Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão Climática (ENSO/SST/AAO/PDO) 2021

Topic will be automatically locked at 02:00 AM

Recommended Posts

TÓPICO PARA MONITORAMENTO E PREVISÃO CLIMÁTICA (ENSO/SST/AAO/PDO) 2021

 

Tópico antigo fechado para consultas:

 

 

 

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

SERVIÇO METEOROLÓGICO AUSTRALIANO INDICANDO QUE A LA NIÑA ESTÁ PERDENDO FORÇA

 

PACÍFICO DEVERÁ RETORNAR A NEUTRALIDADE NO COMEÇO DO OUTONO

 

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Bureau de Meteorologia da Austrália (BoM) é muito competente, mas já percebi que o modelo deles sempre tende para o quente em comparação com os demais! Embora todos modelos apontem para um enfraquecimento da La Niña até junho, a intensidade desse enfraquecimento é maior pelo BoM.

 

Curiosamente, alguns modelos de mais longo prazo apontam para um enfraquecimento da La Niña no meio do ano mas ela retornaria em outubro, outros mostram que no final do ano teremos neutralidade. Esperar para ver como será a partir de julho... vejam na imagem abaixo que o modelo australiano é o único que não coloca anomalia negativa da TSM na região 3.4 e o modelo da NASA é o extremo oposto (esse por outro lado costuma ser sempre mais frio que os demais):

 

Nino 3.4 2 month outlook

  • Like 5
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
46 minutos atrás, Flavio Feltrim disse:

O Bureau de Meteorologia da Austrália (BoM) é muito competente, mas já percebi que o modelo deles sempre tende para o quente em comparação com os demais! Embora todos modelos apontem para um enfraquecimento da La Niña até junho, a intensidade desse enfraquecimento é maior pelo BoM.

 

Curiosamente, alguns modelos de mais longo prazo apontam para um enfraquecimento da La Niña no meio do ano mas ela retornaria em outubro, outros mostram que no final do ano teremos neutralidade. Esperar para ver como será a partir de julho... vejam na imagem abaixo que o modelo australiano é o único que não coloca anomalia negativa da TSM na região 3.4 e o modelo da NASA é o extremo oposto (esse por outro lado costuma ser sempre mais frio que os demais):

 

Nino 3.4 2 month outlook

Neutralidade de viés frio em junho seria bom para o frio. 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por enquanto a La Niña não trouxe efeitos notórios para minha região, vamos aguardar os próximos meses. A nível global, certamente trouxe um merecido arrefecimento ao planeta, após vários anos seguidos de recordes.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo CFS essa La Niña deve enfraquecer um pouco nos próximos meses, mas vir ainda mais forte na primavera 2021.

 

Lembrando que o CFS pegou com muita antecedência essa La Niña que estamos agora. De qualquer forma, tudo indica que o outono e inverno serão com o O. Pacífico(reg. 3.4) com águas mais frias que o normal.

 

b2ae4c40-8060-4000-aaf8-4041c23bb480.thumb.gif.19d70326d95a67d2b30db0e55ced8f49.gif

  • Like 3
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
52 minutos atrás, Matheus b Santos disse:

Pelo CFS essa La Niña deve enfraquecer um pouco nos próximos meses, mas vir ainda mais forte na primavera 2021.

 

Lembrando que o CFS pegou com muita antecedência essa La Niña que estamos agora. De qualquer forma, tudo indica que o outono e inverno serão com o O. Pacífico(reg. 3.4) com águas mais frias que o normal.

 

b2ae4c40-8060-4000-aaf8-4041c23bb480.thumb.gif.19d70326d95a67d2b30db0e55ced8f49.gif

 

Olha ali o que acontece com nosso Atlântico Sul. Nosso ponto de maior interesse !

  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cenário ATUAL dá indicativos de que o inverno no Hemisfério Sul (quiça no sul do Brasil) será interessante em termos de frio!!! Aguardando as próximas rodadas...

  • Like 2
  • Thanks 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, Flavio Feltrim disse:

O cenário ATUAL dá indicativos de que o inverno no Hemisfério Sul (quiça no sul do Brasil) será interessante em termos de frio!!! Aguardando as próximas rodadas...

