Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Pesquisa no Fórum:

Sign in to follow this  
floricambara

O que é que vocês usam para aquecer a casa nos tempos de frio?

Recommended Posts

Eu me atolo de moletom, casaco, seja o que for.

Sou friorento mesmo, além de bastante mão de vaca pra usar energia elétrica pra aquecer.

Quando aparece um veranico, ou uma pré-frontal do capiroto tipo essa recente, abro as janelas pra aquecer um pouco o frigorífico que vira os ambientes internos após frio eterno tipo em Maio.

Fiz isso por exemplo em Julho ano passado, quando deu aquele veranico na terceira semana do mês, após uma primeira quinzena gelada.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Particularmente não vejo necessidade de um tratamento específico para o frio, mesmo morando numa cidade considerada fria. Acredito que um bom isolamento térmico já resolve o problema. No entanto no Sul e possivelmente na Serra da Mantiqueira é interessante ver se a construção pega bastante sol. Caso pegue pouco sol talvez seja interessante colocar calefação, pois o local vai demorar pra esquentar.

 

Me mudei para a casa  em que moro hoje com minha esposa em 2019, com a mesma ainda em construção. É um sobrado e nos invernos de 2019 e 2020 ainda não havia feito o forro na parte de cima. Com isso o ar gelado descia e sofremos um pouco no frio ( e com o calor também nos dias quentes). Esse ano já consegui concluir essa parte da obra, coloquei isolamento térmico e o forro e já melhorou consideravelmente. Quero ver no verão tbm como vai ser.

 

Em alguns lugares que aluguei para escritório antes da pandemia o grande problema era a falta de insolação, que deixava o local gelado, por isso digo que é importante averiguar se o local pega bastante ou pouco sol.

 

Como experiência pessoal as duas situações em que mais passei frio em ambiente interno foram na MP monstra de 2013 que fez nevar em boa parte da RMC e na MP de agosto de 2020, que trouxe uma neve bem pontual aqui na RMC. Em ambas a temperatura durante a tarde ficou em torno de 4 graus. 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gente, alguém tem alguma recomendação para se proteger do frio do Interior do estado de SP? Já estou convencida de que o tempo aqui é imprevisível, se falarem que vai chover, fazer frio aqui, fica difícil de saber. Qual a proteção adequada para um friozinho de 20-15°C? rd

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Aqui, como todos no fórum já devem saber, não há necessidade alguma de aquecer as residências, jamais.

 

A menor temperatura interna que registrei desde que vim para o meu endereço atual (em apartamento) no começo da década de 2010 ficou na casa dos 20ºc no evento de junho de 2016, o que o uso de calça comprida fina e manga curta dentro de casa já resolveu muito bem no meu caso (a calça uso durante boa parte do ano na parte da noite por causa dos mosquitos que detesto, mas serve também para esquentar as penas quando estou em repouso nos dias mais fresquinhos).

 

Para dormir, após expulsar os eventuais mosquitos do quarto, sempre utilizo uma bermuda curta e camiseta de manga curta, mais um lençol fino que puxo até os ombros nos poucos dias em a temperatura interna cai abaixo dos 22ºc mais ou menos (a única diferença entre os dias mais fresquinhos do inverno e o dia típico de inverno por aqui, é que nos primeiros puxo o lençol para cobrir o corpo, e nos mais típicos - ou quentinhos - só durmo com o lençol sobre os pés ou as pernas). Quando a interna passa dos 25ºc, costumo dormir sem camisa, mas ainda gosto de colocar alguma coisa sobre os pés.  Hoje mesmo eu devo dormir sem camisa, todas as noites deste mês até agora foram “tropicais” (20ºc ou mais), sendo que neste domingo a mínima não baixou 22ºc aqui perto da baía, a maior do mês, e aqui em casa a interna está regulando nos 25ºc (a madrugada desta segunda segue igualmente quente para a época, embora nos próximos dias o calor deva melhorar um pouco, fazendo com que eu volte a dormir de camiseta; já o lençol cobrindo a maior parte do corpo, sem qualquer perspectiva, e provavelmente não vai acontecer até o fim de junho pelo menos, o mês mais "zicado" do ano por aqui).

