Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Carlos Dias

Climatologia, Resumos mensais, desvios, médias...

Recommended Posts

Mais uma matéria do jornal O Globo do Rio de Janeiro falando do Caos Climático no ano de 2047.A terceira reportagem desde o relatório do IPCC em setembro,todas ocupando quase uma página do jornal.

Na matéria do O Globo do dia 10/10 escreveram que a temperatura média da cidade do Rio de Janeiro vai subir dos atuais 23,5ºC para 26,0ºC em 2047 e citaram São Paulo também, disseram que a média paulistana atual é de 22,0ºC(essa média esta errada) e subirá para 24,5ºC em 2047.

Quanto a cobertura das nevadas do Paraná e Santa Catarina em julho,ocupou 1/6 da página, o restante foi propaganda de grande loja de eletroeletrônicos.Na minha opinião não foi a visita do papa Francisco que ofuscou uma melhor cobertura das nevadas não, é falta mesmo de interesse em fazer uma matéria mais completa sobre as nevadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Na matéria do O Globo do dia 10/10 escreveram que a temperatura média da cidade do Rio de Janeiro vai subir dos atuais 23,5ºC para 26,0ºC em 2047 e citaram São Paulo também, disseram que a média paulistana atual é de 22,0ºC(essa média esta errada) e subirá para 24,5ºC em 2047.

 

Marinho, a média anual oficial de S Paulo (Mirante de Santana), com base na normal climatológica 1961/1990 é de 19,3 e na 1981/2010 foi para 20,0.

 

No Aero do Galeão a média anual (1981/2010) é de 24,2. Na estação 83743 22,55 Lat 43,1 Lon , a média é de 23,7 (Normal 1961/1990) sendo que a convencional atual 22,9 Lat 43,19 Lon se trata de localizações diferentes.

 

Qto a estação convencional está totalmente fora de padrão . Ela está localizada na Praça Mauá, num terraço cercado de paredes altas e o sol ali bate durante toda a tarde, uma tremenda estufa é ali. na minha opinião e se tratanto que o Rio de Janeiro é a cidade numero em turismo, se trata da estação do Inmet que está mais fora do padrão do País. Antigamente a estação ficava no aterro mais isso há mais de 20 anos atrás...No Aterro do Flamengo os dados que vi, concluo que são mais confiáveis pois condizem mais com a cidade.Qto a normal da convencional do Rio é uma salada pois conta com mais de 1 local entre 61/90...é pra jogar fora infelizmente. A unica estação meteorologica do Rio de Janeiro que teve a normal 31/60 e a 61/90 foi a estação do Inmet localizada em Bangu , mas foi fechada em 2002 devido a vandalismo frequentes e o Inmet decidiu desativar a estação.

 

Finalizando, a estação da Praça Mauá é pra desconsiderar totalmente pois está totalmente fora dos padroes. O Galeão na minha visão é bem representativo e qto as automaticas , a do Forte Copacabana apesar de estar próxima a orla, tambem penso que representa bem a cidade que possue dezenas micro-climas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Difícil estabeler para o Rio o que seria uma estação que represente bem o clima

da cidade. Penso ser o Rio a cidade com maior número de micro-climas do Brasil,

superando até mesmo Floripa ou São Paulo neste quesito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Porto Alegre RS - Convencional Inmet - Normal Climatológica (1981/2010)

 

[tabela]L=Mês&Média Mensal

L=Jan&24,8&

L=Fev&24,7&

L=Mar&23,5&

L=Abr&20,6&

L=Mai&16,9&

L=Jun&14,6&

L=Jul&14,1&

L=Ago&15,5&

L=Set&16,7&

L=Out&19,5&

L=Nov&21,4&

L=Dez&23,5&

L=Ano&19,7&[/tabela]

 

**Faltaram na elaboração os seguintes meses - Março 1986 / Junho 1986 / Abril 1988 / Junho 1988

Share this post


Link to post
Share on other sites
Difícil estabeler para o Rio o que seria uma estação que represente bem o clima

da cidade. Penso ser o Rio a cidade com maior número de micro-climas do Brasil,

superando até mesmo Floripa ou São Paulo neste quesito.

