.png

image.png.b4f0909c210712473ad1d714148c74b9.png

Não entro no debate de alterações de locais das estações, é muita estação pra vasculhar quando mudou e como.

Edited by RamirezFZ
  • Like 9
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

45 minutos atrás, RamirezFZ disse:

Estava falando de Palmas-PR, não de nenhum local do RS, estou confuso por sua afirmação, o RS nem aparece na seção da normal postada, que NÃO É do site do INMET mas sim a segunda edição com erratas corrigidas do caderno OFICIAL das Normais INMET sob responsabilidade do SADMET/RJ, as planilhas que você vê no site INMET saíram DESTE caderno.

Edit-

Do INMET, neste caderno há isso aqui do RS de Mínimas, os extremos são só durante a normal, se ocorreu algo mais intenso anteriormente, talvez se perdeu no abismo sem fim de dados que é os cadernos oficiais do SADMET ou não havia estação mesmo, do INMET no caso.

image.png.c3d634eba8c8d4edb7a8937efeeb4d1f.png

image.png.b4f0909c210712473ad1d714148c74b9.png

Não entro no debate de alterações de locais das estações, é muita estação pra vasculhar quando mudou e como.

RamirezFZ, 

citei o ano de 1948 no RS, porque teve estação lá que também registrou mínima bem baixa em agosto. 

Em SC também teve estações com mínimas bem baixas em agosto de 1948.

No  Paraná, menores mínimas em agosto, foi em anos diferentes da estação de Palmas.

Pode ser que em agosto de 1917, tenha registrado mínimas menores no RS, teve uma onda de frio bem forte.

Obrigado, por ter acrescentado a mínima de -8,5 em agosto de 1948 em Palmas.

Como faço para acessar o SADMET/RJ

 

Edited by marinhonani
  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Uma coisa que eu sempre notava na primavera, essencialmente em novembro era a ocorrência de dias completamente chuvosos... Era aquele momento, na minha infância que eu já encontrava sentidos de percepção do início da estação chuvosa, justamente com isso.

 

Mas nos últimos tempos, apesar de comportado em termos de temperatura, novembro dificilmente vem tendo esses eventos robustos de precipitação, aquela chuva prolongada e moderada que durava o dia inteiro, está totalmente rara, inclusive no verão... Saudades das frentes semi estacionárias e com intensa atividade, dos CCMs primaveris que muitas vezes conseguiam ter influência sobre São Paulo.

 

Outro ponto, é que além da diminuição no número de ZCAS sobre o Estado de São Paulo, eu venho notado que quando ela se forma, a chuva precipitada é cada vez mais aquela pontual quase como uma tempestade de verão (tipo uma madrugada chuvosa, mas já de manhã quase não há precipitação), nem esses sistemas estão conseguindo provocar chuva continua que vai e volta ao longo do dia e por dias a fio... Se não me foge a memória, a última vez que eu vi um evento robusto e prolongado de chuvas, com dias inteiramente chuvosos foi em janeiro de 2017. Após isso, tivemos meses com elevada pluviométria, mas isso com episódios de precipitação forte e volumosa, porém limitada na duração temporal, aqueles dias chuvosos, onde parece que a chuva praticamente não para, virou raridade por aqui. 

Edited by Bruno D
  • Like 18
Link to comment
Share on other sites

52 minutos atrás, marinhonani disse:

RamirezFZ, 

citei o ano de 1948 no RS, porque teve estação lá que também registrou mínima bem baixa em agosto. 

Em SC também teve estações com mínimas bem baixas em agosto de 1948.

No  Paraná, menores mínimas em agosto, foi em anos diferentes da estação de Palmas.

Pode ser que em agosto de 1917, tenha registrado mínimas menores no RS, teve uma onda de frio bem forte.

Obrigado, por ter acrescentado a mínima de -8,5 em agosto de 1948 em Palmas.

Como faço para acessar o SADMET/RJ

 

Sem problemas, a INMET de Palmas era uma ótima estação com longo histórico de um mesmo local, pena que não temos mais ela, 1948 deixou vários registros no Sul, sem dúvidas um ano frio, mais ainda é 1955, aquela onda de frio mastodônica simplesmente aparece em quase metade dos extremos ali hahaha, outro dado interessantíssimo é desse evento em 06/1933 que é pouco comentado, pelos dados, foi extremamente continental e intenso.