 

Pacífico equatorial mantendo-se abaixo da média e o Atlântico Sul esfriando, essas são ótimas notícias.

Tem tudo para ser um inverno bem melhor que os últimos.

  • Like 5
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Espero uma mínima de 7 C e máxima de 13 C, ou menos, ou até de 10 C, em Primavera, pois se em Tangará da Serra teve isso, e uma PWS perto em Nova Marilândia teve máxima de 10 C, em agosto, por que Primavera não pode ter, sendo que é até mais alta? Lembrando que no evento de maio Primavera esfriou um pouco mais que Tangará e tanto quanto a PWS citada, mas em agosto na mesma ocasião uma máxima chata de 25 C, o que dá em qualquer dia do verão por causa das chuvas, e frio sub-10 quase só de madrugada subindo pra 26 C de tarde. 

Edited by Leandro Leite
  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em agosto de 2019 o pessoal de BH reclamou muito que o frio chegou em Ouro Preto e Ouro Branco e não chegou lá que é tão perto, só 100 km, porém em 2020, também em agosto o frio chegou em BH trazendo a menor máxima em 21 anos, e seguiu em frente com máxima sub-15 em Diamantina, cidade histórica como Ouro Preto, e terra do ex-presidente JK. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 20/01/2021 em 09:21, Matheus b Santos disse:

Pelo CFS essa La Niña deve enfraquecer um pouco nos próximos meses, mas vir ainda mais forte na primavera 2021.

 

Lembrando que o CFS pegou com muita antecedência essa La Niña que estamos agora. De qualquer forma, tudo indica que o outono e inverno serão com o O. Pacífico(reg. 3.4) com águas mais frias que o normal.

 

b2ae4c40-8060-4000-aaf8-4041c23bb480.thumb.gif.19d70326d95a67d2b30db0e55ced8f49.gif


Olhando os gráficos, há alguns membros que apontam, literalmente, para a La Niña mais forte já registrada. 

 

62BC260E-DF87-45B1-A04F-6D9C209EEDC9.thumb.gif.10e2b3e634271315d7b333abfc522725.gif

Edited by Pedro Victor P.
  • Like 4
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
54 minutos atrás, Pedro Victor P. disse:


Olhando os gráficos, há alguns membros que apontam, literalmente, para a La Niña mais forte já registrada. 

 

62BC260E-DF87-45B1-A04F-6D9C209EEDC9.thumb.gif.10e2b3e634271315d7b333abfc522725.gif

Mais forte não, pois seria difícil superar 73-75 ou 88/89, mas de repente é 2021 o ano que teremos um dígito em Cuiabá, a última foi 2017 e antes 2013, com isso dá a cada 4 anos. 

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu troco bombas polares, por um inverno inteiro pelo menos dentro da média .

Cansei de esperar essa bomba polar, e faz mais tempo ainda que não temos um inverno inteiro dentro do que é esperado .

  • Like 5
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Pedro Victor P. disse:


Olhando os gráficos, há alguns membros que apontam, literalmente, para a La Niña mais forte já registrada. 

 

62BC260E-DF87-45B1-A04F-6D9C209EEDC9.thumb.gif.10e2b3e634271315d7b333abfc522725.gif

 

Não dá pra confiar nessas rodadas isoladas dos modelos porque logo muda tudo... veja que as anteriores em vermelho mostravam outro cenário e logo volta a TSM lá pra cima. Tem q observar ao longo do tempo e a média dos ensembles!

 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Região Niño 1+2 com anomalia zerada, depois de muito tempo mesmo negativo.

 

ygWu3Nc.png

 

 

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém ainda acredita que o dipolo possa se inverter e favorecer o Nordeste até março?

 

cdas-sflux_ssta_global_1.png

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fazendo uma comparação entre o ano passado e agora, dá para reparar que o Atlântico Sul na costa brasileira dificilmente fica neutro. A bolha quente diminuiu em temperatura, mas parece que se expandiu em tamanho.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acaba  de sair no site da Metsul. Sim, já estão deixando a gente sonhar. 

