Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
JOÃO MARCOS

Tornados no Brasil - Discussões sobre classificações

Recommended Posts

17 minutos atrás, Matheus b Santos disse:

Outro tornado que ocorreu no ano de 2015 foi o tornado em Panorama/SP.

Seja bem-vindo!

Esse por sorte não pegou a cidade no pico de intensidade.

Outra imagem do tornado de Panorama, SP.

 

Panorama-sp2.jpg

 

Teve um tornado ainda em Cafelândia, PR

 

 

Ainda tem registro em Naviraí, MS e na Chapada dos Guimarães.

2015 teve muitos tornados.

 

chapadadosguimaroesmt.png

 

Edited by Felipe F
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Felipe F disse:

Seja bem-vindo!

Esse por sorte não pegou a cidade no pico de intensidade.

Outra imagem do tornado de Panorama, SP.

 

Panorama-sp2.jpg

 

Teve um tornado ainda em Cafelândia, PR

 

 

Ainda tem registro em Naviraí, MS e na Chapada dos Guimarães.

2015 teve muitos tornados.

 

 

 

Obrigado!

 

De fato. A célula ao atravessar o rio perdeu bastante a intensidade. 

 

2015 com o super El Niño facilitou bastante o desenvolvimento de tempestades severas no Centro-Sul..

 

 

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo estudos de Bruno Bertoni, aconteceram 3 tornados na região de Guaraciaba em 2009.

Todos os tornados foram classificados por ele como F3, porém ele não apresenta nenhuma imagem para confirmação dos seus dados.

O mesmo autor classifica Indaiatuba, SP como F4, também sem imagens para confirmação.

 

Guaraciaba:

se.thumb.JPG.bdd4dd75f1a68a17264e62b7daaed617.JPG

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Felipe F disse:

Achei vários eventos isolados de tornados em SP, SC, PR, DF e RS, maioria bem fracos (F0 a F1).

Alguns eventos tem até estudo, como caso Abdon Batista, SC em 1998, porém não tem fotos e classificação.

 

Região de Campinas concentra um bom número de registros de tornados, o mais recente foi em 2016 (classificado em F2):

LINK: https://www.researchgate.net/publication/320854353_Evidencias_de_um_tornado_em_Campinas_em_junho_de_2016_consideracoes_preliminares

 

Danos associados à passagem do tornado em Campinas: (A) árvore... |  Download Scientific Diagram

 

Essa célula iniciou no oeste do estado de SP lembro do dia, foi no início de junho de 2016. Inclusive foi uma gigantesca Super Célula em Tupã/SP.

 

Tem vários vídeos no Youtube da passagem dessa Super Célula por Campinas, inclusive me chama atenção os raios, que lembra até mesmo Super Células de grande magnitude nos EUA. 

 

tupã sc.jpg

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

2015 teve ainda um tornado em Chapecó e Treze Tílias.

O vídeo do tornado em Chapecó eu não lembro de ter visto ainda.

 

tornado%20chapeco-%20vdc.jpg

 

 

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, CloudCb disse:

Alguém tem conhecimento de tornados documentados no Nordeste? 

Antigos achei algumas coisas de Ilhéus e Porto Seguro (tromba d'água).

Interior do Nordeste tem alguns registros de tornados fracos (F0) e landspout.

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não existe praticamente nenhuma imagem, porém um tornado matou 6 pessoas em Almirante Tamandaré, PR em maio de 1992.

Nas reportagens falam em F3.

 

sindicato.jpg

 

10-0.jpg

  • Like 5
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro "possível tornado" ocorrido no MS foi na rodovia BR - 262 entre Três Lagoas/MS e Água Clara/MS em 17 de maio de 2017, as condições meteorológicas eram favoráveis no dia. A imagem de radar chega a pegar um hook echo várias vezes antes de atingir a estrada. Os ferros retorcidos e algumas árvores "depenadas" indicam a probabilidade de um tornado ter cruzado a rodovia, pelos danos entre um EF1-EF2.

 

 

 

1.JPG.045f526230fe146d880bee96ae33ce16.JPG

 

 

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg

radar.png

Edited by Matheus b Santos
  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Matheus b Santos disse:

Landspout, dá para perceber nas imagens que não há nenhum mesociclone associado ao evento. Mesmo assim, um baita landspout.

