Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

marcoseojr

Members
  • Posts

    144
  • Joined

  • Last visited

About marcoseojr

  • Birthday 01/12/1996

Location

  • Location
    João Pessoa/PB

Recent Profile Visitors

1190 profile views

marcoseojr's Achievements

Enthusiast

Enthusiast (6/14)

  • Dedicated Rare
  • Very Popular Rare
  • First Post Rare
  • Collaborator Rare
  • Reacting Well Rare

Recent Badges

765

Reputation

  1. Essa chuva veio na hora certa. O ruim é que o distrito de meteorologia de São Paulo não conseguiu contato com o observador e, por isso, não divulgou a máxima da estação convencional. Mesmo assim já sabemos que a máxima de hoje foi menor que as dos últimos dois dias.
  2. Máxima de hoje no Mirante de Santana foi de 37,7 °C novamente. Sendo assim, São Paulo ainda não bateu o recorde histórico de 2014.
  3. Eu sou contra mudar o Mirante de Santana de lugar. Se a estação fosse mais a sul talvez os parques da Aclimação fossem fosse as melhor áreas.
  4. Fiquei até pensando se a estação desse aeroporto representaria São Paulo melhor que o Mirante de Santana kkk
  5. Máxima das 18 UTC foi de 37,5 °C. Como observado, a temperatura começou a baixar na zona sul. Interlagos já baixou de 29 °C. Faço aqui outra pergunta: é se a estação da IAG/USP seria representativa para São Paulo.
  6. Ontem a automática registrou máxima de 37,4 °C e hoje já chegou a 37,5 °C. Em comparação com a estação convencional foram 37,7 °C, será que hoje vai igualar os 37,8 °C de 17/10/2014? Veremos quando for lido o termômetro às 21h. Aproveito e faço uma pergunta a vocês: o Mirante de Santana é uma estação ideal para representar o clima paulistano? Vejo alguns criticando, porém em minha opinião ela fica em um local ideal, sem obstáculos que possam interferir diretamente na temperatura. O ruim mesmo é quando a chuva que cai forte numa área de São Paulo não atinge a área da estação.
  7. São Paulo quase bateu hoje o recorde de calor histórico de 2014. A marca não foi atingida por apenas um décimo. Há mais de dois anos tenho contato com uma funcionária do distrito de meteorologia local e ela me disse que muitas vezes o pessoal digita o dado, porém o sistema considera como suspeito e por isso fica omitido até ser validado. Não sei se o pior desta onda de calor foi hoje ou se é ainda possível haver outro recorde.
  8. Você considera como recorde o da estação convencional? Na Wikipédia está o recorde da automática, que inclusive fui eu quem coloquei lá. Considerei o dado de 35,5 °C porque a estação convencional estava sem operar de maneira integral, com apenas um observador. Curitiba foi uma das primeiras estações a lidarem com o problema da falta de pessoal, como Florianópolis.
  9. Novo recorde de chuva em João Pessoa no mês de julho: em 24h o INMET registrou 178,4 mm na estação convencional, superando os 150,1 mm em 05/07/1963.
  10. Aqui em João Pessoa só parou de chover agora pouco depois de umas doze horas. Começou fraco e se intensificou a partir das 4/5 horas. Recife dessa vez não foi muito atingida, enquanto Natal pegou um pouco mais dela.
  11. Balanço das temperaturas na estação automática da UFPB de João Pessoa/PB. As médias mínimas e máxima do último mês de abril foram, respectivamente, de 24,1 °C e 31,7 °C, com apenas um dia abaixo dos 30 °C. Quanto à chuva, a estação falhou algumas na transmissão, incluindo uma muito importante, das 22 UTC do último 16 de abril, durante um intenso evento de chuva, portanto o total apresentado no site do INMET, de 43,8 mm, está bem abaixo do ocorrido. Um pluviógrafo automático que fica a menos de cem metros da estação registrou, neste mesmo evento de chuva, 85,3 mm, o maior do mês. O total mensal medido por este pluviógrafo foi de 232,4 mm, dentro da média de 235,7 mm de 1991 a 2020. A estação convencional registrou o abril mais chuvoso em cinco anos, com 312,7 mm, sendo o maior acumulado registrado em 25 de abril, de 64,8 mm.
  12. Balanço das temperaturas mínima e máxima em João Pessoa/PB (estação A320) Março apresentou uma primeira quinzena relativamente quente, com máximas frequentemente acima de 32 °C, e com pouca chuva, que só veio com maior frequência na segunda quinzena. A média das mínimas foi de 24,4 °C e máximas 31,6 °C. Quanto à chuva, o mês terminou com 217,2 mm, sendo o maior acumulado de 100 mm entre os dias 18 e 19, quando um pequeno núcleo vindo do oceano atingiu a cidade e provocou chuva forte, especialmente no local da estação automática.
  13. Balanço da temperatura do ar nas duas cidades no mês de fevereiro, com os valores absolutos em negrito
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.