Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 03/26/18 in all areas

  1. 31 points
    Como é meio que esperado nos modelos globais, houve pequena intensificação na intensidade do próximo pulso de frio. Com cenário consolidado, vamos lá. No momento, temos a entrada de uma alta vinda do Pacífico, transpondo os Andes pelo centro-sul do Chile. Nas próximas horas, esta alta ganha força sobre a Argentina e ganha suporte de outra alta centrada no Oceano Atlântico, próxima ao litoral sul da Argentina. Temos convergência de ar em baixos níveis, alimentada por um fluxo em 850mb; O JBN é mais forte neste momento entre o sul da Bolívia e sul do Paraguai. Com a entrada de ar frio e o fechamento da circulação da baixa entre a noite de hoje e a próxima madrugada, se consolidará a formação do ramo frontal entre o sul da Bolívia e o oeste do Uruguai. Chove forte neste momento em grande parte do RS, SC e extremo sul do Paraná. Há chuvas isoladas também no leste do MS, norte de SP e sul de MG. Nas próximas horas, a chuva ganha força sobre o noroeste do RS, oeste de SC e extremo sudoeste do PR. Há possibilidade de tempo severo em pontos das regiões citadas devido ao forte cisalhamento vertical do vento e à forte convergência de ar. Reparem no mapa: Ao longo da madrugada, chove forte no oeste e sul do MS, oeste do PR e centro-leste de SC. Pela manhã, a chuva chega ao sudoeste do MT, atinge o sul de Rondônia, oeste e sul de São Paulo e todo o Paraná. Podem ocorrer tempestades no oeste e centro do PR, e de forma mais isolada no oeste de SP e norte do PR. Neste momento, ainda pode chover no Rio Grandeo do Sul. Na tarde de amanhã, a frente fria se alonga desde o sul de RO até o estado de SP, provocando chuva que pode ser forte por onde passar - será a primeira chuva importante generalizada no estado de SP em várias semanas. Devido à frente oclusa que deve se localiza entre o meio-oeste de SC, passando pelo nordeste do RS até as bordas do ciclone, o tempo se mantém fechado e chuvoso no centro-norte do RS e grande parte de SC. Devido à formação do ciclone extratropical rente à costa do RS e SC, fortes rajadas de vento são esperadas ao longo de todo o dia amanhã no litoral e áreas próximas dos dois estados, principalmente do sul de Santa Catarina. Em alguns momentos, as rajadas podem ultrapassar os 100km/h. Na manhã de domingo, o ciclone atinge seu pico com núcleo chegando a 980hPa segundo o modelo ECMWF. Ainda muito próximo do continente, os transtornos com ventos fortes devem continuar. Em alto mar, rajadas entre 110 e 120km/h não são descartadas. A chuva cessa sobre São Paulo e diminui sobre o sul de MG entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, e o ar frio se estabelece. Neste momento, com o grosso do ar polar atuando sobre o Sul do país, e ainda com umidade ciclônica presente, há possibilidade de nevar nos pontos mais altos de SC entre a noite de amanhã e meio da madrugada de domingo. A temperatura entra em declínio no sudoeste do MS na tarde de amanhã com a chegada do ar polar, e as temperaturas já caem para menos de 10°C em praticamente todo o MS na manhã de domingo; entre 12 e 14°C no sul e oeste do MT. Em SP, deve baixar de 10°C em todo o estado, exceto região de Franca, litoral e Vale do Paraíba no domingo pela manhã. Domingo será um dia muito frio desde o norte do RS até o sul do PR, com máximas abaixo dos 10°C em uma área ampla. Sob sol forte e tempo seco, as máximas oscilam entre 17 e 21°C em grande parte de SP e sul do MS, e entre 15 e 19°C em grande parte do PR. O centro-sul de MG também deve ter um dia mais frio, com máximas entre 17 e 21°C. Os sistemas atuantes devem advectar uma quantidade absurda de ar seco, o que provocará uma queda forte nas temperaturas entre domingo e segunda-feira (21). Deem uma olhada no campo de água precipitável às 06Z de segunda: Estamos falando de uma atmosfera com praticamente 0 de água, o que causará uma perda radiativa além do normal. Por este motivo, a temperatura mínima de segunda-feira deve ser na ordem de 4 e 6°C abaixo do apontado pelo ECMWF no nordeste do MS, sul de GO, Triângulo e Sul Mineiro e norte de SP. Deste modo, há chance de gear em todas estas áreas, até com forte intensidade em baixadas acima de 900m de altitude no oeste do Triângulo e Alto Paranaíba. Mínimas muito baixas também nas áreas de serras e planaltos entre o sul do PR e norte do RS. O modelo CMC, nestes casos, nos dá uma noção do que pode ocorrer nos vales: A atmosfera permanece seca e propícia a mínimas muito baixas na madrugada de terça-feira, especialmente no sul de Minas Gerais e leste de SP. Ainda na terça-feira, novo sistema de alta pressão avança sobre o Sul, mantendo as condições de tempo frio por lá e secando ainda mais a atmosfera. Na quarta-feira (23), as mínimas ficam bastante baixas no RS e meio-oeste e SC, mas o pico deve ser registrado na quinta-feira, com condições favoráveis a mínimas abaixo de -5°C em baixadas nas serras gaúcha e catarinense.
