Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Tomás WRuas

Moderators
  • Posts

    1924
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    24

Everything posted by Tomás WRuas

  1. Como já comentado, excelente mínima de 5,7° na Davis do Sertão do Ribeirão em Floripa, menor valor desde que instalei em 15 de abril. A mínima à beira mar nos Açores ficou em 12,0°, apenas a terceira menor do ano. Agora faz 19,7°/55% no Sertão e 19,3°/57% na Praia dos Açores, onde tem vento sul. Pra amanhã não espero valores tão bons quanto hoje pois deve ventar, mas no amanhecer de quinta devo ter as mínimas do ano de novo. Hoje as mínimas foram boas, claro, porque eu saí de Floripa. Estou no interior de Anitápolis, cidade serrana da Grande Florianópolis. Por aqui (encosta 600 m) a mínima foi de 5,0° e o dia está sendo de muito sol e secura. A expectativa é de geada amanhã, vou tirar umas fotos se rolar. Há pouco fui até um ponto mais alto da região pra prestigiar a vista incrível do paredão dos Campos dos Padres, platô a 1600/1800 metros de altitude. Lá fica o ponto mais alto de Santa Catarina com 1824 metros:
  2. Chegou mesmo! A variação ontem (25) no Sertão do Ribeirão foi de 9,7° a 23,8°, sendo que a mínima ocorreu agora há pouco, às 23h59. Agora faz 9,4° por lá. A queda está um pouco prejudicada pelo vento, mas mesmo com algumas rajadinhas não chegou a disparar. Espero a mínima da onda de frio no amanhecer de quinta, talvez a menor do ano, que atualmente é 6,8° no dia 15/05.
  3. Depois de uma tentativa falha, finalmente começou a MP aqui nos Açores: Após uma madrugada com temperatura beirando os 25°C, tenho agora 21,0° com 47% e ventania de WNW aqui nos Açores. Vamos ter advecção de ar polar de noroeste(!) em Florianópolis esta noite devido ao giro da baixa. Vai ser bem interessante a mínima no Sertão do Ribeirão se parar o vento cedo na madrugada.
  4. Deus tchouça! Mas vem aí uma PWS muito bem localizada em Ratones que pode brigar pela negativa também. Além, é claro, de Carijós e da Fazenda Ressacada. Tudo vai depender do tipo de resfriamento pela fatídica MP. Mas adoraria que fosse no Sertão, e acho que tem muitas chances! Hoje mínima da Ilha foi lá: 9,8°.
  5. Aquele vento norte de ontem à noite fez estrago aqui nos Açores. A temperatura conseguiu subir até 23,5° às 00h44min, o que acabou sendo a máxima do dia. A umidade desceu a 41%. O resto da noite foi uma gangorra: estabilizou, desceu a 16° e depois subiu a 21° com o vento, para no amanhecer baixar até 15,3°, a mínima do dia. Logo entrou vento sul e o dia foi inteiro de sol. Com os ventos soprando — ainda que fracos — do mar, a máxima diurna não passou de 22,3° e foi uma tarde muito úmida. Agora os ventos acalmaram e registro 16,2° com 90%. O Sertão do Ribeirão teve um dia basicamente invertido do registrado nos Açores. Ontem, ao anoitecer, a temperatura desabou de forma muito severa e chegou a 10,1° por volta das 23h30min. À meia noite de hoje estava 10,3°, e foi essa a mínima do dia, pois vento atrapalhou qualquer queda melhor por lá. Logo depois das 14h, a umidade simplesmente desabou no Sertão. Foi de 63% para 35% em questão de minutos, mas a temperatura se manteve estável na casa dos 25°C. Também não houve mudança significativa na direção dos ventos, mas dá pra notar que passou de SSE para S/SSW. Por volta das 15h, começou a saturar até chegar aos 90%. E agora a temperatura está desabando, como é normal por lá. Faz 12,4° com 94%. E hoje a mínima no Incoterm que deixei no pasto da Costa de Dentro foi de 8,9°. Enorme diferença pra minha casa perto da praia com seus 15,3°. Mas não foi a mínima da Ilha, que ficou com Carijós: 8,5°.
