Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Tomás WRuas

Moderators
  • Content count

    1610
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    22

Everything posted by Tomás WRuas

  1. 2019 definitivamente é o ano do adiabático em Floripa. Nesta madrugada, mais uma vez, tivemos a ação do vento zonda, que atuou durante quase 4 horas constantes. A temperatura teve uma elevação súbita de madrugada, o que resultou em máxima de incríveis 26,4° na estação da Avenida das Rendeiras por volta das 7h15min da manhã - horário em que tradicionalmente temos a mínima do dia. A umidade desceu a 41%. Logo após o amanhecer, o vento sul entrou e já tivemos rápida queda de temperatura. E, em alguns instantes, teremos a chegada da tão aguardada chuva em Florianópolis! Estamos sem chuva significativa desde 27 de julho. Algumas estações estão com menos de 2 mm no mês de agosto. Como Floripa não tem estação seca, a vegetação está sofrendo com a falta de chuva, e é bastante notável a flora extremamente amarelada na Ilha. Algumas máximas na madrugada em SC, resultado do adiabático que atingiu do Litoral Sul a Grande Floripa: 29,5° Nova Veneza (02h) 29,1° Imbituba (06h) 28,5° Jacinto Machado (04h) 28,3° Siderópolis (04h) 28,0° Praia Grande (01h) 27,3° Meleiro (03h) 27,2° Torres/RS (02h) 26,4° Florianópolis/Rendeiras (07h) 26,1° Jaguaruna (06h) 25,8° Florianópolis/Canto dos Araçás (7h) 24,8° Laguna (05h)
  2. Sobre Urupema, uma comparaçãozinha interessante entre a MP de julho e a de agora: Temperatura instantânea: 07/07/2019 - 00h: -7,8° 07/07/2019 - 04h: -9,2° 07/07/2019 - 07h: -8,9° mínima: -9,4°C Temperatura instantânea: 14/08/2019 - 00h: -2,1° 14/08/2019 - 04h: -4,6° 14/08/2019 - 07h: -8,7° mínima: -8,8°C
  3. AMANHECER GÉLIDO COM RECORDES NA SERRA GERAL‼️‼️‼️ -8,8° Urupema: menor para agosto desde a instalação em 2010, batendo o recorde anterior de -8,3° em 14/08/2014; -5,3° São Joaquim/Inmet: menor para agosto desde a instalação em 2008, batendo o recorde anterior de -3,8° em 21/08/2011. É somente a quarta vez que a estação bate a marca dos -5°C; -4,0° São José dos Ausentes/Inmet: menor para agosto desde a instalação em 2006, batendo o recorde anterior de -3,1° em 14/08/2014.
  4. Buenas! Em Florianópolis ontem tivemos um dia muito interessante. A noite foi com intensa advecção de vento norte. Ao amanhecer, o incomum vento oeste entrou na ilha trazendo um forte aquecimento adiabático. No Canto dos Araçás e na Avenida das Rendeiras, a máxima ficou na casa dos 28°C. À medida que o adiabático ia amainando, tivemos alguns momentos de calmaria entre as 10h e 14h, tudo com muito calor. Logo depois das 14h, o vento sul da MP que nos influencia hoje entrou com tudo, derrubando a temperatura pra casa dos 18°. Isso causou o fenômeno curioso que o @VitorVM comentou: enquanto o norte da Ilha registrava 32°, a Lagoa da Conceição já estava na casa dos 19°. As máximas ontem, claramente definidas pela latitude (timing da frente): 32,1° Carijós 31,8° Santo Antônio de Lisboa 31,4° Ratones 31,4° São José/Inmet 30,5° Itacorubi 28,1° Aeroporto Hercílio Luz 28,0° Canto dos Araçás 27,7° Avenida das Rendeiras
  5. Os últimos dias foram por demais interessantes também. Quinta feira, dia 1, tivemos uma ventania de norte absurda da pré-frontal, como já comentei aqui. Por volta da meia noite de ontem (sexta), o vento virou pra sul e o ar polar começou a ingressar. Esse vento sul acabou sendo ainda mais forte que a ventania da pré-frontal, batendo 62 km/h nas Rendeiras. A tarde de ontem foi gélida. Eu registrei 11,3° no Canto dos Araçás por volta das 15h, com chuva. Essa chuva era das bandas que provocaram neve na serra e vinham pra cá.
  6. Em tempo: 8,5°/15,5° hoje no Canto dos Araçás. Bela variação, considerando que o dia foi todo ensolarado e com pouco vento.
  7. Muito obrigado, Wallace! Eu estou bastante satisfeito com o monitoramento aqui da Lagoa da Conceição. Quase todos os microclimas do bairro estão monitorados: temos a estação no topo de um prédio na Avenida das Rendeiras, que seguramente é um dos locais mais abertos e ventosos da Ilha; e temos a minha estação aqui no Canto dos Araçás, espremida entre morros de até 480 metros e a lagoa. O que falta é uma estação mais "continental", em uma área plana ou de baixada no centrinho da Lagoa, pra registrar melhores extremos de temperatura. Deixo aqui a mesma foto aérea que coloquei no tópico de Resumos Mensais: Em vermelho a minha PWS do Canto dos Araçás; em azul a da Avenida das Rendeiras e em rosa o local em que futuramente quero instalar mais uma.
  8. Tomás WRuas

