Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Vegetação, Botânica e Jardinagem


Rafael Angelo
 Share

Recommended Posts

Sim.

Mas nas regiões subtropicais e temperadas existem espécies caducifólias por causa das estações do ano; já que elas entram em estado de dormência no outono e retiram os nutrientes das folhas para suportarem o inverno.

Nas regiões tropicais o que faz algumas plantas perderem as folhas é a falta de chuvas, mesmo assim não ocorre de maneira uniforme.

O que será que provoca essa troca de folhas nas sete copas e cajá-manga? Ou é simplesmente uma renovação?

Link to comment
Share on other sites

Sim.

Mas nas regiões subtropicais e temperadas existem espécies caducifólias por causa das estações do ano; já que elas entram em estado de dormência no outono e retiram os nutrientes das folhas para suportarem o inverno.

Nas regiões tropicais o que faz algumas plantas perderem as folhas é a falta de chuvas, mesmo assim não ocorre de maneira uniforme.

O que será que provoca essa troca de folhas nas sete copas e cajá-manga? Ou é simplesmente uma renovação?

 

Acredito que a sete copas e a cajá-manga, descendam de plantas temperadas que foram se adaptando nos trópicos, ao longo dos tempos e conservaram esse mecanismo de pigmentar-se, quando as folhas caducam. É chute meu, não tenho textos nas quais, posso argumentar essa ideias.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 years later...
16 minutos atrás, Juzinho disse:

Falando em beleza das arvores, as minhas 3 primeiras na lista :

 

1 - Araucária 

2 - Os ipês 

3- Manacás da Serra 

 

Das que conheço:

 

1 - Acer/Liquidambares

2 - Ipês

3 - Jacarandás

4 - Araucárias

5 - Plátanos

 

Pena que aqui só tem coqueiro 😭🌴

  • Like 1
  • Haha 10
Link to comment
Share on other sites

16 minutos atrás, Gvieira disse:

 

Das que conheço:

 

1 - Acer/Liquidambares

2 - Ipês

3 - Jacarandás

4 - Araucárias

5 - Plátanos

 

Pena que aqui só tem coqueiro 😭🌴

Minha preferida é natural das terras altas do México e Guatemala.

Pinus 

É concorrente (não nativa) da Araucária aki no Paraná.

Acho ela simplesmente espetacular.

800px-Pinus_oocarpa_Perkin.thumb.jpg.0de7fb9c6c30c6dc8a613fede054a583.jpgPinus_elliottii_follhas_frutos.jpeg.69e33fdcb8058cb8da538370ec17324c.jpeg

  • Like 6
  • Confused 1
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

1 minute ago, Carlos Campos said:

Minha preferida é natural das terras altas do México e Guatemala.

Pinus 

É concorrente (não nativa) da Araucária aki no Paraná.

Acho ela simplesmente espetacular.

800px-Pinus_oocarpa_Perkin.thumb.jpg.0de7fb9c6c30c6dc8a613fede054a583.jpgPinus_elliottii_follhas_frutos.jpeg.69e33fdcb8058cb8da538370ec17324c.jpeg

 

El genero Pinus no solo es originario de las tierras altas de Mexico y Guatemala, hay muchas especies,por ejemplo  el Pinus Caribea que crece naturalmente  al nivel del mar en el mar Caribe, en Cuba, Nicaragua, Honduras, Cuba (por ejemplo la isla de los pinos) , las Bahamas, hay especies por todo el mundo desde clima tropical a clima templado frio.

 

1425540591_SabanasdePinuscaribaeaBelizeHondurasyNicaragua.jpg.7fed502782e30936fb6b43c2d9f225ec.jpg

 

600px-Pinus_caribaea_range_map_1.png

 

 

 

 

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

17 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Minha preferida é natural das terras altas do México e Guatemala.

Pinus 

É concorrente (não nativa) da Araucária aki no Paraná.

Acho ela simplesmente espetacular.

