Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 02/08/20 in all areas

  1. 15 points
    Esta estação do "Projeto Criosfera" fica muito distante da base brasileira na Antártica. A base brasileira fica na Ilha de Rei George, um lugar totalmente oceânico e de clima excepcionalmente ameno para padrões antárticos, com predomínio de temperaturas positivas no verão (quase não neva nesta época) e apenas esporádicos eventos de frio intenso (abaixo de -20ºc) no auge do inverno. Já houve uma automática do INMET na base brasileira, mas infelizmente não voltou ao ar depois do incêndio. Abaixo as médias da base brasileira (é praticamente "uma Dallol" para padrões antárticos). Os recordes absolutos desde 1986 e até 2012 na base Comandante Ferraz foram de -28,5ºc (agosto de 1991) e 14,9ºc (janeiro de 1999). A automática do INMET fica no meio da calota antártica, quase tão distante da base brasileira quanto Salvador está de Florianópolis. Este local é, no auge do verão, bem mais frio que a base brasileira no auge do inverno. Trechos da Wikipedia: "O módulo Criosfera 1, é o primeiro módulo científico brasileiro instalado no interior do continente antártico." "O módulo mede 2,5 m de altura, 2,6 m de largura e 6,3 m de comprimento [1] e está instalado a 1,5 metros do solo para que a neve não se acumule em seu entorno. Está a 670 km do Pólo Sul geográfico e a 2.500 quilômetros ao sul da Estação Antártica Comandante Ferraz nas coordenadas 84° S 79° 29' 39" O. Esta nova plataforma científica autossustentável, i.e., usa apenas o sol e o vento para suprir a energia necessária aos equipamentos de pesquisa atmosférica e instrumentação meteorológica instalada.[2] O Criosfera 1 foi concebido para operar de forma autônoma, enviando dados científicos para o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) durante todo o ano."
  2. 10 points
    Mais cedo, por volta das 19:30, houve chuvas fortes na região entre Paulo Afonso (BA) e Jatobá e Petrolândia (ambas no PE e que tiveram mais de 130 mm antes de ontem), assim como em áreas do agreste do PE. Na última hora nasceram núcleos entre o Vale do Pajeú (PE) e Patos (PB).
  3. 10 points
    Os 18,3 graus valem apenas para a Península Antártica, parte do continente do Polo Sul. O recorde de toda a região é ainda maior: 19,8ºC, registrados no ano de 1982. https://veja.abril.com.br/ciencia/registrada-a-temperatura-mais-alta-da-historia-na-peninsula-antartica/ A mídia destorce só um pouquinho as coisas👌
  4. 10 points
    Disseram que a Antártida registrou a maior temperatura da história do continente com 18º. Esse lugar deve ficar bem longe da base brasileira que hoje teve a variação: -17.3º ~ -14.7º
  5. 9 points
    FORMAÇÕES CUMULONIMBUS COM TROVOADA AVANÇANDO PELO LESTE NO PLANALTO DE CURITIBA 👇 O sistema de leste novamente conseguiu empurrar as grandes formações além das barreiras da Serra do Mar. Houve chuva e trovoadas em diversos momentos do dia, inclusive ainda chove. Por volta do meio-dia, a primeira grande nuvem avançou pela região do Maciço Paraná e permaneceu por algum tempo gerando chuvas fortes em Campina Grande do Sul (nordeste de Piraquara). Estes raros sistemas de leste não produzem formações de topos elevadíssimos, como ocorre com as formações convectivas "normais", porém o resultado final em termos de acumulação pluviométrica pode ser surpreendente, com valores q algumas vezes superam os 80/100mm em poucas horas. Hoje pela manhã, tempestade de GAROA, chegando pelo leste aki na vila 👇 Novas formações no final da tarde e chuva moderada, trovoadas e SOL às 17h30:
  6. 6 points
    Chuva forte e localizada com ventos na região do ABC/ZL de São Paulo
  7. 5 points
    Em José Bonifácio-SP esta madrugada choveu 33mm (foto enviada pelo meu pai). Só que esta chuva da madrugada iniciou na noite do dia anterior, que as 11 da noite já tinha mais de 20mm acumulados, segundo informou meu pai. Com isto, a chuva da ultima madrugada/noite acumulou cerca de 55mm por lá.
  8. 5 points
  9. 5 points
    Credo. Fevereiro de 2018 ??? Triste isso.... aqui foi Novembro-2019 (muitíssimo pouco abaixo, mas foi). Os cientistas têm um consenso: Há aquecimento causado pelo homem. Mas ainda não existem estudos conclusivos sobre quais regiões da Terra têm sofrido mais com o fenômeno. Em quais locais a taxa de aquecimento está mais acentuada. O que deu para perceber aqui no Brasil, ao menos, foi essa situação envolvendo nosso verão e estações de transição na década de 2010. Mas a pergunta que não quer calar: Nossas médias vão continuar subindo assim, a Deus dará ? Ou haverá o prometido efeito compensatório da natureza ? Uma pena que, se isso ocorrer, algum outro lugar do planeta é que vai sofrer com os súbitos aumentos e recordes de temperatura. Pois não adianta, o aquecimento não vai parar magicamente. Fatalmente seremos forçados a cortar nossas emissões de CO2, pois esse simples desconforto com o calor pode se tornar uma ameaça real no futuro. Digo que "pode se tornar" pois não acredito fielmente no catastrofismo climático. Em tempo: Se a grande La Niña se confirmar nesse ano, com certeza teremos um forte retrocesso no processo de aquecimento. E a pergunta é: E quando tiver outro super el niño feito em 2015 e 2016 ? Pode trazer efeitos ainda mais nocivos a nós do que nesses anos. A meu ver, eu não pagaria pra ver o que acontece se nada for feito. Felizmente, muitas coisas já têm sido feitas. Acabei escrevendo demais, e o assunto ficou fora do tópico. Voltemos, hehehe.