  6. Microclimas a toda nesta noite em Florianópolis: Registro neste momento 20,8° 55% e vento NNW fraco no Balneário dos Açores enquanto no Sertão do Ribeirão (120 m) a 4 km daqui faz 10,2° 95%
  7. Em tempo, hoje está sendo o melhor dia pra temperatura despencar nas baixadas. Totalmente estável e com céu limpo. São 19h e já tenho 12,9° no Sertão do Ribeirão, mas não espero maior queda porque o local só é bom quando tem suporte em altitude. Ar polar velho, como hoje, de nada serve por lá (a não ser nessa queda do começo da noite, mas depois trava). No amanhecer de amanhã a mínima deve vir em Carijós ou aqui mesmo no terreno da Costa de Dentro, locais protegidos a nível do mar que concentram o ar frio nessas situações. Vamos ver, eu deixei o termômetro lá de novo pra essa madrugada.
  8. Assim como no resto do estado, o dia foi de secura e amplitude térmica em Florianópolis. A maior amplitude no município ficou com a estação de Carijós, que variou de 9,4° a 27,1°. Como os ventos sopraram fracos de sul o dia inteiro aqui no Balneário dos Açores, tive máxima mais amena de 23,3°. O amanhecer foi fresco, com mínima de 14,2° por aqui. Eu deixei um termo-higrômetro posicionado em um pasto aqui perto durante a madrugada e registrei mínima de 8,1° nele. Seria a menor de Floripa hoje. Ainda vou colocar uma Davis lá. Curioso pra saber se teria máximas baixas como as que registro nos Açores. Se sim, melhor dos mundos: mínimas boas e máximas frescas. Bati umas fotos no local quando fui coletar o dado: Fica ali no vermelho. Estação dos Açores no azul: Outro fato a destacar é a seca. Eu tinha comentado que os morros sempre verdes daqui estão secando, algo bizarro e, pra mim, inédito. Fotografei de manhã aqui na frente de casa:
  9. Hoje a estação do Sertão do Ribeirão completou um mês. Está localizada em uma baixada a 120 metros de altitude no sul da Ilha.
  10. Agora são 00:53 e a média do vento desde a meia noite está em 21 km/h por aqui. Tive há pouco rajada de 42 km/h. Tudo isso de NW. Faz 18,3° com 76%. Baita noite pra ratazana, só esperando a temperatura desabar
  11. Variação hoje na Praia dos Açores: 11,1°/22,6°. No Sertão do Ribeirão 6,8°/21,2°. Foram as menores mínimas do ano! Após o amanhecer o céu ficou nublado durante toda a manhã e só foi passar de 20°C aqui nos Açores depois do meio dia. Agora, 18h10, tá soprando um ventinho norte que me dá nos nervos. Espero que vire logo pra brisa de montanha e comece a desabar a temperatura. E quem sabe mais uma sub 10° amanhã no Sertão. Casa:
  12. Pra tabelar no UTC oficial dados da automática tem que usar dados das 1 UTC até 00 UTC do "dia seguinte", que daí pega direitinho 21h até 21h.
  13. O vento sul acalmou por volta das 2h da madrugada e tive as mínimas do ano no sul de Florianópolis. Registrei 6,8° no Sertão do Ribeirão e 11,1° aqui na Praia dos Açores. Agora está nublado e faz 16,2° no Sertão e 18,8° com 56% aqui na praia.
