Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Agosto/2021


Recommended Posts

1 hora atrás, LucasFSopranos disse:

O cenário que se desenhou na rodada do ECMWF 12z da próxima MP no fim de agosto é o melhor até agora pra minha região. Chuva boa e com temperatura entre 12 e 14°C. Tomará que aconteça isso, se não na mesma intensidade no frio, pelo menos com alguma chuva.

 

Dia 28:

 

image.png.01f2579961e367009c2c595cd7bd7766.png

image.png.1a2b9622c845c5d8f8c08cd0c1a158e1.png

 

 

É bem preocupante a quantidade de incêndios ainda no mês de Agosto por aqui. Dias atrás, a cidade tava com um cheiro forte de animais queimados provavelmente por causa do fogo que deu em uma mata fechada aqui perto. Se está assim agora, imagino no mês de setembro e início de outubro quando de fato o calor se intensifica.

MP Marítima, as temperaturas aumentam no oeste na mesma latitude. 

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

40 minutos atrás, Luide Luckmann disse:

Já é o terceiro ano de la niña,sendo portanto o terceiro ano seguido com picos de calor acentuados. Nada mais auto-explicativo. O leste da região sul segue inatingível kkkkkkkk 

 

Não é o 2°?

***

Tivemos uma boa surpresa aqui em Pombal. Agora pouco passou uma pancadinha rápida, não foi grande coisa mas não havia chovido neste agosto ainda. Pelo radar da APAC se formaram alguns núcleos de chuvas mais fortes entre o Pajeú do Pernambuco e a região de Monteiro no Cariri da PB.

Screenshot_20210820-192651.png.7ceb85ba1935ff291c47e30de5c74a01.png

  • Like 17
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

O Brasil tem uma dinâmica idêntica aos EUA na trajetória das ondas de frio, que podem ficar mais a leste ou mais a oeste, e também mais no meio, julho de 2010 por exemplo teve temperatura de um dígito em Cuiabá, e máxima de 13 C, e não teve sub-10 no Mirante em Sampa, e o que dizer da onda de frio que provocou -18 C em Dallas em fevereiro último, mal baixou de 0 C em Nova York, uma onda de frio que atinge a Califórnia com força não atinge a Costa Leste dos EUA,  e vice-versa, no Brasil em julho de 2017 Brasília esfriou melhor na marítima do começo do mês que na continental do meio do mês, mesmo longe do litoral, Goiânia que é pertinho se saiu melhor na continental, como Patrocínio e Uberaba, no Triângulo Mineiro, respectivamente. 

Edited by Leandro Leite
  • Like 11
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Ontem e hoje em Londrina as máximas ficaram na casa dos 32°C. Nas áreas altas da cidade (distritos acima de 700m), em torno de 30-31°C. 

 

Indo para Varginha hoje pude observar bem as temperaturas. Fazia 33°C em Jaú por volta das 13:30. Em Poços de Caldas, às 16:30, apenas 26°C. 

 

Em Varginha agora faz 19/20°C. Nas baixadas abaixo de 14/15°C. Mínima de 11.5°C e máxima de 28°C hoje. Nas baixadas segue frio de manhã, com mínimas de até 5-7°C e máxima de 28-30°C como em Coqueiral.

  • Like 17
Link to comment
Share on other sites

29 minutos atrás, Augusto Göelzer disse:

154.thumb.png.cf69cb4bb0eed2c9ab3515bdda2d514c.png

 

Mal deu um ano. O tórrido 2019 tivemos El Niño fraco e um terço de 2020 com neutro positivo.

Fazendo uma média de todo esse período, fica neutro-frio e não acima da média. Tá mais pra uma longa la niña com um intervalo de leve aquecimento. O comportamento do clima é de la niña, com chuva abaixo da média e pulsos de frio intensos(vide jul2019,ago2020,jun e jul2021). O que claro não inviabiliza pulsos de frio fortes em anos de el niño forte, como 2016. Tanto é que o verão de 2018, nas estações que tenho tabeladas foram frios. No Morro da Igreja foi o fevereiro mais frio já registrado

Edited by Luide Luckmann
  • Like 6
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Máxima de 34,5°C | 39,6% (provavelmente passou dos 35°C, só amanhã para ter certeza).

 

O que me consola é de que semana que vem chega o refresco, com uma boa chuva, claro que o cenário ainda pode mudar, mas já vem há alguns dias se mantendo desta maneira:

image.png.69ac9d7f87c3c95fb94f19446a6a17b2.png

 

Pela previsão, amanhã dá uma leve refrescada (se é que pode chamar isso de refresco) na máxima e uma diminuída na mínima. Às 19:40, continua quente, faz 21,7°C | 97,3%. A sensação já é de verão, porém sem as chuvas dos finais de tarde.

  • Like 15
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

Quarto dia quente em SC, com queda nas máximas. Diminuiu o calor no sul, um pouco na Serra e Oeste. No Nordeste foi mais quente que ontem.

 

34,23°C - Caibi/Linha Roversi

34,2°C - Mondaí/Cooper A1 e Linha Catres

34,11°C - Caibi/Foz do Chapecó

34,1°C - Itapiranga/Linha Presidente Becker Baixa

34,03°C - Corupá/Santa Isabel

 

No Vale do Itajaí, as máximas ficaram entre 28°C e 32°C.

