Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Recommended Posts

Posted (edited)

Resumo de Fevereiro/2020 em algumas estações do INMET na PB, nas automáticas (as 3 do 1° print) e nas convencionais (as 3 do 2° print).

image.thumb.png.8b7b62f9f0e241da029a639a753c591a.png

image.thumb.png.39c919b0017462c3993131c92ce91bf7.png

 

Fevereiro em Pombal, com dados da AESA e EMPAER. 👇

                                                           image.thumb.png.cdfd23ea394d75e431bd217e989404f7.png

Edited by CloudCb
  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conforme eu já havia comentado, fevereiro de 2020 foi marcado por chuvas acima da média na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (dependendo do bairro, o mais chuvoso desde 1988 ou desde o ano passado, sendo que na maior parte do litoral da capital fevereiro de 2019 foi mais chuvoso, mas na área central e em alguns pontos da zona norte não chovia tanto no segundo mês do ano desde 1988).  A temperatura ficou aproximadamente 1ºc abaixo da média, com destaque para as máximas (-1,5ºc/-2ºc).  Ficou tecnicamente empatado com 2018 como o fevereiro menos quente da década.

 

Na Região Serrana, as chuvas acima da média também predominaram.  A temperatura ficou um pouco abaixo da média nos topos/encostas e dentro da média nas baixadas (nestas últimas, as mínimas acima da média por excesso de umidade "anularam" as anomalias negativas nas máximas).

 

Abaixo os dados (precipitação e tabelas diárias de temperaturas) para a automática do INMET em Teresópolis e para três estações da capital em microclimas distintos (aero Santos Dumont, Jacarepaguá/INMET e Vila Militar/INMET).  Os dados de chuva seguem o horário local, exceto para o Santos Dumont (até 12 UTC).  Dados de temperatura em horário local para todas as estações.

 

 

Em Teresópolis/INMET choveu 599 mm, com máximo diário de 110,2 mm (20/02), e 25 dias com registro de precipitação.  Foi o fevereiro com maior volume de chuva desde a abertura da estação, em 2006.

 

No centro do Rio (Santos Dumont) choveu 293 mm, com máximo em 24 horas de 80 mm (entre 10 e 11/02), e 17 dias com registro de precipitação.  Foi o fevereiro com maior volume de chuva desde 1988.

 

Na Vila Militar/INMET choveu 349,8 mm, com máximo diário de 114,8 mm (02/02), e 19 dias com registro de precipitação.  Foi o fevereiro com maior volume de chuva desde a abertura da estação, em 2007.

 

Em Jacarepaguá/INMET choveu 350,8 mm, com máximo diário de 60,2 mm (10/02), e 17 dias com registro de precipitação.

 

Teresópolis (991 m):

1340145220_Fev20KMTS.png.484177ddfc7f6517bf1fe4dcc44e02f5.png

 

Aeroporto Santos Dumont (3 m):

876671203_Fev20SDU.png.a0e1855ec1b39ae7a28be43ea390be9b.png

 

Vila MIlitar (30 m):

78375022_Fev20KMVI.png.66a899573c14163223e9bf404dc2f83b.png

 

Jacarepaguá (20 m):

684616969_Fev20KJAK.png.3e0cf245b0516bf4d2a9070db801bd71.png

 

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Wallace Rezende disse:

Conforme eu já havia comentado, fevereiro de 2020 foi marcado por chuvas acima da média na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (dependendo do bairro, o mais chuvoso desde 1988 ou desde o ano passado, sendo que na maior parte do litoral da capital fevereiro de 2019 foi mais chuvoso, mas na área central e em alguns pontos da zona norte não chovia tanto no segundo mês do ano desde 1988).  A temperatura ficou aproximadamente 1ºc abaixo da média, com destaque para as máximas (-1,5ºc/-2ºc).  Ficou tecnicamente empatado com 2018 como o fevereiro menos quente da década.

 

Na Região Serrana, as chuvas acima da média também predominaram.  A temperatura ficou um pouco abaixo da média nos topos/encostas e dentro da média nas baixadas (nestas últimas, as mínimas acima da média por excesso de umidade "anularam" as anomalias negativas nas máximas).

 

Abaixo os dados (precipitação e tabelas diárias de temperaturas) para a automática do INMET em Teresópolis e para três estações da capital em microclimas distintos (aero Santos Dumont, Jacarepaguá/INMET e Vila Militar/INMET).  Os dados de chuva seguem o horário local, exceto para o Santos Dumont (até 12 UTC).  Dados de temperatura em horário local para todas as estações.

 

 

Em Teresópolis/INMET choveu 599 mm, com máximo diário de 110,2 mm (20/02), e 25 dias com registro de precipitação.  Foi o fevereiro com maior volume de chuva desde a abertura da estação, em 2006.

 

No centro do Rio (Santos Dumont) choveu 293 mm, com máximo em 24 horas de 80 mm (entre 10 e 11/02), e 17 dias com registro de precipitação.  Foi o fevereiro com maior volume de chuva desde 1988.

 

Na Vila Militar/INMET choveu 349,8 mm, com máximo diário de 114,8 mm (02/02), e 19 dias com registro de precipitação.  Foi o fevereiro com maior volume de chuva desde a abertura da estação, em 2007.

 

Em Jacarepaguá/INMET choveu 350,8 mm, com máximo diário de 60,2 mm (10/02), e 17 dias com registro de precipitação.

 

Teresópolis (991 m):

1340145220_Fev20KMTS.png.484177ddfc7f6517bf1fe4dcc44e02f5.png

 

Aeroporto Santos Dumont (3 m):

876671203_Fev20SDU.png.a0e1855ec1b39ae7a28be43ea390be9b.png

 

Vila MIlitar (30 m):

78375022_Fev20KMVI.png.66a899573c14163223e9bf404dc2f83b.png

 

Jacarepaguá (20 m):

684616969_Fev20KJAK.png.3e0cf245b0516bf4d2a9070db801bd71.png

 

 

Que tranquilidade esse Fevereiro no RJ...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
19 horas atrás, Renan disse:

 

Que tranquilidade esse Fevereiro no RJ...

Foi bem tranquilo, e o verão como um todo vem sendo melhor que encomenda.

