Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Junho/2019

Recommended Posts

48 minutos atrás, Daniel Lisboa disse:

Climatempo GARANTINDO que não haverá uma única onda de frio em agosto e setembro. Façamos apostas se vão quebrar a cara? 

 

 

https://www.climatempo.com.br/noticia/2019/06/17/inverno-2019-e-com-el-nino-5719

Ainda bem q é o Climatempo. Não acerta a previsão pra cá nem para o dia de manhã q dirá daqui 2 mês.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chega de culparem o El Niño, o pobre coitado está fracote, quase morrendo. Sua influência é muito mais reduzida que em 2015 e 2016.

 

A propósito, o Euro 00Z também veio com essa MP para o dia 26, ainda que numa solução mais reduzida que o GFS. Mas o negócio está, de fato, ganhando forma.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Wagner97 disse:

Posta, por favor se tiver printado!

Mostrava 2 mps bem fortes, uma chegando 26/27 e outra comecinho de Julho. As duas cobrindo boa parte do sul com isoterma de zero em 850hpa. Na rodada das 6z continuou com as 2 porém menos fortes. Mas,  rezar para virem🙏

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Chavem disse:

Eles deveriam assumir logo que as mudanças climáticas acabaram com nosso inverno , até quando a desculpa do El-Nino !

A Climatempo nunca foi negacionista, mas eles não podem atribuir tudo a "mudanças climáticas", isso é muito genérico. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Renan disse:

 

Obviamente vão quebrar a cara. Como sempre, fazem essas previsões de longuíssimo prazo sem um embasamento forte para sustentar. Pelo histórico desse ano, é muito natural que seja sim um inverno mais morno, porém não concordo com a análise deles não.

A melhor previsão climática na minha opinião é a do CPTEC INPE que eles fazem mensalmente. Desde março que eles vem informando este padrão de temperatura acima da média com eventos de frio pontuais e pelo visto estão acertando.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se tratando de GFS só considero a possibilidade em 100h e apenas SE o ECMWF concordar. 12Z de hoje, a título de curiosidade, coloca isso aí:

 

gfs_T850_samer_37.png

 

  • Like 10
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, Felipe Backendorf disse:

Se tratando de GFS só considero a possibilidade em 100h e apenas SE o ECMWF concordar. 12Z de hoje, a título de curiosidade, coloca isso aí:

 

gfs_T850_samer_37.png

 

Pelas previsões; serão duas ondas de frio: a primeira que esta mostrada nesta imagem e a segunda entre os dias 29-06 e 03-07, caso ocorra esta última, teremos mínimas significativas em 60% da América do Sul. Por enquanto, apenas projeções.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 16/06/2019 em 14:21, LeoP disse:

 

Mas a região do Mirante de Santana já era toda urbanizada nessas décadas, não? O microclima já está estabelecido há muito tempo. É como aqui, a região central de BH não mudou muito de 50 anos pra cá, pois não tem como urbanizar mais.

 

Qualquer alteração de temperatura tem outros motivos, ao meu ver. Se fosse um bairro periférico (que tenha mudado muito) seria outra situação. 

 

Esse é o lado bom das estações convencionais (mais antigas), acabam excluindo essa variável (urbanização) muito cedo e permite uma melhor análise da dinâmica climática.

 

Digamos que em 1960 o Mirantão era menos urbano do que hoje. 

Mas, no geral, esteve bem urbanizado ao longo da 61-90. Por isso que digo que a diferença de 2,7 graus é devido à mudança da dinâmica.

Porém, no final do século XIX a média de mínima absoluta anual era de 2 graus. Então tem todo um UHI que não pode ser desprezado e que foi responsável pela diferença de 2,8 graus.

(Desprezando, é claro, o fato da primeira estação de Sampa ser na Praça da República rsrsrs...)

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Daniel Lisboa disse:

Climatempo GARANTINDO que não haverá uma única onda de frio em agosto e setembro. Façamos apostas se vão quebrar a cara? 

 

 

https://www.climatempo.com.br/noticia/2019/06/17/inverno-2019-e-com-el-nino-5719

 

A reportagem:

 

"Os meses de agosto e setembro devem ser com pouco frio ou quase sem resfriamento intenso. A previsão é de que os dois meses transcorram com dias com tardes relativamente quentes e frio ameno à noite no centro-sul do país."

