Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Felipe F

Furacões no Atlântico Norte e Pacífico Leste/Central - 2019

Recommended Posts

Tópico para Monitoramento de Furacões no Atlântico Norte e Pacífico Leste e Central - 2019

 

==============================================================================================================================

 

Informações Básicas:

Período: De 15 de Maio de 2019 (Pacífico Leste); 1 de Junho de 2019 (Atlântico) a 30 de Novembro de 2019

Cobertura: Todo Atlântico Norte e Pacífico até 140 graus Oeste de Latitude.

Órgão Responsável por Monitorar: National Hurricane Center (NOAA - Miami/EUA)

Sufixo para INVEST: "L" no Atlântico e "E" no Pacífico Leste

Classificação de Fases: Depressão Tropical (Até 62km/h); Tempestade Tropical (63 a 118km/h); Furacão Cat.1 (119 a 153km/h); Furacão Cat.2 (154 a 177km/h); Grande Furacão Cat.3 (178 a 208km/h); Grande Furacão Cat.4 (209 a 251km/h); Grande Furacão Cat. 5 (Acima de 252km/h).

 

 

Lista de nomes para a temporada de 2019 no Atlântico:

Andrea 
Barry 
Chantal 
Dorian 
Erin 
Fernand 
Gabrielle 
Humberto 
Imelda 
Jerry 
Karen 
Lorenzo 
Melissa 
Nestor 
Olga 
Pablo 
Rebekah 
Sebastien 
Tanya 
Van 
Wendy

 

Lista de nomes para a temporada de 2019 no Pacífico Leste:

Alvin 
Barbara 
Cosme 
Dalila 
Erick 
Flossie 
Gil 
Henriette 
Ivo 
Juliette 
Kiko 
Lorena 
Mario 
Narda 
Octave 
Priscilla 
Raymond 
Sonia 
Tico 
Velma 
Wallis 
Xina 
York 
Zelda 

 

=================================================================================================================

 

Eventualmente alguns sistemas se formam entre as Latitudes 140 e 180 graus a Oeste, fora do limite do Pacifico Leste. Essa área é conhecida como Pacífico Central. Na designação de INVEST aparece com o sufixo "C". Essa bacia é monitorada pelo CPHC (Central Pacífic Hurricane Center) em Honolulu no Havaí. Assim como no Atlântico, sua temporada vai de 1 de Junho a 30 de novembro. Qualquer sistema que se forme nessa bacia, preferencialmente será postado nesse tópico.

 

Lista dos próximos 8 Nomes para o Pacífico Central:

Akoni 
Ema 
Hone 
Iona 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Furacão Michael atualizado para categoria 5 no landfall nos EUA

Análise pós-tempestade estima ventos sustentados de 257,4 Km/h

lU491ID.png

 

 

 

Realmente tava difícil conceber a ideia de um furacão com pressão mínima de 919mb ser apenas de Categoria 4.

Edited by Tavares
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Tavares disse:

Furacão Michael atualizado para categoria 5 no landfall nos EUA

Análise pós-tempestade estima ventos sustentados de 257,4 Km/h

lU491ID.png

 

 

 

Realmente tava difícil conceber a ideia de um furacão com pressão mínima de 919mb ser apenas de Categoria 4.

A pressão não foi muito indicativo de categoria 5, tendo em vista que já houve registro de vários ciclones tropicais de categoria 4 com pressão atmosférica abaixo de 920 mb, tais como Opal em 1995, Gloria em 1985, etc...

