Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Carlos Dias

Astronomia e astrofotografia

Recommended Posts

Está sendo divulgado amplamente por vários meios de comunicação da internet que esta semana deveremos ter a LUA CHEIA AZUL, que poderá ser vista de todo Brasil.

 

Alguém mais entendido do assunto consegue confirmar se de fato é verdade ?

Deivid, de certa forma sim.

Lua azul, é um termo para a segunda lua cheia de um mesmo mês. Tivemos uma lua cheia dia 01/07 e agora dia 31/07.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lua_azul

 

Enviado de meu Moto E usando tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

YES, THIS IS REAL: NOAA's Deep Space Climate Observatory (DSCOVR), on a mission to monitor the solar wind a million miles from Earth, has taken a unique picture of the Earth-Moon system. It shows the farside of the Moon crossing the iconic "blue marble" on July 16th. Click to witness the transit:

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites
YES, THIS IS REAL: NOAA's Deep Space Climate Observatory (DSCOVR), on a mission to monitor the solar wind a million miles from Earth, has taken a unique picture of the Earth-Moon system. It shows the farside of the Moon crossing the iconic "blue marble" on July 16th. Click to witness the transit:

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

 

Sensacional.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Está sendo divulgado amplamente por vários meios de comunicação da internet que esta semana deveremos ter a LUA CHEIA AZUL, que poderá ser vista de todo Brasil.

 

Alguém mais entendido do assunto consegue confirmar se de fato é verdade ?

Deivid, de certa forma sim.

Lua azul, é um termo para a segunda lua cheia de um mesmo mês. Tivemos uma lua cheia dia 01/07 e agora dia 31/07.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Lua_azul

 

Enviado de meu Moto E usando tapatalk

 

Isso aí já rendeu até nome pra clássico musical e título de filme também.

 

A canção tem várias versões, mas pra mim a melhor de todas é a da Ella Fitzgerald:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meteoro da chuva de meteoros perseidas que aconteceu nessa madrugada , meteoro gigante registrado com minha camera de monitoramento de meteoros BRAMOM

 

Estamos fazendo a analise e subindo o video no youtube , podem ter caido fragmentos em terra , o estouro foi como um relampago e clareou bastante por aqui !

 

11836709_843199232454329_5740345261298012114_n.jpg?oh=9590c375c82ad4fa78c3ee842bf9c54f&oe=56404DF1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Essa noite tivemos o pico da chuva de meteoros Delta Aquaridas sobre o Brasil , a minha estaçao de captura de meteoro em parceria com a Bramon - Brazilian Meteor Observation Network registrou durante a noite mais de 50 meteoros sobre os céu de Maria da Fé , segue a montagem com todas as capturas realizadas pela camera essa noite !

 

11825224_835650653209187_8294555914188245446_n.jpg?oh=9f839ae8145ba855d2d90eefb911098a&oe=56404D51&__gda__=1447331431_82c78136c79c747eb0d216499c27cc66

 

fonte Bramon - Brazilian Meteor Observation Network

 

 

SENSACIONALLLLLLL

 

Não tinha visto essa imagem ainda, e nem a do que explodiu no céu. Imagina uma camera dessas nos locais mais altos do Sudeste, como no Agulhas Negras??? O céu da altitude do PNI é uma das coisas mais loucas que já vi na minha vida!!!! Foi o único lugar que enxerguei uma galaxia a olho nu no Brasil e de forma bem nítida!!!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já ouviram falar em SPRITES ?

 

Os sprites são descargas elétricas azuladas ou avermelhadas de alta intensidade que ocorrem acima das nuvens de tempestade e que dão origem a uma gama bastante variada de formas visuais brilhantes no céu noturno. Normalmente são disparadas por uma descarga positiva entre a base da nuvem de tempestade e o solo.

 

Imagens capturadas com câmera de alta velocidade, capazes de registrar mais de 40 mil frames por segundo, revelaram que os sprites são formados na realidade por grupos de bolas de bolas de gás ionizado com tamanho variado entre 10 e 100 metros de diâmetro, lançadas de uma altitude superior a 80 km a uma velocidade que pode chegar a 10% da velocidade da luz.

 

Estudos também revelaram que essas bolas também podem se deslocar horizontalmente por mais de 50 km desde o ponto de origem, cobrindo essa distância em menos de 100 milissegundos.

