Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 06/16/19 in all areas

  1. 48 points
    Vamos lá. Temos batendo a porta um evento de frio potencialmente histórico. Primeiro vamos a uma descrição dia a dia. Pretendo fazer um paralelo da última rodada do ECMWF e da 12Z do GFS. 04/07/2019 É quando a alta começa a subir pela Argentina. Neste dia, o tempo fica bem instável no Paraná e sul do Mato Grosso do Sul, com possibilidade de temporais e altos acumulados pela madrugada e manhã; durante a tarde, o risco passa a ser do centro do MS e SP, especialmente sul do estado. À noite, a alta já se encontra no centro da Argentina com 1032hPa (ECMWF), e o ar gelado começa a invadir o sul do RS. 05/07/2019 Durante a madrugada do dia 5, o ar polar arranca com força para o Sul do país, e com presença de precipitação e temperaturas entre -3 e -6°C em 850hPa, pode nevar em pontos da Campanha Gaúcha. Pela manhã, a massa polar avança mais e outras regiões do Rio Grande do Sul podem ter neve, desde a Campanha, passando pelo centro até a Serra Gaúcha; esta última pode ter precipitação invernal intensa nas encostas voltadas para sul e sudoeste. Em São Paulo, chove forte com possibilidade de ventos fortes e granizo. À tarde, a precipitação pode se tornar mais ampla e volumosa enquanto a alta continua a avançar pelo interior do continente. O amplo e forte cavado em 500hPa é a forçante para que boa parte desta precipitação ocorra, e o efeito orográfico permanece. Com os dados das simulações de hoje, a neve pode acumular em pontos como Gramado e São Francisco de Paula, além das áreas mais altas na Serra. A possibilidade de acumulação existe também para pontos mais altos no centro do RS e Planalto Médio. À noite, o ar polar já será sentido no Mato Grosso do Sul e sudoeste de São Paulo, com a linha de 0°C em 850hPa atingindo estas regiões. A janela de neve permanece por todo o dia no RS e Serra Catarinense, a partir do meio dia no Planalto Norte de SC; no sul do PR há chances a partir do fim da tarde. Entre o fim da tarde e noite há possibilidade de nevar até mesmo nas áreas mais baixas do leste do RS, incluindo a região metropolitana de Porto Alegre. A tarde do dia 5 deve ser especialmente gelada, provavelmente com temperatura abaixo de 0 antes das 3 da tarde nos pontos acima de 1300m na Serra Geral. Todo o Rio Grande do Sul, todo, sem exceção, deve ter temperaturas abaixo dos 10°C durante todo o dia. 06/07/2019 Durante a madrugada do dia 6, a temperatura sofre forte queda no Mato Grosso do Sul e em São Paulo, além do Triângulo Mineiro e sul de MG, e sul de GO. Em São Paulo, muitas estações terão a mínima absoluta deste evento neste dia, e que podem ser menores que as registradas no segundo pulso de julho de 2000 (15 a 18/07). Este prognóstico é perigoso d ser feito, mas há risco de geada negra no norte do Paraná e sudoeste de São Paulo devido ao vento que acompanha o avanço do ar polar. São Paulo capital pode ter mínima na casa dos 1-3°C na maior parte da cidade. Curitiba pode ir aos -2/-3°C. O desenho sinótico é de uma erupção polar clássica: alta centrada entre o Paraguai e o Mato Grosso do Sul, com bordas atingindo sem dificuldades o sul de GO e MT, Triângulo Mineiro e São Paulo, com uma baixa em superfície no Atlântico não tão distante da costa e um forte e amplo cavado em 500hPa orientado praticamente de forma meridional (norte-sul), com um cavado polar intenso em altos níveis, com o Jato Polar atingindo o sul de SP (o que é muito raro). Sobre a possibilidade de geada: é grande em toda a área cinza do mapa, em especial norte do Paraná, sul e leste do MS, sudoeste e centro de SP. Esta área em cinza é uma região com pouquíssimo conteúdo de vapor d'água na atmosfera, o que faz com que quase a totalidade do calor perdido para o espaço ao anoitecer não seja retido por moléculas de água e reemitidas, permitindo que a queda de temperatura seja consistente e intensa. É prudente que os órgãos competentes façam desde já alertas para que os produtores destas áreas se preparem. Sobre a neve: ela continua durante a madrugada, e cito a possibilidade de neve nos pontos mais altos da Serra do Mar na divisa entre o PR e SP. Essa é a extensão máxima da linha de 0°C em 850 apontada por ora: Durante a tarde, as temperaturas sobem, mas não muito. O céu permanece encoberto desde o norte do RS até o sul do PR, e leste de SP. As máximas devem ficar em torno de 12-16°C em grande parte do interior de SP, mesmo na presença de sol; na RMSP espera-se máxima na casa dos 11-13°C. A tarde deve ser fria também no Rio de Janeiro, todo o sul de MG e Triângulo. No Sul, temperaturas muito baixas mesmo onde houver sol; no norte do PR, máximas em torno de 12-14°C, e na Serra Geral entre 2 e 5°C. O sol mal baixa e a temperatura já deve atingir valores muito baixos, e a noite pode ser a mais fria desde 2000 no Sudeste, GO, MS e norte do Paraná. Com a temperatura abaixo de 0°C em 700hPa, durante a passagem do cavado, há alguma chance de precipitação invernal nos pontos mais altos da Serra da Mantiqueira entre a manhã e o começo da tarde. O modelo GFS aponta cenário similar, só que com menos precipitação. 07/07/2019 Deve ser a noite mais fria na maioria das regiões citadas. Áreas como Goiânia, Brasília e Belo Horizonte, além da Zona da Mata mineira, devem ter o fim do jejum forçado de frio, com mínimas não vistas há vários anos. Goiânia e Brasília estão no limite da confusão dos modelos, pois ainda é incerto, apesar da tendência. Interior de São Paulo, Mato Grosso do Sul, grande parte de Minas Gerais, Paraná e centro-sul de Goiás devem estar preparados para a geada, que pode ser muito forte/severa em vários locais; temperaturas abaixo de 0 nas baixadas destes locais são esperadas. Na Serra Geral, Planalto Norte de SC e sul do PR podem ter picos de -7/-9°C em vários locais. Temperaturas baixíssimas também podem ocorrer nas baixadas da Campanha Gaúcha. No litoral e leste de SP e RJ, as mínimas podem ser atrapalhadas pela nebulosidade. Durante a tarde a temperatura sobe mais, mas permanece abaixo dos 20°C no Paraná, centro, sul e oeste de SP, e sul de MG. Com a maritimização progressiva da alta, as mínimas permanecem muito baixas apenas nas baixadas no dia 8. Sobre comparações com eventos do passado, a onda de frio do ECMWF está cada vez mais próximo do pulso ocorrido em 16-18/07/2000 no desenho sinótico. O cenário está praticamente consolidado e passará apenas por ajustes nas próximas rodadas. Sobre as saídas do modelo CMC: ele é bom parâmetro para baixadas. Não leve tão a sério os valores para áreas tão amplas.
