Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Resumos Climatológicos 2022


Recommended Posts

Janeiro comecou com temperaturas um pouco acima da média e picos normais de calor em Buenos Aires, com duas mínimas de 24°C e uma máxima acima de 35°C. Mas as previsoes indicavam uma onda de calor anormal a caminho. Projecoes que pareciam exageradas, coisas de fim de grade. Acontece que o fim da grade chegou e exatamente como estava previsto. No dia 11, depois de mais de 26 anos, Buenos Aires voltou a chegar aos 40°C. Mas nao só isso, passou dos 41°C e tivemos o, até entao, segundo maior valor da história, que logo viraria terceiro. O dia seguinte foi de breve alivio, com máxima pouco abaixo dos 35°C. No dia 13 a temperatura voltou a subir e no dia 14 voltamos a passar dos 41°C, na segunda maior máxima da história. A noite chegou, nao refrescou e a madrugada seguinte, do dia 15, teria uma histórica mínima de 30°C, quase dois graus acima do recorde anterior. A tarde do dia 15 ainda seria de calor terrível: abaixo dos 40°C, mas com umidade, levando a sensacao térmica a 47°C! Do dia 17 em diante, alívio total: temperaturas abaixo da média e só quatro dias com máximas acima de 30°C, nenhuma acima de 32°C. No fim, o desvio positivo de janeiro nao foi tao grande, por sorte. Um de cada tres dias do mes teve chuvas e terminamos perto (um pouco abaixo) da média histórica.

Deixo a tabela de temperatura inteira deste mes inesquecível:
image.png.b7a27724fb6560d89889cf75b4cb82d5.png

image.png.f7bbfb8205f89210c88a58dbdfbbf8e1.png

MÍNIMA MAIS BAIXA: 13,9°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 30°C - recorde absoluto
MÍNIMA MÉDIA: 21,4°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: + 1,2°C

MÁXIMA MAIS ALTA: 41,5°C - segunda maior da história
MÁXIMA MAIS BAIXA: 24,9°C
MÁXIMA MÉDIA: 31°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: + 0,9°C

MÉDIA SIMPLES DE JANEIRO: 26,2°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: + 1°C

PRECIPITACAO ACUMULADA: 119,5 mm
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 11,5%

5 menores mínimas: 13,9°C (dia 27), 14,3°C (dia 28 ), 16°C (dia 5), 17,9°C (dia 31) e 18,8°C (dia 6)
5 maiores mínimas: 30°C (dia 15), 26°C (dia 14), 25,5°C (dia 11), 24,4°C (dia 21) e 24,2°C (dia 4)


5 maiores máximas: 41,5°C (dia 14), 41,1°C (dia 11), 38,8°C (dia 15), 36,6°C (dia 13) e 35,8°C (dia 3)
5 menores máximas: 24,9°C (dia 18 ), 25°C (dia 27), 25,5°C (dia 28 ), 26,6°C (dia 5) e 27,1°C (dia 23)

5 maiores chuvas em um dia: 52 mm (dia 15), 26 mm (dia 18 ), 16 mm (dia 22), 9 mm (dia 17) e 4 mm ( dia 26)

Edited by Fábio De Nittis
  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Resumo do que foi o mês de janeiro de 2022 em São Paulo - SP:

 

Dia 1 até o dia 6: Tempo abafado, sol fraco e pancadas de chuva. Máximas comportadas.

Dia 7 até o dia 9: Tempo friozinho, cinzento e com chuviscos/chuva leve. Ventos soprando forte do mar. De uns tempos para cá, tenho tido uma certa repulsa a esses dias "noruegueses".

Dia 10 até o dia 13: Retorna aquela situação dos 6 primeiros dias do mês, ou seja, abafamento e pancadas de chuva.

Dia 14 até o dia 20: Período marcado por dias bem típicos de verão. Forte calor com temporais isolados á partir do meio da tarde.

Dia 21 até o dia 27: Devido a intensificação da alta nos níveis médios, as forte pancadas que vinha ocorrendo cessam. Até o momento, este foi o período mais desconfortável deste verão. O que acaba salvando um pouco é a entrada da brisa marítima à partir do meio da tarde.

Dia 28 até o dia 31: Dias típicos de ZCAS. Chuva intermitente. Em alguns momento, o tempo clareia e o sol até ameaça a aparecer. Felizmente, os ventos marítimos persistentes não deram sinal de vida.

 

Ao meu ver, este janeiro tem tido alguma dinâmica (ao contrário do de 2021 em que foi aquela "sauna" praticamente do início ao fim).

No geral, este tem sido melhor (também ao meu ver) do que os janeiros de 2021, 2020 (meio outonal), 2019 (tórrido), 2018 (um 2021 melhorado). O período mais chato mesmo foi o da supressão das chuvas ocorrida entre os dias 21 e 27.

  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

Janeiro histórico no extremo oeste catarinense, nas estações baixas da região:

image.thumb.png.bfad4ca175e8cb1c63ec00651d9a75a2.png

 

Médias 24h:

  • 26,3ºC Itapiranga
  • 27,1ºC Mondaí
  • 27,4ºC Caibi
  • 25,6ºC Iporã do Oeste/Taquarussu

Além do calor foi um mês muito seco, apenas 61mm em Mondaí.

 

Vai ficar bem interessante a tabela anual se o inverno for frio...

 

Frederico Westphalen/RS automática INMET (A854):

image.thumb.png.07d1a582d979a3f0e9f3011a97d37f5c.png

 

o recorde da estação 2008-2021 era 36,7ºC em Dezembro e 35,3ºC em Janeiro, aniquilados.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Janeiro, nas temperaturas, em Eldorado, Iguape e Apiaí:

 

Eldorado (27 m)               Iguape (Litoral)                   Apiaí (891 m)

image.png.65e02890aa83af2ee5e8ef44112830c6.png              image.png.07f4a1a02982c70fb8bbed945b6c9133.png              image.png.39f868dfa8e26acd1abe1d4f27da475e.png

 

(2000-2020) Desvio das máximas (+1,5°C) e das mínimas (+0,5°C) em Eldorado.

(2004-2020) Desvio das máximas (+1,1°C) e das mínimas (+0,1°C) em Iguape.

(2011-2021) Desvio das máximas (+0,1°C) e das mínimas (-0,3°C) em Apiaí.

 

*Dados do CIIAGRO.

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

         Eldorado                                   Iguape                                                Apiaí

image.png.c690b54d6a1d4daf36096e7c5861c95a.png          image.png.c15d5df9fc994b49a5a59eebcaa70ca2.png                 image.png.54fc122a423686136b26a66ff1772ed9.png

 

Diferentemente da grande parte de SP, nenhuma estação teve chuva acima da média. Em Eldorado o desvio foi o maior de todos, a estação do CIIAGRO tem média de 291 mm em janeiro e choveu apenas 165,4 mm. Nas demais estações houve chuva um pouco abaixo da média (Iguape possui média de 254,2 mm e Apiaí de 196,6 mm em janeiro), mas nada tão significativo quanto aqui.

 

*Dados do CIIAGRO para os acumulados em Eldorado e do Cemaden para as outras.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Janeiro de 2022 em Bento Gonçalves (INMET):


Média mínima 19,3⁰C (+1,6)
Média compensada: 23,9⁰C (+2,0)
Média máxima: 31,4⁰C (+4,1)

 

A maior máxima foi um recorde histórico de 37,9⁰C. O recorde antigo de 36,2⁰C em Janeiro foi igualado ou superado em sete dias. 

 

Algo vem acontecendo desde 2014...

Observei as médias de Janeiro na estação automática de Bento Gonçalves, com dados desde 2007, estes foram os resultados: 

 

2007: 22,2
2008: 21,4
2009: 20,5
2010: 21,9
2011: 22,8
2012: 21,7
2013: 20,9

...
2014: 23,5
2015: 22,3
2016: 22,8
2017: 22,2
2018: 21,4
2019: 23,5
2020: 22,1
2021: 21,9
2022: 23,9

 

São poucos anos de dados, prejudicando uma comparação mais decente, mas é bem notável a mudança entre cada um dos pequenos períodos. De 2007 a 2013, predomínio de Janeiros na casa dos 20 e 21⁰C. De 2014 pra cá, predomínio de Janeiros na casa dos 22 e 23, e agora por apenas um décimo não chegou a 24. Algo mudou. Não sei se é uma peculiaridade desta estação ou se está sendo algo geral.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Chuvas no Brasil - janeiro 2022

 

Sudeste, o centro sul e oeste de MG, grande parte de SP, RJ e oeste de BA tiveram chuvas acima da média devido a atuação de ZCAS (MG e RJ nos primeiros dias de janeiro e SP nos últimos dias do mês).

