Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Fábio De Nittis

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Dezembro/2019

Recommended Posts

10 minutos atrás, Matheus Vinicius disse:

Que saudades do inverno.

Mas de invernos de verdade.

2019 teve um ano terrível aqui...

Nunca vi um maio tão sem frio, um junho tão sem frio.

Únicos dias frios foram no inicio, meio de julho e começo de agosto.

Tardes frias em setembro também.

Única migalha de frio que houve em Curitiba.

Quero é geada no final de abril e início de maio, como de costume.

Bem que podia nevar como 1975 novamente, seria perfeito.

 


É como eu disse uns dias atrás, acho que a década de 2010 foi ruim pra todo mundo, de norte a sul do Brasil. Vários invernos fracos para o centro-sul... aqui no Nordeste mais da metade (ou quase todos mesmo, dependendo do lugar) dos anos 10 foram secos/muito secos. DesgrASAS desgraçando os verões do Sudeste. Que zica kkkkkkkk. Que os anos 20 tragam compensatórias pra todo mundo. 😁

Edited by Pedro Victor P.
  • Like 4
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muita chuva no Maranhão.

Screenshot_20191230-232457.thumb.png.825fad6d69fe350420548b29ddff0071.png

 

Os 260 mm de Cantanhede caíram nas últimas 5 horas. E continua chovendo de forma moderada no local.

 

Screenshot_20191230-232822.thumb.png.3cda938b9b4a1abb04a29f631ea32aa8.png

 

O satélite ☝️ mostra muita instabilidade ativa na região ainda.

Edited by CloudCb
  • Like 8
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Pedro Victor P. disse:


É como eu disse uns dias atrás, acho que a década de 2010 foi ruim pra todo mundo, de norte a sul do Brasil. Vários invernos fracos para o centro-sul... aqui no Nordeste mais da metade (ou quase todos mesmo, dependendo do lugar) dos anos 10 foram secos/muito secos. DesgrASAS desgraçando os verões do Sudeste. Que zica kkkkkkkk. Que os anos 20 tragam compensatórias pra todo mundo. 😁

É, foda que eu só lembro de 2014 pra cá em questão climática.

De resto só tenho recordações de mim passando calor na escola e dias com fumaça pelo frio saindo pela boca.

Último inverno forte foi em 2016.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, CloudCb disse:

Muita chuva no Maranhão.

Screenshot_20191230-232457.thumb.png.825fad6d69fe350420548b29ddff0071.png

 

Os 260 mm de Cantanhede caíram nas últimas 5 horas. E continua chovendo de forma moderada no local.

 

Screenshot_20191230-232822.thumb.png.3cda938b9b4a1abb04a29f631ea32aa8.png

 

O satélite ☝️ mostra muita instabilidade ativa na região ainda.


260 milímetros em 5 horas, caraaamba!!! 😦

 

Isso já é a ZCIT ou o VCAN? Ou os dois juntos? 

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, Pedro Victor P. disse:


260 milímetros em 5 horas, caraaamba!!! 😦

 

Isso já é a ZCIT ou o VCAN? Ou os dois juntos? 

E choveu 131,6 mm em 1 hora (21:50/22:50 UTC)!!  Caso seja um registro válido (e tudo indica que é) pode ser um novo recorde horário de rede Cemanden, superando os 130 mm em 1 hora do Alto da Boa Vista no RJ em 14 de fevereiro de 2018.  Tenho anotado este registro de fevereiro de 2018 na cidade do Rio como recorde horário da rede Cemaden informalmente, mas algum outro registro pode ter passado batido. 

 

Pena que hoje muitos pluviômetros deles estejam abandonados no RJ, e em vários outros estados também.  Aqui no estado menos da metade da rede original ainda funciona, e a situação de Niterói é das piores: nenhum pluviômetro Cemaden está funcionando na cidade, só contamos com a automática do INMET, que representa bem apenas os bairros próximos, perto da divisa com São Gonçalo.

 

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Matheus Vinicius disse:

Triste... que estão utilizando NEVE ARTIFICIAL na praça vermelha.

Mas q choradeira. 

Ker um abraço (ARTIFICIAL)?

