Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Aldo Santos

Advisors
  • Posts

    7123
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    6

Everything posted by Aldo Santos

  1. Como o Carlos falou, aparentam ser cirrocumulus. Mas existe um "macete" pra saber. Estica bem o braço apontando para o céu e estende o polegar. Se o polegar encobrir várias "nuvens" é cirrocumulus. Se o polegar encobrir apenas uma ou outra (Isto é, se elas ficarem mais ou menos do tamanho do dedo), são altocumulus. Mas lembre-se: tem que ser com o braço esticado. Agora, apenas por fotos pode ficar difícil. --------------------------- Hoje, já tivemos algumas mudanças sutis na cidade de São Paulo. O dia foi de sol mas com um bom aumento na quantidade de nuvens. A partir da 2ª metade da tarde, o céu nublou de vez. Mirante (Aut): 15,7°C / 25,2°C No momento, chove fraco em áreas da cidade. Principalmente nas zonas sul e oeste. Pelo radar de São Roque, uma grande área de chuva passa ao sul de Sampa em direção ao oceano, tangenciando a capital. O Mirante registrava 18,6°C às 18 h.
  2. Na verdade, foi uma espécie de "reforço de ar frio", pois as temperaturas mínimas na região começaram a baixar a partir de ontem (Dia 6). Até sábado (5), estava todo mundo acima dos 11/12/13°C de mínima.
  3. Algumas mínimas registradas hoje na "metade norte" de Minas Gerais (INMET): Rio Pardo de Minas: 5,4°C Águas Vermelhas: 5,5°C Itamarandiba (Conv): 6,3°C Conceição do Mato Dentro (Conv): 6,8°C Manhuaçu: 6,8°C Araçuaí: 7,0°C Sete Lagoas: 7,1°C Caparaó (Conv): 7,6°C (Ontem: 5,6°C) Guanhães: 8,4°C Salinas: 8,4°C Pirapora: 9,3°C Governador Valadares: 10,1°C Teófilo Otoni: 10,8°C Na Bahia, Correntina (Conv): 9,3°C No Espírito Santo, Venda Nova do Imigrante (722 m): 8,0°C
  4. Concordo. Para mim, a de julho de 2021 seria uma MP bastante forte porém normal, que ocorria com frequência até a década de 1990. Para mim, julho/1990, junho/1994, julho/1994, julho/2000, julho/2013 e junho/2016 foram bem mais fortes aqui em Sampa. E agosto/1994, agosto/1999 e julho/2007 rivalizam com ela. E... se formos pegar MPs anteriores a 1990, a de julho/2021 perde de longe para um monte, aí é até covardia.
  5. A cidade de São Paulo, "pra variar" , teve mais uma noite/madrugada de céu encoberto. Depois, pela 1ª vez neste mês, um dia inteiro de sol com céu limpo na maior parte do tempo. Mirante (Aut): 13,7°C / 24,3°C Interlagos: 13,5°C / 21,9°C (1ª máxima acima de 20°C neste mês) IAG: 13,4°C / 24,3°C
  6. A cidade de São Paulo teve um dia com muitas nuvens. Houve rápidas aberturas de sol entre a metade da manhã e a metade da tarde, aproximadamente. Os ventos foram predominantes de sul. Mirante (Aut): 15,1°C / 19,1°C IAG: 14,6°C / 19,2°C É possível que essas mínimas sejam superadas até o final do "dia meteorológico". Pois o Mirante registrava 15,8°C às 18 h. Vamos acompanhando...
