Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Outubro/2019


Renan
 Share

Recommended Posts

OFF TOPIC

 

Rússia está a sofrer com o severo aquecimento global... 

 

"Nas primeiras horas de 13 de outubro, uma série de assentamentos no território Trans-Baikal, no sudeste da Rússia, sofreram com um frio recorde.

(Os dados abaixo são cortesia de hmn.ru, pois TODOS os registros estão ausentes no arquivo "global" da NOAA)

Na vila de Nerchinsky Zavod, situada ao sudeste da cidade de Chita, a temperatura caiu para -14,2 ° C, frio o suficiente para rebaixar o recorde anterior para a data de -12,9 ° C em 1903 (mínimo solar do ciclo 13).

Borzya - localizado a 300 km ao sudoeste de Nerchinsky Zavod também estabeleceu uma nova temperatura mínima em 13 de outubro, -17,9 ° C o que superou confortavelmente o recorde anterior de -15,2 ° C, também estabelecido desde 1903 (min solar de C13).

Enquanto na cidade de Mogocha a 600 km a nordeste de Chita, foram relatadas geadas fortes com uma baixa de -18,8C, que atingiu o recorde anterior de -18,4C de 1991.

O relatório oficial da NOAA declara que 11 temperaturas mínimas caíram na Rússia durante as primeiras duas semanas de outubro, mas nenhum dos itens acima foi reconhecido.

"

74882967_2478920625533195_2194000750860828672_n.jpg

Edited by Matheus Vinicius
  • Like 1
  • Haha 3
  • Confused 2
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Guto Cesar disse:

 

Bom, acabou que a previsão não foi tão errada assim. Eu vi essas pancadas na ZS daqui da ZO.

Agora, céu cinza, úmido e quente, perfeito pra pegar um ônibus lotado :D

Acabou que esquentou bastante depois da chuva , e aí tivemos o pior tipo de calor , aquele úmido pegajoso .

 

Sesc bateu nos 31.8 e o Mirante nos 32.5 graus 

 

Nesse momento aqui na ZS , uma batalha entre o vento marítimo e as nuvens pesadas de chuva ao Norte .Acho que o vento marítimo jogará a chuva para outra região da cidade .

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Matheus Vinicius disse:

Não sei como tu aguenta temperatura de 38, 30 é já é um lixo horrível.

O corpo acostuma, no primeiro calor pós inverno nesse ano, eu me senti muito mal, mas agora com 17=>35° desde então, eu já consigo ficar bem melhor

Edited by Felipe S Monteiro
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

22 horas atrás, EvandroPR disse:

Símbolo de São Carlos, araucária corre risco de desaparecer por causa das altas temperaturas

Cidade está 4 graus mais quente em relação à década de 1990 e espécie sente efeitos.

A araucária, árvore símbolo de São Carlos (SP), corre risco de desaparecer devido ao aumento da temperatura. Em janeiro deste ano a temperatura média da cidade foi de 32 graus, 4 mais quente que no mesmo mês de 1990.

A árvore, que está na bandeira e representa o clima da cidade, chegou a ocupar 4% da área do município e tem se tornado rara. Devido ao intenso desaparecimento, em 2002 , uma lei municipal proibiu a retirada da espécie.

Segundo o biólogo Fernando Magnani, a araucária tem sentido os efeitos do aquecimento global. Típica de regiões frias, ela encontrou um ambiente favorável na alta altitude de São Carlos e no seu clima subtropical, mas o aumento da temperatura que vem ocorrendo ano a ano tem deteriorado as plantas existentes.

 

Araucária aqui na região de São Carlos são remanescentes de uma época antiga em que o clima era realmente mais frio. Ela se refugiou nas partes altas do estado como se fosse um refugiado climático, refugiado do clima. E agora, esse clima mais quente está chegando até nas partes altas. Então nos próximos anos, eu acredito e até varias pesquisas apontam que a araucária tende a se tornar cada vez mais rara e até desaparecer dessas áreas onde ela é uma refugiada climática”, explicou.