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutos atrás, Wallace Rezende disse:

E choveu 131,6 mm em 1 hora (21:50/22:50 UTC)!!  Caso seja um registro válido (e tudo indica que é) pode ser um novo recorde horário de rede Cemanden, superando os 130 mm em 1 hora do Alto da Boa Vista no RJ em 14 de fevereiro de 2018.  Tenho anotado este registro de fevereiro de 2018 na cidade do Rio como recorde horário da rede Cemaden informalmente, mas algum outro registro pode ter passado batido. 

 

Pena que hoje muitos pluviômetros deles estejam abandonados no RJ, e em vários outros estados também.  Aqui no estado menos da metade da rede original ainda funciona, e a situação de Niterói é das piores: nenhum pluviômetro Cemaden está funcionando na cidade, só contamos com a automática do INMET, que representa bem apenas os bairros próximos, perto da divisa com São Gonçalo.

 

 


Não consigo mensurar como deve ser uma precipitação de 130 milímetros em uma hora. Já acho isso um baita evento quando acontece em 24 horas, imagina em 1 hora. 😦😦😦

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, CloudCb disse:

Segunda noite com instabilidades no Vale do Piancó.

 

Screenshot_20191230-225420.thumb.png.589ce5f0a52db7500a7bcc633db183bd.png

 

Essas instabilidades estão com o deslocamento anormal de SW-NE.

 

A automática de Itaporanga já acumula quase 40 mm.

 

Screenshot_20191231-011155.thumb.png.c21e85a2d47649e38451481913a16d13.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

2019 encerrando finalmente, e os dados de destaque:

- Foi o maio mais quente nos 14 anos de registro (20.2°C média).

- Outubro mais quente também nestes 14 anos ( 24.6°C média).

- Tivemos a tarde mais quente desde 2007 com 38.6°C (13.10.2019), a 2° máxima absoluta em meus registros.

- Um destaque do frio, foi o primeiro ano com 3 negativas registradas ( -0,4, -0,2, -0,1, nos dias 06.07, 07.07 e 08.07).

- 2019 foi o 3° ano mais quente em meus registros com média de 22.21°C, atrás de 22.24°C (2015) e 22.27°C (2014).

- No quesito chuva, foram 97 dias com chuva, que atingiu a média e bateu 1676 mm ( no entanto foi o ano com menos chuva desde 2006).

- Dezembro foi o destaque de chuva com 378 mm seguido de Janeiro 238 mm, do outro lado, Agosto teve 3 mm e Setembro 59 mm.

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Matheus Vinicius disse:

É, foda que eu só lembro de 2014 pra cá em questão climática.

De resto só tenho recordações de mim passando calor na escola e dias com fumaça pelo frio saindo pela boca.

Último inverno forte foi em 2016.

Nesta década tivemos 2010 e 2016 com invernos bons, 2011 e 2013 com ondas de frio quase extremas e prolongadas com direito a acúmulos de neve nas serras do Sul do Brasil, 2012, 2014 e 2015 com invernos fracos ( esses dois últimos foram quase sem frio pra muitas áreas do país), e 2017/2018 xoxos (não foram ruins mas não foram bons também).

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, EvandroPR disse:

Do jeito que o Sudeste é sortudo ,sapohha vai rodar , rodar e atracar em Santos hehe 

  • Haha 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, klinsmannrdesouza disse:

Nesta década tivemos 2010 e 2016 com invernos bons, 2011 e 2013 com ondas de frio quase extremas e prolongadas com direito a acúmulos de neve nas serras do Sul do Brasil, 2012, 2014 e 2015 com invernos fracos ( esses dois últimos foram quase sem frio pra muitas áreas do país), e 2017/2018 xoxos (não foram ruins mas não foram bons também).

Em Curitiba,

2010/2011 Invernos bons 

2012 Inverno ruim 

2013 Inverno ótimo

2014/2015 Invernos ruins 

2016 Inverno ótimo

2017/2018 Invernos ruins

2019 Inverno ruim com bons momentos

 

Resumo da qualidade dos Invernos na década: suave, com todas as características do clima Subtropical de Altitude q é o clima de Curitiba.

