Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Outubro/2020

Recommended Posts

Como muitos falaram vamos a algumas maximas no norte/noroeste Paraná 

 

Norte :

Londrina Aeroporto 24 e 42

Maringá Aero 24 e 41

Maringá Simepar 24, e 40,8

Londrina Simepar 22,4 e 40

Apucarana 25,8 e 39

 

Norte Velho

Cambará 19 e 41,2

 

Noroeste 

Loanda 24,5 e 43

Paranavaí  24,2 e 41,3

Cianorte 24,5 e 40,6

 

 

  • Like 14
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amanhã tudo indica que o coro vai cantar bonito aqui em São Paulo. Tem site prevendo até 39° de máxima.

 

O maçarico de hoje deixou os ambientes internos pegando fogo, estou tendo que deixar o ventilador preso nas folhas da janela pra trazer o ar mais fresco de fora pra dentro. Estamos sendo salvos pela brisa oceânica, no Tremembé por exemplo que registrou escorchantes 38,3° à tarde tem agora 21,9° pelo CGE.

  • Like 11
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Felizmente realmente a brisa marítima veio para nos salvar. O único lado negativo disso é de talvez ter afastado a possibilidade de alguma pancada de chuva para São Paulo. Se bem que, dependendo a intensidade e da abrangência, essa chuva poderia trazer um abafamento do cão depois.

É possível notar aqui no Tatuapé até algumas nuvens estratos por causa desses ventos (vulgo MM).

 

Nas estações do CGE, temos 21/22 graus em áreas mais ao norte da cidade (como Tremembé conforme comentado pelo colega) e umidade na casa dos 80%/90%.

Já no extremo sul, 17/18 graus com umidade encostando nos 100%.

 

 

Radar de São Roque mostra que nesse momento áreas de chuva no extremo sul de MG.

Mais cedo, esses núcleos atingiram a região do sistema Cantareira.

MApLnFv.jpg

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

CALOR INTENSO EM CUIABÁ E POXORÉU NOVAMENTE.

 

1597203638_Screenshot_20201006-220731_SamsungInternet.thumb.jpg.369780b26f621b391c6f424b7b9e6617.jpg

  • Like 13
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite! O dia foi tórrido novamente em Sao Paulo. No extremo sul um pouco menos porque a brisa comecou a entrar por volta das 11h30, mas ela só chegou ao extremo norte por volta das 16h, demorou bem para avancar por toda a cidade. Estas foram as máximas no CGE:

Tremembé: 38,3°C
Perus: 38,2°C
Pirituba: 37,9°C
Butanta: 37,5°C
Itaquera: 37,4°C
Mooca: 37,2°C
Anhembi: 36,9°C
Pinheiros: 36,8°C
Sao Miguel Paulista: 36,8°C
Freguesia do Ó: 36,5°C
Ipiranga: 36,4°C
Vila Formosa: 36,4°C
Vila Mariana: 36,3°C
Itaim Paulista: 36,2°C
Sé: 36,2°C
Cidade Ademar: 36,2°C
Vila Prudente: 36,2°C
Santo Amaro: 36°C
Santana do Parnaíba: 35,9°C
Vila Maria: 35,7°C
Penha: 35,6°C
Lapa: 35,6°C
Campo Limpo: 35,6°C
Jabaquara: 35,3°C
Santana: 35,2°C
M Boi Mirim: 35,1°C
Sao Mateus: 34,8°C
Capela do Socorro: 34,2°C
Mauá: 33,6°C
Parelheiros: 32,1°C
Riacho Grande: 31,9°C
Marsilac: 31,2°C

 

Média das 32 estacoes: 35,8°C. A média de ontem foi de 34,7°C e a maior da semana passada foi de 37,2°C. Amanha pode ser o dia mais quente desta semana.

Edited by Fábio De Nittis
  • Like 12
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já em Buenos Aires, dia de sol e poucas nuvens. Friozinho de manha, com mínima de apenas 9,4°C, e tarde amena, com 19,9°C. Agora céu limpo e 15,2°C. A madrugada pode ter neblina e o dia amanha deve comecar com muitas nuvens, mas logo a nebulosidade diminui. A temperatura sobe: mínima de 12°C e máxima já de 25°C. Até segunda, clima bem de primavera, com mínimas de 10 a 12°C e máximas de 20 a 25°C.