 

Eles estão prevendo MPs fracas a no máximo moderadas nesses meses. 

 

Não estou dizendo que é seu caso, mas já vi muita gente falando mal de previsão por interpretação inadequada. A população leiga faz isso direto, se prevê chuvas isoladas e se a chuva não cair na cabeça da pessoa a previsão falhou.

  • Like 1
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Junho de 2019 já está mais quente que 2005, mesmo sendo em comparação à convencional, que aquecia mais de dia.

 

Então são reais as chances de estarmos vivendo o junho mais quente da história do vale, claro, se não esfriar no fim do mês.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, LeoP disse:

 

A reportagem:

 

"Os meses de agosto e setembro devem ser com pouco frio ou quase sem resfriamento intenso. A previsão é de que os dois meses transcorram com dias com tardes relativamente quentes e frio ameno à noite no centro-sul do país."

 

Eles estão prevendo MPs fracas a no máximo moderadas nesses meses. 

 

Não estou dizendo que é seu caso, mas já vi muita gente falando mal de previsão por interpretação inadequada. A população leiga faz isso direto, se prevê chuvas isoladas e se a chuva não cair na cabeça da pessoa a previsão falhou.

Leo, na real acho que tem um problema no texto aí. "Quase" sem resfriamento intenso é vago e impreciso. Ou tem previsão de resfriamento intenso ou não tem. Mas entendo a Climatempo, como ainda está longe é melhor deixar a previsão meio em aberto (pra gente não pegar no pé caso eles errem, por exemplo)

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
28 minutos atrás, Daniel Lisboa disse:

Leo, na real acho que tem um problema no texto aí. "Quase" sem resfriamento intenso é vago e impreciso. Ou tem previsão de resfriamento intenso ou não tem. Mas entendo a Climatempo, como ainda está longe é melhor deixar a previsão meio em aberto (pra gente não pegar no pé caso eles errem, por exemplo)

 

O que entendi deste texto sumamente vago é que agosto e setembro serão de tia-velhice amena a fresca. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Durante toda a segunda houve a ocorrência de chuvas, tanto no litoral quanto no interior dos estados da costa leste nordestina.

 

No PE os maiores volumes ficaram concentrados na zona da mata do estado:

 

image.png.837ca1c3627be9f1409d7158f5236527.png

 

Quem se destacou também foram as mesorregiões do Agreste (imagem da esquerda) e, principalmente, Sertão (imagem da direita):

 

image.png.da565cd2f153dde7398b864cc8873d88.pngimage.png.608448a0464e1071f8e87f46307a6e68.png

_________________________________________________________________________________________________________

 

Na PB o maior valor foi registrado em Pitimbu, no litoral sul do estado:

 

image.png.a6647c6e2984e578f59c15f66f04eb7f.png

 

 

Assim como no PE, o Cariri (imagem da esquerda) e o Sertão (imagem da direita) também se deram bem com a influência do distúrbio:

image.png.cbbf1911b358b986de7becdda6e0eee9.pngimage.png.377d259b3ddc6200ea411afeaf215986.png

 

Eu registrei 2.3 mm.

__________________________________________________________________________________________

 

Mas sem dúvidas o destaque da segunda foram as chuvas ocorridas no sul do CE:

image.png.7b99e1576a9988fff77c6e7515ce9006.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, LuluBros disse:

 

Digamos que em 1960 o Mirantão era menos urbano do que hoje. 

Mas, no geral, esteve bem urbanizado ao longo da 61-90. Por isso que digo que a diferença de 2,7 graus é devido à mudança da dinâmica.

Porém, no final do século XIX a média de mínima absoluta anual era de 2 graus. Então tem todo um UHI que não pode ser desprezado e que foi responsável pela diferença de 2,8 graus.

(Desprezando, é claro, o fato da primeira estação de Sampa ser na Praça da República rsrsrs...)

 

Na verdade, na praça da República (Centro da cidade) foi a 2ª.

A 1ª foi no Jardim da Luz.

 

A estação do IAG teve um aumento de cerca de 2,5°C na média anual entre 1933 e 2018.

 

TempSampaIAG-Evolução.png

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, Aldo Santos disse:

 

Na verdade, na praça da República (Centro da cidade) foi a 2ª.

A 1ª foi no Jardim da Luz.

 

A estação do IAG teve um aumento de cerca de 2,5°C na média anual entre 1933 e 2018.