É muito mais fácil esperar q não aconteça nada de excepcional, no q diz respeito à frio intenso (q em outras terras pode significar mínimas entre -15/-40  e em Curitiba -5/0) do q o contrário.

Um local onde a amplitude média no mês mais frio é de apenas 10°C, sendo a média do mesmo mês 14°C  e o desvio padrão médio 8°C, não tem muito o q ser cobrado em termos de "Inverno rigoroso". É esperar a sorte e aproveitar o pouco q há para ser aproveitado. 

Pensar q a nova década irá trazer coisas mirabolantes é pura bobagem. Pontualmente sim, sempre acontece algo bom, mas depois vem algo não muito do agrado da pessoa e começam as reclamações... Assim, a década vai passando e no final, novamente as esperanças para a próxima década.

E a pessoa vai ficando velha e cada vez mais chata... é natural... 

A única solução neste caso é se programar e batalhar para um dia morar no exterior (no Paraguai)

Abraço

 

  • Like 1
  • Confused 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, CloudCb disse:

Muita chuva no Maranhão.

Screenshot_20191230-232457.thumb.png.825fad6d69fe350420548b29ddff0071.png

 

Os 260 mm de Cantanhede caíram nas últimas 5 horas. E continua chovendo de forma moderada no local.

 

Screenshot_20191230-232822.thumb.png.3cda938b9b4a1abb04a29f631ea32aa8.png

 

O satélite ☝️ mostra muita instabilidade ativa na região ainda.

O  Maranhão é nordeste apenas politicamente. Mas outras áreas é um misto de Norte com Centro-oeste principalmente climáticamente 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

2019 TEM TUDO PARA TERMINAR COMO O ANO MAIS QUENTE DA HISTÓRIA DO MIRANTE DE SANTANA EM SÃO PAULO

 

COM A TEMPERATURA DE 30,9ºC ALCANÇADA AO 12H DE HOJE, A MÉDIA ANUAL (SIMPLES) NO MIRANTE ACABA DE ATINGIR 22,152ºC. 

 

001.thumb.png.3e273d5f4760a43fcc0fddb9f6a70986.png

 

O ANO MAIS QUENTE ATÉ AQUI NO HISTÓRICO DE MIRANTE DE SANTANA QUE COMEÇA EM 1945, É DE 22,147ºC DE 2002 (MÉDIA SIMPLES), O QUE ACABA DE SER ULTRAPASSADO.

 

LEMBRANDO QUE O INMET UTILIZA A MÉDIA COMPENSADA PARA CÁLCULO.

 

010.thumb.png.94c992b4713f82421e680c278753e200.png

  • Like 7
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

30 graus.

Estava lendo o tópico monitoramento previsão américa do sul julho, que saudades.

Lembro do dia da onda de frio de julho, 6 da tarde e já estava congelando com uns 4 graus...

Só podemos ter uma alegria dessas uma vez no ano, se fosse sempre seria muito bom.

 

Edited by Matheus Vinicius
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Pedro Victor P. disse:


Não consigo mensurar como deve ser uma precipitação de 130 milímetros em uma hora. Já acho isso um baita evento quando acontece em 24 horas, imagina em 1 hora. 😦😦😦

Apesar das instabilidades no norte do Maranhão ontem terem sido as mais abrangentes, também choveu bem forte de forma isolada em outros lugares.  Um pluviômetro no norte de Salvador (Itapuã Cemaden) registrou 98 mm em 1 hora na madrugada de hoje (4:50/5:50 UTC), mas as estações do INMET na capital baiana ficaram de fora, com chuva fraca apenas.

 

Um núcleo ainda mais isolado atingiu a cidade de Nanuque, em Minas Gerais, na tarde de ontem, e a estação pluviométrica “Reta” do Cemaden (na área urbana de Nanuque) registrou 108 mm em 1 hora entre 18:30 e 19:30 UTC.  Na estação do INMET mais próxima da cidade, na Serra dos Aimorés, não choveu nem 3 mm.

 

Chuvas bem fortes e localizadas são típicas da pré-estação chuvosa, que atrasou este ano.

