Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Mudanças Climáticas - Discussões Gerais


Carlos Dias
 Share

Recommended Posts

Em 1 de setembro de 2021 em 16:16, jrmartinisp disse:

Tu lembra do vídeo que postou por aqui acho que em dezembro do ano passado (climatempo). Pois bem, entre fevereiro e maio de 2020, em parte do nordeste brasileiro tivemos chuvas acima da média. O que diziam as "climatologistas" no vídeo ? 

Link to comment
Share on other sites

Em 3 de julho de 2021 em 19:18, Luide Luckmann disse:

"Efeitos da mudança climática"

Tem coisa mais ridícula que afirmar que uma onda de calor é um "efeito" de algo que nem sequer há comprovação que existe, neste caso a tal mudança climática? 

Pro pessoal que é mais entendido no assunto do que eu, o que acham dessa declaração?

 

20210703_191318.jpg

E tem gente no Ceará reclamando de 36 ! kkkk

Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Peregrine said:

Grande amigo ! Deixa esse consenso de lado e diz como estão as previsões do Farmers para o inverno 2021/22 por aí. Esse ano seguindo as previsões do Almanaque, me dei muito bem, acertei em cheio a hora de plantar, tive uma colheita excelente ! Abs do Nordeste, brasileiro, claro.

 

Aquecimento global antropogênico é um fato.

 

Imagina uma repartição pública que consegue concluir 1000 processos por ano. Se você entregar pra eles 1500 processos, em 50 anos haverão 25000 processos acumulados.

 

O planeta terra é um sistema finito com uma natureza finita que consegue processar 1000 gases de efeito estufa por ano. Se a soma dos gases de efeito estufa emitidos for 1500, em 50 anos vai acumular 25000 gases na atmosfera (Se você considerar que a natureza está sendo preservada e mantida constante ao longo de 50 anos).

 

Não é muito complicado.

  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

45 minutos atrás, Samihr Hermes disse:

 

Aquecimento global antropogênico é um fato.

 

Imagina uma repartição pública que consegue concluir 1000 processos por ano. Se você entregar pra eles 1500 processos, em 50 anos haverão 25000 processos acumulados.

 

O planeta terra é um sistema finito com uma natureza finita que consegue processar 1000 gases de efeito estufa por ano. Se a soma dos gases de efeito estufa emitidos for 1500, em 50 anos vai acumular 25000 gases na atmosfera (Se você considerar que a natureza está sendo preservada e mantida constante ao longo de 50 anos).

 

Não é muito complicado.

Muito bom seu exemplo, se aplica bem ao Direito no Brasil. Agora, quando o assunto é Clima, não vejo argumentação científica alguma. Você compartilha um artigo em que o autor inicia dizendo "pior seca dos últimos 91 anos". Isso me faz entender que há 91 anos atrás tivemos uma seca pior. Não só isso, sou categórico em afirmar que na década de 60 atravessamos período similar ao que estamos atravessando agora. Sim, vamos enfrentar uma crise de energia elétrica, nossa principal matriz energética é paleativa (hidrelétrica). Porém, fazer o quê ?

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Em 03/07/2021 em 19:18, Luide Luckmann disse:

"Efeitos da mudança climática"

Tem coisa mais ridícula que afirmar que uma onda de calor é um "efeito" de algo que nem sequer há comprovação que existe, neste caso a tal mudança climática? 

Pro pessoal que é mais entendido no assunto do que eu, o que acham dessa declaração?

 

20210703_191318.jpg

 

 

 

 

gezuz se com 23 esses dias eu já tava arfando, imagina com 46.

Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Peregrine disse:

Consenso não diz respeito a Ciência e sim a Teologia. "Deus existe e estamos conversados". Agora, se o planeta está esfriando ou aquecendo, se é natural ou pela ação humana, precisamos conversar (Teses, Antíteses...). Nunca houve nem deve haver "consenso em se tratando de Ciência, principalmente na Ciência do Clima.

 

Os 3% que negam a mudança climática podem ser cientistas comprados pelas corporações interessadas em seguir queimando combustíveis fósseis, às quais definitivamente não falta dinheiro (podem, ok? Não estou afirmando nada.). Portanto não tem necessidade, muito menos sentido, esperar que o simbólicos 100% de concordância sejam atingidos.