 

A mínima ficou ainda mais alta em relação a ontem: 5,8°C em Fraiburgo/Liberata/PWS.

 

A previsão é que o tempo continue mais ou menos assim.

 

Break Racket GIFs - Get the best GIF on GIPHY

  • Like 19
  • Haha 3
Link to comment
Share on other sites

 1955,1965,1975,1988,1996,2000, 2007 chama a atenção. Em 2009 teve um el niño curto, parecido com 2019 pra depois entrar em la niña em 2011. 2009 eu sei que teve um episódio de calor muito intenso no norte da Argentina no mês de outubro. 1999 teve um apisódio de calor que durou do dia 29/08 ao dia 7/9 na convencional de São Joaquim, e bateu 26°C. Isso num ano de la niña

Ver a imagem de origem

Edited by Luide Luckmann
  • Like 6
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

10 horas atrás, fredericowessel disse:


Incomum não é, mas confesso que essa foi uma das madrugadas mais quentes que já vi. Pessoal que é mais ligado nos dados, pode confirmar.
Saí para pedalar pelas 4h40min e era um calor impressionante. Pouquíssimos trechos com temperatura mais baixa, na verdade, peguei um trecho de menos de 1 km que devia estar nuns 20°C. De resto, 27°C/28°C para mais.

 

MINHA ESTAÇÃO EM PORTÃO/RS FICOU OFFLINE COM 27.3°C AS 1:00, TAVA SUBINDO FORTEMENTE E QUEM SABE PODE TER TRINTADO NESSA HORA AÍ, CAMPO BOM TEVE 30.2°C

CONHECE A LEI DE MURPHY? ESTA NÃO FALHA NUNCA.

  • Like 12
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Luide Luckmann disse:

Já é o terceiro ano de la niña,sendo portanto o terceiro ano seguido com picos de calor acentuados. Nada mais auto-explicativo. O leste da região sul segue inatingível kkkkkkkk 

Ano passado tivemos dias seguidos com 32°C à 36°C  generalizados no sul, centro e leste de MG, leste de SP e serras do Rio e ES em Out e Nov, com picos de 37 e até 38°C em alguns locais em Outubro e Novembro.

 

Respeite nosso calor indiano🤔 🤣 

  • Like 3
  • Haha 7
Link to comment
Share on other sites

Ontem eu bebia chopp pra me manter vivo, hoje troquei para o vinho pois esfriou bastante

Durante a tarde em Lajeado não passou de 19°C, e agora chove

 

No sul do estado e em algumas cidades serranas como Soledade e São Francisco de Paula, as máximas foram muito inferiores ao nordeste do estado, ou a elas mesmas ontem. As menores:

 

1007748986_ScreenShot2021-08-20at20_42_50.png.994d3e5d0d1e3496b25b38c6515a09d0.png

  • Like 17
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

Boa noite a todos,

 

Hoje a temperatura subiu um pouco e ultrapassou os 25˚C pela terceira vez neste mês. Extremos do dia: 14,3˚C/ 25,6˚C.

 

Agosto/21 ainda continua com anomalia negativa de cerca de um grau na contabilidade destes 20 primeiros dias. Médias: 12,5˚C/ 21,7˚C - 16,1˚C.

 

Como o @Renan já comentou, a cada dia vai ficando mais difícil reverter esta anomalia negativa do mês. Então podemos ter mais um agosto abaixo da média por aqui.

 

Vamos ver o que nos aguarda neste final de mês. As previsões têm mudado com muita frequência. Para mim isso é um sinal que os modelos meteorológicos não estão incorporando importantes variáveis que determinam as condições de tempo.  Quais seriam estas variáveis? Uma questão interessante.

 

Mas como levantar esta discussão hoje em dia é quase pecado mortal (rsrs), eu vou ficando na expectativa e na intuição que setembro vai começar com frio mesmo, revertendo as fortes anomalias positivas observadas nos últimos dois anos para este mês aqui em JF.

 

No momento céu claro, vento N a 6 km/h: 18,3˚C/ 63%. 

Dentro de casa já temos 22˚C, bem mais quente que os últimos dias, mas ainda confortável, quase friozinho.

Edited by sjmolive
  • Like 15
Link to comment
Share on other sites

Hoje o calor foi mais intenso que ontem aqui no vale, após começar o dia com nevoeiro e mínima de 17,1ºC tivemos um dia de céu nem tão azul por conta da fumaça em altura e a temperatura se elevou até os 32,4ºC, maior temperatura pra um mês de agosto desde 2017.

image.thumb.png.dc0854ce075dac5388bc30bdac9b45d7.png

 

De tarde entrou um vento mais fresco pelo leste/sudeste e com isso, mesmo com o calorão da tarde, a temperatura dos ambientes está agradável. Em altura ficou bem notável essa mudança de ares, gráfico do Morro do Baú (820m):

image.thumb.png.ce39c887b91c9f9b130a9d96d7c3b309.png

 

O tempo seco seguirá amanhã, mas com temperaturas bem melhores. Às 22:40 faz 17,8ºC com 95% em Blumenau. 