 

TempSampaIAG-Evolução.png

Será que tem haver com o aquecimento global ou a urbanização? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 14/06/2019 em 18:31, n4rd3s disse:

Tarde quente e seca hoje em SP. Variação de 16.0ºC/27.3ºC no Mirante e 17.1ºC/27.4ºC no Sesc Inmet. U.R mínima próxima dos 30% em ambas. 

Estou passando um certo calor já há uma semana em São Paulo.

 

Estou dormindo na selva de pedra desde 4ªfeira passada. Este padrão definitivamente é horripilante para São Paulo no inverno: xoxo, estável, seco e dias a fio de sol, sem mudanças na dinâmica atmosférica....

 

E o centro expandido se ferra, pois as mínimas durante a madrugada são MUITO PONTUAIS. Passei calor no apartamento do Brooklin e, mais ainda aqui em Pinheiros, desde sábado. Muito ruim...

 

Variação em Pinheiros hoje: 14,4ºC e 26,7ºC A média compensada disso, sem sombra de dúvida, é maior do que a média simples....

 

No aguardo da MP do início de julho, pois a do dia 26 é fichinha...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, ifreitasrosa disse:

Será que tem haver com o aquecimento global ou a urbanização? 

 

Eu diria que é um pouco de cada.

 

A urbanização influi principalmente nas mínimas, com toda a certeza.

É sabido que cimento, concreto e asfalto retêm calor, diminuindo a perda pela radiação noturna nas noites frias com céu limpo e sem vento.

Pode notar que são nessas noites que ocorrem as maiores diferenças nas mínimas entre centro e periferia.

 

Nas situações em que o resfriamento se dá por outros mecanismos, como a advecção de uma massa polar, por exemplo, as diferenças praticamente desaparecem.

O mesmo ocorre em dias nublados e/ou chuvosos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, ifreitasrosa disse:

Será que tem haver com o aquecimento global ou a urbanização? 

Na minha opinião, em realização aos dados de estações circunscritas ao centro expandido da Capital, tem mais a ver com o fator urbanização!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Estou passando um certo calor já há uma semana em São Paulo.

 

Estou dormindo na selva de pedra desde 4ªfeira passada. Este padrão definitivamente é horripilante para São Paulo no inverno: xoxo, estável, seco e dias a fio de sol, sem mudanças na dinâmica atmosférica....

 

E o centro expandido se ferra, pois as mínimas durante a madrugada são MUITO PONTUAIS. Passei calor no apartamento do Brooklin e, mais ainda aqui em Pinheiros, desde sábado. Muito ruim...

 

Variação em Pinheiros hoje: 14,4ºC e 26,7ºC A média compensada disso, sem sombra de dúvida, é maior do que a média simples....

 

No aguardo da MP do início de julho, pois a do dia 26 é fichinha...

 

Interessante...

Ouço muuuiito mais pessoas que moram em apartamentos reclamarem do calor do que aquelas que moram em casas.

Em outros grupos de que participo, também o pessoal de Sampa que mais reclama do calor são aqueles que vivem em apartamentos.

 

Mesmo no tórrido janeiro que tivemos, que bateu ou igualou recordes absolutos de calor aqui em Sampa, eu ouvia muito menos reclamações de amigos meus que moram em casas térreas.

 

Eu moro em casa térrea.

E me viro tranqüilamente com ventilador nas noites mais quentes.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

9 anos desse evento que atingiu o centro leste do PE.

18/06/2010

image.png.b7cd7282518280780ba43d528ae71956.png

 

Muitas cidades passaram dos 100 mm, mas trouxe apenas 20.

____________________________________________

 

Às 17h41 passou uma forte pancada de chuva aqui que durou 9 minutos.

 

                                                                            image.png.664c9bcbb8648eb9376c97ce2b2bb5d0.png

Edited by CloudCb
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Aldo Santos disse:

 

Interessante...

Ouço muuuiito mais pessoas que moram em apartamentos reclamarem do calor do que aquelas que moram em casas.

Em outros grupos de que participo, também o pessoal de Sampa que mais reclama do calor são aqueles que vivem em apartamentos.

 

Mesmo no tórrido janeiro que tivemos, que bateu ou igualou recordes absolutos de calor aqui em Sampa, eu ouvia muito menos reclamações de amigos meus que moram em casas térreas.