800px-Pinus_oocarpa_Perkin.thumb.jpg.0de7fb9c6c30c6dc8a613fede054a583.jpgPinus_elliottii_follhas_frutos.jpeg.69e33fdcb8058cb8da538370ec17324c.jpeg

Sempre achei linda também, principalmente vendo estradas lá no RS com pinus dos dois lados, fica uma paisagem bem diferente. Mas sempre sofri bullying por gostar, pois dizem que essa árvore é uma praga 😅

  • Thanks 1
  • Haha 4
Link to comment
Share on other sites

15 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Minha preferida é natural das terras altas do México e Guatemala.

Pinus 

É concorrente (não nativa) da Araucária aki no Paraná.

Acho ela simplesmente espetacular.

800px-Pinus_oocarpa_Perkin.thumb.jpg.0de7fb9c6c30c6dc8a613fede054a583.jpgPinus_elliottii_follhas_frutos.jpeg.69e33fdcb8058cb8da538370ec17324c.jpeg

Eu sempre pensei que a espécie que tem espalhada pelos cantos aqui (São Paulo e região) fosse o pinheiro bravo (pinus pinaster), nativa de Portugal. São bem parecidas

images (14).jpeg

  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

2 minutes ago, Gvieira said:

Sempre achei linda também, principalmente vendo estradas lá no RS com pinus dos dois lados, fica uma paisagem bem diferente. Mas sempre sofri bullying por gostar, pois dizem que essa árvore é uma praga 😅

 

Es que lo es, es altamente invasiva y no deja crecer casi nada bajo elllos.

Aqui en Uruguay tenemos problemas con el pino rodeno o maritimo (pinus pinaster originario de la costa atlantica europea); que invade la costa.

Se introdujo para fijar las dunas y ahora se naturalizo y crece por todas partes.

Está incluido en la lista de las 100 especies mas invasoras del mundo.

 

Isla-gorriti-reconstruir-el-pasado-1-860

197687_FRI-4894-TRA_501.jpg.th460.jpg

 

8386492692440196918654800312839150734864

 

 

  • Like 6
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

11 minutos atrás, Pablo MQL disse:

 

Es que lo es, es altamente invasiva y no deja crecer casi nada bajo elllos.

Aqui en Uruguay tenemos problemas con el pino rodeno o maritimo (pinus pinaster originario de la costa atlantica europea); que invade la costa.

Se introdujo para fijar las dunas y ahora se naturalizo y crece por todas partes.

Está incluido en la lista de las 100 especies mas invasoras del mundo.

 

Isla-gorriti-reconstruir-el-pasado-1-860

197687_FRI-4894-TRA_501.jpg.th460.jpg

 

8386492692440196918654800312839150734864

 

 

Vamos pensar pelo lado bom, pelo menos é uma praga bonita e simpática 😂😂

  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

Uma das mais lindas florações da natureza:

 

786068263_images(1).jpeg.6c07c10b4d6fc6fbc408f8ad11716356.jpeg 

A floração dos ipês roxo é um evento no inverno azul e ensolarado de Belo Horizonte. Todos os anos vira noticia. Bem brasileira, tropical e, porque não, exótica, já que a copa composta somente por flores não é algo comum.

 

O baobá é uma obra-prima da natureza, um monumento natural, incomparável. O ácer, manacá da serra, palmeira-azul e palmeira-fênix são dignas de nota também. A araucária tem uma silhueta interessante, mas não me chama muito a atenção.

 

Hoje amanhecemos com 14 graus, agora faz 25 com céu parcialmente nublado (13h30). Muito agradável.

 

Faltam aproximadamente 45 dias para a floração dos ipês.

 

 

 

Edited by LeoP
  • Like 12
  • Thanks 3
Link to comment
Share on other sites

35 minutos atrás, Pablo MQL disse:

 

El genero Pinus no solo es originario de las tierras altas de Mexico y Guatemala, hay muchas especies,por ejemplo  el Pinus Caribea que crece naturalmente  al nivel del mar en el mar Caribe, en Cuba, Nicaragua, Honduras, Cuba (por ejemplo la isla de los pinos) , las Bahamas, hay especies por todo el mundo desde clima tropical a clima templado frio.