 

O motivo é que a planta fica mais vulnerável. “Ela fica mais sensível ao ataque de praga justamente porque o clima já não é mais favorável pra ela”, afirmou o biólogo.

O clima quente também dificulta o crescimento de novas mudas plantadas. Na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) teve uma tentativa de reflorestamento, mas muitas plantas não vingaram e as que sobreviveram não se desenvolveram como o esperado.

De acordo com Magnani, nem mesmo se os efeitos do aquecimento global fossem estagnados a permanência da espécie em São Carlos seria mantida.

“Mesmo que a gente conseguisse parar toda a emissão de carbono da Terra, ainda assim demoraria um tempo muito longo pra esfriar novamente. Para que ela tivesse uma zona de conforto para poder sobreviver e se reproduzir nessas regiões como no interior de São Paulo. Infelizmente, é natural que a araucária vá se tornando cada vez mais rara. Esse precioso símbolo que a gente tem em São Carlos.”

 

Fonte G1.

Triste... As poucas de Maringá ao que observo , alguns estão morrendo ficando secas... 

Em Altônia, que pelo o que percebo tem máximas maiores que Maringá, as araucárias crescem bem, de todas as que eu conheço aqui, só uma está morrendo, as outras desde as que ainda são pequenas e as que são maiores me aparentam ser bem saudáveis, aí dois prints do street view (a primeira eu julgo como a maior daqui) em Altônia de araucárias, que por mim parecem bem saudaveis

Capture+_2019-10-18-19-00-57-1.png

Capture+_2019-10-18-19-00-09-1.png

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Após um dia de muito calor com máximas entre 33 e 34 graus, a trovoada da tarde do Europeu veio agora o começo da noite. Temperatura caiu para 21 graus, aliviando bastante.

 

Europeu ruim para Domingo em SC, a nebulosidade prejudicaria as mínimas. Para o Vale do Itajaí, prejudicando uma eventual sub-10.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Boa noite à todos...

O dia foi kente (abafado, seria o termo mais correto) e com aumento gradual dos níveis de instabilidade, principalmente após o meio-dia.

A temperatura máxima atingiu 30,5°C e por volta das 15h as nuvens já produziam chuva bem isolada e a sensação de abafamento ficou ainda pior do q já estava. 

 

(Não estou muito inspirado à ✍️ detalhes hoje, talvez devido ao cansaço q se manifestou agora a noite... consequência do clima estranhamente instável e turbulento 🤔).

Densa camada de nuvens Cirrus/Cirrustratus ofuscando o Sol às 16h30 👇

1571439726788.thumb.jpg.449d5eaa58bbaf54d715275b87774e5c.jpg

Cerca de 1 hora depois, uma chuva forte avançou pelo noroeste e atingiu principalmente o norte da nossa região.

 

Nuvens Cumulonimbus por volta do entardecer, dando origem à uma forte tempestade no leste do município/Serra do Mar 👇

1571439699029.thumb.jpg.7e1843689d15c38b8c1622a6241d4c7f.jpg

 

Tempestade (chuva/raios/talvez granizo) no leste, região serrana às 19h30 👇

1571439661844.jpg.c413483de1c296c910ad3f7e5413863a.jpg

 

Agora, 20h20 o céu está carregado de nuvens e os relâmpagos clareiam a escuridão da noite. 

 

Edited by Carlos Campos
  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

A sexta-feira teve três atos no Rio de Janeiro...

 

Manhã: céu carrancudo e um pouco de vento (chegou a chover fraco brevemente no centro do Rio por volta de 10:30), temperatura amena, pareceu que a previsão ia "flopar" 100%.

 

Início/meio da tarde: nebulosidade em rápida diminuição e temperatura em acentuada elevação, logo ficou muito abafado (até 32ºc) no centro, de longe o dia mais quente da semana. Melhor..abafamento parecido só na segunda dia 14.

 

Meio da tarde em diante: brisa do mar se intensifica, aliviando o calor, e céu praticamente limpo.