  10. 5 points
  11. 4 points
    Belo texto e resume bem o q eu tbm penso. Sobre uma futura catástrofe climática e os resultados disso, não tenho a menor dúvida de q não haverá nada suficientemente forte para acabar com a nossa existência. A Terra é um grande organismo vivo, acreditem ou não... ELA se recompõe de tempos em tempos...como tudo o q existe no chamado "Universo". Como estamos presenciando acontecimentos climáticos importantes aki no Brasil (inundações e anomalias, tanto nas temperaturas qto nas pluviometrias regionais) não é tão off topic o assunto. É necessário buscar um melhor entendimento de determinados assuntos, além do q podemos simplesmente observar com os nossos olhos. _____________________________________ A chuva e as garoas não dão trégua. O tempo abre e fecha e as horas se vão passando...e depois tudo volta ao ponto de partida. E tudo isso, sem calor por aki. Máxima hoje de apenas 24,4°C. Falei q "as chuvas.... não dão trégua" mas no sentido mais visual, pq não atingimos os 4 mm hoje 😂
  12. 4 points
    Pessoal, meta alcançada. Nos próximos dias a Olaria volta online. Muita gratidão a todos os que contribuíram. Que o universo retribua em dobro a todos vocês.
  13. 4 points
    Na noite de ontem ocorreram algumas chuvas no Agreste do Pernambuco. O máximo ocorreu na região do Alto Capibaribe: Taquaritinga do Norte: 65 mm Toritama: 57,3 mm Brejo da Madre de Deus: 40 mm Santa Cruz do Capibaribe: 40 mm São Benedito do Sul: 28 mm Dados da APAC
  14. 3 points
    Já estou me preparando para ir a João Pessoa. Aparentemente, as condições climáticas melhoraram um pouco nas últimas horas no Brasil central, mas ainda temos muitas nuvens pesadas no caminho. Belo Horizonte está com um friozinho mas em compensação, as mínimas em João Pessoa nesta época ficam na casa dos 26°C, 27°C graus. Vai ser um soco térmico.
  15. 3 points
    Hoje tivemos o famoso temporal de verão aqui na ZS de SP. Graças a Jah , os dois postos do Cemaden aqui de perto do meu bairro , voltaram a funcionar . Um indicou 23 mm e o outro 33 mm , um fica a 300 m e o outro a 700 m de casa . Quanto ao Sesc, registrou 15 mm e teve a mínima do dia na hora da chuva com 20.3 graus , a mínima pena manhã tinha sido de 20.7 graus . A máxima atingiu 27.2 graus sempre com umidade alta e forte sensação de abafamento .
  16. 3 points
    Não entendo qual a dificuldade atual em se obter um mísero mês abaixo da média em Curitiba ? As mudanças climáticas não explicam tudo, só uma parte. Claro, tem a urbanização, mas até há alguns anos atrás ainda ocorriam alguns meses abaixo da média na cidade. Tem quantos meses seguidos acima da média já ? Tipo, parece que em 2019 não teve nenhum abaixo...bizarro... Estou na torcida para que esse incômodo jejum acabe logo.
  17. 2 points
    Uma chuva espetacular nesta tarde por aqui, pouco mais de 1 hora ( entre 2 e 3 da tarde) de uma chuva forte com algumas trovoadas. Depois sol voltou a brilhar forte
  18. 2 points
    Mais um dia com temperatura máxima abaixo da média mensal aqui na região de Curitiba/PR com 24.9º. Mas não creio nem um pouco que o mês termine abaixo da média, acho que em Dezembro ou Novembro chegou um ponto que parecia ser fato consumado termos um desvio negativo por menor que fosse e terminou o mês e isso não ocorreu.
  19. 2 points
    33,2° agora, à algumas dezenas de quilômetros ao sul há bastante instabilidades, e as CBs já são visíveis daqui
  20. 2 points
    Últimos dias em Paranaguá, tendo um clima de monções indiana: 02/02: 55,2 mm 03/02: 15,0 mm 04/02: 50,8 mm 05/02: 39,1 mm 06/02: 61,7 mm Hoje já choveu mais. Morretes já tem cerca de 225 mm acumulados este mês.
  21. 2 points
    A chuva de ontem causou alguns transtornos no Vale, houve cheia de ribeirões alagando áreas próximas. Ontem choveu 106 mm e hoje de madrugada cerca de 30 mm no Bairro Santa Luzia. Boa quantidade de chuva na região, mas nada do nível "Sudeste". Felizmente, nenhuma ocorrência mais grave. A boa notícia é que a chuva deu uma parada.
  22. 2 points
    Caramba, nem na Antártida tá frio. Vamos ter que comecar a gostar do calor e aceitar haha
  23. 2 points
    A previsão do tempo da RedeTV é a melhor da TV aberta, explica tudo direitinho para os telespectadores. Me surpreendeu.
  24. 1 point
  25. 1 point
    Noite de temperaturas amenas, tive mínima de 17,9C e no INMET deu 16,9C. Ainda sobre o "frio misterioso" em algumas partes de Minas na última noite, aconteceu que durante a madrugada a temperatura se elevou e as mínimas foram baixas, porém nada extraordinárias. Fim de semana com provável tempo mais firme e menos chuva, mas pelo Europeu a chuva volta com tudo na próxima Terça, com uma nova sequências de máximas amenas. E assim esse mês troca de nome para "CHUVAreiro", excepcionalmente em 2020.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.