Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Carlos Dias

Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

Recommended Posts

Essa reportagem é bombástica! Mesmo os que consideram "mentira" o aquecimento global, ficam com a pulga atrás da orelha.

http://artedofim.blogspot.com.br/2013/12/aquecimento-global-gelo-esta.html

Mas... essa é antiga.

Tanto que estava previsto que o Ártico não teria mais gelo por estes dias em que vivemos.

 

O gelo no Ártico diminui de forma assustadora. Isso é COMPROVADO. Esse artigo é recente. Portanto...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos parar por aqui. Se alguém não quer ser criticado, então não critique o outro.

Cada um concorda com o que quiser e quem quiser. Se expor sua opinião, pode estar sujeito a contra-argumentos, deve aceitar isso sem levar para lado pessoal.

Quem não concorda, refuta com idéias, não com supostas proteções ou "teorias conspiratórias".

Vamos parar o "debate pessoal".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como o planeta vem aquecendo desde o fim da pequena era do gelo, como o planeta vem aquecendo desde o início da revolução industrial,

 

Façamos um passeio pelos últimos 200 anos para observamos coisas que são "sem precedentes" realmente

 

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites

EM QUASE 200 ANOS SC;

 

1819 GEADA FORTE E TEMPERATURA NEGATIVA NO PLANALTO EM PLENO JANEIRO

1839 FORTÍSSIMAS TEMPESTADE ASSOLOU A ILHA DE SC, 3 DIAS DE INTENSAS E VIOLENTAS CHUVAS, NUMA CASA, SANTO ANTÔNIO DE LISBOA/11 MORTOS. BAÍAS COM COR DE BARRO!

1852 CHEIA /BLUMENAU 3 MAIOR

1854 NEVASCA VIOLENTA EM LAGES/30 MIL CABEÇAS DE GADO MORTAS

1855 CHEIA/BLUMENAU 7 MAIOR

1865 CHEIA/BLUMENAU 8 MAIOR

1870 OU 1879 NEVASCAS GENERALIZADA, NO RS TRANCOU TRENS

1880 CHEIA BLUMENAU A MAIOR ATÉ HOJE

1888 CHEIA BLUMENAU 11 MAIOR

1910 150 CM DE NEVE S.J

1912 NEVASCA EM SETEMBRO, +-50 CM

1918 FORTÍSSIMA ONDA DE FRIO, -18 NÃO OFICIAL E CONGELAMENTO DE PARTE DO PELOTAS

1928 MAIOR NEVASCA EM S.J COM ALGUM DOCUMENTO, NÃO RECONHECIDA

1933 GEADA FORTE NO DIA 23 DE JANEIRO, DEVASTOU A SAFRA EM "FRAIBURGO"

1938 NEVASCA EM FRAIBURGO/NA ÉPOCA ERA DISTRITO DE CURITIBANOS, NEVE NA ALTURA DA JANELA

1942 NEVE FORTE NO PLANALTO SERRANO. NEVASCA NO CAMBIRELA, PARECIDA COM 2013, DIA 5 DE JULHO E JULHO MAIS FRIO NA CAPITAL, MÉDIA;13,8

1952 -14 CAÇADOR

1955 MAIOR ONDA DE CALOR NO OESTE DE SC E A MAIOR COMPARADA COM 2014 JÁ REGISTRADA EM SC, MAIOR PERÍODO ABAIXO DE ZERO EM S.J, 90 HORAS SEGUIDAS E +-50/100 CM DE NEVE MAIOR FRIO EM FPOLIS 5/8°C

1957 MAIOR NEVASCA COM REGISTRO, ENTRE 100/150 CM E ISOLAMENTO POR 10 DIAS

1965 MAIOR NEVASCA COM ALTURA SIGNIFICATIVA EM SC, 80/85% DE SC COBERTO POR NEVE. O DEGELO AUMENTOU O NÍVEL DOS RIO PELOTAS/CANOAS E URUGUAI. TEVE TROVOADA

1962 -10,4 CAÇADOR E 8 DIAS DEPOIS...31,4

1963 44,6 ORLEANS

63/65 UMA DAS MAIORES SECA NO ESTADO

1975 TODOS SABEM. FPOLIS TEVE -1 NO AEROPORTO E 9,++ DE MÁXIMA COM SOL

1976 137 KM NA CAPITAL E MUITO FRIO EM JULHO, NEVE FORTE.