 

Vídeo de Nanuque ontem:

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Screenshot_20191231-140124.png.d9867c719eeb8b35a220d185bde736db.png

 

Aqui na PB houve registros de 64 mm em Itaporanga, 45 mm em Aguiar e 22 mm em Santana dos Garrotes.

 

Choveu em mais cidades mas não foram divulgados os dados completos. Faço isso na quinta (02/01).

Edited by CloudCb
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

E a capital mais chuvosa no último dia meteorológico de 2019 foi a primeira que ultrapassou a média climatológica anual e também a que teve a maior chuva mensal e diária das capitais em 2019: São Luís, a capital maranhense teve 52mm na convencional do INMET entre ontem e hoje.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Campo Bom-RS, com pico de 41°C às 16hs!

 

OBSERVAÇÃO: O recorde histórico é de 41,9 °C, em 16 de novembro de 1985.

Edited by Maicon
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alerta de calor: pico de 33.0°C em Curitiba no inmet, muito próximo do recorde. 2019 termina do jeito mais característico.

 

ps: a mínima foi 18°C, e não 13°C conforme certo instituto.

  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Guto Cesar disse:

Alerta de calor: pico de 33.0°C em Curitiba no inmet, muito próximo do recorde. 2019 termina do jeito mais característico.

 

ps: a mínima foi 18°C, e não 13°C conforme certo instituto.

 

Aqui também vai terminando da forma que predominou este ano, ou seja, com calor. No momento muito sol e 30,6°C. Um feliz 2020 a todos os bazianos. Que seja um ano ao menos dentro do normal nas temperaturas médias. 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

O último dia de 2019(e da década) no Mirante automática ficou assim:

Mínima: 19,5°C

Máxima: 32,3°C

 

Realidade completamente diferente de 2018, pois a máxima em dezembro do ano passado foi 34,4°C. Neste ano a máxima de dezembro foi de 32,4°C(pode mudar na medição da convencional ainda hoje). Uma máxima considerada amena para os padrões do mês (é comum a máxima ficar acima de 33 em dezembro por aqui).

 

Em 2019, os meses de maio, junho, julho e dezembro tiveram máximas menores que as de 2018. O mês de março teve a mesma máxima do ano passado e os demais tiveram máximas maiores que as de 2018.

 

Nas mínimas, os meses de março, junho, julho e agosto tiveram mínimas menores que os de 2018. Os demais meses tiveram mínimas maiores.

 

Na média compensada apenas março, julho e (talvez) dezembro tiveram médias menores que as de 2018.

 

No que diz as chuvas, quase todos os meses de 2019 foram mais chuvosos que os de 2018. Às únicas exceções são agosto e outubro, que foram menos chuvosos.

 

Em chuva diária, os meses de janeiro, abril, maio, junho, julho, setembro, novembro e dezembro tiveram o máximos diário de chuva maior que os de 2018. Já fevereiro, março, agosto e outubro tiveram valores menores.

 

Além disso, tanto os máximos diário, mensal e horário de chuva foram todos maiores que os de 2018, com destaque para o acumulado horário.

Edited by Darley
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

termômetros de rua marcam 39° ao sol, essa é a sensação de quem andou no sol por hoje a tarde em Curitiba.

 

A temperatura oficial neste terça-feira foi de 33° segundo Inmet.

Edited by Lucas Venturini
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Lucas Venturini disse:

termômetros de rua marcam 39° ao sol, essa é a sensação de quem andou no sol por hoje a tarde em Curitiba.

 

A temperatura oficial neste terça-feira foi de 33° segundo Inmet.

Que nada!

Tá super geladinho, inclusive no sol.

eu loqueando novamente:

P_20191231_163405_BF_1.jpg

Screenshot_20191231-155058_1.jpg

  • Haha 4
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora 33,5°, instabilidades bem grandes se formaram, mas aqui só sol

 

 

20191231_154010.thumb.jpg.266dd7eaa6720c97d987e5c32347451c.jpg

->Plantação de limão, Altônia sozinha produz quase a metade dos limões do Paraná

  • Like 2
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem nuvens em desenvolvimento aqui nos arredores de Belo Horizonte. Vamos ver se chove pelo menos 2 milímetros no Inmet para atingirmos 1000mm e então, fechar o ano com déficit de "somente" 600 milímetros. 

