Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

LeoP

Members
  • Content count

    702
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    4

LeoP last won the day on August 6 2019

LeoP had the most liked content!

Community Reputation

1892 Excellent

Location

  • Location
    Belo Horizonte

Recent Profile Visitors

1214 profile views
  1. Mais uma tempestade nesse janeiro histórico em BH₂O: Oeste Pampulha
  2. Um dia agradável em Belo Horizonte também, com céu nublado e 26 graus ao meio dia, com nuvens carregadas já avançando... Com mais um temporal ontem, BH chega a 470mm de chuva em sua estação convencional. E a previsão a partir de sexta é essa:
  3. @marinhonani e demais, vou compartilhar uma divagação minha, simples reflexão sem cunho científico. Esse fenômeno do incremento das chuvas nas grandes cidades poderia ser uma "tentativa da natureza" em compensar o aquecimento provocado pelas ilhas de calor. Veja bem o exemplo de hoje: Enquanto a selva de pedras (BH) tem amenos 20ºC às 16h, a roça (Florestal) tem quentes 29ºC no mesmo horário. Na média compensada e, principalmente, na média 24h, isso poderia diminuir os efeitos térmicos da ilha de calor. Isso ocorre em SP também, no verão chove mais no centro que em Marsilac, por exemplo. O centro passa algumas horas do pós chuva mais ameno e isso diminui a diferença na média compensada ou média 24h. Acho muito interessante essas peculiaridades microclimáticas, tanto as naturais quanto as antrópicas.
  4. Tomara que se concretize. Os reservatórios na RMBH estão com 59%, não tá ruim mas pode melhorar. O norte do estado nem se fala. Sobre os transtornos urbanos, isso só mostra como ainda somos reféns do nosso próprio clima, basta um pouco de severidade que sofremos a conta. E concordo sobre a defesa civil, embora necessárias, as ZCAS são as maiores causadoras de desastres naturais no estado. Além das enchentes relâmpago nas cidades, temos os vendavais (ocorrem quando alguma abertura de sol aquece a atmosfera extremamente favorável à chuva), deslizamentos de terra (que vc falou) e as piores: as enchentes dos rios. Em casos assim, o sistema de prevenção deveria funcionar como nos EUA, avisos com dias de antecedência (o que não é tão difícil, as previsões estão aí) e até sugerir as pessoas deixarem suas casas, caso a previsão de tempo severo se mantenha até a véspera do evento. Aqui, ironicamente, apagamos incêndio para resolver problemas assim. Só agem efetivamente quando a água já está na iminência de transbordar... Falando em chuva, ela já voltou pra BH como previsto, com raios e intensidade moderada. Centro às 14:30:
  5. Como comentaram, o canal de umidade recuou um pouco e, pela atual previsão, pegaria com força total toda a região central de Minas. O norte do estado, região dos vales do Jequitinhonha e Mucuri também receberão bastante água. Ótima notícia para o norte de MG, que poderá ter chuvas muito volumosas e prolongadas (não estranhem ler notícias de enchentes na região). Pra capital, depende: é bom pra consolidar a alta nos reservatórios mas é perigosa pois a cidade já vem recebendo muita chuva nas últimas semanas e poderia viver dias de muitos transtornos. Vamos acompanhando a previsão. Foreca para os próximos 10 dias. Reparem que coloca chuva por todo o período mas, a partir do final desta semana, o tempo passaria a chuvoso até o final da grade: Se confirmar, janeiro de 2020 poderá ser um dos mais chuvosos da história da cidade.
  6. @Carlos Campos a página Floodlist (que publica e noticia ocorrências relacionadas a enchentes pelo mundo), destacou esse vídeo de uma enchente aqui em BH também. Realmente é impressionante (prestem atenção ao final do vídeo):
  7. BH teve um dia absolutamente tranquilo hoje. Pela manhã, céu encoberto e temperaturas amenas, à tarde diminuição de nuvens com sol aparecendo aos poucos, até terminar o dia com nuvens bem amistosas: A temperatura variou entre 19 e 26,6. Como a umidade se manteve alta o dia todo, houve sensação de abafamento à tarde. Agora, fim de tarde, 24ºC. A trégua na chuva foi só hoje, já que amanhã ela retorna e a próxima semana deve começar com novos temporais.
  8. Mais um fim de tarde em BH₂O: Desde as 16h, chuvas moderadas com raios e trovoadas deixam a cidade em alerta para granizo e enchentes.
  9. Com as chuvas que caíram entre ontem e hoje, BH atinge a incrível marca de 410mm no inmet convencional em janeiro/2020! Para completar o cenário, as chuvas devem continuar nos próximos dias e podemos ser afetados por nova ZCAS semana que vem...
  10. As previsões seguem agressivas para as chuvas excessivas em Belo Horizonte. Em um mês que já acumula quase 350mm (107%), Climatempo coloca 50mm já para amanhã e o modelo europeu, diante de seu histórico muito conservador, prevê o apocalipse para os belorizontinos nos próximos dias: Espero muito que essa previsão não se cumpra!
  11. Mais um dia de muito calor em BH, máxima de abafadíssimos 32C, após mínima de 19C. As temperaturas estão muito altas nos ambientes, nas últimas noites meu quarto variou entre 23 e 27°C. Esse padrão de muito calor e tempestades que tem predominado nos últimos dias, finalmente, começa a arrefecer amanhã. As chuvas continuam e podem ser intensas, mas as máximas devem suavizar um pouco, ficando entre 29 e 25ºC nos próximos 10 dias. O fim de tarde é quente, entre 23 e 27ºC dependendo do bairro, com esse céu:
  12. A tempestade de ontem, típica de verão, provocou cenas lamentáveis como essa, no aeroporto da Pampulha: Com tantos temporais, o mês já acumula 295mm no inmet de BH (94%) apenas nessa primeira quinzena, sendo que tem previsão de chuvas quase todos os dias até o fim do mês.
  13. E ela voltou, pra aliviar o calorão que se abateu sobre Belo Horizonte nos últimos dias: Nesse momento, nuvens pesadas, raios e temporais pela cidade. Defesa civil alertou para risco de granizo. Na última hora (19UTC) o inmet Pampulha registrou 45mm e 19,5°C.
  14. O inverno é fraco a muito fraco de modo geral no Brasil (onde ele existe), mas o consolo é que as áreas mais habitadas do país se encontram na rota das massas de ar polar entre abril e outubro, e percebe-se algum dinamismo térmico (mudanças de cor frequentes no sul e sudeste, principalmente) nos meses de outono e inverno. O sul chega a ficar verde por completo, o que significa temperaturas médias em torno ou abaixo dos 10ºC e o marrom (~15ºC) entra facilmente no sudeste. Tem locais "piores" que nós.
  15. Calor do CÃO em Belo Horizonte, nesse verão que, até o momento, é relativamente agradável. Após mínima de 20,4C, faz 32ºC às 13h, com 40% e brisa suave. 🔥
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.