Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Janeiro/2022


Recommended Posts

São Paulo e a sua dificuldade em ter uma chuva decente para se despedir o quanto antes desse calor.

As temperaturas na maioria das estações do CGE estão em 22/23 graus, o que não é tão ruim. Porém, se chovesse de forma mais generalizada, a situação estaria melhor já que ajudaria a refrescar melhor.

Dentro daqui de casa do local onde estou, faz 28,5 graus. Essa tem sido a interna nos últimos dias nesse mesmo horário. Que caia para 26,x!!!!

 

Imagens das câmeras da Avenida Paulista mostram nuvens do tipo cúmulos predominando sobre o céu de São Paulo.

Nota-se nas fotos, inclusive cortina d'água por conta das chuvas que caem de forma isolada (poderia estar caindo generalizada, né?).

 

azDZEMW.jpg

 

 

fKAB39J.jpg

  • Like 6
  • Sad 6
Link to comment
Share on other sites

Enfim a histórica onda de calor chegou ao fim. 

 

Um breve resumo do que ocorreu em Bento Gonçalves.

 

Vou considerar como ponto inicial o dia 11 de Janeiro, quando a máxima e a mínima do dia foram acima da média, o que continuou ocorrendo até o dia 26, com um brevíssimo alívio apenas na máxima do dia 18.

 

Neste período de 15 dias, a média máxima foi de 34,8⁰C (+7,5), a média mínima foi de 21,1⁰C (+3,4), e a média compensada foi de 26,2⁰C (+4,3). Anomalias em relação a climatologia de Janeiro no período 1981-2010. Já considerando todos os 27 dias do mês, a média compensada está com uma anomalia positiva de 2,8⁰C. 

 

A maior temperatura já registrada em Janeiro até este mês era 36,2⁰C. Este número foi igualado ou superado em 6 dias. Também foi registrada a maior temperatura da história de Bento, com 37,9⁰C no dia 22/01/2022, superando o registro de 37,6⁰C no dia 17/11/1985. Não sei qual é a maior mínima já registrada na estação, mas acredito que a mínima de 24,8⁰C registrada no dia 23/01 é uma forte concorrente, caso não seja o recorde histórico. 

  • Like 18
Link to comment
Share on other sites

Imagem dos radares da UNESP das 23:52 mostra que há um núcleo de chuva ao norte da capital Paulista, além de outro que está no nordeste do estado, próximo da divisa com MG.

Mas o que se destaca mesmo é essa enorme área de chuva que vai desde Lins até o sul de SP. Ela se estende até o norte de PR.

3PuiIiQ.jpg

 

Já na capital paulista, houve chuva forte na região central. Já aqui na zona leste, infelizmente ainda não houve nada significativo.

  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

Máxima: 35,1°C em Blumenau/Velha

Mínima: 9,8°C no Morro da Igreja

Menor Máxima: 19,3°C no Morro da Igreja

Rajada Máxima: 86,4 km/h no Morro da Igreja

Precipitação Máxima: 150 mm em Garuva/São João Abaixo

 

Depois de muitos dias, SC volta a ser sub-10 ontem. Hoje chegou a 7,8°C no Morro da Igreja.

 

Aqui no Vale do Itajaí amanhece e permanece com 19°C. Mas chegou a 21°C durante a madrugada. Tempo fechado em todo o estado.

 

  • Like 15
Link to comment
Share on other sites

Bom dia à todos...

Tempo instável com chuva leve em Piraquara nesta manhã de sexta-feira, com grande possibilidade de máxima abaixo dos 20°C, ou cerca de 11°C ou 12°C inferior à máxima registrada ontem.

Também houve bastante vento leste/sudeste durante a madrugada, o q ajudou a refrescar muito o ambiente interno, assim como aconteceu em São Bento do Sul e reportado pelo @SandroAlex.

Por curiosidade, verifiquei algumas das estações da Argentina e também do Chile no site OGIMET 

https://www.ogimet.com 

e me surpreendi com a volatilidade do clima nas áreas abaixo do paralelo 35°S em ambos os países. 