  14. No sul de Floripa choveu insignificantes 1 mm nas minhas duas estações. Sem mudanças no padrão de seca histórica por enquanto e não há chuva na previsão. Agora tenho advecção de ar polar e 20,4° com 61% no Balneário dos Açores. O vento sul é incessante e muito forte com rajadas acima de 50 km/h. Mínima bateu 17,9°, mas pode baixar disso à noite. A máxima está em 20,7° por enquanto com muito sol. Expectativa é que o vento pare/diminua já na próxima madrugada.
  15. Que inveja! Santa Catarina não registra esse raro fenômeno há muito tempo... A situação da estiagem histórica vai se agravando no estado. Aqui em Florianópolis o acumulado dos últimos 73 dias soma apenas 57,6 mm na estação do Inmet. A última chuva acima de 20 mm foi em fevereiro! Acumulado mensal: fevereiro: 194 mm março: 39,6 mm abril: 15,2 mm maio: 2,8 mm (até hoje) Com isso, começa a faltar água para moradores que dependem de abastecimento local. Aqui perto, na Praia da Solidão, os moradores com abastecimento no Rio das Pacas já estão sem água (rio secou). Um fenômeno curioso da seca é a mudança na coloração dos morros daqui, algo que nunca vi. Sempre muito verdes, já é possível ver trechos completamente secos nas florestas de encosta de Mata Atlântica. Gravíssimo! Estamos com clima totalmente anti-pós 2000 em 2020: seca, amplitudes, facilidade pra mínimas...
  16. Em 2018 o Rio Porteira registrou -6,9° no dia 24 de maio. Foi a mínima do ano por lá. Teoricamente ambos os dados de Vista Alegre e Rio Porteira perderiam pra Urupema em 2013, já que não registrava mínima, mas nunca saberemos. Cabe destacar que a mínima de hoje é bizarra porque a serra de modo geral teve uma madrugada de nordestão e securas. Essas baixadas de Bom Jardim são extremamente protegidas e conseguem ter esse efeito alienígena de cair absurdamente em madrugadas como a de hoje. Aquele trio de estações ali à oeste da cidade dão um show (menos a Fazenda Santa Rita). Mínimas: Comparação dos gráficos da Vista Alegre e do Mirante do Rio do Rastro: Mirante: Vista Alegre
  17. Curioso ver a mínima de Urupema tão longe na lista, e ainda mais não sendo um valor da Epagri. Vamos ver com quem fica a absoluta deste ano. Em 2019 (-9,4°) e 2016 (-8,5°) ficou em Urupema na Epagri. Creio em liderança de Água Doce em 2020.
  18. Dia de sol e ventos calmos por aqui. Máxima de 23,1C nos Açores e de 21,3C no Sertão. Entrou um ventinho norte pelas 14h e eu achei que vinha pra ficar, mas pelas 17h acalmou e entrou a 'brisa de montanha' de oeste. No Sertão do Ribeirão predominou brisa de leste até o fim da tarde, quando passou a soprar de oeste, mas sem passar dos 18 km/h. Agora tenho 17,1°/85% aqui nos Açores com brisa WNW e 12,3°/94% com vento zerado lá na baixada.
  19. Eu não estava na cidade, mas lembro bem. Ciclone (que viria a ser tempestade subtropical Eçaí) explodiu bem em cima da Ilha. Por isso os estragos foram numa área bem grande: teve posto com telhado derrubado no continente, ali pela região do Morro dos Cavalos, estragos em todo o sul da Ilha, na Lagoa da Conceição, dentre outros bairros. Dá pra ver mais detalhes e fotos no monitoramento da época, aqui: Rendeiras amanheceu assim:
  20. No sul de Florianópolis o vento parou, finalmente. Mas isso só ocorreu no fim da madrugada de hoje, então as mínimas não conseguiram cair tanto. Na beira da Praia dos Açores registrei 15,6° e no Sertão do Ribeirão 10,3°. Reparem no gráfico do Sertão que a queda começou depois das 3h15, quando ainda fazia 14,6°. A mínima na Ilha ficou com Carijós, que bateu 9,8°, a sexta sub 10°C do ano. As mínimas: 9,8° Carijós 10,3° Sertão do Ribeirão 11,1° Itacorubi 11,6° Tapera (Fazenda Ressacada/UFSC) 11,8° Inmet São José 12,4° Santo Antônio de Lisboa 13,3° Aeroporto Hercílio Luz 14,6° Lagoa da Conceição (Avenida das Rendeiras) Talvez a mínima da MP aqui no extremo sul venha nesta próxima madrugada. Tende a ser bem mais estável que as últimas, mas tem previsão de entrada de vento norte. Vamos acompanhando.
