Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - América do Norte 2021

Topic will be automatically locked at 02:00 AM


Rodolfo Alves
 Share

Recommended Posts

16 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

Pera, tu acha esse local ruim por causa das pistas do aeroporto? Não entendi

 

Na verdade, considero péssimo.  Eu acompanhei várias PWS na região neste período e o pico de calor em todas elas (exceto as de marca ruim, com superaquecimento notório) ficou entre 44 e 46ºc, incluindo as duas mais próximas do aeroporto, que ficam logo ao norte e na mesma planície (uma Davis Pro 2 e uma Rainwise, fez 45,9ºc na primeira e 45,5ºc na segunda).  No aeroporto fez 47,8ºc, e praticamente todo dia esta estação (oficial) aquece mais que as próximas, especialmente com sol.  Não precisa ser onda de calor não; hoje foi um dia ensolarado e fresco para os padrões de agosto na região, mas fez 25,6ºc na estação “oficial” do aeroporto de Dallesport, enquanto essa (https://www.wunderground.com/dashboard/pws/KWADALLE2?cm_ven=localwx_pwsdash) PWS teve máxima de 22,6ºc.

 

Não tenho nada contra estações em aeroporto, mas o local precisa ser minimamente bem escolhido dentro da área disponível.  Nesse caso, não precisavam ter colocado a estação bem no meio do triângulo de asfalto/concreto (qualquer direção de vento leva ar aquecido pelo asfalto sob o sol até a estação).  Não posso quantificar exatamente o tamanho do superaquecimento (algo que só um estudo feito no local poderia esclarecer), e pode ser que haja algum problema de calibração também piorando tudo, mas duvido que seja apenas questão de calibração.  Nos locais que indiquei com as setas vermelhas, por exemplo, ao menos a influência do calor da pista não ocorreria com todas as direções de vento (claro que, para escolher o melhor local, é preciso levar em conta o regime local de ventos também, as direções predominantes). 

 

dalles.png.3f1732c6ce9bbbf26fdfa7cb7b134b41.png

 

Outro caso que me faz apostar na influência negativa do asfalto ocorreu no aeroporto de Tri-Cities, em Pasco (no mesmo estado de Washington), cuja estação oficial registrou uma máxima de 46ºc no dia 27/06 (quando três PWS ao lado registraram valores entre 43 e 44ºc), sendo que neste dia havia um vento leste constante nas horas mais quentes, soprando o ar diretamente de uma imensa área concretada e asfaltada para a estação do aero.  Mas no dia 29/06, que foi o pico da onda de calor em toda a região, a estação do aeroporto registrou máxima de 45ºc exatos, enquanto as 3 PWS mais próximas ficaram entre 44,9ºc e 45,8ºc.  A diferença é que neste dia o vento soprava de N/NW, atravessando diretamente de áreas cultivadas para a estação do aero, sem passar pela pista do aeroporto antes de alcançar a estação, e justo neste dia o aero bateu perfeitamente com as PWS mais próximas.  No aeroporto de Tri-Cities a estação meteorológica não está completamente cercada pelo asfalto, então foi possível "isolar" o efeito que as áreas concretadas/asfaltadas exercem sobre a temperatura registrada dependendo do vento.

 

 

Para não fugir totalmente do monitoramento, Manhattan (NYC) está registrando um final de noite muito chuvoso neste sábado, com acumulado de 84 mm nas últimas 2 horas e 49 mm na última hora (até 23:53), são os maiores volumes de chuva em 1 e 2 horas desde que os dados horários da estação (NYC Central Park) passaram a ser disponibilizados na web, no final da década de 1990.  A circulação do ciclone Henri (que vai passar longe da cidade) está alinhando áreas relativamente pequenas, mas que se movem muito lentamente, de chuva sobre parte da costa leste.

Edited by Wallace Rezende
  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

10 mortos e 30 desaparecidos por enchente no TN.

 

Citar

PRELIMINARY: the 17.02" of rain measured at McEwen, TN today likely broke the all-time 24 hour rainfall record for the state of #Tennessee - which was 13.60" in Milan set on September 13, 1982. Data will have to be QC'ed before the new record can be confirmed!