Chuva acima da média também em vários locais de norte do NE devido a atuação de sistemas como ZCIT e VCAN.

Uma área do sul do PA e o outra em MG (muito provavelmente na região de BH) chegaram a ter mais de 300 mm acima da média.

Outras áreas do país como o oeste da região sul, MS, ES, nordeste de MG, AC, RO com chuvas abaixo da média. Alguns locais isolados de MT, AC, RO tiveram desvios negativos superiores a 200 mm.

Uma situação curiosa é alguns locais atingidos pela ZCAS como o sul e oeste de GO, triângulo mineiro, Vale do Paraíba e o DF tiveram chuva abaixo da média (com desvios negativos ultrapassando os 100 mm em alguns locais).

 

d8vDEfz.giflB6kjmo.gif

  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

Janeiro em Pombal.

image.thumb.png.d4d044ad9e8b1d3b6b738188b54e8387.png

 

Ficou bem acima do normal, entrando para o top 10 dos janeiros mais chuvosos, ocupando o 5° lugar:

image.png.7b8103e8089d1b77b96a31efa4a3425b.png

 

Grande parte do centro oeste da PB ficou acima ou muito acima da média, Marizópolis foi a estação que mais registrou chuva. No print abaixo dos 10 municípios que mais choveu em janeiro, eu coloquei as médias só a título de comparação, assim vocês têm uma ideia de como o mês foi chuvoso nesses locais:

image.png.09ae13b88995178e744ca9c4d1c4cdfe.png

 

Os dados são da AESA.

  • Like 5
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

São Paulo-SP - Resumo de Janeiro/2022 nas estações oficiais

(Anomalias em relação ao período 1991-2020)

 

1. INMET-Mirante de Santana (Aut)

Obs.: A estação convencional não está tendo leituras aos domingos.

- Média das mínimas: 19,5°C (-0,1°C)

- Média das máximas: 28,5°C (0,0°C)

- Média Compensada: 22,9°C (-0,2°C)

- Média Simples: 24,0°C (0,0°C)

- Precipitações: 378,6 mm (Média 1991-2020 para janeiro => 292,1 mm)

  Chuva acima de 1 mm: 23 dias

  Maiores totais em 24 horas:

    66,4 mm (Dia 30)

    38,0 mm (19)

- Maiores máximas: 33,8°C (23); 33,7°C (19 e 22); 33,4°C (18); 33,0°C (20); 32,9°C (24)

- Menores máximas: 20,8°C (9); 21,8°C (8); 22,8°C (7); 23,1°C (29); 23,3°C (31)

- Menores mínimas: 16,3°C (9 e 10); 17,1°C (8); 18,1°C (1 e 30); 18,3°C (7); 18,5°C (12 e 19)

- Maiores mínimas: 22,2°C (24); 22,1°C (15); 21,7°C (25); 21,6°C (23); 21,5°C (27)

 

 

2. INMET-Interlagos (SESC)

- Média das mínimas: 19,0°C

- Média das máximas: 28,2°C

- Média Compensada: 22,4°C

- Média Simples: 23,6°C

- Precipitações: 289,6 mm 

  Chuva acima de 1 mm: 16 dias

  Maiores totais em 24 horas:

   64,4 mm (30)

   50,4 mm  (1)

- Maiores máximas: 33,8°C (27); 33,6°C (18); 33,4°C (19); 33,0°C (26); 32,2°C (17, 24 e 25)

- Menores máximas: 18,8°C (9); 20,5°C (8); 21,1°C (7); 21,8°C (29); 23,7°C (11)

- Menores mínimas: 15,8°C (9); 16,3°C (8); 16,5°C (10); 18,0°C (1, 7 e 11); 18,2°C (30)

- Maiores mínimas: 21,5°C (15); 21,0°C (26); 20,8°C (3 e 24); 20,5°C (4); 20,3°C (27)

 

 

3. IAG

- Média das mínimas: 18,6°C (0,0°C)

- Média das máximas: 28,7°C (+0,3°C)

- Média Compensada: 22,6°C (+0,2°C)

- Média Simples: 23,7°C (+0,2°C)

- Maiores máximas: 33,8°C (18 e 19); 33,5°C (23); 33,4°C (26); 33,2°C (20); 32,8°C (22)

- Menores máximas: 20,8°C (9); 21,9°C (8); 22,4°C (29); 23,0°C (7); 24,3°C (31)

- Menores mínimas: 16,2°C (9); 16,4°C (8); 16,5°C (10); 16,8°C (22); 17,0°C (1)

- Maiores mínimas: 20,8°C (15); 20,2°C (5 e 24): 20,1°C (3); 19,9°C (4); 19,7°C (14)

 

 

 

 

 

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Resumo do janeirão e comparação com a média do período 2007-2021: INMET Ouro Branco

  • Média das mínimas: 18,17° (acima 0,4° por causa da falta de noites limpas)
  • Média das máximas: 26,43° (abaixo 1,4° por causa de tantos dias nublados e chuvosos)
  • Média simples: 22,3° (abaixo 0,5°)

Portanto, um janeiro ameno, ligeiramente abaixo do normal, o janeiro mais fresco desde 2013 ou talvez um janeiro comum, já que o pós 2014 tinha vindo meio desastrosamente seco e quente.

Extremos do mês:

  • Mínima de 17,1° dias 8 e 9 durante o dilúvio
  • Menor máxima de 18,7° no dia 8 pelo mesmo motivo
  • Máxima de 30,6° no dia 20
  • Maior mínima de 19,8° no dia 28

A chuva no INMET Ouro Branco acumulada em janeiro foi de 463mm

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Aqui em Lafaiete, 4 estações do CEMADEN funcionaram normalmente todo o mês de janeiro e acumularam entre 418mm e 434mm, com média de 429mm

Nos registros do meu termômetro onde só consigo registrar as mínimas por ele ser de fio externo na janela do meu apartamento e pegar sol durante o dia, tive mínimas entre 16,9° no dia 19 e 20,1° no dia 21, com média de 18,45°, pouca coisa acima do INMET Ouro Branco.

 

Destaco ainda algumas mínimas baixas nas novas PWS da região naqueles poucos dias mais secos depois do dia 20 com mínima de 14,3° dia 24 na PWS do Rio Paraopeba em São Brás do Suaçuí e 14,9° no dia 23 na PWS de Monsenhor Isidro-Itaverava. Acho que no inverno elas prometem...

  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Em 08/02/2022 em 14:26, Augusto Göelzer disse:

Planeta em janeiro (anomalia 91-20):

map_1month_anomaly_Global_ea_2t_202201_1991-2020_v02.png

 

Brasil e região em janeiro (anomalia 79-19):

era5_t2m_anom_brasil_202201.png?2063

era5_prec_anom_brasil_202201.png?2063

image.png

 

Esse pós-2015 no mundo é um desastre ! Aquecimento súbito e que merece maiores explicações além do GW. Espero que consiga no mínimo retomar aos padrões da década de 2000.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Em 08/02/2022 em 19:30, Renan disse:

 

Esse pós-2015 no mundo é um desastre ! Aquecimento súbito e que merece maiores explicações além do GW. Espero que consiga no mínimo retomar aos padrões da década de 2000.

Ciclo frio até 2014 deve explicar esse 'súbito aquecimento'

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Em 04/02/2022 em 17:07, Aldo Santos disse:

São Paulo-SP - Resumo de Janeiro/2022 nas estações oficiais

(Anomalias em relação ao período 1991-2020)

 

1. INMET-Mirante de Santana (Aut)

Obs.: A estação convencional não está tendo leituras aos domingos.