 

No geral, foi um dia bem dinâmico e que "pregou uma peça" (quando parecia que a previsão de sol e calor ia errar, acabou acertando).

 

Tempo mais agradável a partir de domingo, refresco mediano para os padrões da época, e alguma chuva também.

Edited by Wallace Rezende
  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

11 horas atrás, Renan disse:

 

Minha esperança é essa, mas os modelos não estão indicando nada demais para cá, apenas temperaturas um pouco abaixo da média. Contudo, os modelos têm errado com frequência pra JF em suas projeções de temperatura máxima nessa primavera, é grande a dificuldade deles em estabelecer a exata posição e dinâmica das massas de ar nesta época. Como se não bastasse, JF está naturalmente numa posição geográfica de conflito entre as MP's oceânicas e o bloqueio do Brasil central. O que os modelos projetam é exatamente isso, ou seja: Bloqueio no Brasil central impedindo uma maior influenciação da MP marítima. Isso é o que vamos ver.

 

Mas ainda assim teremos um bom refresco, o que deve contribuir para que ao menos a média das máximas para Outubro volte à média 81-2010. Já as mínimas vai ser difícil recuperar, tivemos muitas mínimas altas este mês, inclusive só tive 1 mínima sub-15 até agora, algo incomum para o mês em meus registros.

Renan,

o modelo Cosmo/Inmet na rodada de 12Z, indicando muito calor amanhã em Minas, parte do Rio. Já no domingo indicando máxima bem amena em Juiz de Fora.Na segunda e terça, máximas abaixo de 20ºC.

Seria legal se essa mudança de calor no sábado, para máximas amenas no domingo para o Rio e Zona da Mata de minas, fosse por chuvas convectivas,com trovoadas.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

3 horas atrás, Matheus Vinicius disse:

OFF TOPIC

 

Rússia está a sofrer com o severo aquecimento global... 

 

"Nas primeiras horas de 13 de outubro, uma série de assentamentos no território Trans-Baikal, no sudeste da Rússia, sofreram com um frio recorde.

(Os dados abaixo são cortesia de hmn.ru, pois TODOS os registros estão ausentes no arquivo "global" da NOAA)

Na vila de Nerchinsky Zavod, situada ao sudeste da cidade de Chita, a temperatura caiu para -14,2 ° C, frio o suficiente para rebaixar o recorde anterior para a data de -12,9 ° C em 1903 (mínimo solar do ciclo 13).

Borzya - localizado a 300 km ao sudoeste de Nerchinsky Zavod também estabeleceu uma nova temperatura mínima em 13 de outubro, -17,9 ° C o que superou confortavelmente o recorde anterior de -15,2 ° C, também estabelecido desde 1903 (min solar de C13).

Enquanto na cidade de Mogocha a 600 km a nordeste de Chita, foram relatadas geadas fortes com uma baixa de -18,8C, que atingiu o recorde anterior de -18,4C de 1991.

O relatório oficial da NOAA declara que 11 temperaturas mínimas caíram na Rússia durante as primeiras duas semanas de outubro, mas nenhum dos itens acima foi reconhecido.

"

74882967_2478920625533195_2194000750860828672_n.jpg

Matheus Vinicius,

o recorde é para a data de 13 de outubro, nas duas primeiras cidades?

Link to comment
Share on other sites

9 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

Depois do friozinho da terça e quarta com máxima sub20 inclusive, hoje o calor voltou com tudo, 11h e já faz 28C em Blumenau, mínima alta de 21C.

 

Difícil esse mês de outubro não figurar entre os mais quentes já registrados em SC. A facilidade de fazer calor está impressionante, parece que o outubro do sudeste desceu alguns graus de latitude e está englobando o sul, isso que o oceano não está favorecendo o calor, imaginem se estivesse...

Lembro de um outro terrível mês de outubro quente e abafado: 1997

A impressão que dá é que já estamos em dezembro, praticamente no verão climático.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

41 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Boa noite à todos...

O dia foi kente (abafado, seria o termo mais correto) e com aumento gradual dos níveis de instabilidade, principalmente após o meio-dia.