Sabemos q pela existência da Cordilheira, nem sempre as ondas de calor ou mesmo de frio apresentam uma correlação exata entre leste e oeste pois existe a barreira montanhosa q impede muitas vezes uma homogeneidade atmosférica e tem também um aspecto bastante curioso q diz respeito aos ventos na região. O Chile recebe os ventos quase q imutáveis, pelo SW, devido à corrente fria q se estende pela costa até o Peru, enquanto a Argentina tem os ventos de W/NW devido à baixa pressão semi-fixa na região logo abaixo das Ilhas Falkland, curiosamente o regime dos ventos no sul do Continente forma o desenho de um "V" de ponta cabeça... 

Eu não estudei muito esse assunto da interferência das montanhas sobre as massas de ar migratórias nas áreas temperadas desses dois países, e o q eu falo é unicamente por observações empíricas, o q não é muita coisa, mas já é alguma coisa...

O q me chamou atenção neste Janeiro/22 foi a variedade de condições, eu diria extremas, dentro de uma área climaticamente "suave", já q tem pouca terra e muita água dos dois lados.

Primeiramente, analisando a cidade de Bariloche/Argentina, com seus 800m de altitude (seria mais ou menos a altitude média de Caxias do Sul) e 42° de latitude Sul (Caxias, 29°S aproximadamente).

Então, durante o mês, até agora, houve uma variação térmica absoluta de 32,8°C, sendo -2,0°C a mínima no dia 18 e 30,8°C a máxima no dia 9.Screenshot_20220128_082456.thumb.jpg.4e66e34e7dc14dccba71fe1b2930880c.jpg

A diferença entre a maior e menor mínima chegou à 15°C ao passo q a diferença nas máximas foi um pouco maior: 13,3 ~ 30,8.

Eu diria q é um clima muito interessante, principalmente por se tratar do mês mais quente do ano, período de pouca mutabilidade térmica: sim, a região das serras brasileiras também tiveram geada em pleno janeiro e máximas acima dos 30°C, no entanto os locais ficam acima da cota dos 1.100/1.200m. E eu aprecio muito isso. E também já é bem comentado.

Mas o q realmente me deixou impressionado e com muita vontade de vivenciar foi o q pude observar no Chile, quase ao nível do mar e um pouco ao norte da latitude de Bariloche.

Essa região centro-sul chilena é muito temperada. O clima apresenta quase as mesmas características térmicas de locais como as Ilhas Britânicas, sendo q estas se situa ao norte do paralelo 50°N.

Vejam a cidade portuária de Valdivia/Chile em Jan deste ano, q coisa mais incrível (lembrando q é meio raro fazer calor em pleno verão alí) 👇Screenshot_20220128_082724.thumb.jpg.3702660085508886359db7b90a1bbf7f.jpgScreenshot_20220128_083113.jpg.1604161256bc62b5dfcf0008f94aad04.jpg

Também trouxe os registros de Osorno, não muito distante de Valdivia e também com altitude abaixo dos 100m (65m). É simplesmente sensacional, com 2 registros negativos em ambas as cidades em pleno ápice do verão... aliás vejam também as máximas de ontem (aparece como 28/1 nas tabelas) q loucura!Screenshot_20220128_083250.thumb.jpg.0d65c78b4cde1c6b4b3e50d48be3caf3.jpg

 

Bem, é isso... Espero q tenham gostado assim como eu gostei de observar esses detalhes do clima nessas áreas do sul.

  • Like 10
  • Thanks 8
Link to comment
Share on other sites

Final da onda de calor aqui no Vale do Ribeira trouxe os seguintes valores antes da chegada da frente fria.

Máximas sob-38 de ontem:

 

40,2°C Pariquera-Açu

40,1°C Miracatu

40,0°C Juquiá

39,8°C Iguape

39,7°C Itaóca

39,3°C Itariri

39,0°C Eldorado

38,9°C Pedro de Toledo

38,7°C Barra do Turvo

38,6°C Ilha Comprida

38,1°C Cajati

38,0°C Registro

 

*Estações do CIIAGRO.

----------------------------

Choveu apenas 6,6 mm durante a madrugada no CIIAGRO de Eldorado. A chuva está sendo uma grande decepção até agora, os volumes previstos são bastante expressivos nestes próximos três dias, mas que não dão cara que irão ocorrer:

image.png.3782645794a46a279dfb4a5c5bd959e7.png

 

Às 11h apenas chuvisca e faz 24,6°C | 99,9% depois de uma mínima de 23,2°C.