 

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, EvandroPR disse:

Como muitos falaram vamos a algumas maximas no norte/noroeste Paraná 

 

Norte :

Londrina Aeroporto 24 e 42

Maringá Aero 24 e 41

Maringá Simepar 24, e 40,8

Londrina Simepar 22,4 e 40

Apucarana 25,8 e 39

 

Norte Velho

Cambará 19 e 41,2

 

Noroeste 

Loanda 24,5 e 43

Paranavaí  24,2 e 41,3

Cianorte 24,5 e 40,6

 

 

Há quase 17 anos, em janeiro de 2004, quando eu tinha 16 anos, viajei com minha família pra Floripa, então, após um dia inteiro viajando na S10 2001 desde Primavera, dormimos em Apucarana, ficamos em um hotel em frente a um hospital, no hotel não tinha ar condicionado nos quartos, só um circulador, aquele ventilador caixa, daí o recepcionista falou que lá não havia necessidade de ar, pois o clima era fresco, e meu pai falou que no Mato Grosso era necessário, mas agora, nem em Apucarana dá pra ficar sem ar condicionado, cidade com 860 m. 

Edited by Leandro Leite
  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, Rodolfo Alves disse:

LEITURA DESTA NOITE CONFIRMOU A MÁXIMA DE 41,1ºC EM GOIÂNIA NA ESTAÇÃO CONVENCIONAL DO INMET

 

001.thumb.png.2599f83cd1caca3cc1c19709757a841f.png

Como acessar esses dados? Dê o link. 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Veja só.

Um manto de nuvem...

Pra deixar nossa madrugada ainda mais abafada.

Chuva que é bom nada...

351899658_Screenshot_20201006-230750_SamsungInternet.thumb.jpg.ed9ced52b0a476cb85d59f7336130bee.jpg

  • Like 6
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, Maicon disse:

Veja só.

Um manto de nuvem...

Pra deixar nossa madrugada ainda mais abafada.

Chuva que é bom nada...

351899658_Screenshot_20201006-230750_SamsungInternet.thumb.jpg.ed9ced52b0a476cb85d59f7336130bee.jpg

E bota abafada nisso!! Atenção amanhã pras maiores mínimas da história no interior...

Às 23h temos:

 

Araçatuba 30,1

Ribeirão Preto 32,0

São José do Rio Preto 32,2

Araraquara 32,2

Marília 32.4

Presidente Prudente 33,2 🔥🔥(bizarro)

Edited by Conrado SP
  • Like 7
  • Sad 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Rodolfo Alves disse:

LEITURA DESTA NOITE CONFIRMOU A MÁXIMA DE 41,1ºC EM GOIÂNIA NA ESTAÇÃO CONVENCIONAL DO INMET

 

001.thumb.png.2599f83cd1caca3cc1c19709757a841f.png

Goiânia e Campo Grande parecem estar competindo pra ver qual é a segunda capital mais quente da região: 

 

CG quebrou recorde absoluto semana passada e passou GYN, GYN no final de semana quebrou seu recorde e passou CG, CG quebrou novamente o recorde ontem passando GYN e hoje GYN quebra seu recorde de novo passando CG

Hoje o “placar” está 41,1 x 41,0.

 

Que triste cenário pro Centro-Oeste brasileiro 

Edited by Alexandre Pereira
  • Like 8
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Carlos Campos disse:

Piraquara já encostando nos 35°C e Orleans/Cwb já com 36,2°C 

Planalto curitibano fervendo 🥵

 

Carlos,

 

As marcas registradas por aí  estão sendo de grande destaque!!

 

Acompanho  os seus relatos de Piraquara (principalmente  sobre as mínimas  que ocorrem  por aí). Qual o valor máximo que foi registrado pela sua estação?

 

Sobre Orleans, é a segunda vez, em menos de uma semana, que ultrapassa os 36℃ (semana passada bateu nos 37℃!). Fora outros registros acima dos 35℃...

Mesmo sendo uma estação  de baixada, não  imaginava que houvesse esses registros com uma frequência direta assim, afinal, estamos falando de uma região a mais de 900 metros e relativamente próxima  a Serra do Mar.

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, EvandroPR disse:

Como muitos falaram vamos a algumas maximas no norte/noroeste Paraná 

 

Norte :

Londrina Aeroporto 24 e 42

Maringá Aero 24 e 41

Maringá Simepar 24, e 40,8

Londrina Simepar 22,4 e 40

Apucarana 25,8 e 39

 

Norte Velho

Cambará 19 e 41,2

 

Noroeste 

Loanda 24,5 e 43

Paranavaí  24,2 e 41,3

Cianorte 24,5 e 40,6

 

 

40,6° em Cianorte ! É uma das cidades mais amenas do noroeste do estado.

