Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 02/16/20 in Posts

  1. 18 points
    Nevoeiros nesta manhã. Mínima de 16,5°C. Iporã do Oeste/SC 20200220_073100.mp4
  2. 17 points
    O tempo até ameaçou pela tarde ontem aqui, mas acabou resultando numa chuva fraca só. Anteontem (segunda) tive a máxima do ano (empatada com janeiro), de 35,2°C. Bom frio para a época está previsto, podemos ter mínimas perto de 10°C generalizadas no oeste catarinense no final de semana, vai ser interessante acompanhar. Iporã do Oeste/SC DJF 2019/2020 até agora: Fotos de ontem da PWS: Fevereiro está com 88mm, provavelmente não vai fechar muito afastado da média (195mm), pela previsão atual. Previsão do meteoblue, apontando o frio:
  3. 15 points
    Finalmente o INMET fez algo em relação aos dados históricos e atuais das estações automáticas. Ficou muito bom.
  4. 15 points
    Dia quente e bonito aqui na minha região, consegui escapar dos fios e casas feias para tirar uma foto da serra!
  5. 15 points
    Formou temporal depois das 13h e foi bonito de ver... Cumulonimbus, trovões, chuva torrencial aki na vila.
  6. 15 points
    Ontem às noite ocorreram novas chuvas no sertão da PB, do RN, no Cariri cearense e no Vale do Pajeú (PE). Na PB os 10 maiores valores de chuva. 👇 Os dados do sertão do RN. 👇 No Cariri do CE. 👇 E no Vale do Pajeú. 👇 Ingazeira: 45 mm Tabira: 38 mm Solidão:33,9 mm Brejinho: 31 mm Ainda sobre a PB, Cajazeiras, assim como em Janeiro, passa a ficar em 1° no ranking das cidades mais chuvosas neste fevereiro. Dados: AESA (PB), APAC (PE), EMPARN (RN) e FUNCEME (CE).
  7. 14 points
    Atualizações de anomalias de temperatura - Março e Abril:
  8. 14 points
    Voltei a BH e dessa vez o vôo foi tranquilo. Essas fotos que tirei no pôr do sol resumem as condições climáticas de hoje desde a Paraíba até o sul de MG, uma ou outra formação isolada, mas nada demais. São Paulo é que teve chuva enquanto eu decolava de Guarulhos, às 17:40, mas nada que atrapalhasse. Edit: Teve esse fotasso também, já próximo a Belo Horizonte.
  9. 14 points
  10. 14 points
    Poucas áreas com formações de trovoada podiam ser observadas por radar na tarde desta terça-feira aki no leste paranaense. Grandes formações aconteceram entre Serra do Mar e litoral. As chuvas e tempestades se concentraram mais para oeste e sul do estado. Máxima hoje de 32,4°C e agora no final da tarde eram visíveis algumas torres no horizonte, já anunciando chuva noturna. Calmaria total, sufocante e 25°C...
  11. 14 points
    Boa tarde!! Desde sábado estou aqui na minha querida cidade de São Paulo. Vim pro Carnaval, como faco todo ano. Voei de manha (saí de Buenos Aires às 5h43 e cheguei 8h15) e, diferentemente da outra vez, esteve bastante tranquilo, sem turbulências nem desvios de rota. O céu no caminho variou entre limpo, com poucas nuvens ou nublado, mas sempre nuvens baixas, nada de destaque. São Paulo, como sempre, estava coberta de nuvens: Já o litoral estava bastante lindo:
  12. 14 points
    AINDA SOBRE A ANTÁRTIDA.... Boa tarde, BAZianos, Depois das reportagens sobre a temperatura de 21 C na Antártida, fiquei curioso para entender a evolução do gelo sobre o mar naquele continente desde o início das medições, 1979. Em 15/2/20 a Antártida somava 2,84 milhões de km2 de gelo sobre os mares. Pelo teor das reportagens que saíram isso deveria ser o mínimo ou muito próximo do mínimo histórico já registrado no continente, por conta do aquecimento global. Mas, como este valor se compara com os demais anos? Vejam a figura abaixo, coloquei no gráfico apenas os anos que, desde 1979, possuíam leitura igual ou inferior ao observado em 15/2/20, com o histórico dos últimos 15 dias (que inclui o período das referidas reportagens). Olhem a surpresa: 1 - Desde 1979, praticamente metade dos anos tiveram leitura igual ou inferior a 2020 - o que mostra que estamos com situação muito próxima à MODAL dos últimos 43 anos. 2 - Os últimos 5 anos tiveram valores iguais ou inferiores a 2020. 3 - Nos últimos 15 anos, apenas 6 anos exibiram valores superiores a 2020, mostrando que este ano ESTÁ ENTRE OS ANOS COM MAIOR ACÚMULO DE GELO, no período recente. 