  • Like 7
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

9 hours ago, Peregrine said:

Muito bom seu exemplo, se aplica bem ao Direito no Brasil. Agora, quando o assunto é Clima, não vejo argumentação científica alguma. Você compartilha um artigo em que o autor inicia dizendo "pior seca dos últimos 91 anos". Isso me faz entender que há 91 anos atrás tivemos uma seca pior. Não só isso, sou categórico em afirmar que na década de 60 atravessamos período similar ao que estamos atravessando agora. Sim, vamos enfrentar uma crise de energia elétrica, nossa principal matriz energética é paleativa (hidrelétrica). Porém, fazer o quê ?

 

O exemplo do direito foi um exemplo alegórico. Eu poderia usar a mesma alegoria com uma rodovia que suporta passar 1000 carros por hora. Se passarem 1500 carros por hora, teremos um engarrafamento de 25000 carros em 50 horas. Se seu corpo consegue metabolisar 1000 gorduras por hora e você consumir 1500 gorduras por hora, você vai acumular 25000 gorduras em 50 horas...

 

O que eu compartilhei não é um artigo científico, é uma notícia. Eu sei que vc é inteligente e sabe a diferença entre ambos. Mas só pra deixar claro: notícias na internet não são artigos científicos.

 

Há diversos artigos na área. Basta procurar na Nature, por exemplo. Mas a gente não precisa ir pra esses trabalhos mais complicados. Basta olhar os posts de colegas que mantém tabelas com diligência, como o @Felipe Backendorf. Nas páginas anteriores há alguns artigos compartilhados.

 

Enfim, a dúvida atualmente é o quanto esse aquecimento está influenciando mudanças climáticas. Talvez seja muito significativo, talvez seja pouco significativo, talvez seja insignificante... não há conclusão. Talvez a gente entre num período de muito frio e não interesse pro planeta se a gente aumentou 1 C a média da temperatura.

 

Aqui tem muitos artigos, o arxiv é um repositório que muitos cientistas colocam seus artigos mesmo antes de serem publicados, independentemente de revisão por pares.

 

https://arxiv.org/search/?query=anthropogenic+global+warming&searchtype=all&source=header

 

https://arxiv.org/search/?query=climate+change&searchtype=all&source=header

 

Pra você não achar que eu fico sendo seletivo, aqui está um que afirma que não há aquecimento global antropogênico.

 

https://arxiv.org/abs/1907.00165

Edited by Samihr Hermes
  • Like 3
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

uma curiosidade que me surgiu há algumas semanas, mas sempre esqueço de perguntar aqui: há algum estudo sobre a influência de vulcões oceânicos sobre a temperatura das águas? por exemplo, se alguém tentou investigar se pode existir alguma correlação entre atividade vulcânica marinha e períodos de el niño y la chica?

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

13 minutes ago, Eclipse said:

uma curiosidade que me surgiu há algumas semanas, mas sempre esqueço de perguntar aqui: há algum estudo sobre a influência de vulcões oceânicos sobre a temperatura das águas? por exemplo, se alguém tentou investigar se pode existir alguma correlação entre atividade vulcânica marinha e períodos de el niño y la chica?

 

https://en.wikipedia.org/wiki/Volcanic_impacts_on_the_oceans olha que interessante. Tem uma aba específica sobre sea surface temperature.

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

2 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

 

Os 3% que negam a mudança climática podem ser cientistas comprados pelas corporações interessadas em seguir queimando combustíveis fósseis, às quais definitivamente não falta dinheiro (podem, ok? Não estou afirmando nada.). Portanto não tem necessidade, muito menos sentido, esperar que o simbólicos 100% de concordância sejam atingidos.

Não cabe numa análise científica quantificar quantos são a favor ou contra uma determinada teoria. Basta uma Tese fundada em princípio científico para desarticular toda concordância. Eu poderia estar alegando que os 97% da grande maioria defendem os interesses dos grandes capitalistas que apropriam-se dos meios de produção, comunicação entre outros, para barrar o desenvolvimento dos países subdesenvolvidos. Todavia, isso não é Ciência do Clima.

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Samihr Hermes disse:

 

O exemplo do direito foi um exemplo alegórico. Eu poderia usar a mesma alegoria com uma rodovia que suporta passar 1000 carros por hora. Se passarem 1500 carros por hora, teremos um engarrafamento de 25000 carros em 50 horas. Se seu corpo consegue metabolisar 1000 gorduras por hora e você consumir 1500 gorduras por hora, você vai acumular 25000 gorduras em 50 horas...