 

Em julho de 2013, evento muito bloqueado de frio que só trouxe máximas baixas por dois dias e mínimas xoxas para o RJ, a interna aqui não teve tempo de baixar dos 21ºc, acima do mínimo registrado em 2016 e igual ao menor registro de 2019.  Quando eu morava em outro local (também apartamento, na cidade do Rio), lembro que registrei uma interna abaixo dos 20ºc em julho de 2007 (última vez que isso aconteceu) nos dias finais do mês (após 3 a 4 máximas sub-20ºc seguidas), e naquela ocasião consegui colocar uma meia fina nos pés para dormir.  A depender da expansão dos trópicos, que está ajudando a esquentar os nossos invernos ao manter todo ar polar minimamente relevante bloqueado ao sul, a chance de acontecer algo parecido diminui cada vez mais, embora não seja impossível (a frequência está caindo dramaticamente, mas de vez em nunca ainda pode rolar um ou outro evento mais forte).

 

Nos bairros menos adensados do subúrbio, e também no Alto da Boa Vista, muita gente já consegue puxar um cobertorzinho nas noites mais frias (depende também da inércia térmica da construção, do grau de ventilação e da própria exposição ao sol, esta especialmente no caso dos apartamentos).  Mesmo nos bairros com maior resfriamento noturno do Rio, um isolamento térmico adequado já é mais que suficiente para manter os interiores confortavelmente aquecidos até nas madrugadas mais friazinhas e, claro, é fundamental especialmente para moderar o calor.

 

Da minha primeira infância, ainda em Teresópolis, não lembro nada, mas lá certamente já dá para dormir com cobertor no período mais friozinho do ano, embora eu também considere o uso de aquecedor elétrico um grande exagero por lá, especialmente no padrão climático atual (o pico do frio não chega nem perto de uma Curitiba, não baixa dos 5ºc no centro de Terê desde 2000, e o frio diminui praticamente ano após ano).  Um bom isolamento térmico já é mais que suficiente na área mais urbanizada de Teresópolis para se dormir bem com um cobertor comum nas noites mais frias, e para algumas casas (principalmente nos arredores da cidade, onde esfria mais à noite, com mínimas sub-5ºc algumas vezes por ano em boa parte da zona rural), uma lareira também cai bem, o que muitas casas serranas já têm mesmo.  Mas claro que existem os friorentos que recorrem ao aquecedor, especialmente os cada vez mais numerosos “fugidos” da decadência do Rio de Janeiro, que se deparam com um clima bem mais fresco (ou frio, para muitos deles) ao se mudarem para a Região Serrana, mas dentre os nativos quase ninguém tem (aliás, mesmo sendo leigos sobre tempo e clima, os nativos das cidades serranas comentam bastante que não faz mais frio “de verdade” ou “como antigamente”, e neste ponto eles estão certíssimos).

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 horas atrás, Pablo MQL disse:

Aqui tampoco la lareira (estufa a leña como lo llamamos aqui) tradicional es cosa de rico, practicamente todas las casas a mi alrededor tienen y vivo en un barrio mayormente de clase trabajadora (originalmente eran chacreros italianos).

Sin embargo mucha gente las esta eliminando por que es muy poco eficiente energeticamente y ecologicamente.

 

El que puede instala una estufa de alto rendimiento, hay algunas muy caras y con diseños refinados:

 

image.png.8a9d233f44fb26be68379c41e9eaf8db.png

 

image.thumb.png.89bc6a618c095bdd039e2bebbb8903df.png

 

image.png.2a3f273172ed64adebd52aebe9c48289.png

Estos son realmente geniales y muy efectivos. Existen modelos de estufas de leña de alta eficiencia. Veo muchas ventajas, incluso con un precio alto, el costo beneficio es mucho más alto que las estufas de leña tradicionales. Sin embargo, creo que mucha gente no renuncia a la chimenea tradicional por el bien de la cultura.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
28 minutes ago, SandroAlex said:

Estos son realmente geniales y muy efectivos. Existen modelos de estufas de leña de alta eficiencia. Veo muchas ventajas, incluso con un precio alto, el costo beneficio es mucho más alto que las estufas de leña tradicionales. Sin embargo, creo que mucha gente no renuncia a la chimenea tradicional por el bien de la cultura.

 

Si de acuerdo, la chimenea tradicional tiene mucho encanto.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
14 horas atrás, Sinforiana Miguel Gonzale disse:

Gente, alguém tem alguma recomendação para se proteger do frio do Interior do estado de SP? Já estou convencida de que o tempo aqui é imprevisível, se falarem que vai chover, fazer frio aqui, fica difícil de saber. Qual a proteção adequada para um friozinho de 20-15°C? rd

 

Meus parentes de São Simão-SP, próxima a Ribeirão Preto, sempre recorreram ao fogão a lenha.