Eu tenho uma normal 1972-2001 de Cianorte, e a máxima absoluta de outubro é de 35,6° em 1999, e a anual 39°, naquela onda de calor de novembro de 1985.

Edited by Felipe S Monteiro
  • Like 4
  • Sad 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até que a temperatura agora está bem amena no Sesc Inmet SP , temos 18.9 graus ...

Amanhã será o último dia de calor mais intenso e alienígena dessa temporada aqui na capital , depois vamos aos poucos amenizando.

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 hours ago, sjmolive said:

Oi Ernani,

 

Que bacana você lecionar geografia. 

É uma de minhas disciplinas prediletas.

 

Vamos lá:

A evapotranspiração depende sim do nível tecnológico pois este condiciona o melhor desenvolvimento ou não da lavoura/ pastagem..

Lavoura bem cuidada cresce mais, produz mais e, claro, evapotranspira mais. Até mais que a floresta em clímax.  Como o padrão tecnológico em MT é mais elevado, sim, há mais evapotranspiração (desenvolvimento da lavoura) nestas condições.

 

Uma forrageira (capim) bem manejada é uma máquina de retirar água do solo e mandar para a atmosfera. Pois tem o tipo de metabolismo que é extremamente eficiente em condições de alta umidade e alta temperatura.

 

Mas o que vemos aqui na Zona da Mata e também no interior fluminense, por exemplo, é triste. Exemplo de não cuidado com o solo, baixo padrão tecnológico, plantas com desenvolvimento comprometido e, claro, menor evapotranspiração. Acredito que se você olhar no entorno também de sua cidade, para os morros pelados, vai entender bem o que eu estou dizendo.

 

Abraços!!!

@sjmolive Boa noite! Só adicionar uma coisa: o relevo de regiões como no interior de SP e vastas áreas do centro-oeste permitem maior adaptação à mecanização agrícola, de todas as etapas, preparo do solo, nutrição, plantio, controle fitossanitário/fenológico, colheita e em menor escala o beneficiamento (lembrando que o cerrado era considerado péssimo por ter o solo muito ácido para produzir, com pesquisas e a criação da técnica de calagem e gessagem foi possível transformar o bioma em fronteira agrícola http://www.ufla.br/dcom/2016/05/23/passados-40-anos-trabalho-pioneiro-do-professor-alfredo-scheid-lopes-e-revisitado-em-periodico-internacional/).
Regiões como no sul de minas (por exemplo o Café), apesar da alta tecnologia agregada em pesquisas, como bancos de germoplasma da Embrapa com mais de meio século, transgenia e técnicas de cultivo, essa demanda pela mecanização é menor e o custo operacional acaba tornando ainda o preparo semi-mecanizado mais atrativo. Mas de fato o Brasil é ponta na produção agrícola, e precisa investir muito mais ainda em tecnologia juntamente com o respeito pelo meio-ambiente. Uma agricultura forte e amiga da sustentabilidade será (ou seria) a maior moeda de troca que podemos ter nos próximos anos (até termos uma indústria pujante como tínhamos no século passado). Friso isso: aquela velha imagem do homem do campo, do latifundiário, ou mesmo do pequeno, até certo ponto inimigo da natureza, que exaure os recurso até o fim, precisa acabar.

Sobre a evapotranspiração, uma vez li um artigo em que áreas que sofreram desmatamento parcial e que se encontram hoje em processo de recuperação (conhecida como "capoeira" https://pt.wikipedia.org/wiki/Capoeira_(vegetação)) podem apresentar evapotranspiração dessas espécies emergentes igual ou até mesmo superior a de uma floresta clímax (é claro que isso não é regra, só um demonstrativo que de fato o uso sustentável do solo além de evitar erosão, assoreamento, seca de nascentes, entre diversas coisas, pode contribuir com a atmosfera positivamente).

Outro artigo que li, aí já sobre o tema desmatamento, foi na região do norte do MT entre as áreas cultiváveis (ou degradadas) e áreas ainda preservadas como o Xingu. Por meio de tratamento estatísticos eles chegaram à uma correlação importante detectando sensível redução da nebulosidade nas áreas desmatadas em comparação àquelas totalmente preservadas. Nos locais onde havia vastas áreas de floresta a presença de nebulosidade era na média maior e as oscilações de precipitações por estação (anomalias) eram um pouco menores. O artigo é em inglês, posso procurar aqui e te mandar.

Gosto demais de árvores e da preservação, mas sei da importância da agricultura (inclusive familiar). Ambos vão precisar, mais do que nunca, se conversar e traçar estratégias juntos. Não dá mais para uma ser o algoz da outra.