A provável causa do upgrade em Michael foi em vista dos danos e principalmente porque durante a última missão de reconhecimento do Hurricane Hunters (a aeronave), registrou ventos de 155 mph (250 km/h) no sudeste da parede de olho de Michael e o setor sudeste no hemisfério norte é a parte mais fraca de um ciclone tropical e a mais forte é a nordeste... como a parte nordeste estava sobre terra, eles não sobrevoam, somente sobre o mar e certamente lá havia ventos de pelo menos 260 km/h (160 mph)

 

Se formos levar em consideração a estrutura e a temperatura do topo das nuvens no centro denso nublado de Michael, é bem provável que a intensidade de 160 mph seja conservadora. Os Estados Unidos teve sorte, pois se Michael permanecesse mais 6 ou 12h no mar, certamente iríamos ter um furacão com ventos entre 180 mph (285 km/h) ou 185 mph (295 km/h) sobre a Flórida. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC passou a monitorar na manhã desta quarta-feira uma área de baixa pressão na costa das Bahamas. 

 

Essa baixa irá se mover para nordeste, sobre águas quentes na costa da Flórida, e tem 20% de chance de evoluir em um sistema subtropical/tropical. 

 

Por enquanto ainda não ganhou INVEST. Será o primeiro distúrbio da temporada 2019.

 

001.thumb.png.1ef90315cce6d83930519b7a8395c028.png

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Começa oficialmente hoje, a temporada de furacões no Pacífico Nordeste de 2019. No Pacífico Central e Atlântico Norte começa dia 1° de Junho.

A NOAA vai publicar sua primeira previsão para ambas temporadas no dia 23 de Maio. Se espera que ambas temporadas possam ser ativas novamente, especialmente o Pacífico por conta do El Ñino. Acredita-se de que caso o fenômeno enfraquecer ou até mesmo se dissipar, não irá influenciar tanto e por isso se espera ainda uma temporada no Pacífico. 

O Atlântico é uma incógnita no momento, a bacia já viu 3 temporadas ativas e destruidores seguidas (2016, 2017, 2018), desde que se tem registro, não há 4 temporadas consecutivas classificadas como "ativa", por isso o que anda rolando solto é que essa temporada seja menos ativa de forma geral. Mas não podemos baixar a guarda pois temporada menos ativa não significa menos danos ou menos mortes.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um distúrbio meteorológico próximo as Ilhas Bahamas está sendo monitorado pelo NHC, e já ganhou a designação INVEST 90L.

 

001.thumb.png.22c4ea8ceee41f064ab1449722cbe101.png

 

NHC no momento credita 40% de chance de desenvolvimento entre amanhã e terça-feira. A partir de quarta-feira o sistema entrará em ambiente hostil e perderá qualquer chance de se desenvolver. Moradores das ilhas Bermudas devem acompanhar o progresso disto.

 

002.thumb.png.ccba2729beb2f3886302cd4fcc0a813b.png

 

No Pacífico Leste, um outro distúrbio deverá evoluir lentamente ao longo desta semana.

 

Existe a chance de ganhar força no final do mês a ponto de gerar um sistema tropical, e ameaçar a região.

 

003.thumb.png.b9443ea68a530855048aef7b02b15b41.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC aumentou para 60%, a chance de INVEST 90L evoluir em tempestade subtropical ou tropical.

 

Um voo de reconhecimento foi agendado para investigar este sistema agora a tarde, caso necessário. 001.JPG.f4622f7fe90e5cf35875def01dea65a2.JPG

 

1. Showers and thunderstorms have increased overnight and this morning
in association with a trough of low pressure located about midway
between the Bahamas and Bermuda.  A low pressure system is expected
to form within this area of disturbed weather later today, and this
system could become a short-lived subtropical or tropical cyclone by
tonight or Tuesday while it moves northward or northeastward.  By
Wednesday, however, conditions are forecast to become unfavorable
for further development, and the system should be absorbed by a cold
front.  An Air Force Reserve reconnaissance aircraft is scheduled to
investigate the disturbance this afternoon, if necessary.  Interests
in Bermuda should monitor the progress of this system.  The next
Special Tropical Weather Outlook will be issued by 2 PM EDT today.
* Formation chance through 48 hours...medium...60 percent.
* Formation chance through 5 days...medium...60 percent.
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC acaba de aumentar para 70% o risco de INVEST 90L gerar uma tempestade subtropical ou tropical entre hoje e amanhã.