    Normais Climatológicas Longas

    Bom Jesus, RS Aberta em: 01/05/1948 Latitude: -28.666667º Longitude: -50.433333º Altitude: 1047.5 metros Tabelando a série diária completa de Bom Jesus, identifiquei 3 locais diferentes em que a estação esteve: 1) 1948-1964, local plano/encosta; 2) 1968-1979, topão; 3) 1980-atual, local plano/encosta.
  9. Pré-frontal severa aqui em Florianópolis. A estação da Avenida das Rendeiras registrou rajada de 59 km/h, puramente do vento norte. Na minha estação, a mínima foi de 17,5° à meia noite, e desde então a temperatura só tem subido. Agora faz 22,0°/75%. Gravei esse vídeo pelas 11h: video_2019-08-01_12-52-24.mp4
  10. PORTO ALEGRE - INMET - JULHO 2019 Tabela da estação automática (2001-19) | As médias e extremos abaixo são da convencional, com anomalias para a normal 1981-2010. Média compensada: 13,6° (-0,5°) Média das mínimas: 9,8° (-0,5°) Média das máximas: 19,3° (-0,3°) Máxima absoluta: 28,7° Mínima absoluta: 2,3° Maior mínima: 17,1° Menor máxima: 10,9° Precipitação: 158,3 mm (+17,0 mm) Observações: Mês que começou com altas expectativas, registrando a primeira quinzena mais fria pra julho desde 1991. Acontece que estamos no pós 2013, e a nossa alegria dura pouco. A segunda quinzena realizou seus trabalhos, suavizando as anomalias pra casa dos -0,x°. Ainda assim, foi o julho mais frio desde 2012. Ou seja, ganhou dos julhos de 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018, que foram todos ou lixos ou normais.
  11. 2019 até hoje no Canto dos Araçás, Lagoa da Conceição, Florianópolis. Janeiro e junho foram os mais quentes da história. A média mínima de maio foi a mais quente da história e julho foi levemente acima da média. Local da estação em vermelho:
  12. E, dessas 9 máximas sub 15°, 8 foram em julho e só uma em junho, que por sinal foi o mais quente da história.
  13. EURO 12z: NEVE, NEVE, NEVE E MAIS NEVE!
  14. Noite com advecção de vento norte em Florianópolis. Algumas mínimas: 14,2° São José/Inmet 16,1° Itacorubi 16,2° Carijós 16,3° Ratones 16,5° Santo Antônio de Lisboa 16,5° Aeroporto Hercílio Luz 18,3° Canto dos Araçás 18,3° Avenida das Rendeiras
  15. Tomás WRuas