O Rio tem serras de até 700 m de altitude separando uma área da outra.

Locais com muita influência marítima, outros em que os ventos do mar não chegam, ainda outros mais abertos aos ventos continentais...

 

Acho que o Rio tem mais micro-climas que Sampa.

Aqui na capital paulista, pesa bastante a diferença entre as áreas mais urbanizadas e as mais verdes.

Também a zona sul se diferencia bem, quando temos a influência marítima, como já foi muito comentado aqui, pelo Artur, Carlos Dias, Juzinho, Troyano...

 

Quanto ao relevo, o ponto mais baixo da zona urbana de Sampa é na confluência dos rios Pinheiros e Tietê, a 718 m.

As áreas urbanas mais altas estão nos 900 m de altitude, nas primeiras elevações da serra da Cantareira.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Excelente Aldo....qdo tiver tempo , gostaria que fizessse Floripa e Porto Alegre

 

abraço

Carlos, infelizmente, sem chances. :sad: :negative:

 

1. Floripa não tem nenhum ano completo, entre 1981 e 1990.

Eu tenho calculada a média 1992-2012. Falta também 1991. :hysteric:

 

2. Porto Alegre: faltam 1984, 85, 86 e 1987.

O resto parece estar completo...

 

EU TENHO, SÓ FALTA NOV E DEZ DE 1990.

 

TEM MP P/TÍ.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Difícil estabeler para o Rio o que seria uma estação que represente bem o clima

da cidade. Penso ser o Rio a cidade com maior número de micro-climas do Brasil,

superando até mesmo Floripa ou São Paulo neste quesito.

O Rio tem serras de até 700 m de altitude separando uma área da outra.

Locais com muita influência marítima, outros em que os ventos do mar não chegam, ainda outros mais abertos aos ventos continentais...

 

Acho que o Rio tem mais micro-climas que Sampa.

Aqui na capital paulista, pesa bastante a diferença entre as áreas mais urbanizadas e as mais verdes.

Também a zona sul se diferencia bem, quando temos a influência marítima, como já foi muito comentado aqui, pelo Artur, Carlos Dias, Juzinho, Troyano...

 

Quanto ao relevo, o ponto mais baixo da zona urbana de Sampa é na confluência dos rios Pinheiros e Tietê, a 718 m.

As áreas urbanas mais altas estão nos 900 m de altitude, nas primeiras elevações da serra da Cantareira.

 

Aldo apenas para complementar seu excelente post , através do Google Earth descobri que os distritos de Cidade Tiradentes , Iguatemi , São Rafael ambos na Zona Leste e o campeão de "terras altas " Jaraguá na região Oeste , tem algumas áreas urbanizadas acima dos 900 metros de altitude .Fora como você comentou os condomínios da Serra da Cantareira . O bairro mais alto que localizei foi a localidade entre o Pq Taipas e o Sítio Botuquera com 1000 metros de altitude .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Carlos, infelizmente, sem chances. :sad: :negative:

 

1. Floripa não tem nenhum ano completo, entre 1981 e 1990.

Eu tenho calculada a média 1992-2012. Falta também 1991. :hysteric:

 

2. Porto Alegre: faltam 1984, 85, 86 e 1987.

O resto parece estar completo...

 

EU TENHO, SÓ FALTA NOV E DEZ DE 1990.

 

TEM MP P/TÍ.

FLORIPA...1990...REVISADA

 

1990 24.1 25.3 24.3 23.1 17.6 15.6 14.3 16.3 17.3 20.8 23.8 23.8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aldo apenas para complementar seu excelente post , através do Google Earth descobri que os distritos de Cidade Tiradentes , Iguatemi , São Rafael ambos na Zona Leste e o campeão de "terras altas " Jaraguá na região Oeste , tem algumas áreas urbanizadas acima dos 900 metros de altitude .Fora como você comentou os condomínios da Serra da Cantareira . O bairro mais alto que localizei foi a localidade entre o Pq Taipas e o Sítio Botuquera com 1000 metros de altitude .