4 - Se compararmos 2020 com os anos 80 veremos que até lá neste longíqua e fria década, em apenas 4 dos seus 10 anos houve mais gelo nos mares da Antártida nos idos de fevereiro que agora. Ou seja, 2020 na década de 80 seria um ano da mais pura normalidade. Surpresos com os dados? Eu não. O que me deixa sempre com uma pulga atrás da orelha com muitos (claro, não todos) dos defensores do aquecimento global é esta mania que eles têm de olhar apenas um lado dos fatos e tirarem conclusões, a meu ver, precipitadas. Não é a primeira vez que há notícias como estas na mídia "mainstream", mas quando se confrontam dados e fatos... E aí vão neste balaio universidades, INPE, Rede Globo e a cambada toda. E não o fazem por acaso. Mas isso é outra conversa, fora do escopo de nosso fórum. Temos que admitir que, ainda que houve recorde de temperatura registrada na Antártida (que o @Renan bem questionou - não se sabe o tamanho da série histórica), há uma situação próxima da normalidade quanto ao gelo presente nos oceanos deste continente. Creio que o honesto seria admitir que há sinais CONTRADITÓRIOS sobre o efeito do teórico aquecimento antropogênico na Antártida. E que pesquisas adicionais são necessárias para esclarecer isso. Mas isso, é claro, eles não dizem. Por isso desconfio deles. Eu fico com os dados, com os números, com os fatos. Ah, se tiverem alguma reportagem sobre o fim do mundo no Ártico postem aqui - preciso de um motivo para mostrar dados muito interessantes sobre o extremo norte do planeta rsrsrs.
  13. 13 points
    Boa tarde, sou novo por aqui e estou aprendendo bastante. Aqui uma foto da ZS de São Paulo, há alguns pontos de chuva forte nas zonas sul e leste e Grande ABC, lá vem mais um dia de enchentes.
  14. 13 points
    Esse núcleo estava tão forte que conseguia ver relâmpagos daqui de Queimada Nova. Acho que nunca tinha visto relâmpagos tão distantes assim. Tanto que tinha tirado até um print do radar. Eram relâmpagos bem frequentes, apesar da maioria ser pouco perceptível. O fato de morar em zona rural e não ter nenhuma nuvem no caminho ajuda a explicar isso. Os núcleos estavam entre 420 e 460 km daqui.
  15. 13 points
    20:40 e tenho 28C com 90% em Blumenau, no INMET Indaial fazia 29,7C com 81% às 20h. Desde Janeiro de 2019 eu não registrava uma noite tão quente, felizmente vejo relâmpagos no horizonte a oeste, tomara que venha algo pra refrescar. Gráfico daqui de casa hoje: Extremos: 23,7/35,9 com UR mínima de 60%.
  16. 13 points
    Após algumas pancadas isoladas e mal distribuídas no final da tarde de domingo no Rio e arredores (que já eram esperadas, em Teresópolis na serra chegou a chover forte com muitos relâmpagos na noite de ontem), o tempo voltou a ficar firme nesta segunda-feira na cidade do Rio de Janeiro, com predomínio de sol (entre algumas nuvens) ao longo de todo o dia, e sem qualquer sinal de chuva (entre Itaboraí e Tanguá, na Região Metropolitana, e pegando também o extremo leste de São Gonçalo, um pequeno núcleo chegou a se formar esta tarde, causando chuva rápida em alguns distritos). Apesar do sol e do grande abafamento, a temperatura não subiu tanto, com máximas entre 32 e 33ºc na maioria dos bairros da capital. A maior máxima foi de 35,6ºc na Vila Militar. No aero Santos Dumont, na área central do Rio, a temperatura não havia superado os 29ºc até as 16:00, mas uma rápida virada do vento para NE por volta das 17:00 (causada pelas instabilidades que se deslocavam bem ao leste) fez a máxima alcançar os 32ºc por um período muito breve. Os próximos dias serão de muito sol e calor, e a máxima do mês na capital fluminense (37,3ºc na Marambaia, no dia 09) deverá ser superada até quinta. Mas sexta-feira o tempo muda, mais para o final do dia ao que parece (salvo novas alterações). As fotos a seguir foram tiradas no início da tarde desta segunda-feira no Passeio Público do RJ, com temperatura na faixa dos 28ºc. A segunda foto mostra o relógio Art Déco (de 1955) da antiga loja de departamentos Mesbla, que ainda funciona e marca a hora pontualmente.