O problema é que a sala da casa passava a ser a cozinha, pois era o único cômodo que se mantinha aquecido.

O resto da casa permanecia gelado nas grandes ondas de frio.

 

Porém, como é comentário geral de quem tem de 40/45 anos pra cima (Inclusive aqui em Sampa), não faz mais frio como antigamente.

Realmente, as grandes massas polares não têm chegado mais por aqui, com raríssimas exceções como 2013.

 

Eu penso que um bom isolamento térmico ajuda, inclusive no calor.

Eu sugeriria pra você pedir uma orientação a respeito.

 

Fora isso, acho que só agasalho e cobertores mesmo.

Deixar portas e janelas fechadas para tentar manter a temperatura interna nos dias mais friozinhos.

Fechar as frestas, como embaixo das portas, nas janelas basculantes, etc, com panos ou coisa semelhante, como se fazia aqui em Sampa nos velhos tempos.

Outra coisa: tênis comuns são péssimos para a gente usar no frio e tentar manter os pés quentes.

Qualquer calçado de couro é mais eficiente para isso.

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiz a mesma experiência de sexta no dia de ontem, domingo, dessa vez com tempo nublado e um pouco frio. Fora fazia 16,4° e dentro 19,8°. Eis o resultado.

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como eu moro numa cidade fria, muitas residências tem calefação, lareira e aquecedor. Confesso que não gosto muito mesmo sendo obrigado usar por causa dos meus bichanos. Eu sou muito caloroso e detesto acordar de madrugada para me descobrir. A temperatura interna fica em torno de 20ºC, sendo o ideal 21 e 22ºC. Eu gosto de passar frio, afinal, quem ama frio tem que passar frio mas não ao ponto de congelar, claro. Algumas vezes quando vou pra Europa no inverno, sempre deixo a janela um pouco aberta do hotel pois eles tem uma mania de deixar o quarto com clima de deserto do Saara, passo muito calor. Só em Portugal, que tem um clima mais ameno e nem todos hotéis tem calefação, apenas aquecedor, ai da pra ficar sem usar ou até mesmo regular a temperatura. Já em Florianópolis, notei que os apartamentos mais antigos tem um sistema de aquecedor, bom, como a cidade não é tão fria, nunca entrou na minha cabeça ter um aquecedor num lugar desse, hoje os mais novos não tem mas se for em Jurerê Internacional ou até mesmo em outros bairros com padrão mais elevado, grande parte das casas tem lareira, apesar de deixar o ambiente mais charmoso e bonito, ajuda bastante pra quem não curte o frio ou até mesmo pra algumas necessidades. 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, Guilherme Wawrzyniec disse:

Como eu moro numa cidade fria, muitas residências tem calefação, lareira e aquecedor. Confesso que não gosto muito mesmo sendo obrigado usar por causa dos meus bichanos. Eu sou muito caloroso e detesto acordar de madrugada para me descobrir. A temperatura interna fica em torno de 20ºC, sendo o ideal 21 e 22ºC. Eu gosto de passar frio, afinal, quem ama frio tem que passar frio mas não ao ponto de congelar, claro. Algumas vezes quando vou pra Europa no inverno, sempre deixo a janela um pouco aberta do hotel pois eles tem uma mania de deixar o quarto com clima de deserto do Saara, passo muito calor. Só em Portugal, que tem um clima mais ameno e nem todos hotéis tem calefação, apenas aquecedor, ai da pra ficar sem usar ou até mesmo regular a temperatura. Já em Florianópolis, notei que os apartamentos mais antigos tem um sistema de aquecedor, bom, como a cidade não é tão fria, nunca entrou na minha cabeça ter um aquecedor num lugar desse, hoje os mais novos não tem mas se for em Jurerê Internacional ou até mesmo em outros bairros com padrão mais elevado, grande parte das casas tem lareira, apesar de deixar o ambiente mais charmoso e bonito, ajuda bastante pra quem não curte o frio ou até mesmo pra algumas necessidades. 

Também deixo a janela aberta em hotel com calefação. Não suporto esse clima do "Saara", me faz muito mau. Uma vez fiquei num hotel em Gramado que a calefação estava comendo solta e lá fora tinha uma ventania só, mas me obriguei a deixar o ar frio entrar pela janela para sobreviver aquela noite! Por isso prefiro aquecimento a combustão...

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola!

Trago notícias de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.

As casas aqui na região variam bastante na questão aquecimento, sendo que o item mais básico a ser utilizado é o fogão á lenha, nas casas tradicionais.