 

  • Like 12
  • Thanks 2
  • Sad 3
Link to comment
Share on other sites

Bom dia.

 

Choveu muito no sertão da PB ontem, principalmente no Vale do Piancó e no oeste. O maior volume ocorreu no Vale:

Screenshot_20220128-114441.thumb.png.1757c7ed47638b263665709dff1e1b9d.png

 

Em Pombal choveu 2 vezes, no fim da tarde com a presença de ventania e trovões, e depois das 21h (essa foi fraca mas durou mais de 3h). Ao todo foram 30,7 mm na oficial, fazendo janeiro ter 246,5 mm agora.

 

Marizópolis conseguiu ultrapassar os 400 mm e por enquanto é a única:

Screenshot_20220128-114618.png.8da9c0eb2c0a804ff282ff5507869784.png

 

Já é o 2° mês mais chuvoso de sua curta série, só perde pra 03/2008. São Gonçalo está tendo seu 4° janeiro mais chuvoso.

 

Previsão de hoje é de mais chuvas, imagem de satélite mais recente já mostra muita instabilidade:

Screenshot_20220128-115253.png.dd73a4afb07bb9bf259ec2b1d8a866c5.png

  • Like 15
Link to comment
Share on other sites

No aguardo das chuvas volumosas para o fim de semana, as últimas atualizações já retiraram o absurdo de chuva que estava previsto jogando mais pra realidade, mas agora concentra quase toda chuva no sábado. Ontem tivemos 4 mm numa chuva leve durante a noite, hoje muitas nuvens no céu, aguardando a chuva, faz 24°C.

  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

Em 28/01/2022 em 11:11, Otavio Cyrino disse:

Final da onda de calor aqui no Vale do Ribeira trouxe os seguintes valores antes da chegada da frente fria.

Máximas sob-38 de ontem:

 

40,2°C Pariquera-Açu

40,1°C Miracatu

40,0°C Juquiá

39,8°C Iguape

39,7°C Itaóca

39,3°C Itariri

39,0°C Eldorado

38,9°C Pedro de Toledo

38,7°C Barra do Turvo

38,6°C Ilha Comprida

38,1°C Cajati

38,0°C Registro

 

*Estações do CIIAGRO.

----------------------------

Choveu apenas 6,6 mm durante a madrugada no CIIAGRO de Eldorado. A chuva está sendo uma grande decepção até agora, os volumes previstos são bastante expressivos nestes próximos três dias, mas que não dão cara que irão ocorrer:

image.png.3782645794a46a279dfb4a5c5bd959e7.png

 

Às 11h apenas chuvisca e faz 24,6°C | 99,9% depois de uma mínima de 23,2°C.

 

Realmente uma decepção e a previsão com base no Euro ainda mantém >150 mm pra Eldorado entre hoje e domingo. 

O problema é q já esfriou bastante. 

Veja q o Europeu está sozinho nessa previsão de grandes volumes/3 dias 👇

EuropeuScreenshot_20220128_141031.jpg.a88145171774bf7c54fe13f9d709ef5c.jpg

ICON

Screenshot_20220128_140943.jpg.ce430e2739c8fb648fbfa65ade9b00b8.jpg

GFSScreenshot_20220128_141007.jpg.e0699b324de58dbb78c5ac259da9fc93.jpg

 

INMET emitiu alerta de chuva intensa pra metade sul do Paraná entre esta tarde e amanhã. Também não tenho muita confiança.Screenshot_20220128_140654.thumb.jpg.6d2ef34fd89187e7d88eb686be96a98e.jpg

  • Like 9
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

Em 28/01/2022 em 14:20, Carlos Campos disse:

Realmente uma decepção e a previsão com base no Euro ainda mantém >150 mm pra Eldorado entre hoje e domingo. 

O problema é q já esfriou bastante. 