1977 UM DOS INVERNOS MAIS QUENTES

1978 SECA VIOLENTA EM ABRIL/MAIO, MUITA GEADA EM ABRI, 21 DIAS NEVASCA EM AGOSTO, +-40 CM EM 4 DIAS

1979 VERÃO BEM FRIO, 2 GRANDES NEVASCAS NO PLANALTO DA NEVE, A MAIOR FORAM 50 CM EM 15H COM VENTANIA

1980 NEVASCA E NEVE MUITO TARDIA, 30 DE SET, AMANHECEU COM NEVE COBRINDO A CIDADE NO DIA 1 DE OUTUBRO

1981 NEVASCA AMPLA EM SC DIA 19/20 DE JULHO, MUITO FORTE

1983 GRANDE CHEIA EM SC, + DE 250 MIL DESABRIGADOS, INVERNO FRIO E ÚMIDO SEM EXTREMOS.

1984 NEVASCA FORTE NA SERRA E GEADA EM FPOLIS, ESTA EU VI NO CENTRO DA CIDADE E NO ATERRO DA BAÍA SUL PERTO DO MAR, FOI O AGOSTO MAIS FRIO REGISTRADO EM S.JOAQUIM. O VERÃO FOI TÓRRIDO. NEVE NO CAMBIRELA

1985 NEVE FORTE EM CHAPECÓ E NA SERRA

1986 SEM INVERNO E GEADAS TARDIAS E DEVASTADORAS NA FRUTICULTURA SETEMBRO E OUTUBRO

1987 INVERNO FRIO E EXTREMADO, EM FPOLIS REGISTREI 10,++ EM MARÇO E 12,6 FEVEREIRO NO ITACORUBÍ. GEADA SIGNIFICATIVA NO VERÃO, FEVEREIRO

1988 TRIMESTRE MAIS FRIO ATÉ HOJE NA CAPITAL/MJJ E NEVASCA FORTE NA SERRA, FIQUEI PRESO NELA. 1,9 EM FPOLIS COM GEADA E UM POUCO DE VENTO E QUASE NUBLADO.

1989 FRIO INTENSO EM VÁRIOS DIAS NO INVERNO, NEVE FRACA.

1990 NEVE AMPLA EM SC, FORTE NA SERRA E TARDE GÉLIDA NA CAPITAL 6/7 DE TARDE COM CHUVA.

1991 RECORDE EM S.JOAQUIM, -10, PORÉM INVERNO IRREGULAR, DIAS MUITO FRIOS COM ALGUNS QUENTES.VERÃO SECO E FRIO EM FRAIBURGO.

1992 MAIOR CHUVA EM 24 H FPOLIS, 404 MM, NUVEM COM 23 KM DE TOPO EM LAGES, BAITA GRANIZADA.

1993. MENOR MÁXIMA EM S.J COM -2,4 DIA 31 DE JULHO, NEVE FORTE

1994. FRIO INTENSO ENTRE 20 DE JUNHO A 15 DE JULHO COM NEVADA FORTE NA SERRA, INVERNO COM FRIO FORTE CURTO. -1 EM JANEIRO/URUPEMA

1995 SEM INVERNO E NEVE TARDIA, DIA 20 DE SETEMBRO E GEADA DANOSA TARDIA.

1996 NEVE FORTE EM S.JOAQUIM, A ÚLTIMA BEM FORTE NA CIDADE.

1998 NEVE FORTE NO MI E INVERNO SEM EXTREMOS MAS MUITO BOM EM TERMOS DE UNIDADE DE FRIO

1999 SEGUNDO INVERNO MAIS LONGO DA SERRA/SC, COMEÇOU EM MEADOS DE ABRIL E FOI ATÉ COMEÇO DE NOVEMBRO, RECORDE DE GEADA/103 DIAS, NEVE MAIS PRECOCE E TARDIA COM REGISTRO