A temperatura máxima atingiu 30,5°C e por volta das 15h as nuvens já produziam chuva bem isolada e a sensação de abafamento ficou ainda pior do q já estava. 

 

(Não estou muito inspirado à ✍️ detalhes hoje, talvez devido ao cansaço q se manifestou agora a noite... consequência do clima estranhamente instável e turbulento 🤔).

Densa camada de nuvens Cirrus/Cirrustratus ofuscando o Sol às 16h30 👇

1571439726788.thumb.jpg.449d5eaa58bbaf54d715275b87774e5c.jpg

Cerca de 1 hora depois, uma chuva forte avançou pelo noroeste e atingiu principalmente o norte da nossa região.

 

Nuvens Cumulonimbus por volta do entardecer, dando origem à uma forte tempestade no leste do município/Serra do Mar 👇

1571439699029.thumb.jpg.7e1843689d15c38b8c1622a6241d4c7f.jpg

 

Tempestade (chuva/raios/talvez granizo) no leste, região serrana às 19h30 👇

1571439661844.jpg.c413483de1c296c910ad3f7e5413863a.jpg

 

Agora, 20h20 o céu está carregado de nuvens e os relâmpagos clareiam a escuridão da noite. 

 

Carlos Campos,

na expectativa de voltar as chuvas e  trovoadas na minha região, estou sentindo falta.Vamos ver se nos próximos dias ocorram.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, marinhonani disse:

Matheus Vinicius,

o recorde é para a data de 13 de outubro, nas duas primeiras cidades?

Fake news, é absolutamente impossível quebrar "all time" record no mês outubro em qualquer parte da Rússia e da América do Norte; e recordes diários, se verdadeiros, tem pouca relevância estatística, pois a amostra para comparação é pequena mesmo em estações com 100 anos ou mais (valem mais como curiosidade).  Meteorologistas americanos em particular tem uma certa obsessão por recordes diários, parte até da cultura local de "sensacionalizar" o tempo, ou seja fazer fenômenos corriqueiros parecerem um grande acontecimento, algo que muitos no Brasil (especialmente em certas empresas de meteorologia) já aprenderam a fazer direitinho também.

 

Nas vilas mencionadas, os recordes de outubro ("all-time" monthly records) variam entre -28ºc e -33ºc, e os absolutos ("all-time" records) em torno de -50ºc.

 

E nunca coube à NOAA (agência americana) reconhecer nada na Rússia..difícil achar uma linha verdadeira na "notícia"..  Mas este tipo de mentira sempre vai ter espaço, pessoas usarem fenômenos meteorológicos para endossar teorias absurdas é algo inevitável, e acontece igualmente entre os negacionistas radicais e os alarmistas do AGW (para estes, tudo que acontece no mundo é culpa no Aquecimento Global, para aqueles tudo serve para negar a existência do mesmo).

 

Na verdade, as altas latitudes vem sofrendo um aquecimento acima da média do planeta, embora eventualmente ainda haja períodos de temperatura bem abaixo da média, já que clima em aquecimento não significa fim das ondas de frio, significa sim que ondas de calor tem maior chance de alcançar valores historicamente relevantes que ondas de frio, exatamente o que vem ocorrendo no mundo.  Um ponto em comum entre os radicais dos dois lados do "AGW": são completamente incapazes (ou fingem ser incapazes, as duas coisas acontecem) de entender a diferença entre tempo e clima.

Edited by Wallace Rezende
  • Like 1
  • Thanks 6
Link to comment
Share on other sites

5 minutos atrás, kevin cassol disse:

SOBRE A MÁXIMA RECORDE DE 12/OUT:

PORTÃO/VALE = 39.13°C (PRIMEIRA ABSOLUTA SIGNIFICATIVA DA ESTAÇÃO DESDE MAIO)

PORTÃO/TOPO = 39.05°C (RECORDE ABSOLUTO DA ESTAÇÃO - ANTERIOR 38.99°C DE 11/DEZ)

NOVA SANTA RITA/BAIXADA = 38.21°C 

Qual a máxima no dia 12 de outubro na estação baixada/Portão/Vale?