 

 

  • Like 3
  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

12 horas atrás, Wallace Rezende disse:

 

Na verdade, considero péssimo.  Eu acompanhei várias PWS na região neste período e o pico de calor em todas elas (exceto as de marca ruim, com superaquecimento notório) ficou entre 44 e 46ºc, incluindo as duas mais próximas do aeroporto, que ficam logo ao norte e na mesma planície (uma Davis Pro 2 e uma Rainwise, fez 45,9ºc na primeira e 45,5ºc na segunda).  No aeroporto fez 47,8ºc, e praticamente todo dia esta estação (oficial) aquece mais que as próximas, especialmente com sol.  Não precisa ser onda de calor não; hoje foi um dia ensolarado e fresco para os padrões de agosto na região, mas fez 25,6ºc na estação “oficial” do aeroporto de Dallesport, enquanto essa (https://www.wunderground.com/dashboard/pws/KWADALLE2?cm_ven=localwx_pwsdash) PWS teve máxima de 22,6ºc.

 

Não tenho nada contra estações em aeroporto, mas o local precisa ser minimamente bem escolhido dentro da área disponível.  Nesse caso, não precisavam ter colocado a estação bem no meio do triângulo de asfalto/concreto (qualquer direção de vento leva ar aquecido pelo asfalto sob o sol até a estação).  Não posso quantificar exatamente o tamanho do superaquecimento (algo que só um estudo feito no local poderia esclarecer), e pode ser que haja algum problema de calibração também piorando tudo, mas duvido que seja apenas questão de calibração.  Nos locais que indiquei com as setas vermelhas, por exemplo, ao menos a influência do calor da pista não ocorreria com todas as direções de vento (claro que, para escolher o melhor local, é preciso levar em conta o regime local de ventos também, as direções predominantes). 

 

dalles.png.3f1732c6ce9bbbf26fdfa7cb7b134b41.png

 

Outro caso que me faz apostar na influência negativa do asfalto ocorreu no aeroporto de Tri-Cities, em Pasco (no mesmo estado de Washington), cuja estação oficial registrou uma máxima de 46ºc no dia 27/06 (quando três PWS ao lado registraram valores entre 43 e 44ºc), sendo que neste dia havia um vento leste constante nas horas mais quentes, soprando o ar diretamente de uma imensa área concretada e asfaltada para a estação do aero.  Mas no dia 29/06, que foi o pico da onda de calor em toda a região, a estação do aeroporto registrou máxima de 45ºc exatos, enquanto as 3 PWS mais próximas ficaram entre 44,9ºc e 45,8ºc.  A diferença é que neste dia o vento soprava de N/NW, atravessando diretamente de áreas cultivadas para a estação do aero, sem passar pela pista do aeroporto antes de alcançar a estação, e justo neste dia o aero bateu perfeitamente com as PWS mais próximas.  No aeroporto de Tri-Cities a estação meteorológica não está completamente cercada pelo asfalto, então foi possível "isolar" o efeito que as áreas concretadas/asfaltadas exercem sobre a temperatura registrada dependendo do vento.

 

 

Para não fugir totalmente do monitoramento, Manhattan (NYC) está registrando um final de noite muito chuvoso neste sábado, com acumulado de 84 mm nas últimas 2 horas e 49 mm na última hora (até 23:53), são os maiores volumes de chuva em 1 e 2 horas desde que os dados horários da estação (NYC Central Park) passaram a ser disponibilizados na web, no final da década de 1990.  A circulação do ciclone Henri (que vai passar longe da cidade) está alinhando áreas relativamente pequenas, mas que se movem muito lentamente, de chuva sobre parte da costa leste.

 

De fato tá marcando bem acima do real, mas olhando a imagem me parece impossível que o asfalto seja o culpado pelo aquecimento, é mais provável que seja questão das condições do equipamento mesmo (qualidade do abrigo, calibração, etc). Aqui em Blumenau, por exemplo, a estação do AlertaBlu fica a 3m do asfalto e não aquece isso tudo. A pista certamente tem um raio de influência na temperatura de +0,5ºC muito menor que a distância pra estação, que está a quase 200m dela (2-3ºC muito menos ainda) :

image.png.002c9d854cebcb9e6764c905d3d52890.png

 

Eu diria que 80% das estações do INMET estão em locais piores que essa estação por conta de árvores, muros, cercas e até prédios num raio de menos de 100m.