2000 SUPER ONDA DE FRIO EM JULHO, SEM PRECEDENTES EM TERMOS DE DURAÇÃO E ALCANCE.

2001 VERÃO QUENTE NA SERRA, INVERNO NORMAL

2002 MARÇO BEM QUENTE E INVERNO NORMAL

2003 VERÃO QUENTE/SERRA, INVERNO FRIO E AGOSTO MUITO FRIO

2004 VERÃO FRIO E INVERNO FRIO COM SETEMBRO QUENTE. VERÃO AMENO EM FPOLIS

2005 VERÃO NORMAL NO LITORAL E FRIO NA SERRA. INVERNO IRREGULAR, BEM FRIO EM SETE E FRIO JULHO E QUENTE EM AGOSTO E MAIO/JUNHO

2006 VERÃO/INVERNO NORMAL A QUENTE

2007 VERÃO NORMAL A FRESCO/CAPITAL E NORMAL A QUENTE NA SERRA, INVERNO NORMAL, QUENTE EM SET.

2008 VERÃO FRESCO NA CAPITAL (RECORDE DE MÍNIMAS ABAIXO DE 20°C) E FRIO NA SERRA, INVERNO NORMAL A FRIO

2009 VERÃO NORMA, FRIO EM JANEIRO E QUENTE MARÇO/SERRA,

2010, VERÃO QUENTE INVERNO NORMAL A FRIO, BEM FRIO JJ NEVASCA AMPLA EM SC

2011 VERÃO FRIO/FEV QUENTE/SERRA NORMAL NA CAPITAL/VERÃO

2012 VERÃO NORMAL, FRESCO EM JANEIRO INVERNO NORMAL, MAIS QUENTE EM AG/SET./SERRA

2013 VERÃO BEM FRIO NA SERRA E INVERNO FRIO COM NEVASCA FORTE E AMPLA EM SC (ESTÁ ENTRE AS 3 MAIORES NEVASCA EM AMPLITUDE E INTENSIDADE, RETIRANDO A DE 65 QUE FOI FORA DE TUDO)

2014 VERÃO TÓRRIDO E INVERNO BRANDO.

 

 

ISTO É P/SC. NUM QUADRO GERAL.

 

ISTO FOI GRAÇAS AO THIAGO E AS ANDANÇAS NA BIBLIOTECA PÚBLICA DE SC POR MIM E QUE AINDA ESTÁ NA MEMÓRIA

 

DADOS, SEMPRE DADOS!

 

UMA GRANDE E ENORME OBS: NÃO TINHA CELULAR, MÁQUINAS DIGITAIS E 2/3 VEZES MENOS GENTE QUE HOJE, DE 1950 DE 4/6 VEZES MENOS....

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Para colocar um pouco de lenha na fogueira...

 

 

Holocene_Temperature_Variations.png

 

A temperatura oscila? oscila.

Os vales e picos parecem acontecer em um intervalo de tempo relativamente constante mas a intensidade no aumento ou diminuição da temperatura já parece bem mais caótico.

Estamos aparentemente em um pico, e com uma anomalia positiva brusca aparentemente inédita, veja o pico dentro do quadro pequeno.

 

 

O "sem precedente" dentro do pequeno quadrado responde pelo nome “Hockey Stick” (taco de hockey devido ao formato)

 

Existe uma série de processos judiciais que acusam o autor de fraude.

 

Espero que não seja necessário detalhar essas justificadas acusações que permeiam tribunais desde 1996.

 

Well, desde então o mundo passa pela pausa, hiato, platô.....