Veja q o Europeu está sozinho nessa previsão de grandes volumes/3 dias 👇

EuropeuScreenshot_20220128_141031.jpg.a88145171774bf7c54fe13f9d709ef5c.jpg

ICON

Screenshot_20220128_140943.jpg.ce430e2739c8fb648fbfa65ade9b00b8.jpg

GFSScreenshot_20220128_141007.jpg.e0699b324de58dbb78c5ac259da9fc93.jpg

 

INMET emitiu alerta de chuva intensa pra metade sul do Paraná entre esta tarde e amanhã. Também não tenho muita confiança.Screenshot_20220128_140654.thumb.jpg.6d2ef34fd89187e7d88eb686be96a98e.jpg

Bem decepcionante até aqui, é claro que tem bastante chão ainda pela frente, mas só chove fraco e por vezes nem chovendo está. Por enquanto apenas um acumulado irrisório de 0,8 mm aqui em Eldorado. Pelo mapa do Cemaden está chovendo mais no Alto Ribeira, região de Apiaí, talvez seja por lá que a chuva fique concentrada nesses próximos três dias.

 

A Defesa Civil até emitiu um alerta de assustadores 300 mm de hoje até domingo, só não sei qual é o modelo que eles utilizam para essas previsões:

image.png.76da2dd141a972e304f6c7333f38e565.png

Edited by Otavio Cyrino
  • Like 11
Link to comment
Share on other sites

Em 28/01/2022 em 16:41, Otavio Cyrino disse:

Bem decepcionante até aqui, é claro que tem bastante chão ainda pela frente, mas só chove fraco e por vezes nem chovendo está. Por enquanto apenas um acumulado irrisório de 0,8 mm aqui em Eldorado. Pelo mapa do Cemaden está chovendo mais no Alto Ribeira, região de Apiaí, talvez seja por lá que a chuva fique concentrada nesses próximos três dias.

 

 

Não só por ai viu, o norte do PR até ontem tinha previsões de chuvas absurdas pro final de semana, até 100 mm num único dia, hoje por exemplo previa-se algo entre 30 e 40 mm, resultado até agora 1,3 mm, para amanhã 50 mm e domingo está reduzindo para quase nada, agora é torcer para vir alguma coisa mesmo hahah mudança bem radical.

  • Like 3
  • Sad 6
Link to comment
Share on other sites

E o tempo também mudou na cidade de São Paulo.

As chuvas chegaram entre o final da noite de ontem e a madrugada de hoje.

 

Amanhecemos com chuva.

Depois, o tempo ficou nublado até o início da tarde, com algum mormaço e rápidas aberturas de um sol fraco, ainda com algum abafamento.

Foi neste período que se registraram as temperaturas máximas de hoje.

 

A tarde vem sendo de chuva intermitente (O "famoso" chove-pára-chove-pára...) com momentos de chuva forte.

Os volumes variam bastante pela cidade.

Nas últimas 24 horas, os acumulados nas estações do CGE vão de 12 até 69 mm, até o momento.

 

Mesmo agora à tarde, ainda ocorreram rápidas aberturas de sol nas paradas da chuva.

 

Acumulados deste janeiro até as 5 horas da tarde de hoje nas estações oficiais,

Mirante (Aut): 301,6 mm (Média 1991-2020: 292,1 mm)

Interlagos: 210,6 mm

 

Hoje,

Mirante (Aut): 19,6°C / 26,3°C (Ontem: 31,0°C)

Interlagos: 18,8°C / 24,9°C (Ontem: 33,8°C)

IAG: 19,3°C / 26,5°C (Ontem: 31,9°C)

 

Depois de semanas, vamos tendo um final de tarde chuvoso e agradável, com ventos frescos.

Às 17 h, as temperaturas variavam de 21,3° até 21,8°C nas 3 estações oficiais.

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 19
Link to comment
Share on other sites

Fim de tarde com chuva em São Paulo.

Na rua já está bem melhor, apesar de ainda haver desconforto por conta da umidade alta (mas nem se compara ao que estava nos últimos dias com aquele solaço. Parecia que você estava levando chicotada ao andar entre meio dia e 17 horas).

Dentro de casa ainda está quente, mas menos do que ontem. Hoje a interna voltou a ficar abaixo dos 28 graus (algo que não ocorria há pelo menos 10 dias) com 27,2 graus neste momento.

 

Nas estações do CGE, as temperaturas variam bastante. Entre 20 e 23 graus.

As zonas norte, centro e oeste estão em estado de atenção por causa da chuva.

hEcCkO8.png

 

 

Imagem dos radares da UNESP das 17:45 mostra uma gigante área de chuva atravessando o estado de SP.

Por conta disso, as chuvas poderão perdurar a noite toda na capital paulista.