:good:

 

Tenho parentes que moram no Jaraguá.

Para quem não é de Sampa, é o bairro onde fica o famoso Pico do Jaraguá.

Algumas ruas chegam praticamente na base do pico, que é um parque.

Realmente, lá existem áreas urbanizadas bem altas, de onde se avista a maior parte da cidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Comparativo SP - Mirante de Santana x Riacho Grande (Davis)

 

São Paulo SP: 17,7 - 4 meses.

 

Jun: 18,0 (14,9 / 22,6 / 10,6 / 26,9) 142,2 mm

Jul: 16,1 (12,2 / 21,5/ 05,5 / 27,0) 78,4 mm

Ago: 17,7 (12,8 / 24,5 / 07,7 / 30,5) 8,2 mm

Set: 19,0 (15,0 / 25,0 / 09,3/ 32,4) 87,0 mm

 

Riacho Grande SP: 15,7 - 4 meses

 

Jun: 16,5 (13,8 / 21,1 / 09,9 / 26,2) - 113,3 mm

Jul: 14,0 (11,0 / 19,2/ 04,1 / 26,9) - 62,0 mm

Ago: 15,5 (11,3 / 22,1 / 06,6 / 30,3) 18,3 mm

Set: 16,8 (13,1 / 23,0 / 07,6/ 32,1) 72,6 mm

Share this post


Link to post
Share on other sites
Na minha opinião a urbanização no entorno do Mirante de Santana já atingiu seu ápice, e este aquecimento ou terá uma desaceleração ou vai parar de vez, não saindo de onde está. Num momento em que eu estiver com um tempinho vou fazer um gráfico com as médias anuais de SP (Mirante) dos últimos 30 anos. Mas eu acho que não aquece mais do que agora.

 

 

Penso que se manterá estável também, mas a expansão da grande SP pode trazer ainda algum acréscimo de temperatura nos próximos 20 anos. Notavelmente, onde moro percebi este aquecimento, mas creio que a tendencia é estabilizar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Na minha opinião a urbanização no entorno do Mirante de Santana já atingiu seu ápice, e este aquecimento ou terá uma desaceleração ou vai parar de vez, não saindo de onde está. Num momento em que eu estiver com um tempinho vou fazer um gráfico com as médias anuais de SP (Mirante) dos últimos 30 anos. Mas eu acho que não aquece mais do que agora.

 

 

Penso que se manterá estável também, mas a expansão da grande SP pode trazer ainda algum acréscimo de temperatura nos próximos 20 anos. Notavelmente, onde moro percebi este aquecimento, mas creio que a tendencia é estabilizar.

 

Sim, penso que haverá aquecimento tal qual o do Mirante em regiões onde a urbanização ainda não está 100%.

 

E tem mais um assunto que eu estive pensando hoje enquanto voltava do dentista: o aumento das chuvas de verão na capital pode ter alguma relação com o aumento de partículas sólidas e poluentes? Pensei nisso tendo como base a 'semeadura' de nuvens, que causa um aumento na precipitação. Os poluentes serviriam de semeadura para nuvens convectivas, aumentando assim a precipitação, pois partículas sólidas aumentam o número de núcleos de congelamento ou condensação. Estou doido ou pode mesmo ter uma relação?

 

 

Suponho, que você supõe que todo o aquecimento de São Paulo seja causado pela UHI. Eu diria que só uma parte....e talvez a menor parte.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

E tem mais um assunto que eu estive pensando hoje enquanto voltava do dentista: o aumento das chuvas de verão na capital pode ter alguma relação com o aumento de partículas sólidas e poluentes? Pensei nisso tendo como base a 'semeadura' de nuvens, que causa um aumento na precipitação. Os poluentes serviriam de semeadura para nuvens convectivas, aumentando assim a precipitação, pois partículas sólidas aumentam o número de núcleos de congelamento ou condensação. Estou doido ou pode mesmo ter uma relação?