  7. São Paulo-SP - Resumo de maio/2022 nas estações oficiais. (Anomalias em relação à normal 1991-2020) 1. INMET-Mirante de Santana (Aut) Obs.: A estação convencional não está tendo leituras nos fins-de-semana. - Média das mínimas: 14,1°C (-0,6°C) - Média das máximas: 22,8°C (-0,6°C) - Média compensada: 17,7°C (-0,7°C) - Média simples: 18,5°C (-0,6°C) - Precipitações: 52,0 mm (Normal 1991-2020 para maio: 66,3 mm) Ficou próximo à média graças às chuvas que caíram do dia 30 para 31, no finalzinho do mês. Até o dia 29, o Mirante tinha acumulado apenas 20,4 mm. - Maiores máximas: 29,2°C (Dias 2 e 3); 28,3°C (1); 26,9°C (29); 25,8°C (28); 25,6°C (27) - Menores máximas: 12,3°C (18); 13,2°C (19); 18,0°C (31); 18,1°C (7 e 17); 18,8°C (5) - Menores mínimas: 7,0°C (18); 7,3°C (20); 8,3°C (19); 10,5°C (23); 10,6°C (21) - Maiores mínimas: 18,8°C (3); 18,6°C (2); 17,5°C (1); 16,8°C (16); 16,7°C (15) 2. INMET-Interlagos (SESC) - Média das mínimas: 13,7°C - Média das máximas: 22,3°C - Média compensada: 17,1°C - Média simples: 18,0°C - Precipitações: 39,8 mm A exemplo do Mirante, a estação Interlagos teve um importante incremento de 30 para 31. Até o dia 29, a estação acumulava apenas 11,2 mm. - Maiores máximas: 30,3°C (3); 29,6°C (1); 28,6°C (2); 27,0°C (29); 26,1°C (28) - Menores máximas: 13,9°C (18); 14,6°C (19); 16,6°C (7); 17,3°C (20); 17,5°C (31) - Menores mínimas: 6,5°C (20); 7,0°C (18); 8,0°C (19); 10,3°C (21 e 23); 11,2°C (22) - Maiores mínimas: 18,6°C (3); 18,0°C (2); 17,2°C (1); 16,5°C (15); 16,1°C (30) 3. IAG Obs.: No IAG, as medições de chuva são feitas normalmente porém não são disponibilizadas ao público. - Média das mínimas: 12,6°C (-0,9°C) - Média das máximas; 23,2°C (-0,2°C) - Média compensada: 17,0°C (-0,6°C) - Média simples: 17,9°C (-0,6°C) - Maiores máximas: 30,4°C (3); 29,3°C (1); 28,9°C (2); 27,5°C (29); 26,8°C (28) - Menores máximas: 13,6°C (18); 14,6°C (19); 17,8°C (31); 18,6°C (20); 18,8°C (5) - Menores mínimas: 4,6°C (20); 6,9°C (18); 7,5°C (19); 7,6°C (21); 8,1°C (23) - Maiores mínimas: 18,4°C (3); 17,1°C (1); 16,2°C (30); 16,0°C (2); 15,9°C (4 e 15)
  8. Pois é... A cidade de São Paulo teve um dia meio diferente. As previsões indicavam sol e temperaturas de 25°C ou mais para hoje. O dia começou com nevoeiro, algo que já foi super comum em Sampa e, hoje em dia, anda menos frequente. Na zona norte, já tínhamos sol por volta das 8h30 da manhã. Tudo indicava o acerto das previsões. Porém, por volta de 10h/10h30, o vento aumentou, o céu nublou, formou-se uma forte névoa e a temperatura estancou. Aqui na zona norte, a serra da Cantareira, que estava claramente visível, desapareceu no meio da névoa. E o resto do dia seguiu nublado até mais ou menos o meio da tarde, quando o sol ressurgiu fraco entre nuvens médias e névoa. As máximas foram registradas durante a manhã. Mirante (Aut): 16,4°C / 22,5°C IAG: 16,1°C / 20,8°C Por enquanto, continuamos no "limbo": sem frio... mas também (Felizmente pra mim ) sem calor.