  2. 25 points
    Comunico aos bazianos, que nosso amigo Douglas Eduardo Lindner faleceu nessa madrugada vítima de câncer. Para quem não o conhecia, o Douglas era de Blumenau e tinha só 22 anos. À família do Douglas e a todos os amigos nossas condolências.
  3. 23 points
    Bom dia a todos MÍNIMAS HOJE: BAIRRO DO CHARCO -4,0°C(fotos da geada abaixo) CAMPOS DO SERRANO -3,6°C VILA INGLESA -2,6°C PNI/INMET -2,6°C MELHORAMENTOS/CAMAND. -1,1°C CANTINHO VERDE/ITAMONTE -0,7°C MARINGÁ/RJ 2,2°C ITAJUBÁ 4,8°C imagens: Nair Cristina Rodrigo Ribeiro Fabiana Teodoro.
  4. 21 points
    Devem ter colocado alguma coisa na água dos bazianos hoje.
  5. 20 points
    RECORDAR É VIVER. Hoje completamos 5 anos da nevada de 2013. Guarapuava nunca esteve tão linda!
  6. 20 points
    Hoje completa 1 ano desse evento de intenso congelamento lá no topo do pico da Bandeira. A montanha ficou coberta de gelo e a tarde, mesmo com o sol, ainda se observava grandes placas de gelo no topo. A previsão na época indicava até a possibilidade de neve acima dos 2500 metros. Outras imagens: https://www.youtube.com/watch?v=pi3hwgC6pFE
  7. 20 points
    Ok, e que problema há nisso? Você mora em International Falls?
  8. 18 points
    Bom gente, como vocês devem saber nevou hoje em Pinheiro Machado. Inicialmente foi chuva congelada, depois neve com chuva e por fim forte precipitação de chuva congelada. Houve inclusive momentos em que caía apenas flocos, embora pequenos. Acerto magistral do ECMWF. Eu e turminha (Gabriel Cassol, Gabriel Vieira, Gabriel Cardoso, Fernando Rafael e Brunno Cardoso) estávamos lá para registrar.hehehe Abaixo o link do google drive com vídeo original da neve em flocos: https://drive.google.com/file/d/1ai9-hiUMhfidrAokoL4RUOMb4zNqB7dw/view E do momento com chuva congelada e até mesmo de neve em flocos, junto misturado: https://drive.google.com/file/d/1e7utQZx1ogt-peyWtE4N1xNqTXiWuAQB/view Valeu a vígila na madrugada. Ah vale lembrar que antes da neve o tempo limpou na região pela madrugada dando geada no topo. Geada e depois neve.hehehe confesso que quase nos descabelamos quando vimos o céu estrelado. As temperaturas na região foram as seguintes: 0,7/5,0ºC Pinheiro Machado (Charrua) 0,3/7,0ºC Pinheiro Machado (Passo) 1,3/6,4ºC Herval 1,5/6,7ºC Canguçu 2,4/7,6ºC Bagé 2,7/8,1ºC Caçapava 1,8/10,8ºC Pelotas 3,3/9,8ºC Jaguarão 4,9/9,8ºC Chuí Um gelo gelo.
  9. 18 points
    Noite fria em Pelotas. Mínima de -1,2ºC. Na relva -5,0ºC. Mínima do estado e do país hoje. Passo dos Pires teve nebulosidade durante a madrugada. Nós (eu, Gabriel Cassol e Gabriel Vieira) como bons caçadores de geada fomos la no bairro Colina do Sol registrar. Dessa vez o Gabriel Cardoso e Fernando Rafael não estiveram juntos, ficaram enrolados na coberta.🤣
  10. 18 points
    Bom dia, meus caros. De volta a BH depois de um feriado maravilhoso na Serra Gaúcha, tive hoje uma mínima de 16,0 graus aqui em casa, e agora tenho 21,8 graus com céu parcialmente nublado. A máxima deve chegar a 24 graus (ontem fui de 15,2 a 23,9 graus). Tive um belo registro da Serra do Curral hoje, feito aqui de casa, com uma cascata de nuvens e nevoeiro no Belvedere (parte alta de BH).