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os dados apresentados provam o frio que fazia antigamente! Até a década de 80 tínhamos invernos mais com cara de invernos mesmo ( prova foi a neve em Porto Alegre quando eu tinha 12 anos, em 1984). Após, aos poucos, cada vez o frio foi se reduzindo mais, com poucos dias de frio significativo. Tomara que o padrão de antigamente voltasse! Conversava com amigos que regulam de idade comigo sobre isso semana passada. Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Certas ocasiões ......

Leio coisas interessantes

E por vezes penso em compartilhar

Confesso

Acho tão primário

E em outras

Sofisticado..... além da conta

Algo tão singelo e doce assim,

Não convivo e paz~

 

co-incidentally, 27C is the temperature of the tropical jungles. the minimum temperature at which a human being can survive without technology. Below 27C a naked human radiates more energy (about 150 watts) than can be gained by eating food, and will eventually die of exposure.

 

At 15C, the average temperature of the earth is too cold to support human life except in very isolated pockets in the tropics. Except for the domestication of fire almost none of us could survive where we live today.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Certas ocasiões ......

Leio coisas interessantes

E por vezes penso em compartilhar

Confesso

Acho tão primário

E em outras

Sofisticado..... além da conta

Algo tão singelo e doce assim,

Não convivo e paz~

 

co-incidentally, 27C is the temperature of the tropical jungles. the minimum temperature at which a human being can survive without technology. Below 27C a naked human radiates more energy (about 150 watts) than can be gained by eating food, and will eventually die of exposure.

 

At 15C, the average temperature of the earth is too cold to support human life except in very isolated pockets in the tropics. Except for the domestication of fire almost none of us could survive where we live today.

 

Sinceramente, não faz sentido falar em seres humanos sem falar de "tecnologia", ao menos primitiva, ela existia antes mesmo do homo sapiens, o homo erectus já dominava até o fogo.

Temos menos pelos e fomos os perdendo ao longo do tempo justamente por que eles deixaram de ser algo necessário já que, por sermos inteligentes, mantemos nossa temperatura usando roupas, abrigos etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Certas ocasiões ......

Leio coisas interessantes

At 15C, the average temperature of the earth is too cold to support human life except in very isolated pockets in the tropics. Except for the domestication of fire almost none of us could survive where we live today.

 

Sinceramente, não faz sentido falar em seres humanos sem falar de "tecnologia", ao menos primitiva, ela existia antes mesmo do homo sapiens, o homo erectus já dominava até o fogo.

Temos menos pelos e fomos os perdendo ao longo do tempo justamente por que eles deixaram de ser algo necessário já que, por sermos inteligentes, mantemos nossa temperatura usando roupas, abrigos etc.

 

Ao que tudo indica o Homo erectus está extinto....imagino.

 

A ideia central da minha mensagem é que a temperatura média global á baixa para o ser humano.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites
Certas ocasiões ......

Leio coisas interessantes

At 15C, the average temperature of the earth is too cold to support human life except in very isolated pockets in the tropics. Except for the domestication of fire almost none of us could survive where we live today.

 

Sinceramente, não faz sentido falar em seres humanos sem falar de "tecnologia", ao menos primitiva, ela existia antes mesmo do homo sapiens, o homo erectus já dominava até o fogo.

Temos menos pelos e fomos os perdendo ao longo do tempo justamente por que eles deixaram de ser algo necessário já que, por sermos inteligentes, mantemos nossa temperatura usando roupas, abrigos etc.

 

Ao que tudo indica o Homo erectus está extinto....imagino.

 

A ideia central da minha mensagem é que a temperatura média global á baixa para o ser humano.

 

Abraços

 

Só que agora existem coisas como obrigações sociais (quanto à vestimenta de trrabalho) e arquiteturas um tanto incompatíveis com a região. De modo que, pelo menos por aqui, em Sampa, o semestre mais quente já é meio quente demais. E olha que o limite de 27 graus é frequentemente superado pra baixo, mesmo no ardido verão/inferno de Sampa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

co-incidentally, 27C is the temperature of the tropical jungles. the minimum temperature at which a human being can survive without technology. Below 27C a naked human radiates more energy (about 150 watts) than can be gained by eating food, and will eventually die of exposure.