  17. 13 points
    Boa tarde a todos (e que tarde), tudo que eu havia dito sobre nada de chuva por esses dias, hoje resolveu aparecer depois do forte calor com máxima de 33C, foi uma chuva bem isolada mas que fez de linda com trovões e granizo, com rajadas moderadas de vento... Peço perdão pelos fios e tudo mais, mas é impossível não tirar com eles surgindo nas fotos hahaha
  18. 12 points
    Olá Tavares, costumo acompanhar imagens de satélites através de aplicativos e posso te dizer que não é raro nesta época não, acontece que são apenas topos de Cbs que se formam com o auxílio dos Andes e avançam em direção ao oceano em estágio de decaimento (empurrados pelos ventos em altitude). A chuva destes sistemas cai toda nas regiões montanhosas (só beem no topo das montanhas mais altas neva) e não chega nem perto do litoral (ocasionalmente, alguns subúrbios na parte leste de Lima recebem pingos destas nuvens altas em dissipação, e muito de vez em quando chega até a chover um pouco nestas mesmas áreas, mas praticamente nunca chega alguma coisa até os bairros centrais ou à costa). Hoje o Rio de Janeiro esteve numa espécie de “vazio convectivo”, áreas onde apesar do tempo quente e úmido a atmosfera não está favorável ao desenvolvimento das nuvens (o tal “tampão”), mas em São Paulo as pancadas típicas de verão vieram fortes em algumas áreas. O destaque foi Piracicaba, onde a estação do Cemaden na Vila Rezende registrou 69,8 mm em 30 minutos. Várias ruas ficaram alagadas na cidade. Na cidade do Rio foi mais um dia dentro do esperado, com sol bem forte e muito calor. Na Marambaia foi registrada a máxima do mês na cidade até agora, 37,8ºc, mas em quase toda a cidade a máxima superou os 34ºc. No Centro, ficou entre 34 e 35ºc. A noite segue muito quente, na casa dos 30ºc em vários bairros mais adensados. Aqui em Niterói/Ingá ainda temos 29ºc passando das 21:30. A previsão permanece sem maiores alterações; só os modelos mais “empolgados” caíram um pouco na real (afinal, estamos em fevereiro) e aumentaram as temperaturas previstas para o final de semana, sendo que a nebulosidade (e as prováveis precipitações) serão as grandes responsáveis pelos 2/3 dias de máximas mais amenas depois deste calor. Mais além, segue um pouco instável até o final do mês, mas é um cenário de baixa confiabilidade ainda para falar em detalhes. Com menos “ar frio”, o avanço das chuvas para o norte também fica um pouco prejudicado, sendo que no norte de MG e do ES, onde tem chovido pouquíssimo em fevereiro, as chuvas serão bem irregulares (mas ao menos parece que vai chover alguma coisa). Amanhã ainda será um dia de muito calor e tempo firme, e dependendo da brisa a máxima poderá ser um pouco maior ou menor que a de hoje na RM do RJ. A sexta-feira ainda será muito abafada, mas a chance de chover à tarde ou à noite é grande.
  19. 12 points
    Boa noite à todos... A chuva de hoje veio em boa hora e o acumulado chegou aos 35 mm, entre manhã (7h) e a tarde (14h30). Não é muito mas é melhor do q nada, q era o q estávamos tendo nos últimos dias... O entardecer foi magnífico, com chuvas à SW e raios do Sol iluminando as nuvens à oeste e noroeste: O anoitecer foi simplesmente fantástico.
  20. 12 points
    Gravatal: 40,01°C Esta mesma estação registrou 41,8°C Outubro passado.
  21. 12 points
    Bom dia à todos... Frente fria chegando no sul gaúcho⬇ Linha de chuva forte, trovoadas, rajadas de vento e até keda de granizo cortando o sul do estado, de oeste (área mais severa) à leste:
  22. 12 points
    E não é só aí não, também acompanho as chuvas em SP na medida do possível pelo CGE e, após a última grande chuva (ou apocalipse, pela mídia), a média de toda a cidade estava mais de 100 mm abaixo do total registrado no Mirante. Como depois desta chuva as precipitações foram bem irregulares e setorizadas, creio que São Paulo (como um todo) esteja apenas ligeiramente acima da média de fevereiro até agora (no dia seguinte ao principal evento de chuva de fevereiro estava na média, enquanto o Mirante estava muito acima da média). Um lugar que tem chamado a minha atenção pela dificuldade de registrar volumes elevados este ano é São Mateus, onde o acumulado mensal após a grande chuva estava na faixa dos 140 mm segundo o CGE (o total daquele evento foi de "apenas" 60 mm, para mais de 150 mm no Mirante), e como praticamente não choveu por lá depois fevereiro ainda deve estar patinando nos 150 mm, enquanto o Mirante já superou os 350 mm. Levando isto em conta, aí na sua área até que não está tão ruim..rs. Me chama a atenção que São Mateus "fica devendo" em todas as situações; chuva de verão (hoje teve até forte entre