1eV8WdT.jpg

  • Like 18
Link to comment
Share on other sites

Hoje tivemos as máximas mais baixas deste mês de Janeiro em São Bento do Sul:

17°C Epagri Mato Preto

16,7°C Epagri Rio Vermelho

16,5°C Incoterm Rio Negro

16°C Samae Centro

 

Além de mudar do Tereré para o chimarrão... Vamos de sopa rsrsrs...

20220128_183750-ANIMATION.gif.ceaa95735389f63d9fabec4871bfdbbf.gif

 

14,8°C neste momento (inverteu a mínima), UR em 98% e chuva fraca.

  • Like 20
  • Thanks 4
Link to comment
Share on other sites

Depois do calorão e dias afinco sem precipitação mensurável voltamos a ter chuva na cidade do Rio de Janeiro. Em alguns pontos a chuva foi mais forte, como em Sepetiba por exemplo.

 

Desde o início da noite entramos num período com risco de temporais, durando todo o fim de semana, principalmente nesse sábado. Aqui onde estou em Jacarepaguá na zona oeste houve chuva moderada por volta das 20 horas, com trovoadas.

 

Temperaturas já teve um declínio, aliviando um pouco o calor incessante de antes. Agora temos 24°, com céu completamente encoberto.

  • Like 10
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Tem até 11 da manhã pra chover tudo isso que estão falando

pW5ZJhB.png

 

Aviso de: Chuvas Intensas
Grau de severidade: Grande Perigo
Início: 28/01/2022 23h40min
Fim: 29/01/2022 11h00min


Riscos Potenciais:

 

INMET publica aviso iniciando em: 28/01/2022 23:40. Chuva superior a 60 mm/h ou maior que 100 mm/dia, ventos superiores a 100 km/h. Grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, de queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e grandes transtornos no transporte rodoviário..
  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

Muito contente em ver este novo canal de umidade apontando justamente para áreas que precisam muito da chuva. O oeste de SP, norte do PR e também no MS…parece haver neste momento bastante instabilidade em toda essa porção de território.
 

Mas a chuva também retornou por aqui, embora o calor não vá parar. Ontem tivemos um pancadão à tarde, rápido, de 15,2mm. Hoje a previsão aponta para risco de temporais em toda a zona da mata. 

  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

E com os 20mm acumulados nas últimas 24h, São Paulo (Mirante) ultrapassou a média de chuva de janeiro e superou a marca de 300mm.

 

Será uma das capitais que vai fechar o mês de janeiro com chuva acima da média junto com BH e mais algumas. 

Edited by Darley
  • Like 13
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

Ontem foi um dia clássico de verão na grande BH: Sol, muito calor e tempestades de verão ao final do dia e a noite, que caíram em muitos bairros mas em outros não. Aqui em casa, a chuva veio com violência e ventania, mas cada pancada durou no máximo 20 minutos. 

 

20220128_233405.thumb.jpg.b5922cd30535330219df7cc9cea44b97.jpg

 

O tempo hoje está mais fechado e chove fraco aqui em casa, mas notem que lá no fundo da imagem, na direção da região norte de BH, o sol ainda predomina praticamente sem nuvens. Acredito que o dia será assim, chove em um lugar e no outro não e vice versa. 

 

20220129_104606.thumb.jpg.20bc445f9a17d99227d8bcbe24f9c1a9.jpg

  • Like 18
Link to comment
Share on other sites

Em 29/01/2022 em 10:42, Darley disse:

E com os 20mm acumulados nas últimas 24h, São Paulo (Mirante) ultrapassou a média de chuva de janeiro e superou a marca de 300mm.

 

Será uma das capitais que vai fechar o mês de janeiro com chuva acima da média junto com BH e mais algumas. 

 

 

ACUMULADOS DE CHUVA EM JANEIRO ATÉ AS 9:00 DE HOJE

 

308,0mm MIRANTE DE SANTANA-AUT
264,4mm BARUERI-INMET
218,0mm SESC INTERLAGOS

 

CGE/SAISP:


339,6mm PARQUE DA ACLIMAÇÃO
324,8mm BUTANTÃ
315,6mm PERUS
312,8mm VILA MARIANA
305,8mm MERCADÃO MUNICIPAL
267,0mm VIADUTO DO CHÁ
263,4mm PINHEIROS
253,0mm ITAQUERA
251,5mm SÉ
233,8mm JABAQUARA
192,6mm PARQUE DO IBIRAPUERA
185,4mm TREMEMBÉ
183,2mm VILA FORMOSA
151,0mm SÃO MATEUS

  • Like 23
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

Sobre o episódio de ontem, a chuva que caiu no fim da tarde em Pombal foi bem intensa, veio acompanhada de fortes ventos e trovões, causando alagamentos e outros transtornos.