 

32 minutos atrás, Gvieira disse:

Sempre achei linda também, principalmente vendo estradas lá no RS com pinus dos dois lados, fica uma paisagem bem diferente. Mas sempre sofri bullying por gostar, pois dizem que essa árvore é uma praga 😅

 

É bom ressaltar que o Pinus Caribea não é comum no sul do Brasil. O que realmente é comum e que se disseminou é o Pinus Elliotti e bem menos do Pinus Taeda, originários do sudeste dos Estados Unidos.

 

Pinus Elliotti está causando problemas sérios na vegetação nativa.

 

https://g1.globo.com/natureza/desafio-natureza/noticia/2019/04/25/dunas-de-florianopolis-sofrem-invasao-de-pinus-arvore-que-ja-foi-distribuida-em-sc-agora-deve-ser-eliminada-da-ilha.ghtml

 

https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/Geographis/article/download/9631/6664

 

image.jpeg.e3f2134944742b12c81b0db2b3184dd4.jpeg

 

Em Florianópolis.

 

depositphotos_144686423-stock-photo-pinus-elliottii-forest-at-lagoa.jpg

 

Na Lagoa Dos Patos.

  • Like 5
  • Thanks 3
  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

29 minutes ago, Moretão said:

 

 

É bom ressaltar que o Pinus Caribea não é comum no sul do Brasil. O que realmente é comum e que se disseminou é o Pinus Elliotti e bem menos do Pinus Taeda, originários do sudeste dos Estados Unidos.

 

 

 

Pinus Caribea no creo que sea una especie que se pueda plantar fuera del tropico; tengo un libro de la decada del 80 que muestra una forestacion con esta especie en la zona amazonica brasileña.

Una aberracion, permutar una porcion de la enorme diversiodad que presenta la floresta amazonica por un monocultivo de pinos exoticos, es un ecocidio.

 

Era la forma de pensar de la epoca, donde por,ejemplo en las calidas llanuras de Venezuela se planto la floresta de Uverito, el bosque artificial mas grande del mundo, exclusivamente de Pinus Caribea; 600.000 hectareas, que hoy siguen existiendo,

 

Canada?Las riberas del Baltico?  Las landas francesas?

No; los torridos llanos venezolanos:

 

ERJm_dbW4AA7xfD.png

 

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 6
  • Thanks 2
  • Haha 1
  • Sad 6
Link to comment
Share on other sites

E sobre o assunto árvores que o pessoal estava comentando (aliás cada espécime bonita que postaram aqui), considero interessante a exuberância da florada e também o porte da árvore (maiores de 30 metros), não incluindo o quesito "sabor" para árvores frutíferas (Jaboticabeira, Amoreira, Pitangueira, Caquizeiro, Mangostinho, Cagaita, entre milhares).

1 - Angelim Vermelho (tem um exemplar de 88 metros de altura na amazônia descoberto há pouco tempo, antes imaginava-se que essa árvore raramente passava dos 60m)
2 - Araucária (essa é especial, sem dúvidas)
3 - Ipê Amarelo (outras cores tbm são lindas)
4 - Jequitibá Rei
5 - Guapuruvu 
6 - Castanha do Pará
* As sequoias pelo que já vi são fantásticas também.

Algumas fotos:
575824105_ScreenShot2020-05-13at19_14_36.png.77c0ed90f544ca32eb76708b3b0e1fff.pngGuapuruvu (grande porte e florada exuberante)
242448926_ScreenShot2020-05-13at19_13_10.png.3eae8966f52509c9a565d5ac279ea0f4.pngCastanha do Pará também tem caractérística de torre, muito altas e com folhas concentradas na parte superior apenas. 

