Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Luccicurita

Members
  • Content count

    2695
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral
  1. Sim, eles realmente estão ficando mais altos, mas só em dias de sol. Bom, antes de vc pensar em trocar a estação e botar uma vue, a PRO é alimentada por uma bateria que fica na caixa branca lá dos sensores. A primeira providencia seria trocar esta pilha, as vezes tem força pra gerar os dados pro console, mas não tem forças pra segurar o cooler. Ele deve ser o alimentado por placas solares, mas vamos supor que as placas se encheram de fuligem e não conseguem captar com eficiencia os raios solares, quem deve segurar a bronca é a pilha. Outra coisa, se vc se aproximar bem da estação, pra ter certeza que é o cooler, em dia de sol basta aproximar bem o ouvido. o cooler funcionando emite um zumbido bem baixo, se não rpestar bem atenção, ele fica quase imperceptivel. Se tiver zumbido, está funcionando. Eperimente limpar a placa solar com um pano molhado com água e veja se o barulho do cooler volta a subir. Mas a pilha, esta pode ser a responsável principal pelo mau funcionamento do cooler. Chiovitti, MP pra vc! :clapping:
  2. Carlos, sei que é o que temos pra hoje, mas acho desleal comparar os dados de uma São Paulo super urbanizada com uma São Paulo antiga, com menos predios e transito. O correto seria compararmos com a 81-2010. Mas concordo que nesta comparação entre a São Paulo antiga e a São Paulo moderna, temos uma baita diferença de temperatura (nas áreas mais urbanizadas). Chiovitti, MP pra vc! :help: :help: :help:
  3. Me mudei de volta pra Mauá essa semana. De SBC-bairro Rudge Fornos, levo más lembranças climáticas. Microclima conseguia ser pior que o do bairro paulistano de Santana, ao menos no quintal da minha pensão. Agora estou morando a cerca de 1,5 km do centro em linha reta, num bairro menos concretado que o Rudge, e numa ciade menos concretada (no geral) do que SBC. Para começar a catar dados, aguardo o orçamento do abrigo que solicitei ao Chiovitti! Aqui, nessa madrugada tive de tudo. Tempo bom até 3h, depois nublou até umas 5h, limpou de volta, e depois apareceu o nevoeiro.
  4. Esta brutal diferença verificada atualmente entre TAS e NZ, se refere ao fator que chamamos de "tempo", ou seja, o comportamento de curto prazo. A Tasmanis fica logo ao sul d um continente com ampla área desértica/semi-arida, e isso faz um estrago considerável em dias que o vento norte mostra toda sua força. Por outro lado, a NZ é um arquipélago com clima bem mais ameno, já que não tem desertos produtores de ar quente em seu interior, até mesmo devido à sua pequena extensão. Comparem aatsuyker Island-TAS e Christchurch, e verão que, fora pequenos detalhes como amplitude térmica diária e sazonal, a média anual é praticamente a mesma: http://www.weatherbase.com/weather/weather.php3?s=140490 http://www.weatherbase.com/weather/weather.php3?s=8739
  5. Pelo menos não se pode reclamar do frio por lá... no equador marciano, a temp é de 15 durante a tarde, e cai facim pra -100 (sim, cem negativos) durante a noite. Quanto à breja... existe algum impedimento pra cultivar cevada?
  6. De um modo geral sim. Porém, não podemos esquecer que um anticiclone polar joga ventos do seu centro pra sua periferia. Então, o mesmo anticiclone, se estiver no hemis sul, ele pode jogar vento frio de sul numa regiao, e mais quentinho de norte na outra. É o caso do nosso ASAS, que joga vento fresco/frio de sudeste no ES/BA/MG, enquanto o mesmo vento, depois de girar, chega no RS e Uruguai como vento mais quente d norte.
  7. Em matéria de sol, a RMSP tá igual RMPOA... só que não! :rofl: Ontem alternou entre garoa e chuva fraca, com poucos períodos sem algo caindo do céu. 15,0 a 17,3.
  8. Como eu disse, a UHI tem sua parcela de culpa sim sobre a ilha urbana de SP, mas o que venho notando, é a diminuição média de eventos de frio do Sudeste pra cima, como um todo, afetando áreas urbanizadas e não urbanizadas. Isso que me faz acreditar que a UHI é uma das menores responsáveis, se olharmos o cenário global. Localmente, a impressão que temos é que a UHI causou um "desastre" sobre o clima de SP. Mas veja uma coisa: Marsila do Amaral 2001-2010 (interpolado) 14,0/20,5 Mirante de Santana 2001-2010 17,1/23,3 Ou seja, dá 3 graus de diferença, só por conta de UHI. Quanto à diferença entre o clima nativo atual, e o clima nativo da época de Anchieta, interessante notar que uma das principais características de um período de resfriamento é o aumento da variação entre dias quentes e dias frios dentro de um mesmo mês. E algumas características marcante do atual clima de RMC e RMSP, são: - diminuição da frequência de pulsos de ar frio - diminuição da força destes pulsos Paralelamente a isto, temos observado o aumento da influência do ASAS. Tanto que em julho/08 a menor mínima em Curita foi sob influência deste centro de alta. Então, não se trata simplesmente de "o clima de hoje é 1 grau mais frio na média do q o clima na época de Anchieta". Mas se trata, tb, de termos menos extremos. Então, uma alteração aparentemente pequena nas médias pode estar acompanhada por forte alteração nos pulsos de frio. Então é a UHI destruindo médias e extremos de frio de um lado, e alteração de dinâmica provocando apenas um comichão nas médias, mas alterando mto os extremos de frio, por outro lado. Tenho meditado quanto aos gráficos mafilianos de POA e Sampa.
  9. Igualzinho aqui, de 17.3 a 21,2... Por falar em comparaçoes, de qto foi sua menor mínima este ano, e em qual data? Aqui tive ridículos 7.4 em julho, e 9,4 em agosto. Agora, 17.6 Abraços comparativos!
  10. Mas aí, amigo, estamos olhando um micro-cenário,e te volto outra pergunta: qual seria a média de Marsilac quando Pedro Alvares Cabral aqui chegou? A UHI não pode ser responsabilizada se mesmo as áreas menos urbanizadas sofreram algum tipo de aquecimento. Acho que a UHI é a ponta do iceberg, e é a justificativa dos aquecimentistas que não estão a fim de investigar outros índices. Já olhou o mapa de anomalias de temperatura entre Julho e Setembro deste ano? Da latitude de Curitiba pra cima, o inverno foi fraco! Não tem como culpar a UHI sozinha por isso, pra mim os principais responsáveis pelo aquecimento são os índices Macro-climáticos, entre eles SOI, ENSO, PDO, NAO, etc. Sobre SP, se olhar as médias de temperatura deste inverno, verá que não houve um frio EM MÉDIA maior que em outros anos. Houveram apenas picos de frio. Abraços reflexivos! Ok, pode ser que, dado o mínimo solar de 1400 a 1900, de fato a média térmica global fosse menor nos 1500. Mas uma coisa é dizer que houve alteraçao de dinamica, porém sendo o UHI foi o principal culpado pelo aquecimento da RMSP. Outra é dizer que a UHI qse nao interferiu (by Mafili). Abraços refletidos!
  11. Marca excepcional! :clapping: Aqui em Rudge Fornos tava 15,1 hoje cedo, mas pode ter dado menos na madruga. Como eu tava com pressa, não conferi a absoluta. Lembrando que aqui é Sumber, mas com clima bem mais quente do q no Assunção. E RG chega a ser siberiano comparado com aqui... Pela cara das nuvens, com aberturas ao norte, parece ter nublado bem no fim da madruga. E o vento forte até pelo menos 2h30 ajudou a deixar as temps mais uniformes.
  12. Luciano, Parabéns, pelo recomeço....[off] Repito, todas as estações no Brasil estão erradas A ÚNICA ABSOLUTAMENTE CORRETA É A DO MIRANTE DE SANTANA. Todas as estações que apresentei do sul de Minas apresentam série completa para o período 80/11. Claro que todas estão erradas [ Caldas, Machado,Lambari, M da Fé, Passa Quatro e São Lourenço] Abraços Ok...então deram CtrlC-CtrlV daonde, pra dizerem que dados tão tropicalientes são de MDF? De Florestal? Abraços Ctrlados!
  13. Mafiliano, Em qual altitude está esta estaçao de Maria da Fé q voce mostra? Penso que deve ser, para Maria da Fé, a mesma coisa que se montassem, no municipio de Sampa, alguma estaçao bem no sul do municipio... Sim, o municipio de Sampa tem uma p*ta variaçao altimetrica, ao contrário da cidade, bem mis comportada neste aspecto.
  14. Há um tempo atrás fiz a seguinte brincadeira: peguei dados de Marsila do Amaral, de 2007 a 2010. Aí, comparei com os dados de Santana 2001-2010. A partir disto, interpolei como ficaria a mini-normal 2001-2010 pra Maria Marsilac. Deu 14,0 em julho e 20,5 em janeiro. Ok, não temos mais casquinha de gelo nos rios dos ermos da RMSP, como ocorria no tempo do Anchieta, quanto tudo aqui era um ermo do caramba. Mas as áreas não urbanizadas ainda são bem frias. E isto me faz pensar q a UHI paulistana é responsável por rutal parcela do aquecimento responsavel. A mudança de dinâmica teria uma minúscula responsabilidade.
  15. Luccicurita

