Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

All Activity

This stream auto-updates     

  1. Today
  2. Wallace Rezende

    Semi normais climatológicas

    Interessante o contraste do clima alpino frio da montanha Kredarica (vi na normal 1981/2010 que houve uma máxima absoluta de 21,6ºC em julho, provavelmente anterior às semi-normais publicadas aqui) com os verões abafados e os invernos relativamente brandos da subtropical de Nova Gorica; deve rolar um aquecimento adiabático na última também onde a mínima absoluta é bem modesta para para os padrões do pequeno país e para a latitude numa cidade não costeira, apesar da série curta em parte explicar isso. Kredarica no inverno é como seriam as Agulhas Negras se houvesse (muito, mas muito) mais advecção de frio.
  3. marinhonani

    Normais Climatológicas Longas

    Wallace Rezende, o Inmet parou de fazer os boletim climatológicos mensais a partir de fevereiro de 2019, com dados gerais climatológicos de todo o Brasil.Os boletins mensais foram criados nos anos 60, acho que 1967.
  4. Chuva de fraca a moderada aqui na ZS de SP . Sesc Inmet acumula 3 MM e temperatura caiu para 15 graus . Vamos ver o potencial de frio dessa MP , a do dia 25 tá muito instável para cá ainda , não dá para contar .
  5. Me acostumo rápido a clima frio igual o que fez na última semana... então 25 graus já tô suando.
  6. Excelente análise. Essa máxima baixa de 2013 eu me lembro bem. Termômetro do carro marcava 10°C à tarde! Memorável. Embora no dia 24 eu peguei 6°C em Mairiporã às 17:00 hrs com chuva. 2016 foi mais especial pelas bombas polares e, 2017, realmente a média. Lembro da sensação constante de frio em casa, isso ocorre, quando dias seguidos as mínimas ficam abaixo de uns 8°C e as maximas ficam completadas, ate 20°C/23°C. Se Essa MP pelo menos trouxer temperaturas mínimas na média nossa(8-9°C) e máximas mais comportadas, o mês vai fechar com excelente marca.
  7. marinhonani

