Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Rodolfo Alves

Furacões no Atlântico Norte e Pacífico Leste/Central - 2016

Recommended Posts

Medição presencial é outro nível. Só vendo as imagens de topo e o olho cambaleando eu não daria um 4 pra ele.

78EqYSn.gif

É o primeiro furacão de categoria 4 no Caribe desde Paloma em 2008.

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC 21H00:

 

MATTHEW CHEGA A 240KM/H DE VENTOS, COM PRESSÃO DE 945HPAS

 

JÁ É BEM POSSÍVEL QUE O FURACÃO CHEGUE NA CATEGORIA 5 AMANHÃ!

 

 

BULLETIN

HURRICANE MATTHEW INTERMEDIATE ADVISORY NUMBER 11A

NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL142016

800 PM EDT FRI SEP 30 2016

 

...HURRICANE HUNTERS FIND EXTREMELY DANGEROUS MATTHEW WITH 150 MPH

WINDS...

 

 

SUMMARY OF 800 PM EDT...0000 UTC...INFORMATION

----------------------------------------------

LOCATION...13.5N 72.0W

ABOUT 80 MI...130 KM NNW OF PUNTA GALLINAS COLOMBIA

ABOUT 440 MI...710 KM SE OF KINGSTON JAMAICA

[highlight=yellow]MAXIMUM SUSTAINED WINDS...150 MPH...240 KM/H

PRESENT MOVEMENT...WSW OR 255 DEGREES AT 9 MPH...15 KM/H

MINIMUM CENTRAL PRESSURE...945 MB...27.90 INCHES[/highlight]

Share this post


Link to post
Share on other sites

Voo de Reconhecimento, detectou pico de 130-135kt, com pressão de 940hpas, o que fez o NHC atualizar para um forte Categoria 4 agora a pouco.

 

32O8PNi.png

 

Pelas Imagens de Satelite, Matthew começa a ganhar olho, e ganha aparência altamente simétrica...

 

Jamaica e Cuba tem tudo para sofrer grande impacto!

 

rI3w08R.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Matthew está próxima da costa da Venezuela/Colombia, porém muito longe do Brasil, a cerca de 1500km de distância de Boa Vista, porém um fator chama a atenção hoje. Os valores de pressão atmosférica despencaram na capital de Roraima.

 

 

Ontem a estação do INMET registrou uma pressão mínima 997.7hpas.

 

qZfNkQQ.png

 

Enquanto que hoje, a estação registrou uma mínima 996.1hpas. Uma queda 1.6hpas em relação a ontem.

 

GPoXGZD.png

 

O Aeroporto de Boa Vista registrou hoje o menor valor de pressão atmosférica do mês de Setembro, chegando a 1006hpas, enquanto que a média ao longo do mês foi de 1009-1010hpas.

 

MJ2D1gD.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os modelos já tem boa confiança quanto ao landfall de Matthew sobre a Jamaica, e leste de Cuba, porém seguem altamente divergentes a médio prazo. Os EUA, em especial a costa leste, seguem numa possível rota do furacão. Há divergências também quanto a velocidade de deslocamento do sistema.

 

GFS desta noite, coloca Matthew muito próximo da costa dos EUA, com valores de pressão de 910hpas (Categoria 5 Poderoso).

 

0JYBkkZ.png

 

Enquanto o ECMWF mantém o furacão mais afastado da costa leste.

 

qd4sq0s.png

 

Dentro do ENSEMBLE, GFS (vermelho) segue de fato mantendo a possibilidade de rota muito próxima a costa leste americana, enquanto que o ECMWF (amarelo), parece indicar uma chance bem menor.

 

NEzFKO5.png

zxtROq4.png

 

Outro modelo confiável (para o NHC), o UKMO, parece levar o Furacão em direção a Flórida, se juntando ao GFS.

 

MKp6QKi.png

 

O HWRF (outro confiável), não mostra o mesmo... Por enquanto segue grande a divergência nos modelos para além de Cuba e Jamaica.