Já vi entrevistas de meteorologistas e técnicos da área que fazem esta relação entre o aumento da pluviosidade e a ilha de calor urbana de Sampa.

 

Segundo os boletins do IAG, na estação deles, desde 1933, há uma tendência de aumento nos volumes de chuva e diminuição no nº de dias de chuva.

Isto é, está chovendo mais em menos dias.

Em outras palavras: mais temporais e menos chuvas (Leves a moderadas) duradouras.

 

Uma perguntinha para complicar :mosking: : não poderia ser menor frequência de ZCAS's também?

Share this post


Link to post
Share on other sites

S.J/INMET

 

55/2013 (ATÉ SET.) 81/2010

 

J; 17,2 17,2

F; 17,2 17,1

M; 16,1 16,2

A; 13,6 13,9

M; 11,1 11,0

J; 09,7 09,8

J; 09,6 09,2

A; 10,8 10,9

S; 11,5 11,0

O; 13,3 13,4

N; 14,7 14,8

D; 16,3 16,3

A; 13,4 13,4

 

2013/INMET CONV.

 

16,1 -1,1/-1,1

16,8 -0,4/-0,3

14,5 -1,6/-1,7

13,4 -0,2/-0,5

11,2 +0,1/+0,2

10,2 +0,5/+0,4

09,3 -0,3/+0,1

09,6 -1,2/-1,3

11,8 +0,3/+0,8

Share this post


Link to post
Share on other sites

O início do ano foi gelado em São Joaquim, heim?

 

O inverno foi xoxo até Julho, quando chegou "aquela"

onda de frio do final do mês. O show continuou até o

final de Agosto, quando posteriormente esquentou

e as flores da primavera surgiram.

 

Desnecessário dizer como foi o inverno por aqui.

:negative:

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Sim, penso que haverá aquecimento tal qual o do Mirante em regiões onde a urbanização ainda não está 100%.

 

E tem mais um assunto que eu estive pensando hoje enquanto voltava do dentista: o aumento das chuvas de verão na capital pode ter alguma relação com o aumento de partículas sólidas e poluentes? Pensei nisso tendo como base a 'semeadura' de nuvens, que causa um aumento na precipitação. Os poluentes serviriam de semeadura para nuvens convectivas, aumentando assim a precipitação, pois partículas sólidas aumentam o número de núcleos de congelamento ou condensação. Estou doido ou pode mesmo ter uma relação?

 

 

Suponho, que você supõe que todo o aquecimento de São Paulo seja causado pela UHI. Eu diria que só uma parte....e talvez a menor parte.

 

Abraços

 

Aqui cabe uma visão mais ampla do cenário climático do PR pra cima. Está claro, olhando as anomalias positivas destes estados pra cima, sobretudo ao final deste inverno, que com a mudança de padrões de ventos, posicionamento de jatos polar e tropical, menor frequencia do efeito conhecido como "Poço dos Andes", posicionamento dos ASAS mais pra fora ou pra dentro do continente que o normal, oscilação decadal do pacífico, SOI, Oscilação decadal do Atlântico (faltou mais alguma coisa?), tivemos o aumento médio de temperaturas não só em locais urbanizados, como também em locais com pouca presença urbana. Ou vcs acham que o PNI, não chegava a -10 num passado não tão distante? Olhem os dados do Renan, colaborando com esse aumento de temperaturas médias. Então, a UHI neste caso tem o menor dos impactos, somente um estudo fechando todos os pontos monitoráveis (PDO, AAO, SOI, UHI, ENSO, observações satelitais, etc etc etc), poderia dizer qual é a verdade sobre o aquecimento, por exemplo, da Grande SP.

 

Este ano caiu um mito sobre a grande SP. Não só a mídia, mas muita gente pensava que as menores temperaturas do ano na grande SP se dariam sob céu limpo e forte MP, sem vento. Pois bem, a mínima do Mirante deste ano se deu sob condições de céu fechado, forte MP e ventoso. Por isso não podemos considerar que a UHI é o fator principal de aquecimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tanto é verdade que as temperaturas na região metropolitana de Sampa (Estações do CGE, do INMET (Guarulhos, Mirante, Barueri), CPTEC-Marsilac, IAG, CIIAGRO (Juquitiba e São Lourenço da Serra), aeroportos, etc, tiveram diferenças pouco superiores (Questão de décimos) a 2°C na mínima no dia 24/07.