IMG_20220129_122428_470.thumb.jpg.0054618168fa41d1cfe34d70f22325a2.jpg

IMG_20220129_122426_853.thumb.jpg.7655e33ac59d02c7c974876558b27aa2.jpg

Rafael Santos

FB_IMG_16434692590340256.jpg.7824194be41d2174f7415e56ecd3bf71.jpg

Thiago Benigno

IMG_20220129_122756_864.thumb.jpg.d43b047f6857187c9f7fb3c1f14d5810.jpg

Créditos na imagem

 Reprodução

 

No começo da madrugada de hoje voltou a chover forte por conta dessas instabilidades que vieram do norte 👇

IMG_20220129_122710_472.thumb.jpg.a4f73bb407a31a0c5e03842b2b4bc44b.jpg

 

Ao todo foram 59,5 mm na oficial, embora aqui em casa tenha caído 72,7 mm. No sertão se destacaram São José do Brejo do Cruz (81,7 mm), Jericó (81 mm) e Carrapateira (69,7 mm).

 

Quanto aos volumes mensais, Pombal agora tem 306 mm em sua estação oficial, basicamente o triplo da média de janeiro (102,9 mm na normal 1991/2020), configurando o janeiro mais chuvoso em 18 anos e o 5° mais chuvoso da série (se chover 27 mm chegaremos ao 4°).

IMG_20220129_123542_884.jpg.4658caa019949ed81c269a2b00a92208.jpg

  • Like 18
  • Thanks 5
Link to comment
Share on other sites

Em 28/01/2022 em 09:34, Carlos Campos disse:

Bom dia à todos...

Tempo instável com chuva leve em Piraquara nesta manhã de sexta-feira, com grande possibilidade de máxima abaixo dos 20°C, ou cerca de 11°C ou 12°C inferior à máxima registrada ontem.

Também houve bastante vento leste/sudeste durante a madrugada, o q ajudou a refrescar muito o ambiente interno, assim como aconteceu em São Bento do Sul e reportado pelo @SandroAlex.

Por curiosidade, verifiquei algumas das estações da Argentina e também do Chile no site OGIMET 

https://www.ogimet.com 

e me surpreendi com a volatilidade do clima nas áreas abaixo do paralelo 35°S em ambos os países. 

Sabemos q pela existência da Cordilheira, nem sempre as ondas de calor ou mesmo de frio apresentam uma correlação exata entre leste e oeste pois existe a barreira montanhosa q impede muitas vezes uma homogeneidade atmosférica e tem também um aspecto bastante curioso q diz respeito aos ventos na região. O Chile recebe os ventos quase q imutáveis, pelo SW, devido à corrente fria q se estende pela costa até o Peru, enquanto a Argentina tem os ventos de W/NW devido à baixa pressão semi-fixa na região logo abaixo das Ilhas Falkland, curiosamente o regime dos ventos no sul do Continente forma o desenho de um "V" de ponta cabeça... 

Eu não estudei muito esse assunto da interferência das montanhas sobre as massas de ar migratórias nas áreas temperadas desses dois países, e o q eu falo é unicamente por observações empíricas, o q não é muita coisa, mas já é alguma coisa...

O q me chamou atenção neste Janeiro/22 foi a variedade de condições, eu diria extremas, dentro de uma área climaticamente "suave", já q tem pouca terra e muita água dos dois lados.

Primeiramente, analisando a cidade de Bariloche/Argentina, com seus 800m de altitude (seria mais ou menos a altitude média de Caxias do Sul) e 42° de latitude Sul (Caxias, 29°S aproximadamente).