 

gtLxins.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

UPDATE 22H10

 

VOÔ DE RECONHECIMENTO POR VOLTA DAS 21H12 (HORÁRIO DE BRASÍLIA), [highlight=yellow]ENCONTROU VENTOS SUSTENTADOS DE 140-145KT (250-260KM/H)[/highlight] E PRESSÃO DE 940HPAS.

 

PROVÁVEL ATUALIZAÇÃO PARA CATEGORIA 5 VIRÁ NO PRÓXIMO AVISO, POR VOLTA DA 0H00!!

 

xORhTQo.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

PROVÁVEL ATUALIZAÇÃO PARA CATEGORIA 5 VIRÁ NO PRÓXIMO AVISO, POR VOLTA DA 0H00!!

 

Saída 0Z deste sábado, mostra uma quantidade razoável de modelos indicando Matthew com força de Categoria 5 nas próximas 120 horas, dentre eles alguns dos principais globais, AVNI (GFS), NVGI (Navgem), GEM (Canadense), UKM (Ukmo).

 

O mais agressivo deles (NVGI-NAVGEM) dá [highlight=yellow]165kt (300km/h) de ventos sustentados.[/highlight]

 

0AHhbR6.png

 

LISTA SELETA:

Chegando a Categoria 5, Matthew entrará numa lista seleta, aonde [highlight=yellow]somente 30 Furacões em toda a história conseguiram chegar no Atlântico[/highlight], dentre eles, Katrina, Emily, Wilma e Rita (2005), Mitch (1998), Andrew (1992), Gilbert (1988), Allen (1980), .

 

O último Furacão a chegar a Categoria 5, foi Felix em setembro de 2007.

 

LISTA MAIS SELETA AINDA:

 

Matthew poderá fazer parte de uma Lista Mais seleta ainda!

 

[highlight=yellow]O de Furacões em que no momento que fizeram landfall, estavam na Categoria 5.[/highlight]

 

[highlight=yellow]Somente 14 Furacões entram para esta lista no Atlântico:[/highlight]

 

Felix 2007 (Nicaragua)

Dean 2007 (Yucatan)

Andrew 1992 (Florida)

Gilbert 1988 (Yucatan)

David 1979 (Republica Dominicana)

Anita 1977 (México)

Edith 1971 (Nicaragua)

Camile 1969 (Mississipi)

Janet 1955 (Yucatan)

"Labor Day" 1935 (Florida)

"Cuba-Brownsville 1933 (Bahamas)

Bahamas 1932 (Bahamas)

"Okeechobee" 1928 (Porto Rico)

Cuba 1924 (Cuba)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Preocupadíssimo com os irmãos jamaicanos. Lá o sistema vai chegar como um Grande Furacão. Que Deus os protejam !

 

Caramba, muito próximo das costas da Venezuela e Colômbia. Quase pegando as famosas ilhas de Aruba e Curaçao!

 

Pergunto: Já tivemos furacões atingindo o litoral da Venezuela ? Os sistemas que se formam nas imediações da América do Sul SEMPRE rumam para o norte, ou existe a possibilidade de algum dia um furacão atingir em cheio esses países ?

Já houve landfalls na América do Sul, e se já houve, haverá novamente.

Tô pesquisando no site do NHC qual foi esse furacão que entrou entre Trinidad e Tobago e a Venezuela. E esses dois CAT2 que atingiram essa península no norte da Colômbia.

Esses dois CAT2 são sem nomes em 1877, portanto não confiável.

 

A tempestade tropical Bret atravessou o norte do continente sul-americano entre 4 e 11 de agosto 1993 e deixou mais de 200 mortos na Venezuela e na Nicarágua.

eFW5KDG.png

 

E um furacão sem nome atravessou o estreito entre Trinidad e Venezuela em 28 de junho de 1933. Treze mortos em Trinidad e Tobado e um número impreciso na Venezuela.

xpaeAHn.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Matthew está agora localizado a 13.5 graus norte de latitude e segue se movendo sentido sudoeste.

AjGaqCS.gif

Se for realmente classificado como CAT5 no próximo boletim do NHC, Matthew passa o recorde de 13.7 graus norte de Ivan (2004) de menor latitude para um furacão de categoria 5 na bacia atlântica.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Matthew alcança a categoria 5 e se torna o mais intenso furacão no Atlântico em 9 anos.

xjvPYPA.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Furacão categoria 5 Matthew se torna o mais forte no Atlântico desde Felix em 2007!