 

At 15C, the average temperature of the earth is too cold to support human life except in very isolated pockets in the tropics. Except for the domestication of fire almost none of us could survive where we live today.

 

Mafili, eu consordaria com o texto se não houvessem equivocos com relação a generalização das coisas.

 

Veja:

 

Se a temperatura média da Terra é fria demais para o ser humano ao natural, estamos falando de 15 graus o ano todo de forma ininterrupta e em qualquer lugar do mundo?

 

Peguem os índios que moravam na região do estreito de Magalhães...com certeza um local cuja temperatura média é menor que 15 graus...como eles sobreviviam sem roupa? O "Seo" Magalhães os viu nus e sobreviviam mesmo assim.

 

Uma questão que não foi colocada é que o ser humano não dependia só do fogo pra evoluir, na verdade a evolução humana passa por encontrar fontes que o permitam se aquecer, ou seja abrigos melhores, que não necessariamente precisam do fogo. A descoberta do fogo foi apenas mais um passo nessa busca histórica por se "aquecer".

Share this post


Link to post
Share on other sites

NA SIBÉRIA VIVE PESSOAS EM CASAS DE MADEIRA SEM AQUECIMENTO "MODERNO" A MÓDICOS -50/-70°C

 

ATÉ O MARFILE DESLIZA....

Share this post


Link to post
Share on other sites

A ideia central da minha mensagem é que a temperatura média global á baixa para o ser humano.

 

Abraços

 

Só que agora existem coisas como obrigações sociais (quanto à vestimenta de trabalho) e arquiteturas um tanto incompatíveis com a região. De modo que, pelo menos por aqui, em Sampa, o semestre mais quente já é meio quente demais. E olha que o limite de 27 graus é frequentemente superado pra baixo, mesmo no ardido verão/inferno de Sampa.

 

Concordo, Luciano.

 

É evidente que a adaptação da humanidade em praticamente todos os lugares do planeta exceto a Antartica deve-se ao uso de alguma tecnologia.

 

Porém, existe um conceito que eu gostaria de relembrar: Aquilo que chamamos de evolução da humanidade ocorre extra gens, assim, não é evolução no sentido darwiniano ou neo darwiniano, ou seja uma criança atual não nasce sabendo fazer ambientes condicionados, pois, os nossos conjuntos de informações que permitem às extrepolias arquitetônicas ou de vestuários não estão armazenados no genoma humano e sim em livros, hd's, tradição oral, ou em pinturas rupestres....sim, é uma espécie diferente.

 

Resumindo o ponto: A origem da humanidade, por um caminho ou por outros, porém, passa necessariamente por um ambiente, no qual a alimentação que já é um problema demasiadamente grande, não necessita de outros complementos como um clima.

 

CONCLUSÃO: Um local na África, com localização privilegiada perto da Floresta Tropical com vista para a Savana ou vice versa.

 

Em um local com temperaturas médias próximas a 27ºC....este é o nosso habitat natural. Não há motivos para preocupação daqui a pouco quando a América do Norte estiver novamente com 2 kilometros de gelo....todos acharam os trópicos amáveis por uns 100.000 anos.

 

Abraços

 

 

A Arqueologia Genética

Eva, esse o nome pelo qual é conhecido o ancestral comum mais recente de todos os seres humanos vivos na

atualidade. O seu DNA mitocondrial foi passado de geração em geração e está agora presente em todas as pessoas. Em 1986, pesquisadores da Universidade da Califórnia concluíram que todos os humanos eram

descendentes de uma única mulher que viveu na África há cerca de 200 mil anos (Eva Mitocondrial).