    Normais Climatológicas Longas

    wallace rezende, acrescente na lista de mínimas na zona oeste do Rio, a estação de Realengo começou a operar em 1º/03-1971, a mínima absoluta foi de 6,7ºC no dia 1º de junho 1979. Outra mínima baixa foi os 6,2ºC no dia 26/06/1918 no Engenho de Dentro, a máxima no dia anterior(25) foi de 17,9ºC com sol.Já tinha geado bem em São Paulo, Sul de Minas nesse gelado 25 de junho de 1918.
  8. Gente, esse julho vai matar minha cachorrinha . Eu nunca vi um inverno BH TIRANDO de 2017 onde a casa ficasse tão fria a ponto de deixar ela gripada. Tive que passar o mês na casa da minha vo. Parto para Bage e depois lages so volto agosto. Espero encontrar ela viva!!!
  9. Frente fria trazendo um pouco de chuva no leste de SP. Pelo radar, a área de chuva é extensa, embora de fraca intensidade. Já em relação às temperaturas, temos no momento, entre 14 e 18 graus. Estações - CGE
  10. Tem um porém, se a FF da semana que vem bloquear em cima de SP como sugeriu o GFS que postaram hoje por aqui, a cidade pode voltar a ter acumulados expressivos a conferir.
  11. Sim, o crescimento da cidade no entorno da estação certamente explica em grande parte o aumento gradual das mínimas absolutas (o aquecimento do clima e a consequente redução da intensidade média das ondas de frio outra parte). Em 01/06/1979 a região já era bem urbanizada e fez 1,2ºC (deve ter geado com relativa força, houve geada expressiva em vários pontos da zona rural dos municípios serranos), em 09/06/1985 a mínima chegou a 3ºC (o observador da estação presenciou geada fraca nesta ocasião segundo reportagem de jornal), em 06/1994 fez 3,2ºC (três madrugadas seguidas neste patamar, raridade) e em 18/07/2000 fez 3,1ºC (deve ter geado em pontos isolados da área urbana nas duas ocasiões), também merecem destaque os 3,6ºC de 23/06/2000, num frio tiro-curto que antecipou o que estava por vir em julho. A última mínima abaixo de 7ºC na convencional de Terê foi em 13/06/2016 com 6,4ºC e os últimos 5ºC (5,1ºC) em 06/06/2011, já a última sub-5 foi no longínquo julho de 2000, mas em 09/12/2018 houve um registro de surpreendentes 9,6ºC, o menor para o mês do solstício de verão talvez desde os anos 50, provando que sob as condições certas mesmo a urbanização atenua mas não impede mínimas expressivas (a automática chegou a 8,7ºC e Nova Friburgo aut a 6,1ºC no mesmo dia), e em 06/10/2014 chegou a 7ºC na conv de Terê (e 5,6ºC na automática!!) poucos dias antes do recorde absoluto de calor com 36,6ºC em 34,2ºC (conv e aut) em 19/10/2014 (situação sem precedentes o recorde de frio do ano e a maior temperatura da história no mesmo mês), ou seja tem faltado mesmo é uma onda de frio mais expressiva na época certa. Este início de julho claro que foi um grande alento após o maio/junho pavorosos que tivemos no estado do RJ (talvez o bimestre mai/jun mais quente de sempre), mas nenhuma mínima realmente chamou a atenção, a automática de Terê teve 6,1ºC (perdendo para outubro de 2014), o dado da convencional só sai meses depois. E não foi só no RJ, praticamente todo o centro-sul penou em mai/jun 2019, Porto Alegre teve a bizarra média das máximas de 25ºC em junho de 2019 (contra 16ºC no excelente junho de 2016, incrível!), sim em termos relativos lá 06/2019 foi ainda pior, assim como BH se saiu um pouco menos pior que aqui com um tiro-curto no começo o mês.
  12. Pois é rsrs... Cada um tem uma percepçao mesmo.
  13. Chuva fraca e 18°C aqui em Socorro/SP. Pelas previsões do Foreca, ao consultar pela tarde, tinham tirado toda a previsão para chuva aqui e aumentaram a minima de sexta feira.
  14. Essa do dia 25 em diante ainda não dá para saber direito. Algumas rodadas do GFS ele aparece e outras desaparece. Já essa MP dessa semana vai favorecer bem mais o leste do Sudeste. As cidades da Mantiqueira por exemplo vai ter alguns dias com máxima baixas e mínimas perto de 0°C. Para cá o Europeu coloca 9°C como menor mínima nessa semana. Normal para época. Em 2013 aqui na região pegando como referência a estação que funcionava mais próxima na época, de Passos, teve momentos excelentes, mas na média não foi bom de fato. Em Passos, no fim de julho e inicio de agosto foram 11 mínimas seguidas abaixo de 10°C e com máxima baixa para região no dia 24(Franca registrou máxima de 11°C e mínima de 5,7°C no dia 26, Varginha foi 12,9°C de máxima e mínima de 5,3°C no outro dia) e ainda depois teve a porrada de fim de agosto. Agora 2016 foi espetacular de maio a agosto no que diz respeito a MP's. 2017 foi espetacular em média para cá em Julho foram dias incontáveis com mínimas baixas. 2018 foi excelente também em MP's de maio a setembro(em alguns lugares do sudeste até dezembro fez um frio forte), a exceção foi junho, que foi horrível.