Saindo do off-topic total aqui: segue esse tempo horroroso, sem nuvens e temperaturas escaldantes. Às 14:00 já fazia 40,2ºC e deve ter esquentado mais ainda, sem uma única sombra. Pelo menos hoje vários núcleos isolados se formaram no nordeste e leste do estado. Pretendo voltar a trazer os dados mensais de algumas cidades do interior de SP (mm e TºC). A aberração de ambas as variáveis é gritante!  

Edited by Lucas Centurion
  • Like 11
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bastante nuvens está manhã no Paraná, São Paulo e Sul de Minas.

 

 

Screenshot_20201007-073943.jpg

Edited by luizfbonfim
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Lucas Centurion disse:

@sjmolive Boa noite! Só adicionar uma coisa: o relevo de regiões como no interior de SP e vastas áreas do centro-oeste permitem maior adaptação à mecanização agrícola, de todas as etapas, preparo do solo, nutrição, plantio, controle fitossanitário/fenológico, colheita e em menor escala o beneficiamento (lembrando que o cerrado era considerado péssimo por ter o solo muito ácido para produzir, com pesquisas e a criação da técnica de calagem e gessagem foi possível transformar o bioma em fronteira agrícola http://www.ufla.br/dcom/2016/05/23/passados-40-anos-trabalho-pioneiro-do-professor-alfredo-scheid-lopes-e-revisitado-em-periodico-internacional/).
Regiões como no sul de minas (por exemplo o Café), apesar da alta tecnologia agregada em pesquisas, como bancos de germoplasma da Embrapa com mais de meio século, transgenia e técnicas de cultivo, essa demanda pela mecanização é menor e o custo operacional acaba tornando ainda o preparo semi-mecanizado mais atrativo. Mas de fato o Brasil é ponta na produção agrícola, e precisa investir muito mais ainda em tecnologia juntamente com o respeito pelo meio-ambiente. Uma agricultura forte e amiga da sustentabilidade será (ou seria) a maior moeda de troca que podemos ter nos próximos anos (até termos uma indústria pujante como tínhamos no século passado). Friso isso: aquela velha imagem do homem do campo, do latifundiário, ou mesmo do pequeno, até certo ponto inimigo da natureza, que exaure os recurso até o fim, precisa acabar.

Sobre a evapotranspiração, uma vez li um artigo em que áreas que sofreram desmatamento parcial e que se encontram hoje em processo de recuperação (conhecida como "capoeira" https://pt.wikipedia.org/wiki/Capoeira_(vegetação)) podem apresentar evapotranspiração dessas espécies emergentes igual ou até mesmo superior a de uma floresta clímax (é claro que isso não é regra, só um demonstrativo que de fato o uso sustentável do solo além de evitar erosão, assoreamento, seca de nascentes, entre diversas coisas, pode contribuir com a atmosfera positivamente).

Outro artigo que li, aí já sobre o tema desmatamento, foi na região do norte do MT entre as áreas cultiváveis (ou degradadas) e áreas ainda preservadas como o Xingu. Por meio de tratamento estatísticos eles chegaram à uma correlação importante detectando sensível redução da nebulosidade nas áreas desmatadas em comparação àquelas totalmente preservadas. Nos locais onde havia vastas áreas de floresta a presença de nebulosidade era na média maior e as oscilações de precipitações por estação (anomalias) eram um pouco menores. O artigo é em inglês, posso procurar aqui e te mandar.

Gosto demais de árvores e da preservação, mas sei da importância da agricultura (inclusive familiar). Ambos vão precisar, mais do que nunca, se conversar e traçar estratégias juntos. Não dá mais para uma ser o algoz da outra.

Saindo do off-topic total aqui: segue esse tempo horroroso, sem nuvens e temperaturas escaldantes. Às 14:00 já fazia 40,2ºC e deve ter esquentado mais ainda, sem uma única sombra. Pelo menos hoje vários núcleos isolados se formaram no nordeste e leste do estado. Pretendo voltar a trazer os dados mensais de algumas cidades do interior de SP (mm e TºC). A aberração de ambas as variáveis é gritante!  

Oi Lucas, bom dia!

 

Áreas de SC com relevo bem acidentado também adotam, via de regra, tecnologia na produção agrícola.

 

A escolha ou não vai além do relevo - tem a ver com crenças, valores, apostar que o conhecimento e a tecnologia transformam. Isso não é a escolha de todos. E tem tremenda influência ou não no desenvolvimento, inclusive agrícola. 