  • Like 17
Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, LeoP disse:

Mais um dia tranquilo aqui, típico da segunda quinzena de agosto, com friozinho à noite e ao amanhecer e calor leve à tarde. Pampulha teve variação 13,6 / 27,9C. O que está desconfortável é a UR, que bateu os 21% na segunda metade da tarde, péssimo. Fico imaginando como é nesses locais em que essa umidade vem com 10ºC a mais - apesar que, na histórica onda de calor do ano passado, tivemos uns 2/3 dias nessas condições. Insalubre.

 

Sobre essa previsão lançada acima, seria um período extremamente longo de calor intenso para a Argentina, simplesmente a primavera e o verão inteiros seriam sob intensa anomalia positiva. Pra variar, como tenho dito, o miolo oeste de SP + triângulo mineiro + sul de GO + MS seria duramente afetado por ondas de calor na primavera.

 

Outro ponto interessante é a previsão de temperaturas bem abaixo da média no centro-norte do país no verão, o que é sinônimo de muita chuva. Mas isso é só pra divertir, essas previsões são loteria pura.

 

O que não é loteria é a grade de 15 dias pra BH, que está boa: além de não colocar calor relevante para os próximos dias, prevê chuva e o retorno do inverno perto da virada do mês:

 

sss.png.f7953ec0578c7e29fc6ef6d019dde669.png

 

Como eu queria um setembro dominado pelos ventos de leste, sem aquela fornalha toda. Mas uma hora ela chega aqui também, não consigo imaginar um mês de setembro sem esse maçarico mais.

 

 

Quase não tem jeito de escapar, o predomínio até pode ser dos ventos de leste, mas basta uma pré frontal para a bolha de ar quente ser soprada do centro do país para BH. Pelo menos uns 2 dias nesta condição vão ser garantidos sempre que parte do brasil estiver pegando fogo. 

 

Acho que a nossa chance é somente se alguma frente fria conseguir esfriar o brasil central e principalmente levar chuva pra lá de forma precoce, especialmente no MT e no MS, daquelas que sequer deixam nosso estado em pré frontal e a gente nem percebe que elas existem. Porque aí, quando uma FF mais forte vier, a pré frontal já não iria drenar uma massa de ar tão quente pra cá, seria bem mais suave. 

 

Estava pensando aqui, já tem anos que não temos um mês de setembro mais chuvoso. Acima da média, o último foi 2018. Mas muito acima da média mesmo, acho que o último foi em 2008 ainda. Mas é algo bem raro o período chuvoso começar de forma precoce e intensa. 

  • Like 12
Link to comment
Share on other sites

Temperaturas extremas durante el dia de ayer en Montevideo (Melilla):

 

MÁXIMAS Y MÍNIMAS AYER
TEMP MÁXIMA
16.67 a las 09:50:00
TEMP MÍNIMA
7.61 a las 22:28:00

 

 

Notar que la maxima fue antes de las 10 de la mañana, llego el frente frio y bajo abruptamente la temperatura y ademas de garuar abundante y por varias horas la temperatura en el correr de la tarde se mantuvo en unos 11°C, hasta el atardecer donde tuvimos un poco de sol y la minima se alcanzo pasadas las 10 de la noche en el medio de una noche cubierta,  fria, humeda y neblinosa.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

Hoy tuvimos un dia hermoso, soleado, con cielo bien celeste "brigadeiro", definicion perfecta de "primaveral", la maxima fue de 17°C en la estacion Prado y de aproximadamente 18°C en la estacion Melilla; la minima fue de 8°C en la estacion Prado y de aproximadamente 5°C en la estacion Melilla.

 

Actualmente tenemos una noche fria y despejada, con un poco de neblina y humedad, 6°C en la estacion Melilla, 8,9°C en la estacion Prado a las 23hrs.

 

image.png.509a96dc9c0ca852fdf8eec61c3bed4b.png

 

image.png.1681f652b075bcc0fbb54f63367e8d1c.png

 

UBICACIÓN
MELILLA (Montevideo)  Latitud  -34.92 Longitud -56.25 Elevacion 60 m
TIPO
Estación Meteorológica automática 24hs
ULTIMA ACTUALIZACIÓN
2021-08-20 23:15:00      El Sol sale a las: 07:17:00       Se Oculta a las : 18:17:00
DATOS ACTUALES
TEMP EXTERIOR
6.0 C

 

  • Like 16
Link to comment
Share on other sites

Em 19/08/2021 em 13:49, marinhonani disse:

Wallace Rezende, 

a mínima de 4,2ºC no dia 31/07/2021, acho que foi recorde na automática de Teresópolis. Você sabe se teve alguma mínima em julho, bem próximo desses 4,2ºC

 

Esses 4,2ºc do dia 31/07 superaram o recorde mensal anterior de 4,8ºc em julho de 2008, e também o recorde absoluto anterior de 4,5ºc em junho de 2009 (2006/presente), mas continua sendo uma marca relativamente ruim para mínima absoluta, bem acima do potencial local.  Mesmo no podre padrão climático atual, um evento com alguma relevância histórica (como 07/2000) provocaria uma mínima absoluta provavelmente entre 2ºc e 3ºc. No início do século XX, uma estação também em encosta conseguiu 0,1ºc por lá.