Então, durante o mês, até agora, houve uma variação térmica absoluta de 32,8°C, sendo -2,0°C a mínima no dia 18 e 30,8°C a máxima no dia 9.Screenshot_20220128_082456.thumb.jpg.4e66e34e7dc14dccba71fe1b2930880c.jpg

A diferença entre a maior e menor mínima chegou à 15°C ao passo q a diferença nas máximas foi um pouco maior: 13,3 ~ 30,8.

Eu diria q é um clima muito interessante, principalmente por se tratar do mês mais quente do ano, período de pouca mutabilidade térmica: sim, a região das serras brasileiras também tiveram geada em pleno janeiro e máximas acima dos 30°C, no entanto os locais ficam acima da cota dos 1.100/1.200m. E eu aprecio muito isso. E também já é bem comentado.

Mas o q realmente me deixou impressionado e com muita vontade de vivenciar foi o q pude observar no Chile, quase ao nível do mar e um pouco ao norte da latitude de Bariloche.

Essa região centro-sul chilena é muito temperada. O clima apresenta quase as mesmas características térmicas de locais como as Ilhas Britânicas, sendo q estas se situa ao norte do paralelo 50°N.

Vejam a cidade portuária de Valdivia/Chile em Jan deste ano, q coisa mais incrível (lembrando q é meio raro fazer calor em pleno verão alí) 👇Screenshot_20220128_082724.thumb.jpg.3702660085508886359db7b90a1bbf7f.jpgScreenshot_20220128_083113.jpg.1604161256bc62b5dfcf0008f94aad04.jpg

Também trouxe os registros de Osorno, não muito distante de Valdivia e também com altitude abaixo dos 100m (65m). É simplesmente sensacional, com 2 registros negativos em ambas as cidades em pleno ápice do verão... aliás vejam também as máximas de ontem (aparece como 28/1 nas tabelas) q loucura!Screenshot_20220128_083250.thumb.jpg.0d65c78b4cde1c6b4b3e50d48be3caf3.jpg

 

Bem, é isso... Espero q tenham gostado assim como eu gostei de observar esses detalhes do clima nessas áreas do sul.

  

Esse verão deles lembra o inverno de muitas cidades brasileiras , frio , ameno e calor tudo dentro de um mês.

  • Like 8
Link to comment
Share on other sites

Em 29/01/2022 em 15:06, EvandroPR disse:

  

Esse verão deles lembra o inverno de muitas cidades brasileiras , frio , ameno e calor tudo dentro de um mês.

Bem isso! Tem muitas áreas do Sul e do Sudeste q apresentam variáveis em Julho compatíveis com essas de pleno janeiro na costa do Chile.

Aliás comparando o verão de Valdivia com o de Nova York, é incrível como a cidade chilena é muito mais fria!

Ambas ficam praticamente na mesma latitude (40°) e mesma altitude, mas Valdivia tem temperaturas negativas em Janeiro e Nova York nunca baixou dos 10°C em Julho/Agosto.

Os registros de NY são desde 1869 (Central Park) 👇Screenshot_20220128_135429.thumb.jpg.9032def72e56d37961b8ab400d6e7874.jpg

  • Like 15
Link to comment
Share on other sites

Olha, mudança nas previsões igual essa a tempos eu não via, saímos de 100-200 mm projetos praticamente para o fim de semana, muita chuva mesmo, que foi reduzindo e reduzindo e o que nos restou foram 4 mm ontem e 8 mm hoje. Janeiro chega a 189 mm, dos 17 janeiros que tenho registro é o 4° com menor volume.

  • Like 10
Link to comment
Share on other sites

Final de tarde com céu nublado e chuvas fracas de forma isoladas em São Paulo.

As temperaturas, nas estações do CGE, estão bem agradáveis. Entre 19 e 21 graus.

40iGLzY.png

 

 

Imagem dos radares da UNESP das 17:37 mostra várias áreas de chuva cortando o estado de SP.

Elas atingem o norte da Grande SP.

6TQw55u.jpg

  • Like 12
Link to comment
Share on other sites

E janeiro termina com chuvas abaixo da média aqui em Queimada Nova.

 

Ontem e hoje que deveriam ser os dias mais chuvosos da semana, decepcionaram. Ontem, a cidade ainda teve 6 mm pela madrugada, mas o restante do dia foi de tempo seco. Hoje, houve só algumas chuvas rápidas e isoladas nas proximidades.