  2. 35 points
    A geada de hoje foi bem impressionante, e existe a possibilidade de amanhã ser mais forte ainda. Mínima de -3,1 na minha estação de encosta. Algumas fotos que tirei no local da estação, e outras que tirei na Linha Wickert, um vale perto da cidade. Açude congelado, mata toda congelada. Iporã do Oeste/SC Vai aí um mega flood das fotos que tirei hoje: Adicionalmente, agora são 11:10 da manhã e faz 4,6°C com o céu totalmente limpo. WhatsApp Video 2019-07-06 at 09.49.22.mp4 MVI_1734 (online-video-cutter.com).mp4 MVI_1622 (online-video-cutter.com).mp4 WhatsApp Video 2019-07-06 at 09.49.22 (3).mp4
  3. 33 points
    MÍNIMAS DE HOJE (06/07/2019) Qualquer erro, favor comunicar. São muitas estações, é fácil fácil errar algo ali no meio. E certamente esqueci de algumas rsrs. -5,9°C Morro da Igreja-SC -5,8°C Morro das Torres-SC (Epagri) -5,8°C Soledade-RS (Bairro Farroupilha/PWS) -5,8°C Soledade-RS (Sítio Toniolo/PWS) -5,0°C Quaraí-RS -4,9°C Pinheiro Machado-RS (Passo da Olaria/PWS) -4,8°C Entre Rios-PR (Simepar) -4,7°C Caçador-SC (Apicultura/Epagri) -4,6°C General Carneiro-PR -4,6°C Guarapuava-PR (Grupo Majowski/PWS) -4,4°C Guarapuava-PR (Simepar) -4,4°C Inácio Martins-PR -4,2°C Água Doce-SC (Epagri) -4,2°C Clevelândia-PR -4,1°C São Joaquim-SC (Cruzeiro/Epagri) -4,0°C Cascavel-PR (Simepar) -4,0°C Lebon Régis-SC (Epagri) -4,0°C Ponta Grossa-PR (PWS) -4,0°C Santa Rosa-RS -3,9°C Cruz Alta-RS -3,9°C Marari-SC (Epagri) -3,8°C Monte Castelo-SC (Epagri) -3,7°C Imbituva-PR (PWS) -3,7°C Vila Nova do Sul-SC (Laranjeira/PWS) -3,6°C Laranjeiras do Sul-PR -3,6°C Porto Amazonas-PR (BASF) -3,6°C Rio das Antas-SC (Paraíso das Aves/Epagri) -3,5°C Maravilha-SC (Epagri) -3,5°C São Joaquim-SC -3,4°C Fraiburgo-SC (Faz. Liberata/Epagri) -3,4°C São Joaquim-SC (Cruzeiro/PWS) -3,3°C Água Doce-SC (Villaggio Grando/PWS) -3,3°C Curitibanos-SC -3,2°C Alegrete-RS -3,2°C Matos Costa-SC (Epagri) -3,2°C Pato Branco-PR (Simepar) -3,2°C Santana do Livramento-RS (RCC FM/PWS) -3,2°C Serafina Correa-RS -3,1°C Campos Novos-SC -3,1°C Iporã do Oeste-SC (PWS) -3,1°C São José dos Ausentes-RS -3,1°C São Mateus do Sul-PR -3,0°C Arroio Trinta-SC (Epagri) -3,0°C Dom Pedrito-RS -3,0°C Palotina-PR (Simepar) -3,0°C Urupema-SC (Epagri) -2,9°C Erechim-RS -2,9°C Soledade-RS -2,8°C Ventania-PR -2,7°C Joinville-SC (Pesque Trutas N. S. Aparecida/PWS) -2,6°C Herval-RS (Guarda Nova/PWS) -2,6°C Mafra-SC (Epagri) -2,4°C Marechal Cândido Rondon-PR -2,3°C Abelardo Luz-SC (Epagri) -2,3°C Rio Negrinho-SC -2,3°C Santo Augusto-RS -2,2°C Castro-PR -2,1°C Joinville-SC (Serra Dona Francisca/PWS) -2,1°C Tupanciretã-RS -2,1°C Vacaria-RS -2,1°C Barra do Chapéu-SP (Ciiagro) -1,9°C Santiago-RS -1,8°C Dionísio Cerqueira-SC -1,8°C Frederico Westphalen-RS -1,8°C Itapirapuã Paulista-SP (Ciiagro) -1,8°C Lagoa Vermelha-RS -1,8°C Passo Fundo-RS -1,8°C Piraju-SP -1,7°C Uruguaiana-RS -1,7°C Xanxerê-SC -1,6°C Colombo-PR -1,5°C Dois Vizinhos-PR -1,4°C Cambará do Sul-PR -1,4°C Chapecó-SC -1,4°C São Gabriel-RS -1,3°C Apiaí-SP (Ciiagro) -1,3°C São Borja-RS -1,2°C Coronel Sapucaia-MS/Capitan Bado-PY (PWS) -1,2°C Manduri-SP (Ciiagro) -1,2°C Planalto-PR -1,1°C Ibirubá-RS -1,1°C Joinville-SC (Serra Smith/PWS) -1,1°C Palmeira das Missões-RS -1,0°C Nova Tebas-PR -0,9°C Barra do Turvo-SP -0,9°C Itapiranga-SC (Wolfgang/PWS) -0,9°C Santana do Livramento-RS -0,8°C Itapetininga-SP (Ciiagro) -0,8°C Mondaí-SC (Linha Catres/PWS) -0,8°C Paranapanema-SP (Ciiagro) -0,6°C Morro Reuter-RS (PWS) -0,6°C São Francisco de Paula-RS (Água da Rainha/PWS) -0,4°C Nova Fátima-PR -0,3°C Canela-RS -0,3°C Santa Maria-RS -0,2°C Delfim Moreira-MG (Charco/PWS) -0,2°C Encruzilhada do Sul-RS -0,2°C Gramado-RS (PWS) -0,2°C Joinville-SC (Rio de Júlio/PWS) -0,2°C Lages-SC -0,2°C São Vicente do Sul-RS -0,2°C Teutônia-RS (Linha Catarina/PWS) -0,2°C Teutônia-RS (Linha Welp/PWS) -0,1°C Amambaí-MS -0,1°C Canguçu-RS -0,1°C Rancho Queimado-SC -0,1°C São Miguel do Oeste-SC -0,1°C Sarutaiá-SP (Ciiagro) 0,0°C Bento Gonçalves-RS 0,0°C Japira-PR 0,0°C Taquarituba-SP (Ciiagro) 0,1°C Caçapava do Sul-PR 0,1°C Guaíra-PR (Simepar) 0,1°C Joaquim Távora-PR 0,1°C Palmital-SP (Ciiagro) 0,1°C Rio do Campo-SC 0,2°C Cianorte-PR (Simepar) 0,3°C São Luiz Gonzaga-RS 0,4°C Apucarana-PR (Simepar) 0,5°C São Miguel Arcanjo-SP 0,6°C Sete Quedas-MS 0,8°C Jaguarão-RS 0,8°C Teutônia-RS 0,9°C Tarumã-SP (Ciiagro) 1,0°C Itaóca-SP (Ciiagro) 1,0°C Rio Brilhante-MS 1,2°C Ituporanga-SC 1,2°C Maringá-PR (Simepar) 1,2°C Pedrinhas Paulista-SP (Ciiagro) 1,3°C Dourados-MS 1,3°C Itapeva-SP 1,3°C Rancharia-SP 1,3°C Riversul-SP (Ciiagro) 1,3°C Tejupá-SP (Ciiagro) 1,5°C Cidade Gaúcha-PR 1,5°C Paranavaí-PR (Simepar) 1,5°C Umuarama-PR (Simepar) 1,6°C Londrina-PR (Simepar) 1,6°C Ponta Porã-MS 1,7°C Altônia-PR (Simepar) 1,7°C Juti-MS 1,7°C Tatuí-SP (Ciiagro) 1,8°C Iepê-SP (Ciiagro) 1,8°C Loanda-PR (Simepar) 1,9°C Rio Pardo-RS 2,0°C Presidente Prudente-SP (Ciiagro) 2,1°C Diamante do Norte-PR 2,1°C São Lourenço da Serra-SP (Ciiagro) 2,3°C Avaré-SP 2,3°C Chuí-RS 2,3°C Sidrolândia-MS 2,3°C Urussanga-SC 2,6°C Adamantina-SP (Ciiagro) 2,6°C Assis-SP (Ciiagro) 2,6°C Maracaju-MS 2,6°C Marília-SP 2,6°C Paranapoema-PR 2,6°C Pariquera-Açu-SP (Ciiagro) 2,6°C Rio Grande-RS 2,7°C Bauru-SP 2,7°C Iporanga-SP (Ciiagro) 2,7°C Joinville-SC (Estrada Saí/PWS) 2,9°C Campos do Jordão-SP 2,9°C Mirante do Paranapanema-SP (Ciiagro) 3,0°C Botucatu-SP (Ciiagro) 3,0°C Ourinhos-SP 3,3°C Cordeirópolis-SP (Ciiagro) 3,3°C São Leopoldo-RS (Cristo Rei/PWS) 3,4°C Bela Vista-MS 3,5°C Chapadão do Sul-MS 3,5°C Presidente Prudente-SP 3,5°C Torrinha-SP (Ciiagro) 3,6°C Valparaíso-SP 3,7°C Eldorado-SP (Ciiagro) 3,7°C Torres-RS 3,8°C Ivinhema-MS 3,9°C Bataguassu-MS 3,9°C Itirapina-SP (Ciiagro) 3,9°C Piratininga-SP (Ciiagro) 4,0°C Jacupiranga-SP (Ciiagro) 4,1°C Jardim-MS 4,2°C Monte Verde-MG 4,3°C Corumbataí-SP (Ciiagro) 4,3°C Mombuca-SP (Ciiagro) 4,4°C Registro-SP 4,4°C Rio das Pedras-SP (Ciiagro) 4,5°C Analândia-SP (Ciiagro) 4,5°C Anhembi-SP (Ciiagro) 4,5°C Cajati-SP (Ciiagro) 4,5°C Dracena-SP 4,5°C Piracicaba-SP (Ciiagro) 4,6°C Brasilândia-MS 4,6°C Elias Fausto-SP (Ciiagro) 4,6°C Rio Claro-SP (Ciiagro) 4,7°C Araras-SP (Ciiagro) 4,7°C Ariranha-SP 4,8°C Capivari-SP (Ciiagro) 4,8°C Sorocaba-SP 4,9°C General Salgado-SP (Ciiagro) 4,9°C Mirassol-SP (Ciiagro) 5,0°C Campo Bom-RS 5,0°C Colina-SP (Ciiagro) 5,0°C Pindorama-SP (Ciiagro) 5,1°C Costa Rica-MS 5,1°C Iguape-SP 5,2°C Água Clara-MS 5,2°C Itajaí-SC 5,2°C Joinville-SC (Jativoca/PWS) 5,3°C Dois Córregos-SP (Ciiagro) 5,3°C Tupã-SP 5,4°C Ibitinga-SP 5,4°C Itu-SP (Ciiagro) 5,4°C São Gabriel do Oeste-MS 5,5°C Jundiaí-SP (Ciiagro) 5,5°C Nova Odessa-SP (Ciiagro) 5,6°C Fernandópolis-SP (Ciiagro) 5,6°C Indaiatuba-SP (Ciiagro) 5,6°C José Bonifácio-SP 5,7°C Joinville-SC (Zona Sul/PWS) 5,8°C Jales-SP 5,8°C Paranaíba-MS 5,9°C Amparo-SP (Ciiagro) 6,0°C Americana-SP (Ciiagro) 6,0°C Limeira-SP (Ciiagro) 6,0°C Selvíria-MS 6,1°C Borborema-SP (Ciiagro) 6,1°C