Os caminhos traçados pela investigação do DNA mitocondrial

Eles se basearam na análise do DNA retirado das mitocôndrias, que difere do DNA do núcleo da célula e é

transmitido apenas pela linhagem feminina. Ele sofre mutações em rápidas proporções. Comparando o DNA

mitocondrial de mulheres de vários grupos étnicos, eles puderam estimar quanto tempo se passou para que cada

grupo assumisse características distintas a partir de um ancestral comum. De fato, eles construíram uma árvore

genealógica para o gênero humano, na base da qual estava a Eva Mitocondrial, a grande avó de todos os humanos.

Isto não significa que ela foi a única mulher existente em sua época, mas que foi a única que produziu uma

linhagem direta de descendentes por linha feminina que persiste até a presente data. Descobertas recentes

revelaram que o DNA mitocondrial pode estar a sofrer mutações muito rápido. Sabemos de Eva por causa das

mitocôndrias (um orgânulo celular) que só passam da mãe à prole.

O fundamento da linhagem da Eva mitocondrial, é que ao revisar a árvore genealógica de todos os seres humanos

que vivem na atualidade (através da genética), segue-se uma linha de cada individuo a sua mãe, e se estas linhas

são contínuas desde cada uma dessas mães a suas respectivas mães, se estará retrocedendo no tempo e todas as

linhas convergirão em um ponto em que todas as filhas compartilham a mesma mãe. Neste seguimento, quanto

mais se retroceda no tempo, menos linhagens restarão até que fique só uma; a qual corresponderia à Eva

mitocondrial.

Quanto menor é uma população, mais rapidamente converge o ADN mitocondrial; as migrações de pequenos

grupos de pessoas derivam (Deriva genética) logo de umas poucas gerações até um ADN mitocondrial comum. Isto

serve como sustentação à teoria da origem comum. Esta teoria defende que os seres humanos modernos (Homo

sapiens) se originaram na África entre 100 e 200 mil anos antes do presente. (Vide questionário abaixo).

 

http://www.geolorenz.com.br/Arqueologia.pdf

Share this post


Link to post
Share on other sites
NA SIBÉRIA VIVE PESSOAS EM CASAS DE MADEIRA SEM AQUECIMENTO "MODERNO" A MÓDICOS -50/-70°C

 

ATÉ O MARFILE DESLIZA....

 

Nuas? corto os meus dois braços (by Juka Kfouri)

 

Coloque uma pessoa em uma piscina a 20ºC (pode alimentá-la à vontade)

 

MORRE.

Share this post


Link to post
Share on other sites
NA SIBÉRIA VIVE PESSOAS EM CASAS DE MADEIRA SEM AQUECIMENTO "MODERNO" A MÓDICOS -50/-70°C

 

ATÉ O MARFILE DESLIZA....

 

Calma lá Coutinho, há de se considerar que as roupas que esse povo ai da sibéria usam faria a gente ficar com problemas na coluna aqui...fora o suadouro, tipo 1 kg por dia...obviamente o texto exposto pelo Mafili dá a entender que se trata de uma pessoa sem nenhum tipo de barreira contra o frio...tipo peladona mesmo :laugh: :laugh: :laugh:

 

Também tem a questão do costume...você mesmo mora em um lugar frio...agora pega voce sem roupa, lareira, casa, etc e te transporta pra Oymyakon, com -50 na rua...vai ter um choque térmico pra nunca mais esquecer...se é que sobrevive mais que alguns minutos!

 

Sou testemunha de uma situação: vi um Sueco aqui em SP de regata com 8 graus e na rua...e pior achando que tava agradável...o ser humano se adapta, mas se estiver numa situação extrema de forma direta, não há como resistir mesmo.

 

A infelicidade do autor estava no fato de generalizar tudo pela questão da média do planeta e pela irrealidade de achar que só o fogo foi o responsável pela evolução "térmica" da sociedade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Peguem os índios que moravam na região do estreito de Magalhães...com certeza um local cuja temperatura média é menor que 15 graus...como eles sobreviviam sem roupa? O "Seo" Magalhães os viu nus e sobreviviam mesmo assim.