 

Além de Teresópolis, as automáticas de Duque de Caxias/Xerém e Seropédica (na RM) também quebraram seus recordes de mínima no dia 31/07/2021, com 7,5ºc e 8,2ºc.  Na cidade do Rio, infelizmente o evento foi um grande fracasso, com sol durante o dia para impedir uma máxima baixa e nuvens durante a noite eliminando qualquer chance de uma mínima relevante.  Nenhuma estação da cidade do Rio registrou sequer a mínima do ano (que já não foi grande coisa na maior parte da cidade) neste evento do final de julho.

 

 

Até eu, que estava com expectativas bem baixas, consegui me frustrar um pouco com o evento do final de julho no Rio e Niterói; foi um alinhamento perfeito para impedir marcas decentes sob um frio em altura razoável para os padrões locais, evento que poderia ter provocado marcas melhores.

 

O calor atual é prolongado para os padrões de agosto (tivemos a máxima do mês nesta sexta, com até 34ºc nos bairros mais quentes e 29,6ºc no aero Santos Dumont, causando sensação de desconforto), e as mínimas nas áreas mais urbanizadas já não descem mais dos 20ºc também (além dos topos e encostas), mas o que chama a minha atenção é que os modelos começaram a incrementar a chuva prevista para o final do mês, e pelas previsões atuais (ainda pouco confiáveis, mais uma tendência) agosto se tornaria facilmente o mês mais chuvoso do “inverno” de 2021 no Rio de Janeiro.

 

O curioso é que, apesar de agosto ser o mês mais seco do inverno (nas normais desde 1961, 1971, 1981 e 1991), 2021 poderá ser o quarto ano seguido com agosto registrando o maior índice pluviométrico da estação (falta pouco para isso, uns 10 mm mais ou menos na média de toda a cidade).  Ano passado, um evento de chuva frontal em agosto quebrou recordes de precipitação diária para o mês no centro da cidade do Rio (mais de 70 mm) e no Alto da Boa Vista (mais de 200 mm em 24 horas), entre os dias 21 e 22.

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 13
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

39 minutos atrás, Wallace Rezende disse:

 

Esses 4,2ºc do dia 31/07 superaram o recorde mensal anterior de 4,8ºc em julho de 2008, e também o recorde absoluto anterior de 4,5ºc em junho de 2009 (2006/presente), mas continua sendo uma marca relativamente ruim para mínima absoluta, bem acima do potencial local.  Mesmo no podre padrão climático atual, um evento com alguma relevância histórica (como 07/2000) provocaria uma mínima absoluta provavelmente entre 2ºc e 3ºc. No início do século XX, uma estação também em encosta conseguiu 0,1ºc por lá.

 

Além de Teresópolis, as automáticas de Duque de Caxias/Xerém e Seropédica (na RM) também quebraram seus recordes de mínima no dia 31/07/2021, com 7,5ºc e 8,2ºc.  Na cidade do Rio, infelizmente o evento foi um grande fracasso, com sol durante o dia para impedir uma máxima baixa e nuvens durante a noite eliminando qualquer chance de uma mínima relevante.  Nenhuma estação da cidade do Rio registrou sequer a mínima do ano (que já não foi grande coisa na maior parte da cidade) neste evento do final de julho.

 

 

Até eu, que estava com expectativas bem baixas, consegui me frustrar um pouco com o evento do final de julho no Rio e Niterói; foi um alinhamento perfeito para impedir marcas decentes sob um frio em altura razoável para os padrões locais, evento que poderia ter provocado marcas melhores.

 

O calor atual é prolongado para os padrões de agosto (tivemos a máxima do mês nesta sexta, com até 34ºc nos bairros mais quentes e 29,6ºc no aero Santos Dumont, causando sensação de desconforto), e as mínimas nas áreas mais urbanizadas já não descem mais dos 20ºc também (além dos topos e encostas), mas o que chama a minha atenção é que os modelos começaram a incrementar a chuva prevista para o final do mês, e pelas previsões atuais (ainda pouco confiáveis, mais uma tendência) agosto se tornaria facilmente o mês mais chuvoso do “inverno” de 2021 no Rio de Janeiro.

 

O curioso é que, apesar de agosto ser o mês mais seco do inverno (nas normais desde 1961, 1971, 1981 e 1991), 2021 poderá ser o quarto ano seguido com agosto registrando o maior índice pluviométrico da estação (falta pouco para isso, uns 10 mm mais ou menos na média de toda a cidade).  Ano passado, um evento de chuva frontal em agosto quebrou recordes de precipitação diária para o mês no centro da cidade do Rio (mais de 70 mm) e no Alto da Boa Vista (mais de 200 mm em 24 horas), entre os dias 21 e 22.