Cardoso-SP (Ciiagro) 6,1°C São Carlos-SP 6,2°C Alto Taquari-MT 6,3°C Paulínia-SP (Ciiagro) 6,3°C Três Lagoas-MS 6,5°C Maria da Fé-MG 6,8°C Bebedouro-SP 6,9°C Indaial-SC 6,9°C Pradópolis-SP 7,0°C Campinas-SP (Ciiagro) 7,1°C São Sebastião do Paraíso-MG 7,2°C Mineiros-GO 7,2°C Votuporanga-SP 7,3°C Campina Verde-MG 7,5°C Barretos-SP 7,6°C Batatais-SP (Ciiagro) 7,6°C Casa Branca-SP 7,6°C Miranda-MS 7,6°C Rio Verde-GO 7,7°C Ilha Comprida-SP (Ciiagro) 7,7°C São Simão-GO 7,9°C Alto Araguaia-MT 7,9°C Machado-MG 8,0°C Ituiutaba-MG 8,0°C Jataí-GO 8,1°C Passa Quatro-MG 8,1°C Varginha-MG 8,2°C Cassilândia-MS 8,3°C Passos-MG 8,8°C Conceição das Alagoas-MG 8,8°C São Simão-SP 9,3°C Itiquira-MT 11,2°C Campo Verde-MT 11,3°C Comodoro-MT 13,7°C Epitaciolândia-AC -2,2°C Curitiba-PR (Ahu/PWS) -2,2°C Curitiba-PR (Orleans/PWS) -1,1°C Curitiba-PR (Pilarzinho/PWS) -1,0°C Curitiba-PR (Parque Barigui/PWS) -0,4°C Curitiba-PR (Simepar) -0,3°C Curitiba-PR (Conv/Inmet) 2,3°C São Paulo-SP (Marsilac/CGE) 2,7°C Florianópolis-SC (Ratones/PWS) 3,1°C São Paulo-SP (Parelheiros/CGE) 3,6°C São Paulo-SP (Capela do Socorro/CGE) 3,7°C Porto Alegre-RS 4,8°C São Paulo-SP (IAG/USP) 5,3°C São Paulo-SP (SESC Interlagos) 5,4°C São Paulo-SP (Butantã/CGE) 5,6°C Florianópolis-SC 5,6°C São Paulo-SP (Campo Limpo/CGE) 6,1°C São Paulo-SP (Vila Mariana/CGE) 7,3°C São Paulo-SP (Sé/CGE) 7,4°C São Paulo-SP (Mirante de Santana) 14,1°C Goiânia-GO 14,6°C Rio Branco-AC
  4. 30 points
    Que semana meus senhores!!! Um trem de Ondas de Rossby, disparado pela ação de um bloqueio na Oceania, deve possibilitar a entrada de ar bastante frio pelo continente nos próximos dias. O trem de ondas se deslocando pelo Pacífico. Paralelamente, uma crista associada ao Jato polar, na costa da Antártica, irá impulsionar uma baixa polar das latitudes altas para o Atlântico sul estabelecendo um corredor de ar gelado sobre América do Sul. Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 quando o anticiclone começa a adentrar o continente: Nos baixos níveis Dia 1, em 850 hPa, a baixa transpondo a Terra do Fogo Dia 3 já sobre o Atlântico Sul O anticiclone é grande, é intenso e tem bastante suporte. Tudo indica que é daquelas situações que tanto o sul (lê-se campanha gaúcha) como o sudeste (lê-se o leste) congelam, ao contrário de quando tem mps menores e um sai no prejuízo. Antes da massa polar maior, tem esse pequeno anticiclone no RS que deve trazer temperaturas negativas em alguns pontos do sul gaúcho. Já é resultado do "corredor polar" aberto no continente. O cavado polar tem grande amplitude meridional possibilitando avançando de ar muito frio até as latitudes mais baixas do continente. Sobre neve, ainda é cedo pra falar, mas os modelos indicam o avanço de um cavado em 500 hPa na sexta-feira e em superfície uma frente secundária. Associada a ela poderia haver instabilidade dentro da atmosfera extremamente gelada em baixos e médios níveis sobre Uruguai, RS e SC, o que poderia favorecer a ocorrência de neve em algumas áreas, inclusive em pontos de menor altitude. A região das hortênsias seria o "pinico" da neve. Escoamento em 500 hPa - ECMWF O GFS chega a fechar um Vórtice Ciclônico o que poderia gerar ainda mais instabilidade: Mas como falei, ainda é cedo para falar em neve. Ainda vai haver vários ajustes até lá. O caminho segue aberto para outras incursões pós mp, especialmente no RS. Vamos seguir acompanhando e torcendo para que o cenário melhore e seja bom para todos!