 

Por outro lado os americanos gostam de fazer a base das estações com brita cinza-escura, um fator que creio ser relevante pra absorver radiação solar e aumentar as máximas na ausência de vento/vento fraco.

Edited by Felipe Backendorf
  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Em 20/08/2021 em 12:56, ducz disse:

Choveu no local mais alto da Groenlândia pela primeira vez desde o início dos registros, em 1950.

 

Localização da estação: 72.580011,-38.456683

 

bighouse-netcam.thumb.jpg.fbd1e32e00a88bb07805af26a1a38dad.jpg

 

https://www.theguardian.com/world/2021/aug/20/rain-falls-peak-greenland-ice-cap-first-time-on-record-climate-crisis

ducz,

nessa geleira da Groenlândia, fica a estação meteorológica de Summitt, que registra mínimas na faixa de -60,0ºC.

Mas esse ano não vi dados dessa estação no site do OGIMET(não sei o porque, a estação está fora da lista), onde acompanho as 100 maiores, menores temperaturas,  maiores chuvas de 24 h e maiores rajadas de vento.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

8 horas atrás, marinhonani disse:

ducz,

nessa geleira da Groenlândia, fica a estação meteorológica de Summitt, que registra mínimas na faixa de -60,0ºC.

Mas esse ano não vi dados dessa estação no site do OGIMET(não sei o porque, a estação está fora da lista), onde acompanho as 100 maiores, menores temperaturas,  maiores chuvas de 24 h e maiores rajadas de vento.

Muito legal esse seu monitoramento pelo OGIMET! São mínimas baixíssimas. O que faz com que essa notícia da chuva seja ainda mais impressionante. Os caras nem tinham pluviômetro pra medir, rs. Eu chutaria que muito raramente a temperatura dessa estação deve ficar acima de 0ºC.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

14 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

 

De fato tá marcando bem acima do real, mas olhando a imagem me parece impossível que o asfalto seja o culpado pelo aquecimento, é mais provável que seja questão das condições do equipamento mesmo (qualidade do abrigo, calibração, etc). Aqui em Blumenau, por exemplo, a estação do AlertaBlu fica a 3m do asfalto e não aquece isso tudo. A pista certamente tem um raio de influência na temperatura de +0,5ºC muito menor que a distância pra estação, que está a quase 200m dela (2-3ºC muito menos ainda) :

image.png.002c9d854cebcb9e6764c905d3d52890.png

 

Eu diria que 80% das estações do INMET estão em locais piores que essa estação por conta de árvores, muros, cercas e até prédios num raio de menos de 100m.

 

Por outro lado os americanos gostam de fazer a base das estações com brita cinza-escura, um fator que creio ser relevante pra absorver radiação solar e aumentar as máximas na ausência de vento/vento fraco.

 

Pode ser que nesse caso o efeito dominante seja mesmo da calibração, de alguma falha na aspiração do sensor, ou mesmo de outro fator, como o que você mencionou, mas ainda considero que há alguma participação do “triângulo” de asfalto, apesar de serem pistas bastante modestas para o padrão da maioria dos aeros.

 

Já no caso de Tri-Cities, a influência das áreas asfaltadas/concretadas é evidente.  Além da estação do aero (ponto vermelho) ter sido a única num raio de mais de 100 km a registrar o pico do calor do dia 27 (com vento leste), a diferença para as PWS mais próximas (localização aproximada indicada pelas setas, típico subúrbio americano) caiu de 3ºc no dia 27/07 para nenhuma do dia 29/07.  Enquanto ao norte da estação do aero existem áreas cobertas por vegetação rasteira e plantações, ao leste há a pista do aeroporto (mais larga que a de Dallesport) e, mais além, uma significativa área concretada exposta do sol e um grande estacionamento ferroviário.