 

Foram dois meses com temperatura dentro da média (dez e jan), talvez até alguns décimos abaixo das médias mais recentes, e finalizamos com anomalia negativa no mês climatologicamente mais quente do ano (fev, ainda que praticamente empate com janeiro nas normais).  Nos tempos atuais, isto é o melhor que se pode esperar de um verão por aqui.  E como "bônus" março começou com cara de final de abril (em 2018, outro verão "camarada", março foi um tanto abafado, e os dias iniciais especialmente desconfortáveis).  

 

Outro aspecto interessante foi a precipitação: choveu abaixo da média na maior parte da RM em dezembro e janeiro deste ano, mas não dá para dizer que foram meses secos, pois mesmo nestes meses a precipitação ocorreu com frequência e não tivemos nenhum período que minimamente se aproximasse de uma "estiagem", somente os volumes de chuva foram mais baixos na maioria dos locais, em especial na cidade do Rio (Niterói até registrou uma boa chuva em janeiro, e fechou o mês na média).  Muitas vezes temos períodos de pouca chuva que deixam os gramados um pouco amarelados em algum momento do verão, e que trazem vários dias seguidos com temperaturas acima da média, mas este ano isso passou longe.  Já fevereiro mais do que compensou dezembro e janeiro com bastante chuva, tanto que o trimestre (precipitação) fechou até ligeiramente acima da média, apesar de terem sido dois meses "secos" contra um chuvoso.

 

Vale destacar que os períodos mais quentes nunca duraram muito (máximo de 5 dias), e sempre foram intercalados por dias mais frescos neste 2019/2020 (ao longo de todo o verão).  São justamente os períodos mais longos de forte calor (como em jan/19 e fev/14) que deixam a temperatura interna mais alta, o que mais me causa incômodo no verão.  Este ano foi perfeitamente administrável, e dormi muitas vezes até sem ventilador.

 

Só me resta torcer para que a compensação (e ela sempre vem, ainda mais nos tempos atuais) não caia no inverno, ou que ao menos um mês do inverno consiga fechar um pouco abaixo da média, e com um evento de frio forte e abrangente (mesmo que o resto da estação seja quente).

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os verões climáticos (DJF) em Juiz de Fora desde 1980. Médias trimestrais e média normal.

Reparem como foram maravilhosos os verões de 90-91 e 91-92. Qual a coincidência entre os dois ? Em ambos o Atlântico próximo à costa do Sudeste estava mais frio que o normal, exatamente como nesse verão atual. 

 

854980992_Anliseveres.jpg.78b7a771dd8f4851da5223e5b6be1c10.jpg

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 01/03/2020 em 16:13, Rodolfo Alves disse:

SÃO PAULO FEVEREIRO 2020:

 

CHUVAS:

 

FEVEREIRO TAMBÉM FICARÁ MARCADO POR CHUVAS EXCESSIVAS NA CAPITAL PAULISTA.

 

MIRANTE DE SANTANA CONVENCIONAL TERMINOU O MÊS COM 496,7mm. NOVO RECORDE ABSOLUTO PARA FEVEREIRO.

 

ESTE VALOR TAMBÉM É O 2º MAIOR ACUMULADO MENSAL DA HISTÓRIA, SÓ PERDENDO PARA 607,9mm de MARÇO DE 2006.

 

001.png.3622a39d78025b2151d1f6ef78c1dea4.png

 

AO LONGO DE TODO O MÊS, NO DIA 10, HOUVE UM ACUMULADO DE 114,0mm EM 24 HORAS.

 

ESTE VALOR FOI O 2º MAIOR EM 24 HORAS PARA FEVEREIRO, SÓ PERDENDO PARA 121,8mm de 01/02/1983.

 

001.thumb.png.459425fce25787af499f5ca9b3b26582.png

 

@Rodolfo Alves, o INMET publicou uma nota técnica sobre o balanço do verão, e houve revisão no dado da chuva do dia 10/02: não foi 114mm, o valor nesse dia foi de 123mm, ou seja, esse valor de 123mm no dia 10 de fevereiro agora é a maior chuva em fevereiro em 77 anos de medições do Mirante. Com essa revisão, foram acrescentados mais 9mm no total de fevereiro, e isso significa que a barreira dos 500mm finalmente foi quebrada pela segunda vez na história, fevereiro de 2020 teve 505,7mm no Mirante.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meio atrasado mas aí vão os dados de Fevereiro:

 

Fevereiro em Indaial/INMET:

image.thumb.png.4b2d094a641e850384d7f5866b2f6e57.png

 

Média 24h: 24,0 (-0,8)

 

Blumenau/Bairro Progresso:

image.png.e2f0625589831dcefd2f24c606475ed4.png

 

Linha Catres/Mondaí:

image.png.45d9585b6cad2e6bd553cba214ecc82d.png

 

Um Fevereiro excelente, normalmente é o mês menos dinâmico do ano...

 

 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aproveitando o post do Felipe, vou postar o resumo de Fevereiro em estações baixas do Vale do Itajaí e Norte catarinense. Eu gostaria de postar junto com a precipitação mas está bem trabalhoso pois o Wunderground está duplicando os valores.

 

Quem quiser mais detalhes das estações, é só olhar no resumo de Janeiro. Neste mês, duas estações a mais acabaram entrando no resumo:

 

- a estação de Massaranduba voltou a reportar e foi possível recuperar os dados do mês inteiro.

- a estação Rainha em Araquari começou a operar, no final do mês.

 

A estação de Luiz Alves, voltou a reportar, mas apenas no final do mês, ficando com falhas novamente, assim como Janeiro.

 

Como o Felipe disse, foi um mês excelente, com frio como há muito tempo não se observava. As mínimas absolutas foram as menores em talvez 30 anos. A chuva ficou concentrada em poucos dias no começo do mês terminando bastante acima da média.

 

Um mês diferente do habitual, que é marcado por dias sempre quentes, com menos chuva e também muita umidade. Desta vez, choveu em alguns dias e depois instaurou-se um padrão seco que ainda permanece. A umidade alta e o calor incômodo característicos do mês estiveram presentes em alguns poucos dias, notadamente de 15 a 20.

 

1038191999_ValeFEV.thumb.PNG.b53bd703d72db12ba5d262c9e2763a94.PNG

 

544541100_NorteFEV.thumb.PNG.916c9580f48e1113e338b7382eb472ca.PNG

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

FEVEREIRO 2020 - NOVA TRENTO/SC E  REGIÃO

470947061_Semttulo695.thumb.png.4e1d0fece5c20b117eaa09be754b8531.png

993893141_Semttulo5628.thumb.png.64f3004878a740d086cf176ad30e9e42.png

569219357_Semttulo5269.thumb.png.8f3739777418276bb624871a4b8cc851.png

1708938140_Semttulo52639.thumb.png.a6261358e052b2552165c92dfc1555fc.png

Fevereiro excelente, só consigo elogiar. Uma dinâmica desse calibre, somada com duas mps realmente históricas, é pra ficar de joelhos e agradecer!