 

Com ventos sustentados de 260km/h e pressão mínima de 941hPa, o furacão mais forte desde 2007 se intensifica rapidamente.

 

000

WTNT34 KNHC 010257

TCPAT4

 

BULLETIN

HURRICANE MATTHEW ADVISORY NUMBER 12

NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL142016

1100 PM EDT FRI SEP 30 2016

[highlight=yellow]...MATTHEW BECOMES A CATEGORY 5 HURRICANE...

...THE STRONGEST HURRICANE IN THE ATLANTIC SINCE FELIX IN 2007...[/highlight]

 

 

Segue se fortalecendo o e já não duvido de mais nada.

 

upXwdKR.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Matthew alcança a categoria 5 e se torna o mais intenso furacão no Atlântico em 9 anos.

 

31º Furacão a chegar a Categoria 5 no Atlântico, em toda a história!

 

 

 

Segue se fortalecendo o e já não duvido de mais nada.

 

 

Agora deverá começar a troca da parede do olho de Matthew, o que irá levar a alguma breve flutuação na sua intensidade, com isso não vai ser nada estranho se ele voltar pra categoria 4 durante o sábado, por algumas horas.

 

Independente da flutuação, Jamaica irá sofrer um landfall de Categoria 4 ou 5. [highlight=yellow]Cenário poderá ser catastrófico em Kingston![/highlight]

 

Ah! E Parabens para o Felipe. Acertou na mosca o palpite! Não estava contando com um Cat.5 há alguns dias atrás.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ÚLTIMAS DE MATTHEW:

 

IMAGEM DE SATELITE

 

Du7KoUk.gif

 

IMAGEM DE SATELITE (ASCAT)

 

l36QXJ2.png

 

IMAGEM DE RADAR (MARACAIBO-VENEZUELA)

 

mBE33XT.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ei, o extremo norte do litoral venezuelano deve estar sofrendo com chuvas pesadas e mar revolto, heim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Por algumas cameras de Aruba o pessoal parece estar bem tranquilos na beira do mar kkk

 

Matthew já se afastou consideravelmente de Aruba, por isso essa tranquilidade.

 

Todos os avisos já foram cancelados por lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Terminou agora pouco um novo Voo de Reconhecimento sobre Matthew.

 

A Sondagem acusou ventos de 120kt (216km/h), o que indica que Matthew está perdendo um pouco mais de força ainda, mas o suficiente para manter na Categoria 4 no próximo aviso do NHC. Sua pressão se mantém em 940hpas.

 

n7OSj0P.png

 

Dados de DVORAK desta manhã também mostram que Matthew está perdendo um pouco força. Esse enfraquecimento, é parte natural da flutuação que acontecem com furacões muito intensos, conforme salienta o NHC.

 

DATE TIME LAT LON CLASSIFICATION ID NAME

20161001 1145 13.4 73.0 T5.5/6.5 14L MATTHEW

20161001 0545 13.3 72.4 T6.0/6.5 14L MATTHEW

20160930 2345 13.4 71.9 T6.5/6.5 14L MATTHEW

20160930 1745 13.5 71.3 T5.5/5.5 14L MATTHEW

 

 

Pelas imagens de satelite é possível observar, que o Olho que até então era altamente simétrico, hoje está bem desconfigurado, apesar de ser ainda visível. No geral, Matthew mantém alta simetria na sua circulação como um todo, com um ótimo CDO e saídas para ventilação nas pontas (Outflow Channels).

 

i3Pc6aa.gif

 

 

Em relação a sua previsão, permanece a duvida quanto ao exato ponto do landfall (se é que vai ocorrer). Jamaica, Haiti e Cuba segue na rota imediata de Matthew, e independente ou não do landfall sofrerão duramente, uma vez que há um consenso do conjunto dos modelos globais para que o furacão varie entre Categoria 4 ou 5, ao se aproximar destes locais.