Certa vez, assisti a um documentário sobre os povos do sul da Patagônia, línguas que hoje são faladas por apenas 3 ou 4 pessoas, etc.

 

Eu vi quase incrédulo mas o programa mostrava testemunhos até de cientistas e estudiosos que passaram por lá: o pessoal usava pouca ou nenhuma roupa mesmo.

Eram povos extremamente primitivos , com pouquíssima evolução tecnológica.

Bem diferentes dos araucanos do Chile, que eram um povo guerreiro e que fabricava suas vestimentas.

 

Segundo testemunhos da época, aqueles povos do sul da Patagônia pareciam ser praticamente imunes ao frio.

Mas, detalhe interessante: aqueles que acabavam indo para a civilização, passando a usar roupas, etc, em poucos anos se tornavam tão sensíveis ao frio como as demais pessoas da cidade.

 

Tudo isso foi mostrado no tal documentário, inclusive a vida atual dos remanescentes/descendentes daqueles povos, hoje praticamente todos vivendo nas pequenas cidades.

Share this post


Link to post
Share on other sites

"...Também tem a questão do costume...você mesmo mora em um lugar frio...agora pega voce sem roupa, lareira, casa, etc e te transporta pra Oymyakon, com -50 na rua...vai ter um choque térmico pra nunca mais esquecer...se é que sobrevive mais que alguns minutos!

 

Sou testemunha de uma situação: vi um Sueco aqui em SP de regata com 8 graus e na rua...e pior achando que tava agradável...o ser humano se adapta, mas se estiver numa situação extrema de forma direta, não há como resistir mesmo..."

 

 

Acho que esse "costume térmico" muda rapidamente, principalmente entre as estações. Ano passado estava na Suécia, no começo do verão, e vi várias pessoas usando blusas, calças, etc... Estava frio para a época e até nevou rapidamente no norte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Certa vez, assisti a um documentário sobre os povos do sul da Patagônia, línguas que hoje são faladas por apenas 3 ou 4 pessoas, etc.

 

Eu vi quase incrédulo mas o programa mostrava testemunhos até de cientistas e estudiosos que passaram por lá: o pessoal usava pouca ou nenhuma roupa mesmo.

Eram povos extremamente primitivos , com pouquíssima evolução tecnológica.

Bem diferentes dos araucanos do Chile, que eram um povo guerreiro e que fabricava suas vestimentas.

 

Segundo testemunhos da época, aqueles povos do sul da Patagônia pareciam ser praticamente imunes ao frio.

Mas, detalhe interessante: aqueles que acabavam indo para a civilização, passando a usar roupas, etc, em poucos anos se tornavam tão sensíveis ao frio como as demais pessoas da cidade.

 

Tudo isso foi mostrado no tal documentário, inclusive a vida atual dos remanescentes/descendentes daqueles povos, hoje praticamente todos vivendo nas pequenas cidades.

 

Aldo,

Sem dúvida é possível uma resistência extra ao frio [a resistência ao frio exceto pela queimadura à pele é basicamente uma questão de metabolismo, talvez algo como Vini come e come e come e não engorda]

 

Em uma população isolada é provável que tal mutação ou algo seja estimulado.

 

atualmente tenho mais resistência ao frio que antigamente....infelizmente sair do calor e ir para o frio é quase fatal.

 

Mesmo neste caso foi necessário um longo tempo desde a saída da África até a Patagônia para que tal efeito se manifestasse.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

CREIO QUE A FAIXA "IDEAL" DE TEMPERATURA QUE A POP NO GERAL SE SENTIRIA DENTRO DO LIMITE TOLERÁVEL; 5 A 35, FORA DISTO COMEÇA A TER RECLAMAÇÕES DE UM LADO E OUTRO.