A linha escura no resumo da minha estação é pra demarcar a troca de local, estação permanece no mesmo bairro, só que em um local bem aberto agora. Observem bem como venta muito melhor no local atual, estou extremamente satisfeito com os dados.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Londrina/PR.

Estação: IAPAR.

Altitude: 585m (zona urbana)

 

Janeiro

 

Temp. mínima média: 19,48.

Temp. máxima média: 29,49.

Temp. média: 24,48. 

 

Menor mínima: 16,7.

Menor máxima: 24,4.

Maior mínima: 21,9.

Maior máxima: 33,8.

----------------------------------------------------------------

Fevereiro 

 

Temp. mínima média: 18,87

Temp. máxima média: 28,71

Temp. média: 23,79

 

Menor temp. mínima: 15.5

Menor temp. máxima: 22,9

Maior temp. mínima: 21,6

Maior temp. máxima: 34,8

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Varginha/MG.

Estação: INMET aut.

Altitude: 950m (zona rural limite com urbana, com urbanização com cerca de 20,25 anos ao lado).

 

Janeiro

 

Temp. mínima média: 18,30

Temp. máxima média: 28,36

Temp. média: 23,33. 

 

Menor mínima: 14.8.

Menor máxima: 22.8

Maior mínima: 20.9.

Maior máxima: 31.8.

 

Dias com mínimas menoes que 15: 1

Dias com mínimas menores que 20: 27

Dias com mínimas iguais ou maiores que 20: 3

 

Dias com máximas abaixo de 25: 1

Dias com máximas abaixo de 30: 23

Dias com máximas maiores que 30: 5

----------------------------------------------------------------

Fevereiro 

 

Temp. mínima média: 18,26.

Temp. máxima média: 27,40.

Temp. média: 22,83.

 

Menor temp. mínima: 16.5.

Menor temp. máxima: 20.6

Maior temp. mínima: 19.7.

Maior temp. máxima: 31.6.

 

Dias com mínimas abaixo de 15: 0

Dias com mínimas abaixo de 20: 29

Dias com mínimas acima de 20: 0

 

Dias com máximas abaixo de 25: 3

Dias com máximas abaixo de 30: 21

Dias com máximas acima de 30: 5

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Março em Varginha. 

 

Varginha/MG INMET automática 950m. 03/2020

 

Média mínima: 16,48

Média máxima: 28,25

 

Menor mínima: 12.1.

Menor máxima: 22.7.

Maior mínima: 20.2.

Maior máxima: 30.7.

 

Mínimas menores que 15: 5

Mínimas na casa dos 15: 7

Mínimas menores que 20: 18

Mínimas maiores que 20: 1

 

Máximas menores que 25: 3

Máximas menores que 30: 25

Máximas superiores que 30: 3

 

Tropical de altitude raíz. 

 

Temperaturas mais ou menos dentro da média para encosta/topo em Varginha, representando bem os bairros em morros, subida da cidade. Imagino que a média aqui seja algo como 17-28 para o mês de março, ou seja, na média. Últimos dias tivemos calor, mínimas na casa dos 17/18 e máximas nos 28/29 que impediu uma média menor. 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Desta vez, além dos resumos mensais que normalmente publico (estes virão nos próximos dias), irei dedicar um post às duas cidades que registraram o mês mais chuvoso (não apenas março, mas dentre todos os meses) em mais de meio século neste março de 2020 (desde 1961 no mínimo).  Uma delas é capital de estado, e a outra uma das principais cidades de outro estado (Belém/PA e Imperatriz/MA). 

 

Os "recordes" levam em conta os totais das estações convencionais/INMET destas cidades, que têm as séries mais longas, mas reuni também os registros de todas as demais estações que encontrei com dados completos nestes municípios (a maioria Cemaden).  Também dividi por região, levando em conta a posição em relação ao centro.

 

Belém (PA): 

Região central:

Cremação Cemaden: 716 mm

Nazaré Cemaden: 766,6 mm

 

Leste/sudeste do centro:

Terra Firme Cemaden: 642,6 mm

 

Leste/nordeste do centro:

Convencional INMET (Curió-Utinga): 931,1 mm

 

Norte do Centro: 

Vila Mosqueiro Cemaden (Ilha do Mosqueiro): 673,6 mm

Pedreira Cemaden: 823,8 mm

 

Imperatriz (MA):

Região central e norte:

Convencional INMET (Centro): 679,3 mm (final)

Semus Cemaden: 656,4 mm

Vila Cafeteira Cemaden: 708 mm

 

Ao sul e leste do Centro:

Automática INMET: 898,6 mm

Infraero Cemaden: 830,4 mm

Caema Cemaden: 834,8 mm

 

 

Até este mês, os maiores totais mensais disponibilizados pelo BDMEP eram de 617,7 mm em Imperatriz (03/1996) e 776,2 mm em Belém (02/1980).

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por muito pouco Belém não passou o acumulado registrado em BH em janeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutes ago, Darley said:

Por muito pouco Belém não passou o acumulado registrado em BH em janeiro.

935,2mm x 931,1mm. Por muito pouco mesmo, nem no coração da convergência amazônica foi capaz de superar esse fevereiro histórico de BH.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Março de 2020 em Fortaleza, segundo o INMET.  Espero ter anotado os dados corretamente. 😳

 

28170696-D338-4E99-A62A-33104767EFDB.thumb.jpeg.a5bde158cdfb3d38978a0fa628116d4b.jpeg
 

— Desvio de precipitação: 24,9% acima da média

— Desvio de T°C mín.: +0,4ºC

— Desvio de T°C máx.: +1,2ºC

 

Tirei os dados dessa parte do site do INMET: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=tempo/condicoesTempoCapitais

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Depois do fevereiro mais chuvoso da série histórica do Alerta Rio (desde 1997), março registrou chuva dentro da média no Rio de Janeiro, com um desvio positivo sem relevância estatística (foram 152,2 mm para uma média 1997/2019 de 142,9 mm).  Lembrando que estes valores são a média de 33 pluviômetros espalhados pela cidade, e que todos os dados seguem o horário local (chuva a partir do início de março mesmo).  A virada de fevereiro para março foi bem chuvosa este ano, com chuva até forte em alguns bairros.