 

Mais para frente reina ainda a dúvida, do tão quão próximo, Matthew poderá ficar da costa leste dos EUA. Da Flórida a Boston, toda a costa leste terá que monitorar o progresso do furacão.

 

 

usRQTDM.png

WUIlLI5.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ninguém merece ! Um furacão categoria 5 atingindo países mais pobres. Pior Ainda seria se fosse em direção ao Haiti, mas parece não haver chances disso.

 

Enfim, a população está avisada e em alerta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
MATTHEW APARECENDO DE FORMA "ASSUSTADORA" NA CARTA SINÓTICA DA MARINHA DESSA TARDE

 

Matthew segue ganhando um "Pequeno" destaque na Carta Sinótica da Marinha Brasileira :mosking:

 

cK5PAcf.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Matthew segue ganhando um "Pequeno" destaque na Carta Sinótica da Marinha Brasileira :mosking:

 

Engraçado, pelo Europeu, no WindiTV, ele realmente tem pouco destaque...

 

XCENTDI.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

National Hurricane Center atualizou Matthew ao 12h00, com ventos de 230km/h, permanecendo portanto na Categoria 4.

 

 

SUMMARY OF 1100 AM EDT...1500 UTC...INFORMATION

-----------------------------------------------

LOCATION...13.4N 73.4W

ABOUT 365 MI...590 KM SSW OF PORT AU PRINCE HAITI

ABOUT 390 MI...625 KM SE OF KINGSTON JAMAICA

MAXIMUM SUSTAINED WINDS...145 MPH...230 KM/H

PRESENT MOVEMENT...W OR 270 DEGREES AT 6 MPH...9 KM/H

MINIMUM CENTRAL PRESSURE...947 MB...27.97 INCHES

 

Hurricane Watches foram emitidos para o Haiti, o que significa que a costa deste país está sobre possível impacto para condições de furacões nas próximas 36 horas. Além do Haiti, a Jamaica está sobre Hurricane Watches, e o NHC adverte que ainda hoje, Cuba poderá receber essa classificação.

 

A última previsão do NHC indica para Matthew passando muito próximo da Jamaica na segunda-feira pela manhã, com landfall ocorrendo próximo a Guantanamo/Cuba na terça pela manhã, com força de Categoria 3 ou 4, mediante a previsão.

 

Logo após passar por Cuba, Matthew irá se re-intensificar em "Major Hurricane" novamente, enquanto avança pelas Bahamas de acordo com a previsão.

 

Jy7UAMj.gif

 

 

GFS X ECMWF

 

Os dois seguem divergindo quanto ao progresso de Matthew, o que interessa diretamente os EUA.

 

Falando em curto prazo (Próximas 72 horas), GFS (linhas vermelhas) e ECMWF (linhas amarelas) possuem razoavel acordo, e a grande maioria de seus membros, tende a levar Matthew a meio caminho entre Jamaica e Haiti. No momento é díficil dizer se estará mais próximo de um, ou de outro. Somente alguns membros dos dois modelos, levam Matthew para um landfall na Jamaica ou no Haiti, o que torna portanto improvável, que isto ocorra, se baseando na previsão dos dois modelos.

 

Mais para frente, o landfall em Cuba também é visto com razoavel confiança, porém o local exato, ainda é bem divergente, o que portanto necessitará de tempo para definir com exatidão.

 

A tendência é que entre hoje a noite e amanhã, o furacão comece a se deslocar para norte.

 

MVbP1qm.png

 

A médio-prazo (72-192h), Matthew tem altíssima divergência de trajeto. Enquanto o GFS (vermelho) leva o ciclone perigosamente para a costa leste americana, sendo que vários membros indicam landfall em algum ponto da costa, o Europeu considera improvável que isto aconteça, com a massiva maioria dos membros, levando para alto-mar, a meia distância entre os EUA e as Ilhas Bermudas que não sofreria impactos diretos.

 

Portanto, por enquanto não dá para afirmar se Matthew trará impactos para a costa leste dos EUA. NHC ressalta que ainda é cedo para determinar se isso vai ocorrer ou não. Portanto, os americanos deverão acompanhar de perto a evolução dos modelos nos próximos dias.