 

Eu moro em casa térrea.

E me viro tranqüilamente com ventilador nas noites mais quentes.

 

Acho que a explicação é física mesmo: ar frio fica embaixo e ar quente, em cima. O apto. do Brooklin é no 15º andar. O de Pinheiros, no 13ºC. Na Granja Viana, além de afastada do centro expandido, é casa. E a sensação de calor dentro dos apartamentos é maior no início da noite. Só resfria durante a madrugada.

 

Agora mesmo estou no 13ºC andar em Pinheiros, de janela aberta, sem camiseta e de bermuda. Passando um certo abafamento!

 

Bem interessante mesmo!

Edited by Caco Pacheco

Share this post


Link to post
Share on other sites

17,4ºC em Pinheiros. Porém a temperatura aqui no 13ºC no apartamento deve estar uns 24ºC.

 

Engraçado notar que se sente mais calor com 24ºC sem sol do que 24ºC sob sol.

Edited by Caco Pacheco

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, LeoP disse:

 

A reportagem:

 

"Os meses de agosto e setembro devem ser com pouco frio ou quase sem resfriamento intenso. A previsão é de que os dois meses transcorram com dias com tardes relativamente quentes e frio ameno à noite no centro-sul do país."

 

Eles estão prevendo MPs fracas a no máximo moderadas nesses meses. 

 

Não estou dizendo que é seu caso, mas já vi muita gente falando mal de previsão por interpretação inadequada. A população leiga faz isso direto, se prevê chuvas isoladas e se a chuva não cair na cabeça da pessoa a previsão falhou.

Há sim, olha a sessão de comentários do que é publicado por estas empresas e aí dá para ter uma noção.

Eu, que nem sou da área, meu conhecimento é puramente porque gosto desta ciência, já sofri algumas vezes algum tipo de julgamento porque pessoas me perguntam por exemplo se vai chover ou esfriar, antigamente respondia, sim ou não, aí o cidadão não vê a chuva, ou não faz o frio que ele estava esperando e diz que este pessoal da previsão só erra, mas ele não sabe que no bairro vizinho ao dele caiu 20, 30mm ou que o frio previsto era muito fraco.

Atualmente se alguém me pergunta estas coisas eu já mudo de assunto e se houver alguma insistência, respondo que estive muito ocupado e que não tive tempo para analisar as últimas saídas dos modelos de previsão e que por isto não sou capaz de opinar.

  • Like 3
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, jrmartinisp disse:

Há sim, olha a sessão de comentários do que é publicado por estas empresas e aí dá para ter uma noção.

Eu, que nem sou da área, meu conhecimento é puramente porque gosto desta ciência, já sofri algumas vezes algum tipo de julgamento porque pessoas me perguntam por exemplo se vai chover ou esfriar, antigamente respondia, sim ou não, aí o cidadão não vê a chuva, ou não faz o frio que ele estava esperando e diz que este pessoal da previsão só erra, mas ele não sabe que no bairro vizinho ao dele caiu 20, 30mm ou que o frio previsto era muito fraco.

Atualmente se alguém me pergunta estas coisas eu já mudo de assunto e se houver alguma insistência, respondo que estive muito ocupado e que não tive tempo para analisar as últimas saídas dos modelos de previsão e que por isto não sou capaz de opinar.

A palavra "DEVEM", na previsão da Climatempo, em absoluto descarta MP forte ou baleia polar!

 

Trata-se de probabilidade...

 

O que não dá para negar é que o "período frio", por ora, está bem sofrível. Abril, maio e junho fecharão acima da média. Quanto mais a sul, pior a situação.

 

Aqui em São Paulo-Capital, abril e maio foram péssimos. Junho começou bem, mas piorou drasticamente. Tanto o é que passaremos por 17 dias sem sermos atingidos por UM SISTEMA FRONTAL, no core do inverno! E o próximo sistema frontal será FRAQUÍSSIMO....(21/junho, 6ªfeira próxima.) Isso sim é bem dramático.

 

Mas sigo confiante em algo bom neste ano. Não sei o quê. Uma baleia polar, um curto, porém forte período de frio. Realmente não sei. Mas para mim é IMPOSSÍVEL não termos algo significativo (qualitativo), após dois invernos podres.

 

Sentindo abafamento aqui no 13ºC andar num apartamento em Pinheiros, de bermuda , sem camiseta, e com a janela escancarada clamando por refresco...

