Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Luide Luckmann

Members
  • Posts

    1388
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    37

Posts posted by Luide Luckmann

  1. Em 16/11/2022 em 12:52, Renan disse:

    Chuva de Novembro até o momento nas minhas duas estações:

     

    - Juiz de Fora (Bandeirantes): 115,4mm (média é de 263mm)

    - Ibitipoca: 141mm

     

    Por enquanto com chuva abaixo da média, mas ainda tem uma segunda quinzena inteira pela frente. Próximos dias com pouca ou nenhuma chuva, mas na semana que vem já voltaremos à programação chuvosa. 

    Por aqui, chuvas muito abaixo da média com vários dias secos. A última chuva razoável foi no dia 7, mesmo assim o valor não chegou a 10mm. O total do mês até agora é de 34,4mm. menos de 1/4 da média mensal.

    • Like 10
  2. Em 16/11/2022 em 16:46, LeoP disse:

    De volta à RMBH, tenho uma tarde escura e tempestuosa (imagem Clima ao Vivo):

     

    Screenshot_20221116-155413_Chrome.thumb.jpg.86cbc326f78169900bca2fd44d990e74.jpg

     

     

    Foram chuvas fortes, acompanhadas de ventos, raios e granizo pontual, com intensa queda de temperatura.

     

    Olha só: por causa do temporal, a Pampulha tem um fim de tarde chuvoso e com 15,0C! Esse valor destruiu a mínima da manhã e deu um baile nas previsões horárias (e de mínima do dia) dos modelos. Nenhum conseguiu pegar essa dinâmica tropical. 

     

    Aliás, esse é o maior resfriamento que já vi ocorrer aqui por uma trovoada de verão.

    Não houve granizo? Só o fato de cair granizo costuma causar uma boa queda de temperatura.

    • Like 5
  3. Em 28/10/2022 em 16:42, wallace silva disse:

    Outro fato curioso é que no auge do evento entre os dias 03/10-07/10, o Município de Vitória da Conquista no Nordeste, 14°s, terá máximas e minimas menores que Puerto Madryn 42°s na Argentina que ainda tem um mar gelado ao lado pra refrescar .

    Grade de Vitória da Conquista abaixo. A pergunta que eu faço é, isso já aconteceu alguma vez na história moderna? O clima está MUITO MALUCO!

    Screenshot_20221028-163325(1).png

    Variabilidade do clima+la niña e atlântico sul frio

    • Like 6
    • Thanks 1
  4. Em 28/10/2022 em 14:19, SandroAlex disse:

    Aqui p SBS não será nada fora do comum. Também foi ajustando e diminuindo bastante. Tanto que apenas um dia terá máxima absurdamente baixa.

    Desculpa mas vai ser um evento bem significativo, mesmo aqui na região sul. Vai ser uma semana inteira com clima quase de inverno. Aqui na região mínimas abaixo de 10°C são beem raras em novembro. image.png.ccd7cd562c2a97a837c8a80adef986b3.png

    • Like 12
    • Thanks 1
  5. Em 26/10/2022 em 20:54, Moretão disse:

    > Sul, Oeste e uma pequena parte da serra catarinense passaram boa parte do dia sem nuvens hoje. Outras regiões tiveram até alguma chuva fraca na madrugada/manhã. Algumas nuvens da frente fria, no final da tarde e chuva no extremo Oeste agora.

     

    > A variação 2,7°C/25,6°C na Terra do Gelo, certamente é a maior variação na primavera catarinense deste ano.

     

    > Algumas variações:

     

    - 5,6°C/24,2°C - São Joaquim/Corujas

    - 14,6°C/37,5°C - Itapiranga/Linha Laranjeira Baixa (esta tem problema de máximas altas, mas provavelmente uma máxima bem alta)

    - 13,8°C/33,7°C - Criciúma/SATC

     

    - Não consigo acessar dados da Epagri.

     

    > No Vale do Itajaí a variação não foi muito grande. Esteve muito nublado de madrugada, o tempo abriu, mas apesar disso, fortes rajadas marítimas seguraram um pouco as máximas, que ficaram, entre 26/30.

     

    > Amanhã esquenta e deve passar de 30°C na maior parte do Vale. Sexta e Sábado com calor menor, e no Domingo de eleição, está previsto violento calor pré-frontal e muito provavelmente, as máximas da primavera astronômica.

    Urussanga teve provavelmente uma variação maior que Criciúma, só que a estação" magicamente" saiu do ar no início da tarde e voltou no final da tarde.

    • Like 6
    • Thanks 2
  6. Em 24/10/2022 em 21:23, Maicon disse:

     

    Pelo que está projetando, o GFS está subestimando o ar frio na bacia do paraná, em especial leste MS, Oeste SP e sul de Goiás. Mas, a intensidade é algo que ainda não dá pra bater o martelo, apesar de estar estável a rodada.

    Apesar do ar frio na atmosfera ser muito forte, o sol é mais forte durante o dia, o que implica em maior acúmulo de calor diurno nas superfícies. Além disso, as noites nessa época do ano são bem mais curtas que no inverno. Então o solo precisa perder mais calor num período de tempo mais curto. Por isso acho improvável que haja geada nessas áreas. Mas se estivéssemos no começo de outubro já não teria essa confiança

    • Like 10
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.