 

O que eu compartilhei não é um artigo científico, é uma notícia. Eu sei que vc é inteligente e sabe a diferença entre ambos. Mas só pra deixar claro: notícias na internet não são artigos científicos.

 

Há diversos artigos na área. Basta procurar na Nature, por exemplo. Mas a gente não precisa ir pra esses trabalhos mais complicados. Basta olhar os posts de colegas que mantém tabelas com diligência, como o @Felipe Backendorf. Nas páginas anteriores há alguns artigos compartilhados.

 

Enfim, a dúvida atualmente é o quanto esse aquecimento está influenciando mudanças climáticas. Talvez seja muito significativo, talvez seja pouco significativo, talvez seja pouco significante, talvez seja insignificante... não há conclusão. Talvez a gente entre num período de muito frio e não interesse pro planeta se a gente aumentou 1 C a média da temperatura.

 

Aqui tem muitos artigos, o arxiv é um repositório que muitos cientistas colocam seus artigos mesmo antes de serem publicados, independentemente de revisão por pares.

 

https://arxiv.org/search/?query=anthropogenic+global+warming&searchtype=all&source=header

 

https://arxiv.org/search/?query=climate+change&searchtype=all&source=header

 

Pra você não achar que eu fico sendo seletivo, aqui está um que afirma que não há aquecimento global antropogênico.

 

https://arxiv.org/abs/1907.00165

Você tem me mandado bons artigos. Um deles trata exatamente de buscar relações entre as Ondas de Rossby e os eventos de El Nino/La Nina. Outra vez você citou o teorema de M Pemba (confesso que não conhecia) o que me faz refletir o quão nocivo é o consenso em Ciências. Vou ver atento esses artigos que você está enviando, e pode ter certeza, farei minha análise, se não científicas, certamente Epistemológicas. Valeu !

Link to comment
Share on other sites

se 97 % dos estudos dizem que aquece, é sinal que a ciência vem convergindo (e muito) a demonstrar que existe o aquecimento.

os 3 %, uma vez publicados em periódicos com credibilidade na área, são sempre bem-vindos, pois fomentam a continuidade desses estudos. Porém cabe lembrar que há a possibilidade de já estarem obsoletos (por isso a baixa porcentagem). 

o que quero dizer com isso é que a ciência é uma constante evolução e renovação de ideias, conforme os estudos progridem. Não duvido nada que esses três por cento virem 2, e depois 1, tendendo a cada vez menos na porcentagem global de trabalhos, conforme os estudos prosseguem convergindo, ao longo do tempo, a provar que existe o aquecimento.

 

 

 

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Peregrine disse:

Não cabe numa análise científica quantificar quantos são a favor ou contra uma determinada teoria. Basta uma Tese fundada em princípio científico para desarticular toda concordância. Eu poderia estar alegando que os 97% da grande maioria defendem os interesses dos grandes capitalistas que apropriam-se dos meios de produção, comunicação entre outros, para barrar o desenvolvimento dos países subdesenvolvidos. Todavia, isso não é Ciência do Clima.

cabe sim, é interessante observar (com cuidado) a tendência na ciência pra ver em que direção caminhamos. E o que se vê é que a ciência das mudanças climáticas causadas pelo homem ganha cada vez mais solidez enquanto que o negacionismo climático se prolifera exclusivamente no campo ideológico.

  • Like 1
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

18 minutos atrás, Felipe Backendorf disse:

cabe sim, é interessante observar (com cuidado) a tendência na ciência pra ver em que direção caminhamos. E o que se vê é que a ciência das mudanças climáticas causadas pelo homem ganha cada vez mais solidez enquanto que o negacionismo climático se prolifera exclusivamente no campo ideológico.