 

Eu não vejo dicotomia entre produção e sustentabilidade - é forte a correlação entre sistemas sustentáveis do ponto de vista ambiental e econômico. A agricultura de ponta sabe que, se não preservar, a produtividade e o lucro vão embora a longo prazo. 


Há, claro, setores refratários a maior adoção de tecnologia, que causam dano ao ambiente. Mas este não é o setor mais dinâmico da agricultura.

 

Enfim, em regiões agrícolas de maior tecnologia, as condições microclimáticas tendem a ser mais próximas das condições originais do Bioma que em regiões de menor tecnologia.

 

Mande o artigo, sim. Gostaria de entender melhor esta pesquisa.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tivemos uma noite excepcionalmente quente! Marília tinha 31,2 às 3h da manhã!! Alcançou 27,8 de mínima! Araraquara como o amigo comentou teve outra mínima de 28,7! São 48 horas sem praticamente baixar de 29 graus!! Presidente Prudente pode ter tido a maior mínima da história sem baixar de 29,4!! Às 3h da manhã ainda fazia 32,4!! Surreal!! São José do Rio Preto não baixou de 28,9!! 

  • Like 10
  • Sad 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, Conrado SP disse:

Tivemos uma noite excepcionalmente quente! Marília tinha 31,2 às 3h da manhã!! Alcançou 27,8 de mínima! Araraquara como o amigo comentou teve outra mínima de 28,7! São 48 horas sem praticamente baixar de 29 graus!! Presidente Prudente pode ter tido a maior mínima da história sem baixar de 29,4!! Às 3h da manhã ainda fazia 32,4!! Surreal!! São José do Rio Preto não baixou de 28,9!! 

 

Mínimas muitos expressivas.

Não se se alguém faz algum tipo de acompanhamento de mínimas para valores históricos e obtenção de recordes climáticos, mas é interessantes essas mínimas, muito altas.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia! O dia amanheceu nublado e bem agradável aqui em Sao Paulo, com 18 graus nas estacoes do CGE mais próximas de casa. Depois das 6h30 o sol comecou a aparecer e temos tempo ensolarado, sem nenhuma nuvem, 22°C e disparando. A Climatempo preve máxima de 37°C para hoje (sempre lembrando que recorde histórico do Mirante de Santana é 37,8°C).

 

Buenos Aires outro mundo: ensolarado também, mas 11,1°C e previsao de máxima de só 25°C.

 

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
55 minutos atrás, Conrado SP disse:

Tivemos uma noite excepcionalmente quente! Marília tinha 31,2 às 3h da manhã!! Alcançou 27,8 de mínima! Araraquara como o amigo comentou teve outra mínima de 28,7! São 48 horas sem praticamente baixar de 29 graus!! Presidente Prudente pode ter tido a maior mínima da história sem baixar de 29,4!! Às 3h da manhã ainda fazia 32,4!! Surreal!! São José do Rio Preto não baixou de 28,9!! 

 

Aqui, às 6 e meia da manhã.

20201007_063418.thumb.jpg.b5711fae5fb9e139703ab130c7bb8cfb.jpg

 

A mínima foi às 4:55 da madrugada, sendo de 28.1°C.

 

E o céu amanheceu assim...

 

20201007_064018.thumb.jpg.416290bd1657b175ca36aed027b18e98.jpg

Edited by Maicon
  • Like 12
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, A.Carlos disse:

 

Carlos,

 

As marcas registradas por aí  estão sendo de grande destaque!!

 

Acompanho  os seus relatos de Piraquara (principalmente  sobre as mínimas  que ocorrem  por aí). Qual o valor máximo que foi registrado pela sua estação?

 

Sobre Orleans, é a segunda vez, em menos de uma semana, que ultrapassa os 36℃ (semana passada bateu nos 37℃!). Fora outros registros acima dos 35℃...

Mesmo sendo uma estação  de baixada, não  imaginava que houvesse esses registros com uma frequência direta assim, afinal, estamos falando de uma região a mais de 900 metros e relativamente próxima  a Serra do Mar.

Bom dia 😉

A máxima na minha estação (ou nos meus registros pessoais) atingiu 36,0°C e ocorreu justamente neste mês de Outubro.

Anteriormente, já registrei 34/35°C em Março/02, Jan-Fev/14 e Outubro/14 mas estou sem os dados agora.

E sim, mesmo para uma estação de baixada os registros no Orleans impressionam. E se trata de uma estação padronizada.

Abraço

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia à todos...