 

 

 


Por incrível que pareça, realmente o máximo do potencial de frio no leste do Sudeste ainda não foi demonstrado pela MP do final de Julho. Por exemplo, embora tenha sido de forma geral o evento mais relevante desde Julho de 2000, nas décadas de 80 e 90 as maiores massas polares trouxeram marcas de 3,3 e 3,1C para o INMET de Juiz de Fora, ante os 5,5C registrados agora. Estamos falando de uma boa diferença aqui ! Continuamos naquele jejum incômodo de falta de sub-5 na estação de topo. Isso me faz crer que o frio em altura nos eventos de 1985, 1994 e 2000, foram ainda mais grandiosos do que este recente. Se o Rio de Janeiro teve temperatura próxima de 0C em 850hpa agora, então certamente negativou em 850 nesses eventos passados. 

 

E a chuva de Agosto poderá ser mesmo muito relevante, pois as projeções para a próxima frente fria são bem impressionantes. Resta aguardar se vai ser isso tudo mesmo. 

  • Like 15
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

A beleza do momento em q o Sol salta a linha do horizonte por detrás das montanhas é o q compensa o quadro tenebroso q, não aki, mas em outras partes do oeste e noroeste assola.

Não fosse a paisagem, com pinheiros, montanhas e até o frescor das primeiras horas do dia, eu não acharia nada bonito esse quadro.20210821_072058.gif.a47fb176747e8ccc5ba1a4b9c9c39a82.gif

  • Like 18
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

Hoje não houve formação de nevoeiro mas apenas uma névoa e o vento não cessou em altitude, devido à perturbação mais ao sul e sudeste da nossa região.

Mínima 9,1°C e novamente 5,1°C relva.

AirBrush_20210821073617.thumb.jpg.9c77597dc1675a2db2af8b71f640bf82.jpgAirBrush_20210821073424.thumb.jpg.328d021a3fa92dc81e75990c5da611d8.jpg

Ao nascer do Sol já 10,3°C e relva ainda em 5,4°C.

Calor de 29/30°C no período da tarde.

Bom dia...

  • Like 19
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, Renan disse:


Por incrível que pareça, realmente o máximo do potencial de frio no leste do Sudeste ainda não foi demonstrado pela MP do final de Julho. Por exemplo, embora tenha sido de forma geral o evento mais relevante desde Julho de 2000, nas décadas de 80 e 90 as maiores massas polares trouxeram marcas de 3,3 e 3,1C para o INMET de Juiz de Fora, ante os 5,5C registrados agora. Estamos falando de uma boa diferença aqui ! Continuamos naquele jejum incômodo de falta de sub-5 na estação de topo. Isso me faz crer que o frio em altura nos eventos de 1985, 1994 e 2000, foram ainda mais grandiosos do que este recente. Se o Rio de Janeiro teve temperatura próxima de 0C em 850hpa agora, então certamente negativou em 850 nesses eventos passados. 

 

E a chuva de Agosto poderá ser mesmo muito relevante, pois as projeções para a próxima frente fria são bem impressionantes. Resta aguardar se vai ser isso tudo mesmo. 

Bom dia Renan...

Não sei quanto aos eventos de 94 e 2000, mas de 85 eu tenho dados de Campos do Jordão (mais ao sul, claro) em q teve variação de -3/5°C no primeiro dia do evento, quando nevou no Itatiaia.

Esses valores foram com advecção polar intensa, então a linha de -2 ou até -3°C cruzou o leste do estado de São Paulo, já q o frio não foi por irradiação na região. Reanálises desses eventos podem dizer se sim ou se não. 

Embora essa MP de Julho/85 tenha passado muito rápido aki no leste do Paraná, ao menos a parte do efeito "continental", foi tão poderosa quanto a do final de Agosto de 1984 (quando nevou em muitas cidades do Sul (POA) também no sul/sudeste do Paraná, incluindo o sul de Curitiba, ainda q fraca e se não me falha a memória, na região de Cascavel tbm).

Vc falou sobre as mínimas, q em 1985 e 2000 foram na faixa de 3°C em JF no topo e neste último evento de Julho mal chegou aos 5°C e concordo q apesar da amplitude da área atingida, não se compara com os outros citados. Tanto é vdd q Curitiba não chegou à -1°C no INMET. 

Em 1984 Curitiba beirou -3°C

1985 fez -2,5°C

2000 fez -3°C 

2013 -2°C

Então tanto em JF quanto em Curitiba, não teve nada de histórico. O q houve foi muito efeito de advecção polar (máximas baixas com Sol e geada ampla). Aliás, lembro q em 1991/1993 e 1994 as geadas atingiram o centro de Curitiba. A área mais central e urbanizada da cidade: Praça Tiradentes.

  • Like 17
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

6 horas atrás, Renan disse:


Por incrível que pareça, realmente o máximo do potencial de frio no leste do Sudeste ainda não foi demonstrado pela MP do final de Julho. Por exemplo, embora tenha sido de forma geral o evento mais relevante desde Julho de 2000, nas décadas de 80 e 90 as maiores massas polares trouxeram marcas de 3,3 e 3,1C para o INMET de Juiz de Fora, ante os 5,5C registrados agora. Estamos falando de uma boa diferença aqui ! Continuamos naquele jejum incômodo de falta de sub-5 na estação de topo. Isso me faz crer que o frio em altura nos eventos de 1985, 1994 e 2000, foram ainda mais grandiosos do que este recente. Se o Rio de Janeiro teve temperatura próxima de 0C em 850hpa agora, então certamente negativou em 850 nesses eventos passados. 

