Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

All Activity

This stream auto-updates     

  1. Past hour
  2. Só gostaria de adicionar que Morretes ontem teve máxima de 34,5°C. Imagina só passar por um salto de 20 graus em 24 hrs completas.
  3. Obrigado, Wallace. De fato. O Weather Underground fica estranho mesmo. Muda, volta, piora, melhora. Eu tenho uma pasta salva com estações antigas, mais antigas ainda, novas. Estações que acompanho. As aqui de Curitiba e outras estações frias espalhadas por ai, que com certeza boa parte pertence e/ou foi instalada pelo aqui do BAZ mesmo. Enfim, é uma pasta salva no favoritos, com subpastas, todo organizada para mim mesmo. Salvei esse seu link para com os ID de outras estações mudar os números e ver dados de dias passados das estações. Muito obrigado mesmo. 😃
  4. Today
  5. Oi Aldo, na verdade eu já havia encontrado as estações, mas queria ver pelo Street View também que dá uma ideia bem melhor dos obstáculos no entorno e ainda das condições gerais da estação, isso que não foi possível no caso de Juiz de Fora onde carro do Google não pôde avançar além da obra (não dá para ver fotos da maioria das estações pelo Street View, mas ali havia uma chance por passar uma pequena rua entre a auto e conv). Mas de fato eu reparei que o posicionamento de algumas estações no mapa melhorou nos últimos tempos.
  6. https://vejasp.abril.com.br/cidades/ceu-escuro-preto-sp/
  7. Wallace, o INMET deu uma refinada nas coordenadas das convencionais, que eram muito imprecisas. Hoje, elas estão com a mesma precisão das automáticas. Basta clicar a estação e ir ampliando o mapa do INMET que o "balãozinho" está no local exato. O problema é que tem que anotar a localização para depois ir no Google Maps, já que o INMET não o usa mais. A de Juiz de Fora fica na direção do final da rua Bento Hinoto, que termina sem saída.
  8. Renan, uma curiosidade.. como você está fazendo com as anomalias de Juiz de Fora? Digo isso pois há uma diferença média entre automática e convencional na casa dos 1,5ºc nas máximas, e isso vem de vários anos (em 2014 lembro que já era assim, mas suspeito que vem de muito antes, só que eu não acompanhava). Assim como vocês considero os valores da automática mais realistas para a altitude e posição da estação, mas a possibilidade da convencional estar com estes valores mais altos desde a época das normais, ou ter começado a aquecer mais em algum momento no meio do período da normal, complica bastante a coisa. O INMET realmente não facilita a nossa vida. Aqui eu diria que agosto deve fechar dentro da média; prefiro considerar anomalias de até 0,5ºc mais ou menos como dentro da média, e se isso de fato acontecer será o terceiro seguido nesta condição também (temos uma alta correlação com Juiz de Fora, como não poderia deixar de ser). O último agosto ligeiramente quente por aqui foi o de 2016 (mas ainda no limite da média, depende da metodologia), e o último quente de fato em 2015. Mas depois do primeiro semestre de 2019 ter ficado entre os mais quentes da história das observações em grande parte do Sul e Sudeste puxado por jan/abr/mai/jun (e ter sido o mais quente em muitas cidades), esta mudança de padrão de julho para cá era no mínimo uma obrigação, já estava ficando bizarro demais mesmo levando em conta o aumento das médias globais. Outro dia estava usando o Google Street View para tentar achar a estação de Juiz de Fora, mas não deu pois havia uma obra com instalações temporárias e placas de compensado pintadas de vermelho e branco perto do alto da rua, bloqueando a passagem. Ia tentar ver se se o fato da convencional estar num ponto mais abrigado (mais ao centro do topo/alto de encosta, enquanto a automática está num ponto mais exposto na borda), algo que detectei já na imagem de satélite, poderia deixar a convencional mais protegida do vento, justificando o maior aquecimento do abrigo. Uma estação muito boa de encontrar com o Maps foi a convencional de Bagé; basta procurar por "peruzzo avenida espanha" e logo aparece uma gramado delimitado por 4 ruas; o cercado da estação se destaca à esquerda já na imagem de satélite, e colocando o street view na rua bem ao lado (Narciso Sune) há uma ótima visibilidade para a estação, que fica num pequeno montículo gramado, talvez para evitar acúmulo de água na base da estação quando chove mais forte.
  9. Hoje foi um dia estranho, parece-me que foi uma poderosa cortina de fumaça vinda da Amazônia que cobriu parte do país. O sol parecia uma esfera vermelha, por incrível que pareça a temperatura não passou de 20°C sendo que o previsto era 24°C. Bastante provável que chova a noite.
  10. Em dias de ventos O/NO pré-frontais, a temperatura dispara mesmo no litoral paulista, pelo aquecimento adiabático. Felizmente, nesses casos, é um calor seco, muuuiito mais suportável do que o calor úmido, abafado e pegajoso do verão.