Temos alguma instabilidade aki no leste do Paraná.

Núcleos de chuva moderada/forte se formaram ao longo da madrugada e atuaram nas redondezas, mas aki somente alguns pingos.

AirBrush_20201007084902.thumb.jpg.3ef78c26c0014ed10f9bd94ff3ff12b7.jpg

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, EDUARDO OLIVEIRA disse:

!!!!Mais um recorde destruído em Pres Prudente...!!!!

A estação automática do Inmet teve máxima de 41,8°C, a maior temperatura já registrada pelas estações do Inmet (Aut/Conv) aqui na cidade.
Variação no Inmet 
23,6°/41,8°C... atual 35,7°C/14%.
Em casa 20,5°C/42,2°C.

HELLCORDE Tbm na estação do CIIAGRO, 41,9°C!

 

Prudente teve uma mínima bisonha de 28,2° nessa madrugada. Já temos estações com 32°.

Como diz a Ludmilla.. É HOJE, É HOJE, É HOOOOJEEEE KKKKKKKK

  • Like 9
  • Haha 5
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, A.Carlos disse:

 

Carlos,

 

As marcas registradas por aí  estão sendo de grande destaque!!

 

Acompanho  os seus relatos de Piraquara (principalmente  sobre as mínimas  que ocorrem  por aí). Qual o valor máximo que foi registrado pela sua estação?

 

Sobre Orleans, é a segunda vez, em menos de uma semana, que ultrapassa os 36℃ (semana passada bateu nos 37℃!). Fora outros registros acima dos 35℃...

Mesmo sendo uma estação  de baixada, não  imaginava que houvesse esses registros com uma frequência direta assim, afinal, estamos falando de uma região a mais de 900 metros e relativamente próxima  a Serra do Mar.

 

Orleans está "subventilada", deve ter construções e árvores próximas da estação. Ontem por exemplo teve média diária de vento de 0,4km/h (0,1m/s) e essa situação é bem recorrente pelo que olhei nos dados.

 

Por ser uma estação de abrigo pequeno vai sobreaquecer com sol nessa situação de baixa ventilação como já testei aqui em casa.

 

O sol voltou a aparecer em Blumenau, depois de mínima de 17,4C faz 20,7C às 9h, deve fazer calor hoje aqui.

Edited by Felipe Backendorf
  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo de ontem nas minhas PWS:

  • 18,6/23,8 Blumenau => dia encoberto e garoento, mínima no fim da noite devido a uma fraca MP no oceano. Vento leste.
  • 13,4/31,4 Itaiópolis => dia muito quente, abafado e com pouca nebulosidade. Vento fraco de oeste virando pra leste de tarde.
  • 13,6/31,7 Mondaí => dia de tempo seco começou fresco devido a fraca MP e teve advecção quente em altitude de tarde. Vento sem direção predominante.

Com essa entrada de ar quente foi um dia de temperaturas máximas altas nos topos do oeste, quanto mais alto (e a norte) mais quente: 

  • 33,2 Clevelândia INMET(PR divisa com SC 980m)
  • 31,6 Dionísio Cerqueira INMET(810m)
  • 31,0 Xanxerê INMET(880m)
  • 30,6 Chapecó INMET(690m)
  • 30,1 Iporã do Oeste/Jean (600m)
Edited by Felipe Backendorf
  • Like 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
32 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Bom dia à todos...

Temos alguma instabilidade aki no leste do Paraná.

Núcleos de chuva moderada/forte se formaram ao longo da madrugada e atuaram nas redondezas, mas aki somente alguns pingos.

AirBrush_20201007084902.thumb.jpg.3ef78c26c0014ed10f9bd94ff3ff12b7.jpg

se ficar assim o dia inteiro não sei se teremos o calor previsto para hoje. ALguns dias atrás estavam prevendo 35 graus para Curitiba hoje. Estou duvidando bem. Talvez nem a 30 chegue hoje.

  • Like 5
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje choveu rápido de entre as 2 e 3 da manhã, acumulando 3,6 mm.

 

Eu sempre achei que aqui chovia mais de madrugada pois é muito comum eu acordar com barulho de chuva. Esse ano eu decidi verificar com os dados da automática, o que confirmou a minha suspeita.

image.png.c5df51336e557d8a669e3a5788ece6f6.png

 

Pelo menos 2020 foi assim, não calculei de outros anos.

 

Onde vocês moram também existe esse padrão?

  • Like 8
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até agora o aquecimento em SP parece estar flopando lindamente (para minha alegria). São quase 10h e no CGE Santana temos 27,7°, sendo que ontem nesse horário já passava de 31°. Minha esperança é que a brisa oceânica nos salve desse inferno mais uma vez.