  5. 28 points
  6. 26 points
    Atualizando sobre a neve: - Esta erupção apresenta valores extraordinários nos níveis das camadas. Posso considerar como histórica, para ser guardada e comparada futuramente, a rodada das 00Z. Pegando a coordenada de São Francisco de Paula é possível observar a potência do ar frio que se aproxima: FIELD TEMPERATURE TEMPERATURE TEMPERATURE TEMPERATURE TEMPERATURE TEMPERATURE ACCUM PRECIPIT LEVEL 850 MB 800 MB 750 MB 700 MB 650 MB 500 MB UNITS DEGC DEGC DEGC DEGC DEGC DEGC MM HR + 0. 1.5 2.4 2.9 1.0 -3.1 -13.5 0.00 + 3. 2.1 3.8 2.9 0.8 -2.2 -13.6 0.00 + 6. 1.7 3.8 2.4 -0.1 -3.6 -13.7 0.00 + 9. 2.9 3.7 1.9 -0.5 -4.0 -15.9 0.00 + 12. 1.9 2.8 1.1 -0.7 -3.7 -15.6 0.00 + 15. 0.7 0.6 1.0 -0.4 -4.8 -16.5 0.00 + 18. 1.7 -0.7 0.4 -1.2 -5.7 -17.4 0.00 + 21. 0.8 -0.6 0.1 -1.8 -6.2 -17.8 0.00 + 24. -0.1 -1.1 -0.8 -3.0 -7.6 -18.9 0.00 + 27. -0.9 -1.6 -2.6 -5.1 -8.9 -20.5 0.00 + 30. -2.2 -1.4 -3.4 -6.7 -10.3 -22.6 0.00 + 33. -3.5 -3.4 -5.1 -8.2 -11.3 -25.4 0.00 + 36. -5.0 -5.5 -8.0 -10.7 -13.1 -26.6 0.00 + 39. -4.3 -7.7 -9.8 -12.6 -15.5 -27.0 0.21 + 42. -3.6 -7.6 -9.5 -12.6 -16.5 -27.4 0.00 + 45. -4.5 -7.7 -8.5 -11.1 -13.5 -27.9 0.00 + 48. -4.7 -3.9 -5.2 -7.7 -11.7 -27.2 0.00 + 51. -3.2 -3.2 -4.3 -7.3 -11.6 -26.3 0.00 + 54. -1.9 -3.0 -3.8 -7.0 -11.2 -23.0 1.00 + 57. -1.4 -2.4 -3.8 -7.3 -11.1 -19.4 0.00 + 60. -0.6 -2.1 -4.0 -7.2 -9.8 -18.6 0.00 + 63. -0.4 -1.6 -4.0 -6.6 -7.8 -17.7 0.00 + 66. 0.5 -2.0 -3.6 -4.7 -6.1 -17.3 0.01 + 69. -0.2 -1.4 -3.0 -4.1 -6.0 -17.0 0.00 + 72. -0.2 -0.9 -2.0 -3.5 -4.7 -16.4 0.00 + 75. 0.7 0.3 -0.9 -2.1 -3.2 -15.2 0.01 - É um frio muito duradouro, o que o modelo Europeu já vinha apontando a frente do GFS, que agora parece prolongar a advecção da isoterma de 850mb. - Os valores de temperatura em todas as camadas são raríssimos, comuns aos grandes eventos de frio que ficam para história. - O valor que deve alcançar próximo a -28oC em 500mb (possivelmente -30oC no sul gaúcho) é extremamente raro, o que também é apresentado pela espessura da camada chegando a patamares abaixo dos 5200 em grande parte do RS por um breve momento. - Os valores de espessura estão projetados na passagem deste sistema são dignos de regiões de latitude muito elevadas e/ou polares. O que denota a carcaterística absolutamente POLAR do ar que irá adentrar ao Brasil. - Os valores indicados para a espessura da camada, associada alta vorticidade que acompanha a entrada deste ar polar, indica que haverá alta instabilidade nos níveis médios da atmosfera. Fatores que em tese sugerem a possibilidade de ocorrência de perturbações ainda maiores das que estão sendo projetadas em acompanhamento a chegada do grosso do frio. - Dito isso é preciso observar que a maioria dos modelos secou demais a atmosfera, mas tanto GFS quando outros, continuam indicando a entrada de umidade entre a noite de sexta e a madrugada de sábado, com precipitações esparsas ocorrendo sobre as Hortênsias e algumas cidades da Serra Geral. - Esses indicativos de frio e instabilidade dão sustentação há uma alta probabilidade da ocorrência de neve nessas regiões. Porém ainda com muita dificuldade de se apontar a perspectiva de intensidade. - Nesse contexto chama a atenção o modelo Mbar/Cosmo, que indica os maiores volumes de precipitação, convergindo para a potência indicada tanto para a espessura como pela intensidade do cavado que vai atravessar a serra geral. - Embora tanto Europeu quanto GFS não suportem ou projetem as instabilidade verificadas por outros indicadores, e secam demais a atmosfera, é importante ressaltar a formação de uma baixa secundária em superfície, que acompanha a passagem do cavado. - Pessoalmente eu vejo um desenho sinótico muito favorável, com índices de vorticidade em altura e espessura da camada que sugerem volumes maiores do que os dois principais modelos apontam para as regiões favoráveis a observação da neve. - Dadas as divergências quanto ao volume precipitado e infinidade de projeções, a neve deve ocorrer. Porém o nowcast, a intensidade e posição de formação da baixa secundária, devem ser os fatores determinantes para indicar a expressividade ou não deste evento que se aproxima. - Ainda devo destacar comentário do Alexandre Aguiar à pouco que dados os índices de espessura e potência do ar frio, associado a instabilidade MUITO mais atuante nas cidades costeiras, a exemplo do que ocorreu hoje ao sul da Pca. Buenos Aires, algumas cidades mesmo ao nível do mar na costa do RS podem experimentar situação limítrofe ou até mesmo com neve por breves momentos. Nesta lista eu incluiria aí os pontos mais altos de Porto Alegre, que não estão imunes a precipitações na forma sólida na passagem deste incrível sistema entre a noite e madrugada de sábado. - O mais impressionante é observar o frio projetado para as camadas sobre Porto Alegre no momento da passagem das instabilidade e verificar a NÍTIDA chance de neve para a cidade/arredores, quando comparando os dados da sondagem da última neve ocorrida com mais intensidade na capital gaúcha. 