 

kpsc.png.e0a964e2b150b9c265c79faf790e220a.png

 

Mas a questão principal é mesmo a falta de preocupação com a qualidade dos registros, que predomina nos EUA também (o que pude confirmar em contatos por e-mail com funcionários de alguns escritórios locais no NWS).  Uma das causas é a mesma do Brasil, a burocracia.  O responsável pelas estações é o NWS (mas quem tem maior influência sobre o posicionamento das estações é a FAA, o que vou abordar em outro parágrafo, e o responsável pela homologação dos registros é o NCEI, órgão cheio de burocratas que não estão nem aí para a qualidade dos dados, tanto que já homologaram um recorde estadual de calor que estava mais de 10ºc acima da temperatura máxima possível no dia, e só voltaram atrás depois que o próprio serviço local de climatologia do Colorado se pronunciou sobre o absurdo do registro).  Os funcionários do NWS têm meio que uma rivalidade com os do NCEI, mas alguns também se aproveitam da situação para “lavar as mãos” sobre a qualidade dos registros.

 

Num dos contatos que fiz, com o escritório local de Boston/Norton (a estação da “capital acadêmica” dos EUA registrou temperaturas superestimadas por quase um ano entre 2019 e 2020, um funcionário admitiu que, após ser detectado que o sensor da estação da cidade (aeroporto Logan) estava descalibrado, a troca foi feita, mas os dados anteriores não seriam corrigidos (seria relativamente fácil corrigir, pois a diferença entre as anomalias mensais desta estação e as mais próximas indicou com bastante precisão, por vários meses, o quanto a estação estava descalibrada).  Para corrigir os dados, eles teriam que entrar em contato com o NCEI, talvez por isso tenham deixado a questão de lado.

 

Em outro contato, com o escritório da região de Key West (quando questionei sobre uma estação que registrava máximas e mínimas sempre 3ºc acima das mais próximas, isso bem antes da pandemia), o funcionário foi bastante solícito e disse que eles também haviam percebido as discrepâncias, e que uma obra nas proximidades da estação havia afetado grandemente os registros, mas que eles precisavam pedir autorização à FAA (agência de aviação federal) para providenciar o reposicionamento da estação, um processo algo burocrático e demorado.  Quando os interesses da meteorologia e da climatologia são submetidos aos da aviação, as duas primeiras sempre vão sair perdendo.

 

Claro que lá tem muito mais dinheiro disponível, não dá para comparar com o Brasil nesse aspecto.  Só que dinheiro, apesar de muito importante, não é tudo.  Uma coisa que aprendi ao longo dos anos é que os EUA têm uma das redes de estações meteorológicas oficiais mais caóticas e de qualidade mais irregular dentre todos os países ditos desenvolvidos do mundo.

 

 

Voltando ao monitoramento, a chuva final do dia de ontem (sábado) em NYC ficou assim nas estações oficiais (choveu mais em partes de Manhattan e do Brooklyn):

 

Central Park: 113 mm

La Guardia aero: 29,9 mm

Kennedy aero: 54,1 mm

Newark: 32,5 mm

 

Foi o maior total diário no Central Park desde 2014, mas o maior evento de chuva dos últimos anos ocorreu em agosto de 2011, com os seguintes registros no dia 14 (foi um evento bem mais generalizado, com totais elevados por toda a cidade e arredores):

 

Central Park: 147,6 mm

La Guardia aero: 167,6 mm

Kennedy aero: 198,1 mm (pico de mais de 70 mm em 1 hora)

Newark: 162,6 mm

 

O recorde histórico de chuva em 24 horas no Central Park (desde 1869) foi de 283,7 mm entre os dias 8 e 9 de outubro de 1903.

O recorde diário (leva em conta apenas o dia do calendário) foi de 210,3 mm em 23/09/1882.

Fico imaginando qual teria sido a abordagem da mídia se esses recordes tivessem sido quebrados, mas na verdade já sei exatamente qual seria...

 

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Esse furacão já causou tanto problema diferente que eu nem sei em que tópico postar... Mas como se trata de um evento de inundação causado pelos remanescentes dela acho que é aqui mesmo.

Os restos de Ida estão causando mais mortes nos estados da costa leste dos EUA do que no local do landfall se não me engano.