 

E a chuva de Agosto poderá ser mesmo muito relevante, pois as projeções para a próxima frente fria são bem impressionantes. Resta aguardar se vai ser isso tudo mesmo. 

 

O aeroporto de Rio Preto, que é TOPÃO e Centro da cidade, registrou nestes 3 eventos mínimas de 4°C.

Em 2000 parece que foi 2°C e em 94 foi 0°C.

Sim...

O Sudeste já teve episódios de muito mais frio.

Só que este ano foi bom. Conseguimos ficar dentro ou abaixo da média no junho/julho.

  • Like 16
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

24 minutos atrás, Maicon disse:

 

O aeroporto de Rio Preto, que é TOPÃO e Centro da cidade, registrou nestes 3 eventos mínimas de 4°C.

Em 2000 parece que foi 2°C e em 94 foi 0°C.

Sim...

O Sudeste já teve episódios de muito mais frio.

Só que este ano foi bom. Conseguimos ficar dentro ou abaixo da média no junho/julho.

Gfs continua a insistir em bons acumulados para a região na virada para setembro.

Seria o primeiro evento significativo de precipitação desde a frente da primeira quinzena de junho na  qual tivemos acumulados entre 8 e 15 ml.

Screenshot_2021-08-21-08-37-37-332_com.windyty.android.jpg

  • Like 15
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Alberto Hanauer disse:

Gfs continua a insistir em bons acumulados para a região na virada para setembro.

Seria o primeiro evento significativo de precipitação desde a frente da primeira quinzena de junho na  qual tivemos acumulados entre 8 e 15 ml.

Screenshot_2021-08-21-08-37-37-332_com.windyty.android.jpg

 

DESTA VEZ VEM MESMO...

EUROPEU SEGUE NA MESMA LINHA...

FALTANDO APENAS 5 DIAS, JÁ DÁ PRA BATER O MARTELO.

 

ICON, NO MULTIMODEL TBM INDICANDO RETORNO DAS CHUVAS.

 

Screenshot_20210821-095141_Gallery.thumb.jpg.e9e57d8cdc7c07f18c40017ecb3db80a.jpg

  • Like 13
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

22 horas atrás, Wallace Rezende disse:

 

Esses 4,2ºc do dia 31/07 superaram o recorde mensal anterior de 4,8ºc em julho de 2008, e também o recorde absoluto anterior de 4,5ºc em junho de 2009 (2006/presente), mas continua sendo uma marca relativamente ruim para mínima absoluta, bem acima do potencial local.  Mesmo no podre padrão climático atual, um evento com alguma relevância histórica (como 07/2000) provocaria uma mínima absoluta provavelmente entre 2ºc e 3ºc. No início do século XX, uma estação também em encosta conseguiu 0,1ºc por lá.

 

Além de Teresópolis, as automáticas de Duque de Caxias/Xerém e Seropédica (na RM) também quebraram seus recordes de mínima no dia 31/07/2021, com 7,5ºc e 8,2ºc.  

 

Wallace Rezende,

no dia 31/7/2021, quando a automática de Seropédica, registrou 8,2ºC, fui pesquisar outras mínimas baixas na estação convencional para fazer uma comparação, achei três mínimas menores.

 

6,5ºC dia 1º/06/1979

 

7,3ºC dia 10/07/1994

 

8,1ºc  dia 27/06/1994

 

Na estação de Xerém/Caxias, eu desconfiava que os 7,5ºC era recorde, mas esqueci de pesquisar os anos passados da estação.

 

As duas massas polares que provocaram geadas em Minas e interior de SP, foi bem mediana em termos de mínimas, em parte do Noroeste do Rio(divisa com Minas), parte da Zona da Mata de Minas, que pega uma faixa que vai de Muriaé, Viçosa, Caparaó, as menores mínimas nessas três cidades, ficaram muito aquém de outros eventos de frio em vários anos.

 

4,2, foi a menor em Caparaó( julho de 2000 teve 0,5 no mês julho 2007 foi 1,4)

 

6,0ºC, foi a menor em Viçosa (9 de junho de 1997, marcou 2,1ºC e julho de 2000 teve 2,5ºC )

 

10,2 a menor em Muriaé ( julho de 2000 teve 6,3)

 

A madrugada de hoje, quem brilhou, foram as estações em baixadas no interior de Minas e no RJ.

 

Carmo caiu de 30,0 para 10,2 hoje

 

Cambuci caiu de 30,9 para 13,1

 

Muriaé caiu de 29,8 para 13,1( estação no topo de morro).

 

Salinas/Friburgo caiu de 24,2 para 3,6 hoje

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Edited by marinhonani
  • Like 13
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde a todos. A sequência de dias quentes por aqui está assim:

 

17/08: 13,3ºC / 29,6ºC
18/08: 15,3ºC / 31,5ºC
19/08: 15,6ºC / 31,1ºC
20/08: 14,9ºC / 31,1ºC

 

Hoje o calorão deu uma trégua, por enquanto. A máxima até aqui foi 22,1ºC, às 9h, quando a neblina chegou e a temperatura caiu.

