Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Felipe F

Furacões no Atlântico Norte e Pacífico Leste/Central - 2019

Recommended Posts

Voo de reconhecimento segue em direção a Dorian.

EDda80wXoAI9jK7?format=jpg&name=4096x4096

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quatro áreas sendo observadas no Atlântico.

As duas áreas saindo da África possuem as maiores chances de desenvolvimento, com modelos a longo prazo indicando que a última onda poderia ser um forte furacão.

 

EDdQNpiX4AQZsTK?format=jpg&name=900x900

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutos atrás, Renan disse:

As lives de cobertura do furacão estão bombando nas redes sociais e no Youtube. Os estadunidenses fazem um trabalho ímpar no monitoramento de eventos meteorológicos severos, é impressionante. 

 

Brevemente vamos saber a dimensão real dos estragos nas Bahamas. Infelizmente acredito que serão danos extraordinários, como nunca antes vistos por lá. Já para os EUA, sinceramente, acredito que vão passar bem por essa ! Os modelos não devem errar a rota prevista, e quando houver o landfall nos EUA - se houver -, Dorian já terá enfraquecido.

Na verdade deve demorar alguns dias para melhores informações das Bahamas, pois Dorian pode ficar parado na região por quase 2 dias.

Todos os modelos estão indicando uma rota mais perto da costa e alguns seguem indicando o landfall.

O local exato do landfall ainda não sabemos, mas hoje a maior chance é que seja nas Carolinas ainda como um furacão muito forte (no mínimo categoria 3). 

 

GFS

Imagem

 

EURO

Imagem

 

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

DORIAN REBAIXADO PARA CATEGORIA 4

 


11:00 AM EDT Mon Sep 2
Location: 26.8°N 78.3°W
Moving: W at 1 mph
Min pressure: 922 mb
Max sustained: 155 mph

 

095412_5day_cone_no_line_and_wind.png.d4e585359a5655acf5f769ca99d07d56.png

Edited by edsr97
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Felipe F disse:

Quatro áreas sendo observadas no Atlântico.

As duas áreas saindo da África possuem as maiores chances de desenvolvimento, com modelos a longo prazo indicando que a última onda poderia ser um forte furacão.

 

EDdQNpiX4AQZsTK?format=jpg&name=900x900

São três ou quatro sistemas possíveis se formando?

Próximos nomes: Fernand, Gabrielle, Humberto e Imelda.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Faz mais de 26 horas que o Josh Morgerman não reporta nada. Galera tá começando a ficar preocupada.

 

  • Like 1
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

tem que ter mto estômago pra morar num lugar sujeito a furacões intensos. mas pra algumas pessoas nem é uma opção.

 

ainda mais ter casa a beira da praia num lugar mto plano. qualquer ano da sua vida pode vir algo e destruir tudo.

 

Edited by Nowcasting

Share this post


Link to post
Share on other sites

Impressão minha ou Dorian começa a ganhar um aspecto anular?

EDezFmwXkAAOwQ3.jpeg

Edited by Tavares
  • Like 1
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Darley disse:

São três ou quatro sistemas possíveis se formando?

Próximos nomes: Fernand, Gabrielle, Humberto e Imelda.

 

Isso, o sistema no Golfo pode ser uma depressão ainda hoje.

 

Imagem

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, eu queria que tivesse mais ciclones tropicais no Atlântico brasileiro 😭😭😭

  • Confused 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Tavares disse:

Faz mais de 26 horas que o Josh Morgerman não reporta nada. Galera tá começando a ficar preocupada.

 

Acho que ele está bem, durante a interceptação do muito enfraquecido Yutu nas Filipinas ele ficou quase 2 dias inteiros sem dar notícia. Toda a região está sem energia e sinal de internet, e ele deve estar ajudando as vítimas na medida do possível.  Josh é experiente e não se meteria numa roubada, ao contrário de alguns que sobreviveram ao Michael por sorte ano passado (teve um que estava dirigindo na parede do olho em Mexico Beach quando o "storm surge" começou a invadir a estrada e o carro quase aquaplanou, se estivesse um pouco atrás teria ficado por ali).

 

Jim Edds e todos que estavam no Hope Town em Elbow Key com ele estão bem, deve ter conseguido contato por telefone via satélite.  Ele registrou uma pressão mínima de 911,2 mb no olho de Dorian (concordando com as medições dos Hurricane Hunters).  Novos vídeos e mais informações só devem chegar mais tarde, quando a comunicação for minimamente restabelecida ou ele voltar para os EUA.

 

Freeport acabou escapando dos ventos mais fortes ficando na área externa da parede oeste do olho (uma PWS funcionou até o início da tarde e se a cidade teve rajadas de cat 2 foi muito, com pressão mínima de 985 mb), mas mesmo assim a pista de ventos (de um Dorian quase parado) deslocou uma imensa quantidade de água desde o o norte que inundou o aeroporto e várias casas na região (como mostram os  vídeos).  O lado leste de Grand Bahama sofreu com o assalto incansável de um Dorian ainda mais forte (a parede leste do olho também permaneceu mais forte), e por sorte toda a região é muito pouco povoada.

 

Agora Dorian já deve estar na base da categoria 4 ou no topo da categoria 3, o NHC costuma ser bem conservador (lento) na hora de enfraquecer um furacão, e a virada para  norte finalmente começou mas em ritmo de tartaruga (no geral, dentro do esperado).  O pior já passou, efeitos nos EUA serão mais discretos e apenas na costa pode haver algum dano mais significativo em alguns pontos.  Mesmo que haja um "landfall" na Carolina do Norte será parecido com outros furacões recentes (cat 1, no máximo 2), e com menos chuva que Florence por exemplo.

Edited by Wallace Rezende
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.