Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

André L P Souza

Members
  • Posts

    63
  • Joined

  • Last visited

About André L P Souza

  • Birthday 10/04/1997

Location

  • Location
    Rio de Janeiro-RJ

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

André L P Souza's Achievements

Apprentice

Apprentice (3/14)

  • Very Popular Rare
  • First Post Rare
  • Collaborator Rare
  • Week One Done Rare
  • One Month Later Rare

Recent Badges

174

Reputation

  1. PERIGO! ZCAS pode se formar a partir de sexta-feira entre o norte de Minas Gerais e o Amazonas, por conta de um ciclone extratropical na costa do Espírito Santo. São esperados volumes acumulados no MATOPIBA de até 200 mm. Bahia poderá receber os maiores volumes de chuva, principalmente os extremos leste e oeste do estado. No Rio, onde moro até chuviscou mas o Sol finalmente deu as caras.
  2. PERIGO! ZCAS pode se formar a partir de sexta-feira entre o norte de Minas Gerais e o Amazonas, por conta de um ciclone extratropical na costa do Espírito Santo. São esperados volumes acumulados no MATOPIBA de até 200 mm. Bahia poderá receber os maiores volumes de chuva, principalmente os extremos leste e oeste do estado
  3. Descartada a possibilidade de o ciclone subtropical se transformar em depressão na costa do Sudeste. CPTEC informa que uma ZCAS irá se formar entre o Espírito Santo e o Pará e que este ciclone subtropical fará uma transição extratropical. https://www.abaixodezero.com/index.php?/topic/6546-monitoramento-e-previsão-ciclones-subtropicaistropicais-no-atlântico-sul/&do=findComment&comment=526518
  4. ATENÇÃO! Descartada a possibilidade da formação de depressão subtropical na costa do Sudeste. O ciclone subtropical, não obterá força o suficiente para se transformar em depressão e fará uma transição extratropical, segundo o CPTEC. ZCAS irá se formar entre o Espírito Santo e o Pará, provocando chuva volumosa e aumentará o risco para inundações e deslizamentos. Boletim do CPTEC de 1 de novembro: Entre esta segunda (01/11) e terça-feira (02/11), o deslocamento e aprofundamento do cavado atuante em altos e médios níveis manterá o tempo instável sobre uma ampla área entre o sul da Região Norte, grande parte do Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. O aprofundamento do cavado dará origem a uma ciclone com características extratropicais no litoral do Sudeste o que reforçará a convergência do fluxo de umidade em baixos níveis sobre as áreas citadas. A combinação dos fatores mencionados dará origem a um episódio de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) que deverá persistir, pelo menos, até a quinta-feira (04/11). Desta forma, entre esta segunda (01/11) e terça-feira (02/11) são esperados episódios de chuva intensa em curto período de tempo na área entre o centro-sul do AM, sul do PA, parte de RO, norte de MT e TO, além de pontos do norte do ES, nordeste de MG e sul da BA. A precipitação constante ao longo do período proporcionará condição para acumulados elevados entre o sul de GO, grande parte de MG e do RJ, além do ES onde os volumes serão mais elevados e de forma mais generalizada. Há também o potencial para episódios de tempo severo entre a tarde e noite desta segunda-feira (01/11) entre o sul de GO e centro de MG. Entre a terça (02/11) e quarta-feira (03/11), a atuação da ZCAS manterá a maior parte das instabilidades concentradas entre o sul da Região Norte e parte norte do Centro-Oeste e Sudeste, além da BA. Nestes pontos, permanecerá o potencial para episódios de chuva intensa em curto período e, entre o ES, norte de MG e sul e oeste da BA há condição para acumulados elevados e episídios de tempo severo de forma isolada. A propagação de um cavado em médios e altos níveis entre a Argentina e o RS favorecerá a ocorrência de chuvas fortes em curto período de tempo com condição, também, para queda de granizo e ventos de forte intensidade entre o oeste e sul do RS entre a tarde da terça (02/11) e madrugada da quarta-feira (03/11). Para maiores informações, consultem: https://www.cptec.inpe.br