  11. 18 points
  12. 17 points
    Senhoras e senhores, apresento-vos o Junho/Julho da rainha do inverno brasileiro de 2018. A gélida Pinheiro Machado. Médias mensais horárias: Junho: 9,0ºC Julho: 9,3ºC
  13. 16 points
    Sobre a chance de neve: - Um episódio interessante e de curta duração vai se formando nas próximas horas. - O aprofundamento da baixa na costa ativará a passagem de um cavado em altos níveis. - As perturbações acentuadas do cavado devem provocar instabilidades em altura, propiciando umidade em abundância por todo o centro e serra do RS e SC. - O frio em altura que acompanha este sistema estará homogêneo nas camadas para a formação da neve, porém terá rápida passagem. - A janela se abre entre o final da tarde e vai se fechando no inicio/meados da madrugada de sexta. - Com o frio ainda concentrado nas camadas mais altas durante a janela indicada, as chances reais de ocorrência do fenômeno estão restritas aos pontos mais elevados do Planalto Sul de SC e Serra Nordeste do RS. - Mesmo com uma janela curta, nos pontos mais altos, acima dos 1200/1300m no RS e 1400m em SC, não dá pra descartar chances de ocorrência de até alguma acumulação. - No decorrer da madrugada de sexta o frio nas camadas mais altas (700mb) vai perdendo força, enquanto vai se intensificando logo abaixo (850mb), podendo virar de neve para chuva ou sleet/freezing rain em alguns pontos, caso esteja ocorrendo. - No geral o cenário para a neve na janela entre 18h quinta -03h sexta está muito bem consolidado na dupla GFS-Europeu. Sendo que se o cenário real pender para o Europeu, é possível a ocorrência de um episódio interessante, mas que infelizmente tende a ser estragado pela entrada de ar mais quente em altura no meio/final da madrugada. - Uma bela e interessantíssima erupção está a caminho. Vamos acompanhar!
  14. 16 points
    Bom dia a todos, É com imensa felicidade que venho reportar a incrível marca do bairro do Charco em Delfim Moreira, apenas -5,2°C registrados nessa MP que não foi das melhores para mínimas, porém o local conseguiu arrasar e me surpreender. Alguns belos registros que recebi de moradores:
  15. 16 points
    NEVANDO EM PINHEIRO MACHADO VIA ALLEF, CASSOL, GABRIEL VIERA, CARDOSOS!!!
  16. 16 points
    Como mostrado pelo Allef, ECMWF não só manteve a possibilidade de neve como aumentou a área. Antes de mais nada, deve se ter MUITA cautela pois se trata de um cenário extremamente limítrofe. Vamos para as imagens: A Campanha Gaúcha e encostas da Serra Geral podem ter neve ao longo da madrugada e manhã do dia 04/07 pois: - Cota de neve baixa (em torno de 500 a 800m de altura para uma região com pontos acima de 450m de altitude); - Não há congelamento amplo em 850mb, mas em 925mb as temperaturas são praticamente iguais às de 850mb, o que mostra uma coluna toda muito fria da superfície até 850mb; - Ar frio muito raso com dificuldade em avançar por conta do bloqueio, e, com isso, ar frio "embebido" na umidade da frente. - Possibilidade de precipitação (até intensa) com temperaturas entre 1 e 5°C em ampla área na metade sul do RS. Repito: MUITA CAUTELA.