Edited by ricardosilva
  • Like 7
  • Thanks 2
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, ricardosilva disse:

Até agora o aquecimento em SP parece estar flopando lindamente (para minha alegria). São quase 10h e no CGE Santana temos 27,7°, sendo que ontem nesse horário já passava de 31°. Minha esperança é que a brisa oceânica nos salve desse inferno mais uma vez.

 

Já aqui no interior, mesmo com céu cheio de nuvens aqui ainda, não tem flopada não...

Já temos 36°C às 10 da manhã.

 

1544321680_Screenshot_20201007-100345_SamsungInternet.thumb.jpg.012bac8bb4a3b3c9acde64b720889e4e.jpg

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até me animei a fazer um resumão novamente deste mês...tirei algumas estações que estão destoando. PS: Ilha da Paz ta saindo do ar as vezes então pode ter alguma pequena diferença; aeroporto peguei no site meteomanz e consta com 4 leituras, inclusive de máximas e mínimas, salvo um ou outro dia. Isso tudo num raio de 40 km!

 

1100164123_outubroparcial.thumb.jpg.896696587d8ad4467272ac6ba10af712.jpg

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antítese: Enquanto boa parte do país sofre com o tempo quente e seco, Porto Alegre nas últimas semanas insiste em permanecer amena e úmida. 17º
EjuQN7WXYAAsEK3?format=jpg&name=large

  • Like 13
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, luizfbonfim disse:

A mínima em Araraquara foi de 28,7C. Super desconfortável para dormir.

luizfbonfim,

aqui a madrugada foi bem abafada, mas melhor do que no interior de São Paulo,

medi 26,6 na copa/sala no amanhecer e na janela da rua medi 23,3.Pelas previsões as madrugadas de quinta e sexta serão as piores aqui.

 

  • Like 6
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Previsão de chuva muito irregular hoje no RS. Dia úmido, seguindo a manutenção de máximas agradáveis por vários dias (inclusive nos que vier a fazer sol). O título do tweet da MetSul resume bem o que se espera de hoje:

 

 

Do link da MetSul acima:

 

A instabilidade deve se concentrar mais do Centro para o Norte gaúcho, especialmente da tarde para a noite. Na Metade Sul do Rio Grande do Sul, qualquer instabilidade será por demais localizada e muito fraca. 

 

 

Na imagem, pode ser visto o fluxo de umidade:

 

image.png.8501bdb0c40448984bde7d04a15170ed.png

 

19 horas atrás, Ernani de Paula disse:

sjmolive,

quanto a moderna tecnologia do agronegócio, estou ciente desde os anos 2000,afinal leciono geografia e tem esse assunto no ensino básico, onde explico da grande produtividade no agronegócio brasileiro(graças as máquinas modernas e também a poderosa Embrapa e suas sementes altamente produtivas, resistentes a secas, pragas etc, sem ela estaríamos bem atrasados).

 

Perguntei sobre a evapotranspiração, ser maior ou menor na agricultura de Mato Grosso.

 

De qualquer forma, a postagem do sjmolive (e várias outras) foi de grande contribuição aos que não entendem do assunto e "não lecionam geografia ou não estão cientes da moderna tecnologia do agronegócio". Fica aqui o meu agradecimento ao Samuel pelas informações escritas de forma educada e construtiva (ao contrário de alguns posts seus, nani, que com prazer venho ignorando já há algum tempo, mas esse não deu para deixar passar).

 

 

 

  • Like 7
  • Thanks 1
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Lucas Venturini disse:

Antítese: Enquanto boa parte do país sofre com o tempo quente e seco, Porto Alegre nas últimas semanas insiste em permanecer amena e úmida. 17º
EjuQN7WXYAAsEK3?format=jpg&name=large

 

RS nesse momento é como uma Flórida brasileira (só que ao inverso), desejada por todo o resto do país.

  • Like 7
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia com temperatura comportada até aqui no RJ, ainda na faixa dos 15/26, bem nublado. Deveremos passar de leve pelos 30º. A cidade do RJ vem resistindo bravamente a essa onda de calor. Locais no próprio Estado do RJ estão sofrendo mas não tanto quanto SP, MG, GO, DF, MT, PR e MS, por exemplo.