  5. Acabei de ver em previsão de imagens do portal Windy, que a possibilidade deste ciclone subtropical se formar é na madrugada, entre o litoral do RJ e de SP. O risco é alto para inundações e deslizamentos.
  6. Ciclone subtropical pode se formar ainda hoje na costa do Sudeste. Neste momento, chove sem parar na capital do RJ onde moro. https://metsul.com/ciclone-subtropical-atipico-pode-se-formar-na-costa-do-sudeste-do-brasil/
  7. ATENÇÃO! MetSul Meteorologia acaba de confirmar a possibilidade de um ciclone subtropical se formar ainda hoje no RJ. Segundo o portal, é pouco remota a possibilidade de uma tempestade subtropical se formar, recebendo nome "Ubá" pelo CHM. No máximo, chegaria a depressão subtropical, recebendo a nomenclatura 03Q. Continuamos monitorando. https://metsul.com/ciclone-subtropical-atipico-pode-se-formar-na-costa-do-sudeste-do-brasil/
  8. Se este ciclone subtropical atingir a categoria de tempestade, ele pode se chamar Ubá. Segundo a Climatempo, o risco é alto para deslizamentos e chuva volumosa entre os dias 1 e 2 de novembro em áreas de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Estaremos monitorando.
  9. Tempestade subtropical Wanda se forma no Atlântico norte. Anteriormente Wanda foi um poderoso ciclone bomba que arrasou os Estados Unodos em 26 de outubro. A tendência é que o ciclone faça uma breve transição tropical Conteúdos da NOAA, pegos da Wikimedia Commons. Para maiores informações, consultem: https://www.nhc.noaa.gov
  10. Um ciclone bomba atingiu a costa oeste dos Estados Unidos no domingo. Infelizmente, 2 pessoas morreram e a pressão do ciclone se equivaleu a um furacão de categoria 3 chegando a 947 hPa, segundo a MetSul Meteorologia. O fenômeno absorveu umidade do Pacífico e formou um rio atmosférico que provocou nuvens de chuva e neve.
  11. Rick neste momento, está como depressão tropical no centro-oeste do México. A tormenta pode enfraquecer logo mais na madrugada, segundo a NOAA Para maiores informações, consulte: https://www.nhc.noaa.gov/?epac
  12. A NOAA já descartou a possibilidade de o Rick se tornar um grande furacão. Mas alerta! A tormenta pode chegar ao México muito perto da categoria 2, com risco para inundações e deslizamentos. A previsão é que, em pontos isolados, a precipitação acumulada passe dos 50 centímetros. 000 WTPZ32 KNHC 242349 TCPEP2 BULLETIN Furacão Rick Número Consultivo Intermediário 10A NWS National Hurricane Center Miami FL EP172021 700 PM CDT Dom 24 de outubro de 2021 ... RICK OBTENDO UM POUCO MELHOR ORGANIZADO ENQUANTO SE MOVIA LENTAMENTE EM DIREÇÃO À COSTA DO MÉXICO ... CONDIÇÕES DE TEMPESTADE QUE SE PROPAGAM NA TERRA DO SUL DO MÉXICO ... RESUMO DA CDT 700 PM ... 0000 UTC ... INFORMAÇÕES --------------------------- ------------------- LOCALIZAÇÃO ... 16,5N 101,6W CERCA DE 85 MI ... 135 KM S DE ZIHUATANEJO MÉXICO CERCA DE 115 MI ... 190 KM SSE DE LAZARO CARDENAS MEXICO VENTOS MÁXIMOS SUSTENTADOS ... 90 MPH ... 150 KM / H MOVIMENTO ATUAL ... N OU 360 GRAUS A 5 MPH ... 7 KM / H PRESSÃO CENTRAL MÍNIMA ... 977 MB ... 28,85 POLEGADAS RELÓGIOS E AVISOS -------------------- ALTERAÇÕES COM ESTE AVISO: Nenhum. RESUMO DOS RELÓGIOS E AVISOS EFEITOS: Um Aviso de Furacão está em vigor para ... * Tecpan de Galeana para Punta San Telmo Um Aviso de Tempestade Tropical está em vigor para ... * Leste de Tecpan de Galeana para Acapulco * Oeste de Punta San Telmo para Manzanillo Um Aviso de Furacão significa que condições de furacão são esperadas em algum lugar dentro da área de alerta, neste caso dentro das próximas 18 a 24 horas. Um aviso é normalmente emitido 36 horas antes da primeira ocorrência prevista de ventos com força de tempestade tropical, condições que tornam os preparativos externos difíceis ou perigosos. Os preparativos para proteger a vida e a propriedade devem ser concluídos às pressas. Um aviso de tempestade tropical significa que as condições de tempestade tropical são esperadas em algum lugar dentro da área de aviso, neste caso nas próximas 6 a 12 horas. Para obter informações específicas