 

O maior volume foi registrado no pluviômetro de Santa Cruz (zona oeste), com 249,6 mm (incluindo 153 mm só no dia 01), e o menor na Saúde (região central), com 71,2 mm.

 

Em Niterói, a estação do INMET no bairro do Barreto registrou 149,8 mm.

 

Mas a precipitação não foi bem distribuída, tendo se concentrado nos primeiros dias do mês (principalmente no primeiro dia, com maior intensidade na zona oeste) e entre os dias 20 e 21, com a passagem de uma frente fria pelo litoral (esta trouxe volumes moderados, mas de forma generalizada).  Fora destes dois eventos, choveu pouquíssimo.  A região central do Rio (aero Santos Dumont) chegou a ficar 14 dias seguidos sem chuva mensurável, entre os dias 6 e 19 (em janeiro e fevereiro deste ano, o período mais longo sem chuva foi de 5 dias).

 

O grande destaque de março foi a temperatura abaixo da média (pelo segundo mês seguido), mas tratarei deste assunto em outro post.

 

Abaixo a tabela com a média da chuva registrada em todos os pluviômetros do Alerta Rio na cidade do Rio de Janeiro, para os meses de março desde 1997:

 

M.png.e344e9925f0fc3f5b719e141203d482b.png

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

BAIRRO DO CHARCO Março de 2020

 

TEMPERATURAS:

Charco-Mar-2020-temp.PNG.7c0a47d9bdf106502b03984ffc7721f7.PNG

Média simples mensal: 15,1ºC

Média máxima: 22,0ºC

Média mínima: 8,1ºC (Menor Média Mínima)

Menor mínima: 0,7ºC (Recorde para o mês de março) 

Maior mínima: 13,6ºC 

Menor máxima: 16,6ºC 

Maior máxima: 25,4ºC

 

CHUVAS:

Charco-Mar-2020-chuva.PNG.47a1a38905abb5f44cadffc8ae071a7b.PNG

84,8mm acumulados, Muito seco para um mês de março.

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

São Sebastião do Paraíso, MG - Março 

 

image.png.e1f40eb49fdbf7d73de98909878be625.png

Média em relação a 1981-2010.

 

Média máxima: 28,2°C (-0,8)

Média compensada: 21,9 (-0,8)

Média mínima: 17,5°C (-0,1)

 

Máxima absoluta: 30,7°C 15/03

Mínima absoluta: 13,6°C  25/03

Maior mínima: 19,9°C  21/03

Menor máxima: 24,4°C 02/02

 

Precipitação: 122,2 mm (-81,7 mm)

Maior precipitação em 24hrs: 46,8mm 21/03

Dias com mais de 1 mm: 10 dias (-2 dias)

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Termina o março mais fresco desde que comecei o monitoramento em 2008: média simples de 21,25° fechando 1 grau abaixo da média dos últimos 12 anos

Registros do mês pelo INMET Ouro Branco:

  • Média das mínimas: 16,9° (0,8° abaixo da média)
  • Média das máximas: 25,6° (1,2° abaixo da média)

Chuva superando a média do mês com 164mm no INMET e chegando aos 205mm no CEMADEN em Lafaiete

 

Extremos do mês:

  • Mínima de 13,6° (menor desse início de ano) no dia 26
  • Máxima de 30° nos dias 17 e 19
  • Menor máxima de 19,2° (menor desse início de ano) no dia 02
  • Maior mínima de 19,3° nos dias 20 e 21

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de registrar o quarto fevereiro mais chuvoso dos últimos 26 anos (pela média de todas as estações pluviométricas do CGE), a cidade de São Paulo registrou o terceiro março menos chuvoso no mesmo período.  Abaixo o resumo pluviométrico de março de 2020 na capital paulista, de acordo com o CGE.

 

1734628576_CGESP1.png.e21cce0ad6604f376c0146b494aa42c2.png

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumos do mês

Mondaí/Linha Catres:

image.png.a06ade58ba3945aef55cebf289ca30a7.png

 

Blumenau/Progresso:

image.png.82cb005e799bd50c3bdd1b4b0d43fe89.png

 

Itaiópolis/Moema/930m:

image.thumb.png.be69068764624e6bd677e46abd403a14.png

 

Mês seco e pouco dinâmico num geral, máximas altas e mínimas baixas a normais

  • Like 15

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em março de 2020, pelo segundo mês seguido, o Rio de Janeiro registrou uma expressiva anomalia negativa de temperatura.  A média horária de temperatura no aeroporto Santos Dumont, na região central da capital, foi de apenas 24,9ºc, e ficou 1,1ºc abaixo da média compensada registrada pela antiga estação do INMET na Marina da Glória (ao lado do aero) entre 1973 e 1990.  Assim como em fevereiro, a anomalia foi maior nas máximas (27,2ºc x 29ºc, ou 1,8ºc abaixo da média).  Já a média das mínimas foi de 22,8ºc, e ficou 0,5ºc abaixo da média (23,3ºc).

 

Estes 24,9ºc também foram a menor média horária de temperatura quando comparamos com todas as médias de março do mesmo aeroporto disponibilizadas no site “Tutiempo” desde 1973.  Só não vou dizer que foi o março mais fresco em quase 50 anos porque o Santos Dumont tem um histórico de superaquecimento em alguns meses/anos, então algum outro março tão ou um pouco mais fresco pode ter sido mascarado pelo superaquecimento.

 

Nas estações automáticas do INMET que monitoro (Teresópolis e Vila Militar), março de 2020 também foi o mais ameno da série (início dos registros em 2006/Teresópolis e 2007/Vila Militar), tanto nas máximas quanto nas mínimas, e na média horária.

 

Em Teresópolis, a média mensal de 18,5ºc superou os 19,1ºc de 03/2011, menor valor da série até então.  Idem na Vila Militar (capital), onde a média de 25ºc superou os 25,8ºc de 03/2013 (2011 não foi levado em conta, dados incompletos).  Na mais recente automática de Jacarepaguá (capital), a média de 23,9ºc em março de 2020 ficou muito abaixo dos 25,5ºc de 03/2019 e dos 25,8ºc de 03/2018.  Todas as médias são das 744 horas do mês.