 

O Voo de reconhecimento agendado para esta tarde, está neste momento indo em direção ao distúrbio para investigar o sistema.

 

001.png.a3991f87ce1562072f71d281e998f663.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

T. Subtropical Andrea se formou no Atlântico.

 

D7Cr-XpWkAEULPO.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC INFORMA QUE IRÁ COMEÇAR A EMITIR AVISOS PARA TEMPESTADE SUBTROPICAL ANDREA AS 19H30 (HORA DE BRASÍLIA)

 

001.thumb.png.7e0cc3c98181909bc2783c242698faa1.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC divulgou primeiro mapa para Tempestade Subtropical Andrea.

 

Andrea deverá se manter pelo menos até amanhã como Tempestade Subtropical. Pode inclusive ganhar um pouco de força pela manhã. Após isso, o sistema entrará em ambiente hostil e será absorvida por um sistema frontal.

 

002.png.527d9e8bc584392aa74e7f4d4cc53b5e.png

 

Imagens de Satelite mostram que Andrea está sendo influenciada por um Upper Level Low (VCAN) a oeste da sua circulação. Há um pequeno ramo de trovoadas associado a este sistema, porém a uma certa distância do centro, o que evidência a condição subtropical deste sistema.

 

001.thumb.png.8288703777626a8b769fd9dc4479909c.png

 

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC emitiu seu último aviso para Andrea.

 

Convecção morreu em toda a circulação, e segundo o NHC isso não lhe dá mais condições de ser tropical ou subtropical.

 

001.gif.e4d42673a0fe775e2fb9abb1575f536a.gif

  • Like 2
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Temporada Oficial de Furacões no Atlântico Norte começou hoje com distúrbio sendo monitorado.

 

Uma área de baixa pressão na costa do México, já classificada em INVEST 91L está sendo monitorada para desenvolvimento em depressão ou tempestade tropical, antes de chegar no México, próximo a Vera Cruz.

 

NHC dá 50% de chances disso acontecer.

 

001.thumb.PNG.d2018ff81278a00f7e373b8d377cb0ec.PNG002.thumb.PNG.1d46893ea853b034bc58a2688e13ba8f.PNG

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

E ta difícil do Pacífico despertar, essa temporada de furacões no Pacífico Nordeste já está se tornando a mais tardia a não possuir ciclones tropicais até o presente momento. O recorde de formação mais tardia da primeira tempestade nomeada pertence à 1969, quando a tempestade tropical Ava foi nomeada entre 2 e 3 de Julho daquele ano, seguido da tempestade tropical Agatha também no dia 2 de Julho, porém horas antes do recorde de Ava. A diferença é que ambas temporadas tiveram pelo menos um ciclone tropical (depressão tropical) antes, coisa que 2019 ainda não teve. 

 

Em 1969, 2 depressões tropicais se formaram em Junho e em 2016, o Furacão Pali se formou em Janeiro no Pacífico Central e a depressão tropical 1E se formou em Junho.

 

Porém as coisas estão mudando, se formou hojea área de investigação 93E (Invest) e possuí 40% de possibilidade de se tornar o primeiro ciclone tropical da temporada nas próximas 48h e 70% de possibilidade de se formar nos próximos 5 dias. Segundo o modelo GFS, teremos a formação de "Alvin" a partir de terça feira e ele até poderia se tornar um furacão fraco antes de enfraquecer, devido ao ar seco e estável e as águas do mar mais frias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Formou-se na tarde de hoje (25), a Depressão Tropical 01-E no Pacífico Nordeste. Trata-se da formação mais tardia do primeiro ciclone tropical a se formar na bacia desde que começaram os registros oficiais e confiáveis em 1971.