 

Estava dando uma olhada no tópico da Europa de 2019, referente a aquela onda de calor de Junho e Julho de 2019 por lá pra comparar com o que estamos passando no Brasil. Interessante observar que o Brasil realmente não é um país de extremos mas sim de calor contínuo. Mesmo com dias e dias e mais dias de calor absurdo ainda não quebramos nosso recorde oficial, recorde esse que é menor que o registrado na França ano passado, quando a temperatura foi até 45º, mesmo sendo um país predominantemente frio. Isso pra ficar num país frio como a França. Portugal e Grécia na própria Europa têm recordes bem maiores que o nosso. É engraçado isso porque falamos tanto de sermos um país tão quente (e somos) mas não em extremos e sim permanente, com médias relativamente altas na maior parte do país.

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem, terça-feira, POA teve um dia lindo e muito agradável, sem abafamento nem céu acinzentado.

A entrada de ar frio devido ao ciclone formado no começo da semana nos proporcionou um dia de céu azul, com variação de 12,8 °C a 21,7 °C, com vento moderado e pouca umidade à tarde.

Sem dúvidas um dos dias mais bonitos e agradáveis (na minha opinião) termicamente, quanto à combinação entre T e umidade. Praticamente o oposto de segunda-feira (que foi abafada e com céu parecendo um cenário apocalíptico), mesmo que na segunda as temperaturas não tenham subido muito também.

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites

MESMO COM NUVENS E MUITA FUMAÇA NO CÉU (SOL FRACO E BEM OFUSCADO), JÁ TEMOS 38°C.

 

20201007_110139.thumb.jpg.5092a645ed253df425368d921be41e22.jpg

  • Like 4
  • Sad 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Apesar do aumento de temperaturas de 40 C ou mais em Cuiabá na sombra a partir de 2007, a partir do mesmo ano, e principalmente a partir de 2009, até 2013, houve uma intensificação das ondas de frio sobre a cidade e região, com marcas de 10 C ou menos e máximas em torno de 12 C-13 C em algumas tardes, o que foi verificado em 2009, 2010 e 2013, em Primavera temperaturas de um dígito com tempo muito nublado, neblina, garoa ocorreram em 3 dos quatro anos de 2010 a 2013, graças a um Pacífico predominante frio durante 7 anos, mas o Atlântico parece que também contribuiu, parece que a partir de 2014 os dois oceanos tem permanecido a maior parte do tempo quentes, com destaque para o Super El Niño 2015/16, devido a esse, Cuiabá passou 4 anos sem ter temperatura de um dígito, só voltando em 2017, e passará no mínimo outros 4 anos sem registar de novo, que a La Niña fique em 2021 pra isso. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
59 minutos atrás, Alexandre M disse:

Hoje choveu rápido de entre as 2 e 3 da manhã, acumulando 3,6 mm.

 

Eu sempre achei que aqui chovia mais de madrugada pois é muito comum eu acordar com barulho de chuva. Esse ano eu decidi verificar com os dados da automática, o que confirmou a minha suspeita.

image.png.c5df51336e557d8a669e3a5788ece6f6.png

 

Pelo menos 2020 foi assim, não calculei de outros anos.

 

Onde vocês moram também existe esse padrão?

 

Excelente análise, aqui na minha região eu tinha a impressão que chovia mais de tarde por causa das famosas pancadas de verão, mas surpreendentemente chove mais a noite (pelo menos no ano de 2018, que usei pois 2019 teve chuvas abaixo da média; 2018 teve chuvas acima da media mas melhor sobrar do que faltar certo kkkk):

 

periodochuvasilv.png.15c4bc7da46d8b65df44894615008ea7.png

 

Silvânia é uma cidade vizinha daqui de Anápolis com estação do INMET (a estação de GYN é um pouco mais próxima mas é bem mais baixa e acredito que apresenta alterações climáticas locais por causa da ilha de calor). Quando puxei os dados do INMET veio no horário UTC, aí coloquei o período como se fosse o horário de Brasília.

 

Enfim, a manhã é o período menos chuvoso e já tinha noção disso pois raramente ao acordar está chovendo aqui no centro goiano, agora ter mais chuva a noite foi surpresa.

Deu uma saudades de dormir com chuva agora...

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, Alexandre Pereira disse:

raramente ao acordar está chovendo aqui no centro goiano

Interessante. Aqui eu tenho a impressão oposta. É muito comum estar chovendo de manhã cedo, especialmente nos meses mais chuvosos.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só porque falei que tava flopando o Mirante de Santana disparou na última hora marcando 34,7° na leitura das 11h. Isso é 1,2° a mais do que marcou na mesma hora do dia 01/10, quando chegou a 37,1°.

  • Like 8
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.