 

1698454844_Screenshot_20210821-1158082.thumb.png.a105ea231f15932e1a1cb72f035d96cd.png

 

Sul da RMSP, ao meio-dia:

 

- CGE Capela do Socorro: 24,9ºC

- CGE Parelheiros: 25,5ºC

- CGE Marsilac: 24,7ºC

- CGE Riacho Grande: 25,5ºC

- Paranapiacaba: 17,7ºC

 

2004104843_Screenshot_20210821-1201492.thumb.png.932fa5216f2a3e5b70ba0d363c099b26.png

  • Like 16
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

18 horas atrás, LucianoD disse:

Eita

 

" A projeção do NMME indica que os próximos meses devem ser extremamente quentes, em um cenário de enormes ondas de calor com recordes, no Centro da Argentina. O modelo concentra as anomalias muito positivas em províncias como Córdoba, Santa Fé, Entre Rios, Corrientes e Buenos Aires. A região de temperatura acima da média se estende ao Sul do Brasil com anomalias muito positivas no Oeste. "

 

0C54D63A-F7A9-455E-96BC-2F9DE6A71C50.jpe

 

91E46F6A-3FF7-4DF5-82DB-6A5C6710F603.jpe

 

 

 

https://metsul.com/calor-intenso-em-agosto-e-prenuncio-de-verao-muito-quente/?fbclid=IwAR1pYKZXkY15baglhDl9z8CUAFUQNxeS6ubYx7V3kJ4idRt9OnkgwGMChB8

 

 

As vezes eu acho que a MetSul vive em um mundo paralelo...

  • Like 6
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

7 horas atrás, Carlos Campos disse:

Bom dia Renan...

Não sei quanto aos eventos de 94 e 2000, mas de 85 eu tenho dados de Campos do Jordão (mais ao sul, claro) em q teve variação de -3/5°C no primeiro dia do evento, quando nevou no Itatiaia.

Esses valores foram com advecção polar intensa, então a linha de -2 ou até -3°C cruzou o leste do estado de São Paulo, já q o frio não foi por irradiação na região. Reanálises desses eventos podem dizer se sim ou se não. 

Embora essa MP de Julho/85 tenha passado muito rápido aki no leste do Paraná, ao menos a parte do efeito "continental", foi tão poderosa quanto a do final de Agosto de 1984 (quando nevou em muitas cidades do Sul (POA) também no sul/sudeste do Paraná, incluindo o sul de Curitiba, ainda q fraca e se não me falha a memória, na região de Cascavel tbm).

Vc falou sobre as mínimas, q em 1985 e 2000 foram na faixa de 3°C em JF no topo e neste último evento de Julho mal chegou aos 5°C e concordo q apesar da amplitude da área atingida, não se compara com os outros citados. Tanto é vdd q Curitiba não chegou à -1°C no INMET. 

Em 1984 Curitiba beirou -3°C

1985 fez -2,5°C

2000 fez -3°C 

2013 -2°C

Então tanto em JF quanto em Curitiba, não teve nada de histórico. O q houve foi muito efeito de advecção polar (máximas baixas com Sol e geada ampla). Aliás, lembro q em 1991/1993 e 1994 as geadas atingiram o centro de Curitiba. A área mais central e urbanizada da cidade: Praça Tiradentes.

Concordo com análise sua e do Renan. Eu diria que talvez possamos criar uma categoria "muito histórica" e manter a "histórica" rsrsrs. 

 

1985, 1994, 2000, 2013 etc entrariam na  "muito histórica", ao passo que 2016, 2021 etc no "histórica" rsrs. É claro que todas essas análises variam de região para região, como sabemos. 

 

Para Varginha, por exemplo, tivemos a menor mínima do Inmet em 15 anos de estação com 0,8°C no dia 20/07. Em outros anos e por várias ocasiões, a mínima sempre ficou entre 2,8 e 3,5°C. PWS em baixadas na região registraram entre -2.0°C e -4,4°C. Acredito que caso existissem em 2011, 2016 ou 2019, não fariam tanto frio como este ano, seja em valores ou média mínima.

 

Fiz o registro de -2,5°C em bairros de baixada da cidade no dia 20/07 e -1,5°C dia 30/07. No mesmíssimo lugar (bairro Vargem) em 2016 e 2019, o termômetro do carro e o digital marcaram 0°C e -1.0°C respectivamente. Ou seja, para cá, tivemos as menores temperaturas mínimas em 21 anos. A média mínima do mês ficou em 8.0°C no Inmet e entre 1,9 e 4.0°C em baixadas da região. Fatalmente foram as menores desde 2000 também. O que não tivemos dessa vez? Máximas baixas seguidas de manhãs geladas (com exceção do dia 29 de Julho). Em outras MP's, as máximas foram mais baixas e tudo isso dá um toque especial - embora a sensação de frio foi muito forte com um mês de manhãs e noites geladas mantendo as temperaturas internas muito baixas, criando uma sensação de frio contínua. 

 

 Em 2000 foram feitas reportagens falando do frio no sul de Minas, e me parece que as mínimas foram tão baixas como os eventos deste ano (especialmente manhã do dia 20/07), com acréscimo de mais tardes frias e manhãs geladas por mais dias. O curioso é que embora 2000 tenha feito mais frio na média que 2021, a geada deste ano para cá foi a mais intensa desde 1994!