 

Portão/Topo é a mesma estação Capela Santana?

Edited by marinhonani
Link to comment
Share on other sites

22 minutos atrás, marinhonani disse:

Qual a máxima no dia 12 de outubro na estação baixada/Portão/Vale?

 

Portão/Topo é a mesma estação Capela Santana?

 

Opa, agora editado eu entendi kkkk

Sim, é a mesma, o termo "topo/portão" tem caráter nominal mesmo... é que ela fica a uns 400m da divisa de Capela com Portão. Mas fica em território de Capela.

Baixada portão, fica em Portão mesmo ! 2km ao sul da estação de TOPO

 

image.png.4f2a07c93f768ee09d5a986475a83647.png

Edited by kevin cassol
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, marinhonani disse:

Renan,

o modelo Cosmo/Inmet na rodada de 12Z, indicando muito calor amanhã em Minas, parte do Rio. Já no domingo indicando máxima bem amena em Juiz de Fora.Na segunda e terça, máximas abaixo de 20ºC.

Seria legal se essa mudança de calor no sábado, para máximas amenas no domingo para o Rio e Zona da Mata de minas, fosse por chuvas convectivas,com trovoadas.

 

Tomara, Nani. Será uma grande mudança entre Sábado e Domingo, dias radicalmente diferentes desta vez. Hoje a máxima atingiu perigosos 32,2°C.

Link to comment
Share on other sites

Indico para todos que tenham acesso ao serviço de streaming Netflix, procurar o documentário Terra Brasil e assistirem o episódio Nª 5 (Prateleiras do Itatiaia), que mostra belas imagens do Parque Nacional do Itatiaia da sua fauna e flora nos seus 2.400 metros de altitude. Belíssimo lugar, que é um dos mais frios do Brasil.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Tavares disse:

Esse realce do INMET é bem problemático.

Já tava começando a achar que tava ocorrendo uma calamidade, tá uma situação ordinária.

ODid9OB.jpg

Realmente uma diferença em relação a imagem do INMET.

Acho que seria até melhor postar essa. A outra acaba enganando um pouco.

 

----------------------------------------------------------

 

Noite com temperaturas mais altas em boa parte de São Paulo.

23 graus na maioria das estações do CGE. No extremo sul, 19/20 graus.

 

ioGU4U6.png

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Nossa 11 da noite e la fora está 22ºC, mas está um ar pesado, úmido, parado e sem vento. Dentro de casa temp. na casa dos 25º e umidade alta. 

 

Para quem estava com saudades do verão está ai uma amostra grátis. Ventilador no forte ou ar-condicionado a todo vapor.

Edited by Beto Krepsky
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Enquanto isso Iguape, no litoral sul de São Paulo, foi outra cidade que teve uma sexta-feira bastante abafada.  O dia começou com chuva fraca entre o final da madrugada e o início da manhã (mesma área de instabilidade que atingiu o RJ ainda mais enfraquecida no meio da manhã, se deslocou com muita rapidez), mas ainda pela manhã o sol saiu e o abafamento tomou conta, com direito a máxima de 31,4ºc e umidade acima dos 60%.

 

O destaque de 2019 em Iguape tem sido a chuva, a estação automática do INMET (que fica numa área verde fora da cidade, mesmo local onde funcionou a última convencional já fechada) já acumula 2969,4 mm no ano, maior valor dentre as automáticas do centro-sul do Brasil no ano.  Fevereiro foi o mês mais chuvoso, pouco menos de 700 mm, mas março e maio também superaram os 500 mm, e apenas junho registrou (só um pouco) menos que 100 mm.

 

Esta semana, enquanto grande parte do estado de São Paulo viu pouca ou até nenhuma chuva, Iguape registrou 150,6 mm em 24 horas, quase tudo entre a tarde e o final da noite de quarta-feira.