Não digo nem nunca afirmei, em análise filosófica, que não há mudança climática, muito pelo contrário. Existem mudanças, isso é evidente, isso a ciência me diz. Entre 1915 e 1945 atravessamos uma fase quente. Existem registros de temperaturas máximas, nos EUA por exemplo, que ainda hoje não foram batidas. Entre 1945 até meados dos anos 70 experimentamos um período frio. Posso te garantir que esses 30 anos "frios" não foram muito bons, em termos agrícolas, nas regiões subtropicais. Em 1975 era "consenso" na ciência que estaríamos caminhando para uma nova pequena idade do gelo (o consenso não vigorou). o contrário do que o "consenso" afirmava, a partir de 1976 o planeta novamente começa a aquecer. Final dos anos 90 o Pacífico começa a dar sinais de resfriamento. Já em 2003 a circulação atmosférica passa para sua fase de escoamento meridional (aumento da amplitude das Ondas de Rossby) e esse padrão, se 3% da Ciência do Clima estiver correto, deve permanecer até ~ 2030.. 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Aí vêm os "negacionistas" radicais falar que a partir de 2030 estaremos entrando novamente numa pequena idade do gelo. Me poupem ! A leitura é fundamental para o conhecimento. Quando me deixo levar pelo imediatismo áudiovisual imposto pela grande mídia, me entrego ao condicionamento. Valeu trocar idéias com você ! Agora vou me deleitar com os artigos enviados pelo amigo Samihr.

Link to comment
Share on other sites

8 horas atrás, Peregrine disse:

É o Ártico vai continuar aquecendo, pelo menos até 2025. O ártico aquece, o planeta resfria (Ondas de Rossby). Já andou dando umas pesquisadas ?

Amigo as ondas de Rossby são presentes na meteorologia isso é fato ninguém precisa ficar falando 24h por dia nelas, existem 300mil artigos que dizem que o próprio GW está mudando a forma de propagação das mesmas. Aliás, trazendo ondas polares muito intensas. Isso é um dos efeitos do GW. Dizer toda hora das ondas de Rossby chega ser um pleonasmo. 
 

Agora me diz uma coisa. Me mande o artigo de onde tirou isso? Que o planeta está resfriando? 

  • Like 2
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

14 horas atrás, Peregrine disse:

Não digo nem nunca afirmei, em análise filosófica, que não há mudança climática, muito pelo contrário. Existem mudanças, isso é evidente, isso a ciência me diz. Entre 1915 e 1945 atravessamos uma fase quente. Existem registros de temperaturas máximas, nos EUA por exemplo, que ainda hoje não foram batidas. Entre 1945 até meados dos anos 70 experimentamos um período frio. Posso te garantir que esses 30 anos "frios" não foram muito bons, em termos agrícolas, nas regiões subtropicais. Em 1975 era "consenso" na ciência que estaríamos caminhando para uma nova pequena idade do gelo (o consenso não vigorou). o contrário do que o "consenso" afirmava, a partir de 1976 o planeta novamente começa a aquecer. Final dos anos 90 o Pacífico começa a dar sinais de resfriamento. Já em 2003 a circulação atmosférica passa para sua fase de escoamento meridional (aumento da amplitude das Ondas de Rossby) e esse padrão, se 3% da Ciência do Clima estiver correto, deve permanecer até ~ 2030.. 

 

Acho que tem algum engano, já se fala em efeito estufa por CO2 desde o século 19, nesse link tem um histórico da ciência da mudança climática:

 

https://history.aip.org/climate/summary.htm

 

Em 1859 foi descoberta a relação entre a concentração dos gases estufa (CO2 e de vapor de água) e a absorção de radiação térmica.

Em 1896 já se propunha um aquecimento do planeta devido às emissões de CO2 humanas. 

Na década de 1930 na Inglaterra já se falava que o aquecimento observado até então poderia ter relação com emissões de CO2, só que na época viam como benéfico.

Nas décadas de 1950 em diante os estudos foram ampliados (com interesses militares da guerra fria), os modelos e os dados observados já começaram a dar robustez ao aquecimento global antropogênico. A partir daqui temos inclusive o início das medições do CO2 atmosférico no Havaí pela NOAA:

image.png.acf765d73a8b2d03c73330598cf7437e.png

 

Portanto não vejo como haveria "consenso" sobre nova idade do gelo em 1975 se já havia muita pesquisa sobre aquecimento global na época.

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Matheus b Santos disse:

Amigo as ondas de Rossby são presentes na meteorologia isso é fato ninguém precisa ficar falando 24h por dia nelas, existem 300mil artigos que dizem que o próprio GW está mudando a forma de propagação das mesmas. Aliás, trazendo ondas polares muito intensas. Isso é um dos efeitos do GW. Dizer toda hora das ondas de Rossby chega ser um pleonasmo. 
 

Agora me diz uma coisa. Me mande o artigo de onde tirou isso? Que o planeta está resfriando? 

Continua pesquisando, o caminho é esse !

Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Felipe Backendorf said:

cabe sim, é interessante observar (com cuidado) a tendência na ciência pra ver em que direção caminhamos. E o que se vê é que a ciência das mudanças climáticas causadas pelo homem ganha cada vez mais solidez enquanto que o negacionismo climático se prolifera exclusivamente no campo ideológico.

 

Apenas quotando pra repetir as palavras do Felipe. 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Um adendo semântico: não é o consenso que faz a ciência, mas as evidências. Um dia, tempos atrás, era consenso que a terra era plana, que o sol girava em torno dela, abiogênese... Quem manda são as evidências que podem, inclusive, mudar um consenso.

 

Nesse caso, há fortes evidências para o AGW.

  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

12 horas atrás, LeoP disse:

Um adendo semântico: não é o consenso que faz a ciência, mas as evidências. Um dia, tempos atrás, era consenso que a terra era plana, que o sol girava em torno dela, abiogênese... Quem manda são as evidências que podem, inclusive, mudar um consenso.

 

Nesse caso, há fortes evidências para o AGW.

O consenso faz surgir evidências. A Ciência é feita de Teses e Antítese.           https://maup.com.ua/ru/ob-akademii/novini1/usi-novini1/globalne-poteplinnya-brehnya-stolittya.html

Link to comment
Share on other sites

12 horas atrás, LeoP disse:

Um adendo semântico: não é o consenso que faz a ciência, mas as evidências. Um dia, tempos atrás, era consenso que a terra era plana, que o sol girava em torno dela, abiogênese... Quem manda são as evidências que podem, inclusive, mudar um consenso.

 

Nesse caso, há fortes evidências para o AGW.

Gostaria de sua opinião sobre esse artigo (Ciência Política)

Link to comment
Share on other sites

10 minutes ago, Peregrine said:

O consenso faz surgir evidências. A Ciência é feita de Teses e Antítese.           https://maup.com.ua/ru/ob-akademii/novini1/usi-novini1/globalne-poteplinnya-brehnya-stolittya.html

 

Eu acho difícil de acreditar numa postagem como essa.

 

image.png.7f0eec512da9c3ac9fd3b0f920b595e3.png

 

Me parece um conteúdo mais político do que científico. É como o Felipe disse: o discurso contra as evidências que são postadas aqui prolifera no campo da política, não da ciência...

 

Observe o linguajar: "terrible secret", "like honest people". Documentos postados em toda a internet (cadê os documentos?). Isso é uma de duas coisas:  conspiração barata ou desinformação. Nenhum dos artigos científicos que conheço possui esse tipo de linguagem. Me admiro de vc não ser mais crítico sobre textos tão pobres de argumentação quanto esse.

 

image.png.25d58e6e2fb71ab9b3ca11454b300965.png

 

Enfim, só faltou esse texto citar os lagartos de Wall Street.

 

Desculpem o off-topic.

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

15 horas atrás, Matheus b Santos disse:

Amigo as ondas de Rossby são presentes na meteorologia isso é fato ninguém precisa ficar falando 24h por dia nelas, existem 300mil artigos que dizem que o próprio GW está mudando a forma de propagação das mesmas. Aliás, trazendo ondas polares muito intensas. Isso é um dos efeitos do GW. Dizer toda hora das ondas de Rossby chega ser um pleonasmo. 
 

Agora me diz uma coisa. Me mande o artigo de onde tirou isso? Que o planeta está resfriando? 

As ondas Planetárias formam-se nos polos pelo efeito de rotação da terra (jato polar HS e jato polar HN). Ocorre amigo que o aquecimento do polo Norte em determinado espaço de tempo (~30anos) é muito maior que o do polo Sul. Isso faz com que as Ondas Planetárias do HN ganhem bastante amplitude, o meandrar torna-se gigantesco. Isso interfere no clima do Planeta todo. Agora, dizer que o aquecimento do planeta está fazendo aumentar as temperaturas do polo Norte merece uma explicação científica. Viu, nem falei em Rossby !

Link to comment
Share on other sites

20 minutos atrás, Samihr Hermes disse:

 

Eu acho difícil de acreditar numa postagem como essa.

 

image.png.7f0eec512da9c3ac9fd3b0f920b595e3.png

 

Me parece um conteúdo mais político do que científico. É como o Felipe disse: o discurso contra as evidências que são postadas aqui prolifera no campo da política, não da ciência...