Nos demais lares considero que  padrão segue a lógica:  aquecedores elétricos > aquecedores a óleo > lareiras > calefação.

Alguns bairros nota-se uma grande movimentação diária em pontos de venda de lenha, sendo que muitas vezes as baixadas enchem-se de fumaça em dias de inversão térmica. 

O frio normalmente nos pega à noite, onde o céu limpo favorece a queda da temperatura rapidamente, também elevando-a durante o dia.

Muitas casas são de madeira + fogão a lenha/aquecedores, sendo as que mais se apresenta um conforto térmico.

Nas demais casas de alvenaria sofre-se mais.

A cidade tem bastante edifícios, e estes é um caso a parte, onde o frio ataca menos.

Ouve-se bastante a queixa "banheiro". É sabido que outono/inverno requer um Pré-Aquecimento do banheiro, onde normalmente se coloca uma estufa/aquecedor antes de tomar banho. O local tente a ficar gélido pois normalmente é construído com revestimento em cerâmica e também se mantém alguma janela aberta para manter a umidade afastada (exceto no momento do banho ahahah). Então digamos que tentamos nos virar no chuveiro elétrico (a gás é para poucos ainda) que força até o último grau a fiação elétrica. 

Outro fato interessante é que a umidade as vezes nos pega de surpresa. Muitas vezes na preparação das refeições a combinação panela de pressão + panela de sopa + chaleira + janelas fechadas resulta numa máquina de vapor que em questão de minutos embaça as paredes /vidros / geladeira / chão..... dando ainda mais uma sensação de frio/umidade.

Esse fato também acontece quando o frio dá lugar a uma massa de ar quente repentinamente, fazendo com que as paredes  "chorem" por alguns dias a fio.

Em resumo o local de "vida" na casa passa a ser o local aquecido, quanto mais lugares aquecidos mais movimentação, então por vezes acabamos nos restringindo a cozinha / quarto, "procastinando" outras atividades.

Observo também que após passado o frio a casa permanece fria por 2 /3 dias no máximo as vezes tendo temperatura interna menor que a externa. (paredes grossas).

Claro, isso tudo não são vários meses, mas sim sequencias de dias.

Deixo algumas fotos do que estamos usando em minha casa atualmente:

 

08/06 - Temperatura Externa > 12ºC   Hora: 20:16

 

Temperatura na Cozinha aquecida +- 19ºC (termômetro chingling considero 20ºC)

0ba7acf5-588f-434e-b437-0afaf739737c.jpg.c9745da955af939dc6c9c5fd497ca95a.jpg
 

Aquecimento da Cozinha - Fogão a Lenha

b222ac02-7069-4a9c-91d4-b9cf516899b1.thumb.jpg.81ce4742758a0a9dfd8ced04b61d4a29.jpg

Temperatura nos Quartos (outros ambientes) sem aquecimento ao "natural".

fa7b73c2-37f7-469f-bff2-4653e835af09.jpg.f1c445688929732e538b63eba6123bce.jpg

 

Aquecedor elétrico para o banheiro

a86aa3c8-7a6f-4b6d-be61-b661226270dc.jpg.0dbff575a824b6fddb8b1db86bdbebf3.jpg

 

Aquecedor elétrico para os quartos cômodos:

87058da1-a588-4140-87df-332fb026d9d3.jpg.b5dd7dac690634a1425be23284b9c285.jpg

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

A PIOR coisa que existe para aquecimento interno é split no calor. Tenho horror a isso. Total horror! Tem vezes que dá vontade de quebrar o aparelho, principalmente se o vento fica pegando em mim.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Samuel Tochetto disse:

Ola!

Trago notícias de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.

As casas aqui na região variam bastante na questão aquecimento, sendo que o item mais básico a ser utilizado é o fogão á lenha, nas casas tradicionais.

Nos demais lares considero que  padrão segue a lógica:  aquecedores elétricos > aquecedores a óleo > lareiras > calefação.

Alguns bairros nota-se uma grande movimentação diária em pontos de venda de lenha, sendo que muitas vezes as baixadas enchem-se de fumaça em dias de inversão térmica. 

O frio normalmente nos pega à noite, onde o céu limpo favorece a queda da temperatura rapidamente, também elevando-a durante o dia.

Muitas casas são de madeira + fogão a lenha/aquecedores, sendo as que mais se apresenta um conforto térmico.

Nas demais casas de alvenaria sofre-se mais.

A cidade tem bastante edifícios, e estes é um caso a parte, onde o frio ataca menos.