 

Será que existe a possibilidade de algum landspout ocorrer aqui em Juiz de Fora ? Nunca vi nada parecido com tornado por aqui, nem mesmo nuvem funil. O maior evento registrado aqui foi em Janeiro de 2014, durante o qual ocorreu um provável microburst na zona norte da cidade.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Renan disse:

 

Será que existe a possibilidade de algum landspout ocorrer aqui em Juiz de Fora ? Nunca vi nada parecido com tornado por aqui, nem mesmo nuvem funil. O maior evento registrado aqui foi em Janeiro de 2014, durante o qual ocorreu um provável microburst na zona norte da cidade.

Qualquer lugar do BR é possível a formação de Landspout, porém observo que eles tem se formado mais em relevos menos acidentados, ou seja, locais mais planos, mas nada impede se haver dinâmica favorável no local para a formação. 

  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que muita gente não sabe é que a frequência de tornados no Brasil é muito maior do que pensávamos, mas tipo, muito alta mesmo. Estava lendo agora pouco um trabalho que falava sobre os rastros desses eventos nas imagens de satélite na região de La Plata, principalmente no Paraguai, oeste de SC e na região de Foz do Iguaçu. Segundo a pesquisa, no mapa foram identificados 23 rastros de tornados de imagens do inverno de 1964 até o inverno de 1965 apenas na região próxima de Foz do Iguaçu, e nele está incluindo tornados que não foram noticiados pela mídia, incluindo um que devastou aldeias, um tornado largo e gigante que quase atingiu diretamente o município de Foz do Iguaçu e um tornado violento perto de Maringá, no Paraná. Junto isso, é possível concluir que o nosso corredor é bem mais largo, ativo e extenso do que imaginamos.

Screenshot_20201231-170859~2.png

Edited by Mr. Victor
  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A região de Mato Grosso do Sul foi a que mais me impressionou em 2020 pelo fato de ter ocorrido muitos tornados apenas na região de Dourados, tudo só esse ano.

 

Eu tive conversas com um caçador de tempestades brasileiro e ele me contou que só esse ano houve mais de 5 eventos apenas na região de Caarapó, incluindo um possível tornado bem largo na área rural de Maracajú e um tornado violento que atingiu a região sul de Fátima do Sul na madrugada do dia 14 de abril. Suspeito no mínimo um F2 para esse evento, pois objetos foram encontrados a muitos quilômetros do local original.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Mr. Victor disse:

O que muita gente não sabe é que a frequência de tornados no Brasil é muito maior do que pensávamos, mas tipo, muito alta mesmo. Estava lendo agora pouco um trabalho que falava sobre os rastros desses eventos nas imagens de satélite na região de La Plata, principalmente no Paraguai, oeste de SC e na região de Foz do Iguaçu. Segundo a pesquisa, no mapa foram identificados 23 rastros de tornados de imagens do inverno de 1964 até o inverno de 1965 apenas na região próxima de Foz do Iguaçu, e nele está incluindo tornados que não foram noticiados pela mídia, incluindo um que devastou aldeias, um tornado largo e gigante que quase atingiu diretamente o município de Foz do Iguaçu e um tornado violento perto de Maringá, no Paraná. Junto isso, é possível concluir que o nosso corredor é bem mais largo, ativo e extenso do que imaginamos.

Screenshot_20201231-170859~2.png

Até onde sei , a América do Sul tem o segundo maior corredor de tornados do mundo . A região pegando SP, MS e todo o Sul do país , mais Paraguai , Uruguai e  a parte norte da Argentina .

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutos atrás, Mr. Victor disse:

A região de Mato Grosso do Sul foi a que mais me impressionou em 2020 pelo fato de ter ocorrido muitos tornados apenas na região de Dourados, tudo só esse ano.

 

Eu tive conversas com um caçador de tempestades brasileiro e ele me contou que só esse ano houve mais de 5 eventos apenas na região de Caarapó, incluindo um possível tornado bem largo na área rural de Maracajú e um tornado violento que atingiu a região sul de Fátima do Sul na madrugada do dia 14 de abril. Suspeito no mínimo um F2 para esse evento, pois objetos foram encontrados a muitos quilômetros do local original.


