Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Tomás WRuas

Moderators
  • Posts

    1924
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    24

Everything posted by Tomás WRuas

  1. Agora, já em Floripa, estou pegando a segunda parte do evento, mínimas. Esta terça foi ensolarada, seca e de ventos moderados variando entre os quadrantes W e NNW, sendo que esse vento terral acabou elevando as máximas um pouco acima do que eu esperava. O Sertão do Ribeirão foi a 15,8° com 52% e na praia dos Açores fez 17,3° com 47%. As mínimas foram ótimas: tendo passado a chuva, a queda na madrugada foi severa a partir das 4h alcançando 4,1° no Sertão e 6,4° a 50 metros do mar, nos Açores. A queda noturna sob estabilidade está sendo, de longe, a mais severa desde que instalei a estação ano passado. Fazia 8,7° antes mesmo das 18h! Alguns momentos de vento ocasionados pela circulação ciclônica atrapalham um pouco a queda, mas segue esfriando. Agora, antes mesmo das 22h, faz 5,9° no Sertão do Ribeirão e 8,5° nos Açores. Há risco de geada ao amanhecer no Sertão e outras áreas protegidas, como a Costa de Dentro.
  2. Dada a extrema movimentação do fórum nestes últimos dias e a minha viagem, não consegui acompanhar nada, mas logo releio tudo e me atualizo. Por hora, posto rapidamente o resultado da caçada à neve que empreendi com @VitorVM e @Conexão GeoClima. Subimos desde Floripa em direção à Urubici ontem de manhã sob muita chuva. As primeiras precipitações invernais que pegamos foram na estrada que liga Bom Retiro a Urubici (13h/14h), com alguns flocos de neve misturados à chuva. A partir dali, foi uma mistura de períodos de chuva, de chuva congelada com chuva, misturado a flocos de neve e por vezes graupel. Uma verdadeira algazarra da atmosfera. Por volta de 15h pegamos, no Mundo Novo, forte pancada de neve flocular misturada à chuva congelada. Apesar de estar acompanhada dum vento minuano que jogava as pedrinhas de gelo contra o rosto de maneira bem incômoda, foi um espetáculo que registrei com o celular: Depois disso fomos subir o Morro da Igreja. Pra nossa decepção, logo no pórtico do ICMbio a estrada tinha sido fechada pelo acúmulo de gelo na pista lá pra cima. Esse pórtico fica a aproximadamente 1400 metros e não estava precipitando por lá. Quando já íamos resolvendo descer, flocos tímidos começaram a dançar e foram engrossando, o que culminou em uma curta (5/10 min) porém muito bem apreciada precipitação de pura neve em flocos. É realmente o melhor a se presenciar, já que é muito agradável, seco (não molha você nem a sua câmera) e parece em câmera lenta. O vídeo desse evento está na minha câmera e mais tarde eu vou postar um vídeo completo editado com essa e outras imagens inéditas da neve que fizemos. Logo depois dessa pancada de neve, a precipitação passou pra chuva congelada e não saiu disso, até que resolvemos descer. Pra resumir: entre esses dois evento bons de neve teve muita, mas muita água. Nós ficamos rondando só pelos arredores de Urubici mesmo e me impressionou o grande acúmulo de água nessa tarde, que poderia ter sido um histórico evento de neve, mas, como é de praxe no Brasil, por detalhe não foi. Entre as 18h e 19h ainda pegamos uma pancada de neve flocular no Mundo Novo e na Jararaca, mas não foi forte e durou pouco. Na região da Jararaca e Mundo Novo havia se formado uma fina camada de neve e chuva congelada no chão. Hoje ao amanhecer descemos a serra pra Floripa sob sol e muitas e muitas poças/áreas alagadas congeladas. No geral, valeu muito a pena ter subido pelos dois momentos de neve boa que pegamos. O grande evento do Planalto Sul ainda não foi dessa vez, mas logo ele vem. Agosto, né **********?