  15. Hoje foi dia de pré-frontal em BH, com máxima em torno dos 28oc. Porém devido ao frio dos últimos dias não foi possível sentir calor, amanhã deve ser mais quente! Apenas a secura extrema que tem incomodado, essa que se agravou com a ultima mp. Proxima mp deve trazer umidade e aliviar a secura um pouco! Julho está realmente muito bom, não podemos nos queixar. E além do mais junho tb não foi tao ruim assim, não tivemos eventos extremos mas tivemos uma marítima boa e as temperaturas na maior parte do mês ficaram comportadas, em um padrão diferente do que vimos de SP para baixo. agora 22.50, temperaturas no centro sul: -poa 11oc -cwb 14oc -fln 15oc -bh 16oc -bsb 18oc -sp 19oc -rio 22oc
  16. Bom, agosto costuma ser bem seco mesmo. Apesar de nos últimos três anos ter sido frio e úmido, o que foi uma bela surpresa, já que esse costuma ser uns dos meses mais lixosos do ano, sempre com bloqueios atmosféricos pavorosos.
  17. O mais bizarro para mim foi São Paulo com 140 mm e Curitiba sofrendo nos 10 mm, em outros julhos chuvosos recentes na cidade de São Paulo Curitiba meio que seguiu o mesmo padrão (como é de se esperar, até porque em média Curitiba é mais chuvosa em julho que SP). Mas o comportamento da chuva que antecedeu o último pulso frio (no início de julho) foi muito esquisito: duas faixas orientadas de norte para sul (ou noroeste para sudeste), uma avançando de uma faixa no norte gaúcho e até a serra catarinense (centrada na região de São Joaquim, SC) e outra indo do norte do PR até a grande SP (centrada na grande SP) receberam até 100/150 mm de chuva em 24 horas ou um pouco mais, enquanto uma grande área entre estas duas faixas bem delimitadas (Curitiba e muitas outras cidades nesta grande área) ficou "chupando o dedo". Já na região Sorocaba choveu bastante também, ou seja Curitiba ficou de fora por pouco e uma parte de SC também. O Grande Rio também não recebeu muita chuva com este sistema, o grosso da chuva morreu logo ao norte de São Paulo, a exceção foram os tradicionais cinturões orográficos como Alto da Boa Vista, Jardim Botânico e Rocinha (já na casa dos 100 mm), onde chove bem com qualquer espirro.
  18. YR tá dando a mesma coisa... Será que nos surpreenderemos com o frio?
  19. Na verdade ele prevê esses 6 graus para quarta de manhã... considere 24 h de atraso na previsão deles .
  20. Foreca bebeu vinagre...prevendo uma mínima de 6C amanhã para São Paulo. Num instituto de verdade o INMET aponta variação entre 11/18 e 8/18 na quarta. Mesmo isso vai ser uma queda grande de temperatura pois hoje a sensação foi de bastante calor até. Agora temos cerca de 18° e chuviscos esparsos.
  21. Qual era a projeção de chuva para SP em julho? Interessante comparar, porque acho que erraram...
  22. Que julho, meus amigos! Iremos dos 16-28 amanhã para 8-20 na sexta. Dessa vez a massa polar vem trazendo umidade, espero períodos nublados, vento constante e chuviscos até semana que vem. Além de forte, mais um sistema persistente por aqui. Realmente, BH está tirando o atraso nos últimos anos.
  23. Também na torcida, Lucas. Teremos um bom mês. A média na fazenda está ótima, imagino que Paraíso também esteja. Deve ter sido melhor em outros anos, contudo, só agora, é que estou monitorando diariamente. Rapaz, pelo desenho até o momento do novo pulso que está a caminho, ele seria continental padrão 2013 ou 2016? Pq, 2013, em Varginha, foi ruim. Máxima baixa uns 2 dias e mínimas boas em seguida, mas nada extraordinário. Já 2016, foi ótimo, tanto junho e julho. Geada nas duas vezes. Tive negativa dia 13 e 14 de Junho e 18 ou 19 de Julho.
  24. Wallace Rezende

    Normais Climatológicas Longas

    Finalizando, o Alto da Boa Vista é particularmente favorecido pela chuva orográfica e registra grandes volumes de chuva até na "estação seca", que essencialmente não existe por lá; alguns recordes mensais para os meses menos chuvosos em média: Junho: 371,8 mm em 2017 (incluindo 88,2 mm em 20/06 e 213,8 mm em 21/06, mas no Morro da Formiga Cemaden choveu mais de 300 mm em 24 horas nesta ocasião). Julho: 494,7 mm em 2004 (recorde diário em 2010 com 150 mm no dia 17 e 92,8 mm no dia 18, e até 300 mm em 48 horas no Itanhangá Alerta Rio também em 07/2010). Agosto: 393,8 mm em 2003 (com 135 mm no dia mais chuvoso). Setembro: 543,9 mm em 2005 (dois dias deste mês superaram os 100 mm, mas não em sequência).
  25. De qual modelo está tirando essas projeções? GFS? Sinceramente não vejo nada de tão significativo em julho igual a última MP que tivemos. Quem sabe em agosto venha outra bomba, vamos aguardar, até lá muita água pra rolar!
  1. Load more activity
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.