 

2XN5eEr.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo o GFS, Matthew enfraquecerá bastante até amanhã de manhã, quando voltará a ganhar intensidade, voltando à Escala 5.

 

2/10 12z

dLg6cdP.png

 

4/10 06z

Sdo9GWn.png

 

Os ventos, no entanto, não devem chegar à força máxima que Matthew alcançou esta madrugada, segundo a última rodada do modelo americano (observe a força máxima do vento no alto do mapa à direita)

 

1/10 06z

wUqnMMm.png

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os ventos, no entanto, não devem chegar à força máxima que Matthew alcançou esta madrugada, segundo a última rodada do modelo americano (observe a força máxima do vento no alto do mapa à direita)

 

[highlight=yellow]Uma dica para previsão de furacão: Jamais interprete um modelo para previsão de Intensidade de Furacão se baseando somente na velocidade do vento!![/highlight].

É tão inocente, quanto falar que NÃO vai nevar na Serra Catarinense só porque o GFS não acusou neve, enquanto as condições são totalmente favoráveis para tal.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Quais as chances de afetar Porto Príncipe ?

 

Landfall de Matthew: Pequena

 

Impactos de Furacão (Chuva forte, Ventos acima de 100km/h): Razoavel/Grande

Share this post


Link to post
Share on other sites
Os ventos, no entanto, não devem chegar à força máxima que Matthew alcançou esta madrugada, segundo a última rodada do modelo americano (observe a força máxima do vento no alto do mapa à direita)
Matthew passou por um ciclo de substituição da parede do olho e está em uma área com cisalhamento entre 20/30 kntos, que é um valor relativamente alto e mesmo assim se enfraqueceu "apenas" para categoria 4, baseado que a tendência atual, será que a medida que se desloca para o norte, o cisalhamento irá diminuir e a temperatura da água do mar estará bem elevada, eu diria que o pico de intensidade ainda pode não ter acontecido.

 

Ciclone está se deslocando para o sul pelas imagens de radar.

Há relatos de pelo menos uma fatalidade na Colômbia.

 

MaracaiboMax_zpsit2sr2lx.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Os ventos, no entanto, não devem chegar à força máxima que Matthew alcançou esta madrugada, segundo a última rodada do modelo americano (observe a força máxima do vento no alto do mapa à direita)
Matthew passou por um ciclo de substituição da parede do olho e está em uma área com cisalhamento entre 20/30 kntos, que é um valor relativamente alto e mesmo assim se enfraqueceu "apenas" para categoria 4, baseado que a tendência atual, será que a medida que se desloca para o norte, o cisalhamento irá diminuir e a temperatura da água do mar estará bem elevada, eu diria que o pico de intensidade ainda pode não ter acontecido.

 

Perfeito!

 

De fato, a verdadeira força de Matthew ainda pode estar por vir!

 

Além do Shear que irá relaxar, joga a favor também o Oceano que está com muita energia disponível (principalmente em torno da Jamaica) para alimentar Matthew...

 

wz2O2bB.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Quais as chances de afetar Porto Príncipe ?

 

Landfall de Matthew: Pequena

 

Impactos de Furacão (Chuva forte, Ventos acima de 100km/h): Razoavel/Grande

 

Nada bom !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Matthew irá "sumir" da grade do ETA nas próximas 48 horas, quando estiver se aproximando da Jamaica.

 

Mesmo sendo um modelo regional para a América do Sul, a previsão do trajeto é bem precisa, seguindo tanto o GFS quanto o ECMWF.

 

M7YQlqU.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Acham então que ele pode figurar no "top 10" dos mais fortes do Atlântico?

 

Muito cedo pra dizer.

 

Pra ele configurar entre os "Top 10" mais fortes do Atlântico, com propriedade, terá que ter pelo menos ventos de mais de 280km/h e pressão menor que 910hpas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ele até o início da tarde Matthew ainda estava se movendo pra SW, embora desde ontem o NHC tenha postado nos boletins que ele se movie pra W. Nas últimas fotos de satélite ele deu uma ré. Não sei se o centro da baixa, mas é visível que no topo o olho deu uma volta em torno de si. Isso só ni visual. Ontem antes de ser classificado como CAT5 o olho estava ziguezagueando em torno de algum eixo, por isso me surpreendi com a classificação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ele até o início da tarde Matthew ainda estava se movendo pra SW, embora desde ontem o NHC tenha postado nos boletins que ele se movie pra W. Nas últimas fotos de satélite ele deu uma ré.