 

A MetSul Meteorologia observa há muito tendência de repetição de padrões do inverno da América do Norte meses depois no inverno do Sul do Brasil. Anos de eventos muito extremos de frio em janeiro e fevereiro, de caráter histórico, acabaram tendo depois nos meses do nosso inverno também eventos de grande intensidade e marcantes no Sul do Brasil.

 

Casos de 1918, ano de inverno incrivelmente rigoroso nos Estados Unidos e que depois teve entre junho e julho neve na cidade de Buenos Aires e o recorde de mínima de toda a série histórica de Porto Alegre com -4ºC. Ou 1962 que foi outro ano congelante no Hemisfério Norte e após teve um inverno rigoroso no Sul do Brasil. 

 

Chama a atenção que vários anos foram mencionados nas últimas horas em informes sobre o frio nos Estados Unidos e na Europa. Apareceram 1955, que teve uma onda de frio excepcional com recordes de temperatura mínima no Rio Grande do Sul e uma grande precipitação de neve, o ano de 1994 que foi marcado por uma grande tempestade de neve na Serra Gaúcha no mês de julho.

  • Like 5
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
RESUMO: Aumenta-se a chance do fenômeno La Niña prolongar por 2021 ANÁLISE: Em atualização em 11 de fevereiro de 2021, a Agência de Meteorologia e Oceanografia Norte Americana (NOAA) indicou 60% de chance do atual fenômeno La Niña enfraquecer a ponto de se tornar neutro durante o outono do Hemisfério Sul. Mas alguns pontos indicam que a chance do La Niña perpetuar ao longo de 2021 aumentou nas últimas semanas. A começar pela previsão da simulação americana CFSv2. A partir de meados de janeiro, ela passou a indicar uma tendência de intensificação do resfriamento a partir de março, algo que prosseguiria até pelo menos o fim de 2021. Apesar de ser uma das poucas previsões a mostrar este cenário, ela foi quem indicou mais precocemente o desenvolvimento do atual La Niña. É uma informação que não pode ser ignorada e que deverá ser monitorada mais de perto nas próximas atualizações. Corroborando com o cenário, a área de água quente no Pacífico profundo retrocedeu nos últimos meses, da linha de data para 170°E. O lento avanço desta área de água quente era um dos motivos para se acreditar no término do La Niña no decorrer de 2021. Além de tudo, embora o boletim da NOAA não tenha mencionado, mesmo com o retorno da neutralidade em meados de 2021, sua previsão probabilística aumenta a chance de retorno do La Niña a partir do trimestre agosto-setembro-outubro. Ou seja, na pior das hipóteses, mesmo que o La Niña enfraqueça e se torne neutro, a temperatura do Pacífico voltaria a resfriar no início do segundo semestre de 2021. Na realidade, é bem capaz que a chance de neutralidade diminua a cada atualização e, no fim das contas, tenhamos um Pacífico resfriado durante todo 2021. Aliás, a previsão de probabilidade de chuva do IRI (Instituto Internacional de Pesquisa para o Clima e Sociedade), da Universidade de Colúmbia, indica maior chance de chuva abaixo da média para o trimestre e fevereiro-março-abril no Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul. E no trimestre maio-junho-julho, mantém-se a maior chance de chuva abaixo da média no Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, além de Santa Catarina. Ou seja, mesmo com uma eventual neutralidade no oceano Pacífico, a atmosfera continuará respondendo como La Niña até pelo menos o início do inverno no centro e sul do Brasil. A chance de termos os efeitos do La Niña durante todo o ano de 2021 aumentaram nas últimas semanas, o que poderá deixar o todo o inverno mais seco que o normal e atrasar o retorno da chuva da primavera no centro e sul do Brasil.
  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo com o dipolo positivo, o INMET não perde a esperança sobre a costa norte do Nordeste. Minha previsão é que aqui onde moro (sudoeste do RN) continuemos tendo volumes de chuva abaixo do esperado e o Sul continue acima do normal mesmo com a La Niña.

