Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

CloudCb

Members
  • Content count

    452
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    14

Everything posted by CloudCb

  1. O Atlântico frio em sua totalidade afeta negativamente a formação das Ondas de Leste. O mesmo ocorre com ele quente, em sua totalidade (2016 é a prova viva disso). O ideal é que haja gradientes de anomalias nas regiões certas, ou seja, anomalias frias no meio ou no sul do oceano (que intensificam os alísios de SE) e anomalias neutras e/ou quentes próximas da costa nordestina (ajudam na intensificação dos distúrbios e/ou age como banco de vapor d'água). Um exemplo que gosto muito de usar é o inverno do ano 2000: Naquele ano (2000), Barreiros (litoral sul do PE) teve 800 mm em Julho: O caso mais recente de ótimas chuvas no litoral leste foi o ano de 2017, a cidade de Sirinhaém (também do litoral sul do PE) teve mais de 3000 mm: E o oceano em 2017 possuía o tal gradiente na TSM, e os alísios de SE também estavam fortes:
  2. Ontem à noite voltaram a ocorrer algumas pancadas de chuva no sertão da PB e, principalmente, do RN. Goes 14 - 20h30 de 22/05: Os volumes: Fonte: Emparn e Aesa. Portalegre (RN) está com 285.9 mm neste mês de maio, já é o 4° mais chuvoso da série (1994 - presente): Às 6h de hoje caiu uma chuvinha aqui, mas eu não registrei nada. A oficial (±1.5 km de distância a noroeste) registrou 1.6 mm.
  3. Ontem à tarde e à noite ocorreram algumas pancadas de moderada a forte intensidade no sertão do RN e da PB por conta da Onda de Leste. Goes 14 - 17h de 21/05: Os acumulados: Fonte: EMPARN, AESA. Eu registrei 2.5 mm.
  4. Itaporanga (PB), em sua estação da Aesa, está tendo um dos melhores maios dos últimos anos. Já é o mais chuvoso em 10 anos, e no top 10, por enquanto está no 8°:
  5. O DOL provocou bons volumes na faixa leste do PE e da PB. Goes 14, 8h de 21/05 No PE o maior valor foi registrado na região metropolitana do Recife (dados da APAC): Igarassu: 53.7 mm Nazaré da Mata: 48 mm Ipojuca: 47.1 mm Barreiros: 44 mm Cabo: 40.5 mm E na PB o máximo foi registrado no litoral sul (dados da AESA): Alhandra: 46 mm João Pessoa: 45 mm Pedras de Fogo: 33.4 mm São Miguel de Taipu: 30 mm Pilar: 29 mm Com isso foi dado o ponto de início das chuvas de inverno no leste do NE, com atraso.
  6. Ontem à noite, em virtude da atuação do DOL, ocorreram algumas pancadas de chuva moderada/forte no sertão da PB e do RN. Goes 14 - 21h20 de 19/05: Na imagem acima, no canto direito da imagem, nota-se outro DOL. ↑ Os volumes não foram tão significativos na PB (Aesa): Aguiar: 23.5 mm Lagoa: 20 mm Condado: 17 mm São José do Sabugi: 16.5 mm Malta: 15.6 mm Eu registrei 9.5 mm. No RN os volumes foram um pouco maiores (Emparn): Alto do Rodrigues: 51.1 mm Lucrécia: 29.2 mm Carnaubais: 27.5 mm Martins: 21.5 mm Portalegre: 21.1 mm ________________________________________________________________________________________________ O DOL citado acima atingiu no começo da noite o litoral do PE e está provocando chuva moderada/forte no local. Goes 14 - 19h de 20/05:
  7. Sobre a madrugada do sábado (18), São Gonçalo registrou 114.4 mm, foi o maior volume da PB no dia em questão, seguido por Aguiar que teve 60.4 mm. Esse volume de São Gonçalo foi o 14° maior valor em 24h considerando todos os meses, e o 3° maior considerando apenas o mês de maio. Todos os meses Maio