 

A máxima absoluta de março foi a menor da série em Teresópolis e Vila Militar (empatada com 2008 na Vila Militar), e a mínima absoluta também foi a menor nas duas estações.  As precipitações ficaram ao redor da média em Teresópolis e na RM do RJ, localmente um pouco acima/abaixo.

 

Abaixo os dados (precipitação e tabelas diárias de temperaturas) para a automática do INMET em Teresópolis e para três estações da capital em microclimas distintos (aero Santos Dumont, Jacarepaguá/INMET e Vila Militar/INMET).  Os dados de chuva seguem o horário local, exceto para o Santos Dumont (até 12 UTC).  Dados de temperatura em horário local para todas as estações.

 

 Em Teresópolis/INMET choveu 322,4 mm, com máximo diário de 42,6 mm (17/03), e 24 dias com registro de precipitação.

 

No centro do Rio (Santos Dumont) choveu 116 mm, com máximo em 24 horas de 33 mm (entre 29/02e 01/03), e 12 dias com registro de precipitação.

 

Na Vila Militar/INMET choveu 240,2 mm, com máximo diário de 154,4 mm (01/03), e 12 dias com registro de precipitação.  A precipitação diária máxima foi um novo recorde da estação, para todos os meses.

 

Em Jacarepaguá/INMET choveu 173,6 mm, com máximo diário de 99 mm (01/03), e 11 dias com registro de precipitação.

 

Teresópolis (991 m):

123939456_Mar20KMTS.png.e3cf0e853ff6e3606e56a4fa1006a349.png

 

Aeroporto Santos Dumont (3 m):

403909222_Mar20SDU.png.38c7a4e08f93aa841f5620b96414e8aa.png

 

Vila MIlitar (30 m):

1697387022_Mar20KMVI.png.675b0171570691aa0615fb32c881910d.png

 

Jacarepaguá (20 m):

2138769408_Mar20KJAK.png.0fb31b616faa4719ef957f956fbbc0aa.png

  • Like 17

Share this post


Link to post
Share on other sites

Março-2020 no INMET-JF (automática):

 

image.thumb.png.1556e9ae74f413be608b6759eee0e9ab.png

 

- Este Março foi o mais fresco desde 1997, quando a média compensada foi de 19,7C;

- A mínima absoluta foi a menor desde 2008;

- A precipitação ficou um pouco abaixo da média, que é de 210mm;

- Esse foi o segundo mês seguido com temperatura consideravelmente abaixo da média (abaixo do desvio padrão).

 

  • Like 14

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trimestre JFM  em Paulistana - PI

 

Screenshot_65.png.2d7948e08dc42193c8c96bf6da98432c.png           Screenshot_66.png.c44af28d87e7c2bec770f157493a4914.png

 

Janeiro:

Média de máximas: 31,6ºC (-2,4)

Média de mínimas: 22,7ºC (-1,1)

Média 24h: 26,7ºC (-1,5)

 

Fevereiro:

Média de máximas: 31,9ºC (-1,3)

Média de mínimas: 22,7ºC (-0,5)

Média 24h: 26,6ºC (-0,7)

 

Março:

Média de máximas: 31,1ºC (-2,0)

Média de mínimas: 22,9ºC (-0,3)

Média 24h: 26,1ºC (-1,1)

 

Em relação as temperaturas, esse foi o JFM mais frio desde 2011 na automática e apenas a segunda vez desde 2008 que todos os meses do trimestre terminam abaixo da média.

Em relação as chuvas, como já mencionado anteriormente no tópico de monitoramento, essa é a primeira vez desde 2004 que todos os meses do semestre (que é o mais chuvoso do ano) terminam acima da média. E apenas a 9ª vez desde 1913 que isso ocorre.

 

Para a temperatura foi usada a automática e para chuva a convencional (exceto nos dias em que não houve dados da convencional).

 

Trimestre JFM em Queimada Nova - PI

 

Screenshot_67.png.ac59cbca7f22158ae5e89dad19f0de1f.png

 

Fora qualquer tipo de informação numérica, não tenho absolutamente nada há reclamar sobre o trimestre ou da estação chuvosa como um todo. Finalmente depois de uma década de chuvas irregulares o nordestino finalmente teve um ótimo "inverno". Depois eu posto um balanço da estação chuvosa. Se Deus quiser ainda tem muita água pra cair ainda!

 

Eu considerei a média de Queimada Nova como sendo a mesma de Paulistana devido a falta de dados longos que permita fazer uma média confiável. Mais informações da média de Paulistana neste post.

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo de março aqui em Rancho Queimado - SC

T. média máx: 23,6ºC
T. média mín: 14,8ºC

Volume total de chuva: 31,4 mm.

P.s: Foi um mês bastante seco.
Março terminou com média mais alta que fevereiro, tanto na T. máxima e compensada, a mínima tentou igualar mas não conseguiu. 

89913200_538040010165304_2132672380265299968_n.jpg.41b6744c3971c90a2d2acc3f809c93d0.jpg

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porto Alegre registra verão mais seco desde 1952

Foi o quarto DJFM mais seco na cidade desde o início dos registros há 110 anos

 

Precipitação mensal:

19,1 mm dezembro

72,8 mm janeiro

84,7 mm fevereiro

22,9 mm março

  • total do verão: 199,5 mm

image.png.82b2e3b2bec952695930ec4b8f62ba85.png

  • Like 5
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Tomás WRuas disse:

Porto Alegre registra verão mais seco desde 1952

Foi o quarto DJFM mais seco na cidade desde o início dos registros há 110 anos

 

Precipitação mensal:

19,1 mm dezembro

72,8 mm janeiro

84,7 mm fevereiro

22,9 mm março

  • total do verão: 199,5 mm

image.png.82b2e3b2bec952695930ec4b8f62ba85.png

Tomás WRuas,

as chuvas em Porto Alegre nesses 4 meses de verão, desses 5 verões citados são totalmente ao contrário dos acumulados na região da bacia do Rio Muriaé na Zona da Mata de Minas, nas cidades de Muriaé e Patrocínio do Muriaé, todos os verões citados foi de muita chuva nas cidades mineiras que citei( a exceção foi 1951/1952, onde não me lembro dos acumulados).

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

SÃO PAULO MARÇO 2020 

 

MARÇO TERMINOU COM TEMPERATURAS LEVEMENTE ABAIXO DA MÉDIA.