 

image.thumb.png.ae3bb4132c22641120092d8734fe7232.png

  • Like 7
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, marcoseojr disse:

Mesmo com o dipolo positivo, o INMET não perde a esperança sobre a costa norte do Nordeste. Minha previsão é que aqui onde moro (sudoeste do RN) continuemos tendo volumes de chuva abaixo do esperado e o Sul continue acima do normal mesmo com a La Niña.

 

image.thumb.png.ae3bb4132c22641120092d8734fe7232.png

 

Esse ano tá me lembrando 1995. JF ruins a horríveis, mas MAM bons a muito bons. Será igual? Não, não estou dizendo isso, só que está me lembrando mesmo, apenas um comentário.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 minutos atrás, marcoseojr disse:

Mesmo com o dipolo positivo, o INMET não perde a esperança sobre a costa norte do Nordeste. Minha previsão é que aqui onde moro (sudoeste do RN) continuemos tendo volumes de chuva abaixo do esperado e o Sul continue acima do normal mesmo com a La Niña.

 

image.thumb.png.ae3bb4132c22641120092d8734fe7232.png

 

Como funciona / o que é esse dipolo do Atlântico e de que forma contribui ou prejudica as chuvas no Nordeste ?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, CloudCb disse:

 

Esse ano tá me lembrando 1995. JF ruins a horríveis, mas MAM bons a muito bons. Será igual? Não, não estou dizendo isso, só que está me lembrando mesmo, apenas um comentário.

Pelo amor de Deus ...1995 foi trágico para o Sudeste ...

  • Thanks 1
  • Haha 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Renan disse:

 

Como funciona / o que é esse dipolo do Atlântico e de que forma contribui ou prejudica as chuvas no Nordeste ?

 

@Renan o Dipolo no Atlântico na costa do nordeste é fator determinante para o regime de chuvas em tal região. 

 

Se divide em DIPOLO POSITIVO E DIPOLO NEGATIVO.

 

Trago uma imagem que facilita a compreensão:

 

slide_6.jpg.9514118b22f55cb893bf6eff7df41e56.jpg

 

No dipolo positivo a TSM do Atlântico Norte bem acima da costa do NE fica acima da média, com isso os alísios nessa região tendem a ficar mais enfraquecidos favorecendo a convecção, já o Atlântico Sul fica abaixo da média e em decorrência disso os alísios de sul ficam mais fortes, ou seja, cria uma condição para a ZCIT ficar mais a norte, trazendo um período com menos chuva na região nordeste.

 

Já o dipolo negativo ocorre exatamente o inverso. A TSM do Atlântico Sul fica mais quente enquanto a do Atlântico Norte mais fria, por consequência a ZCIT fica mais posicionada a Sul favorecendo o NE no seu regime de chuva. Basicamente é isso. A região nordeste depende muito do dipolo para ter regularidade climática (chuva), por isso é bem falado aqui pelo grupo.

  • Like 6
  • Thanks 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, Renan disse:

 

Como funciona / o que é esse dipolo do Atlântico e de que forma contribui ou prejudica as chuvas no Nordeste ?

@Renan dipolo do Atlântico é a diferença de temperatura entre o Atlântico Tropical Norte (ATN) e o Atlântico Tropical Sul (ATS). Quando o dipolo é positivo significa que o ATN está com temperatura mais quente que o ATS, sendo assim no período em que deveria chover sobre o norte do Nordeste a ZCIT fica mais a norte de sua posição normal, pois ele gosta de águas mais quentes, e a tendência é que a chuva fique abaixo do normal. Quando o dipolo é negativo o ATS está mais quente e a ZCIT desce mais, como foi em 2020, aí temos bons anos de chuva. De 2012 até 2017 tivemos chuva abaixo do normal principalmente por conta disso. 2012, inclusive, teve La Niña, porém o ATS ficou muito frio, muito mesmo, e aquele ano foi uma verdadeira tragédia. Isso persistiu em 2013, 2014 (menos ruim), 2015 e em 2016 ficou neutro, porém foi seco por conta daquele forte El Niño. 2017 também foi assim e só em 2018 que o ATS foi melhorando e as chuvas foram se regularizando mais.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, CloudCb disse:

 

Esse ano tá me lembrando 1995. JF ruins a horríveis, mas MAM bons a muito bons. Será igual? Não, não estou dizendo isso, só que está me lembrando mesmo, apenas um comentário.