    Recordes históricos de frio no Brasil

    Esse é de longe o desinfográfico mais bizonho que eu já vi. Tem que procurar muito pra achar alguma informação correta nisso aí. Só pra citar algumas bizarrices: Xanxerê está indicada no mapa como Paraná, Valões está como Litoral Norte de SC; Curitiba está com média anual de 13,4° (média de São Joaquim); 2019 consta como um dos anos mais frios da história; e por aí vai.
  16. Porto Alegre está tendo um julho muito frio. As anomalias da convencional para a normal 1981-2010 estão em -3,0°/-2,4°. É a primeira quinzena de julho mais fria desde 1991 na cidade. O mês na automática do Inmet até hoje:
  17. A Epagri liberou ontem a mínima real de Urupema, que estava sob análise. Tinham liberado só o dado instantâneo: Mas agora temos a mínima real: -9,38°, a menor temperatura registrada oficialmente no país desde 1991, quando deu -10,0° no Inmet de São Joaquim.
  18. Florianópolis neste mês de julho até agora:
  19. atualizado 08/07/2019. Maiores amplitudes Janeiro: 22,5° (1,4°/23,8° em 30/01/2018) Fevereiro: 20,2° (1,5°/25,3° em 03/02/2018) Março: 22,4° (4,1°/26,5° em 13/03/2018) Abril: 23,7° (-4,4°/19,3° em 28/04/2017) Maio: 28,5° (-5,3°/23,2° em 09/05/2013) Junho: 24,7° (-4,3°/20,4° em 09/06/2018) Julho: 25,7° (-2,3°/23,4° em 30/07/2013) Agosto: 27,2° (-2,8°/24,4° em 14/08/2018) Setembro: 28,6° (-3,7°/24,9° em 07/09/2018) Outubro: 22,6° (-2,0°/20,6° em 28/10/2013) Novembro: 23,0° (0,6°/23,6° em 13/11/2017) Dezembro: 23,9° (2,5°/26,4° em 27/12/2010) Ano: 28,6° (-3,7°/24,9° em 07/09/2018) méd. 24h (méd. mín / méd. máx / mín / máx) - prec 2010 12,6 (07,2 / 19,5 / -04,7 / 27,9) AGO 08,8 (03,0 / 16,4 / -03,6 / 26,1) - ___,_ mm SET 12,2 (08,0 / 18,1 / -01,7 / 25,3) - ___,_ mm OUT 11,7 (05,4 / 18,8 / -04,7 / 24,5) - ___,_ mm NOV 14,1 (08,5 / 21,2 / -01,8 / 26,9) - ___,_ mm DEZ 16,3 (11,1 / 22,9 / 02,5 / 27,9) - ___,_ mm 2011 12,7 (07,6 / 19,3 / -08,8 / 29,4) JAN 18,7 (13,8 / 25,3 / 09,1 / 28,4) - ___,_ mm FEV 18,3 (14,5 / 23,8 / 08,1 / 26,7) - ___,_ mm MAR 15,7 (11,3 / 21,5 / 03,9 / 24,4) - ___,_ mm ABR 13,0 (07,3 / 20,3 / 01,2 / 24,5) - ___,_ mm MAI 09,0 (04,3 / 15,6 / -04,6 / 20,2) - ___,_ mm JUN 06,6 (01,7 / 14,2 / -08,8 / 20,1) - ___,_ mm JUL 08,8 (04,8 / 15,1 / -07,5 / 22,3) - ___,_ mm AGO 09,6 (05,1 / 15,6 / -08,0 / 23,1) - 441,5 mm SET 10,1 (03,6 / 17,2 / -05,6 / 27,4) - 155,2 mm OUT 12,9 (06,9 / 19,7 / 00,8 / 25,5) - 114,6 mm NOV 14,2 (08,1 / 21,2 / 00,1 / 26,4) - 84,6 mm DEZ 15,3 (09,4 / 21,8 / 00,1 / 29,4) - 138,2 mm 2012 13,3 (07,9 / 20,4 / -08,4 / 30,5) JAN 16,9 (12,2 / 23,4 / 04,5 / 27,3) - 228,0 mm FEV 18,4 (13,2 / 25,3 / 07,4 / 28,5) - 190,4 mm MAR 15,1 (08,5 / 23,8 / -01,7 / 28,5) - 38,4 mm ABR 12,7 (07,7 / 19,6 / -00,1 / 24,1) - 81,6 mm MAI 09,5 (03,5 / 17,0 / -05,3 / 23,0) - 49,4 mm JUN 07,9 (01,9 / 16,1 / -08,4 / 23,5) - 173,8 mm JUL 08,0 (02,9 / 14,4 / -05,1 / 21,6) - 131,2 mm AGO 11,6 (06,5 / 18,1 / -01,6 / 23,0) - 20,8 mm SET 11,6 (05,7 / 19,2 / -02,7 / 26,8) - 92,2 mm OUT 14,1 (09,2 / 20,4 / 02,8 / 27,3) - 156,8 mm NOV 15,5 (09,8 / 22,9 / 03,6 / 28,1) - 47,8 mm DEZ 18,7 (13,5 / 25,3 / 08,0 / 30,5) - 144,8 mm 2013 12,6 (06,9 / 19,1 / -07,4 / 30,2) JAN 16,1 (10,4 / 22,6 / 02,1 / 26,3) - 116,0 mm FEV 17,1 (13,0 / 22,7 / 07,7 / 28,8) - ___,_ mm MAR 14,3 (09,7 / 20,2 / 02,0 / 24,8) - ___,_ mm ABR 11,5 (04,9 / 19,4 / -02,4 / 23,7) - ___,_ mm MAI 09,8 (02,6 / 17,1 / -06,8 / 25,2) - 53,2 mm JUN 09,1 (03,2 / 