  • Like 2
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Darley disse:

O último dia de 2019(e da década) no Mirante automática ficou assim:

Mínima: 19,5°C

Máxima: 32,3°C

 

Realidade completamente diferente de 2018, pois a máxima em dezembro do ano passado foi 34,4°C. Neste ano a máxima de dezembro foi de 32,4°C(pode mudar na medição da convencional ainda hoje). Uma máxima considerada amena para os padrões do mês (é comum a máxima ficar acima de 33 em dezembro por aqui).

 

Em 2019, os meses de maio, junho, julho e dezembro tiveram máximas menores que as de 2018.

Na estação da Vila Militar, um dos bairros mais quentes do Rio de Janeiro, a máxima absoluta deste mês de dezembro foi de 36,5ºc no dia 22, a mais baixa para o mês desde 2008 (quando não passou dos 36ºc).  Dezembro de 2019 vai terminando com temperatura dentro e precipitação um pouco abaixo da média no Rio.  O ano fechou com chuva e temperatura acima da média, sendo que jan/abr/mai e jun puxaram as anomalias positivas de temperatura, e fev/mar/abr as de precipitação (agosto e setembro também foram chuvosos, mas com impacto menor).

 

A Vila Militar deve fechar dezembro com média das 744 horas de 26,1ºc, e o Galeão com 25,8ºc, valores dentro da normalidade.  O dezembro mais quente do século XXI (2012) fechou com 28,5ºc nas duas estações, e um pico de 41,6ºc na Vila Militar (12/2012 também foi o mais seco do século, com 44,5 mm).  A precipitação média acumulada na cidade (33 pluviômetros) ao longo do mês foi de 99,9 mm (ok, 100 mm), contra uma média de 148,2 mm desde 1997 (mesmo assim, foi o dezembro mais chuvoso desde 2016).

 

Para janeiro de 2020, espero condições mais próximas da normalidade para o Rio de Janeiro, bem diferente de janeiro de 2019, que foi um dos mais quentes da história e com chuva muito abaixo da média (o mais seco desde 1997 no mínimo, com 55 mm de média na cidade).

 

Os primeiros dois dias do ano serão mais quentes e com aumento gradual da nebulosidade (maior chance de pancadas isoladas na tarde do dia 2), depois teremos um período mais nublado com intervalos de chuva e máximas relativamente amenas, e a partir da segunda semana do mês a tendência (muito cedo para falar em previsão) é de um padrão bem abafado com chuvas mais esparsas em alguns dias, típico de janeiro (claro que ainda haverá ajustes).

 

O último dia de 2019 foi de sol forte com máximas entre 27/28ºc (bairros costeiros da zona sul) e 35ºc (bairros mais quentes das zonas norte e oeste); as mínimas ficaram entre 21 e 24ºc na maior parte da cidade.

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

E nada de chuva nos últimos 10 dias aqui, cwb fechou com 69 mm e sexto mês abaixo da média.

__________

 

Porto Alegre fechando o ano com chave de ouro, assim que tem que ser :D

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde, povo. minha última passada aqui neste ano, hehe

Continuo em Timbó, apesar que fiquei o dia inteiro fora hoje. Hoje passei por Pomerode, Benedito Novo e Doutor Pedrinho, tudo municípios aqui da região. Fui conferir e no PWS de Timbó, aqui pertinho, marcou 36,2 de máxima hoje. Ta realmente quente mesmo.

Aproveitei também para fechar os dados que anoto para mim mesmo da AHU perto de casa lá em Curitiba. Vi o desastre que foram os últimos 12 dias do mês. Deixa eu contar pra vocês:
- fui fechar as médias de Dezembro aqui.  A média até o dia 19/12 estava exatamente em 20,2 ( a média histórica de Dezembro) na estação. Detalhe que a estação pega mais calor que o SImepar e o INmet
- do dia 20 pra cá, fechou hoje já: a média aumentou para 21,79
- aumentou bastante nesses últimos 12 dias do mês. 😶 😵
- última chuva: dia 21: 6,9 mm. Desde então, mais nenhum mm

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ventos marítimos entrando e temperaturas começando a cair um pouco em São Paulo.