Eu não era nem nascido ainda.

 

q9401.pngqmes9401.png

mapaRN.png

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, marcoseojr disse:

Eu não era nem nascido ainda.

 

q9401.pngqmes9401.png

mapaRN.png

Os municípios que estão na cor vermelha estão com falhas de dados.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito obrigado, pessoal, foi uma boa aula. E o que acontece quando a TSM do Atlântico está fria tanto no norte quanto no sul ? Vai prevalecer a influência do que estiver com a anomalia mais significativa ?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Renan disse:

Muito obrigado, pessoal, foi uma boa aula. E o que acontece quando a TSM do Atlântico está fria tanto no norte quanto no sul ? Vai prevalecer a influência do que estiver com a anomalia mais significativa ?

 

Renan, eu tenho um artigo no meu PC que fala sobre isso, se me lembro. Quando eu entrar nele eu posto aqui, tudo bem?

  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
57 minutos atrás, Renan disse:

Muito obrigado, pessoal, foi uma boa aula. E o que acontece quando a TSM do Atlântico está fria tanto no norte quanto no sul ? Vai prevalecer a influência do que estiver com a anomalia mais significativa ?

 

Está aí.

Distribuição Mensal e Sazonal da Precipitação no Semi-Árido Nordestino Durate os Anos de Predominância de Aquecimento ou de Resfriamento Observados em Toda a Bacia do Atlântico Tropical.pdf

  • Like 2
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Leandro Leite disse:

glbSSTMonInd5.gif

 

 

 

Pelo visto o Atl}antico Sul não tem mais salvação. A bolha tórrida ali na costa do Uruguai e no sul do RS é de assustar.

Espero que esse calor todo no mar, perto da nossa costa, não se cumpra nessa projeção pra Julho.

 

 

 

 

Edited by Eclipse
  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ondas de frio generalizadas no hemisfério norte e um verão sem extremos no hemisfério sul, certamente a la nina está mexendo com o clima do mundo todo. Os oceanos de uma forma geral estão com bastante anomalia negativa. Acho que esse ano não tem como o nosso inverno ser ruim!

  • Like 4
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

2021 até agora quase que só teve recordes de frio, salvo 3 recordes de calor na Argentina, outros anos começavam com uma série de recordes de calor na Austrália, mas agora tá diferente: https://www.mherrera.org/temp.htm

  • Like 3
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 17/02/2021 em 10:56, Eclipse disse:

 

 

 

Pelo visto o Atl}antico Sul não tem mais salvação. A bolha tórrida ali na costa do Uruguai e no sul do RS é de assustar.

Espero que esse calor todo no mar, perto da nossa costa, não se cumpra nessa projeção pra Julho.

 

 

 

 

Essa bolha quente perto da Argentina e Uruguai é um exagero, nem tá tão quente assim, não é possível que fique até lá, e na atualização de hoje, o Atlântico está mais quente que o normal no Sul e São Paulo, já do Rio até o Nordeste está mais frio.  

  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite. Será que Março já vai nos presentear com alguma surpresa ou ainda é cedo?

Screenshot_20210228-195439.thumb.png.6c57a373c55ed23398b53e177278e472.png

 

 

  • Like 2
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
49 minutos atrás, CloudCb disse:

Essa foi a 1ª vez que vi uma previsão com baixa confiabilidade pro sertão nordestino.