  17. 15 points
    No último fim de semana (28 e 29 de julho), fiz a trilha para subir a terceira montanha mais alta do Brasil: o Pico da Bandeira. Foi na última hora que ficou decidido que eu faria a subida com pernoite para ver o nascer do Sol no Pico. A ideia inicial era subir e descer no domingo mesmo. Só depois percebi como foi acertada a decisão de ter feito a trilha em dois dias. É muito cansativo. A experiência foi absolutamente incrível. Especificamente sobre a meteorologia, tive uma aula impressionante de efeito baixada, tanto ao subir o Pico de madrugada (saímos às 3h da manhã do acampamento Terreirão), quanto no próprio acampamento à noite, onde fiquei perambulando com um termo-higrômetro pra medir as diferenças de temperatura que eu estava sentia muito forte na pele. Depois de experimentá-lo in loco e com tanta força (trago os dados mais abaixo), fiquei maravilhado com o efeito baixada e não serei mais capaz de apequenar o famoso "frio de buraco". Segue o relato: No último ponto acessível por carro do lado mineiro do Parque - o acampamento Tronqueira, a 1970 metros -, saímos eu, Sairo (o guia) e mais 9 pessoas que estavam no grupo, ali pelas 16h. Fazia uns 19°, sem vento. Uma das únicas araucárias do caminho. Neste ponto, tinha um pouco de neblina e a temperatura tinha despencado pra 11°. Chegando no Terreirão. A subida levou cerca de 2h até o acampamento Terreirão (2370 metros), onde passaríamos a noite. Chegamos lá pelas 18h e o acampamento tinha acabado de ser sombreado. A temperatura estava desabando. MVI_2065.MP4 Subi em umas pedras para ver o pôr do sol e levei o termômetro. A temperatura desabou de 7° para 2° em cerca de 40 minutos no topinho que estava servindo de mirante. Foi de onde gravei este vídeo, com destaque (zoom) no Pico da Bandeira: MVI_2068.MP4 O ponto onde mais tarde eu registraria a menor temperatura é entre a mancha branca no chão e a mesa de madeira. Temperatura desabando. Depois, comi alguma coisa e fui tirar umas fotos. Quando cheguei ao centro do acampamento (eu estava mais para o canto) senti que o ar estava MUITO gelado. As luvas não eram suficientes pro frio que fazia por lá. Voltei, peguei o termômetro que estava ao lado do alojamento estagnado em 2° e fui caminhando com ele na mão pelo acampamento. Já era 21h. Cheguei no centro do camping e tinha geada na grama e muito gelo nas barracas. O marcador do termômetro foi desabando. Marcou -2,9° no ponto mais frio, no centro do acampamento. Andei uns metros pro lado, ele subia, quase positivava. Pro outro lado, idem. Subi no ponto de onde tirei as fotos do pôr do Sol, uns dois metros verticalmente mais alto que o camping: 4,0° positivos. uma diferença de 7 graus em apenas 20 metros. No topinho ventava bem fraco. Fui então pra onde eu estava instalado, no alojamento, e lá fazia 3° e podia-se ficar sem luva tranquilamente. Detalhe: o alojamento era dentro da baixada. Ou seja, certamente havia diferenças de temperatura de mais de 7° dentro mesmo da baixada. Tudo graças ao frágil bolsão de ar frio de uma baixada rasa a 2370 metros de altitude em uma noite extremamente seca. Frio muito seco. Corri até a placa pra tentar bater foto com ela ao fundo, mas foi só o tempo de bater outra foto e... O termômetro já atualizou muito menos frio, dentro da baixada, sem diferença significativa de relevo nenhuma. No dia seguinte, acordamos às 2h30min e tomamos café. A temperatura no acampamento baixada havia se tornado homogênea, devido a um fraco vento que quebrara o bolsão de ar frio. Os comentários de que havia esquentado eram muitos. Fazia 5°. Iniciamos a subida às 3h da madrugada. A caminhada foi incrível. Pontos com vento, pontos sem. Temperatura em gangorra. Medi -0,7° em um ponto mais plano aos pés do Pico da Bandeira (como estava caminhando e a área mais fria era pequena, não deu tempo de deixar o marcador estabilizar, provavelmente fazia uns -2°) e até 5° em outros lugares. Tinha geada nas baixadas e um fiozinho d'água congelado no caminho. Chegamos em torno das 6h40min. No Pico, um cenário único: o Sol nascendo de um lado e a Lua cheia se pondo do outro. Cobertura de