 

AQUI EM S.JOAQUIM ENTRE 10/20 É A ZONA DE CONFORTO, PASSOU DOS 25 O CALOR COMEÇA A SER COMENTADO, BAIXOU DE 5 O FRIO IDEM. E ASSIM VAI DE LOCAL A LOCAL.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1918 FORTÍSSIMA ONDA DE FRIO, -18 NÃO OFICIAL E CONGELAMENTO DE PARTE DO PELOTAS

o congelamento foi no começo do rio(Bom Jardim) ou mais pra "frente"(Bom Jesus/São Joaquim)?

Share this post


Link to post
Share on other sites
CREIO QUE A FAIXA "IDEAL" DE TEMPERATURA QUE A POP NO GERAL SE SENTIRIA DENTRO DO LIMITE TOLERÁVEL; 5 A 35, FORA DISTO COMEÇA A TER RECLAMAÇÕES DE UM LADO E OUTRO.

 

AQUI EM S.JOAQUIM ENTRE 10/20 É A ZONA DE CONFORTO, PASSOU DOS 25 O CALOR COMEÇA A SER COMENTADO, BAIXOU DE 5 O FRIO IDEM. E ASSIM VAI DE LOCAL A LOCAL.

 

Aqui abaixo dos 10ºC de modo geral o frio é comentado pois a maioria já sente na pele. Por sinal o frio foi muito pouco comentado em 2014, o grande responsável na minha opinião foi a quase ausência de frio diurno. Aquele frio que faz a pessoa querer ficar na cama o dia todo. Isso que tivemos alguns dias de tempo limpo que as 19hs já estava gelado com 11/12ºC, mas acontece que o aquecimento no meio da tarde com o Sol reconforta os ambientes e as pessoas.

 

Já o calor é meio relativo, se tiver por exemplo uns 33ºC sensação beirando ou passando aos 40ºC já tem bastante gente reclamando (sou dessa turma), mas dentro da normalidade. Agora a ponto de ser muito comentado e virar notícia e tals tem que ser 38ºC+ (embora tenha gente que precise 60ºC pra sentir calor, fico p*** com isso hahahaah).

 

Desde que começou o verão climático ainda não tivemos uma onda de calor ou aquele calorão que abalasse as estruturas, ainda bem :rofl:

 

Por incrível que parece o maior destaque até agora sobre calor foi em outubro durante alguns dias da Oktober Fest, não que as temperaturas foram excepcionais, mas sim porque estava realmente um calorão para época.

 

Abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre essa questão do Aquecimento Global e os seus debates acho que a humanidade está discutindo feito criança pequena.

 

Todas esssa questões que estão no foco deveriam estar em segundo plano.

 

Os interesses financeiros sobre estes desbates estão escancarados na cara dura que é algo mais político e econômico do que o mais importante que seria o respeito a vida, quanto a humana, animal e a natureza em si.

 

Todos nós aqui contribuimos pra essa merda toda, produzimos lixo em excesso, poluimos nossas águas com elementos químicos como cloro, detergente e outros produtos de limpeza, e até mesmo hormonal (do anticoncepcional, não existe tratamento público para isso).

 

Tudo isso em escala doméstica, fora os metais pesados em águas profundas do mar, muitas cápsulas de ômega-3 hoje em dia já vem com excesso de ferro e chumbo, o cara pensa em fazer alguma coisa boa pra saúde e acaba se intoxicando de metal pesado.

 

Vamos ser sinceros, a grande parte da humanidade está pouco se f****** pro Planeta e o Aquecimento Global.

 

Tudo vai bem enquanto o bolso estiver cheio da grana e o quintal estiver verde.

 

O homem só está abrindo os olhos agora porque a água está batendo na bunda, e não porque está preocupado com planeta...

 

Se coliformes fecais e monóxido de carbono não fizessem mal a saúde humana estaríamos tomando banho de mar com cocô boiando em meio a nuvens de poluição. Mas de repente do nada o ser humano começou a se importar com Ice Bergs e Ursos Polares.

 

Se o aquecimento é natural ou antropogênico não sei, só sei que a mídia tenta enfiar guela abaixo que tudo que acontece de extremo é por causa disso, prostituiram o tema até não poder mais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.