  21. Abril nas estações padrão da Ilha. Santo Antônio de Lisboa/Cachoeira eu desconfio um pouco das máximas, já que é WS e não conheço as condições de instalação. Mas se aquece é pouca coisa.
  22. Creio que ficou bastante claro essa realidade: o Inmet de São José obviamente tem mínimas melhores que locais adensados urbanamente porque é uma estação padrão, em área gramada, como deve ser qualquer estação padrão. É claro que no meio de prédios e asfaltos você terá mínima maior. Mas estações meteorológicas, via de regra, não devem ficar entre prédios e sob asfalto. Ainda assim, o Inmet não está em local aberto; pelo contrário, tem barreiras para todas as direções, impedindo melhor qualidade de dados. Ficou também claro que o local tem máximas bastante altas, o que se explicita ao comparar os dados de lá com qualquer outra estação de Florianópolis. O motivo já foi bem exposto aqui pelo @Vitor V, que mora há alguns anos na área continental onde fica a estação. Em se tratando de uma ilha com variados microclimas, fica difícil falar na representatividade de somente uma estação. Mas, para mim, sem dúvidas o Inmet São José, que fica fora da Ilha (a qual abriga 97% do território) e em outro município não representa o clima urbano de Florianópolis. Nesse quesito, acredito que a Epagri do Itacorubi, que fica na Ilha, dentro do Jardim Botânico, represente melhor o contexto urbano de quem vive nessa área do vale central da Ilha (o Centro Histórico é outra história, lá falta uma estação). Pelos mesmos motivos do Inmet, a Epagri/Itacorubi tem mínimas melhores que os locais densamente urbanizados, afinal fica em área verde, como devem ser as estações padrão. As máximas são bem altas por lá, já que é um "buraco", mas ainda quero ir visitar a estação pra ver se não há muitos obstáculos que podem estar aquecendo ela. Pra finalizar, acho que o Inmet oficial de Florianópolis, uma vez que deve ser em local bem aberto que registre as condições atmosféricas mais puras para alimentar os modelos, deveria ficar perto do Aeroporto ou em qualquer local da planície da Tapera. O local é uma bela pista de ventos já que é o único lugar sem interferências do relevo entre a baía e o mar grosso. Por isso tenho considerado bastante a estação da Ressacada/UFSC como a mais padrão e representativa da Ilha de Santa Catarina (ainda que isso seja impossível, claro). É muito bom que o debate esteja com boa qualidade de argumentos e saudável. Obrigado ao @Wallace Rezende pelo elogio sobre a questão do monitoramento de Floripa, fico feliz que esteja acompanhando as minhas estações do Sul da Ilha.
  23. Inmet São José fica ali no ponto vermelho. Não lembro em que época aterraram pra fazer a beira-mar continental, mas a estação ficava na beira do mar antes disso. Acho um local bem ruim no geral.
  24. A título de curiosidade, 2016 foi assim no Inmet Florianópolis (auto) - que oficialmente fica no município de São José: A estação do Itacorubi, que fica numa área central urbanizada da Ilha, representando melhor o clima da cidade, fechou o inverno assim: Finalizando o assunto, a estação Carijós/Epagri, que fica em área de mangue no norte da Ilha, dentro da Estação Ecológica de Carijós, em 2016 (T. inst horária):
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.