  9. Na cidade de São Paulo, o mês de maio fechou assim (Anomalias em relação à normal 1991-2020), Mirante (Aut, a convencional não está tendo leituras nos fins de semana). Média das mínimas: 14,1°C (-0,6°C) Média das máximas: 22,8°C (-0,6°C) Média compensada: 17,7°C (-0,7°C) Média simples: 18,5°C (-0,6°C) Interlagos (SESC) Média das mínimas: 13,7°C Média das máximas: 22,3°C Média compensada: 17,1°C Média simples: 18,0°C ---------------- Hoje, Sampa amanheceu com céu nublado e chuvas leves intermitentes (O "famoso" chove-pára-chove-pára...), que cessaram lá pelo meio da manhã. Os acumulados foram baixos entre a madrugada e a manhã: Mirante: 2,8 mm Interlagos: 2,6 mm Depois, houve um sol fraco com variação de nuvens e muita névoa, entre a 2ª metade da manhã e a 1ª metade da tarde, principalmente na zona norte. Mas a umidade permaneceu alta. Aqui em casa, o quintal ficou molhado o dia todo, embora a chuva tenha cessado ainda pela manhã. O tempo voltou a nublar ali pelo meio da tarde. Pela carta sinótica das 12 Z (9 h da manhã) do INMET, a frente estava estacionária entre SP e PR. Isto é, estamos mais ou menos no limite entre o ar frio e o ar mais quente. Mirante (Aut): 15,5°C / 22,4°C Interlagos: 14,9°C / 19,9°C
  10. Como já comentado por vários colegas, a cidade de São Paulo teve boas chuvas entre a noite e a madrugada de ontem para hoje. Bons volumes, principalmente se levarmos em conta a época do ano. Nas estações do CGE, os totais entre a tarde de ontem e a manhã de hoje variaram entre 20 e 36 mm. Nas estações oficiais, no mesmo período: Mirante (Aut): 31,0 mm Interlagos: 28,0 mm Estas chuvas salvaram este mês de maio aos 45 minutos do 2º tempo. Os totais mensais de maio ficaram assim (Fechamento às 9 h, 12 UTC, da manhã de hoje): Mirante (Aut): 52,0 mm (Média 1991-2020 para maio: 66,3 mm) Interlagos: 39,8 mm Se subtrairmos os totais de ontem e hoje, vemos que este maio vinha devendo muito no quesito chuvas aqui em Sampa. --------------- O tempo segue nublado, com alguma garoa de vez em quando. Ao meio-dia, Mirante: 16,4°C Interlagos: 15,9°C Por enquanto, vamos tendo máximas invertidas, registradas no início da madrugada, Mirante: 18,0°C Interlagos: 17,5°C
  11. Depois de uma sequência de dias parecidos, o tempo deu uma mudada na cidade de São Paulo. Mudança que ocorreu também em outras áreas do estado, conforme já comentado. Hoje amanheceu nublado com chuva fraca que ia e voltava, parando ainda na 1ª metade da manhã. Os acumulados foram insignificantes, com 0,6 mm na automática do Mirante e em Interlagos. Os ventos predominantes foram continentais, desde ontem. Aqui na zona norte, houve um bom período de sol com variação de nuvens entre 11h30 e 14 h, aproximadamente. A zona sul ficou nublada o tempo todo. Isto se refletiu nas temperaturas máximas das estações oficiais. Mirante: 16,6°C / 25,3°C Interlagos: 16,1°C / 21,5°C IAG: 16,2°C / 23,1°C No momento, chove fraco em áreas das zonas sul e oeste.
  12. O CIIAGRO realmente deu uma boa melhorada mas até um tempo atrás também andou com dezenas de estações fora de operação ou, pelo menos, sem dados disponíveis. Mesmo assim, várias do litoral norte paulista ainda continuam fora e algumas até "sumiram" da lista (Desativadas?): São Sebastião - Barra do Una Caraguatatuba Ilhabela Ilhabela - Norte Ubatuba Ubatuba - Rio Escuro Ubatuba - Ubatumirim Peruíbe voltou mas também ficou meses sem dados no site. Me lembro que até cerca de 1 ou 2 anos atrás, havia a seguinte frase num dos links do CIIAGRO: "Estações fora de operação por falta de suporte financeiro".