Ouve-se bastante a queixa "banheiro". É sabido que outono/inverno requer um Pré-Aquecimento do banheiro, onde normalmente se coloca uma estufa/aquecedor antes de tomar banho. O local tente a ficar gélido pois normalmente é construído com revestimento em cerâmica e também se mantém alguma janela aberta para manter a umidade afastada (exceto no momento do banho ahahah). Então digamos que tentamos nos virar no chuveiro elétrico (a gás é para poucos ainda) que força até o último grau a fiação elétrica. 

Outro fato interessante é que a umidade as vezes nos pega de surpresa. Muitas vezes na preparação das refeições a combinação panela de pressão + panela de sopa + chaleira + janelas fechadas resulta numa máquina de vapor que em questão de minutos embaça as paredes /vidros / geladeira / chão..... dando ainda mais uma sensação de frio/umidade.

Esse fato também acontece quando o frio dá lugar a uma massa de ar quente repentinamente, fazendo com que as paredes  "chorem" por alguns dias a fio.

Em resumo o local de "vida" na casa passa a ser o local aquecido, quanto mais lugares aquecidos mais movimentação, então por vezes acabamos nos restringindo a cozinha / quarto, "procastinando" outras atividades.

Observo também que após passado o frio a casa permanece fria por 2 /3 dias no máximo as vezes tendo temperatura interna menor que a externa. (paredes grossas).

Claro, isso tudo não são vários meses, mas sim sequencias de dias.

Deixo algumas fotos do que estamos usando em minha casa atualmente:

 

08/06 - Temperatura Externa > 12ºC   Hora: 20:16

 

Temperatura na Cozinha aquecida +- 19ºC (termômetro chingling considero 20ºC)

0ba7acf5-588f-434e-b437-0afaf739737c.jpg.c9745da955af939dc6c9c5fd497ca95a.jpg
 

Aquecimento da Cozinha - Fogão a Lenha

b222ac02-7069-4a9c-91d4-b9cf516899b1.thumb.jpg.81ce4742758a0a9dfd8ced04b61d4a29.jpg

Temperatura nos Quartos (outros ambientes) sem aquecimento ao "natural".

fa7b73c2-37f7-469f-bff2-4653e835af09.jpg.f1c445688929732e538b63eba6123bce.jpg

 

Aquecedor elétrico para o banheiro

a86aa3c8-7a6f-4b6d-be61-b661226270dc.jpg.0dbff575a824b6fddb8b1db86bdbebf3.jpg

 

Aquecedor elétrico para os quartos cômodos:

87058da1-a588-4140-87df-332fb026d9d3.jpg.b5dd7dac690634a1425be23284b9c285.jpg

 

Prefeita descrição de como é em Caxias e região. Muitas batalhas contra o frio dentro de casa, haha.

 

Quanto aos prédios, um problema por vezes é a falta de luz solar, algo comum nos centros com mais densidade de prédios, um fazendo sombra no outro. Em épocas de frio viram uma verdadeira geladeira. 

 

Eu, por enquanto, me viro apenas com um pequeno aquecedor elétrico. Não tenho lareira, ar condicionado, nada. O aquecedor ajuda, mas nem sempre dá conta, aí preciso ficar quase colado nele. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Samuel Tochetto disse:

Ola!

Trago notícias de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.

As casas aqui na região variam bastante na questão aquecimento, sendo que o item mais básico a ser utilizado é o fogão á lenha, nas casas tradicionais.

Nos demais lares considero que  padrão segue a lógica:  aquecedores elétricos > aquecedores a óleo > lareiras > calefação.

Alguns bairros nota-se uma grande movimentação diária em pontos de venda de lenha, sendo que muitas vezes as baixadas enchem-se de fumaça em dias de inversão térmica. 

O frio normalmente nos pega à noite, onde o céu limpo favorece a queda da temperatura rapidamente, também elevando-a durante o dia.

Muitas casas são de madeira + fogão a lenha/aquecedores, sendo as que mais se apresenta um conforto térmico.

Nas demais casas de alvenaria sofre-se mais.

A cidade tem bastante edifícios, e estes é um caso a parte, onde o frio ataca menos.

Ouve-se bastante a queixa "banheiro". É sabido que outono/inverno requer um Pré-Aquecimento do banheiro, onde normalmente se coloca uma estufa/aquecedor antes de tomar banho. O local tente a ficar gélido pois normalmente é construído com revestimento em cerâmica e também se mantém alguma janela aberta para manter a umidade afastada (exceto no momento do banho ahahah). Então digamos que tentamos nos virar no chuveiro elétrico (a gás é para poucos ainda) que força até o último grau a fiação elétrica. 