83971 SBPA Porto Alegre (Aero) Observations at 12Z 08 Jul 1994 ----------------------------------------------------------------------------- PRES HGHT TEMP DWPT RELH MIXR DRCT SKNT THTA THTE THTV hPa m C C % g/kg deg knot K K K ----------------------------------------------------------------------------- 1020.0 3 7.4 2.5 71 4.51 290 15 279.0 291.6 279.7 1000.0 165 4.6 1.9 83 4.41 280 21 277.8 290.0 278.5 983.6 300 3.3 1.4 88 4.33 280 25 277.8 289.8 278.5 953.0 557 0.8 0.5 98 4.18 276 29 277.7 289.4 278.4 948.0 600 0.6 -0.0 96 4.05 275 30 277.9 289.2 278.6 925.0 798 -0.5 -2.4 87 3.48 275 34 278.8 288.6 279.4 913.0 900 -1.1 -2.9 88 3.40 275 34 279.2 288.8 279.7 850.0 1461 -4.7 -5.7 93 2.95 285 38 281.2 289.7 281.7 783.3 2100 -8.7 -8.9 98 2.50 290 41 283.6 290.9 284.0 774.0 2194 -9.3 -9.4 99 2.43 290 42 283.9 291.1 284.3 753.6 2400 -10.0 -17.4 55 1.30 290 44 285.3 289.2 285.5 752.0 2417 -10.1 -18.1 52 1.23 290 44 285.4 289.2 285.6 700.0 2965 -14.9 -18.8 72 1.24 290 50 286.0 289.8 286.2 657.0 3441 -19.1 -19.3 98 1.27 292 58 286.4 290.4 286.7 618.0 3900 -15.5 -30.5 26 0.49 294 67 295.6 297.3 295.7 593.9 4200 -16.1 -31.1 26 0.48 295 72 298.3 300.0 298.4 572.0 4483 -16.7 -31.7 26 0.47 293 80 300.8 302.5 300.9 545.0 4849 -13.3 -28.3 27 0.69 290 89 309.1 311.5 309.2 500.0 5500 -17.5 -31.5 28 0.55 285 107 311.6 313.6 311.8 GFS 00Z 03/07/2019 - SBPA T 950, 925, 850, 800, 750, 700, 650, 500 + 33. 1.3 -0.3 -4.2 -6.0 -8.8 -11.7 -13.5 -25.9 0.00 + 36. 0.3 -0.8 -5.1 -7.5 -10.1 -13.2 -16.4 -27.6 0.00 + 39. 1.7 -0.4 -5.8 -8.1 -10.2 -13.8 -17.4 -28.3 0.00 + 42. 3.1 1.1 -5.3 -8.6 -9.4 -12.9 -16.9 -28.5 0.00 + 45. 3.3 1.1 -5.3 -7.7 -8.6 -10.7 -13.6 -28.1 0.00 + 48. 1.6 -0.3 -3.2 -4.9 -5.9 -8.6 -13.0 -26.9 0.00 + 51. 0.5 -0.4 -2.1 -4.0 -4.8 -8.5 -12.7 -26.9 0.00 + 54. 0.4 0.7 -0.9 -4.3 -5.3 -8.6 -12.6 -21.9 1.00 + 57. 0.9 2.6 -0.8 -4.1 -5.0 -8.6 -11.7 -19.3 0.00 + 60. 0.4 1.8 -0.7 -3.1 -5.0 -7.6 -9.1 -18.6 0.00 + 63. 1.1 2.0 -0.6 -2.5 -4.6 -6.1 -7.4 -17.8 0.00 - Observem que o GFS 00Z sugere 1mm de precipitação sobre Porto Alegre com a atmosfera completamente congelada, chegando a linha de 0oC próximo a superfície (500m). O que na minha opinião coloca as chances de Porto Alegre e/ou suas partes altas observarem alguma precipitação invernal como relativamente ALTAS. - De maneira geral teremos um dos eventos meteorológicos mais interessantes e curiosos de se observar na história recente do BAZ.
  7. 25 points
    Sobre o frio em São Paulo, neste momento o ar frio está entrando de fato no oeste e sul do estado. As 9:00 fazia 11,5°C em Diamante do Norte-PR (bem na tríplice divisa entre SP, PR e MS), 15,2°C em Ourinhos, 12,4°C em Avaré, 10,8°C em Itapeva e 9,6°C em Barra do Turvo. Na capital fazia 13,4°C no Mirante de Santana as 8:00. Aqui em Matão chove bastante desde ontem a noite; em Araraquara, estações do Cemaden já passam dos 40mm, superando a média de julho. Para hoje, a previsão é que predomine nebulosidade baixa principalmente sobre o sul e leste do estado durante a tarde, com temperatura baixa, mas até as 21:00 boa parte das nuvens já devem ter avançado rumo a MG com a chegada do ar seco e frio. Na RMSP e Vale do Paraíba, a nebulosidade persiste até amanhã de manhã, mas mesmo assim a temperatura cai bastante devido a forte advecção de ar frio. Pela manhã, espera-se frio muito intenso sobretudo na divisa com o Paraná, que deve amanhecer com temperaturas próximas ou abaixo de 0°C. A secura apontada pelo modelo ECMWF denota intensa queda tanto por perda radiativa quanto pelo próprio transporte horizontal de frio, então amplas áreas nas regiões de Presidente Prudente, Marília, Bauru, Assis, Ourinhos e Itapeva podem ter geada, até intensa em alguns pontos. À tarde, mesmo com sol forte, a temperatura não sobe muito e a máxima na maior parte do estado fica entre 14 e 16°C. No extremo norte, regiões de Franca e Barretos, ela fica entre 17 e 19°C, e mais ao sol, regiões de Avaré, Sorocaba, Itapeva e RMSP entre 12 e 14°C. Pontualmente, em regiões acima dos 1000m na faixa sul, a máxima fica entre 9 e 11°C. Antes mesmo das 21:00, muitas cidades podem ter temperaturas até 2/3°C abaixo do projetado, em alguns pontos até menos que isso. Não será de se estranhar que cidades nas regiões de Assis, Bauru, Campinas e Ribeirão Preto tenham 3~5°C as 9 da noite. Na capital, entre 6 e 8°C no meio da mancha urbana a essa hora não me surpreenderia. Com a superfície já resfriada, suporte de ar frio em níveis mais altos e ar muito seco, a perda radiativa será intensa. A manhã de domingo pode ser a mais fria em anos em grande parte do estado, com temperaturas abaixo de 0°C principalmente em áreas de baixada ou bem planas. As geadas deverão ser de moderada intensidade em amplas áreas, podendo ser forte em pontos de baixada. Esta previsão também vale para o leste do MS, sudoeste de GO, Triângulo e sul de MG, além de todo o PR. SC e RS nem preciso dizer, rs. Vocês acham que esquenta já no domingo? Pois estão redondamente enganados. Só mesmo no norte do estado que passa de 20°C. Nas outras regiões, as máximas continuam baixas, entre 16 e 18°C, e ao sul entre 13 e 16°C. Na segunda-feira ainda podem ocorrer geadas em pontos mais isolados e a temperatura começa a subir.