  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

Boa noite! Choveu até com moderada intensidade de manhã em boa parte de São Paulo. Depois o sol apareceu e tivemos calor úmido e pegajoso, como os colegas relataram. Pelo menos ficamos longe de ter temperaturas tãão altas, com máximas entre 31 e 32ºC. No fim da tarde voltou a chover aqui na zona leste (no centro antigo, onde estava, não choveu nada). Agora 21,5ºC na Penha e 20,9ºC no Aricanduva. Amanhã começa a refrescar.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde à todos...

Nada de calor por aki .. Dia bem agradável, um pouco úmido e com uma brisa suave soprando do leste.

A instabilidade da noite de ontem produziu boas trovoadas e pouca chuva. 

A manhã de hoje foi nublada, com algum chuvisco 👇WipeOut49_19_2019_124903.219000.thumb.jpg.d72c447938789a4321b90a04c1b29cd4.jpg

 

Começo da tarde, com sol e 22°C 👇

1571499981529.thumb.jpg.c034f9e56f499a8e7e1640b9a2875ad9.jpg

 

Possivelmente ocorrerão chuvas no final da tarde...assim espero...

 

  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

Aproveitando a pausa depois do almoço aki na chácara (de um casal de amigos) fui caminhar entre as centenas de araucárias q tem ao redor da casa e não pude deixar de registrar este grande exemplar centenário. Deve ter, sei lá...uns 50 metros de altura e uns 200 anos. É muito encorpada... (existem umas 20 iguais à essa dentro do terreno de aproximadamente 4.000 m2...) Tentei imaginar pela milésima vez: quantas nevadas ou ondas de frio históricas deve ter presenciado? .... Por qtos anos sobreviverá aos "novos tempos"?

Edited by Carlos Campos
  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

Impressionante o enorme conjunto de Cumulonimbus sobre a capital do Mato Grosso do Sul neste início de tarde.

 

Screenshot_20191019-140154.thumb.jpg.0231978a67ec267efeddb91523dc5208.jpg

 

Já aqui em São Paulo, temperaturas nas alturas. Contudo, rajadas fortes da direção sul já são verificadas no centro da cidade, não obstante céu com poucas nuvens. Pelo jeito, não deve chover como previsto. 

 

No satélite já vemos muitas nuvens no sul da capital paulista. Destaque para a Shelf cloud em alto mar.

 

IMG-20191019-WA0003.thumb.jpg.aabae4ce716ce633b5b6d98da1ddffae.jpg

 

 

Edited by Maicon
  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

  • Em Conselheiro Lafaiete, tarde de sábado típica de um pré-frontal. Tenho agora 31 graus e céu parcialmente nublado
  • A possibilidade de chuva essa tarde é bem baixa, a previsão indica apenas 20% de probabilidade de chuva
  • Mas o radar já indica vários núcleos de chuva pipocando entre o Sul de Minas/Vertentes/Centro-Oeste Mineiro e alguns desses núcleos estão a cerca de 40 km daqui
  • Espero que venha chuva volumosa. O calor até estava tolerável essa semana, esquentou mais ontem e hoje obviamente pela pré-frontal, mas o que vem me incomodando é essa escassez/irregularidade de chuvas, que já vem desde o início do ano. Precisamos demais de água em abundância.
  • E enquanto escrevo esse post o céu vai fechando mais um pouquinho, espero que esses 20% de chance de chuva pra hoje se concretizem. Senão, pra amanhã e principalmente segunda, o cenário é bem mais animador
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Victor Naia disse:

Boa tarde. Faz calor em S. Paulo. Mais quente que o previsto. Modelos erraram ontem e hoje. Previam 34/35°C, e a máxima ficou na casa dos 31 aos 33 com umidade, ou seja, abafado. 

Hoje, foreca dava 25°C, e já passamos de 30°C em muitos lugares. 

Depende de qual lado de SP você tá falando. Para a ZS ele acertou , já para as outras regiões , errou feio hehe .

 

Sesc teve máxima de 25,9 graus , já o Mirantão chegou nos 30,5 graus .