- Média das mínimas: 19,5°C (-0,1°C)

- Média das máximas: 28,5°C (0,0°C)

- Média Compensada: 22,9°C (-0,2°C)

- Média Simples: 24,0°C (0,0°C)

- Precipitações: 378,6 mm (Média 1991-2020 para janeiro => 292,1 mm)

  Chuva acima de 1 mm: 23 dias

  Maiores totais em 24 horas:

    66,4 mm (Dia 30)

    38,0 mm (19)

- Maiores máximas: 33,8°C (23); 33,7°C (19 e 22); 33,4°C (18); 33,0°C (20); 32,9°C (24)

- Menores máximas: 20,8°C (9); 21,8°C (8); 22,8°C (7); 23,1°C (29); 23,3°C (31)

- Menores mínimas: 16,3°C (9 e 10); 17,1°C (8); 18,1°C (1 e 30); 18,3°C (7); 18,5°C (12 e 19)

- Maiores mínimas: 22,2°C (24); 22,1°C (15); 21,7°C (25); 21,6°C (23); 21,5°C (27)

 

 

2. INMET-Interlagos (SESC)

- Média das mínimas: 19,0°C

- Média das máximas: 28,2°C

- Média Compensada: 22,4°C

- Média Simples: 23,6°C

- Precipitações: 289,6 mm 

  Chuva acima de 1 mm: 16 dias

  Maiores totais em 24 horas:

   64,4 mm (30)

   50,4 mm  (1)

- Maiores máximas: 33,8°C (27); 33,6°C (18); 33,4°C (19); 33,0°C (26); 32,2°C (17, 24 e 25)

- Menores máximas: 18,8°C (9); 20,5°C (8); 21,1°C (7); 21,8°C (29); 23,7°C (11)

- Menores mínimas: 15,8°C (9); 16,3°C (8); 16,5°C (10); 18,0°C (1, 7 e 11); 18,2°C (30)

- Maiores mínimas: 21,5°C (15); 21,0°C (26); 20,8°C (3 e 24); 20,5°C (4); 20,3°C (27)

 

 

3. IAG

- Média das mínimas: 18,6°C (0,0°C)

- Média das máximas: 28,7°C (+0,3°C)

- Média Compensada: 22,6°C (+0,2°C)

- Média Simples: 23,7°C (+0,2°C)

- Maiores máximas: 33,8°C (18 e 19); 33,5°C (23); 33,4°C (26); 33,2°C (20); 32,8°C (22)

- Menores máximas: 20,8°C (9); 21,9°C (8); 22,4°C (29); 23,0°C (7); 24,3°C (31)

- Menores mínimas: 16,2°C (9); 16,4°C (8); 16,5°C (10); 16,8°C (22); 17,0°C (1)

- Maiores mínimas: 20,8°C (15); 20,2°C (5 e 24): 20,1°C (3); 19,9°C (4); 19,7°C (14)

 

 

 

 

 

Temperaturas máximas no mês exatamente as mesmas nas três estações meteorológicas. Pelo menos o Mirante teve os extremos de mínima e máxima menores que os de janeiro de 2021.

 

Em termos de chuva nota-se mais uma vez o Mirante sendo mais chuvoso. Desde a abertura da estação do SESC Interlagos é possível fazer as comparações de chuva no período e as médias mensais de chuva na maioria dos meses estão maiores no Mirante. 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

ACUMULADOS DE PRECIPITAÇÃO EM JANEIRO DE 2022 NO PIAUÍ

 

1037583109_Janeirode2022.thumb.png.c37af42b1a68a32c68fa4cc653bdcf88.png

 

Screenshot_547.png.2e01a04cb293daae56738f1fecd7fa24.png

 

Janeiro de 2022 foi, de modo geral, dentro da média no Piauí, com áreas no estado abaixo, dentro e acima da média. O maior destaque positivo foi a divisa sul com estado do Ceará, que é uma das áreas mais secas do estado e teve seu mês mais chuvoso desde março de 2020. Mas em termos de maiores acumulados, novamente o norte do estado se destacou.

 

Queimada Nova ficou dentro da área com chuva abaixo da média em janeiro. Na zona urbana, o acumulado de 71 mm representa 53% da média mensal, mas ainda foi acima da mediana do mês que é de 31 mm (2013-2021). Nos outros pluviômetros do município choveu ainda menos.

 

 

 

 

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Resumo de fevereiro e comparação com a média do período 2007-2021: INMET Ouro Branco

  • Média das mínimas: 17,74° (sem variação considerável, a média das mínimas em fevereiro tem ficado em 17,8°)
  • Média das máximas: 26,2° (abaixo 1,6° por causa do excesso de dias nublados e chuvosos)
  • Média simples: 21,97° (abaixo 0,8°)

Foi um mês muito ameno, o fevereiro mais fresco desde 2008 quando a média simples foi de 21,95°.

Extremos do mês:

  • Mínima de 15,3° no dia 17 (vejam como a casa dos 15° chegou cedo esse ano...)
  • Menor máxima de 19,4° no dia 9 (com chuva o dia todo)
  • Máxima de 30,8° no dia 23 (a máxima de 2022 até então e apenas 2 dias esse ano acima dos 30°)
  • Maior mínima de 19,1° no dia 14

A chuva no INMET Ouro Branco acumulada em fevereiro foi de 441,8 mm

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Aqui em Lafaiete, todas as 7 estações do CEMADEN no município funcionaram normalmente todo o mês de fevereiro e acumularam entre 303mm e 373mm, com média de 329mm

Nos registros do meu termômetro onde só consigo registrar as mínimas por ele ser de fio externo na janela do meu apartamento e pegar sol durante o dia, tive mínimas entre 15,9° no dia 9 e 19,9° no dia 5, com média de 18,28°, acima 0,5° do INMET.

 

O destaque segue sendo as chuvas abundantes. INMET Ouro Branco nesses primeiros dois meses do ano já registrou 904mm. Aqui em Lafaiete já são, na média das estações do CEMADEN, 758mm em janeiro e fevereiro, o que já representa 52% da média anual nesses 2 meses. Março, se as águas de março vierem fechando o verão é lucro, se não, já choveu o suficiente pra alguns meses de sobra...

  • Like 5
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Fevereiro de 2022 na estação do INMET em Bento Gonçalves:

 

Média mínima: 17,8⁰C (+0,1)

Média compensada: 22,4⁰C (+0,8)

Média máxima: 29,4⁰C (+2,4)

 

Foi um mês muito quente, especialmente nas máximas, mas ainda assim conseguiu trazer uma sensação de alívio depois da tragédia que foi janeiro. Ao menos as noites foram melhores para dormir. 

 

A máxima do mês foi 34,4⁰C no dia 3 e a mínima foi de 13,7⁰C nos dias 7 e 14. 

 

 

  • Like 5
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

 

ESTAÇÃO CIRAM/EPAGRI - PIRABEIRABA

JANEIRO 

01/jan

 

34

 

20

02/jan 34 22
03/jan 35 23
04/jan 29 24
05/jan 34 23
06/jan 25 20
07/jan 27 20
08/jan 25 20
09/jan 27 19
10/jan 25 20
11/jan 28 21
12/jan 31 20
13/jan 27 21
14/jan 32 22
15/jan 32 22
16/jan 35 21
17/jan 36 22
18/jan 37 22
19/jan 34 25
20/jan 35 24
21/jan 35 25
22/jan 34 23
23/jan 35 23
24/jan 35 23
25/jan 34 23
26/jan 35 24
27/jan 33 23
28/jan 23 19
29/jan 22 19
30/jan 24 20
31/jan 32 20
  31 21,7

FEVEREIRO

   
01/fev 33 20
02/fev 33 23
03/fev 32 23
04/fev 32 23
05/fev 39 24
06/fev 34 24
07/fev 30 22
08/fev 30 22
09/fev 29 21
10/fev 32 20
11/fev 32 21
12/fev 32 21
13/fev 33 19
14/fev 33 23
15/fev 31 21
16/fev 32 20
17/fev 29 18
18/fev 31 17
19/fev 31 17
20/fev 34 20
21/fev 36 22
22/fev 33 21
23/fev 30 23
24/fev 25 23
25/fev 32 24
26/fev 34 23
27/fev 34 22
28/fev 35 25
  32,17 21,5
  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