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

A palavra "DEVEM", na previsão da Climatempo, em absoluto descarta MP forte ou baleia polar!

 

Trata-se de probabilidade...

 

O que não dá para negar é que o "período frio", por ora, está bem sofrível. Abril, maio e junho fecharão acima da média. Quanto mais a sul, pior a situação.

 

Aqui em São Paulo-Capital, abril e maio foram péssimos. Junho começou bem, mas piorou drasticamente. Tanto o é que passaremos por 17 dias sem sermos atingidos por UM SISTEMA FRONTAL, no core do inverno! E o próximo sistema frontal será FRAQUÍSSIMO....(21/junho, 6ªfeira próxima.) Isso sim é bem dramático.

 

Mas sigo confiante em algo bom neste ano. Não sei o quê. Uma baleia polar, um curto, porém forte período de frio. Realmente não sei. Mas para mim é IMPOSSÍVEL não termos algo significativo (qualitativo), após dois invernos podres.

 

Sentindo abafamento aqui no 13ºC andar num apartamento em Pinheiros, de bermuda , sem camiseta, e com a janela escancarada clamando por refresco...

 

 

Para o interior do continente (oeste da região Sul, MS, parte do MT, AC e RO) maio até que foi bom, junho começou na média e agora esta tudo um desastre, outro problema é a discrepância entre a parte leste do Brasil e a parte oeste, quando um lado vai bem outro piora. 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Patrocínio o marasmo segue,  com mínimas ao redor de 10°C e máximas na casa dos 25°C. 

 

Momento Skyscrapercity 

 

62464468_2150238495045107_3257293662459002880_o.thumb.jpg.b342eee2b430c5ea46364d27cd95054b.jpg

 

62545094_2143419452393678_902332930506883072_o.thumb.jpg.71046c62cce322766eb848f2aa7170de.jpg

64405910_2156905777711712_4007148330470604800_o.thumb.jpg.aabc0a5b9d6687366ac0f333b2534689.jpg

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Felipe Pelisari disse:

Saída agora pouco das 6z, mantém a onda polar forte para o dia 27 e ainda mantém a neve, vamos acompanhando 

 

 

Essa primeira terá alguma relevância pro Sudeste? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Daniel Lisboa disse:

Essa primeira terá alguma relevância pro Sudeste? 

Pelo que vi,  mais para chuvas dia 29 talvez alguém possa falar melhor sobre o sudeste 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia muito confortável, com leve sensação de frio pela manhã. Temperaturas variaram de 13,9C a mínima até 22,9C a máxima. Gostoso, mas está fazendo falta um frio mais significativo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite!

Me chamo Gustavo e sou novo aqui no fórum.

Trabalho na prefeitura de Carazinho, Rio grande do sul.

A cidade está a cerca de 604 metros em relação ao nível do mar, vizinha a Passo Fundo.

Desde 2013 observo dados meteorológicos do município, e tenho acesso a duas estações meteorológicas instaladas no mesmo.

Uma na região central da cidade, que tem cerca de 62 mil habitantes, e outra no distrito de bela vista, cerca de 4 km do centro da cidade.

Gostaria de compartilhar dados aqui com vocês com os principais eventos registrados desde o período em que atuo e tenho acesso aos dados da prefeitura e dos que observei registrados no período anterior ao que eu na mesma.

De relevância nesta década observei registrados episódios de chuva congelada nos anos de 2011, 2013 ( relatos de flocos de neve no Interior do município), 2017 e 2018.

A temperatura mais baixa nesses últimos anos registrada em Carazinho segundo a METSUL foi os -4,2°C naquela impressionante onda de frio de 2016, na mesma data desse registro a estação localizada no interior do município, na qual tenho acesso marcou -4,6°C.

Ano passado a METSUL registrou no dia 16 de junho sincelo, assim como foi registrado em Soledade.

Temos episódios de neves memoráveis, como 1942, 1965, 1975, 1994.

Com imenso prazer e satisfação ficarei feliz em compartilhar os dados das estações de Carazinho, imagens do frio que tanto anseamos e que está escasso e quase nulo nesse 2019.

Torcendo muito para que os padrões mudem! 🤞

 

  • Like 17
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
47 minutos atrás, Felipe Pelisari disse:

Pelo que vi,  mais para chuvas dia 29 talvez alguém possa falar melhor sobre o sudeste 

 

MP do dia 26 aparece bloqueada no Sudeste até o momento. Dessa forma, somente em SP poderia ter alguma temperatura máxima baixa. 