  8. 24 points
    A rodada das 06Z do GFS numérica é uma das rodadas mais poderosas já vistas para o perfil da atmosfera sobre São Joaquim desde que eu acompanho os modelos. Apesar do nível 850mb não ser algo inédito, o valor de -10,7oC em 750mb e quase -15oC em 700mb é surreal! Impressiona também o valor de quase -27oC em 500mb, sendo que na 00Z beliscou os -29oC!!!!!!!!!! Totalmente inédito!!! Na sequência: 850, 800, 750, 700, 650 e 500mb, além da precipitação. +144. 1.2 0.7 -2.3 -5.7 -6.9 -18.4 0.06 +147. -1.7 -1.6 -4.2 -5.9 -7.9 -19.4 0.06 +150. -2.6 -4.1 -6.0 -7.7 -10.2 -20.4 0.06 +153. -2.3 -6.1 -9.1 -10.6 -12.3 -22.3 0.06 +156. -2.3 -6.1 -9.8 -13.4 -17.3 -24.7 0.00 +159. -4.1 -7.8 -10.7 -14.5 -18.6 -26.8 0.06 +162. -4.8 -7.6 -8.8 -11.8 -16.1 -25.3 0.06 +165. -5.4 -7.7 -7.9 -10.2 -13.4 -25.2 0.06 +168. -5.9 -7.6 -6.4 -8.7 -12.7 -25.1 0.06 +171. -5.7 -5.9 -4.8 -6.9 -10.1 -25.2 0.00 +174. -4.4 -5.6 -3.9 -5.9 -9.5 -21.8 0.12 +177. -1.9 -4.4 -4.0 -4.7 -8.4 -18.4 0.06 +180. -0.1 -3.0 -4.5 -5.4 -9.0 -15.0 0.00 +183. 0.8 -2.2 -5.2 -4.6 -6.6 -13.2 0.00 +186. 0.7 -2.5 -1.8 -3.1 -3.1 -12.7 0.00 +189. 1.1 -0.9 -1.1 -1.1 -1.0 -12.0 0.00 A absurda temperatura variando entre -27oC e quase -30oC em 500mb leva a crer em cavado poderosíssimo, muita instabilidade como o mapa de vorticidade em 500mb indica.
  9. 23 points
    Bom dia à todos... Aki no leste paranaense a primeira manhã sob ar polar teve boas mínimas, mas os registros fotográficos deixaram a desejar. Muito vento durante toda a noite e madrugada, além da baixa URA inibiram a aparição da geada branca. Amanheceu tudo congelado, porém foi a tal da geada negra. Mínimas no meu ponto de medição -2,8°C. Curitiba teve diversos registros entre -1°C e -2°C. Lapa, sul da capital -2,6°C Somente em áreas bem abrigadas e próximas de rios e lagoas a geada foi visível. Na primeira foto, eu depois de pedalar bastante no começo da manhã, ainda sob frio de -1°C à sombra. Na segunda, geada nas plantas aquáticas dentro de uma lagoa e na terceira foto, o amanhecer ensolarado aki no município...
  10. 22 points
    As baixadas de Diamantina a partir de domingo irão mostrar toda sua força... Pena não ter uma estação em baixada por lá, só no topo ..
  11. 21 points
    TÓPICO PARA MONITORAMENTO NO BRASIL/AMÉRICA DO SUL - JULHO 2019. JULHO COMEÇA E COMEÇA BEM COM PROMESSA DE BOMBA SEVERA E DEMOCRÁTICA..... VAMOS CAPRICHAR NO MONITORAMENTO.....
  12. 21 points
    Na noite de ontem, eu, @Fernando Rafael , @Gabriel Cassol e @Diulio Patrick instalamos uma estação meteorológica no Passo da Olaria, em Pinheiro Machado. Pelo fato da serra dos Veledas vir registrando temperaturas menores, em quase todo tempo, ser bem mais ventosa e totalmente padrão OMM desativamos a estação do Parque Charrua e levamos para esse novo Passo. Para quem não se lembra, o Charrua era rodeado por eucaliptos centenários que prejudicavam todas as medições. A nova localidade fica a 300 m de altitude, em um vale na serra das Asperezas, cercado por cerros que ultrapassam 400 m de altitude, alguns chegando a 470/480 m. É uma verdadeira panela e muito possivelmente a baixada mais raiz da metade sul gaúcha. Fez impressionantes -5,7ºC na madrugada de hoje, em uma mP que não foi nada de extraordinária na região!!! Pena que o vento apertou muito, com rajadas de 40/50 km/h de N/NE na madrugada e desestabilizou tanto o escoamento de ar frio como a perda radiativa. Uma pena, já que poderia ter caído mais até o amanhecer e rendido registros magníficos da geada/congelamentos, todavia estamos muito felizes pelo achado. Abaixo perfil de elevação do local Norte - sul Sudeste - noroeste Leste - Oeste Sudoeste - noroeste Algumas fotos Cerros a sul/sudoeste Levemente aberta para sul, mas ainda tem algumas elevações que ajuda segurar um pouco Norte/nordeste Oeste Sudeste, a estação esta ali naquela caída na esquerda da foto Norte - noroeste As fotos acima foram tiradas da casa, que está mais ou menos 5 m de altitude acima de onde ta a estação. Fotos agora de está a estação caída pra estação Sentido norte Leste/ sudeste Sul Foto com a proprietária da chácara, dona Nanci Bom, é isso aí gurizada. Vamos acompanhando esse novo local!!