ESTAÇÃO CIRAM/EPAGRI - PIRABEIRABA - PRECIPITAÇÃO

 

01/jan 0,2
02/jan 0
03/jan 0
04/jan 13
05/jan 35
06/jan 8
07/jan 0,4
08/jan 3,2
09/jan 6,4
10/jan 46
11/jan 7
12/jan 0,2
13/jan 1,6
14/jan 3,8
15/jan 3,2
16/jan 3,2
17/jan 0
18/jan 0,8
19/jan 0
20/jan 0
21/jan 0
22/jan 0
23/jan 0
24/jan 0
25/jan 0
26/jan 0
27/jan 67
28/jan 41
29/jan 20
30/jan 12
31/jan 13
     285mm
   
01/fev 7,6
02/fev 0
03/fev 0,2
04/fev 3,2
05/fev 1,4
06/fev 0,6
07/fev 2,4
08/fev 0,4
09/fev 3,8
10/fev 0,2
11/fev 0
12/fev 0
13/fev 0
14/fev 11
15/fev 0,2
16/fev 0
17/fev 9,4
18/fev 30
19/fev 0,2
20/fev 0
21/fev 0
22/fev 7,2
23/fev 11
24/fev 1,6
25/fev 0,4
26/fev 0
27/fev 0
28/fev 0
    90,8mm

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

São Paulo-SP - Resumo de fevereiro/2022 nas estações oficiais.

(Anomalias em relação ao período 1991-2020)

 

 

1. INMET-Mirante de Santana (Aut)

Obs.: A estação convencional não está tendo leituras aos domingos.

- Média das mínimas: 19,4°C (-0,2°C)

- Média das máximas: 29,3°C (+0,3°C)

- Média Compensada: 23,0°C (-0,4°C)

- Média Simples: 24,3°C (0,0°C)

- Precipitações: 69,2 mm (Média 1991-2020 para fevereiro: 257,7 mm)

   Acima de 1 mm: 9 dias

   Acima de 10 mm: 4 dias

   Maior total em 24 h: 13,0 mm

   Foi o 2º mês de fevereiro mais seco desde a abertura da estação, conforme postado pelo Rodolfo no monitoramento (Abaixo).

   FEVEREIROS MAIS SECOS - MIRANTE DE SANTANA (1945-2022)
  32,5mm - 1984

  69,2mm - 2022

  86,9mm - 1956

  99,9mm - 2005

 102,2mm - 2018

 109,4mm - 2003

- Maiores máximas: 32,9°C (Dia 28); 32,8°C (22); 32,7°C (14); 32,6°C (25); 32,2°C (26)

- Menores máximas:  22,8°C (07); 25,7°C (02); 26,0°C (08); 26,1°C (11); 26,2°C (09)

- Menores mínimas: 16,5°C (10); 16,9°C (19); 17,0°C (09); 18,2°C (18); 18,4°C (11 e 17)

- Maiores mínimas: 21,6°C (06); 21,2°C (15); 21,1°C (04); 21,0°C (05); 20,7°C (25)

 

 

2. INMET-Interlagos (SESC)

- Média das mínimas: 18,6°C

- Média das máximas: 28,1°C

- Média Compensada: 22,2°C

- Média Simples: 23,3°C

- Precipitações: 90,8 mm

   Acima de 1 mm: 10 dias

  Acima de 10 mm: 3 dias

  Maior total em 24 h: 24,8 mm

- Maiores máximas: 34,1°C (28); 33,2°C (22); 32,9°C (14); 32,8°C (23); 32,1°C (21)

- Menores máximas: 22,1°C (07); 22,9°C (08); 23,4°C (11): 23,8°C (09); 24,5°C (10 e 18)

- Menores mínimas: 15,9°C (10); 16,1°C (19), 16,6°C (09); 17,3°C (11); 17,6°C (13)

- Maiores mínimas: 21,1°C (06); 20,4°C (05); 20,3°C (04); 20,1°C (28); 19,9°C (01 e 25)

 

 

3. IAG

(Obs.: No IAG, as medições de chuva são feitas normalmente porém não são disponibilizadas ao público.)

- Média das mínimas: 18,0°C (-0,7°C)

- Média das máximas: 29,4°C (+0,5°C)

- Média Compensada: 22,6°C (-0,2°C)

- Média Simples: 23,7°C (-0,1°C)

- Maiores máximas:  34,5°C (28); 34,0°C (22); 33,3°C (14); 33,0°C (23); 32,8°C (21)

- Menores máximas: 22,8°C (07); 25,0°C (08); 25,2°C (11); 26,1°C (09); 26,8°C (18)

- Menores mínimas: 14,5°C (10); 14,6°C (19); 15,2°C (09); 16,5°C (11); 16,8°C (24)

- Maiores mínimas: 21,2°C (06); 21,0°C (04); 20,4°C (05); 19,9°C (01); 19,4°C (20 e 28)

 

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Resumo de fevereiro de 2022 na capital paulista

 

Dia 1 até o dia 6: Tempo abafado e com chuvas devido a atuação da ZCAS. Máximas comportadas.

Dia 7: Dia "frio" e chuvoso, devido a passagem de uma frente fria.

dia 8 até o dia 11: Sequência de dias monótonos devido a situação de pós frontal. Ventos soprando do mar o dia todo, porém sem deixar o dia encoberto e cinzento. Tínhamos mais dias outonais.

dia 12 até o dia 20: Sequência de dias típicos de verão, porém com máximas ainda comportadas. Tivemos a passagem de uma frente fria entre os dias 14/15, mas que não teve forças nem para trazer pancadas de forma isolada (ocorreu apenas a mudança na direção dos ventos e a queda na máxima no dia 15).

Dia 20 até 28: Devido a formação e estabelecimento de um novo bloqueio atmosférico, voltamos a ter sequência de dias bem quente e com pouquíssima chuva (pancadas bem isoladas). Uma situação mais parecida com o período entre os dias 21 e 27 de janeiro.

 

Enfim, como já foi comentado aqui, um mês péssimo em termos de chuva.

Além dos canais de umidade terem nos ignorado e das frentes frias (ou frentes secas hehe) terem passado bem fracas, a termodinâmica teve um desempenho horrível (se janeiro não foi lá aquelas coisas nessa questão, fevereiro piorou ainda mais). Mesmo o geopotencial não estando tão intenso em nossas cabeças na última semana do mês (e nos primeiros dias de março), a dificuldade para pipocar núcleos de chuvas tem sido enorme. Já houve períodos que, mesmo com bloqueio atmosférico atuando, a ela (termodinâmica) tinha muito mais força para quebrar a subsidência e provocar fortes pancadas (ainda que de forma isolada). Diante de tudo isso, acaba sendo um milagre de as máximas não estarem passando dos 34 graus.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Em 03/03/2022 em 22:02, Daniel85 disse:

 Enfim, como já foi comentado aqui, um mês péssimo em termos de chuva.

Além dos canais de umidade terem nos ignorado e das frentes frias (ou frentes secas hehe) terem passado bem fracas, a termodinâmica teve um desempenho horrível (se janeiro não foi lá aquelas coisas nessa questão, fevereiro piorou ainda mais). Mesmo o geopotencial não estando tão intenso em nossas cabeças na última semana do mês (e nos primeiros dias de março), a dificuldade para pipocar núcleos de chuvas tem sido enorme. Já houve períodos que, mesmo com bloqueio atmosférico atuando, a ela (termodinâmica) tinha muito mais força para quebrar a subsidência e provocar fortes pancadas (ainda que de forma isolada). Diante de tudo isso, acaba sendo um milagre de as máximas não estarem passando dos 34 graus.

 

Embora hoje em dia não se possa duvidar de nada em relação a calor, a verdade é que temperaturas de 34°C em São Paulo (Mirante) tem sido raras até aqui no mês de março.

Talvez pela inclinação do sol (Já estamos próximos do equinócio de outono) e, ao contrário de setembro e outubro, pela ausência dos efeitos da massa tropical do Brasil Central.

Mesmo temperaturas de 33,x°C em março não ocorrem todos os anos no Mirante.