Nesse dia 13/04 um forte ciclone formava-se, enquanto uma MP adentrava no centro-sul brasileiro e parte do Sul de MS e oeste e sul de SP, um sistema de trovoadas formou-se sobre o Paraguai e gerou supercelulas principalmente no sul de MS, eu acompanhava as imagens de radar no dia, e vi diversas rotações nessa região que você disse. Quanto ao caçador, acredito que seja o Maycon Zanata, ele faz um belo trabalho ali na região de Dourados, interceptou várias SC já. 


Uma das Super Células desse dia:

 


Quanto aos estudos, muito bacana, já tinha visto uma vez algo parecido. Realmente são diversos tornados anualmente, em um dos estudos que vi, haviam tornados de longa trilha no PR, SC e RS. 

Edited by Matheus b Santos
  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 14/12/2020 em 20:57, Matheus b Santos disse:

Qualquer lugar do BR é possível a formação de Landspout, porém observo que eles tem se formado mais em relevos menos acidentados, ou seja, locais mais planos, mas nada impede se haver dinâmica favorável no local para a formação. 

Eu acredito que o tornado mais forte fora do corredor de tornados sul-americano ocorreu em Cidade Ocidental (GO) em março de 2010. O INMET, porco como de sempre, classificou o evento como F0. Mas um F0 não tem a capacidade de arrastar carros e nem mesmo jogá-los a uma distância de mais de 50 metros do local original. Eu suspeito no mínimo um low-end F1. Tenho imagens do evento.

Screenshot_20201231-175904.png

Screenshot_20201231-175900.png

Screenshot_20201231-175941.png

Screenshot_20201231-175955.png

Screenshot_20201231-175925.png

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Matheus b Santos disse:


Nesse dia 13/04 um forte ciclone formava-se, enquanto uma MP adentrava no centro-sul brasileiro e parte do Sul de MS e oeste e sul de SP, um sistema de trovoadas formou-se sobre o Paraguai e gerou supercelulas principalmente no sul de MS, eu acompanhava as imagens de radar no dia, e vi diversas rotações nessa região que você disse. Quanto ao caçador, acredito que seja o Maycon Zanata, ele faz um belo trabalho ali na região de Dourados, interceptou várias SC já. 


Uma das Super Células desse dia:

 


Quanto aos estudos, muito bacana, já tinha visto uma vez algo parecido. Realmente são diversos tornados anualmente, em um dos estudos que vi, haviam tornados de longa trilha no PR, SC e RS. 

Lembro desse dia. Fiquei acordado toda a noite apenas para monitorar o evento.

Achei esse outbreak muito extraordinário no país, ainda mais no MS  É o meio-oeste Americano, só que na América do Sul 😄

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 12/12/2020 em 23:15, CloudCb disse:

Alguém tem conhecimento de tornados documentados no Nordeste? 

Sim, há vários registros. A maior frequência se concentra no norte do Ceará e do Maranhão. Tem até um trabalho em PDF sobre tornados no Ceará.

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, Mr. Victor disse:

Tem até um trabalho em PDF sobre tornados no Ceará.

 

Você tem ele aí contigo?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nenhum outbreak de tempo severo se compara com o que aconteceu em 7-8 de setembro de 2009. Nesse dia mais de 50 municípios em todo o Sul do Brasil decretaram situação de emergência por causa de rajadas de vento de mais de 150 km/h. Guaraciaba foi atingida por um tornado F4, o mesmo que ocorreu em San Pedro em Misiones. Houve também tornados em Santa Cecília e Salto Veloso, e houve vários relatos de tornados em vários municípios de RS, SC e PR, incluindo Victor Graeff, Aceguá, Primeiro de Maio, Pedras Alta e Candiota.

 

Em Aceguá, uma caixa d'água foi parar a mais de 5 quilômetros do local original. Em Candiota, houve registro de 63 mortes. 

 

O que mais me impressiona é a escassez de dados desse outbreak. As imagens a seguir é de Pedras Altas.