 

O SADMET não disponibiliza uma plataforma online (não há nem como), é necessário agendar visita ou requerer algum scan/relatório de algo em particular, no entanto creio que tudo foi movido para o DF já que antes de 1960 a capital era o Rio de Janeiro, seria necessário ligar para o(a) atual responsável pelo escritório em Brasília, o SADMET apenas é responsável por guardar, armazenar e preservar dados físicos, o BDMEP por exemplo é alimentado por dados digitalizados do SADMET. Os livros de normais são disponibilizados com facilidade, no entanto os livros e livretos de observações diárias são apenas in loco, pois há milhares de livros e boletins até anteriores ao INMET em si, como dados meteorológicos do Brasil Imperial donde um usuário antigo do BAZ residente de Brasília trouxe alguns scans de dados muito interessantes, me lembro de ter visto uma normal com -8,2°C de absoluta para Curitiba nos anos 1800~1900.. Duvidoso? Sim. Contestável ou Incontestável? Ambos.

 

Eu tenho aqui apenas o scan do livro da normal 31/60, 2°a edição de 1979 com errata referente à primeira edição da década de 60.

Edited by RamirezFZ
  • Like 4
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

Muito calor hoje na cidade de São Paulo.

Em relação ao tempo, o de sempre: céu esbranquiçado sem nuvens, parecendo uma cobertura total de nuvens altas (Cirrostratus) quando na verdade é o efeito da fumaça em altitude, umidade baixa, etc, etc.

 

Mirante (Aut): 18,1°C / 32,4°C

Mirante (Conv): 17,9°C / 32,6°C

Interlagos: 17,2°C / 31,2°C

IAG: 15,5°C / 32,2°C

 

Na convencional, foi o 5º maior registro de agosto em toda a série.

 

Relembrando os maiores registros de agosto no Mirante:

33,1°C (31/08/1952 e 31/08/1955)

33,0°C (31/08/1963)

32,8°C (28/08/1961)

32,7°C (30/08/2011)

32,6°C (31/08/1994, 29/08/2011 e 24/08/2021)

 

Amanhã, a previsão é de esquentar mais.

  • Like 16
  • Thanks 1
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

2 minutos atrás, Aldo Santos disse:

Muito calor hoje na cidade de São Paulo.

Em relação ao tempo, o de sempre: céu esbranquiçado sem nuvens, parecendo uma cobertura total de nuvens altas (Cirrostratus) quando na verdade é o efeito da fumaça em altitude, umidade baixa, etc, etc.

 

Mirante (Aut): 18,1°C / 32,4°C

Mirante (Conv): 17,9°C / 32,6°C

Interlagos: 17,2°C / 31,2°C

IAG: 15,5°C / 32,2°C

 

Na convencional, foi o 5º maior registro de agosto em toda a série.

 

Relembrando os maiores registros de agosto no Mirante:

33,1°C (31/08/1952 e 31/08/1955)

33,0°C (31/08/1963)

32,8°C (28/08/1961)

32,7°C (30/08/2011)

32,6°C (31/08/1994, 29/08/2011 e 24/08/2021)

 

Amanhã, a previsão é de esquentar mais.

 

São Paulo e Juiz de Fora continuam muito contrastantes, para mim é novidade já estarmos há 10 dias numa dinâmica em que aqui ainda não consegui uma sob-30 sequer, e São Paulo acima de 30 praticamente todos os dias. Meio bizarro.

 

Extremas de hoje na minha estação: 11,3C / 29,4C

Estamos tendo típicos dias de primavera seca por aqui. 

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Bruno D disse:

Uma coisa que eu sempre notava na primavera, essencialmente em novembro era a ocorrência de dias completamente chuvosos... Era aquele momento, na minha infância que eu já encontrava sentidos de percepção do início da estação chuvosa, justamente com isso.

 

Mas nos últimos tempos, apesar de comportado em termos de temperatura, novembro dificilmente vem tendo esses eventos robustos de precipitação, aquela chuva prolongada e moderada que durava o dia inteiro, está totalmente rara, inclusive no verão... Saudades das frentes semi estacionárias e com intensa atividade, dos CCMs primaveris que muitas vezes conseguiam ter influência sobre São Paulo.