 

O recorde para março no Mirante é 34,3°C, registrados em 01/03/2012.

Outras marcas:

34,1°C (01/03/2009)

34,0°C (02/03/2003)

 

Há outro registro de 34,0°C em 28/03/1999 mas pairam dúvidas sobre este valor.

Foi um período em que as máximas do Mirante estavam estranhamente bem mais elevadas do que todas as outras estações oficiais de Sampa e região metropolitana.

 

 

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

ACUMULADOS DE PRECIPITAÇÃO EM FEVEREIRO DE 2022 NO PIAUÍ

 

1249560465_Fevereirode2022.thumb.png.872e4fef065328dfcfdd9df741c53bc4.png

 

Screenshot_556.png.54d404bcb282493f866c6a510245ab9f.png

 

Fevereiro de 2022 foi abaixo da média na maioria do Piauí.

 

Os maiores acumulados ficaram localizados na região de Teresina. Em Miguel Alves foram 381,2 mm, contra uma média de 261,6 mm (46% acima da média). Enquanto os menores ficaram na divisa com o Ceará, caso de São Julião com 34,0 mm e média mensal de 104,4 mm (67% abaixo da média). Mas em termos de anomalia negativa o caso mais grave foi o de Redenção do Gurgueia, no extremo sul do estado, que tem média de 259,7 mm mas só choveu 44,2 mm (83% abaixo da média).

 

Na minha região do estado, chuvas volumosas pontuais deixaram muitas áreas com acumulados acima da média, enquanto áreas não beneficiadas por essas chuvas tiveram um mês abaixo da média. Em Queimada Nova, houve pontos do município que superaram os 200 mm, mas na zona urbana caíram só 91 mm (média é de 124 mm). A média dos meus pluviômetros ficou em 114 mm.

  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Março de 2022 foi o mês mais chuvoso em Natal desde maio de 2020.

A seguir os acumulados nas estações que funcionaram sem falhas durante todo o mês:

 

420,7 mm - Guarapés II (Cemaden)

406,3 mm - Neópolis (Cemaden)

394,1 mm - UFRN (INMET)

371,2 mm - Ponta Negra (Cemaden)

 

Destaque para o dia 6, que teve acumulados superiores a 100 mm em vários pluviômetros:

 

256,8 mm - Cidade Alta (Cemaden)

190,6 mm - N.S. da Apresentação (Cemaden)

174,7 mm - Pajuçara (Cemaden)

160,9 mm - N.S. de Nazaré (Cemaden)

135,8 mm - Neópolis (Cemaden)

134,2 mm - Guarapés II (Cemaden)

119,1 mm - UFRN (INMET)

109,3 mm - Ponta Negra (Cemaden)

104,9 mm - Guarapés I (Cemaden)

 

Se esse volume na Cidade Alta tivesse caído na estação do INMET, teria sido seu maior volume diário, superando os 253,2 mm do dia 30/07/1998.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

São Paulo-SP - Resumo de março/2022 nas estações oficiais.

(Anomalias em relação ao período 1991-2020)

 

Foi um mês de março muito quente, o 4º mais quente no INMET-Mirante de Santana desde a abertura da estação em 1945.

Além disso, foi o mês mais quente deste verão climático em Sampa (Dez-Jan-Fev-Mar).

As chuvas estiveram na média, depois de um mês de fevereiro de muito pouca chuva.

 

Meses de março mais quentes no Mirante

(Médias das temperaturas mínimas, das máximas e compensada)

2007 => 19,8°C / 30,7°C / 24,1°C

2002 => 19,8°C / 30,2°C / 24,1°C

2018 => 20,3°C / 29,6°C / 23,9°C

2022 => 19,8C / 29,6°C / 23,8°C

2001 => 19,5°C / 30,0°C / 23,7°C

2009 => 20,0°C / 28,8°C / 23,7°C

 

 

1. INMET-Mirante de Santana (Aut)

Obs.: A estação convencional não está tendo leituras aos domingos.

- Média das mínimas: 19,8°C (+0,9°C)

- Média das máximas: 29,6°C (+1,6°C)

- Média compensada: 23,8°C (+1,3°C)

- Média simples: 24,7°C (+1,3°C)

- Precipitações: 234,0 mm (Média 1991-2020 para março: 223,7 mm)

- Maiores máximas: 33,1°C (Dia 3); 32,4°C (6); 32,3°C (7 e 8); 32,0°C (10); 31,8°C (4)

- Menores máximas: 21,8°C (20); 24,1°C (21): 24,9°C (31); 26,9°C (22); 27,0°C (16)

- Menores mínimas: 15,7°C (22); 16,4°C (21); 17,2°C (23 e 31); 17,3°C (20); 18,1°C (24)

- Maiores mínimas: 22,4°C (18 e 26); 21,7°C (8); 21,6°C (19 e 25); 21,4°C (3); 21,2°C (9)

 

 

2. INMET-Interlagos (SESC)

- Média das mínimas: 19,4°C

- Média das máximas: 29,4°C

- Média compensada; 23,1°C

- Média simples: 24,4°C

- Precipitações: 256,2 mm

- Maiores máximas: 33,7°C (6); 33,3°C (3, 5 e 10); 32,9°C (18); 32,4°C (2); 32,3°C (1 e 30)

- Menores máximas: 21,8°C (20); 22,4°C (21); 23,2°C (22); 25,2°C (31); 25,7°C (29)

- Menores mínimas: 15,9°C (22); 16,7°C (31); 16,8°C (20); 17,0°C (21); 17,4°C (23)

- Maiores mínimas: 22,3°C (18); 21,0°C (26); 20,8°C (3), 20,6°C (19); 20,4°C (10)

 

 

3. IAG

(Obs.: No IAG, as medições de chuva são feitas normalmente porém não são disponibilizadas ao público)

- Média das mínimas: 18,9°C (+0,9°C)

- Média das máximas: 30,3°C (+2,5°C)

- Média compensada: 23,2°C (+1,4°C)

- Média simples: 24,6°C (+1,7°C)

- Maiores máximas: 34,3°C (3); 33,8°C (5): 33,6°C (7); 33,5°C (18); 33,4°C (10)

- Menores máximas: 21,2°C (20); 23,9°C (21): 25,5°C (31); 25,8°C (22); 27,0°C (14)

- Menores mínimas: 15,7°C (21); 15,8°C (20); 16,6°C (31); 17,0°C (20); 17,1°C (23)

- Maiores mínimas: 21,5°C (26); 20,4°C (16); 20,3°C (15 e 19); 20,2°C (14 e 17): 20,0°C (27)

 

 

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Eldorado (27 m):

image.png.8fc06961c7e30e786c667b0509910b0c.png

 

(2000-2008 e 2020) Desvio das máximas (+0,6°C) e das mínimas (+1,0°C).

 

O destaque do mês foi a máxima do dia 07, sendo a maior já registrada pelo CIIAGRO em abril, superando os 39,0°C de 2007. Em contrapartida, também houve igualdade de menor máxima para o mês com os 22,0°C do dia 31, igualando o recorde de 2005 e 2008.

 

Já na chuva, o mês terminou levemente abaixo da média (pode-se dizer que terminou dentro da média, que é de 190,6 mm pelo CIIAGRO). Como podem ver, foi uma chuva bem distribuída ao longo do mês, algo bem característico da minha região, coisa que não tinha acontecido nos meses anteriores desse verão:

image.png.732209eaa927be0ea827fc724cc2968f.png

*Dados da estação do CIIAGRO.

 

Das outras estações que eu monitoro, vale destacar a de Iguape que terminou bem acima da média (a média é de 254,2 mm pelo INMET):

image.png.acc06fc3ddb767ddb29ef4a1887cd5d4.png

*Dados da estação do Cemaden (Rua Major Rebello, que fica no centro da cidade).

 

Destaque para o evento de chuva >100 mm do dia 16.

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Fevereiro de 2022, ao contrário de Janeiro, terminou abaixo da média no sertão da PB. Caíram 76,8 mm  para uma média de 133,5 mm. Quanto aos municípios, o maior acumulado ocorreu em Cachoeira dos Índios, na divisa com o CE:

922638928_ScreenHunter4327.png.c06ecec677a192fd26e4c676f7418cdd.png

 

Em Pombal choveu um pouco mais da metade da média (ficou 40,6% abaixo):

image.thumb.png.e63b08316b36b5108990bf8d336669f3.png

 

Aqui em casa choveu um pouco mais que na estação oficial: 96,1 mm. Dentro de algumas semanas posto o resumo de março.