 

Ontem viajei os 150 km que separam Poços de Caldas e Varginha, e pude reparar incontáveis lavouras de café queimadas acima dos 1000 e até 1100 metros. Abaixo de 900/950 metros então foi generalizado. É de dar dó. Reparei que em muitos lugares não houve alternativa de esqueletamento/poda, arrancaram todos pés. Em 2000 não me parece que foram tão intensas as geadas, apesar do frio igual ou mais forte.

Edited by Victor Naia
  • Like 11
  • Thanks 2
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

Situação bem similar hoje do que foi na quarta (18/08), guardada as proporções. Tempo aberto na parte oeste do RS e chuva no centro-leste.

 

Na quarta estava mais quente no oeste e a chuva aqui foi mais intensa, com mais atividade elétrica. E hoje também está mais frio, com vento leste, em altitude (1500m) o JBN já começa a atuar, trazendo novamente a massa de ar quente

  • Like 12
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

17 minutos atrás, Eclipse disse:

Estamos o dia todo entre 15 e 16 graus em POA, dia muito úmido e com períodos de chuva fraca.

Nem parece que anteontem tivemos calorão seco, e amanhã tb teremos. Ah, mas espera, é Agosto. Então tá tudo normal kkkk


Pelo que tenho acompanhado do RS, na verdade o mês está bem interessante por aí, cheio de reviravoltas. E assim o trimestre JJA 2021 fecha com chave de ouro no RS, com tudo o que se espera de um bom inverno e cheio de dinâmica. Qual nota você dá para esse inverno ?

  • Like 9
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

3 minutos atrás, Renan disse:


Pelo que tenho acompanhado do RS, na verdade o mês está bem interessante por aí, cheio de reviravoltas. E assim o trimestre JJA 2021 fecha com chave de ouro no RS, com tudo o que se espera de um bom inverno e cheio de dinâmica. Qual nota você dá para esse inverno ?

 

 

Renan, concordo contigo! Está sendo um prato cheio, principalmente por ter frio e dinâmica nos meses que esperamos esses aspectos.

 

Tivemos um Maio excelente, bem abaixo da média nas mínimas, como há muito tempo não se via.

 

Junho e Julho tiveram trÊs excelentes MP's, cada um com um tempero especial: a primeira, de fim de junho foi marcante nas máximas por aqui. A terceira, na últim asemana de Julho, teve aquela bela neve no estado, além de frio prolongado, e ótimas mínimas e máximas. Essas duas tiveram reforço de ar frio nos seus últimos dias, prolongando o frio.

A MP do meio de Julho também foi ótima. Nessa, o destaque ficou nas mínimas.

 

Agosto tem sido bastante dinâmico, a legítima montanha-russa que esperamos nesse mês. Frio, calor e temporais. Estou muito otimista pra setembro!

 

E, pra completar, nenhum veranico prolongado. Qualquer calor não passou de 3 dias. Até em 2016 tivemos veranicos maiores.

 

Eu daria tranquilamente nota 9 até o momento pra esse inverno, porque 10 fica difícil uma vez que já tivemos anos como 2000.

Um dos melhores invernos em muitos anos.

  • Like 13
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

22 horas atrás, Renan disse:

 

Foi uma advecção quente bem severa então. Na próxima oportunidade, faça um vídeo evidenciando essa situação, por exemplo subindo de carro em algum bairro alto de POA e notando a diferença de temperatura. Seus vídeos estão ficando bem bacanas !

 

Obrigado!

 

Pensei em fazer o vídeo quando vi o dado, mas já eram mais de 22 h e estava com preguiça, kkk.

 

Agora 15,8° e nublado. Choveu de manhã bem pouco.

  • Like 14
Link to comment
Share on other sites

Temperaturas extremas durante el dia de ayer en Montevideo (Melilla):

 

MÁXIMAS Y MÍNIMAS AYER
TEMP MÁXIMA
18.33 a las 16:51:00
TEMP MÍNIMA
5.06 a las 08:06:00

 

En la estacion Prado extremos de 17°C/8°C.

Jornada soleada; despejada y primaveral, mañana y madrugada fria, humeda y neblinosa.

Un dia perfecto; el cielo parecia pintado de un celeste-turquesa.

 

La noche fue fria y humeda, comenzo despejada pero despues se cubrio totalmente impidiendo que descendiera aun mas una temperatura que antes de la medianoche ya habia descendido abajo de 6°C aqui en el norte de la ciudad.

Edited by Pablo MQL
  • Like 13
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Final de tarde com temperaturas ainda altas em grande parte de São Paulo. Apenas no extremo sul da cidade que está um pouco mais ameno.

Em áreas mais próximas do centro, temos até 27 graus. No extremo sul, faz 21-23 graus.

Assim como nos dias anteriores, o sábado tem sido de sol sem nenhuma nuvem para contar história.

zxLfGXb.png

 

 

Imagem do satélite das 16 horas mostra uma cenário triste, vários focos de incêndio e fumaça tomando conta do estado por causa dessas queimadas.

Nota-se também nuvens bem ralas em um ou outro local.

joi88x2.jpg

  • Like 13
  • Sad 15
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.