  3. Em Florianópolis, a virada no tempo aconteceu logo ao meio dia no extremo sul e por volta das 15h no extremo norte da ilha. Com a pré-frontal, as máximas subiram bem hoje, chegando próximo dos 27°C nas últimas áreas afetadas pelo vento sul. Nos Açores, a máxima ficou em 25,4° e no Sertão do Ribeirão em 24,1°, enquanto em Carijós fez 26,8°. Fico na expectativa pra temperatura baixar bastante até meia noite e assim registrarmos uma máxima interessante amanhã, que vai ser um dia chuvoso e frio com possível (provável?) máxima invertida. Agora já faz 15,3° no Sertão do Ribeirão e 16,5° nos Açores. Garopaba tem ótimos 14,9°. Segue o gráfico dos Açores:
  4. Essa foi única vez que negativou no Inmet Jardim Botânico de POA nesses 47 anos de dados.
  5. Sou um homem simples. Eu vejo o @Bruno Maon postando, eu dou like. Hoje é o oitavo dia seguido sem que a temperatura atinja os 19°C no Sertão do Ribeirão. A média máxima, com o dado de hoje, já está em 19,9°! e a tendência é que caia ainda mais até o final do mês, considerando a onda de frio prevista: Por hora vou segurando a empolgação, mas estou divido entre a) torcida pra que seque geral e eu veja geada em Floripa e b) neve de metro na serra. Que a natureza escolha sabiamente.
  6. O cenário da chuvarada de hoje vinha sendo assustadoramente mantido pelos modelos com mínimas alterações nos últimos dias, algo bastante raro em se tratando dessas lestadas cuja previsibilidade é bastante complexa. Assim, não surpreende que os acumulados de hoje em Floripa estão sendo bem altos. O grosso da chuva está previsto pra cair entre este momento e a noite/início da madrugada, então o total acumulado ainda deve aumentar bastante. Seguem os valores de hoje até as 16h: 95,0 mm Itacorubi 78,0 mm Lagoa da Conceição 77,6 mm Centro Histórico (CASAN) 75,0 mm Sto Antônio de Lisboa (Epagri) 74,2 mm Sto Antônio de Lisboa (PWS) 55,6 mm Carijós 46,0 mm Sertão do Ribeirão 45,2 mm Lagoa do Peri
  7. Dia de sol com variação de nebulosidade e muito vento sul em Floripa. Registrei a menor máxima do ano nas minhas estações: 16,1° no Sertão do Ribeirão e 16,8° na praia dos Açores.
  8. Dia típico de estabilidade de onda de frio mediana/fraca em Floripa: muito sol, vento fraco a inexistente e temperatura agradável. Aqui na praia dos Açores a mínima foi de 11,3°, a terceira menor do ano, e no Sertão do Ribeirão fez 7,6° (a quarta menor). A máxima bateu 20,1° lá no Ribeirão e chegou a 21,0° aqui na praia (muito devido ao efeito casca de ovo pelo pouco vento). Gráfico dos Açores: O domingo de sol atraiu um certo público para a normalmente pouco movimentada praia dos Açores, mas no fim de tarde o frio já tinha espantado a maior parte das pessoas: A previsão está muito animadora: a DozeZê do Euro traz um cenário de frio úmido constante após os próximos dias, os quais serão cópias do dia de hoje. Vale dizer que essas temperaturas previstas são meramente ilustrativas, já que o Euro fuma demais pra t2m em Floripa devido ao mar (Extra Cannabis for my Medium-range Weather Forecast, by @Felipe S Monteiro).
  9. A região do pé da serra acima de 850/900 metros teve acúmulo de neve em agosto do ano passado e a estação da Reserva Araponga registrou muitíssimo bem o evento:
  10. Em Floripa, tivemos uma madrugada de terça pra quarta muito chuvosa, resultado de uma clássica lestada (como já comentado com detalhes aqui). Os acumulados foram relativamente bem distribuídos pela cidade, com locais passando dos 100 mm em apenas 8 horas, o que trouxe alguns transtornos pela ilha. Abaixo, os acumulados em 12h (00h às 12h de ontem): 101,3 mm Lagoa da Conceição 97,4 mm Centro Histórico 95,4 mm Carianos/Fazenda Ressacada 89,0 mm Itacorubi 80,0 mm Lagoa do Peri 74,0 mm Sertão do Ribeirão 70,2 mm Santo Antônio de Lisboa 42,0 mm Carijós
  11. Máxima de 31,5° na automática de Porto Alegre: recorde absoluto histórico para junho! A convencional tinha 31,5° às 18 UTC e provavelmente vai vir com um valor até 1 grau acima disso quando sair a máxima, aniquilando quaisquer dúvidas sobre o valor histórico do dia de hoje. O recorde """"""""oficial""""""" é 31,6° em 2006, dia que a automática foi a 30,9°, como o @Augusto Göelzer já comentou. Na pré-história (dados desde 1910), o recorde era 31,5° em 27 de junho de 1962, quando a estação ainda era na Redenção. Abaixo, a tabela de máximas absolutas no atual Jardim Botânico:
  12. Cenário gravíssimo em Porto Alegre! Inmet bateu 30,6° ás 14h e o recorde histórico de junho é 30,9°! Auxiliadora foi a 31,2° e agora está empacada em 31,1°. A chance do Inmet bater o recorde na próxima leitura é alta! Apenas mais um dia normal no nosso novo padrão atmosférico. Tô só no aguardo do outubrão. Aquece y aquece.