 

Como há previsão de 01-E ganhar força e se tornar uma tempestade tropical, receberá o nome de "Alvin", sendo assim, não quebrará o recorde do primeiro ciclone tropical nomeado mais tardio na bacia, que pertence à Tempestade Tropical Ava em 1969.

 

Apesar de estar em uma região com a temperatura da superfície do mar alta, cisalhamento de vento baixo e até mesmo sobre um anticiclone em altos níveis da atmosfera, 01-E está passando por problemas devido ao ar seco em médias altitudes da atmosfera, mas deve ser suficiente para se tornar Alvim nessa madrugada e a expectativa do Centro Nacional de Furacões é de que o pico de intensidade da tempestade seja de 45 mph/75 km/h/40 nós. 

vis-animated.gif

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Forma-se nesse domingo a Tempestade Tropical Bárbara. É o 2º sistema do Pacífico Leste em 2019.

 

001.thumb.png.2532f38cb857d3e08fc26ec57fb26bb9.png

 

Previsão do NHC indica que Barbara seguirá em mar aberto e deverá ganhar força, devendo evoluir em furacão nos próximos dias.

 

002.png.0e2751fb7d2faf8eb55ba17db0efd6a3.png

 

A médio-longo prazo, Barbara poderá ser uma ameaça ao Havaí.

 

Saída do Modelo Europeu dessa tarde leva a tempestade tropical em direção ao arquipélago em dentro de 8-10 dias.

 

004.thumb.png.7b5ac8a599b72922d385dcde1eeb3103.png

 

Ainda nos próximos 10 dias, um novo sistema tropical deverá se formar no Pacífico Leste, de acordo com os modelos.

 

No Atlântico por enquanto tudo calmo e nenhum sinal de desenvolvimento a médio prazo.

 

003.thumb.png.d9610b62e5baabe48ee25b561bba788c.png

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Furacão Bárbara tem nesta noite ventos de 225 km/h, Categoria 4

Impressionante a simetria dela

lBya0qv.jpg

BRvhh3d.jpg

W9dGNJJ.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Após a inesperada intensificação de Alvin que o tornou o primeiro furacão da temporada de furacões no Pacífico Nordeste deste ano, estamos acompanhando o Furacão Barbara.

 

Barbara passou por um impressionante processo de rápida intensificação nas últimas 24-36 horas, saindo da intensidade de 70 mph (110 km/) para os atuais 155 mph (250 km/h).

 

Vale lembrar que em apenas 18.5h, Barbara saiu de uma forte tempestade tropical para um furacão de categoria 4, algo bastante impressionante para a região no mês de Julho. A última vez que se viu um furacão tão poderoso assim em Julho nesta parte do Pacífico, foi há 8 anos, o Furacão Dora que tinha a mesma intensidade de Barbara, porém com pressão atmosférica ligeiramente mais baixa (mais intenso).

 

É IMPOSSÍVEL não se encantar com as imagens de satélite do Furacão Barbara. A simetria do Furacão é inegável, o centro denso nublado (CDO) e o olho são perfeitos, além da saída de fluxo (outflow) de dar inveja. Embora TODOS os "quesitos" necessários para categoria 5 terem sido cumpridos, o Centro Nacional de Furacões bateu o martelo e disse que Barbara e um furacão de categoria 4, mas encostando na categoria 5. Eles mesmo mencionaram em seu último aviso público que até as 6h da manhã (hora de Brasília) Barbara poderia sim se confirmar na categoria máxima. A previsão indica que a tormenta se aproximará do Havaí apenas como uma provável remanescente, mas que vai causar chuvas fortes e que irão ajudar o arquipélago com a seca que enfrenta no momento, especialmente o sul da grande ilha. Lembrando que em Agosto do ano passado, o Furacão Lane despejou mais de 1.400 milímetros de chuva em poucos dias, tornando-se o que mais acumulou chuva na história do Havaí e o segundo que mais acumulou chuva na história americana, perdendo apenas para Harvey em 2017.

goes17_vis-swir_02E.gif

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

INVEST 92L está sendo observado no Golfo.