  11. Esquece esse wunderground antigo, o site comum agora já traz os décimos e permite mudar de fahrenheit para celsius (e polegadas para milímetros) normalmente: https://www.wunderground.com/dashboard/pws/IPRCURIT10/graph/2019-08-18/2019-08-18/daily Além disso, voltaram com as médias diárias verdadeiras que levam em conta todas as observações da estação (no início era assim, mas nos últimos 2/3 anos passaram a exibir apenas a muitas vezes enganosa média simples), e agora finalmente caíram na real voltando com as médias completas. Hoje o dia foi bastante modorrento por aqui, com nuvens baixas escuras grudadas na Serra da Carioca (que se avista de Niterói, e fica no município Rio de Janeiro) o dia inteiro, e um céu com aspecto meio sujo nas demais direções (possivelmente algum efeito da fumaça), mas sem precipitação mensurável ainda. Há previsão de períodos de chuva a partir da noite de hoje e ao longo do dia de amanha, depois passando a chuviscos isolados pelo resto da semana. O extremos do dia até agora foram de 24,2ºc (2:29 am) a 22,1ºc (agora) na PWS da Ilha do Fundão, com mínima prevista para o final da noite. O INMET de Niterói (mais afastado da água) conseguiu uma mínima de 19,9ºc no início da madrugada com céu ainda aberto, e a máxima ficou em 24,6ºc.
  12. Apesar do céu limpo de nuvens, dá para olhar para o sol sem nenhuma problema, o sol estava rosa escuro, quase roxo no momento que eu tirei q primeira foto, que foi às 18:08, mas não saiu na foto Já nessa outra tirada 4min mais tarde o sol baixou em uma altura em que a poluição tampou quase totalmente ele
  13. Nossa nem um papelzinho de bala no chão . Nem parece Brazil rsss
  14. Morretes e Antonina são uma dupla de cidades lindas e únicas. Antonina em especial está a beira do começo da baía de Paranaguá, e se tem uma visão de muitos morros e ilhas. Morretes já está mais terra adentro. Renan, no período da tarde, Morretes chegou a 12,8°C de máxima.
  15. Qual foi a máxima em Morretes ? Cidade linda, com uma vista deslumbrante para a serra do mar. Às vezes o litoral do PR surpreende com esses belos valores. E o litoral sul de SP idem, como por exemplo em Iguape, onde tivemos uma tarde toda de chuva com 15 graus.
  16. Paranaguá teve a tarde mais fria do ano, com máxima de 12°C. Agora, 11,8°C por lá. Em Curitiba, como bastante gente já comentou, dia frio e eu sinceramente esperava esses valores à tarde. Já aqui em São Paulo, Butantã, um cheiro estranho no ar, pelo menos eu senti essa tarde, e me lembra algo de queimado.
  17. Sim, sim, mas em todo caso as queimadas ajudam na emissão do gás. A propósito, a camada de fumaça aqui está assim:
  18. A propósito, a máxima de hoje na AHU, que voltou a funcionar, foi de 13,5º, à meia noite. Máxima totalmente invertida. Desde então só caiu e agora está por volta dos 8,5º C.
  19. Boa tarde! Ontem a estação AHU tava meio OFF e dai eu estava me baseando na estação PILARZINHO. Porém continuo tendo problema para aqui no notebook conseguir ver dados históricos, de dias anteriores. Alguém consegue me passar a precipitação registrada ontem na estação Pilarzinho aqui de Curitiba? O Link que eu tenho dela: http://api.wunderground.com/personal-weather-station/dashboard?ID=IPRCURIT10 Caso alguém conseguir ver o dado de ontem, por favor, me passar
  20. As 4 da tarde no Centro de Curitiba-PR. A área mais urbanizada e quente da cidade:
  21. Na verdade o CO2 é totalmente invisível, o que vemos é a fuligem, poeira e talvez alguma outra forma de partícula em suspensão
  22. Será que essa fumaça tá causando esse tom amarelado forte aqui em São Paulo? O Sol tá posicionado a Oeste. Tá parecendo Sidnei naquela tempestade de areia de 2009.
  23. Estas tonalidades em tons amarelados estão pelo centro da cidade tbm, tentei tirar foto, mas não dá para perceber direito, nos prédios da para ter uma noção um pouco melhor da tonalidade. Agora escureceu mais e começo a ouvir trovoadas. Já é a terceira vez este mês que chove com trovoadas pelo leste de SP, chegando até o vale do Paraíba. Algo pouco comum para o mês mais seco do ano. Apesar do Mirante estar com baixo acumulado e não parecer, outras áreas foram mais favorecidas.
  24. Tarde até nebulosa de tanta fumaça das queimadas na região. Temperatura de 28 graus em Conselheiro Lafaiete. Amanhã tem previsão de chuva (kkkkkkkk, deixo aqui minha risada incrédula) e depois já esfria de novo. A gangorra desse agosto tá demais, já deve ser a quarta queda de temperatura do mês
  25. Que nojeira essa fumaça. Ela é tão forte que facilmente aparece nas imagens de satélite. É muito CO² na atmosfera gente, precisamos parar !
  26. Foto de meu bairro as 15:50 h . Agora chove muito forte!!!
  1. Load more activity
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.