 

Ps: Por conta da suspensão nas leituras da Estação Convencional do Mirante de Santana, em razão da COVID-19, foi usada a Estação Automática no mês cheio. 

 

001.thumb.png.11e3a37d67813946cb2737d10e515b63.png

 

EM TERMOS DE MÉDIA, MARÇO TERMINOU COMO O MAIS FRIO DESDE 2013 NO MIRANTE DE SANTANA.

 

003.png.3b1d0a172b6ef7a008d2d6379a47eb76.png

 

EM TERMOS DE CHUVA, MARÇO FECHOU COM 69mm NA ESTAÇÃO AUTOMÁTICA DO MIRANTE DE SANTANA, O QUE CORRESPONDE A APENAS 32% DA MÉDIA.

 

002.thumb.png.0b58d0dc762978bd5d4bdb14c501ef5a.png

 

EM TERMOS HISTÓRICOS, COMPARANDO COM A ESTAÇÃO CONVENCIONAL, FOI O 6º MARÇO MAIS SECO DESDE 1945 E O MAIS SECO EM 36 ANOS.

 

MARÇO - MENORES ACUMULADOS DE CHUVA DO MIRANTE DE SANTANA (1945-2020)

38,5mm - 1975

51,5mm - 1964

52,9mm - 1954

54,0mm - 1984

65,3mm - 1979

69,4mm - 2020 (Automática)

 

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Rodolfo Alves disse:

SÃO PAULO MARÇO 2020 

 

MARÇO TERMINOU COM TEMPERATURAS LEVEMENTE ABAIXO DA MÉDIA.

 

Ps: Por conta da suspensão nas leituras da Estação Convencional do Mirante de Santana, em razão da COVID-19, foi usada a Estação Automática no mês cheio. 

 

EM TERMOS DE MÉDIA, MARÇO TERMINOU COMO O MAIS FRIO DESDE 2013 NO MIRANTE DE SANTANA.

 

003.png.3b1d0a172b6ef7a008d2d6379a47eb76.png

 

 

A média compensada, calculada também com os dados da estação automática, foi de 21,6ºc no Mirante do Santana em março de 2020, o que faria do mês (por este método) o março com menor média desde 2004 (21,1ºc). 

 

Porém, existe uma tendência de a média compensada na automática ser um pouco menor que na convencional, talvez por inércia térmica do abrigo de madeira (a leitura das 0:00 Z, que entra em dobro na compensada, é quase sempre maior na convencional que na automática), e março de 2011 registrou compensada de 21,7ºc na convencional. Se tivéssemos os dados completos da convencional agora, estimo uma compensada entre 21,8ºc e 22ºc em 03/2020, na prática no mesmo patamar de 2011 ou 2013.

 

A média horária de 03/2020 no Mirante (auto) foi de 21,44ºc.  Aqui podemos ver como a média compensada ainda faz sentido nos dias de hoje, especialmente nas estações que seguem os horários OMM (00, 12 ,18 UTC), pois de fato o valor se aproxima muito mais da média real (que leva em conta o máximo de observações possíveis) que a média simples.  Para o caso do Mirante no mês passado: 21,4 (horária, 744 observações) x 21,6 (comp, 155 observações com uma duplicada) x 22,9 (simples, 62 observações).

 

Mas esta diferença entre compensada e média simples depende também da geografia e do microclima, e pelo que tenho observado no Mirante do Santana (SP) a diferença é maior que a “habitual”, que fica na faixa de 0,5/1ºc.  Outro extremo é o caso do aeroporto Santos Dumont, na área central do Rio, que registra (com elevada influência das águas da baía) uma diferença muito pequena entre horária e simples (0,2/0,4ºc, em média).  Ainda na cidade do Rio, percebi que Jacarepaguá tende a registrar uma diferença maior que a Vila Militar (entre as médias simples e horária/compensada), e neste caso foi possível observar que, enquanto na automática de Jacarepaguá (mais protegida das brisas noturnas) a temperatura com frequência cai rapidamente logo após o pôr do sol, e depois decresce lentamente até a mínima, a Vila Militar muitas vezes registra uma queda sofrível até o início da madrugada (por ser mais suscetível aos ventos leste e oeste, que carregam ar quente das áreas mais adensadas e são afunilados pelos maciços da Pedra Branca e Gericinó), e depois (por vezes) a temperatura cai mais rapidamente perto do final da madrugada.  Ou seja, a temperatura (em média) passa mais tempo perto da mínima em Jacarepaguá que na Vila Militar, e isto aumenta a diferença entre as médias na primeira.

 

No final das contas, é preciso estudar cada caso separadamente (sem esquecer também que uma mesma estação vai registrar diferenças maiores ou menores dependendo do mês, levando em conta duração do dia, insolação, condições atmosféricas predominantes...).

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Março de 2020 em estações automáticas do INMET na PB.

image.thumb.png.a07bf5a888a6c31025405e93e9826748.png

 

image.thumb.png.db4a6965e6263ed47935412636c24ca9.png

 

De acordo com o BDMEP, Monteiro teve seu 2° mês mais chuvoso. O 1° lugar pertence a Abril de 1984 com 395,9 mm (o interessante é que a estação da AESA no município registrou esse mesmo valor, embora seu recorde de mês mais chuvoso pertença ao Janeiro de 2004 com 534,2 mm [que não tem no INMET] e março mais chuvoso pertença a 1960 com 495 mm).

 

Março em Pombal, com dados da AESA. 👇

                                                            image.thumb.png.3b047e679ef9600626420800ffa813e6.png

Edited by CloudCb
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

A média simples é útil para comparar com dados do passado, pois era usada até mais ou menos a 1ª metade do século XX.

 

Porém, eu e acho que os mais velhos dos participantes aqui estamos acostumados com a compensada.

Eu, por exemplo, tenho de cabeça os valores aproximados das compensadas de Porto Alegre, Floripa, Curitiba, BH, etc.

Portanto, pra mim, com a compensada fica mais fácil comparar valores e ter uma idéia sobre o clima de determinado lugar.

No caso da simples, fico perdido. :D

 

Mas... parece que a compensada tende a se aproximar mais da média real (24 horas) nas regiões mais a leste do país.

Nas regiões mais a oeste, principalmente no verão, a diferença deve aumentar.

Em Uruguaiana-RS (Que, pasmem, fica quase no mesmo meridiano de Corumbá-MS), por exemplo, no verão o sol está acabando de se pôr a 0 h UTC (9h da noite) e a temperatura ainda vai estar relativamente alta.