Modelos indicam o desenvolvimento do sistema para tempestade tropical até mesmo furacão nos próximos dias.

Louisiana e Texas devem ser os estados mais afetados pelo ciclone.

 

Imagem

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Próximo nome da lista é Barry.

 

D-87Fe1UIAA6_hP.png

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trópicos começam a ficar movimentos no Atlântico Norte.

 

NHC está monitorado uma larga área de baixa pressão, anteriormente um cavado, que está se deslocando da Georgia em direção ao Golfo do México. Trata-se de INVEST 92-L.

 

NHC indica que há 80% de chances desse sistema evoluir em depressão tropical amanhã ou quinta-feira. Um voo de reconhecimento já está agendado para amanhã.

 

002.thumb.png.9c4de6a6f962c6837a1509dbaa6fcbe3.png

 

A medida que a baixa entrar no Golfo do México, irá começar a se mover para oeste, o que é consenso nos modelos, até que em algum momento a baixa irá adentrar os EUA. E é essa a questão. 

 

Hoje a maioria dos modelos sugerem um ladnfall na Lousiana, porém Missisipi e Texas estão na rota também. 

 

005.thumb.png.66ede09bcb43992229d72e935deb9605.png

 

A última saída do modelo Europeu, bem como as anteriores, é bastante agressiva e coloca INVEST 92-L como uma forte tempestade tropical ou furacão fazendo landfall na Lousiana.

 

001.thumb.gif.036f297555aa0e886e473d63954b1a28.gif

 

Já o GFS é mais comedido, e mostra uma baixa fraca apenas, rondando entre Texas e a Lousiana.

 

005.thumb.gif.177e034c266059ab46399686e38c6524.gif

 

Um dos fatores chaves para a possível intensificação será as temperaturas do mar no Golfo que estão extremamente altas, chegando a passar dos 30ºC.

 

003.thumb.png.21eaab4710ae91c1ee50e20cc2feacac.png

 

Em médios níveis, dois sistemas de alta pressão irão bloquear INVEST 92-L no Golfo. A passagem de um cavado nos Grandes Lagos no final de semana, será o gatilho para puxar a baixa para o landfall... Veremos como os modelos irão resolver isso.

 

004.thumb.png.41e1cc206caaaf1951db404459883701.png

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeira saída do HWRF pro 92L já põe um grande furacão tocando terra no Oeste da Louisiana.

9qmWrUx.png

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Invest 92L ainda está um pouco desorganizado, mas deve melhorar nas próximas 12 horas e poderia ser atualizado para uma depressão tropical hoje à noite ou de madrugada.

Um voo de reconhecimento deve ser realizado nesta tarde.

 

Imagem

 

Modelos seguem apresentando discordâncias em relação ao landfall.

As rodadas da madrugada por exemplo, indicaram o ciclone indo mais a oeste, fazendo landfall em Galveston, Texas.

A rodada do UKMET e do EURO indicavam um ciclone muito forte.

 

UKMET (madrugada)

 

Imagem

 

 

Euro (madrugada)

 

Imagem

 

 

Já nesta manhã,  os modelos voltaram a mostrar uma trajetória mais a leste, com landfall próximo de Lafaytte, Louisiana.

Todos concordam que "Barry" deve conseguir chegar na força de um furacão.

 

EURO

ecmwf_z500_mslp_us_5.thumb.png.1b4570e3fe3b92804289f83b29257342.png

 

GFS

gfs_mslp_pcpn_frzn_us_15.thumb.png.f3cfc08e9ee668dfb6607adf773241c2.png

 

HWRF

hwrf-p_mslp_wind_92L_26.thumb.png.e92a3be9dae64e5439b9a4acd3dd3465.png

 

NAM 3 KM

nam3km_ref_frzn_us_60.thumb.png.984ffe608024e4a002fc306d932eb0f5.png

 

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.