Sobre o Jequitibá Rei tem um vídeo bem interessante, uma propaganda em homenagem à um exemplar estimado em 1500 anos (e não é a mais antiga do Brasil) localizada no sul de Mina em uma propriedade produtora de café. É imponente e espetacular!👇👇

 

Edited by Lucas Centurion
  • Like 8
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

Sobre as árvores, amo plátanos, araucárias e uma espécie que descobri  aqui na Argentina, que sse chama Ceiba speciosa (desculpa se alguém já colocou e nao lembro). Aqui é conhecida como palo borracho e tem uma barriguinha, acho sensacional isso:

image.png.718233d6ad28e869b7667d33da10ec5f.png

 

Fiquei feliz porque essa espécie está sendo homenageada na nova moeda de 2 pesos. Infelizmente pouca gente vai ve-la, ja que fabricaram poucas e pela inflacao daqui nem vale a pena seguir produzindo uma moeda tao baixa (equivale a R$ 0,16), mas ok, pelo menos chegou a ser homenageada:

image.png.d588d1ec53dcd39d7580eb29c593bd3d.png

 

  • Like 7
  • Haha 1
Link to comment
Share on other sites

35 minutes ago, Pedro Victor P. said:

Sobre as árvores, além dos coqueiros, o que tem aos montes por aqui são as carnaúbas:

 

EE77935B-B622-4E46-8A22-2B8D7EB667E6.jpeg.3285c67546745a29e581c88fb5abd317.jpeg

Aqui também no centro-oeste paulista temos em áreas ainda preservadas bastante espécies de coqueiros. Uma em especial é o "Bacuri", que inclusive deu origem ao nome do distrito aqui de Bacuriti devido a abundância que tinha.👇👇 O Babaçu também é bem presente aqui, já que a região não tem o predomínio da Mata Atlântica, tem também traços do Cerrado.

Bacuri
289270840_ScreenShot2020-05-13at22_44_50.thumb.png.25517ba77b6c06344d84ccfba50986e8.png  

Chegaram a fazer até uma "memorial" na escola estadual do distrito com o plantio da muda. Hoje essa mudinha tem 5 anos já.
1965108730_ScreenShot2020-05-13at22_55_31.png.508a4c1f04987c1123238cad7ff2b850.png

Edited by Lucas Centurion
  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

Aqui uno de los arboles autoctonos mas bonitos y reprsentativos (estrictamente es una especie de hierba gigante), es el Ombu (Phytolacca dioica).

No es un arbol apto para alineaciones por su tamaño, pero es imponente y es el simbolo del gaucho y de las pampas.

 

En Uruguay forma algunos bosques puros (no es lo habitual) , se comporta de forma caduca y a mi siempre me hizo acordar al arbol de los ursinhos gummies.

El bosque de ombues mas famoso esta en el departamento de Rocha y en la ciudad de Montevideo hay algunos que son monumentos historicos y estan protegidos.

 

monte-de-ombues-000105400-1453390478.jpg.2c1a8c7d300e726f1eadf34db8f7f3ac.jpg

 

monte-de-ombues-692-36.jpg

5411a64427f66.jpg

5411a71be0ca5.jpg

7cef3cec1e9ed003264ac3f0abbed334.jpg.b68209d0a66003902f2e7531420c2309.jpg

silueta-estival-e-invernal1.jpg

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 8
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

46 minutos atrás, Pedro Victor P. disse:

Sobre as árvores, além dos coqueiros, o que tem aos montes por aqui são as carnaúbas:

 

EE77935B-B622-4E46-8A22-2B8D7EB667E6.jpeg.3285c67546745a29e581c88fb5abd317.jpeg

 

As carnaúbas são umas das árvores símbolos aqui da região de Mossoró e são muito comuns em todo Noroeste Potiguar se estendendo até a região do Vale do Açu. Tem aos montes na cidade, inclusive serve de paisagismo em praças e avenidas.

 

image.png.27aa36b9a48d89fdb980d6649f6b0001.png

 

image.png.6a70e878f9055247e0dd40dd64f68dcc.png[

 

Particulamente acho ela linda, bem mais bonita que as palmeiras.