 

 

 

 

 

 

  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

13 horas atrás, Alexandre Pereira disse:

Teve muita chuva e diversos alagamentos em NYC e arredores devido aos resquícios do Ida:

 

 

 

 

 

 

Tô chocado com estas imagens do metrô deles e funcionando ainda sob esta situação toda, em sp é mto difícil alagamentos, mas tem 2 estações que isto acontece com alguma frequência que é Jd São Paulo e Adolfo Pinheiro, tipo esta que aconteceu em um temporal em outubro de 2018.

Geralmente o metrô fecha a estação e dependendo paralisa a linha.

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

7 horas atrás, jrmartinisp disse:

Tô chocado com estas imagens do metrô deles e funcionando ainda sob esta situação toda, em sp é mto difícil alagamentos, mas tem 2 estações que isto acontece com alguma frequência que é Jd São Paulo e Adolfo Pinheiro, tipo esta que aconteceu em um temporal em outubro de 2018.

Geralmente o metrô fecha a estação e dependendo paralisa a linha.

 

A estação Jardim São Paulo fica num fundo de vale onde passa um córrego (Canalizado).

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 3 weeks later...
Em 11/10/2021 em 12:05, Peregrine disse:

Me parece que o frio vai chegando ao Oeste do Canadá na divisa com os EUA. É normal para essa época do ano ?

Citar

 

é por aí mesmo, alguns lugares de Montana e Wyoming pode nevar em qualquer época do ano então temperaturas assim em outubro não é anormal

Link to comment
Share on other sites

Em 12/10/2021 em 21:22, bruno124 disse:

é por aí mesmo, alguns lugares de Montana e Wyoming pode nevar em qualquer época do ano então temperaturas assim em outubro não é anormal

Valeu ! É que venho acompanhando o clima do HN há pouco tempo. Tenho percebido uma certa preocupação de alguns climatologistas quanto ao Inverno que se aproxima no que diz respeito ao enfraquecimento do Jato Polar. Se as condições não mudarem até lá, parece que boa parte dos EUA e Canadá sofrerão extremos de frio no Inverno.

Link to comment
Share on other sites

Em 14/10/2021 em 12:48, Peregrine disse:

Valeu ! É que venho acompanhando o clima do HN há pouco tempo. Tenho percebido uma certa preocupação de alguns climatologistas quanto ao Inverno que se aproxima no que diz respeito ao enfraquecimento do Jato Polar. Se as condições não mudarem até lá, parece que boa parte dos EUA e Canadá sofrerão extremos de frio no Inverno.

Boa noite ilustre. Tem algum link para compartilhar de onde tens lido sobre isso? Me interessei também.

  • Confused 1
Link to comment
Share on other sites

Em 14/10/2021 em 20:33, SandroAlex disse:

Boa noite ilustre. Tem algum link para compartilhar de onde tens lido sobre isso? Me interessei também.

Pesquisa sobre "vortex polar 2022". Busca os links mais recentes. Me parece que parte da Europa e Ásia também podem enfrentar um inverno rigoroso (Europa e Ásia não me interessam muito)

  • Like 1
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

Em 15/10/2021 em 12:49, Peregrine disse:

Pesquisa sobre "vortex polar 2022". Busca os links mais recentes. Me parece que parte da Europa e Ásia também podem enfrentar um inverno rigoroso (Europa e Ásia não me interessam muito)

Para quem se interessou no assunto vai um link como dica para leitura:

 

https://www.severe-weather.eu/global-weather/polar-vortex-returns-usa-europe-winter-2021-2022-fa/

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Em 15/10/2021 em 13:22, SandroAlex disse:

Para quem se interessou no assunto vai um link como dica para leitura:

 

https://www.severe-weather.eu/global-weather/polar-vortex-returns-usa-europe-winter-2021-2022-fa/

Vish... E com essa crise energética (falta de gás e carvão para as usinas na Europa) vai ser bem pior passar o inverno 2021/2022 😱

  • Sad 2
Link to comment
Share on other sites

Em 17/10/2021 em 18:29, Monotov disse:

Vish... E com essa crise energética (falta de gás e carvão para as usinas na Europa) vai ser bem pior passar o inverno 2021/2022 😱

Bem lembrado ! Mas a crise energética atinge o planeta como um todo impulsionado pelo preço do petróleo. EUA também estão sofrendo...

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.