 

Praticamente todas as mínimas estiveram entre 4 e 6°C naquele dia.

 

Em noites frias de céu claro e sem vento, a diferença chega a ser superior a 10°C.

 

É interessante dizer também que a ocorrência de baixas temperaturas pela advecção de ar frio, embora sejam muito menos comuns que na região sul, já aconteceram várias vezes no passado aqui em Sampa.

Um caso clássico foi 1975.

O Mirante registrou 1,5°C na manhã de 18/07/75 devido à advecção de ar frio (O céu começou a limpar no fim da madrugada).

No dia 19, quando o frio ia ser causado principalmente pela radiação noturna, o céu ficou encoberto.

Mesmo assim, o Mirante registrou 3,2°C na manhã do dia 19, com céu encoberto durante toda noite e madrugada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumindo, de anos em anos, quando temos a porrada da advecção, nem a urbanização segura! Então temos que ainda existem condições para termos forte frio em Sampa. E acho que o que vimos este ano, deverá ser superado em algum ano próximo pra frente!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Artur..o weatherlink é a salvação do PNI...fiquei 4 horas sem luz em casa devido a fortes ventos e o weatherlink e o wunderground cairam....qdo a luz vontou , somente o weatherlink voltou e ainda por cima informou a maxima num horario que estava sem luz.....essa eu não entendi..

Share this post


Link to post
Share on other sites
Artur..o weatherlink é a salvação do PNI...fiquei 4 horas sem luz em casa devido a fortes ventos e o weatherlink e o wunderground cairam....qdo a luz vontou , somente o weatherlink voltou e ainda por cima informou a maxima num horario que estava sem luz.....essa eu não entendi..

 

 

Ele grava os dados aparentemente com algum resquicio de energia, será possivel?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só sei que temos que colocar meu weatherlink lá em cima e eu fico com o hautespot no lugar...Vou sair perdendo mas o PNI sempre estará no ar...ou informando os extremos diarios sem mais problemas

 

Temos que ir lá

Share this post


Link to post
Share on other sites
Só sei que temos que colocar meu weatherlink lá em cima e eu fico com o hautespot no lugar...Vou sair perdendo mas o PNI sempre estará no ar...ou informando os extremos diarios sem mais problemas

 

Temos que ir lá

 

OS DADOS ATÉ AGORA ESTÃO OK? DE QUANDO EM QDO TERÃO QUE SER BAIXADOS?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os dados oficiais baixados temos até agosto, que já estão postados aqui. Qto aos dados de Setembro e Outubro, são dados do Wundergroud e tambem alguns dias reportados pela portaria....Devemos ir no meio de Novembro baixar Setembro e Outubro para pegar os oficiais....

Share this post


Link to post
Share on other sites
Os dados oficiais baixados temos até agosto, que já estão postados aqui. Qto aos dados de Setembro e Outubro, são dados do Wundergroud e tambem alguns dias reportados pela portaria....Devemos ir no meio de Novembro baixar Setembro e Outubro para pegar os oficiais....

 

 

SE DER COLOQUE AS HORAS DE FRIO.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Os dados oficiais baixados temos até agosto, que já estão postados aqui. Qto aos dados de Setembro e Outubro, são dados do Wundergroud e tambem alguns dias reportados pela portaria....Devemos ir no meio de Novembro baixar Setembro e Outubro para pegar os oficiais....

 

 

SE DER COLOQUE AS HORAS DE FRIO.

 

Coutinho, vamos lá eu e o Carlos baixar os dados em Novembro e ensinar o técnico de informática a ele mesmo fazer e nos mandar creio que de tres em tres meses no máximo. E sim, temos de mudar o hautespot pelo weatherlink, afinal a internet cai e o hautespot nunca volta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.