 

Observe o linguajar: "terrible secret", "like honest people". Documentos postados em toda a internet (cadê os documentos?). Isso é uma de duas coisas:  conspiração barata ou desinformação. Nenhum dos artigos científicos que conheço possui esse tipo de linguagem. Me admiro de vc não ser mais crítico sobre textos tão pobres de argumentação quanto esse.

 

image.png.25d58e6e2fb71ab9b3ca11454b300965.png

 

Enfim, só faltou esse texto citar os lagartos de Wall Street.

 

Desculpem o off-topic.

Fiz questão de colocar entre parênteses (Ciência Política). Assim meu amigo, as discussões sobre aquecimento se dão muito mais na esfera política que na Ciência do Clima. O "aquecimento" difundido pelo IPCC vai tornar inviável a produção de alimentos em curto período de tempo. Se você fosse bilionário, investiria, dentro dessa perspectiva, na compra de terras ?

Link to comment
Share on other sites

22 minutos atrás, Samihr Hermes disse:

 

Eu acho difícil de acreditar numa postagem como essa.

 

image.png.7f0eec512da9c3ac9fd3b0f920b595e3.png

 

Me parece um conteúdo mais político do que científico. É como o Felipe disse: o discurso contra as evidências que são postadas aqui prolifera no campo da política, não da ciência...

 

Observe o linguajar: "terrible secret", "like honest people". Documentos postados em toda a internet (cadê os documentos?). Isso é uma de duas coisas:  conspiração barata ou desinformação. Nenhum dos artigos científicos que conheço possui esse tipo de linguagem. Me admiro de vc não ser mais crítico sobre textos tão pobres de argumentação quanto esse.

 

image.png.25d58e6e2fb71ab9b3ca11454b300965.png

 

Enfim, só faltou esse texto citar os lagartos de Wall Street.

 

Desculpem o off-topic.

Você não assistiu a "missa" toda. Os chineses estão invadindo o nordeste brasileiro. São sócios de multinacionais no ramo da fruticultura na chapada do Apodi/Chapadão de Russas. Acabaram de fundar, em parceria com a Laticínios Bethânia no município cearense de Morada Nova, uma fábrica de leite em pó. 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

41 minutos atrás, Peregrine disse:

As ondas Planetárias formam-se nos polos pelo efeito de rotação da terra (jato polar HS e jato polar HN). Ocorre amigo que o aquecimento do polo Norte em determinado espaço de tempo (~30anos) é muito maior que o do polo Sul. Isso faz com que as Ondas Planetárias do HN ganhem bastante amplitude, o meandrar torna-se gigantesco. Isso interfere no clima do Planeta todo. Agora, dizer que o aquecimento do planeta está fazendo aumentar as temperaturas do polo Norte merece uma explicação científica. Viu, nem falei em Rossby !

Amigo novamente, se atualiza.

 

De novo Ondas Rossby; 

 

Qualquer estudo que você entrar vai estar dizendo o quanto os polos estão aquecendo. Até alguém que não entende nada da área vai saber que o GW tem aquecido até mesmo os polos. ALGUNS ESTUDOS OU TESES CONTRÁRIAS, NÃO MOSTRAM SUCESSO. A maioria pode não estar certa, mas pelo menos a maioria acerta no que fala.

 

Inclusive estudos sugerem que os polos estão aquecendo mais que os trópicos. Algo que os cientistas até então não imaginariam. 

 

"One of the most significant effects of Arctic amplification is the weakening of west-to-east jet streams in the northern hemisphere. As the Arctic warms at a faster rate than the tropics, this results in a weaker atmospheric pressure gradient and hence lower wind speeds.

The links between Arctic amplification, slowing (or meandering) jet streams, blocking highs and extreme weather events in the mid to high latitudes of the northern hemisphere is controversial. One view is that the link is strong and the major driver behind recent severe summer heat waves and winter cold waves. But more recent research questions the validity of these links for the mid latitudes."

 

"The weakened jet stream meanders and brings the polar vortex further south, which results in extreme weather events in North America, Europe and Asia."

 

file-20210531-21-z9h9ab.jpg.0d3f9b14260266c1b65d9ae5e1948eb6.jpg

 

Um dos principais fatores é o aumento da temperatura dos oceanos, o que acelera de forma rápida a propagação de ciclones e o ar quente cada vez mais atuando nos polos. 

 

Como pode ver o aquecimento global tem cada vez mais expandido e propagado as Ondas Rossby de forma descontrolada principalmente no HN. 