Outro fato interessante é que a umidade as vezes nos pega de surpresa. Muitas vezes na preparação das refeições a combinação panela de pressão + panela de sopa + chaleira + janelas fechadas resulta numa máquina de vapor que em questão de minutos embaça as paredes /vidros / geladeira / chão..... dando ainda mais uma sensação de frio/umidade.

Esse fato também acontece quando o frio dá lugar a uma massa de ar quente repentinamente, fazendo com que as paredes  "chorem" por alguns dias a fio.

Em resumo o local de "vida" na casa passa a ser o local aquecido, quanto mais lugares aquecidos mais movimentação, então por vezes acabamos nos restringindo a cozinha / quarto, "procastinando" outras atividades.

Observo também que após passado o frio a casa permanece fria por 2 /3 dias no máximo as vezes tendo temperatura interna menor que a externa. (paredes grossas).

Claro, isso tudo não são vários meses, mas sim sequencias de dias.

Deixo algumas fotos do que estamos usando em minha casa atualmente:

 

08/06 - Temperatura Externa > 12ºC   Hora: 20:16

 

Temperatura na Cozinha aquecida +- 19ºC (termômetro chingling considero 20ºC)

0ba7acf5-588f-434e-b437-0afaf739737c.jpg.c9745da955af939dc6c9c5fd497ca95a.jpg
 

Aquecimento da Cozinha - Fogão a Lenha

b222ac02-7069-4a9c-91d4-b9cf516899b1.thumb.jpg.81ce4742758a0a9dfd8ced04b61d4a29.jpg

Temperatura nos Quartos (outros ambientes) sem aquecimento ao "natural".

fa7b73c2-37f7-469f-bff2-4653e835af09.jpg.f1c445688929732e538b63eba6123bce.jpg

 

Aquecedor elétrico para o banheiro

a86aa3c8-7a6f-4b6d-be61-b661226270dc.jpg.0dbff575a824b6fddb8b1db86bdbebf3.jpg

 

Aquecedor elétrico para os quartos cômodos:

87058da1-a588-4140-87df-332fb026d9d3.jpg.b5dd7dac690634a1425be23284b9c285.jpg

Samuel Tochetto,

sua conta de luz no inverno deve ser bem alta.

Agora se tem placas solares instaladas no telhado, a conta tem uma boa queda, de acordo com o número de placas instaladas.

Uma prima aqui perto instalou placas solares no estacionamento e telhado do restaurante, a conta chegava a 8.000,00 no verão, com as dezenas de placas, sua conta baixou ´para a faixa de 1.200,00 a 1.400,00 mensais.

 

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
19 horas atrás, Samuel Tochetto disse:

Ola!

Trago notícias de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.

As casas aqui na região variam bastante na questão aquecimento, sendo que o item mais básico a ser utilizado é o fogão á lenha, nas casas tradicionais.

Nos demais lares considero que  padrão segue a lógica:  aquecedores elétricos > aquecedores a óleo > lareiras > calefação.

Alguns bairros nota-se uma grande movimentação diária em pontos de venda de lenha, sendo que muitas vezes as baixadas enchem-se de fumaça em dias de inversão térmica. 

O frio normalmente nos pega à noite, onde o céu limpo favorece a queda da temperatura rapidamente, também elevando-a durante o dia.

Muitas casas são de madeira + fogão a lenha/aquecedores, sendo as que mais se apresenta um conforto térmico.

Nas demais casas de alvenaria sofre-se mais.

A cidade tem bastante edifícios, e estes é um caso a parte, onde o frio ataca menos.

Ouve-se bastante a queixa "banheiro". É sabido que outono/inverno requer um Pré-Aquecimento do banheiro, onde normalmente se coloca uma estufa/aquecedor antes de tomar banho. O local tente a ficar gélido pois normalmente é construído com revestimento em cerâmica e também se mantém alguma janela aberta para manter a umidade afastada (exceto no momento do banho ahahah). Então digamos que tentamos nos virar no chuveiro elétrico (a gás é para poucos ainda) que força até o último grau a fiação elétrica. 

Outro fato interessante é que a umidade as vezes nos pega de surpresa. Muitas vezes na preparação das refeições a combinação panela de pressão + panela de sopa + chaleira + janelas fechadas resulta numa máquina de vapor que em questão de minutos embaça as paredes /vidros / geladeira / chão..... dando ainda mais uma sensação de frio/umidade.