sobre tempestades em sua área, monitore os produtos emitidos por seu serviço meteorológico nacional. DISCUSSÃO E PERSPECTIVAS ---------------------- Às 700 PM CDT (0000 UTC), o centro do furacão Rick estava localizado próximo à latitude 16,5 norte e longitude 101,6 oeste. Rick está se movendo em direção ao norte perto de 5 mph (7 km / h). Um movimento um pouco mais rápido em direção ao norte ou norte-noroeste é esperado no próximo dia ou assim. Na previsão do tempo, o centro de Rick se aproximará da costa do México durante a noite e atingirá a costa do México, dentro da área de alerta de furacão, no final da manhã de segunda-feira. Os ventos máximos sustentados aumentaram para cerca de 90 mph (150 km / h) com rajadas mais altas. Algum fortalecimento adicional é possível quando Rick se aproxima da costa do México. Após o desembarque, espera-se um rápido enfraquecimento, e a previsão é de que Rick se dissipará no terreno montanhoso do sul do México na noite de segunda ou terça-feira. Ventos com força de furacão estendem-se para fora por até 20 milhas (35 km) do centro e ventos com força de tempestade tropical se estendem para fora por até 80 milhas (130 km). A pressão central mínima estimada é de 977 mb (28,85 polegadas). PERIGOS QUE AFETAM A TERRA ---------------------- Mensagens-chave para Rick podem ser encontradas na Discussão sobre ciclones tropicais sob o cabeçalho MIATCDEP2 do AWIPS, cabeçalho WMO WTPZ42 KNHC e no web em www.hurricanes.gov/graphics_ep2.shtml?key_messages. VENTO: Condições de furacão são esperadas dentro da área de alerta de furacão começando esta noite, com condições de tempestade tropical agora ocorrendo dentro da área de alerta de furacão. As condições de tempestade tropical devem começar dentro de uma parte das áreas de alerta de tempestade tropical nas próximas horas. SURGIMENTO DE TEMPESTADE: Espera-se que uma onda de tempestade produza inundações costeiras significativas em áreas de ventos em terra próximas e a leste de onde o centro de Rick atinge a costa no sudoeste do México. Perto da costa, a ondulação será acompanhada por ondas grandes e destrutivas. CHUVA: Rick deve produzir 5 a 10 polegadas de chuva com um total de tempestade isolada de 20 polegadas nas seções costeiras dos estados mexicanos de Guerrero e Michoacan até terça-feira. Esta forte chuva provavelmente produzirá inundações repentinas e deslizamentos de terra. SURF: Ondas geradas por Rick afetarão partes da costa sudoeste do México durante os próximos dois dias. Essas ondas são susceptíveis de causar ondas com risco de vida e condições de correntes de rasgo. Consulte os produtos do seu escritório local de meteorologia. PRÓXIMO AVISO ------------- Próximo aviso completo às 1000 PM CDT. Conteúdo traduzido. Para maiores informações sobre a tormenta, consulte: https://www.nhc.noaa.gov/?epac
  13. ALERTA! Segundo a NOAA, a tempestde tropical Pamela, que se formou no oeste mexicano pode se transformar em um furacão de categoria 1.
  14. A página está de volta, que bom! Vamos atualizar conteúdo pois a NOAA alerta para um ciclone tropical que se formou no oeste do México. A tendência nas próximas horas é que a tempestade tropical, chamada de Pamela atinja áreas mexicanas como um furacão.
  15. Mindulle é o terceiro supertufão da temporada no Pacífico noroeste em 2021. A JTWC e a JMA atualizaram que esta tormenta está com velocidade de ventos que chegam perto de 185 km/h e rajadas de até 260 km/h. A pressão estimada da tormenta é de 935 hectopascal. Para maiores informações sobre a tormenta, consultem: Do JMA: https://www.data.jma.go.jp/multi/cyclone/cyclone_detail.html?id=61&lang=en Do JTWC: https://www.metoc.navy.mil/jtwc/products/wp2021web.txt Do PAGASA: https://www.pagasa.dost.gov.ph/tropical-cyclone-advisory-iframe Supertufão Mindulle na categoria 5. (Foto/Reprodução: Laboratório de Pesquisa Naval dos EUA, sob licença da Wikimedia Commons) Cone de previsão do supertufão Mindulle. (Foto/Reprodução: JTWC sob licença da Wikimedia Commons)
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.