Como a temperatura de 0 h UTC entra com peso 2...

 

Seria interessante, até, fazer esse cálculo comparativo entre as médias compensada e 24 horas para estações em várias longitudes do Brasil.

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Rodolfo Alves disse:

SÃO PAULO MARÇO 2020 

 

MARÇO TERMINOU COM TEMPERATURAS LEVEMENTE ABAIXO DA MÉDIA.

 

Ps: Por conta da suspensão nas leituras da Estação Convencional do Mirante de Santana, em razão da COVID-19, foi usada a Estação Automática no mês cheio. 

 

001.thumb.png.11e3a37d67813946cb2737d10e515b63.png

 

EM TERMOS DE MÉDIA, MARÇO TERMINOU COMO O MAIS FRIO DESDE 2013 NO MIRANTE DE SANTANA.

 

003.png.3b1d0a172b6ef7a008d2d6379a47eb76.png

 

EM TERMOS DE CHUVA, MARÇO FECHOU COM 69mm NA ESTAÇÃO AUTOMÁTICA DO MIRANTE DE SANTANA, O QUE CORRESPONDE A APENAS 32% DA MÉDIA.

 

002.thumb.png.0b58d0dc762978bd5d4bdb14c501ef5a.png

 

EM TERMOS HISTÓRICOS, COMPARANDO COM A ESTAÇÃO CONVENCIONAL, FOI O 6º MARÇO MAIS SECO DESDE 1945 E O MAIS SECO EM 36 ANOS.

 

MARÇO - MENORES ACUMULADOS DE CHUVA DO MIRANTE DE SANTANA (1945-2020)

38,5mm - 1975

51,5mm - 1964

52,9mm - 1954

54,0mm - 1984

65,3mm - 1979

69,4mm - 2020 (Automática)

 

Fazia tempos que não tinha um março como esse em São Paulo (na temperatura e na chuva). 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Resumo da Estação Alphaville - Juiz de Fora - MG nestes três primeiros anos do ano.

Os destaques são todos os meses com temperatura média estimada inferior a 22 C -   a depender deste ano,  nosso Clima é Cwb. rsrs

 

image.png.9351fa862c8f8b66dfdc8ec340c17229.png

 

Nestes 91 primeiros dias do ano:

 

Já houve 3 dias com temperaturas mínimas inferiores a 15 C - o que não é muito comum nestes meses de verão climático.

Apenas 6 dias registraram mínimas iguais ou superiores a 20 C - o garantiu um verão com noites bem frescas, no geral, o esperado para uma localidade a 900 m de altitude.

 

31 dias registraram máximas inferiores a 25 C, sendo 2 dias abaixo de 20 C, mostrando que mesmo nestes dias de verão foram comuns tardes frescas e até um pouco frias.

Apenas 14 dias registraram máximas iguais ou superiores a 30 C, revelando que calor não foi o ponto forte deste verão. 

 

 

Edited by sjmolive
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

                                                 LANGUIRU                                                                                                     INMET
LANGUIRU.thumb.png.a6330ac0ec5e72eff929e7b863ef9eab.pnginmet.thumb.png.4dc2af77e3b6f2b7e43e3b16b4c53066.png

 

                                      WELP                                                                                                                   CATARINA
welp.thumb.png.377e0ac3558948676981dbeea8217a82.pngcatarina.thumb.png.469dbb20f14abf55c1eba998336def44.png

 

                                            WESTFÁLIA                                                                                                POÇO DAS ANTAS

westfalia.thumb.png.1f1f01a35d259e423abd329e83ef8608.png1255281090_poo.thumb.png.9122cb149e9bcdbcaa32d0f02a5d142c.png

 

                                 LAGOA DA HARMONIA                                                                                 MORRO DAS ANTENAS

lagoa.thumb.png.e60fe2368864663f6d41d58ea87442c6.pngantenas.thumb.png.5c69833b1153b33963600cd1185f7eb3.png

Quem quiser uma overdose de informações, acesse os links abaixo:

http://www.tempoemteutonia.com.br/meteotemplate-languiru/
http://www.tempoemteutonia.com.br/meteotemplate-welp
http://www.tempoemteutonia.com.br/meteotemplate-catarina

http://www.tempoemteutonia.com.br/meteotemplate-lagoa-da-harmonia
http://www.tempoemteutonia.com.br/meteotemplate-morro-das-antenas
http://www.tempoemteutonia.com.br/westfalia

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Trago os 10 maiores valores mensais de Janeiro da PB e do PE.

 

  • Na PB (AESA)

image.thumb.png.d45819945df8a58d0bb058b841c4bb30.png

  • No PE (APAC)

image.thumb.png.ce4784e63a7a72581295f875c2435a77.png

 

Edited by CloudCb
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

MARÇO 2020

BELO HORIZONTE

 

Foi um mês chuvoso e de expressiva anomalia negativa nas temperaturas:

 

Média Tmín:     18,1  (-1,6)

Média Tmáx:    27,4 (-1,1)

Média comp:    22,1 (-1,3)

Precipitação:    297mm  (+50%) em 13 dias (1mm)

Insolação:         156h (-38h)

 

 

Menor Tmín:   15,0

Maior Tmín:    20,5

Menor Tmáx:  21,1

Maior Tmáx:   30,7

 

Destaque para a singela máxima absoluta de 30,7C e a mínima de 15,0 ainda no começo do mês.

Edited by LeoP
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Janeiro foi um mes com predomínio de calor normal em Buenos Aires, nada tao extremo. Nao tivemos nenhuma mínima acima de 25°C e só uma máxima acima de 35°C, durante uma pequena onda de calor no fim do mes. Tivemos alguns dias mais agradáveis, mas nenhuma tarde abaixo de 26°C, pela pouca intensidade dos pousos de ar fresco nessa época do ano e porque aqui é muito difícil ter uma tarde nublada em janeiro. No fim, de temperaturas na média.