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Renan disse:

Dia muito confortável, com leve sensação de frio pela manhã. Temperaturas variaram de 13,9C a mínima até 22,9C a máxima. Gostoso, mas está fazendo falta um frio mais significativo. 

Renan,

rodada do CMC de 12Z indicando frio nas manhãs de domingo a terça(23 a 25), na Zona da Mata, Noroeste do Rio, região Serrana do Rio.

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Caco Pacheco disse:

A palavra "DEVEM", na previsão da Climatempo, em absoluto descarta MP forte ou baleia polar!

 

Trata-se de probabilidade...

 

O que não dá para negar é que o "período frio", por ora, está bem sofrível. Abril, maio e junho fecharão acima da média. Quanto mais a sul, pior a situação.

 

Aqui em São Paulo-Capital, abril e maio foram péssimos. Junho começou bem, mas piorou drasticamente. Tanto o é que passaremos por 17 dias sem sermos atingidos por UM SISTEMA FRONTAL, no core do inverno! E o próximo sistema frontal será FRAQUÍSSIMO....(21/junho, 6ªfeira próxima.) Isso sim é bem dramático.

 

Mas sigo confiante em algo bom neste ano. Não sei o quê. Uma baleia polar, um curto, porém forte período de frio. Realmente não sei. Mas para mim é IMPOSSÍVEL não termos algo significativo (qualitativo), após dois invernos podres.

 

Sentindo abafamento aqui no 13ºC andar num apartamento em Pinheiros, de bermuda , sem camiseta, e com a janela escancarada clamando por refresco...

 

 

 

Até mesmo nos invernos de 2014 e 2015 houve uma MP forte?

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, marinhonani disse:

Renan,

rodada do CMC de 12Z indicando frio nas manhãs de domingo a terça(23 a 25), na Zona da Mata, Noroeste do Rio, região Serrana do Rio.

 

Vi isso, Nani. 

 

Acredito que vamos ter mínimas sub-10 lá no bairro Bandeirantes. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite! O dia comecou com chuva forte em Buenos Aires, cosm raios e trovoes. Ao todo foram 30 mm, somando ao redor de 150 mm nos últimos quatro dias. O dia foi nublado e muito frio, mas depois das 16h o céu abriu em poucos minutos e o fim de tarde teve sol e céu limpo. Desde o fim da tarde do dia 9, portanto há nove dias, nao viamos um raio de sol. A máxima foi de apenas 14°C no início do dia meteorológico, porque hoje mesmo nao passou de 13°C durante o dia. Já a mínima foi de 10,5°C.

 

Agora temos céu limpo, 12,1°C, URA de 64%, vento oeste a 7 km/h e pressao de 1.007 hpa.
 

Até agora, nada da ventania de oeste prevista, mas o SMN segue indicando vento forte para a madrugada e para amanha desta quarta. O dia será ensolarado e frio, com mínima de 9°C e máxima de 14°C. O sol nasce às 7h59 e se poe às 17h49.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

As temperaturas andam bastante acima da média neste junho em Buenos Aires, mas pelo menos nao tem feito calor: hoje faz um mes que a temperatura nao chega a 22°C aqui.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito fortes os dois pulsos polares projetados pelo GFS para o sul do país, sendo que em Bagé a temperatura em 850hpa chegaria a -4/-5 graus no primeiro e -6 no segundo. Isso é ar frio forte ! Resta que os demais modelos acompanhem nessa pegada, e se não for pedir muito, que ao menos o segundo pulso alcance com força o Sudeste também.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia a todos.

Do que vi até agora nos modelos duas quase certezas.

 

Um friozinho aqui em MG ES RJ no fim de semana.

 

Um friozão no RS no final do mês.

 

Há modelo prevendo desde friagem no Amazonas até forte bloqueio no RS. Então vamos acompanhar e torcer... Vira, '19!!

 

Aqui no Centro de Juiz de Fora, 7h30m, céu claro e 15 graus. Até agora junho tem tido média das mínimas de 14,5 C e de máximas 23,3 C. Temperatura um pouco acima da média para esta época do ano. Segue a penúria 2019...😁

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, Felipe F disse:

Em Patrocínio o marasmo segue,  com mínimas ao redor de 10°C e máximas na casa dos 25°C. 