15,4 / -03,8 / 20,4) - ___,_ mm JUL 07,8 (00,8 / 15,5 / -07,4 / 25,7) - ___,_ mm AGO 09,3 (03,4 / 15,7 /-04,1 / 25,4) - ___,_ mm SET 11,2 (05,5 / 17,1 / -02,9 / 26,4) - ___,_ mm OUT 12,6 (07,3 / 18,2 / -02,0 / 23,3) - ___,_ mm NOV 15,2 (09,7 / 20,8 / 01,0 / 27,2) - ___,_ mm DEZ 17,7 (11,8 / 24,1 / 07,8 / 30,2) - ___,_ mm 2014 14,2 (08,6 / 20,2 / -08,3 / 32,3) JAN 19,1 (12,8 / 25,7 / 06,1 / 31,1) - ___,_ mm FEV 18,1 (12,2 / 25,0 / 07,4 / 32,3) - ___,_ mm MAR 16,4 (11,2 / 22,0 / -01,4 / 27,3) - ___,_ mm ABR 13,9 (09,2 / 19,1 / -02,1 / 25,2) - ___,_ mm MAI 10,5 (04,8 / 16,8 / -02,8 / 23,2) - ___,_ mm JUN 10,4 (05,8 / 15,2 / -07,7 / 21,0) - ___,_ mm JUL 09,6 (04,5 / 15,0 / -03,8 / 23,2) - ___,_ mm AGO 10,8 (02,9 / 18,8 / -08,3 / 25,0) - ___,_ mm SET 13,1 (08,0 / 18,2 / -02,2 / 26,4) - ___,_ mm OUT 15,1 (09,2 / 21,9 / -00,7 / 27,5) - ___,_ mm NOV 15,8 (10,1 / 21,8 / 01,5 / 25,4) - ___,_ mm DEZ 17,4 (12,2 / 23,1 / 01,5 / 27,9) - ___,_ mm 2015 14,3 (09,2 / 19,9 / -06,3 / 28,8) JAN 18,8 (13,7 / 25,0 / 08,5 / 28,7) - 216,8 mm FEV 17,9 (12,8 / 23,8 / 05,1 / 27,8) - 92,8 mm MAR 16,3 (11,5 / 22,2 / 05,8 / 25,9) - 116,3 mm ABR 13,5 (07,5 / 19,7 / 01,3 / 24,7) - 89,0 mm MAI 11,4 (07,3 / 15,8 / -01,9 / 20,8) - 82,2 mm JUN 09,1 (02,9 / 15,6 / -06,0 / 21,6) – 105,0 mm JUL 10,1 (05,1 / 15,2 / -03,6 / 21,1) - 260,4 mm AGO 13,0 (06,7 / 20,0 / -01,8 / 27,8) - 56,0 mm SET 12,9 (07,3 / 18,8 / -06,3 / 28,8) - 248,4 mm OUT 14,5 (10,3 / 19,5 / 00,7 / 26,7) - 328,6 mm NOV 15,7 (11,5 / 20,4 / 06,0 / 26,7) - 109,2 mm DEZ 18,2 (13,9 / 23,1 / 05,2 / 27,3) - 148,2 mm 2016 13,2 (07,4 / 19,6 / -08,5 / 30,0) JAN 18,3 (13,1 / 24,0 / 05,6 / 28,0) - 142,0mm FEV 18,8 (14,0 / 24,4 / 01,5 / 28,5) - 142,4 mm MAR 15,8 (10,6/ 21,5 / 03,1 / 25,8) - 176,8 mm ABR 15,9 (10,4 / 22,0 / -04,0 / 27,5) - 150,8 mm MAI 09,6 (05,3 / 14,6 / -04,3 / 19,4) - 127,2 mm JUN 05,8 (-0,9 / 13,0 / -08,5 / 20,1) - 31,2 mm JUL 08,4 (01,5 / 16,0 / -07,1 / 21,2) - 107,0 mm AGO 09,9 (03,0 / 16,9 / -05,4 / 25,2) - 100,2 mm SET 10,2 (02,9 / 17,5 / -03,1 / 22,8) - 80,2 mm OUT 13,1 (08,1 / 18,4 / -02,0 / 26,4) - 213,8 mm NOV 15,2 (08,6 / 22,8 / 00,1 / 28,3) - 102,6 mm DEZ 17,6 (12,0 / 24,1 / 02,9 / 30,0) - 245,4 mm 2017 14,4 (08,6 / 21,1 / -07,5 / 30,4) JAN 19,1 (13,6 / 25,8 / 05,6 / 28,7) - 185,4 mm FEV 19,7 (14,6 / 26,5 / 09,5 / 30,4) - 105,2 mm MAR 17,2 (12,2 / 23,6 / 04,6 / 28,2) - 122,2 mm ABR 13,8 (08,4 / 20,0 / -04,4 / 24,4) - 131,6 mm MAI 13,0 (08,0 / 18,1 / -00,0 / 24,8) - 308,8 mm JUN 10,4 (04,5 / 16,6 / -01,4 / 22,0) - 194,6 mm JUL 09,5 (2,8 / 17,7 / -07,5 / 25,3) - 17,4 mm AGO 10,5 (4,2 / 17,6 / -03,0 / 26,2) - 121,8 mm SET 14,7 (08,3 / 22,1 / 02,6 / 28,5) - 36,8 mm OUT 13,9 (07,5 / 19,7 / -03,2 / 29,4) - 120,6 mm NOV 14,2 (07,2 / 21,2 / 00,4 / 28,5) - 123,0 mm DEZ 17,1 (11,7/ 24,0 / 05,7 / 29,5) - 170,4 mm *Em itálico dados do Coutinho, média compensada.
  20. Na verdade, a estação com 10° está no Morro de Urupema (ou Morro das Antenas/Torres) a 1750 m. A cidade fica na baixada. A estação com -2° é a do Parque de Exposição, o fundo do fundo da baixada, por isso tem mínimas tão boas. Nenhuma das duas representa 100% o clima da cidade. A Davis Chalé Vale das Araucárias (http://api.wunderground.com/personal-weather-station/dashboard?ID=ISANTACA13) fica dentro da área urbana de Urupema e representa bem o clima que os moradores presenciam. Aqui tem os detalhes da estação de Urupema da Epagri, na baixada:
  21. Tomás WRuas