  13. Baita dia por aqui. Tá calor: 26,3° com 68%. Padrão dos últimos anos: é só chegar junho e o verão volta com tudo.
  14. O mês de maio foi, no geral, muito definido pela latitude. O frio não avançou muito, mas de Floripa pra baixo foi um mês com constantes entradas de ondas de frio. Nenhuma excepcional por si só, mas o conjunto da obra gerou um mês invernal. Destaco abaixo a queda de mais de 4 graus na média de abril pra maio nas minhas estações de Florianópolis. Sertão do Ribeirão: Balneário dos Açores:
  15. Porto Alegre registrou o maio mais frio desde 2016, com anomalia de -1,7° na média simples. A média 24h fechou em 15,5°. O grande destaque vai pra média mínima, que fechou com -2,2° de anomalia, sendo a menor média mínima pro mês desde maio de 1990. Vale destacar também o registro de 4,6° no dia 31, a menor temperatura pro mês desde 2008; e a máxima de 32,3°, a maior desde maio/2002. Todas as anomalias são baseadas na nova normal 1991-2020.
  16. A menor temperatura para maio desde 2008 no Inmet, quando fez 3,6°! Aliás, como previsto em maio rsrsrs 😎 Destaco também que, com os 4,6° de hoje, a média mínima fecha em 11,4°C (-2,2°), a menor pro mês desde 1990 e a 5ª menor da série iniciada em 1974!
  17. Menor máxima do ano hoje no Sertão do Ribeirão: 16,9°, num rápido pico às 10h36 quando o sol apareceu. Mas foram apenas duas horas no dia acima de 16°; na maior parte dele ficou nublado com advecção de ar polar de sul. Um dia bastante gelado. Na praia dos Açores a máxima acabou ficando à meia noite com 18,5°, terceira menor do ano. A máxima diurna foi baixa, com 17,3°. Não devemos ter mínima significativa nessa onda de frio. Aliás, desenha-se um começo de junho bem acima da média, ao contrário do que esperávamos algumas semanas atrás...
  18. Chuto que o Inmet vai 4,x. A noite vai ser das boas. Possível negativa em baixadas de qualidade no município fora da mancha urbana. Edit: ponto de orvalho mínimo no Inmet de POA bateu incríveis -4,4°. A umidade foi a 28%.
  19. Aqui em Floripa vamos tendo um excelente mês de maio, com anomalias na casa dos -1,5° nas mínimas e -0,5° nas máximas (1991-2020). No sertão de Florianópolis, a mínima hoje conseguiu descer a 7,7° por volta de 1h da manhã, depois entrou vento norte que segue até agora. Faz 20,8° (10 graus a mais que ontem no mesmo horário) e a mínima de amanhã vai ser invertida com a entrada do ar polar a partir da tarde. O ano está assim:
  20. Porto Alegre vai tendo o maio mais frio desde 2016! Mas o grande destaque fica pras mínimas: é a menor média mínima pro mês desde 1990! Um excelente início de inverno por lá (tabela do deplorável Inmet Jardim Botânico, com anomalias 1991-2020)
  21. Hoje deu bom! Mínima de 5,7° com boa queda a madrugada toda. A máxima novamente não chegou em 20°C mesmo com o sol e o vento fraco, ficando em 19,8°. Pra amanhã espero outra mínima boa no Sertão do Ribeirão.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.