 

CALOR + OCEANOS AQUECIDOS = TEMPERATURAS MAIS ALTAS = DERRETIMENTO DE GELO 

 

  • Like 5
Link to comment
Share on other sites

Aquecimento medieval, o mundo teria sido mais quente há mil anos, o Brasil não havia sido descoberto, quem é que garante que naquela época anos como 2015 ou ondas de calor como a de 2020 não eram frequentes? 

images.png

Edited by Leandro Leite
Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Matheus b Santos disse:

Amigo novamente, se atualiza.

 

De novo Ondas Rossby; 

 

Qualquer estudo que você entrar vai estar dizendo o quanto os polos estão aquecendo. Até alguém que não entende nada da área vai saber que o GW tem aquecido até mesmo os polos. ALGUNS ESTUDOS OU TESES CONTRÁRIAS, NÃO MOSTRAM SUCESSO. A maioria pode não estar certa, mas pelo menos a maioria acerta no que fala.

 

Inclusive estudos sugerem que os polos estão aquecendo mais que os trópicos. Algo que os cientistas até então não imaginariam. 

 

"One of the most significant effects of Arctic amplification is the weakening of west-to-east jet streams in the northern hemisphere. As the Arctic warms at a faster rate than the tropics, this results in a weaker atmospheric pressure gradient and hence lower wind speeds.

The links between Arctic amplification, slowing (or meandering) jet streams, blocking highs and extreme weather events in the mid to high latitudes of the northern hemisphere is controversial. One view is that the link is strong and the major driver behind recent severe summer heat waves and winter cold waves. But more recent research questions the validity of these links for the mid latitudes."

 

"The weakened jet stream meanders and brings the polar vortex further south, which results in extreme weather events in North America, Europe and Asia."

 

file-20210531-21-z9h9ab.jpg.0d3f9b14260266c1b65d9ae5e1948eb6.jpg

 

Um dos principais fatores é o aumento da temperatura dos oceanos, o que acelera de forma rápida a propagação de ciclones e o ar quente cada vez mais atuando nos polos. 

 

Como pode ver o aquecimento global tem cada vez mais expandido e propagado as Ondas Rossby de forma descontrolada principalmente no HN. 

 

CALOR + OCEANOS AQUECIDOS = TEMPERATURAS MAIS ALTAS = DERRETIMENTO DE GELO 

 

Teses científicas são postuladas a partir de hipóteses. Se em uma tese científica existe uma hipótese passível de falseabilidade, toda a Tese se torna falsa.    https://www.tempo.com/noticias/actualidade/o-aumento-da-cobertura-de-gelo-marinho-da-antartica-clima.html

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Matheus b Santos disse:

Amigo novamente, se atualiza.

 

De novo Ondas Rossby; 

 

Qualquer estudo que você entrar vai estar dizendo o quanto os polos estão aquecendo. Até alguém que não entende nada da área vai saber que o GW tem aquecido até mesmo os polos. ALGUNS ESTUDOS OU TESES CONTRÁRIAS, NÃO MOSTRAM SUCESSO. A maioria pode não estar certa, mas pelo menos a maioria acerta no que fala.

 

Inclusive estudos sugerem que os polos estão aquecendo mais que os trópicos. Algo que os cientistas até então não imaginariam. 

 

"One of the most significant effects of Arctic amplification is the weakening of west-to-east jet streams in the northern hemisphere. As the Arctic warms at a faster rate than the tropics, this results in a weaker atmospheric pressure gradient and hence lower wind speeds.

The links between Arctic amplification, slowing (or meandering) jet streams, blocking highs and extreme weather events in the mid to high latitudes of the northern hemisphere is controversial. One view is that the link is strong and the major driver behind recent severe summer heat waves and winter cold waves. But more recent research questions the validity of these links for the mid latitudes."

 

"The weakened jet stream meanders and brings the polar vortex further south, which results in extreme weather events in North America, Europe and Asia."

 

file-20210531-21-z9h9ab.jpg.0d3f9b14260266c1b65d9ae5e1948eb6.jpg

 

Um dos principais fatores é o aumento da temperatura dos oceanos, o que acelera de forma rápida a propagação de ciclones e o ar quente cada vez mais atuando nos polos. 

 

Como pode ver o aquecimento global tem cada vez mais expandido e propagado as Ondas Rossby de forma descontrolada principalmente no HN. 