 

Registro raro de um Sprites registrada por minha camera de monitoramento de Meteoros em Maria da Fé , a tempestades que formou esse raios na atmosfera estavam a 50km daqui

 

11168182_887893591318226_3614032782903030433_n.jpg?oh=f9bc8e6207138f8ff19caa62a3df5bd7&oe=56B9125C

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conta de cabeça para calcular em qual grau de latitude, o sol estará no zênite (a pino) no meio do dia, em determinada data:

 

 

 

Dá prá deduzir, em qual latitude, o sol estará a pino (zênite) em determinada data, como por exemplo:

 

 

Dia 20 de setembro (equinócio da primavera do hemisfério sul) = sol estará a pino no meio do dia na latitude 0º (exemplo: Macapá-AP);

 

Dia 20 de outubro = sol estará a pino na latitude 7,8º Sul (exemplo: Araguaína-TO);

 

Dia 20 de novembro = sol estará a pino na latitude 15,6º Sul (exemplo: Brasília-DF);

 

Dia 20 de dezembro = sol estará a pino na latitude 23,5º Sul (exemplo: São Paulo-SP);

 

 

 

Regra = A cada 4 dias aproximadamente, a latitude na qual o sol estará no zênite (no meio do dia) avança 1 grau de latitude. Depois da data de 20 de dezembro (solstício de verão no hemisfério Sul, a posição de zênite do sol retrocede 1 grau de latitude a cada 4 dias, no hemisfério Sul, até que a posição de zênite seja atingida no dia 20 de março (equinócio de outono) em Macapá-AP (0º de latitude).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Já ouviram falar em SPRITES ?

 

Os sprites são descargas elétricas azuladas ou avermelhadas de alta intensidade que ocorrem acima das nuvens de tempestade e que dão origem a uma gama bastante variada de formas visuais brilhantes no céu noturno. Normalmente são disparadas por uma descarga positiva entre a base da nuvem de tempestade e o solo.

 

Imagens capturadas com câmera de alta velocidade, capazes de registrar mais de 40 mil frames por segundo, revelaram que os sprites são formados na realidade por grupos de bolas de bolas de gás ionizado com tamanho variado entre 10 e 100 metros de diâmetro, lançadas de uma altitude superior a 80 km a uma velocidade que pode chegar a 10% da velocidade da luz.

 

Estudos também revelaram que essas bolas também podem se deslocar horizontalmente por mais de 50 km desde o ponto de origem, cobrindo essa distância em menos de 100 milissegundos.

 

Registro raro de um Sprites registrada por minha camera de monitoramento de Meteoros em Maria da Fé , a tempestades que formou esse raios na atmosfera estavam a 50km daqui

 

11168182_887893591318226_3614032782903030433_n.jpg?oh=f9bc8e6207138f8ff19caa62a3df5bd7&oe=56B9125C

 

 

Fantástico!!!

 

Neste documentário sobre raios do Nat Geo, fala a respeito dos sprites, blue jets (aproximadamente aos 28 min)

 

[bbvideo=640,360]https://youtu.be/63bvA-EfLQM?[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites
Conta de cabeça para calcular em qual grau de latitude, o sol estará no zênite (a pino) no meio do dia, em determinada data:

 

 

 

Dá prá deduzir, em qual latitude, o sol estará a pino (zênite) em determinada data, como por exemplo:

 

 

Dia 20 de setembro (equinócio da primavera do hemisfério sul) = sol estará a pino no meio do dia na latitude 0º (exemplo: Macapá-AP);

 

Dia 20 de outubro = sol estará a pino na latitude 7,8º Sul (exemplo: Araguaína-TO);

 

Dia 20 de novembro = sol estará a pino na latitude 15,6º Sul (exemplo: Brasília-DF);

 

Dia 20 de dezembro = sol estará a pino na latitude 23,5º Sul (exemplo: São Paulo-SP);

 

 

 

Regra = A cada 4 dias aproximadamente, a latitude na qual o sol estará no zênite (no meio do dia) avança 1 grau de latitude. Depois da data de 20 de dezembro (solstício de verão no hemisfério Sul, a posição de zênite do sol retrocede 1 grau de latitude a cada 4 dias, no hemisfério Sul, até que a posição de zênite seja atingida no dia 20 de março (equinócio de outono) em Macapá-AP (0º de latitude).

 

 

Legal, essa regra eu não conhecia!

 

Essa tabela da wiki, mostra aproximadamente as datas do zênite solar de acordo com a latitude.

 

lv53s9J.png

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%B3pico_de_Capric%C3%B3rnio

 

Aqui, em Barra do Piraí, com latitude aproximada de 22°26' 42" (1° ao norte do trópico de capricórnio) o zênite ocorre em 06/12 e 06/01

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Legal, essa regra eu não conhecia!

 

Essa tabela da wiki, mostra aproximadamente as datas do zênite solar de acordo com a latitude.

 

lv53s9J.png

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tr%C3%B3pico_de_Capric%C3%B3rnio

 

Aqui, em Barra do Piraí, com latitude aproximada de 22°26' 42" (1° ao norte do trópico de capricórnio) o zênite ocorre em 06/12 e 06/01

 

Valeu Andoni,

 

Essa tabela do Wikipedia tá de parabéns, mais claro do que isso impossível

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.