Hoje o dia esteve com mais cara de verão do que os anteriores.

Temperaturas entre 25 e 27 graus nas estações do CGE

hdLoy3k.png

 

 

Radar de São Roque mostra que ainda temos pancadas de chuva no leste paulista.

A cidade de São Paulo está de fora dessa chuva.

Kxa5n0p.jpg

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutos atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Estação automática do INMET de Porto Alegre registrou 40,3°C as 19UTC.

 

Se a convencional vier com valor igual ou acima de 39,9°, teremos a 2ª maior temperatura da história da atual estação do Jardim Botânico de Porto Alegre, instalada em 1974. O recorde é 40,6° em 06/02/2014. 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, RafaelBHZ disse:

Tem nuvens em desenvolvimento aqui nos arredores de Belo Horizonte. Vamos ver se chove pelo menos 2 milímetros no Inmet para atingirmos 1000mm e então, fechar o ano com déficit de "somente" 600 milímetros. 

 

A chuva que cair a partir de agora já não vai pra amanhã? Oficialmente já não fechou com menos de 1000 mm aí?

______________________

 

Muitos núcleos atuando em áreas do Nordeste no momento.

image.png.76616bf3aa38c4eb3f0c270cb7b40840.png

 

Nas últimas 2 horas caíram 37.7 mm em São João (PE), 41.8 mm em Delmiro Golveia (AL) e 62.2 mm em Canhoba (SE).

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

E a última tarde de 2019 vai terminando com mais uma pancada de chuva em Guarapuava. A temperatura que chegou a 29ºC baixou pra 23 nesse momento. Boas festas a todos!!!😀

radar_parana_1.jpeg

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Matheus Vinicius disse:

Que nada!

Tá super geladinho, inclusive no sol.

eu loqueando novamente:

P_20191231_163405_BF_1.jpg

Screenshot_20191231-155058_1.jpg

Mat, me tira uma dúvida... Foi vc mesmo kem escreveu o post de apresentação? Fikei na dúvida agora 👆

 

👇

IMG_20191231_181750.jpg.3bd85fdffbc919f73002707c5a07b3d0.jpg

 

Não acho muito saudável essa atitude... (a de hj). Enfim, existem coisas piores.

Bom final de ano.

Edited by Carlos Campos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calorão muito bom, máxima de 39,4 e uma pancada muito boa de chuva a meia hora atrás e baixou para 27,2. Teve uma outra estação que acusou máxima de 41,8 ºC.

 

Onda de calor da outra semana já flopou um pouco, modelo europeu prevê ainda muito calor, mas com umidade e boas chuvas, o que é ótimo se confirmar, dezembro já foi muito seco.

 

Feliz 2020 a todos.

Edited by LucianoD
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Mat, me tira uma dúvida... Foi vc mesmo kem escreveu o post de apresentação? Fikei na dúvida agora 👆

 

👇

IMG_20191231_181750.jpg.3bd85fdffbc919f73002707c5a07b3d0.jpg

 

Não acho muito saudável essa atitude... (a de hj). Enfim, existem coisas piores.

Bom final de ano.

Foi eu, ué.

Não sei se é saudável ou não.

É só por zueira, assim como no dia que fiquei em exposição a temperatura de 0 graus sem usar camisa em julho.

Infelizmente não aproveitei muito.

Ano que vem vou tentar mais.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, RafaelBHZ disse:

Tem nuvens em desenvolvimento aqui nos arredores de Belo Horizonte. Vamos ver se chove pelo menos 2 milímetros no Inmet para atingirmos 1000mm e então, fechar o ano com déficit de "somente" 600 milímetros. 

@LeoP disse q iria dar uma molhadinha hoje no pluviômetro do Inmet. Caso não atingisse 1.000 mm. 

Deve ter eskecido..

  • Like 2
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

16,5/33,3°C hoje.

Formações isoladas durante a tarde (após 15h30).

Esta 👇 surgiu por volta das 17h mas durou poucos minutos. O vento leste ainda atua, desestruturando as formações.

1577829716765.thumb.jpg.91c34040a87c97332faff6d90ddddb3e.jpg

  • Like 3
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.