nuvens abaixo de nós e nada, nada mesmo, acima. Uma experiência indescritível. Fazia 5° antes do sol nascer, salvo engano. Vento era fraco. MVI_2190.MP4 Iniciamos a descida às 7h30min. Finalmente pude ver o cenário que tinha acabado de percorrer às escuras. Ainda havia pontos com geada e placas de gelo onde havia água e sombra. O Pico da Bandeira visto da trilha. Este é o ponto de baixada aos pés do Pico que registrei negativa e geada. Acampamento Terreirão (2370 m) visto de cima. MVI_2241.MP4 A trilha era praticamente só pedra do Terreirão até o Pico. Geada na volta em muitos pontos sombreados mais baixos. Terreirão. Chegamos no Terreirão às 10h. Ficamos cerca de uma hora, lanchamos, e partimos. Já chegando ao Tronqueira, por volta das 12h, era este o cenário: Experiência única, que recomendo a todos que experimentem ao menos uma vez. Vale muito à pena o sofrimento! MVI_2078.MOV
  18. 15 points
    Hoje o Planalto Sul Catarinense amanheceu vestido de branco... aqui em casa -2 graus (acesso Norte da cidade de Lages)
  19. 15 points
    Registrei-me ontem no BAZ e hoje, por uma dessas coincidências da vida, já tenho a oportunidade de contribuir com o fórum de alguma forma. Tive que fazer uma viagem hoje pela manhã e qual não foi minha felicidade ao me deparar com uma inesperada geadinha no caminho. Praticamente todas as baixadinhas pelo caminho apresentavam esse mesmo cenário. Na cidade a temperatura rondava os seis graus e o termômetro do carro marcava dez graus e eu sei que fora da cidade sempre cai um pouco. No começo da noite a diferença costuma ser de uns dez graus mas eu não esperava que essa diferença se mantivesse até o amanhecer. As fotos foram tiradas na vicinal que liga Mirandópolis a Pacaembu e algumas nas imediações do Rio Aguapeí (Rio Feio para os íntimos). Altitude e topografia idênticas às de Valparaíso onde a automática registrou mais de quatro graus, o que me leva a crer que aquela estação esteja instalada num topo. Fotos e dados são por mero deleite de curioso pois sei que termômetro de carro não vale como registro. Vejam só:
  20. 15 points
  21. 15 points
    QUERIDO CACO, VAMOS PENSAR UM POUCO (BY TELECURSO 2000) OS 29,3ºC DO IAG REGISTRADOS HOJE SOMENTE IGUALOU A MAIOR TEMPERATURA JÁ REGISTRADA NO PRÓPRIO IAG EM 1972.... E A ESTAÇÃO DO IAG TEM DADOS DESDE 1933.... OU SEJA HÁ 85 ANOS...!!!!! EM 85 ANOS DE HISTÓRIA, SOMENTE 1 VEZ NA HISTÓRIA SE REGISTROU TEMPERATURA IGUAL A ESSA NO IAG NO MÊS DE JUNHO. NO CASO DO MIRANTE, OS 28,5ºC DE MÁXIMA HOJE FOI O 4ª MAIOR VALOR DA HISTÓRIA DA ESTAÇÃO PARA JUNHO QUE TEM DADOS DESDE 1943, PORTANTO A 75 ANOS.... E DESDE 1999 JUNHO NÃO TEVE UMA MÁXIMA DE 28,5ºC NO MIRANTE. AGORA O SENHOR QUE JOGAR FORA DADOS DE PRE 1992, PORQUE SÃO DESCARTÁVEIS??? PELO AMOR DE DEUS, EU NÃO LI ISSO...!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ALÉM DO MAIS.... O MIRANTE ESTÁ COM ANOMALIAS DE +1,5 NAS MÍNIMAS, +0,1 NAS MÁXIMAS E +1,0 NA COMPENSADA, E O SENHOR VEM ME DIZER QUE JUNHO EM SÃO PAULO ESTÁ NORMAL??????? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK NÃO SABIA QUE O BAZ AGORA VIROU FÓRUM DE PIADAS HUMORÍSTICAS.... SEM MAIS....
  22. 15 points
    Danos causados por tornados no Rio Grande do Sul. Pelo menos duas mortes foram registradas. Houve tornados na Argentina também.
  23. 15 points
    Bom dia a todos MÍNIMAS HOJE: BAIRRO DO CHARCO/DELFIM MOREIRA -3,1°C( fotos da geada abaixo) PNI/INMET -2,6°C CAMPOS DO SERRANO -1,8°C VILA INGLESA/CDJ -1,0°C MELHORAMENTOS/CAMAND. -0,7°C CANTINHO VERDE/ITAMONTE 0,9°C MARINGÁ/RJ 3,2°C ITAJUBÁ 6,1°C Imagens: Rodrigo Ribeiro
  24. 15 points
    As imagens do GOES-16 neste começo da manhã, com a frente fria avançando mais ao norte, são simplesmente espetaculares. Cada imagem é uma obra de arte.
  25. 14 points
    BOM DIA A TODOS, HOJE, EU E OS USUÁRIOS ALLEF, FERNANDO RAFAEL, GABRIEL VIEIRA E GABRIEL CASSOL, PRESENCIAMOS GEADA CONSIDERÁVEL PRÓXIMO AO CENTRO DE PELOTAS, ASSIM REGISTRANDO APENAS 0,4°C NO NOVO LOCAL DA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA DA CIDADE. ALGUNS REGISTROS FEITOS:
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.