    Urupema (Epagri/Ciram)

    Pra ser sincero, eu também achava. Sempre liderando, algumas vezes com diferença boa para as outras. Bom, está explicado o porquê. Peguei no site a atualização das 17h logo depois que fui ver o riozinho (tem isso no vídeo) e fiquei bastante surpreso ao ver os 2,9°, bem como estávamos medindo no termo, ainda um pouco acima. Local escolhido a dedo pelo @coutinho!
  22. Detalhes da visita que eu e mais alguns bazianos fizemos à estação de Urupema no entardecer de sábado, antes da madrugada que registraria a mínima de -9,2°. Tem vídeos, fotos e comparações de valores medidos no nosso termômetro e na estação. Confiram lá:
  23. Tomás WRuas

    Urupema (Epagri/Ciram)

    No entardecer de sábado (6), o dia anterior aos -9,2°, estivemos eu, @Felipe Backendorf, @Augusto Goelzer e o @VitorVM no local da famosa estação de Urupema, no Parque de Exposição da cidade. Chegamos às 17h e ficamos até pouco antes das 18h. Fomos com um termo-higrômetro calibrado, aferido pouco antes na Davis Pro do Chalé Vale das Araucárias, que fica dentro da área urbana de Urupema: Já no local da estação, chamava a atenção o formato fechado da baixada, protegida em todos os lados por morros bem significativos. Nós passamos por uma área mais baixa, depois subimos uma coxilha e descemos novamente até a beira do rio, onde fica a estação, a 1325 metros. É a baixada da baixada. Abaixo, à esquerda, no ponto rosa, o local da estação. Bom, vamos aos dados. Nós medimos 2,3° logo que chegamos, por volta 17h. A temperatura foi oscilando bem, porque algumas rajadas de vento ainda atingiam a baixada devido à advecção. Marcou 2,2° antes de dar uma leve disparada, pouco depois das 17h. A instantânea na estação da Epagri às 17h foi de 2,91° e a mínima horária 2,88°. Ficamos por lá até pouco antes das 18h. Estávamos na expectativa de pegar a estação negativando, mas quando o termo-higrômetro marcou 0,1°, por volta das 18h45, uma rajada de vento fez a temperatura disparar. Nesse ponto desistimos e fomos embora, porque já estávamos com certa pressa de voltar a São Joaquim. A mínima horária entre 17h e 18h na estação da Epagri ficou em 0,75°, mesmo valor da instantânea 18h. Claro, no nosso sensor desabrigado as variações são mais bruscas em uma situação dessas do que no sensor abrigado da estação, talvez por isso essa pequena diferença entre termo-higrômetro e Epagri. Abaixo o vídeo editado com as gravações que fizemos no local, além de algumas fotos. Vista para W.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.