Edited by CloudCb
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Brasil - março de 2021

 

Chuvas

Os mapas mostram um cenário bem típico de um bloqueio atuando na região sudeste e parte do centro oeste e nordeste, ou seja, chuva abaixo da média nessas regiões enquanto no sul do Brasil e centro sul de MS ficou acima da média.

Outras coisas que chamam a atenção são essa área isolada de chuva acima da média bem em cima da Grande SP e alguns locais do centro norte de Minas que não registraram chuva (uma delas próxima a RMBH). Aliás, o centro norte mineiro foi a área em que menos choveu nesse mês de março.

2Sju3Jc.gifNMYVq4e.gif

 

 

Temperaturas

Grande parte do país registrando temperaturas dentro da média, sobretudo nas máximas

Hc6awt8.gifPlDXlPq.gif

  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

Juiz de Fora (INMET) registrou o segundo mês de Março mais quente da história, perdendo apenas para Março de 2006, e por 1 DÉCIMO. 

 

- Fechou com 66,8mm e foi o mais seco desde Março de 1992. Foi o terceiro mais seco desde o início dos registros no local atual da estação (em 1973).

 

Máximas das máximas: 27,9°C (+01,5)

Média das mínimas: 18,6°C (+00,8)

Média compensada: 22,4°C (+01,2)

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Na minha estação, graças ao tempo seco, tivemos muitas mínimas amenas e isso ajudou a média do mês a não disparar. Acabou sendo um Março apenas levemente acima da média (+00,5 da mini normal).

 

- Média mínima de 17,7 (menor da série para Março)

- Média máxima de 30,9 (maior da série para Março).

 

- Chuva de 65mm (menor da série para Março)

 

image.png.c4c86392e0a11cf6785335c5ce464a3d.png

  • Like 5
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Março de 2022 em Blumenau quebrou a sequência de meses secos que resultou no quadrimestre NDJF mais seco desde 1949. Choveu 213mm em casa, acima do normal, que é em torno de 150/160mm.

 

Nas temperaturas o destaque foi o grande contraste entre o início muito quente e as temperaturas abaixo da média registradas do dia 12 em diante, o que configurou um início de outono precoce. As anomalias acabaram se anulando e fechamos praticamente na média (uns 2-3 décimos acima):

image.thumb.png.688def48888f40ac159a9a587c6bfaf0.png

Máxima média abaixo do normal e mínima média acima do normal, resultado da sempre alta umidade.

 

Média 24h: 24,1ºC

  • Like 6
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Março 2022 estação PIRABEIRABA - JOINVILLE / CIRAM-EPAGRI:

01/mar 30,82 24,36 23,2  
02/mar 29,47 23,57 27  
03/mar 30,9 23,81 6,4  
04/mar 32,37 23,4 0,2  
05/mar 34,23 23,59 0  
06/mar 35,92 23,94 0  
07/mar 34,6 24,16 0,4  
08/mar 31,58 24,1 2,4  
09/mar 32,65 24,09 0,2  
10/mar 33,19 23,28 30  
11/mar 32,63 23,01 13,2  
12/mar 24,02 20,22 40,4  
13/mar 23,23 20,22 10,2  
14/mar 26,03 21,38 2,8  
15/mar 25,54 21,8 31  
16/mar 24,98 21,39 2,8  
17/mar 31,84 19,86 0  
18/mar 33,73 22,9 8,2  
19/mar 29,63 21,63 17,6  
20/mar 24,07 20,26 3,8  
21/mar 22,87 19,51 52  
22/mar 27,22 19,42 6,2  
23/mar 26,93 17,33 0  
24/mar 28,18 21,06 13  
25/mar 28,29 20,76 0  
26/mar 31,54 21,5 0  
27/mar 29,65 22,07 0  
28/mar 29,09 22,24 1,2  
29/mar 29,23 21,14 0,8  
30/mar 31,11 20,33 0,6  
31/mar 22,08 14,8 16,8  

Tm= 25,45

 

29,27 21,64 310,4  
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Resumo do que foi Março de 2022 na capital paulista

 

  • Dia 1 até o dia 10: Forte calor com pancadas de chuva durante à tarde. Pancadas essas que chegavam a provocar transtornos pela cidade. Chama a atenção do temporal que caiu no dia primeiro, trazendo acumulados bem altos em algumas estações do CGE da cidade.
  • Dia 11 até o dia 16: Devido a formação de um canal de umidade (que atingiu o estado de SP), as máximas ficaram mais comportadas. Os temporais da tarde continuaram, porém de forma mais generalizada já que não estávamos mais sob uma situação de subsidência. Essas fortes pancadas começavam a cair à partir das 14/15 horas e persistiam até a noite. Ocorria, inclusive, de termos novas pancadas fortes durante a madrugada.
  • Dia 17 até o dia 19: Retorno do calor mais intenso, porém sem as fortes pancadas que vinham a ocorrer até então.
  • Dia 20 até o dia 22: Devido a uma massa de ar frio mais intensa, a cidade teve alguns dias bem com cara de outono (lembrando mês de maio). Tarde amena e noite e madrugada frias. O sol aparecia em meio a nuvens vindas da infiltração marítima (não chegavam a fechar o tempo por completo).
  • Dia 23 até o dia 26: Mais uma rodada de calor.
  • Dia 27 até o dia 29: Máximas mais comportadas devido ao aumento das instabilidades.
  • Dia 30: Situação pré-frontal devido a aproximação dessa última frente fria que trouxe bastante chuva em áreas litorâneas de SP e RJ.
  • Dia 31: Devido a chegada dessa frente fria, tivemos um dia nublado com chuva bem fraca em alguns momentos. Os ventos sopraram o dia todo com força do oceano, deixando o dia com o estilo bem norueguês.

 

Enfim, as chuvas provocadas pela termodinâmica, que estavam tão ausentes até o final de fevereiro, tiveram uma forte presença delas neste mês de março. Do dia 1 até o dia 16 choveu, esses temporais faziam presença na cidade à partir do meio da tarde, sendo que do dia 11 até o dia 16, se prolongava até a madrugada.
Apesar do calor ter marcado uma forte presença, tivemos dois períodos de acentuada queda nas temperaturas.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Em 02/03/2022 em 13:19, Otavio Cyrino disse:

Fevereiro, nas temperaturas, em Eldorado:

image.png.f0efa14da5bcad631225bdee00ef82f7.png

 

*Detalhe, apenas o dia 15 teve máxima sub-30, de resto, a temperatura sempre passou da barreira dos 30°C

 

CIIAGRO (2000-2020) Desvio das máximas (+2,6°C) e das mínimas (+0,3°C).

 

Acompanho o clima da sua região - que representa o sul do estado de SP - desde que vc comenta aqui no fórum e fiquei de cara como o verão daí é quente. Ano passado, acompanhei o grande potencial de frio nessa região (principalmente máximas baixas ou aquelas tardes invernais) e, por causa disso, achava que o verão fosse tipo o daqui ou mais fresco. Mas essa média máxima de fevereiro de quase 35C é muito alta e surpreendente pra essa região (ou, talvez, eu que seja muito leigo quanto ao clima dessa região de SP). Até mesmo março, que teve mais chuva, teve uma variação bem elevada, com muito abafados 21,5/32,6C pelo que postou - só que bem mais dinâmico. 

 

Agora, em compensação, a partir do outono, o refresco chega bem rápido nessas bandas e há um grande contraste térmico com os meses mais frios. Diferente daqui, em que as temperaturas médias caem lentamente ao longo das semanas (com os picos, claro). Subtropicalidade total no sul de SP.

.

.

.

Falando de março, foi o 2º mais seco da história de Belo Horizonte, perdendo apenas para a aberração que foi o março (e todo o ano) de 1963, que teve ~7mm. Mas a diferença foi de poucos mm (que pode ser causado por um simples acaso de posição de um núcleo isolado de chuva de verão, por exemplo), então dá pra dizer que tivemos um março histórico e excepcional, com tudo o que essas palavras significam, raríssimo, de ocorrência de 1 a 2 vezes por século.