 

Na verdade o centro deu um "giro de 360º" em sentido anti-horário e aparentemente já começa a se deslocar para norte.

 

pRBG5Iv.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Já era previsto, mas é sempre dramático quando lançam os alertas.

[highlight=yellow]NHC está prevendo 500mm de chuva para a costa do Haiti, com picos de 1000mm!!!![/highlight]

 

Storm Surge será outra ameaça séria para inundações generalizadas, inclusive para Porto Príncipe.

Cenário tende a ser de iminente Catástrofe sobre o Haiti!

 

 

RAINFALL: Matthew is expected to produce additional rain

accumulations of 1 to 2 inches over Aruba, Curacao, and Bonaire

through Sunday. Matthew is expected to produce total rain

accumulations of 2 to 4 inches over northern Colombia, northwest

Venezuela, and western Jamaica, with possible isolated maximum

amounts of 6 inches.

 

[highlight=yellow]Matthew is expected to produce total rain accumulations of 15 to 25

inches over southern Haiti, with possible isolated maximum amounts

of 40 inches. Matthew is expected to produce total rain

accumulations of 10 to 20 inches over eastern Jamaica, the Dominican

Republic, and eastern Cuba, with possible isolated maximum amounts

of 25 inches. This rainfall will likely produce life-threatening

flash floods and mud slides.[/highlight]

 

STORM SURGE: The combination of a dangerous storm surge and large

and destructive waves could raise water levels by as much as the

following amounts above normal tide levels...

 

Southern Coast of Cuba east of Cabo Cruz...7 to 11 feet

South Coast of Haiti...5 to 8 feet

Northern Coast of Cuba east of Camaguey...4 to 6 feet

Jamaica...3 to 5 feet

Gulf of Gonave in Haiti...2 to 4 feet

Share this post


Link to post
Share on other sites

O país que nos últimos anos sofreu com uma terrível gerra civil e um devastador terremoto. Pra completar, um furacão categoria 5. Desgraça pouca é bobagem, cruz credo :negative:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Provavelmente devido ao efeito orográfico, vai se formar sobre o Haiti um núcleo convectivo persistente igual aquele que estava ontem à direita de Matthew, com temperaturas de topo até menores que no olho.

A ONU tá lá e precisa fazer algo agora!

 

Essa ida mais pro sul do que o previsto e essa voltinha fizeram os modelos recalcularem a rota e começam a colocar Matthew perigosamente sobre o Haiti.

Ijje589.png

 

Talvez o que o NHC esteja levando em conta seja o efeito orográfico. Na previsão oficial, Porto Príncipe estará a uma distância razoável do centro da tempestade, porém a sotavento. Essa serra ao sul de Porto Príncipe é o suficiente pra potencializar a convecção exatamente sobre a cidade. A cidade pode pegar ventos menos intensos, ma chuva bem mais volumosa.

urHaY3N.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aparentemente, Matthew está voltando a ganhar força novamente.

 

Dá pra observar que ficou um pouco mais simétrico e olho parece estar mais visível nas última horas.

 

xkRZpbE.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Onde se consegue uma animação de satélite mostrando toda a evolução de Matthew, e não só das últimas imagens?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Parecem até dois furacões!

 

OqwH6Qt.gif

 

Pois é, isso está me chamando muito a atenção. Esse furacão é estranho, ele tem esse "calombo" aí grudado nele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deve ser devido ao gradiente de temperatura, a corrente de ar que corre pelo continente frio ao encontrar o Mar do Caribe quente sobe e provoca essa explosão convectiva. Virou um ciclo vicioso.

É um dos furacões mais feios que eu já vi.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Minha nossa senhora............mas isso era o que eu mais temia.......vidas serão ceifadas se isso se confirmar, o que me deixa entristecido !!!!!!!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.