 

Outro ponto, é que além da diminuição no número de ZCAS sobre o Estado de São Paulo, eu venho notado que quando ela se forma, a chuva precipitada é cada vez mais aquela pontual quase como uma tempestade de verão (tipo uma madrugada chuvosa, mas já de manhã quase não há precipitação), nem esses sistemas estão conseguindo provocar chuva continua que vai e volta ao longo do dia e por dias a fio... Se não me foge a memória, a última vez que eu vi um evento robusto e prolongado de chuvas, com dias inteiramente chuvosos foi em janeiro de 2017. Após isso, tivemos meses com elevada pluviométria, mas isso com episódios de precipitação forte e volumosa, porém limitada na duração temporal, aqueles dias chuvosos, onde parece que a chuva praticamente não para, virou raridade por aqui. 

 

Olha fevereiro de 2020 aqui em sp foi um mês totalmente chuvoso, quase a totalidade dos dias tiveram precipitação. Sdds inclusive kkk

 

https://g1.globo.com/natureza/noticia/2020/03/03/por-que-fevereiro-de-2020-teve-chuvas-acima-da-media-no-sudeste.ghtml

  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

Hoje a fumaça aliada a algumas nuvens seguraram a temperatura de novo. Ás 17h o céu ficou mais limpo a temperatura teve um pico de 32,4°, mas o resto da tarde foi na casa dos 31°, até caindo para os 30,9° ás 15h. As previsões indicavam uma máxima de 34°/35°/36°, e a do meu celular que costuma ser muito boa para as máximas previa 38°.

Por outro lado a mínima foi muito pior do que qualquer previsão apostava, a horária foi de 25,7°, lembrando aqueles dias da onda de calor entre setembro e outubro do ano passado.

Por volta das 14:50:IMG_20210824_145240_copy_3000x2250.thumb.jpg.c4221d53c466e73dfb78e08f10281ed3.jpg

  • Like 12
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Como dito pelos colegas. O nível de fumaça no céu foi tão grande hoje em sp que o sol por volta das 5 se pos antes do horizonte,como um dimmer ficou tudo no lusco-fusco como se estivéssemos com MM, acho que é o caso de FM, fumaça maledeta.

 

 Nessa foto das 18:15 da p ver a densidade do problema. 

 

20210824_181756.jpg

  • Like 13
  • Sad 4
Link to comment
Share on other sites

1 minuto atrás, Renan disse:

 

São Paulo e Juiz de Fora continuam muito contrastantes, para mim é novidade já estarmos há 10 dias numa dinâmica em que aqui ainda não consegui uma sob-30 sequer, e São Paulo acima de 30 praticamente todos os dias. Meio bizarro.

 

Extremas de hoje na minha estação: 11,3C / 29,4C

Estamos tendo típicos dias de primavera seca por aqui. 

 

Aqui, estamos bem no caminho do jato de baixos níveis, que está trazendo ar quente para o Centro-Oeste, PR, SP, oeste de SC...

 

A automática de Curitiba registrou 29,9°C hoje, encostando nos 30°C, que é uma marca bem alta para agosto lá.

 

Apiaí registrou 30,9°C na maior leitura de 20 em 20 minutos na estação do CIIAGRO.

A máxima sai amanhã e pode ter batido nos 31°C.

 

Capão Bonito, também no planalto e também no SO paulista, registrou 31,9°C também na leitura máxima de 20 em 20 min (CIIAGRO).

 

Presidente Prudente, no oeste paulista, registrou 37,6°C hoje.

Esta é a maior marca para agosto desde, pelo menos, 1961.

 

E por aí vai...

São temperaturas muito acima do normal para a época.

  • Like 11
  • Thanks 4
  • Sad 4
Link to comment
Share on other sites

2 minutos atrás, Aldo Santos disse:

 

Aqui, estamos bem no caminho do jato de baixos níveis, que está trazendo ar quente para o Centro-Oeste, PR, SP, oeste de SC...

 

A automática de Curitiba registrou 29,9°C hoje, encostando nos 30°C, que é uma marca bem alta para agosto lá.

 

Apiaí registrou 30,9°C na maior leitura de 20 em 20 minutos na estação do CIIAGRO.

A máxima sai amanhã e pode ter batido nos 31°C.

 

Capão Bonito, também no planalto e também no SO paulista, registrou 31,9°C também na leitura máxima de 20 em 20 min (CIIAGRO).

 

Presidente Prudente, no oeste paulista, registrou 37,6°C hoje.

Esta é a maior marca para agosto desde, pelo menos, 1961.

 

E por aí vai...

São temperaturas muito acima do normal para a época.


O pico do calor ocorrendo mais uma vez em SP, MS, norte do PR…mudanças do clima mais notórias nesta ampla região…

  • Like 11
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.