  13. Não tenho os dados e seria interessante uma investigação a respeito, se possível. Mas a impressão que tenho é que antes da década de 1990 não era tão automático assim: MP forte => bloqueio. Bloqueios sempre existiram, claro. Mas me parece que não havia a tal "garantia" de que uma MP forte fatalmente se converteria em bloqueio. Ou os bloqueios eram mais curtos, não sei... E MPs potentes que chegavam ao Sudeste (Até SP, pelo menos) eram certamente mais frequentes do que atualmente. ----------------- Quanto ao monitoramento, sem novidades na cidade de São Paulo: dia de sol e poucas nuvens. Mirante (Aut): 13,6°C / 25,6°C Interlagos: 14,6°C / 25,7°C IAG: 11,3°C / 26,2°C
  14. Não sei a resposta também. Mas a resposta do Carlos Campos me fez lembrar uma coisa que talvez seja (Ou não) uma pista... Cumulonimbus (Cb) é a única nuvem que produz: - Chuvas torrenciais, com grandes acumulados em pouco tempo - Raios e relâmpagos - Trovões - Granizo - Tornados Morei 6 anos em Santos e não me lembro de uma única chuva de granizo nesse tempo em que estive lá. Outra coisa, em Santos, como em todo o litoral, chove mais do que na cidade de São Paulo. A média anual 1981-2010 na antiga (Desativada) estação convencional do INMET na cidade era 1.843,9 mm. Porém, a frequência de temporais de verão à tarde é nitidamente maior em Sampa. Em Santos é muito frequente a ocorrência de chuvas fracas a moderadas, sem trovões, mas que são prolongadas, durando muuuiitas e muitas horas, frequentemente somando grandes acumulados. --------------------- Um pouco de monitoramento... Em Sampa, mais do mesmo: sol, poucas nuvens na maior parte do dia e temperaturas subindo. Mirante (Aut): 12,4°C / 25,0°C Interlagos: 13,2°C / 24,2°C IAG: 10,9°C / 25,7°C
  15. Aqui => https://meteorologiaeclima1.blogspot.com/search?q=massa+polar+julho+1928 tem um texto interessante sobre a(s) MP(s) de julho de 1928. Não sou entendido no assunto mas acho que pra voltar a ter neves nesses locais citados, além do que já foi comentado, precisamos de massas polares muito intensas, como em jun/1918, jul/1928, jul/1933, jul/1942, jul-ago/1955, jul/1975... ------------------- Temperaturas máximas subindo na cidade de São Paulo, como esperado. Ontem e hoje estamos naquela situação que, durante o dia, está mais quente fora do que dentro de casa. Hoje, Mirante (Aut): 10,5°C / 24,4°C Interlagos: 10,3°C / 23,7°C IAG: 8,1°C / 24,6°C
  16. Dia de sol com variação de nuvens em Sampa. Máximas de hoje, Mirante (Aut): 18,9°C Interlagos: 17,3°C IAG: 18,6°C
  17. Eu esquentava água para lavar o rosto de manhã. Nossas casas eram e são totalmente despreparadas. Vejam, por exemplo, a sequência abaixo do Mirante em julho de 1988 (°C): 08/07 => 12,2 / 15,6 09/07 => 10,8 / 15,6 10/07 => 12,0 / 14,8 11/07 => 9,8 / 14,0 12/07 => 6,0 / 10,2 (E 7,3°C na leitura de 18 h UTC, 3 h da tarde) 13/07 => 5,4 / 12,2 14/07 => 5,2 / 15,0 15/07 => 5,4 / 15,4 16/07 => 7,5 / 17,7 17/07 => 9,5 / 17,8 18/07 => 9,6 / 18,7 Imaginem como ficou a temperatura interna das casas. E o "sofrimento" para levantar cedo (Sair debaixo das cobertas) e tomar banho com aqueles chuveiros antigos que mal esquentavam. Até uma simples troca de roupa já era difícil. Certa vez, prendi um termômetro de mercúrio (Grande, de laboratório químico), que eu tinha, embaixo de uma torneira. A água estava saindo a 8°C. Certamente, as pessoas eram um pouco mais adaptadas ao frio do que hoje em dia, aqui em Sampa. Mesmo assim... era cruel.
  18. O melhor teste para distinguir geada de orvalho é o dedo. Para ter certeza, tem que ir até o local e passar a folha da planta/grama/capim entre os dedos. Ou se for uma superfície, raspar com a unha ou algum objeto (Como um pedaço de madeira, por exemplo). Aí dá pra ver bem se é gelo (Geada) ou apenas orvalho. De longe ou apenas por fotos é muito fácil se confundir.