  13. 21 points
    Rodadas dessa tarde consolidam possibilidade de frio intenso, com ampla concordância entre os modelos para uma forte (ou fortíssima) erupção polar entre os dias 5 e 7. Ainda não há uma posição exata quanto à data. Muitos queriam que o EURO confirmasse a possibilidade do forte resfriamento, pois bem, aqui está a concordância que todos queriam:
  14. 21 points
    MODELO EUROPEU EM SAÍDA DESTA MADRUGADA PARA O COMEÇO DE JULHO. HORA DE TIRAR A "ALICE" QUE HABITA NOS BAZIANOS DO ARMÁRIO.....
  15. 20 points
    Vivi pra ver o Europeu dando neve pra Porto Alegre. É menos de um centímetro, é verdade. Mas é neve no bruto do Euro pra Porto Alegre. Pelo modelo poderia nevar na noite de sexta. Dá 5° no bruto pra POA e boa chuva, o que na prática pode ser 4°, talvez menos. O suporte é fortíssimo. Difícil não se empolgar. O pinico da neve seria São Chico pelo Euro, nevando sexta desde a manhã, durando o dia inteiro. Só pararia sábado ao amanhecer. O modelo dá neve generalizada no Rio Grande do Sul na noite de sexta: E pra coroar, mínimas incríveis no domingo (lembrando que é o EURO BRUTO): Essa MP vai ser uma benção depois de um mês tão sofrível. Torcendo pra que mantenha!
  16. 20 points
  17. 20 points
  18. 19 points
    -4,4ºC em Guarapuava. A menor temperatura desde 2013. Geada digna de julho. Fiz algumas fotos da minha horta e próximas a ferrovia a uns 500 mts da minha residência no bairro Cascavel.
  19. 19 points
    Eu nao disse que ela iria aparecer ! ! ! ! . . . .
  20. 19 points
    Com o meu amigo Renan Tristão, esse cara nota 10 e totalmente do bem, aqui em Juiz de Fora. Maravilhosamente bem recebido por ele e sua esposa. Segue foto que tiramos a pouco na estação meteorológica do Renan, que fica no seu sítio, bairro Bandeirantes. No domingo cedo estamos esperando recorde de temperatura mínima nessa estação. Abraços a todos!
  21. 19 points
    Ótima análise! Corroborando com tudo o que fora apontado, sigo destacando que: - O cenário para a neve foi incrementado na 06Z do GFS. - Todos os modelos apontam alguma chance do fenômeno, sendo o CMC no momento o com o episódio mais relevante. - De maneira geral não aparenta ser um episódio significativo. - O que vai mandar nesta oportunidade será a passagem do vórtice ciclônico da baixa, que deve raspar principalmente na região entre as Hortênsias e Ausentes. - Esses vórtices costumam a trazer nebulosidade também pelo levantamento do ar frio quando encontram as maiores altitudes da serra geral. São Joaquim tende a ter uma sexta inteiramente nublada ou a partir da tarde em diante. - Chama a atenção as temperaturas em 500mb que voltaram a projeções próximas a -26oC/-28oC, o que é muito raro. - Associando as temperaturas projetadas em 500mb a alta vorticidade neste mesmo nível da atmosfera, é possível sugerir que a instabilidade atmosférica verificada pelo nowcast seja maior do que uma mera cobertura de nuvens sem precipitação que algumas projeções sugerem. - Como de costume, a neve brasileira será decidida aos 48 minutos do segundo tempo e com o auxílio do VAR.
  22. 19 points
    Os modelos continuam apontando uma intensa onda de frio, mas se distanciou daquele cenário histórico apontado até 2 dias atrás. Parece que esperaram eu escrever aquele post gigante que deu o maior trabalho só pra me sacanear 😡 A considerar apenas o ECMWF, as chances de neve ainda existem mas diminuíram bastante pois o perfil se tornou mais seco. Então, desta forma, a principal característica dessa onda de frio seria as mínimas muito baixas ao invés da neve. Hoje teríamos que esperar alguma umidade advectada pelo cavado que vai passar ao largo do litoral gaúcho e catarinense: A janela se abre na manhã de sexta (05) e vai até o começo da madrugada de sábado (06), somente para o leste do RS (Serra do Sudeste e áreas acima dos 250m) e Serra Geral, ainda com foco nas encostas voltadas para sul e sudoeste. O tempo já deve estabilizar na madrugada de sábado na maior parte do Sul, exceto áreas mais altas desde o norte do RS até o sul do PR. As mínimas ficam muito baixas já no sábado, mas domingo deve ser o clímax, principalmente nas baixadas. Atenção para geadas de forte intensidade no norte do PR e sul do MS. Para o Sudeste a situação se deteriorou mais, só que continua sendo uma onda de frio forte, maior do que qualquer uma desde 2016 (o que não é muito difícil, uma vez que em 2018 e 2017 tivemos no máximo ondas de frio moderadas que causaram alguma estabilidade - não estou considerando a de 18/07/2017, pois o céu não limpou). Ainda há risco de geadas fortes no sul e sudoeste do estado de SP, e sul de MG. No centro, norte e noroeste de SP, além do Triângulo Mineiro, as geadas podem ser amplas mas de fraca a moderada intensidade, e forte em algumas baixadas. Mantida a atenção às áreas produtoras.
  23. 19 points
  24. 19 points
    Tanto GFS, quanto Euro, sugerem manchas de temperatura <0ºC em 850hpa nos arredores da RMSP para o próximo fim de semana. Um frio de advecção muito forte, superando Junho-16: Outro detalhe, é que esses modelos continuam divergindo quanto ao dia da chegada do ar polar. O ECMWF está um pouco mais de 24h atrasado em relação ao GFS.
  25. 19 points
    Mínima de 5,9° hoje. Algumas fotos do amanhecer. Iporã do Oeste/SC.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.