  8. Sim, é um DOL. Há outro no mar, a leste da costa nordestina, no canto direito da imagem ↓.
  9. A automática do Inmet de São Gonçalo (PB) registrou 108.6 mm na madrugada. Mais tarde (ou na segunda) eu trago o resumo quando sair mais dados.
  10. De madrugada ocorreram novas pancadas de chuva no sertão da PB e do PE. Satélite Goes 14, 4h de 17/05: O maior volume da PB ocorreu em Cajazeiras: As chuvas no PE surpreenderam: _________________________________________ @Tstorm, como foram as chuvas por aí?
  11. Sim. Na convencional está com 78.2 mm (27.5% da média) e na automática está com 93.2 mm (32.8% da média). Não muito diferente.
  12. Ontem à noite voltou a ocorrer fortes pancadas de chuva em locais isolados do Cariri da PB e do Sertão do PE. Fonte: Apac e Aesa. O valor de 114.1 mm registrados em Camalaú é a chuva mais intensa registrada em maio, superando o antigo recorde de 110 mm de maio de 2009:
  13. Qual sua opinião sobre esses dados de Natal, Aldo?
  14. Boa tarde. Entre o fim da tarde de ontem e o fim da madrugada de hoje ocorreram chuvas intensas em áreas do Rio Grande do Norte e da Paraíba por conta da atuação de alguns SCM: Os volumes na PB: Fonte: Aesa, Empaer. Eu registrei 2.4 mm. E no RN: Fonte: Emparn. O volume de 218.0 mm registrado em Portalegre (RN) quebra qualquer recorde (de maio e de todos os meses) na série histórica (1993-presente), o antigo recorde de maior chuva em 24h era de 156.0 mm em 29 de dezembro de 2001. Os 109.3 mm de Mato Grosso (PB) passa a ser o maior volume em 24h da série do município (2006-presente). O antigo recorde era de 104.0 mm em 12 de fevereiro de 2017.
  15. Não, foi resultado da convergência provocada por esse sistema frontal, e intensificada por cavados em médios e altos níveis:
  16. Noite instável em áreas do Cariri e do Sertão da PB.
  17. Boa tarde. Ontem ocorreram intensas pancadas de chuva em áreas do RN e da PB. Satélite Goes 14, 18h30 de 13/05: Os volumes: Estas chuvas foram provocadas por núcleos que possuíam lento deslocamento, além de apresentarem intensa atividade elétrica. Verão a todo vapor ainda.
  18. Esses eu não tenho acesso. Onde você os encontrou?
  19. Ih, Kevin, a década toda de 90 é assim por lá. Kkkkk. Olha 1999 completo: Não, não tiveram. A mais próxima, Ceará Mirim, teve anomalia de -0,7°C. E sobre isso, tem algumas bem interessantes (a normal de 1967 e 1968 é a 1961-1990): O ano 2000 também: Na real, essa convencional de Natal é muito esquisita.
  20. Sim, a média mínima de agosto em Natal é de 21°C, mas como dito, 1999 (e 2000) foram anos frios até por aqui.
  21. O recorde de Natal (RN) na verdade é de 15,4°C, 1999 e 2000 foram anos frios para os padrões locais.
  22. Sim: https://is.gd/9FCk6W https://is.gd/FAsoVG Esses foram os maiores valores em 24h no Cemaden na região: Lauro de Freitas (Portão): 277.8 mm Lauro de Freitas (Areia Branca): 267.3 mm Simões Filho (Goés Calmon): 229.6 mm Lauro de Freitas (Vila Praiana): 209.5 mm Lauro de Freitas (Itinga): 182.4 mm
  23. A convergência de umidade está bastante intensa na área do Recôncavo da Bahia. Muita instabilidade nas últimas horas. Satélite Goes 14, 22h30 de 10/05: Os acumulados no Cemaden:
  24. Ontem no início da noite ocorreu uma forte pancada de chuva em Itaporanga (PB). Foram 29.4 mm no Inmet: No dia anterior (noite do dia 8) caíram 27.2 mm, somando 56.6 mm acumulados em 2 dias (ou 63.2% da média de maio, que é 89.6 mm).
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.