  19. O problema é que a máxima é aferida entre 0 e 0 h UTC (9h da noite). E as mínimas de 12 a 12 h UTC (9 da manhã). Critérios da OMM, não me pergunte por quê. Então, muito provavelmente esses 7,1°C são das 9 h (12 UTC) da manhã de ontem. Porém, se na leitura da noite a mínima for mais baixa que a da manhã, vale a da noite. Na verdade, a tarefa do observador não é tão simples. Logicamente fica mais fácil pra quem é bem treinado e experiente... mas requer muita atenção e cuidado. O Observador tem que anotar: - Temperatura máxima - Temperatura mínima - Zerar os termômetros - Temperatura no termômetro de bulbo seco - Temperatura do termômetro de bulbo úmido Esses 2 termômetros compõem o psicrômetro, onde é determinada a umidade - Pressão atmosférica - Velocidade e direção do vento - Fazer a leitura do pluviômetro com a bureta - Uma vez por dia, trocar as fitas do heliógrafo, que medem a insolação (Número de horas de sol no dia), sendo que são 3 tipos de fitas diferentes: inverno, verão e outono/primavera (Devido à diferente inclinação do sol). - Anotar os valores de evaporação no evaporímetro de Piché ou então nos tanques tipo A - Estimar a porcentagem do céu que está coberta por nuvens - Anotar os tipos de nuvens Além disso, tudo tem horário certo para ser feito.
  20. Algumas mínimas de hoje em estações do INMET: Rondônia Cerejeiras: 8,9°C Vilhena: 11,2°C Porto Velho: 16,8°C Mato Grosso Comodoro: 1,8°C Pontes e Lacerda: 2,6°C Alto Araguaia: 3,5°C Salto do Céu: 3,5°C Santo Antônio do Leste: 4,5°C Rosário do Oeste: 4,7°C Rondonópolis: 4,9°C Primavera do Leste: 5,7°C Porto Estrela: 5,9°C São José do Rio Claro: 5,9°C Itiquira: 6,5°C Água Boa: 6,7°C Vila Bela da Santíssima Trindade: 6,8°C Cuiabá (Conv): 7,0°C Tangará da Serra: 7,9°C Cuiabá (Aut): 10,2°C (Fica em local diferente da convencional) Gaúcha do Norte: 10,5°C Mato Grosso do Sul Camapuã: 2,1°C Bandeirantes: 4,4°C Rio Brilhante: 4,5°C Sidrolândia: 4,8°C Paranaíba (Conv): 5,6°C Ribas do Rio Pardo: 5,6°C
  21. Algumas máximas baixas com sol no Mirante. Esta lista não é completa, apenas alguns casos que eu sei ou tenho informação que foram com sol. 11,6°C (18/07/1975) => Sol e céu limpo o dia todo 9,6°C (31/05/1979) => Sol e céu limpo o dia todo 12,4°C (08/06/1985) => Sol e céu limpo o dia todo 13,0°C (29/07/1990) => Sol o dia todo 11,1°C (26/08/1984) => Muitas nuvens a nublado com períodos de sol. 12,6°C (17/05/1977) => Muitas nuvens a nublado com períodos de sol
  22. Na verdade, as temperaturas caíram um pouco mais até 21 h (0 h UTC) Mirante: 12,2°C Interlagos: 11,7°C IAG: 11,7°C
  23. Essa história de maio e agosto é meio complicada na cidade de São Paulo. Realmente, agosto tem média das temperaturas máximas superior a maio. Inclusive, agosto registra maior frequência de temperaturas de 30°C ou mais, que são raríssimas em maio. Porém... Nos outros quesitos, agosto é bem mais inverno do que maio. Em Sampa, agosto tem: 1. Média das temperaturas mínimas menor do que maio (13,3°C x 14,7°C, na 1991-2020) 2. Em toda a série do Mirante, desde 1945, agosto é o 2º mês em número de ocorrências de mínimas absolutas anuais, só perde para julho e por pouca diferença, já em maio são raríssimos os registros 3. Mesmo mais recentemente, entre 2000 e 2021, agosto tem 6 registros de mínimas absolutas anuais, contra nenhum em maio. 4. Agosto tem maior ocorrência de penetração de fortes massas de ar frio. 5. Em agosto são muito mais frequentes os picos de baixas temperaturas 6. Na ocorrência de menores máximas, agosto ganha disparado de maio e ganha também de junho, só perdendo para julho.
  24. Ventando bastante agora à tarde na cidade de São Paulo. A automática do Mirante já teve rajadas de 51 km/h de NNO. A máxima foi de 18,1°C. A umidade era de 26% às 16 h, com ponto de orvalho em -2,8°C. Foto tirada às 15 h aqui na zona norte.
×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.