 

Felizmente ocorreu após 5 meses seguidos de muita chuva, então o impacto é praticamente nenhum em questões mais sérias como abastecimento, por ex. - só a vegetação rasteira que sofreu com o calor seco, mas isso é de praxe.

 

Abril promete ser diferente.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Em 05/04/2022 em 13:49, LeoP disse:

Acompanho o clima da sua região - que representa o sul do estado de SP - desde que vc comenta aqui no fórum e fiquei de cara como o verão daí é quente. Ano passado, acompanhei o grande potencial de frio nessa região (principalmente máximas baixas ou aquelas tardes invernais) e, por causa disso, achava que o verão fosse tipo o daqui ou mais fresco. Mas essa média máxima de fevereiro de quase 35C é muito alta e surpreendente pra essa região (ou, talvez, eu que seja muito leigo quanto ao clima dessa região de SP). Até mesmo março, que teve mais chuva, teve uma variação bem elevada, com muito abafados 21,5/32,6C pelo que postou - só que bem mais dinâmico. 

 

Agora, em compensação, a partir do outono, o refresco chega bem rápido nessas bandas e há um grande contraste térmico com os meses mais frios. Diferente daqui, em que as temperaturas médias caem lentamente ao longo das semanas (com os picos, claro). Subtropicalidade total no sul de SP.

Então, eu acredito que aqui seja uma das regiões mais quentes do país no verão (não há uma alma viva que venha para cá e não reclame do calor insuportável deste período). Além das temperaturas altas que ocorrem, tem também o fator da umidade altíssima que eu sempre bato na tecla quando eu posto por aqui. Mas é bom lembrar que o verão deste ano foi anormal para época, assim como ocorreu no Sul, tivemos alguns períodos grandes de ausência de chuva, o que colaborou com muitas máximas altas, já que não tivemos as famosas "pancadas de verão" durante a tarde ou no final da tarde para trazer um alívio.

 

Na questão da representatividade do clima do sul de SP, creio que o daqui de Eldorado, especificamente, seja apenas factível com os outros municípios que fazem parte das áreas baixas do Vale do Ribeira (a grande maioria, é verdade), já não sendo compatível com as outras regiões do sul de SP por conta da diferença gritante de altitude como, por exemplo, as de Itapeva e de Itapetininga.

 

Até por conta disso, eu costumo monitorar a estação de Apiaí (~100 km de distância daqui de Eldorado e a 891 metros de altitude), a qual possui dados de temperatura mais factíveis com os outros munícipios do planalto sul paulista. Ela, inclusive, deve ter as médias bem parecidas no verão com as estações de BH (corrija-me se eu estiver errado), o 1° trimestre dela + início de abril:

image.png.6483ec496b71d8ee0204dbeb2ef8c8cb.png

 

Enfim, como você bem disse, apesar de termos sofrido no 1° trimestre, a transição para o outono é mais radical e perceptível do que aí em BH, já havendo uma maior dinâmica a partir da 2° quinzena de março e, assim, costuma durar até dezembro, quando o período "infernal" retorna. Até lá, a tendência das máximas é ir ficando cada vez mais amenas e poucas vezes ultrapassando a barreira dos 30°C (costuma passar dessa faixa somente nas épocas de pré-frontais).

 

 

 

  • Like 4
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Em 05/04/2022 em 13:49, LeoP disse:

 

Acompanho o clima da sua região - que representa o sul do estado de SP - desde que vc comenta aqui no fórum e fiquei de cara como o verão daí é quente. Ano passado, acompanhei o grande potencial de frio nessa região (principalmente máximas baixas ou aquelas tardes invernais) e, por causa disso, achava que o verão fosse tipo o daqui ou mais fresco. Mas essa média máxima de fevereiro de quase 35C é muito alta e surpreendente pra essa região (ou, talvez, eu que seja muito leigo quanto ao clima dessa região de SP). Até mesmo março, que teve mais chuva, teve uma variação bem elevada, com muito abafados 21,5/32,6C pelo que postou - só que bem mais dinâmico. 

 

Agora, em compensação, a partir do outono, o refresco chega bem rápido nessas bandas e há um grande contraste térmico com os meses mais frios. Diferente daqui, em que as temperaturas médias caem lentamente ao longo das semanas (com os picos, claro). Subtropicalidade total no sul de SP.

 

No clima do sul paulista, há que diferenciar as áreas baixas do vale do Ribeira e litoral sul em relação ao planalto.

Na parte baixa do vale do Ribeira, com exceção da cidade de Ribeira (160 m), todas as demais (Iporanga, Eldorado, Registro, Miracatu, Juquiá, Jacupiranga, Pariquera-Açu, etc, etc) estão abaixo de 100 m de altitude.

Já as cidades do planalto (Apiaí, Capão Bonito, Ribeirão Branco, Itapeva, Itararé, Guapiara, etc) variam entre 700 e 1.000 m de altitude, com clima bem mais ameno.

Apiaí, por exemplo, já tem um clima parecido com Curitiba, tendo inclusive nevado (Bem como regiões vizinhas) em julho de 1975.

 

O mapa abaixo mostra bem a situação.

As áreas baixas em amarelo e o planalto em diferentes tons de azul/verde.

Apiaí fica no ponto mais ao sul daquela pequena área azul escuro.

 

Médias anuais CIIAGRO.jpg

Edited by Aldo Santos
  • Like 2
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Obrigado, pessoal, pelos esclarecimentos. Eu tinha em mente, para o sul de SP, justamente a cidade de Apiaí como referência - já que é muito comentada aqui no fórum devido ao frio - além, como disse, de ter acompanhado o inverno frio de Eldorado. Por isso me "assustei" com esses valores tão elevados no verão, não esperava.

 

@Otavio Cyrino essas médias de verão de Apiaí são compatíveis com as médias das áreas serranas de BH, que correspondem a 5 a 10% da área do município apenas e são representadas pela estação do Cercadinho. O grosso da cidade  (estação central e Pampulha) é mais quente, com uma variação média 19/29C no trimestre de verão.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Março em São Bento do Sul:

 

Screenshot_20220401-074921-502.png.1e9a360f3abce21dcb200842e93d5a5e.png

 

Epagri Rio Vermelho:

 

Média: 21,3ºC (+2,1ºC)

Média das Mínimas: 16,7ºC (+1,2ºC)

Média das Máximas: 25,9ºC (+1,1ºC)   

 

Epagri Mato Preto:

 

Média: 21,5ºC (+2,3ºC)

Média das Mínimas: 17,1ºC (+1,6ºC)

Média das Máximas: 26,0ºC (+1,2ºC)

 

Samae Centro:

 

Média: 21,0ºC (+1,8ºC)

Média das Mínimas: 17,0ºC (+1,5ºC)

Média das Máximas: 25,0ºC (+0,2)

 

Incoterm Rio Negro:

 

Média: 21,3ºC (+2,1ºC)

Média das Mínimas: 17,0ºC (+1,5ºC)

Média das Máximas: 25,5ºC (+0,7ºC)

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

O mês de março no sertão da PB fechou com 239,1 mm. A média para o mês é de 190 mm, logo, ficou quase 26% acima do normal. No estado, o maior acumulado ocorreu no Vale do Piancó, no município de Igaracy:

image.png.4871c8c9b54599be381c2438d620add3.png

 

Em Pombal também choveu acima do normal em março, ficando 22,6% acima da média:

image.thumb.png.91d2bcb50f753fa938d9ebf680e47703.png

 

O grande destaque de março em Pombal foi a quantidade de dias com chuva, foram 21 dias com alguma precipitação. Foi o mês mais chuvoso (em quantidade de dias com chuva) desde março de 2008 (quando na ocasião choveu em 23 dos 31 dias do mês).