Screenshot_20210228-204049.thumb.png.38beecf06f7003270ed1d1eb6a9cd232.png

 

Link com detalhes: http://clima1.cptec.inpe.br/~rclima1/pdf_notatecnica/Nota_Tecnica.pdf

 

Mapa do INMET 👇

2021020102010201.thumb.png.bbd954b825e431df2a63fe965bfd7c3d.png

Vale ressaltar: Funceme categórica em afirmar chuvas abaixo da média para o Ceará. Quando participa com INPE, muda a projeção. Não temos La Nina (acoplamento Oceano/Atmosfera). Dipolo do Atlântico não traz ZCIT em sua posição mais ao Sul (quando o Dipolo é negativo, o que há é um reforço da ZCIT). Ainda dá tempo de entender a influência da AAN no posicionamento da ZCIT em sua posição mais a Sul (início de Abril). Enquanto isso, vamos justificando as Chuvas como "áreas de instabilidades" (saindo pela tangente)

  • Confused 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Peregrine disse:

Vale ressaltar: Funceme categórica em afirmar chuvas abaixo da média para o Ceará. Quando participa com INPE, muda a projeção. Não temos La Nina (acoplamento Oceano/Atmosfera). Dipolo do Atlântico não traz ZCIT em sua posição mais ao Sul (quando o Dipolo é negativo, o que há é um reforço da ZCIT). Ainda dá tempo de entender a influência da AAN no posicionamento da ZCIT em sua posição mais a Sul (início de Abril). Enquanto isso, vamos justificando as Chuvas como "áreas de instabilidades" (saindo pela tangente)

 

Você comentou que "não temos La Niña (acoplamento Oceano/Atmosfera)" mas essa informação não parece correta. Um dos indicadores do acoplamento é a SOI e nesse momento ela está positiva (+12). Além disso, vários outros parâmetros confirmam que ainda temos La Niña atuante e acoplada (cloudiness, OLR, trade winds, TSM, termoclina, etc).

  • Like 4
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

A La Niña vai deixar o nosso inverno mais seco que o normal, o q pode ser bom para o frio noturno, agora o lado ruim da la niña é o atraso do retorno das chuvas na primavera.

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje até bateu a curiosidade em consultar como estão as anomalias negativas de T do Pacífico, que vem sendo bem expressivas caracterizando uma bela La Niña já há uns bons meses. E pelo visto ela está voltando a se intensificar:

 

image.png.dbad1c304269f80310ac65045d0da45f.png

 

 

  • Like 8
  • Thanks 6
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atlântico sul com anomalia negativa nos últimos dias. Ruim para chuva, mas acredito que colabora com entrada de frio.

 

anoma.jpg.8d0238775bd06c129964c69cbfef1b68.jpg

 

sst7.jpg.013ab895e75eff0c73616146bd96884e.jpg

 

cdas.jpg.e1f72d70bde9c23e80b4b97dc40ffaa3.jpg

  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, SandroAlex disse:

Atlântico sul com anomalia negativa nos últimos dias. Ruim para chuva, mas acredito que colabora com entrada de frio.

 

anoma.jpg.8d0238775bd06c129964c69cbfef1b68.jpg

 

sst7.jpg.013ab895e75eff0c73616146bd96884e.jpg

 

cdas.jpg.e1f72d70bde9c23e80b4b97dc40ffaa3.jpg

Na minha cidade choveu mais de 70 mm nos cinco primeiros dias de março, nem parece que o Atlântico sul está frio. Talvez seja por conta da termodinâmica, atuação de VCAN ou algum pulso da Oscilação 30-60 Dias (Madden-Julian).

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, SandroAlex disse:

Atlântico sul com anomalia negativa nos últimos dias. Ruim para chuva, mas acredito que colabora com entrada de frio.

 

anoma.jpg.8d0238775bd06c129964c69cbfef1b68.jpg

 

sst7.jpg.013ab895e75eff0c73616146bd96884e.jpg

 

cdas.jpg.e1f72d70bde9c23e80b4b97dc40ffaa3.jpg

Aqui na minha cidade tá chovendo muito, mas tem algo haver com isso?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não tivemos nem estamos com fenômeno La Nina. 6° média compensada e a Atmosfera não responde. Em anos de La Nina há um aumento de intensidade do Anticiclone nos altiplanos boliviano. Alguém vi a AB por aí ? Dipolo negativo do Atlântico não traz a ZCIT para suas posições mais a Sul. Sem La Nina, sem Cavado no Nordeste, consequentemente, sem VCAN e de meados de fevereiro até aqui tem chovido bastante no Ceará. A explicação possível seria Ondas de Rossby.

  • Haha 2
  • Confused 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.