Esse fato também acontece quando o frio dá lugar a uma massa de ar quente repentinamente, fazendo com que as paredes  "chorem" por alguns dias a fio.

Em resumo o local de "vida" na casa passa a ser o local aquecido, quanto mais lugares aquecidos mais movimentação, então por vezes acabamos nos restringindo a cozinha / quarto, "procastinando" outras atividades.

Observo também que após passado o frio a casa permanece fria por 2 /3 dias no máximo as vezes tendo temperatura interna menor que a externa. (paredes grossas).

Claro, isso tudo não são vários meses, mas sim sequencias de dias.

Deixo algumas fotos do que estamos usando em minha casa atualmente:

 

08/06 - Temperatura Externa > 12ºC   Hora: 20:16

 

Temperatura na Cozinha aquecida +- 19ºC (termômetro chingling considero 20ºC)

0ba7acf5-588f-434e-b437-0afaf739737c.jpg.c9745da955af939dc6c9c5fd497ca95a.jpg
 

Aquecimento da Cozinha - Fogão a Lenha

b222ac02-7069-4a9c-91d4-b9cf516899b1.thumb.jpg.81ce4742758a0a9dfd8ced04b61d4a29.jpg

Temperatura nos Quartos (outros ambientes) sem aquecimento ao "natural".

fa7b73c2-37f7-469f-bff2-4653e835af09.jpg.f1c445688929732e538b63eba6123bce.jpg

 

Aquecedor elétrico para o banheiro

a86aa3c8-7a6f-4b6d-be61-b661226270dc.jpg.0dbff575a824b6fddb8b1db86bdbebf3.jpg

 

Aquecedor elétrico para os quartos cômodos:

87058da1-a588-4140-87df-332fb026d9d3.jpg.b5dd7dac690634a1425be23284b9c285.jpg

 

Muito interessante teu relato. Foi exatamente esta realidade das casas mais antigas que eu vivi quando ia visitar meus avós em Caxias do Sul.

 

Quando era frio, ficávamos só na cozinha, onde havia fogão à lenha. Fora dela era um gelo terrível, e o banheiro era ainda mais gelado do que o resto da casa, porque era revestido de laje e a janela ficava aberta.

 

Recordo de quando vi neve em junho de 1994: enquanto lá fora dava uma nevezinha esporádica e estava algo em torno de 1°, na sala de estar da casa fazia 7,4° (lembro bem porque levei um termômetro digital junto, desses de ficar em cima do cômodo). Ficava enfiado com um monte de roupas e "fumaça" saindo da boca enquanto assistia TV, hehe.

 

Certamente era a casa mais gelada que já conheci, ainda mais porque era mal vedada e grande parte dela estava virada para sul. A casa era no bairro Rio Branco. 

Edited by Marcos
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, marinhonani disse:

Samuel Tochetto,

sua conta de luz no inverno deve ser bem alta.

Agora se tem placas solares instaladas no telhado, a conta tem uma boa queda, de acordo com o número de placas instaladas.

Uma prima aqui perto instalou placas solares no estacionamento e telhado do restaurante, a conta chegava a 8.000,00 no verão, com as dezenas de placas, sua conta baixou ´para a faixa de 1.200,00 a 1.400,00 mensais.

 

 

 

 

 

Olá ! A conta este inverno provavelmente vai ficar +- nos R$ 250,00/300 (3 pessoas) , mas só por que temos o fogão a lenha ,cuidamos bastante para economizar e estamos em casa poucas horas no dia. Nao temos placa solar, mas é uma ideia que está sendo vista. 

Mas... se fosse para ter um conforto maior com certeza seria bem mais cara.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Marcos disse:

 

Muito interessante teu relato. Foi exatamente esta realidade das casas mais antigas que eu vivi quando ia visitar meus avós em Caxias do Sul.

 

Quando era frio, ficávamos só na cozinha, onde havia fogão à lenha. Fora dela era um gelo terrível, e o banheiro era ainda mais gelado do que o resto da casa, porque era revestido de laje e a janela ficava aberta.

 

Recordo de quando vi neve em junho de 1994: enquanto lá fora dava uma nevezinha esporádica e estava algo em torno de 1°, na sala de estar da casa fazia 7,4° (lembro bem porque levei um termômetro digital junto, desses de ficar em cima do cômodo). Ficava enfiado com um monte de roupas e "fumaça" saindo da boca enquanto assistia TV, hehe.

 

Certamente era a casa mais gelada que já conheci, ainda mais porque era mal vedada e grande parte dela estava virada para sul. A casa era no bairro Rio Branco. 