 

CALOR + OCEANOS AQUECIDOS = TEMPERATURAS MAIS ALTAS = DERRETIMENTO DE GELO 

 

https://metsul.com/maior-cobertura-de-gelo-na-antartida-em-dois-anos-interfere-no-clima/

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Felipe Backendorf disse:

 

Tenho observado por aqui o pessoal reclamar muito sobre a localização das estações meteorológicas oficiais. As reclamações, inclusive suas, sempre dizendo que essas estações são mais propensas as máximas que as mínimas. Já vi exemplo em que a diferença entre oficial e particular era de 1°. Não me entusiasmo muito com notícias que vêm em Twitter, principalmente dos EUA. Inverno 2021/22 ondas de frio extremo vão assolar o HN, principalmente EUA e Canadá. Aí vão vir os negacionistas perguntar pelo aquecimento global e os alarmistas associar o frio ao aquecimento. Tô fora desse discurso, o que importa é a Ciência em sua essência.

  • Confused 1
Link to comment
Share on other sites

Em 13/09/2021 em 12:13, Peregrine disse:

Teses científicas são postuladas a partir de hipóteses. Se em uma tese científica existe uma hipótese passível de falseabilidade, toda a Tese se torna falsa.    https://www.tempo.com/noticias/actualidade/o-aumento-da-cobertura-de-gelo-marinho-da-antartica-clima.html

Rsrsrs...

 

“Ice is more reflective and less absorbent of sunlight than land or the surface of an ocean. When ice melts, it typically reveals darker areas of land or sea, and this results in increased sunlight absorption and associated warming.

Polar amplification is much stronger in the Arctic than in Antarctica. This difference is because the Arctic is an ocean covered by sea ice, while Antarctica is an elevated continent covered in more permanent ice and snow.

In fact, the Antarctic continent has not warmed in the past seven decades, despite a steady increase in the atmospheric concentrations of greenhouse gases.

The exception is the Antarctic peninsula, which juts out further north into the Southern Ocean and has been warming faster than any other terrestrial environment in the southern hemisphere during the latter half of the 20th century.

Read more: If warming exceeds 2°C, Antarctica's melting ice sheets could raise seas 20 metres in coming centuries

Satellite data also show that between 2002 and 2020, Antarctica lost an average of 149 billion metric tonnes of ice per year, partly because the oceans around the continent are warming.“
 

Link to comment
Share on other sites

15 horas atrás, Peregrine disse:

Tenho observado por aqui o pessoal reclamar muito sobre a localização das estações meteorológicas oficiais. As reclamações, inclusive suas, sempre dizendo que essas estações são mais propensas as máximas que as mínimas. Já vi exemplo em que a diferença entre oficial e particular era de 1°. Não me entusiasmo muito com notícias que vêm em Twitter, principalmente dos EUA. Inverno 2021/22 ondas de frio extremo vão assolar o HN, principalmente EUA e Canadá. Aí vão vir os negacionistas perguntar pelo aquecimento global e os alarmistas associar o frio ao aquecimento. Tô fora desse discurso, o que importa é a Ciência em sua essência.

Tem estações meteorológicas com problema sim, mas elas não chegam a alterar a média de todas porque são muito poucas.

Link to comment
Share on other sites

16 horas atrás, Matheus b Santos disse:

...

 

 

Na medida que vamos discordando nosso conhecimento vai aumentando. Considero isso a "essência" de qualquer Ciência. Se eu simplesmente concordasse com você ou virse e versa nosso conhecimento pararia na concordância. Tendo um tempinho, dá uma olhada nesse artigo...    https://www.researchgate.net/publication/255610532_The_influence_of_the_lunar_nodal_cycle_on_Arctic_climate

Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

Tem estações meteorológicas com problema sim, mas elas não chegam a alterar a média de todas porque são muito poucas.

Ok ! Dentre esses problemas, a localização da instalação estaria inserida ? Essas poucas estações oficiais a que você se refere estariam em SC ou em todo o País ?

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
Em 05/10/2021 em 17:07, Samihr Hermes disse:

https://www.nytimes.com/2021/10/05/science/nobel-prize-physics-manabe-klaus-parisi.amp.html

 

Esse ano um dos vencedores do prêmio Nobel de física é um cientista climático que construiu um modelo que conecta o tempo ao clima. 

Pois é meu amigo da Ciência, no inverno que se aproxima no hemisfério Norte, vão se queimar combustíveis fósseis  para o aquecimento das pessoas, até porque, os recursos por outras fontes estão bem esgotados por lá, melhor, por aí.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.