    Vegetação, Botânica e Jardinagem

    Na verdade, as (pouquissimas) areas de floresta da Groenlandia ficam no fundo de fiordes. Em baixa altitude, e isoladas da influencia de águas mais frias estas areas tem verao quentim o suficiente pro crescimento de árvores. Porém, as árvores mostradas pelo Charles Days são todas plantadas. As poucas esécies arbóreas nativas, são um pouco mais baixas, e meio retorcidas. Como se fosse uma espécie de... caatinga, só que do frio. Ficam na regiãio de Narsasuaq. Aliás, nas fotos Carlotinas dá pra distinguir bem quais são as espécies nativas e as aliens. As aliens são as mais altas ee de tronco retilíneo. Já os arbustos retorcidos nas encostas, são nativos. Qto aos nomes, Islandia vs. Groenlandia, já ouvi dizer que era uma sacanagem dos vikings, pra despistar possiveis invasores, que deixariam de se interessar pela (antigamente) bem florestada Islandia, para caírem na gélida Groenlandia. Indo além na questao microclimática: a ilha de Baffin, em locais com microclima favorável, chea a ter arbustos com 3 metros de altura. Pros padroes do gélid arquipélago ártico canadense, aquilo chega a ser considerado uma floresta. Reverências ao nosso novo papa, Carlos Odorico Bios Paraguaçu! :rofl:
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.