 

MÍNIMA MAIS BAIXA: 13,8°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 24,7°C
MÍNIMA MÉDIA: 20,2°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: + 0,1°C

 

MÁXIMA MAIS ALTA: 36,7°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 26°C
MÁXIMA MÉDIA: 30°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: 0°C

 

MÉDIA SIMPLES DE JANEIRO: 25,1°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: 0°C


5 menores mínimas: 13°C (dia 13), 13,6°C (dia 26), 15,3°C (dia 27), 15,5°C (dia 31) e 16,8°C (dia 17)
5 maiores mínimas: 24,7°C (dia 20), 23,8°C (dia 25), 23,5°C (dia 22), 23,2°C (dia 23) e 23,1°C (dia 24)

 

5 maiores máximas: 36,7°C (dia 25), 34,4°C (dia 20), 34,3°C (dia 26), 33,5°C (dia 24) e 33°C (dia 19)
5 menores máximas: 26°C (dia 2), 26,2°C (dia 1), 26,3°C (dia 17), 26,4°C (dia 16) e 27,5°C (dia 30)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fevereiro em Buenos Aires comecou com uma onda de calor. Ao redor dos dias 9-10 refrescou, voltou a fazer calor no meio do mes, houve um período mais fresco ao redor do dia 20 (o dia 22 foi bastante outonal, com as menores temperaturas do mes) e nos últimos dias de fevereiro a temperatura voltou a passar dos 30°C. Em fevereiro já sao mais comuns essas variacoes térmicas. O mes terminou com leve desvio positivo.
 

MÍNIMA MAIS BAIXA: 11,5°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 25,4°C
MÍNIMA MÉDIA: 19,4°C
DESVIO DA MÉDIA: + 0,2°C
 

MÁXIMA MAIS ALTA: 36,1°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 22,5°C
MÁXIMA MÉDIA: 29,6°C
DESVIO DA MÉDIA: + 1°C
 

MÉDIA SIMPLES DE FEVEREIRO: 24,5°C
DESVIO DA MÉDIA: + 0,6°C
 

5 menores mínimas: 11,5°C (dia 22), 13°C (dia 21), 14,3°C (dia 10), 14,9°C (dia 20) e 15,7°C (dia 23)
5 maiores mínimas: 25,4°C (dia 3), 25°C (dia 5), 24,4°C (dia 16), 24°C (dia 4) e 23,5°C (dia 6)

 

5 maiores máximas: 36,1°C (dia 6), 35°C (dia 3), 34,9°C (dia 4), 34,5°C (dia 2) e 34°C (dia 16)
5 menores máximas: 22,5°C (dia 22), 23,3°C (dia 21), 24,5°C (dia 20), 25°C (dia 10) e 25,5°C (dia 9)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já marco resolveu esquecer que é um mes de transicao de estacao aqui em Buenos Aires. O terceiro mes do ano terminou com um amplo desvio positivo. As médias foram praticamente as mesmas que as registradas em fevereiro e, inclusive, ficariam acima do normal inclusive se fosse o segundo mes do ano. Tivemos muito calor nos primeiros oito dias e depois um calor normal, inclusive com dificuldades em chegar a 30°C. O frio foi completamente ausente: num mes que a menor mínima já costuma ficar ao redor dos 10°C, só tivemos uma mínima sub-15°C e bem tímida.


MÍNIMA MAIS BAIXA: 14,8°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 24°C
MÍNIMA MÉDIA: 20,1°C
DESVIO DA MÉDIA: + 2,4°C

 

MÁXIMA MAIS ALTA: 34°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 22,8°C
MÁXIMA MÉDIA: 28,6°C
DESVIO DA MÉDIA: + 1,8°C

 

MÉDIA SIMPLES DE MARCO: 24,4°C
DESVIO DA MÉDIA: + 2,1°C


5 menores mínimas: 14,8°C (dia 16), 15,4°C (dia 20), 16,2 (dia 19), 16,5°C (dia 15) e 16,6°C (dia 22)
5 maiores mínimas: 24°C (dia 2), 23,6°C (dia 8), 23°C (dia 1), 22,8°C (dia 4) e 22,5°C (dia 3)

 

5 maiores máximas: 34°C (dia 1), 33,4°C (dia 8), 33°C (dia 2), 32,1°C (dia 7) e 32°C (dia 4)
5 menores máximas: 22,8°C (dia 17), 23,5°C (dias 11 e 16), 24°C (dia 31), 24,5°C (dia 15) e 24,6°C (dia 18)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

2020 até agora em Buenos Aires (desvios da média simples em relacao ao período 1981-2010):

Janeiro: 0°C

Fevereiro: + 0,6°C

Marco: + 2,1°C

 

2020: + 0,9°C

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Os 10 maiores volumes mensais de Fevereiro na PB e no PE.

  • Na PB (AESA)

image.thumb.png.5b52d138b8576e858279dbe306f3540f.png

 

Sobre recordes:

  1. Cajazeiras: Fevereiro mais chuvoso, superou 2011 (500,8 mm); 4° mês mais chuvoso (1°: mar/1940 com 713,4 mm; 2°: mar/2008 com 590,4 mm e 3°: abr/1924 com 572,0 mm).
  2. Carrapateira: 2° Fevereiro mais chuvoso (1°: 2011 com 369,4 mm).
  3. Santana de Mangueira: Fevereiro mais chuvoso, superou 2004 (252,9 mm).
  • No PE (APAC)

image.thumb.png.8dc7fb4e1d36a8e6869e13382852ad32.png

 

Eu estou pensando se posto os dados de Fevereiro e Março do RN, porque o portal da EMPARN não colabora na organização deles, mas vou ver.

Edited by CloudCb
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estão aí, os 10 maiores acumulados mensais de Fevereiro no RN, com dados da EMPARN. Não sei quando postarei os de Março, porque ainda estão atualizando.

 

image.thumb.png.bd98f3e61ed47f283a4866408750b5b8.png

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

SERRA DO SALITRE, MG - JANEIRO, FEVEREIRO, MARÇO E ABRIL DE 2020

 

1666134383_SerradoSalitre.thumb.jpg.e101893f34bd69647ced025ea97ecc6c.jpg

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

PATROCÍNIO, MG - JANEIRO, FEVEREIRO, MARÇO E ABRIL DE 2020

 

541816869_Patrocnio.thumb.jpg.9152f199bea7d9132141217af8d6bd65.jpg

 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Resumo de Abril de 2020

Alphaville JF: 22˚S, 43˚W, 900m 

 

média Tn  15,5˚C

média Tx   23,6˚C

est     Tm   18,5˚C, cerca de 1 grau de anomalia negativa.

 

Extremos: 12,9˚C e 28,7˚C.

Desde o dia 20/2/20 a temperatura não ultrapassa os 30˚C

Edited by sjmolive
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.