 

Momento Skyscrapercity 

 

62464468_2150238495045107_3257293662459002880_o.thumb.jpg.b342eee2b430c5ea46364d27cd95054b.jpg

 

62545094_2143419452393678_902332930506883072_o.thumb.jpg.71046c62cce322766eb848f2aa7170de.jpg

64405910_2156905777711712_4007148330470604800_o.thumb.jpg.aabc0a5b9d6687366ac0f333b2534689.jpg

Já vi outras fotos, e lembra Alfenas. A cidade do sul mineiro é mais montanhosa, embora plana para nossos padrões. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nada mal

gfs_T850_samer_32.png

 

Ainda está longe, mas pode melhorar 

 

gfs_T850_samer_65.png

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Sopron disse:

Nada mal

gfs_T850_samer_32.png

 

Ainda está longe, mas pode melhorar 

 

gfs_T850_samer_65.png

 

Sendo que na 00Z estava ainda mais lindo, com a frente polar do dia 26 avançando com força para o Sudeste, seguida pelo reforço do dia 3 ou 4 de Julho. Além disso, o CFS entrou na roda, apostando num longo e significativo resfriamento para o centro-sul no início do mês. Anomalias negativas por quase toda a primeira quinzena. Desconsiderem ele mostrar anomalias positivas para o leste do Sudeste, o importante é que ele entrou na tendência geral para essa erupção polar. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Pedro Victor Peixoto Paulino Pedro Victor disse:

 

Até mesmo nos invernos de 2014 e 2015 houve uma MP forte?

No pior inverno da história, 2015, não me recordo de UMA MP forte; sequer...

 

Em 2014 sim, houve uma MP forte: início/meados agosto. No dia em que Eduardo Campos, candidato à presidência à época, morreu num acidente aéreo em Santos, exatamente quando a FF passava sobre São Paulo. Fez bastante frio naquela MP.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Renan disse:

 

Sendo que na 00Z estava ainda mais lindo, com a frente polar do dia 26 avançando com força para o Sudeste, seguida pelo reforço do dia 3 ou 4 de Julho. Além disso, o CFS entrou na roda, apostando num longo e significativo resfriamento para o centro-sul no início do mês. Anomalias negativas por quase toda a primeira quinzena. Desconsiderem ele mostrar anomalias positivas para o leste do Sudeste, o importante é que ele entrou na tendência geral para essa erupção polar. 

Onde vocês acessam estes mapas?

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

No pior inverno da história, 2015, não me recordo de UMA MP forte; sequer...

 

Em 2014 sim, houve uma MP forte: início/meados agosto. No dia em que Eduardo Campos, candidato à presidência à época, morreu num acidente aéreo em Santos, exatamente quando a FF passava sobre São Paulo. Fez bastante frio naquela MP.

2014 só se salvou junho, com uma forte mp na época da copa e no início de agosto; o resto do ano foi uma tragédia em termos de chuva e frio. 2015 só teve uma mp forte no início de setembro, que provocou as menores temperaturas mínimas no centro-sul brasileiro.

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
45 minutos atrás, Renan disse:

 

Sendo que na 00Z estava ainda mais lindo, com a frente polar do dia 26 avançando com força para o Sudeste, seguida pelo reforço do dia 3 ou 4 de Julho. Além disso, o CFS entrou na roda, apostando num longo e significativo resfriamento para o centro-sul no início do mês. Anomalias negativas por quase toda a primeira quinzena. Desconsiderem ele mostrar anomalias positivas para o leste do Sudeste, o importante é que ele entrou na tendência geral para essa erupção polar. 

O GFS é o que esta mais lindo na última rodada, a massa polar começa a ingressar na América do Sul no dia 24 enquanto uma grande baixa pressão avança do interior do continente para o oceano na altura do litoral do RS, o sistema frontal começa a entrar no Brasil no dia 25 e até o dia 27 se desloca de maneira totalmente continental, chegando até o Acre e em Belo Horizonte. As mínimas na noite do dia 26 para o dia 27 poderão ser baixas do pampa ao sul da amazônia se se confirmar este cenário. 

Nesta rodada dos sonhos, o frio virá em expessura suficiente para precipitar neve nas serras sulinas, tomara que se mantenha.

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.