 

  • Like 7
Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Lucas Centurion disse:

E sobre o assunto árvores que o pessoal estava comentando (aliás cada espécime bonita que postaram aqui), considero interessante a exuberância da florada e também o porte da árvore (maiores de 30 metros), não incluindo o quesito "sabor" para árvores frutíferas (Jaboticabeira, Amoreira, Pitangueira, Caquizeiro, Mangostinho, Cagaita, entre milhares).

1 - Angelim Vermelho (tem um exemplar de 88 metros de altura na amazônia descoberto há pouco tempo, antes imaginava-se que essa árvore raramente passava dos 60m)
2 - Araucária (essa é especial, sem dúvidas)
3 - Ipê Amarelo (outras cores tbm são lindas)
4 - Jequitibá Rei
5 - Guapuruvu 
6 - Castanha do Pará
* As sequoias pelo que já vi são fantásticas também.

Algumas fotos:
575824105_ScreenShot2020-05-13at19_14_36.png.77c0ed90f544ca32eb76708b3b0e1fff.pngGuapuruvu (grande porte e florada exuberante)
242448926_ScreenShot2020-05-13at19_13_10.png.3eae8966f52509c9a565d5ac279ea0f4.pngCastanha do Pará também tem caractérística de torre, muito altas e com folhas concentradas na parte superior apenas. 

Sobre o Jequitibá Rei tem um vídeo bem interessante, uma propaganda em homenagem à um exemplar estimado em 1500 anos (e não é a mais antiga do Brasil) localizada no sul de Mina em uma propriedade produtora de café. É imponente e espetacular!👇👇

 

Não sabia que o Guapuruvu se chamava guapuruvu, é uma árvore muito imponente.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
9 hours ago, Wagner97 said:

Qual dentre essas três espécies de araucária vocês acham a mais bonita? Angustifolia, Araucana ou Bidwillii

Me: Bidwillii

images (21).jpeg

images (22).jpeg

images (20).jpeg

 

Sinceramente las 3 me parecen hermosas,aqui en Montevideo tenemos de las tres; pero la mas comun es la araucaria bidwilli, esta por todas partes, sin embargo la autoctona es la angustifolia que se creia extinguida a principios del siglo 20 del noreste del pais; pero que hoy en dia aparentemente se esta regenerando naturalmente en algunos lugares, la mas rara es la araucana, hay en algunos parques, pero a mi me cuesta distinguirla de la araucaria angustifolia, es muy parecida.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Araucaria es un genero que posee 19 especies, 2 en America del Sur y 17 en Oceania, de las cuales 13 en la isla de Nueva Caledonia, todas en el hemisferio sur.

Se considera un fosil viviente.

 

Algunas especies de la isla de Nueva Caledonia, donde existe mayor diversidad (13 especies):

 

JEg0zVviUTQM8NTxmLvoyB7qKRXZtq6LR0h9wwb4

 

0_Araucaria_columnaris_New_Caledonia.jpg

 

2331323245_bdb19d61cc_z.jpg?zz=1

 

 

 

bernieri03.jpg

 

 

d107f53912e834b847b4a7ab9ac31571.jpg

 

ar-mu05.jpg

rulei09.jpg

montana02.jpg

 

nueva-caledonia-mapa.jpg

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 4
Link to comment
Share on other sites

No es necesario recurrir solo a especies exoticas si se busca colores otoñales, por ejemplo siempre me llamo la atencion como esta especie autoctona del norte del Uruguay, pero que se ve crecer en baldios, campos abandonados y cunetas aqui en Montevideo, puede tomar en otoño colores amarillos tan llamativos, antes de perder sus hojas, como los que adquieren especies exoticas del hemisferio norte como lo son los fresnos o los abedules .

 

De hecho por los colores y la forma de las hojas alguien que no conozca de arboles puede pensar que es alguna especie de arce.