 

Os relatos batem com os seus hehehe. 

Inclusive sendo o mesmo bairro que o meu....

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei se infrinjo as regras desse tópico relatando o oposto, rs, mas aqui, como o frio não é muito intenso, eu costumo abrir todas as janelas quando acordo (às 5h) e saio pra caminhar, fechando-as antes de sair para o trabalho (8h). Assim, a temperatura interna de casa baixa uns bons graus, e quando volto no fim do dia ainda tá friozinho. Particularmente gosto quando está entre 18ºC e 20ºC dentro de casa.

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiz uma experiência com aquecimento, não de casa, mas no carro (se a postagem não for conveniente ao tópico, podem apagar).

 

O problema que eu testei foi: um carro aquece mesmo estando à sombra num dia frio? Afinal, não pega sol direto, mas há radiação do ambiente. 

 

Na rua estava 12°. Esse foi o resultado:

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá! Outro exemplo, ambiente sem aquecimento, temperatura externa 9ºC Caxias do Sul. Temperatura interna quarto:

Pouca diferença

e6770797-1b80-405c-871b-3ad5bc7cf493.thumb.jpg.91f01ecfaadabd5405842cbc6f0211a1.jpg

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se alguém se pergunta se um secador pode aquecer um ambiente (no caso um banheiro, principalmente quando saímos do banho), eis a resposta.

 

 

 

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fiz outro teste com o carro: será que ele aquece com tempo nublado num dia um pouco frio ou agradável?

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Quanta coisa legal aqui! Desapareci do fórum por um tempo e agora ao voltar me deparo com várias respostas a um tópico antigo.

 

Como retomaram o tema do isolamento térmico nas construções, reforço o que já disse: é, de fato, um dos fatores mais importantes. Isso e maior insolação nos cômodos resolveriam o problema em muitos lugares. O problema é quando o lugar não recebe muito sol. O meu quarto, por exemplo, recebe pouca insolação direta durante o dia, e por isso é muito difícil não querer usar qualquer tipo de climatização artificial no inverno.

 

No mais, considerando a deterioração a cada dia das condições materiais da população, torna-se cada vez mais distante pensar em coisas como calefação a gás, afinal nem para cozinhar muitos estão conseguindo comprar gás. Mesmo a energia elétrica se torna quase artigo de luxo.

 

Mas agora, curioso, pergunto: @Pablo MQL, as casas uruguaias também sofrem deste mal de que discutimos? Têm problemas de isolamento térmico e falta de insolação? 

Edited by floricambara
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, floricambara said:

Quanta coisa legal aqui! Desapareci do fórum por um tempo e agora ao voltar me deparo com várias respostas a um tópico antigo.

 

Como retomaram o tema do isolamento térmico nas construções, reforço o que já disse: é, de fato, um dos fatores mais importantes. Isso e maior insolação nos cômodos resolveriam o problema em muitos lugares. O problema é quando o lugar não recebe muito sol. O meu quarto, por exemplo, recebe pouca insolação direta durante o dia, e por isso é muito difícil não querer usar qualquer tipo de climatização artificial no inverno.

 

No mais, considerando a deterioração a cada dia das condições materiais da população, torna-se cada vez mais distante pensar em coisas como calefação a gás, afinal nem para cozinhar muitos estão conseguindo comprar gás. Mesmo a energia elétrica se torna quase artigo de luxo.

 

Mas agora, curioso, pergunto: @Pablo MQL, as casas uruguaias também sofrem deste mal de que discutimos? Têm problemas de isolamento térmico e falta de insolação? 

 

La mayoria si, estan pesimamente aisladas (isoladas).

Mi casa por ejemplo es un congelador en invierno y un horno en verano.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu quarto chegou ao terrível valor de 11,2° nessa onda de frio! Então resolvi fazer um teste com meu ar-condicionado no modo quente para ver o quanto ele é eficaz para o aquecimento. 

 

Resultado no vídeo.

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Temperatura do meu banheiro em Primavera no começo da manhã do dia 29 de junho último, menos de 14 C, do lado de fora não estava mais que 9 C com tempo nublado, dá vontade de ter aquecedor numa hora dessas, mas o jeito foi ligar o chuveiro no mais quente pro vapor ir aquecendo. 

20210629_064227.jpg

Edited by Leandro Leite
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já estou providenciando um calefator de dupla combustão para minha sala. Chega de se esconder em 200 cobertores para assistir um filme rsrsrsr...

  • Like 1
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.