Penha e Aricanduva, mas em SM nada), linha de instabilidade, frente fria... ali está uma "uruca" braba. Sobre os comentários do pessoal do sul (ontem) e do Renan (hoje), eu gostaria de acrescentar às áreas que estão precisando de uma boa chuva o centro-norte de MG (ao N e E/NE de BH, pois da capital até o sul de MG as chuvas de fevereiro estão bem satisfatórias) e praticamente todo o ES. Nestas áreas, as chuvas de fevereiro estão muito irregulares e bem abaixo da média na maioria das cidades, e até locais que sofreram com enchentes em janeiro no sul do ES já aproveitariam uma chuva moderadamente volumosa agora, pois desde então choveu muito pouco, o que só deixa a lama ressecada e levanta poeira; uma chuva generosa (mas sem excessos) agora serviria para equilibrar um pouco as coisas, aumentando a umidade na superfície no solo e até lavando um pouco a sujeira da enchente nas cidades afetadas, como Iconha. No extremo norte de MG e do ES, onde 2019 foi muito seco e as chuvas de janeiro deste ano foram apenas moderadas, a chuva é ainda mais necessária (o mesmo vale para a maior parte do interior da BA). Por sorte, parece que a próxima frente será capaz de, pela primeira vez em fevereiro até agora, fazer o canal de umidade avançar ao norte do centro de MG e do RJ, trazendo alguma chuva para onde ela é mais necessária. Nem todas as cidades terão boas chuvas, mas que algumas tenham já é válido. E que chova mais em março, pois fevereiro costuma ser um mês fraco para chuvas nestas áreas mesmo. Para o pessoal da Região Sul, onde realmente as chuvas deste verão estão (ainda mais) irregulares que o normal, o outono/inverno sempre traz a perspectiva de alguma recuperação. Já no norte de MG (por exemplo), se não chover bem até março, só em outubro/novembro (e na melhor das hipóteses). Aliás, tudo indica que a frente dos próximos dias vai seguir o "script 20019/2020" na Região Sul, com chuvas irregulares, mas ânimo que o outono (com chuvas mais bem distribuídas, eu espero) não tarda...😂 Aqui para o Rio de Janeiro, as chuvas devem se concentrar entre sexta-feira e sábado (antes, o maior calor do mês; depois, temperaturas comportadas por alguns dias), e é quase certo que com a próxima frente fevereiro de 2020 superará 1998 (faltam menos de 15 mm) na cidade do Rio, assumindo o segundo lugar na lista dos mais chuvosos desde 1997 (o primeiro foi ano passado). Não está fora de questão superar 02/2019 também, mas é mais incerto.
  23. 12 points
    Veranico: "estiada que ocorre na temporada chuvosa, com dias de muito sol e calor". Caracteriza-se pela subsidência e céu atipicamente azul no Brasil central por um período de 1 semana ou mais, com pouca convecção. Assim como a ZCAS é clássica no verão do sudeste, é historicamente esperado ao menos 1 evento de veranico na estação. Ao pesquisar os verões das décadas passadas, a maioria deles tem um período assim. No entanto, em Belo Horizonte, seguimos tendo um verão marcado por temperaturas suaves e muita chuva. Não tivemos absolutamente nenhum período superior a 4 dias sem chuva nos últimos 4 meses. Neste mês de fevereiro, além da baixa insolação e das temperaturas abaixo da média, tivemos, até agora, chuvas em 14 dos 17 dias do mês. O resultado: Reservatórios da RMBH (mostram bem a qualidade das precipitações, pois chuvas isoladas ou induzidas por ilha de calor não trariam os efeitos neles): 2 já operam acima da capacidade (estão com 100%); O conjunto está com 91% de capacidade hoje, sendo que tem previsão de chuva pra todos os próximos 10 dias, devendo aumentar no carnaval. E ainda tem água pra cair até abril (Março + abril têm média de 270mm em BH). Nem vou entrar em outras discussões, como aumento da população (em relação às décadas anteriores) e degradação ambiental que, aliás, tornam até mais incrível essa resposta dos mananciais. Obviamente que não fiz uma análise completa do país, mas impressiona a regularidade das precipitações nesta estação por aqui. O verão de 2020 tá deixando a grande maioria dos verões antigos no chinelo e mostra que o potencial para chuva permanece na nossa região. Basta que a ASAS não esteja fora de sua posição habitual.
  24. 12 points
    Dia quente no Vale do Itajaí: Muito calor com temperaturas entre 27°C e 29°C neste instante. Hoje parece que vai passar sem chuva. Amanhã até quinta o sofrimento segue!
  25. 12 points
    Vista Boa tarde, a manhã seguiu tórrida em Imbituba/ Garopaba litoral sul de SC, até que muito bem vindo chegou bons ventos NNE, sem ser o famoso Nordestão rebelde!! Vista da Lagoa da Ibiraquera e mais ao fundo a Serra do Tabuleiro.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.