 

Se trata de una especie regional que se da tembien en el sur y sureste del Brasil; en Uruguay la llaman Mandioca Brava en Brasil mandioca-braba o  mandioca-do-mato , su nombre cientifico es Manihot Grahamii:

 

https://sites.unicentro.br/wp/manejoflorestal/8540-2/

 

Estas fotos las saque yo hoy de un ejemplar que crecio espontaneamente al costado de una calle:

20200523_125437.thumb.jpg.7098d0f6b87130eae0084bf2844bd771.jpg20200523_125445.thumb.jpg.62ff3071f51f7f1ba521dea2837cd3e9.jpg20200523_125508.thumb.jpg.40a80a2f6efe1074f27c21be36a2d585.jpg

 

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 2 weeks later...

Ejemplar de Ceibo ( Erythrina crista galli), arbol autoctono,  luciendo sus ultimos colores de otoño antes de perder todas sus hojas.

La foto es en un pueblo que se llama San Ramon a 80kms de Montevideo, trayecto que hoy a la mañana tuve que realizar en moto y entre la niebla; niebla que cuando saque esta foto ya se estaba disipando:

 

Sans_titre.thumb.jpg.4b81a8de3838c8abe8a45d1d41c3820e.jpg

 

La flor de Ceibo ( Erythrina crista galli) es la flor nacional de Uruguay y de Argentina:

 

flor-del-ceibo.jpg

Edited by Pablo MQL
  • Like 4
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

19 minutos atrás, Pablo MQL disse:

Ejemplar de Ceibo ( Erythrina crista galli), arbol autoctono,  luciendo sus ultimos colores de otoño antes de perder todas sus hojas.

La foto es en un pueblo que se llama San Ramon a 80kms de Montevideo, trayecto que hoy a la mañana tuve que realizar en moto y entre la niebla; niebla que cuando saque esta foto ya se estaba disipando:

 

Sans_titre.thumb.jpg.4b81a8de3838c8abe8a45d1d41c3820e.jpg

 

La flor de Ceibo ( Erythrina crista galli) es la flor nacional de Uruguay y de Argentina:

 

flor-del-ceibo.jpg

É de clima temperado?

Conheço desde criança, pois haviam várias na vila onde eu morava. E não foram plantadas lá, já q era uma área de banhados e elas faziam parte da mata local.

Os galhos parecem a ponta de um chapéu de bruxa (e tínhamos medo dessa árvore, achando justamente q era maldita ou algo do gênero).

As flores são lindas e se destacam. São resistentes e meio "plásticas"...

Nossa, q achado 😍

Obrigado 

Edited by Carlos Campos
  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

28 minutes ago, Carlos Campos said:

É de clima temperado?

Conheço desde criança, pois haviam várias na vila onde eu morava. E não foram plantadas lá, já q era uma área de banhados e elas faziam parte da mata local.

Os galhos parecem a ponta de um chapéu de bruxa (e tínhamos medo dessa árvore, achando justamente q era maldita ou algo do gênero).

As flores são lindas e se destacam. São resistentes e meio "plásticas"...

Nossa, q achado 😍

Obrigado 

 

Su distribucion natural seria mas bien  zona subtropical-templada;

 

672105208_Sanstitre.jpg.145405f810d7d6c31feb44403e79474d.jpg

 

Tengo entendido de que la especie de Ceibo que se da en el noroeste de Argentina y extremo sur de Bolivia seria de una especie un poco diferente de la especie que se da desde el sur del estado de Sao Paulo hasta el sur de la provincia de Buenos Aires.

 

En Europa se utiliza con fines paisajisticos, estos ejemplares estan plantados en el Castillo de Charlottenburg en Berlin:

 

erythrina-164305.jpg

 

erythrina1-164344.jpg

 

  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

Em 26/09/2013 em 11:43, Bruno disse:

Sim, Diego! Torres tem banana! Mas é bem como vc disse, os bananais ficam nas encostas dos morros. A banana, até onde eu sei (não sou agrônomo nem nada) não morre com geada, ela apenas torra e volta a ficar verde no verão. Conheço uma casa em Gramado que tem uma bananeira. A bixinha fica marrom por 6 meses do ano! Mas no verão até que dá umas bananinhas! Ela não morre no inverno.