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Fevereiro de 2022 foi um mes agradável em Buenos Aires. Só oito dias registraram mínimas acima de 20°C e apenas seis dias tiveram máxima acima de 30°C, embora em um deles a temperatura tenha passado de 36°C e sido a maior para o mes desde 2019. Tivemos algumas entradas de ar frio, com destaque para o dia 13, que teve a menor temperatura desde 2005! A média simples ficou abaixo da média e fevereiro foi o mais fresco desde 2014, sendo que a mínima média empatou com 2003 e foi a mais baixa desde 1998. A mínima mais alta, de 23°C, também foi a mais baixa desde 1998.  Em relacao às chuvas, terminamos dentro da média, gracas a um evento no dia 26 qe trouxe praticamente 50% da chuva que caiu no mes.

MÍNIMA MAIS BAIXA: 10,5°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 23°C
MÍNIMA MÉDIA: 18,3°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 1,1°C

MÁXIMA MAIS ALTA: 36,5°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 23°C
MÁXIMA MÉDIA: 28°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 0,9°C

MÉDIA SIMPLES DE FEVEREIRO: 23,1°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 1,1°C

PRECIPITACAO ACUMULADA: 122,4 mm
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 6%


5 menores mínimas: 10,5°C (dia 13), 13,5°C (dia 6), 13,9°C (dia 12), 15,1°C (dias 8 e 18) e 15,5°C (dia 25)
5 maiores mínimas: 23°C (dia 16), 22,9°C (dia 2), 22,1°C (dia 26), 22°C (dia 27) e 20,6°C (dia 10)

5 maiores máximas: 36,5°C (dia 16), 33°C (dia 2), 32,1°C (dia 14), 31,5°C (dia 15) e 30,8°C (dia 10)
5 menores máximas: 23°C (dias 6 e 12), 24°C (dia 20), 24,3°C (dia 5), 24,4°C (dia 24) e 25°C (dia 7)

5 maiores chuvas em um dia: 58 mm (dia 26), 23 mm (dia 11), 10 mm (dia 12), 9 mm (dia 20) e 8 mm (dia 24)

Edited by Fábio De Nittis
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Marco de 2022 foi incrível em Buenos Aires. Tivemos:

  • A menor média das mínimas desde 2013.
  • Menor média das máximas e média simples desde 2014.
  • A menor temperatura em marco desde 1990.
  • A mínima mais alta do mes foi a menor desde 2014.
  • Menor máxima para marco desde 2012.
  • A mínima mais alta do mes foi a menor desde 2014.
  • Quatro mínimas abaixo de 10°C, o que nao acontecia em marco desde 1990.

Deixo a tabela completa desse mes incrível:
image.png.844455eecd5871edd3e743daaf99ba21.png

 

MÍNIMA MAIS BAIXA: 7°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 21,5°C
MÍNIMA MÉDIA: 15,6°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 2,1°C

MÁXIMA MAIS ALTA: 31,5°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 19°C
MÁXIMA MÉDIA: 26°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 0,9°C

MÉDIA SIMPLES DE ABRIL: 20,8°C
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 1,5°C

PRECIPITACAO ACUMULADA: 88 mm
DESVIO DA MÉDIA 91-20: - 25%


5 menores mínimas: 7°C (dia 31), 8,2°C (dia 19), 8,7°C (dia 30), 9,3°C (dia 25) e 10,2°C (dia 20)
5 maiores mínimas: 21,5°C (dias 5 e 17), 21,4°C (dia 4), 20,5°C (dia 16), 20°C (dia 3) e 19,6°C (dia 23)

5 maiores máximas: 31,5°C (dias 2 e 17), 31,1°C (dia 15), 30,4°C (dia 29), 29°C (dia 27) e 28,4°C (dia 14)
5 menores máximas: 19°C (dia 30), 21,2°C (dia 31), 21,4°C (dia 25), 21,5°C (dia 20) e 21,7°C (dia 19)

5 maiores chuvas em um dia: 24 mm (dia 23), 15 mm (dia 6), 11 mm (dia 9), 8 mm (dia 18) e 7 mm (dias 8, 21 e 24)

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

2022 até agora em Buenos Aires:
 

Temperaturas
Janeiro: 26,2°C (+ 1°C)
Fevereiro: 23,1°C (- 1,1°C)
Marco: 20,8°C (- 1,5°C)

 

Ano: 23,4°C (- 0,5°C)


Chuvas
Janeiro: 119,5 mm (- 11,5%)
Fevereiro: 122,4 mm (- 6%)
Marco: 88 mm (- 25%)

 

Ano: 329,9 mm (- 13,8%)

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

São Paulo-SP - Resumo de abril/2022 nas estações oficiais.

(Anomalias em relação ao período 1991-2020)

 

 

1. INMET-Mirante de Santana (Aut)

Obs.: A estação convencional não está tendo leituras aos domingos.

- Média das mínimas: 17,6°C (+0,1°C)

- Média das máximas: 26,9°C (+0,4°C)

- Média compensada: 21,2°C (+0,1°C)

- Média simples: 22,2°C (+0,2°C)

- Precipitações: 61,0 mm (Média 1991-2020: 84,4 mm)

  O Mirante teve 9 dias de chuva com 1 mm ou mais.

  Porém, o único acumulado diário (24 h) acima de 6 mm foi no dia 09, com 35,8 mm.

- Maiores máximas: 31,1°C (Dia 26); 30,9°C (04); 30,6°C (08); 30,5°C (27); 30,1°C (28)

- Menores máximas: 20,8°C (01); 22,4°C (16 e 17); 22,5°C (15); 22,6°C (02); 22,7°C (30)

- Menores mínimas: 13,1°C (16); 13,6°C (18); 14,4°C (17); 14,5°C (15); 15,2°C (19)

- Maiores mínimas: 21,0°C (13); 20,2°C (23); 20,1°C (12); 20,0°C (04); 19,9°C (05)

 

 

2. INMET-Interlagos (SESC)

- Média das mínimas: 16,9°C

- Média das máximas: 25,4°C

- Média compensada: 20,1°C

- Média simples: 21,2°C

- Precipitações: 53,0 mm

   Foram 8 dias de chuva com 1 mm ou mais.

  Os maiores acumulados em 24 h foram no dia 2, com 14,4 mm e no dia 5, com 11,8 mm.

- Maiores máximas: 32,1°C (04); 31,4°C (08); 31,3°C (28); 31,1°C (09); 30,5°C (27)

- Menores máximas: 18,8°C (01); 19,4°C (17); 19,6°C (15); 19,9°C (16); 20,1°C (30)

- Menores mínimas: 12,8°C (16); 13,7°C (15 e 18); 14,0°C (20); 14,3°C (17); 14,4°C (21)

- Maiores mínimas: 19,9°C (12), 19,8°C (13); 19,5°C (04); 19,1°C (09); 18,6°C (23 e 28)

 

 

3. IAG

Obs.: No IAG, as medições de chuva são feitas normalmente porém não são disponibilizadas ao público.

- Média das mínimas: 16,1°C (-0,1°C)

- Média das máximas: 26,6°C (+0,3°C)

- Média compensada: 20,3°C (0,0°C)

- Média simples: 21,4°C (+0,2°C)

- Maiores máximas: 32,6°C (04); 32,0°C (08); 31,6°C (27); 31,1°C (28); 30,8°C (26)

- Menores máximas: 20,2°C (01); 20,6°C (17); 21,4°C (15); 21,5°C (16); 21,6°C (02)

- Menores mínimas: 11,7°C (18); 12,2°C (16); 12,4°C (20); 12,6°C (21); 13,0°C (19)

- Maiores mínimas: 20,6°C (13); 19,8°C (12); 19,2°C (04); 18,6°C (09); 18,2°C (05, 08 e 25)

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Abril em Eldorado (27 m):

image.png.5afabdc496dc1c294ffbccdd79abd195.png

 

Como é um mês transitório, já demonstrou uma grande queda na média simples em comparação com os meses do 1° trimestre.

Destaque para a máxima sub-20 do dia 1°, a menor já registrada em abril pelo CIIAGRO.

 

(2000-2008 e 2019-2020) Desvio das máximas (-1,3°C) e das mínimas (-0,1°C).

-------------------------------------------------------------------------------------

No quesito chuva, terminamos o mês acima da média (a média de abril é de 58,4 mm no CIIAGRO):

image.png.efa8dd013b2a156e5ae9909ed45a1575.png

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.