Screenshot_20201231-204507.png

Screenshot_20201231-204549.png

Screenshot_20201231-204400.png

  • Like 3
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Outro "provável tornado" ocorrido no estado de SP foi o tornado de São Roque na data de  06/06/2016, juro que esse eu não lembrava e pelos estragos (objetos jogados até 200m de distância) e pelos relatos deve ter sido um tornado "forte" EF2+, um belo outbreak no estado de SP nesse dia. 

 

A rede Record chegou a fazer uma reportagem:

 

https://recordtv.r7.com/jornal-da-record/videos/morador-registra-tempestade-responsavel-por-destruicao-e-morte-em-sao-roque-sp-06102018

 

 

Sao roque 1.jpg

sao roque 2.jpg

sao roque 3.jpg

sao roque 4.jpg

sao roque 5.jpg

 

Na mesma data, Campinas(já postado), Jarinu, Itupeva, Jundiaí e Vargem Grande Paulista, registraram eventos tornádicos.

Edited by Matheus b Santos
  • Like 4
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Além do famoso tornado F5 de San Justo, houve também um possível F5 em Villa Ciudad Del America, em Córdoba, na Argentina. Não há dados do evento e com certeza ele não é muito conhecido. Em um relatório abaixo, é presumido que o tornado era bem pequeno, lento e durou mais de 50 minutos.

Screenshot_20210104-131251.png

Edited by Mr. Victor
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 10/12/2020 em 11:16, Felipe S Monteiro disse:

Em uma notícia do tornado de Palmas:IMG_20201210_111227.thumb.jpg.f0f80dcc173a49c837ba6c1ef6571e30.jpg

 

 

Na comunidade Água Azul em Lapa-PR também houve a passagem de um tornado, a 50km de Canoinhas.1671334785_furaco.jpg.6a5c4310ddab2ffb9a46b827eb47aebf.jpg1600936056_furaco1.jpg.59d8e2d948ea52803bd853be59e838c2.jpg

Eu não acho que foi o mesmo tornado, é quase impossível durar isso tudo de tempo. Eu estimo que o tornado de Palmas tenha sido no mínimo um F4.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 04/01/2021 em 13:33, Mr. Victor disse:

Eu não acho que foi o mesmo tornado, é quase impossível durar isso tudo de tempo. Eu estimo que o tornado de Palmas tenha sido no mínimo um F4.

O tornado em si não deve ter sido tão grande, a notícia eu postei para mostrar qual foi o caminho percorrido pelo sistema que desenvolveu ele (linha de instabilidade, derecho, etc), assim dando para saber também o que mais aconteceu na noite do evento.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Existem evidências de que o tornado de Guaraciaba não foi o mesmo tornado que atingiu San Pedro. De acordo com um estudante de tempo severo dos EUA, a mesma supercélula que se direcionou até Guaraciaba acabou produzindo outra supercélula durante seu trajeto, e por isso outro tornado F4 se formou. Além desse evento, houve outro tornado em região desabitada no Paraná no mesmo dia que ocorreu o tornado em Guaraciaba.

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Informação um pouco mais avançada dos tornados no nosso país. O que mais me impressiona são os relatos de testemunhas nos comentarios do blog de tornados não registrados no RS.

 

Link

Edited by Mr. Victor
  • Like 1
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Relatos de tempo severo de Setembro-Outubro-Novembro dos anos 2018, 2019 e 2020.

  • Like 1
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tornado na área rural de Primavera do Leste - MT no dia 09/01/2019.

 

Créditos: Lucas Moura Storm Chaser - Conexão GeoClima

81364671_253575675969349_8900365730252934295_n.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Existe uma tabela com mais registros do que o de Daniel Henrique Cândido. E a respeito do tornado em Curitiba que a Tavares mencionou, talvez esse F1/F2 da tabela pode ser o tal evento.

Screenshot_20210214-155320.png

Screenshot_20210214-155256.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Além disso, o que mais me impressiona é que o tornado de Indaiatuba em 2005 não foi o primeiro a ocorrer no município. Em 1991 teve outro de categoria F3, mas não consegui achar nenhuma informação a respeito.

Edited by Mr. Victor
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.