Quando o vento prevalece marítimo , a represa mais fria , dá uma ajudada aqui para o extremo Sul .

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

O simepar chegou à colocar máxima de 39° em Altônia hoje, mas o que vem acontecendo é diferente, agora está com 31,7° e 50% de UR, mas não é muito ruim, já que está ventando muito, e este vento tá fresco, talvez por conta da chuva de ontem

 

Ontem 17h depois da chuva com um pouco de chuvisco naquele momento

20191018_165727.thumb.jpg.056fff694b52db5e8bbc4f81da129c74.jpg

 

Montanha russa da temperatura, veja que ontem às 15 h estava fazendo perto 38°, e logo depois caiu para próximo de 22°

1371877297_Capture_2019-10-19-15-26-24-1.thumb.png.ce85351ab3fb47beff0afb24c6f97ef2.png

Edited by Felipe S Monteiro
  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

Amigos, com imensa alegria informo nesse momento chuva moderada com raios e trovoadas em Cons Lafaiete!!!

Recebi agora SMS da defesa civil com alerta até pra granizo nas próximas 2 horas. 

Temperatura caiu pra 19 graus, cemaden já passa dos 7mm

Edited by Enio Rezende
  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Nowcasting disse:

Valores extremos de chuva previstos pelo GFS nos próximos 15 dias:

 

 

xx_model-en-178-0_modusa_2019101912_384_15113_157.thumb.png.d3190064ee4f3ed81017ae2b6117cb58.png

 

Excelente previsão.

Curiosamente, uns dias atrás, o GFS (junto com o europeu) indicava uma grande redução das chuvas no Brasil central junto com um grande aquecimento para os últimos dias de outubro e início de novembro (um repeteco de 2012), mas agora as últimas rodadas estão prevendo o contrário.

 

Europeu 12z para os próximos 10 dias - chuva

 

z3oGEbb.png

 

z3oGEbb.png

 

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Transitando pela RMBH, peguei chuvas isoladas de até moderada intensidade. Nada de muito significativo, mas representa uma enorme mudança na atmosfera que os pessimistas institutos que seguem o europeu não indicaram. 

 

Sobre araucárias, tem em BH mesmo. Já vi uma na zona sul e várias na UFMG.

 

A previsão para os próximos 10 dias coloca muitas nuvens e chuvas de diferentes intensidades em todos os dias. A região metropolitana ta precisando, além do ano seco, a estação úmida está atrasada. O que se vê são gramados amarelados cobrindo as colinas e até árvores dando sérios sinais de estresse hídrico. 

 

Fortes ventos, céu carregado e alguns raios na ZS da cidade nesse começo de noite. Possibilidade de chuvas até fortes. O europeu coloca chuva só amanhã e ainda assim 2mm. Ta precisando acordar pra realidade...

Edited by LeoP
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

49 minutos atrás, EvandroPR disse:

Eu posso estar viajando na maionese, mas quando era piá , as cigarras cantavam lá pelo mês de dezembro.... Nas férias da escola. Agora elas já estão cantando em outubro. Alguém notou isso?

Não está viajando, não... Domingo passado, fazendo o percurso do "Caminho Trentino" aki em Piraquara eu ouvi o canto de algumas cigarras em um determinado trecho. Estava calor e o sol ardia. No dia seguinte esfriou e não tenho como saber se continuaram a cantoria ha ha

Geralmente (antigamente) eu ouvia muito essas cigarras entre Dezembro e Fevereiro. O som era sempre associado à tardes muito kentes de verão... mas todas as coisas eram diferentes de hoje. Os lugares em q eu vivi ao longo da minha vida tinham um certo en(canto) misterioso e o barulho desses animais fazia parte disso tudo.

Hoje só há mistério en(cantador) nas minhas recordações, infelizmente.

Acho q muitas coisas já se perderam para sempre... 

Logo, serão as abelhas q desaparecerão, com a implantação do 5G, à exemplo do q está ocorrendo na Europa, principalmente no Reino Unido e nos EUA.

 

Edited by Carlos Campos
  • Like 3
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.