 

IMG_20220129_133403.thumb.jpg.b3fb1b64346af53e8bfa58149d360f03.jpg

 

Com isso, janeiro termina com acumulados de 42, 58 e 71 mm nos meus 3 pluviômetros do município, contra uma média de aproximadamente 134 mm. Ainda sim, esses volumes foram acima de mediana do mês que é de 29 mm (2013-2021).

 

Não existe previsão de chuva para as últimas horas do mês, nem para a primeira semana de fevereiro.

 

 

  • Like 15
Link to comment
Share on other sites

Chovendo muito está tarde no vale do Paraíba.

Não esperava isto já que os modelos projetavam mais chuva para o vale do Ribeira.

E pelo andar da carruagem tem muita chuva pra cair o radar está tomado por instabilidades.

Outra coisa que eu tentei mostrar por foto mas não dá pra perceber muito o tom do céu está alaranjado, nunca vi este tom assim com chuva, não sei de onde vem isto, não há nenhuma abertura de sol que possa estar iluminando por baixo das nuvens.

Vi IMG_20220129_191143169.thumb.jpg.1cf0cad0adf5a35702a9413f75f24b70.jpgalgo parecido em sp em Agosto de 2019 ou 2018 que teve aquela chuva preta

Screenshot_20220129-190310.png

Screenshot_20220129-190708-437.png

Edited by jrmartinisp
  • Like 9
Link to comment
Share on other sites

Oi pessoal, boa noite! Estava assistindo o último vídeo do Coutinho sobre as previsões em relação à la niña desse ano. Tudo indica que teremos um longo e muito frio inverno, repetindo a dose do ano passado. Com esse frio todo que poderá vir, teremos muito do que falar nesse inverno(ou outono).

As previsões indicam oceanos frios circulando o Cone-sul, intensificando a estiagem e o frio, ao mesmo tempo com picos de calor.  Segue os mapas do que está sendo previsto de anomalia para os oceanos nos próximos meses:

glbSSTSeaadj.gif

Estou meio por fora aqui do fórum porque no verão não têm nem muita graça acompanhar o clima, ainda mais eu que não gosto de calor. Mas já aproveitando meu breve retorno, tivemos praticamente duas semanas de calor insuportável e muita secura. Atingi até quase 39°C aqui em casa no sábado, domingo e quarta-feira para ontem não passar de 22°C e hoje não passar de 23°C. Isso já é efeito dos oceanos frios trazendo grande contraste. Desde quarta a noite já choveu cerca de 70mm por aqui, sendo um grande alívio.

Edited by Luide Luckmann
  • Like 21
  • Thanks 2
Link to comment
Share on other sites

Em 29/01/2022 em 09:06, Renan disse:

Muito contente em ver este novo canal de umidade apontando justamente para áreas que precisam muito da chuva. O oeste de SP, norte do PR e também no MS…parece haver neste momento bastante instabilidade em toda essa porção de território.
 

Mas a chuva também retornou por aqui, embora o calor não vá parar. Ontem tivemos um pancadão à tarde, rápido, de 15,2mm. Hoje a previsão aponta para risco de temporais em toda a zona da mata. 

Renan,

o modelo CFS, está indicando muita chuva para Juiz de Fora, nos próximos 45 dias, fevereiro acumularia acima de 300 mm, até o dia 13 de março somaria 608 mm.

Vi a previsão estendida do Coutinho para 45 dias, indicando bastante chuva para estado de SP e chuvas acima da média na Zona da Mata e todo RJ.

Hoje os Cumulus Nimbus, formaram no início da tarde em parte do Noroeste do RJ e no extremo sul do ES.  Uma nuvem enorme no horário de 14 h a nordeste, leste e sudeste de Laje do Muriaé, mas não choveu aqui. As instabilidades, formaram na região Noroeste pela tarde. 

Aqui em Laje do Muriaé, foi um parto para chover hoje, o calor, foi maior do que quinta e sexta. As chuvas chegaram ás 18 h 33, vindas de uma área de chuva formada na Zona da Mata em Muriaé, fica  a oeste daqui, finalmente quebrou o jejum de chuvas moderadas, a última tinha ocorrido na noite do dia 10 de janeiro(foi um verdadeiro veranico de janeiro).

  • Like 8
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

  • Renan locked, unfeatured and unpinned this topic
Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.