 

Creio que seja porque o caule da bananeira (rizoma) é subterrâneo, onde a temperatura não cai muito, de forma que só as folhas ficam expostas à geada. Tudo que vemos de uma bananeira são folhas , inclusive o "caule" (na verdade, pseudocaule) que são folhas enroladas.

 

Essa adaptação permite os bananais explorarem, além das áreas tropicais, vastas áreas subtropicais e até mesmo temperadas mais quentes, onde a geada se concentra em um curto período do ano e os tecidos de reserva do caule "dão conta" de sustentar a planta até o tempo esquentar e as geadas desaparecerem.

Edited by LeoP
  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Percorrendo a cidade, encontrei esse lindo exemplar de Pau-mulato (Calycophyllum spruceanum), árvore bem tropical e que apresenta uma peculiaridade: sua beleza está, além da silhueta, no tronco, que fica totalmente marrom ou caramelo, vindo a se descascar para, posteriormente, adquirir tonalidade verde.

 

Na foto, percebe-se ao fundo as colinas da região da Pampulha. A temperatura era de 25ºC às 14h30:

 

b243fca8-dc26-4ed4-a741-a35c7ac4a127.thumb.jpg.5d7aaddc25d6047bb3bfc6f3a3900a0f.jpg

  • Like 6
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Depois do “ciclone bomba” dessa semana no Sul a mídia divulgou diversas imagens de árvores que teriam sido arrancadas pela raiz, como as seguintes: 

102E10AA-2308-4C33-B0A3-AA683A0CF210.jpeg.b282208df5a51a879a7f2056d56d8654.jpeg

12E3942D-7977-42BD-B382-9C83710A4DBF.thumb.jpeg.c52f51f99de39ddb1c57550a8bfdb070.jpeg

D03367CD-BF33-4893-85BD-32E03351A615.jpeg.b4aa3c455d5eccc55134884ae9c05e33.jpeg
Essa informação procede? Se sim estou surpreso, as raizes dessas árvores parecem tão superficiais e a certo modo frágeis...
Alguém também sabe se essas espécies das imagens são nativas da região Sul ou se foram introduzidas? 
 

Links de reportagens que incluem duas dessas fotos:

https://www.nsctotal.com.br/noticias/tempestade-em-joinville-provoca-destelhamentos-e-quedas-de-arvore?amp=1

https://gauchazh.clicrbs.com.br/porto-alegre/amp/2020/07/viamao-tem-55-mil-pontos-sem-luz-galhos-nas-ruas-e-muro-de-escola-derrubado-por-arvore-ckc3av4jb0006013i0z9wlv90.html

 

  • Sad 1
Link to comment
Share on other sites

Andando pela cidade hoje, encontrei esse lindo exemplar de bromélia, com esse escapo floral gigante. Por causa da seca, a planta não resistiu e morreu... 😥

 

Brincadeira, rs. Isso pode enganar muita gente, pois algumas bromélias têm essa característica de morrer após consumirem toda sua energia na floração que, não raro, atinge tamanho 3 ou 4x o tamanho da planta. É uma morte programada:

 

27cd4e7b-a263-408a-863c-b89d1beefa0f.thumb.jpg.c81f6365512e7781c886ccb66cec30c2.jpg

 

A temperatura no momento da foto (15h30) estava entre 25 e 26ºC.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Em 22/05/2020 em 20:16, Pablo MQL disse:

 

Sinceramente las 3 me parecen hermosas,aqui en Montevideo tenemos de las tres; pero la mas comun es la araucaria bidwilli, esta por todas partes, sin embargo la autoctona es la angustifolia que se creia extinguida a principios del siglo 20 del noreste del pais; pero que hoy en dia aparentemente se esta regenerando naturalmente en algunos lugares, la mas rara es la araucana, hay en algunos parques, pero a mi me cuesta distinguirla de la araucaria angustifolia, es muy parecida.

 

Interessante, acabo de aprender uma coisa nova. Já tinha visto esta Bidwilli por aqui em Porto Alegre, e não imaginava que esta fosse uma espécie diferente da araucária que vemos nos aparados da serra (angustifolia).

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.