Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

PabloMartins

Members
  • Posts

    585
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by PabloMartins

  1. nunca tinha visto uma imagem de satélite parecida como essa, olha essa linha de tempestades tão a norte
  2. inclusive o vento deu uma acalmada né, ta mais tranquilo, esperava muito mais pelo alarde dos modelos
  3. Lembrando que estamos lidando com dois ciclones distintos, o que neste momento está no litoral sul do RS é fraco mas chama atenção, o de amanhã-quarta que representa perigo está logo à leste-sudeste se aprofundando no momento:
  4. Meu deus esse ciclone no 18z do GFS projetando mais de 400mm no litoral norte com ventania. Pra Canoas projeta mais de 200 mm em 48h...senti uma vibe 03/05/2008 inundações pelo ciclone da época que detém o recorde de chuva em 24h em Porto Alegre...e adivinha, a previsão é pro dia 03/05/2022
  5. canoas já deve ter passado de 100mm, o dilúvio foi grande às 17h e dps deu temporal de novo...segue chovendo agora
  6. Comentei no twitter com um meteorologista renomado (@ryanmaue) sobre um ciclone interessante que se formou no pacifico sudeste hoje...ele confirmou, é subtropical mesmo....Eu to desde semana passada de olho nos modelos que já antecipavam a formação...ontem era apenas um "ULL" (upper level low) ou um VCAN como conhecemos aqui no Brasil...durante a madrugada conseguiu trabalhar e descer em baixos níveis e pimba...se tornou ciclone subtropical hoje:
  7. Me lembra o CDO do Eta (2020), Patricia (2015) e do Haiyan (2013), super frio... até mesmo o Kammuri (2019)....sei lá, ta doido isso
  8. Parece um Haiyan 2.0 Agora eu creio que a categoria 5 vem na madrugada heim... pinhole eye mais esse CDO desse jeito aí, vem chumbo pesado pras Filipinas. Se tivesse mais tempo sobre o mar, ia ser...bah tenso. O rawT do Dvorak chegou bater 7.5 há pouco
  9. Um único emoji define o Tufão Rai/Odette neste momento: 💥💥💥💥💥💥💥💥💥💥
  10. Formou-se o 3° ciclone tropical da bacia australiana, oficialmente 03P. Em breve se chamará "Ruby" pela "BOM".
  11. Pode parecer nada...mas essa coisinha trouxe chuva torrencial, raios e alagamento na região metropolitana de Porto Alegre agorinha 👀👀
  12. Flopou de novo, ontem eu tinha visto o mapa de cisalhamento e Rick estava sobre 20 nós de cisalhamento de sudeste por causa do anticiclone que tava centralizado no golfo de Tehuantepec
  13. O avião dos caçadores de furacões de fato encontraram Rick compacto e com ventos em torno de 90-100 mph em superfície, mas eles foram mais cautelosos e colocaram Rick com ventos agora de 85 mph, a pressão caiu para 980 mbar. Como Rick está em um ambiente extremamente favorável, é bem provável que ele bata a categoria 4 se ganhar força rapidamente como os índices tem mostrado. O cisalhamento de vento é baixíssimo e o ciclone está posicionado sobre um anticiclone em altos níveis, o que auxilia na saída de fluxo e deixa belas imagens... Há uma certa coluna de ar seco afetando o furacão (coloquei em amarelo) mas é provável que durante o "dmax" amanhã no amanhecer, isso seja resolvido e como ele é compacto, ele pode muito bem dar um "booom" de noite, o que é interessante porque hoje completa 6 anos que o Furacão Patricia na mesma região realizou o seu "booom" pra 215 mph... Com Rick neste momento realizando essa intensificação, volta aquela questão que mencionei antes do Pamela sobre furacões poderosos nessa região nesse período de Outubro.
  14. Já faz uns dias que to de olho na costa do México pro lado do Pacífico Nordeste porque o GFS vem consistentemente mostrando um furacão muito forte semana que vem e pelo visto, por volta do dia 22 novamente um outro forte furacão na área, o que é estranho prum ano de "La Niña". Faz muitos anos que não via essa área do pacífico com anomalias tão altas de temperatura da superfície do mar em uma grande área: O Pacífico Nordeste tem um belo histórico de furacões poderosos nesta época do ano na região: Furacão Kenna: 24/10/02 - 165 mph (270 km/h) e pressão atmosférica de 912 mbar, é o 4° mais poderoso da bacia. Furacão Rick: 18/10/09 - 180 mph (285 km/h) e pressão atmosférica de 906 mbar, é o 3 mais poderoso na bacia. Furacão Patricia: 23/10/15 - 215 mph (346 km/h) e pressão atmosférica de 872 mbar, bom, nem preciso falar né?! Furacão Willa: 22/10/18 - 160 mph (260 km/h) e pressão atmosférica de 925 mbar. * E se vocês notarem o trajeto desses furacões, são quase iguais, o famoso "boomerang track" que os meteorologistas falam, a tempestade se forma na costa e segue em direção oeste-nororeste e depois viram pro nordeste, fazendo uma espécie de bumerangue, típico trajeto no mês de Outubro devido ao padrão atmosférico nesta época na região: Outra coisa que me chamou atenção é o fato de que os próximos dois nomes da temporada são "Pamela" e "Rick". Pamela é nada mais nada menos que o nome substituto do furacão Patricia em 2015 e Rick já foi o 3° mais poderoso furacão da bacia. Curiosidade: Em 2009 Patricia foi uma tempestade tropical fraca e Rick um monstro, em 2015 Patricia foi um monstro e Rick foi fraco... em 2021 Pamela substituindo Patricia, vai revolucionar e os dois serão poderosos?!?!?!?!? O GFS: ("Pamela 13/10/21") ("Rick, 23/10/21"): Claro que são apenas previsões dos modelos, especialmente falando do possível Rick na segunda metade do mês, ou seja, "fantasy land", mas é bem interessante estar sendo observado essas tendências na região...Eu acho que vem aí sim, heim!
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.